Página 1 dos resultados de 640 itens digitais encontrados em 0.003 segundos

Estudo de biofilmes e células planctônicas de Bacillus cereus frente a um sanificante à base de composto de quaternário de amônio utilizado na indústria de laticínios; Study of Bacillus cereus biofilmes and planktonic cells front to a quaternary ammonium based sanitizer used in the dairy industry

Rossi, Ana Cláudia Ribeiro
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 11/08/2008 PT
Relevância na Pesquisa
37.58%
O Bacillus cereus é um patógeno amplamente distribuído na natureza, relacionado a intoxicações alimentares e causador da coagulação doce do leite. A intoxicação pode ocorrer após a ingestão de alimentos nos quais a bactéria produziu a toxina. Em laticínios, o B. cereus é problemático por sua habilidade de formar esporos resistentes ao calor e sobreviver aos tratamentos térmicos, como a pasteurização e UHT. As espécies de Bacillus são freqüentemente isoladas de leite pasteurizado e UHT e evidências indicam que os biofilmes formados nas superfícies dos equipamentos de processamento são uma das principais fontes de contaminação. No biofilme, as células ou esporos aderidos, têm aumentada sua resistência e podem resistir ao processo de sanificação, se tornando focos de disseminação de bactérias no processo. A matriz polimérica do biofilme reage e neutraliza os agentes sanificantes, expondo as bactérias em seu interior a doses subletais, podendo levar a aquisição de resistência. Neste estudo, biofilmes de células vegetativas B. cereus foram desenvolvidos na superfície de aço inoxidável, tipo 304, com filme de condicionamento de leite. A adesão média das células foi de 1,4 x 105UFC/cm2. Também foram desenvolvidos biofilmes de esporos...

Quantificação e análise de viabilidade de Listeria monocytogenes em biofilmes por semeadura em placa, microscopia de fluorescência e ensaios preliminares de PCR em tempo real; Quantification and viability analysis of Listeria monocytogenes biofilms by plate count, fluorescence microscopy and preliminary assays of real-time PCR.

Winkelstroter, Lizziane Kretli
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 06/02/2009 PT
Relevância na Pesquisa
37.58%
A formação de biofilmes é um fator preocupante para indústria de alimentos, pois pode comprometer a sanitização de superfícies de contato e aumentar o risco de contaminação por patógeno em alimentos processados. L. monocytogenes é uma bactéria de ampla distribuição no ambiente e com capacidade de formar biofilmes e sobreviver por longos períodos em condições adversas. Esta bactéria pode causar doenças em pessoas imunocomprometidas e mulheres grávidas manifestando-se por infecções do sistema nervoso central, abortos e nascimentos prematuros. Vários estudos têm demonstrado que algumas bactérias podem sofrer transição para o estado viável mas não cultivável em resposta ao estresse. Considerando-se a importância da garantia da segurança e qualidade dos alimentos, há necessidade de desenvolvimento e de padronização de técnicas rápidas para a quantificação de células viáveis de L. monocytogenes em alimentos e biofilmes. Neste estudo foi avaliada a formação de biofilmes e viabilidade celular de Listeria monocytogenes em condições de estresse. Foram utilizadas técnicas de semeadura em placa e quantificação direta por microscopia de fluorescência com os corantes cloreto de 5-ciano-2,3-di-(p-tolil) tetrazólio (CTC) e 4...

Eficiência do processo Clean in Place (CIP) na remoção de biofilmes formados por Listeria monocytogenes simulando diferentes condições encontradas em laticínios; Efficiency of the Clean in Place (CIP) process in the removal of biofilms formed by Listeria monocytogenes simulating different conditions found in dairy industries

