Página 1 dos resultados de 6201 itens digitais encontrados em 0.006 segundos

Balance between food production, biodiversity and ecosystem services in Brazil: a challenge and an opportunity; Produção de alimentos, biodiversidade e serviços ambientais no Brasil: desafios e oportunidades

MARTINELLI, Luiz Antonio; FILOSO, Solange
Fonte: Instituto Virtual da Biodiversidade | BIOTA - FAPESP Publicador: Instituto Virtual da Biodiversidade | BIOTA - FAPESP
Tipo: Artigo de Revista Científica
ENG
Relevância na Pesquisa
46.73%
Brazil has a unique position in the world. It is one of the few countries that can be one of the most important producers of food, fiber and biofuel and at the same time maintain its mega biodiversity endowment and vital ecosystems services properly running. This is a challenge that only can be achieved by recognizing the importance of agribusiness sector to the Brazilian economy, but also that ecosystems have limits and we should not endless expand agriculture in the name of "development". Ecosystem services have to be recognized also as a "development" to be kept for the next generations. Agriculture only exists where ecosystems are able to maintain its basic functioning. Therefore, a well preserved nature it is the most precious asset of agriculture.; O Brasil encontra-se em uma posição privilegiada diante do mundo. É um dos únicos países que pode ao mesmo tempo ser um importante produtor de alimentos, fibras e biocombustíveis e manter sua mega biodiversidade relativamente intacta e serviços ambientais vitais funcionando apropriadamente. Este é um desafio enorme que pode ser obtido através do reconhecimento da importância que o setor agropecuário brasileiro tem para o país, mas ao mesmo tempo reconhecendo também que os ecossistemas têm limites naturais e não devemos expandir nossa fronteira agrícola indefinidamente em nome do "desenvolvimento". Os serviços ambientais prestados pelos ecossistemas devem ser valorizados e também reconhecidos como um tipo de "desenvolvimento" a ser mantido para as próximas gerações. A agricultura somente existe onde os ecossistemas são capazes de manter suas funções básicas de funcionamento. Portanto...

Análise do potencial pedagógico de espaços não-formais de ensino para o desenvolvimento da temática da biodiversidade e sua conservação; The pedagogical potential of non-formal teaching spaces for the development of the thematic of the biodiversity and its preservation

Pivelli, Sandra Regina Pardini
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 24/03/2006 PT
Relevância na Pesquisa
37.01%
A literatura especializada apresenta a importância de zoológicos, museus, aquários e jardins botânicos como instrumentos da conservação, educação e pesquisa envolvendo o conhecimento das espécies. Paralelamente tem ocorrido um aumento significativo na preocupação pela questão ambiental proclamando, com freqüência considerável, a educação como uma das áreas-chave para enfrentar este novo desafio. Neste cenário observa-se uma ampliação do conceito de educação que não se restringe mais ao âmbito escolar, proporcionando o crescimento de espaços não-formais dedicados ao ensino, especialmente os relacionados ao meio ambiente. Entretanto, poucos estudos têm sido feitos sobre o seu potencial educativo. O presente trabalho analisou o potencial pedagógico de quatro instituições que expõem a biodiversidade, localizadas no litoral de São Paulo: o Parque Ecológico Voturuá (São Vicente), o Jardim Botânico Chico Mendes (Santos), o Museu de Pesca (Santos) e o Acqua Mundo (Guarujá). Buscou-se ainda as concepções de biodiversidade e sua conservação nas instituições. Para tanto, três aspectos foram analisados para esta pesquisa: os espaços de exposição, os materiais escritos que apresentam os objetivos e as atividades desenvolvidas nestas instituições e o discurso das pessoas envolvidas no desenvolvimento de atividades institucionais ligadas a temática da biodiversidade. A análise dos dados se deu numa abordagem qualitativa da pesquisa educacional...

Biodiversidade e museus de ciências: um estudo sobre transposição museográfica nos dioramas; Biodiversity and science museums: a study on the transposition museographic dioramas

