Página 1 dos resultados de 858 itens digitais encontrados em 0.002 segundos

Biodegradação de poliuretanos derivados de fontes renováveis

Sepúlveda, Manuel Martinho Vilas Boas
Fonte: Instituto Politécnico de Bragança, Escola Superior de Tecnologia e Gestão Publicador: Instituto Politécnico de Bragança, Escola Superior de Tecnologia e Gestão
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
37.56%
Os impactos ambientais decorrentes da utilização de materiais poliméricos são um sério problema, visto que esses materiais possuem um longo período de degradação, ficando acumulados no ambiente. Neste contexto, o interesse na produção e utilização de materiais poliméricos provenientes de fontes renováveis com carácter biodegradável tem-se intensificado como politica de protecção ambiental e sustentabilidade. As espumas rígidas de poliuretano são polímeros de grande importância em diversas áreas, nomeadamente na construção civil e na fabricação de equipamentos devido às suas propriedades únicas de isolamento. Uma das estratégias utilizadas na tentativa de melhorar a biodegradabilidade destes materiais consiste na utilização de componentes de origem natural, com capacidade intrínseca de biodegradação, na sua formulação. O presente trabalho teve como objectivo a implementação de diferentes testes de forma a estudar a biodegradação de várias espumas rígidas de poliuretano. Foram avaliadas duas espumas de base lenhina, provenientes de fontes renováveis, e uma espuma comercial. Numa primeira fase foram realizados testes em placas de petri para verificar o crescimento do microrganismo na presença das várias espumas. Pela análise visual das placas e por microscopia óptica verificou-se que o crescimento foi positivo. Seguidamente...

Biodegradação, sorção e dessorção do herbicida 14C-Diuron em dois Latossolos tratados com lodo de esgoto.; Biodegradation, sorption and desorption of 14C-diuron in two brazilian soils amended with sewage sludg.

Damin, Virginia
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 20/06/2005 PT
Relevância na Pesquisa
37.45%
A adição de lodo de esgoto ao solo pode modificar o comportamento dos pesticidas. Sua degradação pode ser favorecida quando materiais orgânicos são adicionados ao solo, já que estes fornecem nutrientes e energia aos microrganismos capazes de degradar a molécula (Felsot & Dzantor, 1990). Por outro lado, solos ricos em matéria orgânica apresentam maior capacidade de retenção, diminuindo o potencial de lixiviação e a biodisponibilidade dos pesticidas às plantas e aos microrganismos. Nesse contexto, esta pesquisa objetivou avaliar o efeito do lodo de esgoto na biodegradação, sorção e dessorção do herbicida diuron em dois Latossolos. A biodegradação foi avaliada semanalmente, durante 63 dias, pelo método da radiorespirometria, sob condições controladas de umidade e temperatura. Ao final do período de incubação, a molécula original e os metabólitos formados foram extraídos e quantificados. Utilizou-se delineamento experimental inteiramente casualizado, em esquema fatorial 2(solos) x 3 (doses de lodo de esgoto: 0, 10 e 20 t ha-1). Paralelo ao ensaio de biodegradação, foram avaliadas a atividade e biomassa microbiana utilizando os mesmos tratamentos usados no ensaio de biodegradação, porém com dois fatores para o herbicida (com e sem herbicida). A atividade microbiana foi avaliada semanalmente e a biomassa foi avaliada no início e após 63 dias de incubação. Posteriormente...

"Biodegradação de poliuretano derivado do óleo de mamona"; "Biodegradation of poliurethane derived of castor oil"