Santos, Milla Gabriela dos
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 28/08/2009 PT
Relevância na Pesquisa
37.53%
Laticínios são facilmente susceptíveis à contaminação por L. monocytogenes, que pode vir a formar biofilmes nos equipamentos e utensílios e se tornar reservatório de uma recontaminação de produtos lácteos pasteurizados. O objetivo do trabalho foi analisar a formação de biofilmes por L. monocytogenes em diferentes condições encontradas em laticínios como temperatura, tempo e presença de E. coli, assim como avaliar a eficiência do processo de limpeza utilizado, Clean in Place (CIP), frente a esses biofilmes formados. Para isso, foi utilizado um modelo experimental com cupons de aço inoxidável da mesma especificação do pasteurizador de leite. Os cupons foram imersos em um béquer contendo leite UHT integral e TSB-YE, contaminados artificialmente com uma suspensão de L. monocytogenes. Os cupons permaneceram durante um período de dez horas sob agitação constante a temperatura de 5 e 35ºC, visando a aderência das cepas na superfície, seguida de incubação em diferentes tempos (18 e 114 horas) e temperaturas (5 e 35ºC) para a formação do biofilme, seguidos do processo CIP. As populações bacterianas dos biofilmes foram avaliadas por amostragem por suabe e por microscopia eletrônica de varredura (MEV). A formação de biofilme por L. monocytogenes foi significativamente influenciada pela temperatura...

Biofilmes aeróbios para remoção de nitrogênio em células de fluxo, submetidos a diferentes velocidades superficiais e taxas de carregamento; Aerobic biofilms for nitrogen removal in flow cells, submitted to different superficial velocities and loading rates

Spínola, Ana Lúcia Gerardi
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 25/06/2009 PT
Relevância na Pesquisa
37.47%
O pós-tratamento de efluentes de reatores anaeróbios, tais como o Upflow Anaerobic Sludge Blanket (UASB), na maior parte de suas aplicações, faz-se necessário, já que esse tipo de tratamento biológico promove remoção de DBO na faixa de 60 a 75% e tem baixa eficiência na remoção de nitrogênio e fósforo. A remoção de nitrogênio geralmente é feita de forma convencional pela nitrificação, seguida da desnitrificação. Tanto a nitrificação, como a desnitrificação podem ser efetuadas em reatores com crescimento suspenso ou crescimento aderido, contudo é conhecido que sistemas baseados em biofilmes exercem influência direta na taxa da degradação de substrato e facilitam a retenção de bactérias nitrificantes em reatores. O principal objetivo deste trabalho é o de acompanhar o desenvolvimento de biofilmes aeróbios em reatores do tipo célula de fluxo para a nitrificação de substrato sintético simulando efluente de UASB, submetidos a diferentes velocidades superficiais (1, 4 e 8 m/h) e taxas de carregamento (0,25; 0,5 e 1,0 g N/'M POT.2' biofilme.dia). O desenvolvimento dos biofilmes nitrificantes foi acompanhado mediante perfis de microssensores e estimativa do número mais provável de bactérias nitrificantes (NMP). Nas células de fluxo operadas com taxa de carregamento mais baixa (0...

Nutroterapia parenteral, crescimento de biofilmes e fatores associados à infecção do cateter venoso central; Parenteral Nutrition, Biofilms and bloodstream infection associated to central venous catheter

Machado, Juliana de Carvalho
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 24/05/2010 PT
Relevância na Pesquisa
37.39%
A introdução da nutroterapia parenteral (NTP) contribuiu para redução da morbimortalidade de pacientes com contraindicação de uso do trato gastrointestinal. Porém, está relacionada a complicações clínicas, destacando-se a infecção associada ao uso de cateteres venosos centrais (CVCs) e a formação de biofilmes, que podem contribuir para piora clínica daqueles que necessita da NTP. O objetivo deste estudo foi avaliar a presença de biofilmes, a infecção sanguínea secundária ao uso de CVC utilizados em nutroterapia e os fatores de riscos associados ao processo infeccioso. Por meio de estudo clínico prospectivo, durante janeiro a junho de 2008, avaliou-se clinicamente por meio de registros médicos e de enfermagem todos pacientes em uso de parenteral internados no Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, assim como os cateteres utilizados pelos mesmos, por meio de técnicas de cultura semiquantitativas e de hemoculturas. Aleatoriamente, algumas amostras dos CVCs utilizados foram enviadas para microscopia eletrônica de varredura e de alguns pacientes e de alguns profissionais da saúde foram coletados amostras se swab de pele. Foram avaliados 145 pacientes com idade média de 53±16 anos...