Oliveira, Adriano Dias de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 07/05/2010 PT
Relevância na Pesquisa
37.05%
O estudo em questão teve como principal objetivo analisar como o tema biodiversidade, no que diz respeito à forma em como é conceituado e a valores a ele atribuído, aparece nos dioramas de exposições de museus de ciências. Para tal, a pesquisa visou à compreensão dos processos de transformação do discurso científico para o discurso expositivo, tendo como referencial teórico o conceito de transposição didática, aqui entendida como transposição museográfica. O foco em biodiversidade deve-se as proporções que o termo ganhou nas últimas décadas, em que o mesmo sobrepujou os limites científicos, sendo incorporados novos significados a ele, e que por sua vez vem exigindo estratégias educacionais diferenciadas dos locais que objetivam utilizá-lo como instrumento de articulação em educação para ciência. Os motivos que nos conduziram a delinear este trabalho encontram-se nos questionamentos sobre o tema biodiversidade e de como um espaço educativo, em especial os museus, abordam-no fazendo uso de um dos seus objetos expositivos mais tradicionais, os dioramas. Foram selecionados para esta pesquisa dois museus nacionais - Museu de História Natural Capão da Imbuia e Museu de Ciências e Tecnologia da PUC/RS - onde foram analisados dois dioramas de cada um. Por se configurar como uma pesquisa qualitativa a coleta de dados se deu por meio de entrevistas a cientistas que investigam a biodiversidade e a um responsável de cada museu estudado...

A influência da biodiversidade florestal na ocorrência de insetos-praga e doenças em cultivos de tomate no município de Apiaí-SP; The influence of forest biodiversity in the occurrence of insect pests and diseases in tomato crops in the municipality of Apiaí-SP

Tomas, Fabio Leonardo
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 13/01/2011 PT
Relevância na Pesquisa
37.01%
A Mata Atlântica (MA) é um dos ambientes naturais mais ameaçados do Brasil, tendo sua área original atualmente bastante reduzida pelas ações antrópicas. As atividades agrícolas estão incluídas entre os fatores de impacto a este Bioma; e inserida na área de domínio da MA está a região de Apiaí - SP, produtora de tomate (Solanum lycopersicum L.) de mesa, uma cultura caracterizada pela sua importância alimentar, e responsável por significativos impactos socioambientais devido ao uso de agroquímicos, desmatamentos e más condições de trabalho. Devido à infestação por insetos-praga e às ocorrências de doenças agrícolas, esta cultura é considerada uma das mais exigentes em tratos culturais necessitando pulverizações constantes e uso geral de agroquímicos. Este trabalho busca ampliar o conhecimento sobre as funções que a biodiversidade florestal pode ter como um instrumento para auxiliar o manejo agrícola de insetos fitófagos e doenças em cultivos de tomate de mesa. No município de Apiai - SP, entre 2008 e 2010, foram instalados 5 módulos experimentais de cultivo de tomate em manejo agroecológico no modelo de Ilhas de Alta Produtividade (IAPs), em locais onde a biodiversidade florestal é um elemento presente no entorno. Em cada módulo de cultivo...

Biodiversidade de Culicidae e sua interação com arboviroses e malária na Mata Atlântica; Biodiversity of Culicidae and its interaction with arboviruses and malaria in the Atlantic Forest

Laporta, Gabriel Zorello
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 24/04/2012 PT
Relevância na Pesquisa
36.99%
Introdução - Interações complexas estão presentes entre a biodiversidade de mosquitos (Diptera, Culicidae) e as dinâmicas de transmissão de arbovírus e plasmódios que são agentes infecciosos que podem causar moléstias em humanos e outros animais. Objetivos - Aplicar método de distribuição potencial de habitats para mosquitos vetores de arbovírus e de plasmódios no Vale do Ribeira, sudeste do Estado de São Paulo, sub-região Serra do Mar da Mata Atlântica. Em escala local nessa região, relacionar a heterogeneidade espacial com a biodiversidade e esta com a dinâmica de transmissão de malária no Parque Estadual da Ilha do Cardoso. Métodos - Foram elaborados mapas de distribuição espacial dos vetores de arbovírus: Aedes serratus, Aedes scapularis e Psorophora ferox. Os mapas gerados para Anopheles cruzii, Anopheles bellator e Anopheles marajoara foram correlacionados com a distribuição espacial de malária. As correlações entre heterogeneidade espacial e biodiversidade de mosquitos foram estabelecidas com o emprego de modelos estatísticos de regressão. Foi elaborado modelo matemático para explicar o efeito da biodiversidade na transmissão de plasmódios. Resultados - As pessoas estão mais expostas às picadas de Ae. serratus...