Cangemi, José Marcelo
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 04/05/2006 PT
Relevância na Pesquisa
37.45%
O meio ambiente requer polímeros que possam ser degradados e desapareçam por completo pela atuação de vários fatores ambientais, incluindo microrganismos. No presente trabalho estudou-se a biodegradação de espumas de poliuretano obtidas a partir do óleo de mamona, um material renovável e de origem natural, se constituindo em uma alternativa viável para a substituição das tradicionais espumas de PU. O acompanhamento da biodegradação foi realizado para a espuma PU-vegetal e PU-petróleo, através das seguintes técnicas: zona de halo, microscopia eletrônica de varredura (MEV), análise termogravimétrica (TG) e espectrometria na região de absorção do infravermelho por transformada de Fourier, utilizando acessório de refletância total atenuada (FTIR ? ATR). Outras etapas do trabalho envolveram a realização de testes de biodegradação em espumas utilizadas na adsorção de um azocorante utilizado em curtumes (C.I. Acid Orange 61) e o estudo da biodegradação do material polimérico quando se realizam modificações em sua estrutura. As várias técnicas utilizadas indicaram mudança na estrutura química da espuma de origem vegetal, após o ataque de microrganismos, caracterizando um processo de biodegradação; o mesmo não ocorreu com a espuma derivada do petróleo...

Avaliação da viabilidade da utilização do teste respirométrico de Bartha para determinar a biodegradação de hidrocarbonetos aromáticos polinucleares em solo tropical: caso do fenantreno.; Feasibility of application of Bartha’s respirometric method to determine biodegradation of polycyclic aromatic hydrocarbons in tropical soil: phenantrene case.

Mello, Gabriela Sá Leitão de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 16/08/2005 PT
Relevância na Pesquisa
37.45%
Atualmente, um dos problemas ambientais mais graves é a contaminação dos solos e das águas subterrâneas. Na Europa, já foram identificadas 300.000 áreas contaminadas ou potencialmente contaminadas e estima-se que exista 1,5 milhão. Nos Estados Unidos da América, já foram identificadas mais de 63.000. No Brasil, 1.336 áreas contaminadas foram identificadas apenas no Estado de São Paulo. Das tecnologias de remediação de áreas contaminadas, a biorremediação tem a vantagem de destruir os poluentes. No entanto, para aplicação de tal tecnologia, é necessário determinar a biodegradação dos compostos orgânicos no solo. No Brasil, faltam estes dados, pois os solos tropicais possuem características bem diferentes dos solos de regiões de clima temperado. O método respirométrico de Bartha, adaptado de uma norma holandesa, é um método simples e economicamente viável para determinar a atividade microbiológica pela geração de gás carbônico e, indiretamente, a biodegradação de contaminantes orgânicos no solo. No presente trabalho, foi estudada a sua aplicabilidade para um latossolo, tipo de solo predominante no Estado de São Paulo, utilizando como contaminante orgânico, o fenantreno. A partir dos resultados obtidos...

Seleção de bactérias para biodegradação dos pesticidas organoclorados DDD, PCP e dieldrin; Selection of bacteria for biodegradation of organochlorine pesticides DDD, PCP and dieldrin

Kasemodel, Mariana Consiglio
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 11/10/2012 PT
Relevância na Pesquisa
37.67%
O objetivo deste trabalho foi a seleção de bactérias capazes de biodegradar os pesticidas organoclorados dieldrin, DDD e PCP. Inicialmente, foram realizados os ensaios de tolerância visando à seleção das bactérias degradadoras; posteriormente foram realizados os ensaios de biodegradação em meio liquido utilizando a bactéria selecionada. Dentre as 14 linhagens bacterianas isoladas testadas, selecionou-se a linhagem Pseudomonas aeruginosa L2-1 por apresentar maior tolerância a todos os pesticidas. Os ensaios de biodegradação foram realizados em diferentes meios de cultura, variando-se a concentração de glicose, a fonte de nitrogênio e a presença de ramnolipídeo. Os ensaios de biodegradação foram realizados determinando-se a concentração de pesticida, a concentração de glicose, o número de células viáveis, e o pH. O meio de cultura que mais favoreceu a biodegradação dos três pesticidas foi o meio com nitrato de sódio e 0,5% de glicose, obtendo-se biodegradação de aproximadamente 50% para cada pesticida após três dias de incubação. Na ausência de glicose, o meio com nitrato de amônio e 0,1% de ramnolipídeo, favoreceu a biodegradação, obtendo-se após 14 dias de incubação 36,8% de biodegradação de dieldrin; 33...