Utilização de biosurfatantes no controle da adesão bacteriana e na remoção de biofilmes de patógenos alimentares em superfície de poliestireno; The use of biosurfactants to control bacterial dhesion and to remove biofilms of food -borne pathogens in polystyrene surface

Gomes, Milene Zezzi do Valle
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 12/08/2011 PT
Relevância na Pesquisa
37.58%
Na natureza, os microorganismos podem apresentar forma de vida planctônica ou podem estar aderidos a superfícies formando comunidades conhecidas como biofilmes. A formação de biofilmes na indústria alimentícia é uma constante preocupação visto que os microorganismos aderidos podem causar contaminações persistentes, levando a deterioração do alimento e a transmissão de doenças. Uma alternativa para evitar a adesão bacteriana e a formação de biofilmes é o pré-condicionamento de superfícies com biosurfatantes, que são compostos tensoativos de origem microbiana capazes de alterar as propriedades físico-químicas e conseqüentemente modificar as interações entre a bactéria e a superfície. Os biosurfatantes, surfactina obtida de Bacillus subtilis e ramnolipídeo de Pseudomonas aeruginosa, foram testados quanto a capacidade de evitar a adesão e remover biofilmes de bactérias patogênicas de interesse alimentar. Foram avaliadas culturas individuais e mistas de Staphylococcus aureus, Listeria monocytogenes, e Salmonella Enteritidis utilizando-se como modelo superfícies de poliestireno. O pré-condicionamento da superfície com surfactina na concentração de 0,25% reduziu a adesão de Salmonella Enteritidis e Listeria monocytogenes em 42%...

Análise da expressão gênica, formação de biofilmes e adesão/invasão a célula Caco-2 por Listeria monocytogenes em diferentes condições encontradas no trato gastrintestinal, em alimentos e em presença de bacteriocinas; Analysis of gene expression, biofilm formation and adhesion/invasion to Caco-2 cell by Listeria monocytogenes in different conditions found in the gastrointestinal tract, in food and in the presence of bacteriocins

Winkelstroter, Lizziane Kretli
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 10/12/2012 PT
Relevância na Pesquisa
37.47%
Listeria monocytogenes é uma bactéria transmitida principalmente via alimentos, podendo causar infecções graves em pessoas imunodeprimidas e durante a gestação, devido à sua capacidade de sobreviver intracelularmente. A formação de biofilmes por L. monocytogenes é um fator preocupante para as indústrias de alimentos, pois biofilmes comprometem a sanitização de superfícies, aumentando os riscos de contaminação. Além disso, alguns estudos indicam que a capacidade de formação de biofilme pode estar correlacionada com a capacidade de algumas bactérias causarem doença. O controle de L. monocytogenes representa um desafio, especialmente em alimentos refrigerados e prontos para o consumo, pois esta bactéria é de natureza psicrotrófica, ubíqua e adapta-se rapidamente a diferentes condições ambientais, por meio da modulação da expressão de seus genes. O efeito das condições ambientais na expressão de genes de virulência de L. monocytogenes não é totalmente compreendido. Neste trabalho, isolados de L. monocytogenes de diversas origens foram avaliados quanto à sua capacidade de formar biofilmes, de aderir/invadir em células eucarióticas e também de expressar o gene internalina (int A), que está relacionado com o potencial de virulência. A presença de bacteriocinas de bactérias láticas (BAL) e incubação a 5°C foram os principais fatores que influenciaram a formação de biofilmes por L. monocytogenes...