Filosofia do meio ambiente e gestão compartilhada da biodiversidade da Mata Atlântica : debates públicos sobre a coleta de frutos da palmeira-juçara no Rio Grande do Sul

Medaglia, Vicente Rahn
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
37.05%
O Bioma Mata Atlântica é reconhecido mundialmente como um hotspot (área prioritária para conservação) de biodiversidade. Como estratégia para enfrentar o desafio de sua gestão a UNESCO e o Governo brasileiro instituíram a Reserva da Biosfera da Mata Atlântica, que tem como objetivos a promoção da conservação da biodiversidade, do seu uso sustentável e do conhecimento científico e tradicional sobre seus componentes. Nesse sistema de gestão, diversos segmentos da sociedade envolvidos com a temática estão representados. As encostas do Planalto Meridional no Litoral Norte do Rio Grande do Sul são o limite meridional de ocorrência da Mata Atlântica stricto sensu. Essa região passou por diferentes fases de ocupação, tendo a agricultura sempre um papel central em sua economia. Como resultado de mudanças de caráter ecológico, econômico e jurídico, essas áreas, onde outrora a agricultura foi praticada intensivamente, tiveram sua utilização substancialmente diminuída, voltando a estar cobertas pela sucessão ecológica da floresta. As restrições legais de uso da terra (tendo a fiscalização ambiental se intensificado a partir da década de 1990) vieram a agudizar um processo de marginalização socioeconômica de uma parcela da população resultando...

Avaliação de impacto de programas de pesquisa em biodiversidade; Impact Evaluation of Biodiversity Research Program

Paula Felicio Drummond de Castro
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 29/08/2011 PT
Relevância na Pesquisa
36.99%
O principal objetivo desta tese foi o de contribuir conceitual e metodologicamente com a metodologia GEOPI de avaliação de impactos de programas de Ciência Tecnologia e Inovação (C,T&I), especificamente sobre a avaliação de impactos de programas de pesquisa em biodiversidade tendo como objeto de estudo um importante programa de pesquisa em biodiversidade do país, o Programa Biota da FAPESP. A tese foi desenvolvida sob três eixos centrais: (i) do estudo da evolução do quadro político-institucional e do panorama das pesquisas em biodiversidade no país e no mundo, tendo como base a Convenção da Diversidade Biológica; (ii) das especificidades da avaliação de impacto em C,T&I e (iii) da apresentação da metodologia GEOPI para a avaliação de impacto de programa de pesquisa em biodiversidade. A metodologia GEOPI de avaliação de impactos busca apreender o aspecto multidimensional dos impactos da C,T&I por dois momentos: o primeiro faz a análise profunda e detalhada do objeto e visa a identificação dos impactos potenciais; o segundo mede a intensidade deste impacto. A avaliação no que respeita a caracterização, a conservação e o uso sustentável da biodiversidade apresenta resultados que indicam a direção acertada do Programa nos seus primeiros 10 anos de existência...

Biodiversidade e os esquemas de certificação de biocombustíveis; Biodiversity and the certification schemes for biofuels

Camila Ortolan Fernandes de Oliveira
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 30/08/2013 PT
Relevância na Pesquisa
37.01%
A sustentabilidade dos biocombustíveis é uma questão polêmica, que ganhou grande dimensão desde a segunda metade da década passada. Nesse contexto, biodiversidade é um dos aspectos mais mencionados no debate internacional. Em função das pressões de diferentes segmentos sociais, critérios de sustentabilidade foram definidos e têm condicionado a aplicação de políticas de fomento aos biocombustíveis. Na prática, esquemas de certificação têm sido usados de forma crescente e nada indica que essa tendência seja alterada. Assim, a futura produção de etanol de cana de açúcar no Brasil, e a competitividade da produção nacional em mercados internacionais, estarão condicionadas a que sustentabilidade seja uma realidade, e possa ser comprovada. No Brasil, muito pouco se sabe sobre os impactos da produção de cana, e de etanol, sobre a biodiversidade, e foi isso que motivou esta dissertação. Seu objetivo geral é o entendimento da questão biocombustíveis-biodiversidade, incluindo a identificação do conhecimento existente, das diferentes visões, das aspirações, etc. A análise foi feita com foco na produção de etanol de cana, nas condições brasileiras, e de suas perspectivas. Um dos objetivos específicos foi definido na avaliação dos esquemas de certificação...