Estudos estruturais da proteína PelD de Pseudomonas aeruginosa: um receptor de c-di-GMP responsável pela produção de exopolissacarídeos e formação de biofilmes; Structural studies of Pseudomonas aeruginosa PelD protein: a receptor c-di-GMP responsible for the production of exopolysaccharides and biofilm formation

Silva, Sumária Sousa e
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 06/02/2013 PT
Relevância na Pesquisa
37.39%
Os microrganismos podem apresentar-se tanto em forma de vida livre como aderidos a uma superfície ou interface ar-líquido, formando comunidades complexas e dinâmicas conhecidas como biofilmes. Nos últimos anos, com o avanço das pesquisas em nível molecular, foi identificado que a maioria das bactérias utilizam guanosina monofosfato (3´-5´)-cíclica dimérica (c-di-GMP) como um segundo mensageiro. De forma geral, essa molécula controla a sinalização celular, virulência, comunicação entre células e a expressão de proteínas relacionadas com o fenótipo de biofilmes, em resposta à sua concentração intracelular. Sua síntese e degradação são controladas respectivamente por diguanilto ciclases (DGCs) contendo domínio GGDEF e fosfodiesterases (PDEs) que possuem os domínios EAL ou HD-GYP. Em Pseudomonas aeruginosa (PA14) foi identificada uma nova classe de receptor específico para c-di-GMP, a proteína transmembranar PelD, cuja porção citoplasmática contém os domínios GAF e GGDEF degenerado. Sua modulação através desse dinucleotídeo controla a produção de exopolissacarídeos pelos componentes do conservado operon pel e influencia diretamente na capacidade de formação de biofilmes. Devido à escassez de dados a respeito dos eventos moleculares do mecanismo de sinalização mediado por c-di-GMP...

Formação de biofilmes em diferentes materiais utilizados na indústria de processamento de leite

Flach, Juliana
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
37.39%
Biofilmes bacterianos na indústria de alimentos freqüentemente são prejudiciais, uma vez que podem abrigar patógenos e deteriorantes que contaminam os produtos. Este trabalho se propôs a avaliar e correlacionar o papel dos fatores de adesão e da hidrofobicidade na formação de biofilmes em diversos materiais. Leite in natura foi aliquotado em tubos contendo corpos de prova constituídos de vidro, polipropileno, aço inoxidável e pano de algodão e incubados em 10 °C e 25 °C. Após 2 h, 5 h e 8 h de contato, as células não aderidas foram removidas da superfície dos materiais, e as aderidas contadas em PCA. Foram isolados e identificados microrganismos dos biofilmes, sendo verificada a produção de cápsula (coloração com vermelho congo), fímbria (hemaglutinação em placa), hemolisinas (ágar sangue) e proteases (ágar leite). As hidrofobicidades celular e dos materiais foram determinadas pelos testes de agregação com sulfato de amônio e do ângulo do raio da gota séssil, respectivamente. Verificou-se a adesão de consórcios formados por E. coli, S. aureus e B. cereus. Os 103 isolados obtidos pertencem, principalmente, a espécies da família Enterobacteriaceae (46) e do gênero Staphylococcus (45). Na produção de fatores de virulência...

Identificação de grupos clonais, resistência aos antimicrobianos e presença de genes associados à formação de biofilmes (icaA e icaD) em Staphylococcus aureus isolados de propriedades produtoras de leite bovino

Girardini, Lilian Kolling
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
37.39%
Staphylococcus aureus destaca-se como principal micro-organismo associado à mastite bovina contagiosa, sendo que as infecções crônicas podem ser causadas pelo crescimento bacteriano na forma de biofilmes, o que pode estar associado à persistência desta bactéria na glândula mamária e à resistência a diversos antimicrobianos. Estudos epidemiológicos empregando técnicas como a macrorestrição seguida de eletroforese em campo pulsado (PFGE) têm sido realizados, com a finalidade de identificar clones e caracterizar as infecções por S. aureus. Os objetivos deste estudo foram: avaliar a frequência de isolamento de S. aureus em amostras de leite colhidas periodicamente em um grupo de propriedades leiteiras do Vale do Taquari, RS; avaliar o perfil de suscetibilidade aos antimicrobianos dos isolados de S. aureus identificados; classificar esses isolados em grupos clonais; avaliar a distribuição e a permanência dos grupos clonais nas propriedades leiteiras ao longo do tempo, além de verificar a presença de genes relacionados à formação de biofilmes (icaA e icaD). Foram colhidas amostras de leite de todas as vacas em lactação de 21 propriedades, amostradas semestralmente durante dois anos, totalizando 1060 amostras. A presença de S. aureus nas amostras foi detectada por isolamento e a identificação foi realizada de acordo com o National Mastitis Council. Isolados confirmados foram testados...

Estudo fenotípico e genotípico da produção de biofilmes por estirpes de Staphylococcus aureus isolados dos casos de mastite subclínica bovina

Melo, Poliana de Castro
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: xvi, 103 f. : il.
POR
Relevância na Pesquisa
37.39%
Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq); Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP); Pós-graduação em Medicina Veterinária - FCAV; Estudou-se 94 estirpes de Staphylococcus aureus obtidas do leite de vacas com mastite subclínica em duas propriedades rurais no estado de São Paulo. Essas estirpes foram caracterizadas fenotipicamente quanto a produção de biofilmes pelos testes do agar vermelho congo e pelo teste de aderência em microplacas e também foram genotipicamente identificadas pela presença dos genes icaA e icaD responsáveis pela produção do polissacarídeo de adesão intercelular. Além disso, todas as estirpes foram também submetidas ao teste de sensibilidade aos antimicrobianos. Os resultados obtidos revelaram que 85% das estirpes produziram biofilmes “in vitro” para o teste do agar vermelho congo. No teste de aderência em placas foi verificado que 98,9% das estirpes produziram biofilme, devido a forte aderência nas placas de polietileno. A presença dos genes icaA e icaD foi encontrada em 95,7% das estirpes de S. aureus. No antibiograma foi observado que sete estirpes foram resistentes aos seguintes antimicrobianos: cloranfenicol, clindamicina, eritromicina...

A importância dos biofilmes nas infeções nosocomiais : o estado da arte; Why biofilms are important in nosocomial infections : the state of the art

Henriques, Ana Filipa Frutuoso Mendes; Vasconcelos, C.; Cerca, Nuno
Fonte: ArquiMed - Edições Científicas AEFMUP Publicador: ArquiMed - Edições Científicas AEFMUP
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2013 POR
Relevância na Pesquisa
37.53%
As infeções nosocomiais são uma realidade constante no ambiente hospitalar. São responsáveis por um elevado número de casos de infeções e são notoriamente difíceis de erradicar. Um dos motivos pelos quais o tratamento das infeções nosocomiais é difícil deve-se ao facto de muitas destas infeções serem causadas por biofilmes microbianos. Os biofilmes podem ser definidos como comunidades de micro-organismos que vivem aderidos a uma superfície e envoltos numa complexa mistura de compostos tais como proteínas, polissacáridos e DNA extracelular. O crescimento de micro-organismos sob a forma de biofilmes dificulta a sua erradicação, pois estas estruturas podem ser consideradas adaptações dos micro-organismos, de forma a continuar no hospedeiro. É especialmente relevante ter em consideração as infeções causadas por biofilmes no contexto hospitalar, pois podem necessitar de abordagens diferentes para a sua erradicação. Este artigo de revisão tem como objetivo reunir o conhecimento existente do papel dos biofilmes microbianos nas infeções nosocomiais.; Nowadays nosocomial infections are a reality in all hospital environments. They are the cause of a high number of infections, morbidity and mortality, and are recognised as being notoriously difficult to eradicate. One of the reasons for the problems in the treatment of nosocomial infection is the fact that many of the pathogens involved in this infections form biofilms. Biofilms are normally defined as communities of microorganisms adhered to a surface and surrounded by a polymeric matrix of extracellular components...