Biodiversidade urbana: selecção e caracterização de indicadores para Lisboa

Cardoso, Mariana Cabral, 1986
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2011 POR
Relevância na Pesquisa
37.03%
Tese de mestrado. Biologia (Ecologia e Gestão Ambiental). Universidade de Lisboa, Faculdade de Ciências, 2011; A conservação da biodiversidade tornou-se uma necessidade à sobrevivência do ser humano a partir da percepção da importância dos serviços de ecossistemas, o que contribuiu para a valorização da ecologia urbana, promovendo gradualmente a necessidade do planejamento e da gestão das áreas verdes. O reconhecimento internacional da importância da biodiversidade urbana tomou corpo através da Convenção de Diversidade Biológica, enquanto instrumento político-legal em âmbito internacional sob a gestão da biodiversidade. Durante a 9ª COP a Convenção aprovou um índice de biodiversidade para as cidades (City Biodiversity Index), em 2010, Nagoya. A Proposta de indicadores para Lisboa foi baseada neste índice, na compilação e estudo bibliográfico individual dos 23 indicadores de biodiversidade, e por fim estruturada pelo grupo de acompanhamento responsável. O projeto teve por objetivo identificar e aplicar indicadores eficazes para a verificação da condição da biodiversidade no Concelho de Lisboa, criar um banco de dados possibilitando a continuidade de uma linha de estudos de monitorização e implementação de pesquisas nas áreas complementares dos indicadores e com o primeiro passo para a meta de aumentar a biodiversidade da cidade em 20% até 2020. Os resultados descrevem os aspectos mais significativos referentes ao estado da biodiversidade no Concelho...

Relações biodiversidade vs. clima em escala local: um estudo de caso em busca de padrões espaço-temporais em insetos.

SCHMITZ, H. J.; AMADOR, R. B.; FERREIRA, J. E. D.; MAUÉS, M. M.; NASCIMENTO, I. M. do; MARTINS, M. B.
Fonte: In: EMILIO, T.; LUIZÃO, F. (Org.). Cenários para a Amazônia: clima, biodiversidade e uso da terra. Manaus: INPA, 2014. Publicador: In: EMILIO, T.; LUIZÃO, F. (Org.). Cenários para a Amazônia: clima, biodiversidade e uso da terra. Manaus: INPA, 2014.
Tipo: Capítulo em livro técnico-científico (ALICE) Formato: p. 19-29.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
46.73%
Insetos fornecem bons modelos para o estudo dos impactos das alterações climáticas sobre a biodiversidade. Neste estudo, foram observadas diferenças na distribuição de moscas e abelhas na floresta em duas escalas de variação microclimática: uma espacial, entre o sub-bosque e o dossel da floresta, e uma temporal, observando-se as variações em atividade ao longo do dia. Várias espécies de insetos apresentaram claras diferenças em suas preferências por estrato. Também foram observadas variações no padrão de atividade ao longo do dia. Estas espécies podem ser boas candidatas para indicação de alterações climáticas, devido à sua sensibilidade ambiental.; 2014

Conservação da biodiversidade : legislação e políticas públicas

Ganem, Roseli Senna, org.
Fonte: Câmara dos Deputados, Edições Câmara Publicador: Câmara dos Deputados, Edições Câmara
Tipo: livro Formato: 437 p. : il.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
37.09%
A obra pretende discutir quais são os fundamentos científicos e os valores que sustentam as normas de proteção da flora e da fauna; apresentar um panorama da biodiversidade brasileira; mostrar como a biodiversidade está inserida na Constituição Federal; apontar as leis que tratam de proteção da biodiversidade; mostrar como foi o processo histórico de construção das normas nacionais e internacionais sobre a matéria; discutir como se dividem as competências relativas à gestão do patrimônio biológico, entre a União, os estados e os municípios; apresentar os instrumentos de proteção da flora e da fauna, dos recursos pesqueiros, de acesso ao patrimônio genético e aos conhecimentos tradicionais associados; e, por fim, expor a situação atual das unidades de conservação, dos instrumentos de gestão integrada da biodiversidade e das políticas de controle do desmatamento.; Fotografias de André Ganem Coutinho.; Conteúdo: Biologia da conservação: as bases científicas da proteção da biodiversidade / Roseli Senna Ganem e José Augusto Drummond -- Aspectos éticos e políticos da atual crise de biodiversidade / Maurício Andrés Ribeiro -- Conservação da biodiversidade: das reservas de caça à Convenção sobre Diversidade Biológica / Roseli Senna Ganem -- Panorama da biodiversidade brasileira / Aldicir Scariot -- Breves comentários sobre a base constitucional da proteção da biodiversidade / Ilídia da Ascenção Garrido Martins Juras -- Conservação da biodiversidade e repartição de competências governamentais / Maurício Boratto Viana e Suely Mara Vaz Guimarães de Araújo -- Origem e principais elementos da legislação de proteção à biodiversidade no Brasil / Suely Mara Vaz Guimarães de Araújo -- Instrumentos para a conservação da biodiversidade / Ilídia da Ascenção Garrido Martins Juras -- Fauna e recursos pesqueiros na legislação brasileira / Maurício Schneider -- Acesso ao patrimônio genético brasileiro e aos conhecimentos tradicionais associados / Márcia Dieguez Leuzinger -- Uma análise sobre a história e a situação das unidades de conservação no Brasil / José Augusto Drummond...

A biodiversidade na floresta : políticas vs visão dos proprietários

Barbosa, Cristina Maria daSilva Ribeiro
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
37.03%
Esta dissertação centra-se na importância da biodiversidade e da sua conservação nos sistemas florestais. Neste sentido, o objectivo desta investigação consiste em identificar qual o futuro da biodiversidade nos sistemas florestais em Portugal, tendo em atenção as políticas definidas e a visão dos proprietários florestais. A biodiversidade é de extrema importância para o Homem, no entanto a sua actividade, principalmente nas últimas décadas, tem contribuído fortemente para a diminuiçgo desta, bem como para a extinçao de algumas espécies. Portugal é um país com uma grande área florestal, representando um ecossistema repleto de biodiversidade, e onde é reconhecida a importância da sua preserva~ãoc, omo tal tem definido políticas e instrumentos de gestão florestal que contemplam a preservação da biodiversidade. Por sua vez, grande parte da propriedade florestal é privada, sendo gerida pelos seus proprietários que nem sempre têm conhecimento sobre a importância da biodiversidade, nem sobre as políticas existentes. Esta dissertação divide-se em duas partes uma reflexão teórica sobre a problemática, focando a atenção na biodiversidade, na floresta Portuguesa e nos actores nela intervenientes, e uma segunda parte de carácter empírico...

Áreas prioritárias para conservação, uso sustentável e repartição de benefícios da biodiversidade brasileira: atualização - Portaria MMA n°9, de 23 de janeiro de 2007

Brasil. Ministério do Meio Ambiente. Secretaria Nacional de Biodiversidade e Florestas. Departamento de Conservação da Biodiversidade
Fonte: Livro Aberto IBCT Publicador: Livro Aberto IBCT
Tipo: Documento de política
POT
Relevância na Pesquisa
46.81%
301 p.; O trabalho fala sobre as necessidades da manutenção mundial sobre a biodiversidade e quais os desafios de conciliar o desenvolvimento e a utilização sustentável. O Brasil realizou a avaliação e identificação das áreas prioritárias para conservação dos biomas brasileiros, e essa avaliação tinha como uma das metas reverem essas áreas em um período máximo de dez anos e este documento é então essa atualização das áreas que teve como metodologia a incorporação dos princípios de planejamento sistemático para conservação e seus critérios básicos (representatividade, persistência e vulnerabilidade dos ambientes), priorizando o processo participativo de negociação e formação de consenso. Para tanto um número maior de setores e grupos ligados à temática ambiental foi envolvido, legitimando o processo e considerando os diversos interesses.

O panorama da biodiversidade global 3

Brasil. Ministério do Meio Ambiente. Secretariado da Convenção sobre Biodiversidade Biológica (CBD)
Fonte: Livro Aberto IBCT Publicador: Livro Aberto IBCT
Tipo: Documento de política
POT
Relevância na Pesquisa
46.73%
94 p.; O presente relatório apresenta algumas escolhas difíceis para as sociedades humanas. Ele adverte que a diversidade de seres vivos no planeta continua a ser desgastada como resultado de atividades humanas. As pressões que levam à perda da biodiversidade mostram poucos sinais de abrandamento e, em alguns casos, estão aumentando. As consequências das tendências atuais são muito piores do que se pensava anteriormente, e colocam em dúvida a contínua prestação de serviços ecossistêmicos, considerados vitais. Os pobres tendem a sofrer desproporcionalmente devido a alterações potencialmente catastróficas para os ecossistemas nas próximas décadas, porém, em última análise, todas as sociedades têm a perder.

Política Nacional de Biodiversidade: o roteiro de consulta para elaboração de uma proposta

Brasil. Ministério do Meio Ambiente. Secretaria de Biodiversidade e Florestas
Fonte: Ministério do Meio Ambiente (MMA) Publicador: Ministério do Meio Ambiente (MMA)
Tipo: Documento de política
POT
Relevância na Pesquisa
46.81%
35 p.; Este trabalho tem o intuito de propor uma política nacional sobre a biodiversidade. E pretende com isso promover a conservação da biodiversidade, a utilização sustentável de seus componentes e a repartição justa e eqüitativa dos benefícios gerados pelo uso dos recursos genéticos.