Inativação fotodinâmica de biofilmes microbianos

Beirão, Sandra Cristina Amaro
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
37.62%
A inativação fotodinâmica de microrganismos é uma técnica que combina três elementos não-tóxicos, luz, oxigénio e um fotossensibilizador (PS) para inativar microrganismos. O PS, quando absorve luz na presença de oxigénio molecular, gera oxigénio singuleto (1O2), entre outras espécies reativas de oxigénio, responsáveis por danos celulares nos microrganismos que podem levar à sua destruição. As porfirinas catiónicas foram já usadas com sucesso como PS na inativação fotodinâmica de várias suspensões microbianas como bactérias, fungos e vírus. No entanto, é também conhecido que a organização dos microrganismos em biofilmes lhes confere resistência acrescida aos agentes antimicrobianos relativamente à observada por células da mesma estirpe em forma planctónica. O objetivo deste trabalho foi avaliar e comparar a eficiência da porfirina catiónica tetra-iodeto de 5,10,15,20-tetraquis(1-metilpiridínio-4-il)porfirina (Tetra-Py+-Me) como PS, na inativação fotodinâmica de biofilmes de Staphylococcus aureus, Pseudomonas aeruginosa e Candida albicans bem como na inativação destas estirpes em forma planctónica. Os biofilmes utilizados nas experiências de inativação fotodinâmica foram desenvolvidos por transferência de cultura em meio líquido para microplacas de 96 poços que foram incubadas a 37 ºC durante 24 h e 48 h (dependendo da estirpe utilizada). A inativação fotodinâmica dos biofilmes foi avaliada de forma indireta (teste da resazurina) e de forma direta (por contagem de colónias) para determinar a viabilidade celular...

Estudo de biofilmes mistos em modelos de cateteres urinários

Pereira, Bruno Filipe Teixeira
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
POR
Relevância na Pesquisa
37.65%
As infeções do trato urinário associadas a cateteres (CAUTI) são o principal tipo de infeções adquiridas em hospital. Estas infeções resultam, na sua maioria, de biofilmes que se formam na superfície dos cateteres, no entanto pouco é conhecido sobre a dinâmica dos biofilmes e sobre as interações entre as diferentes espécies presentes. O objetivo deste trabalho foi estudar a interação entre as espécies Escherichia coli e Achromobacter xylosoxidans utilizando hibridação fluorescente in situ (FISH) para discriminar entre as duas espécie em biofilmes mistos, comparando a dinâmica populacional em biofilmes simples e mistos e o comportamento em dois materiais usados no fabrico de cateteres urinários: silicone e poli (óxido de etileno). Através de contagens de células cultiváveis em biofilmes simples e mistos verificou-se que A. xylosoxidans não afetou significativamente o crescimento de E. coli, no entanto esta última prejudicou o crescimento de A. xylosoxidans durante as primeiras 24h, favorecendo-o a partir das 48h. Neste trabalho foi realizada uma primeira abordagem ao estudo de biofilmes associados a CAUTI utilizando sondas de LNA e 2’OMe em protocolos de FISH, tendo-se verificado a existência de interações entre espécies patogénicas e não patogénicas que podem alterar o crescimento destas. Provou-se que o método de FISH pode ser usado para estudar a distribuição populacional em biofilmes mistos e que as sondas de LNA e 2’OMe podem ser usadas nestes biofilmes pois permitem a discriminação das espécies presentes.; Catheter associated urinary tract infections (CAUTI) are the main kind of hospital acquired infections. These infections arise mostly of biofilms formed on the catheter’s surface...

Avaliação da capacidade de extratos voláteis de plantas aromáticas para inibir a formação de biofilmes bacterianos

Silva, Marta Taveira Santos de Castro, 1987-
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2011 POR
Relevância na Pesquisa
37.47%
Tese de mestrado. Biologia (Biologia Celular e Biotecnologia). Universidade de Lisboa, Faculdade de Ciências, 2011; Com este trabalho pretendeu avaliar-se o potencial anti-biofilme de treze óleos essenciais, em duas variantes de Rhodococcus erythropolis DCL14, uma variante produtora de exo-polímeros (DCL14-S) e uma variante não produtora (DCL14-R). A composição química dos óleos foi analisada por GC-MS e a concentração mínima inibitória do crescimento (MIC), para cada um deles, foi obtida através do método de diluições sucessivas em placas de 96 poços. Seleccionaram-se os óleos que apresentaram menor actividade bactericida e maior potencial anti-adesão. O potencial anti-adesão foi medido através da capacidade dos óleos para inibir a formação de biofilmes em placas de 6 poços e da sua influência no potencial zeta das células bacterianas. Os óleos seleccionados foram os de Origanum virens, Rosmarinus officinalis, Salvia officinalis, Citrus lemon e Citrus sinensis. A influência destes óleos na formação de biofilmes e em biofilmes estabelecidos foi testada utilizando concentrações sub-inibitórias correspondentes a 5, 10 e 20% das suas MICs. Neste trabalho foi igualmente estudado o modo de acção destes cinco óleos através da análise da actividade da catalase...

Caracterização e avaliação da capacidade produtora de biofilmes em estafilococos coagulase negativos isolados de superfícies do ambiente fabril

Neves, Teresa Cabral Chora Claudino das
Fonte: Universidade Técnica de Lisboa. Faculdade de Medicina Veterinária Publicador: Universidade Técnica de Lisboa. Faculdade de Medicina Veterinária
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em 12/07/2012 POR
Relevância na Pesquisa
37.39%
Dissertação de Mestrado em Segurança Alimentar; Os objectivos deste estudo prendem-se com a identificação e caracterização tecnológica de isolados de estafilococos coagulase negativos provenientes de diferentes salsicharias tradicionais situadas no Alentejo e superfícies do ambiente fabril, avaliando-se a sua capacidade em formar biofilmes e persistência pós-limpeza e desinfecção. Isolaram-se amostras (N=78) de 4 superfícies diferentes (misturadora, picadora, parede da sala de enchimento, enchedora) provenientes de 3 Fábricas do Alentejo, após o qual se fez identificação de espécies de Staphylococcus. Caracterizou-se a sua aptidão tecnológica pelas provas da actividade lipolítica, proteolítica e nitrato-redutase. Para a avaliação fenotípica da capacidade de formar biofilmes utilizou-se o método Congo Red Agar - CRA, caracterizando-se os isolados de acordo com a cor das colónias às 24h e 48h de incubação, e na caracterização genotípica identificaram-se dois genes implicados na formação de biofilme: ica e Bap. Encontraram-se 35 isolados coincidentes com o género Staphylococcus, sendo dominantes 3 espécies diferentes: S. xylosus (N=19), S. saprophyticus (N=11) e S. equorum (N=5). A espécie S. equorum foi apenas isolada na Fábrica A...

Análise fenotípica e molecular da produção de biofilmes por estirpes de staphylococcus aureus isoladas de casos de mastite subclínica bovina.

MELO, P. de C.; FERREIRA, L. M.; NADER FILHO, A.; ZAFALON, L. F.; VICENTE, H. I. G.
Fonte: Bioscience Journal, v. 28, n. 1, p. 94-99, 2012 Publicador: Bioscience Journal, v. 28, n. 1, p. 94-99, 2012
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
37.53%
A formação de biofilmes é considerada uma vantagem que alguns Staphylococcus aureus isolados de mastite bovina possuem, facilitando a permanência dos mesmos no úbere. Isto requer a adesão das bactérias no epitélio mamário com proliferação e formação de multicamadas de células envolvidas por uma matriz polimérica conhecida como exopolissacarídeo. O objetivo deste estudo foi avaliar a produção de biofilmes das estirpes de S. aureus isoladas de casos mastite subclínica bovina. Estudou-se 94 estirpes de S. aureus obtidas do leite de vacas com mastite subclínica oriundas de duas propriedades rurais no estado de São Paulo. Essas estirpes foram caracterizadas quanto a produção de biofilmes pelos testes de aderência em microplacas e pela presença dos genes icaA e icaD responsáveis pela produção do polissacarídeo de adesão intercelular. Os resultados obtidos revelaram que no teste de aderência em placas, 98,9% das estirpes produziram biofilme e a presença dos genes icaA e icaD foi encontrada em 95,7% das estirpes de S. aureus. Bactérias produtoras de biofilmes no epitélio mamário diminuem a efetividade dos antimicrobianos, por isso a detecção de S. aureus produtoras de biofilmes têm importância no entendimento da patogenia desse agente...