Comissão Nacional de Biodiversidade: CONABIO 05 anos

Brasil. Ministério do Meio Ambiente. Secretaria de Biodiversidade e Florestas
Fonte: Ministério do Meio Ambiente (MMA) Publicador: Ministério do Meio Ambiente (MMA)
Tipo: Relatório d e gestão
POT
Relevância na Pesquisa
46.73%
317 p.; Publicação aborda os 05 anos da CONABIO, que foi criado em 2003 com atribuições de implementar os compromissos assumidos pelo Brasil na CDB, coordenar a implementação da PNB, bem como identificar e propor áreas e ações prioritárias para pesquisa, conservação e uso sustentável dos componentes da biodiversidade.

Diretrizes e prioridades do plano de ação para implementação da Política Nacional de Biodiversidade

Brasil. Ministério do Meio Ambiente. Secretaria de Biodiversidade e Florestas
Fonte: Ministério do Meio Ambiente (MMA) Publicador: Ministério do Meio Ambiente (MMA)
Tipo: Documento de governo
POT
Relevância na Pesquisa
46.88%
80 p.: il; Este documento retrata a formulação das Diretrizes e Prioridades do Plano de Ação para Implementação da Política Nacional de Biodiversidade – PAN-Bio para que os objetivos da Política Nacional de Biodiversidade fossem de fato implementados e no intuito de suprir lacunas na gestão da biodiversidade no país.; Consolidação das informações; Andreína Valva, Hélio Jorge da Cunha, Luciana Zago de Andrade e Pedro Davison

Inter-relações entre biodiversidade e mudanças climáticas

Brasil. Ministério do Meio Ambiente. Secretaria de Biodiversidade e Florestas
Fonte: Ministério do Meio Ambiente (MMA) Publicador: Ministério do Meio Ambiente (MMA)
Tipo: Documento de política
POT
Relevância na Pesquisa
46.73%
205 p.: il; Relatório, produto de cooperação tangível entre as Convenções do Rio.; Recomendação para integração das considerações sobre biodiversidade na implementação da Convenção Quadro das Nações Unidas sobre mudança do clima e seu protocolo de Kyoto.

Mudanças climáticas globais e seus efeitos sobre a biodiversidade: caracterização do clima atual e definição das alterações climáticas para o território brasileiro ao longo do século XXI

Brasil. Ministério do Meio Ambiente. Secretaria de Biodiversidade e Florestas
Fonte: Ministério do Meio Ambiente (MMA) Publicador: Ministério do Meio Ambiente (MMA)
Tipo: Documento técnico
POT
Relevância na Pesquisa
46.73%
212 p.: il. - 2.ed.; Esta publicação apresenta uma revisão atualizada dos estudos sobre alterações climáticas no século XX e projeções do clima futuro no século XXI considerando os impactos na biodiversidade e no meio ambiente do continente sul-americano, com particular ênfase no território brasileiro e seus ecossistemas.; Coordenador: José A. Marengo

Políticas públicas para o desenvolvimento sustentável brasileiro: o papel dos royalties do petróleo na institucionalização de uma política de preservação da biodiversidade

Machado, Carlos José Saldanha; Pesquisador da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) e Professor dos Programas de Pós-Graduação em Biodiversidade e Saúde (PPGBS-IOC)daFiocruz e em Meio Ambiente (doutorado) da Universidade do Estado do Rio de Janeiro(PPG-M
Fonte: UFPR Publicador: UFPR
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 23/06/2012 POR
Relevância na Pesquisa
46.88%
O objetivo desse trabalho é discutir a aplicação dos royalties do petróleo na conservação da biodiversidade brasileira como elemento de promoção do desenvolvimento sustentável. A perda de espécies e a redução de variedade genética são consequências diretas e/ou indiretas de ações antrópicas, tais como: desmatamento, expansão urbana, queima de combustíveis fósseis, entre outras. Partindo da concepção de que os royalties configuram uma compensação financeira, cuja gênese é a promoção de justiça intergeracional, realizamos uma análise do arcabouço legal em vigor para determinar a compatibilização desses recursos com a proteção da biodiversidade. Constatamos a permanência de uma lacuna na apropriação da perspectiva intergeracional, constitucionalmente estabelecida, tanto ao longo do processo legislativo como na prática das políticas públicas afins. Mesmo diante das várias opções existentes para a aplicação dos royalties do petróleo...