Pseudomonas aeruginosa: estudo epidemiológico e da ação do óxido nítrico sobre biofilmes de amostras mucoides de pacientes com fibrose cística

José Valença Cordeiro Pires, Eduardo; Amelia Vieira Maciel, Maria (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
37.62%
Atualmente, a Pseudomonas aeruginosa é o bacilo Gram-negativo mais reportado em casos de infecções hospitalares. Sua elevada resistência a antimicrobianos e desinfetantes químicos pode ser explicada, em parte, pela forma de crescimento em biofilmes. A variante mucóide da P. aeruginosa, comumente isolada de pacientes com fibrose cística, é capaz de produzir grandes quantidades de alginato, resultando em biofilmes extremamente complexos. O presente estudo objetivou realizar um levantamento da prevalência da P. aeruginosa, bem como seu perfil de susceptibilidade aos antimicrobianos no Hospital das Clínicas da Universidade Federal de Pernambuco (HC), assim como avaliar a ação do óxido nítrico sobre biofilmes de amostras mucóides da mesma bactéria oriundas de pacientes com fibrose cística do Instituto de Medicina Integral Professor Fernando Figueira (IMIP), Recife-PE. Para a análise da prevalência, foi realizado um estudo retrospectivo baseado no livro de registros de secreções diversas do laboratório de bacteriologia do HC. Biofilmes de amostras mucóides e não-mucóides de pacientes com fibrose cística do IMIP foram analisados sobre microscopia eletrônica de varredura. As bactérias mais freqüentes...

Caracterização de biofilmes polimicrobianos de Candida parapsilosis com Staphylococcus aureus ou Acinetobacter sp. e avaliação de sua sensibilidade a sanitizantes e a antimicrobianos

Mattiello, Shaiana Paula
Fonte: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre Publicador: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre
Tipo: Dissertação de Mestrado
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
37.71%
As espécies do “complexo Candida parapsilosis” mostram-se como frequentes agentes etiológicos de candidemias nosocomiais, sendo a C. parapsilosis sensu stricto uma das espécies não-albicans de Candida de maior incidência em infecções clínicas, estando relacionada principalmente com dispositivos médicos implantados. Neste estudo, identificamos, em nível de espécie, 29 isolados pertencentes ao “complexo Candida parapsilosis”, todos previamente obtidos a partir do ambiente hospitalar e de dispositivos médicos. Os isolados também foram caracterizados quanto à atividade in vitro de aspartil proteinase e fosfolipase, e quanto à habilidade de formar biofilmes. Os isolados identificados como C. parapsilosis sensu stricto foram avaliados quanto à capacidade de interagir com Staphylococcus aureus e Acinetobacter sp. no desenvolvimento de biofilmes polimicrobianos de duas espécies. Estes biofilmes foram então analisados quanto à sua capacidade de tolerar o tratamento com concentrações crescentes de fármacos antimicrobianos e sanitizantes. Como resultados, 75,9% dos isolados foram identificados como C. parapsilosis sensu stricto, 24,1% como Candida metapsilosis e nenhum como Candida orthopsilosis. Em relação à C. parapsilosis sensu stricto...

A importância dos biofilmes nas infeções nosocomiais: O estado da arte

Henriques,A.; Vasconcelos,C.; Cerca,N.
Fonte: ArquiMed - Edições Científicas AEFMUP Publicador: ArquiMed - Edições Científicas AEFMUP
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/02/2013 PT
Relevância na Pesquisa
37.53%
As infeções nosocomiais são uma realidade constante no ambiente hospitalar. São responsáveis por um elevado número de casos de infeções e são notoriamente difíceis de erradicar. Um dos motivos pelos quais o tratamento das infeções nosocomiais é difícil deve-se ao facto de muitas destas infeções serem causadas por biofilmes microbianos. Os biofilmes podem ser definidos como comunidades de micro-organismos que vivem aderidos a uma superfície e envoltos numa complexa mistura de compostos tais como proteínas, polissacáridos e DNA extracelular. O crescimento de micro-organismos sob a forma de biofilmes dificulta a sua erradicação, pois estas estruturas podem ser consideradas adaptações dos micro-organismos, de forma a continuar no hospedeiro. É especialmente relevante ter em consideração as infeções causadas por biofilmes no contexto hospitalar, pois podem necessitar de abordagens diferentes para a sua erradicação. Este artigo de revisão tem como objetivo reunir o conhecimento existente do papel dos biofilmes microbianos nas infeções nosocomiais.