Biodegradação dos pesticidas clorpirifós, metil paration e profenofós por fungos de origem marinha; Biodegradation of pesticides chlorpyrifos, methyl parathion and profenofos by marine fungi

Silva, Natália Alvarenga da
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 26/04/2013 PT
Relevância na Pesquisa
37.45%
Neste trabalho, foi realizada uma triagem com os fungos marinhos Aspergillus sydowii CBMAI 934, Aspergillus sydowii CBMAI 935, Aspergillus sydowii 1241, Penicillium decaturense CBMAI 1234, Penicillium raistrickii CBMAI 931, Penicillium raistrickii CBMAI 1235 e Trichoderma sp. CBMAI 932 com o objetivo de avaliar o potencial enzimático destes micro-organismos frente à biodegradação dos pesticidas organofosforados clorpirifós, metil paration e profenofós. Os fungos selecionados para as reações em meio líquido de malte 2%, que melhor adaptaram-se na presença do pesticida clorpirifós, foram as cepas de A. sydowii CBMAI 935 e Trichoderma sp. CBMAI 932, na presença de metil paration foram A. sydowii CBMAI 935 e P. decaturense CBMAI 1234 e na presença de profenofós foram os fungos A. sydowii CBMAI 935 e P. raistrickii CBMAI 931. Foram realizadas curvas analíticas com o objetivo de estimar a extensão da biodegradação dos pesticidas clorpirifós, metil paration, profenofós, e seus respectivos produtos de hidrólise, os derivados fenólicos 3,5,6-tricloro-2-piridinol, 4-nitrofenol e 4-bromo-2-clorofenol, respectivamente. As reações de biodegradação em meio líquido de malte 2% foram avaliadas com 10, 20 e 30 dias de reação com concentração inicial dos pesticidas organofosforados de 50 ppm. O pesticida...

Biodegradação do pesticida esfenvalerato por fungos de ambiente marinho; Biodegradation of the pesticide esfenvalerate by marine-derived fungi

Birolli, Willian Garcia
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 21/02/2014 PT
Relevância na Pesquisa
37.45%
Desde a revolução verde, na década de 1950, o processo tradicional de produção agrícola passou por mudanças com a inserção do uso intensivo de agrotóxicos como os piretróides, que são a terceira classe química de pesticidas mais comercializada no mundo. Estes compostos geralmente são ésteres que contêm um anel dimetilciclopropano com grupamentos variáveis e a presença de anéis aromáticos. Cada vez mais os cientistas vêm explorando a diversidade microbiana na biodegradação de pesticidas e neste contexto, o emprego de fungos de ambiente marinho possui grande potencialidade devido ao seu sistema enzimático único com a presença de compostos altamente oxigenados e halogenados, assim como o esfenvalerato empregado neste trabalho. Entretanto, estes micro-organismos não têm sido explorados na biotransformação de pesticidas piretróides. Neste estudo foi avaliada a eficiência de fungos de ambiente marinho [Penicillium raistrickii CBMAI 931, Aspergillus sydowii CBMAI 935, Cladosporium sp. CBMAI 1237, Microsphaeropsis sp. Dr(A)6, Acremonium sp. Dr(F)1, Westerdykella sp. Dr(M2)4 e Cladosporium sp. Dr(M2)2] na degradação do pesticida piretróide esfenvarelato. Observou-se que o esfenvalerato e seus principais metabólitos de degradação causam efeitos inibitórios significativos no crescimento dos fungos...

Biodegradação de derivados do petróleo com a aplicação de biossurfactante produzido por Bacillus subtilis

Montagnolli, Renato Nallin
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 245 f. : il., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
37.56%
Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq); Pós-graduação em Ciências Biológicas (Microbiologia Aplicada) - IBRC; A biodegradação tem sido há muito tempo um dos principais campos de pesquisa em microbiologia, cuja utilidade inclui a biodegradação de substâncias orgânicas e inorgânicas. Microrganismos podem ser ótimas ferramentas de remoção de poluentes em solo, água e sedimentos pelas suas inúmeras vantagens sobre outros processos. Para a limpeza de ambientes com hidrocarbonetos pela biorremediação deve-se explorar a habilidade dos microrganismos e compreender a maneira pela qual o processo ocorre em diferentes derivados do petróleo. Existem estudos que propõem a biorremediação de ambientes contaminados por hidrocarbonetos pela inoculação de microrganismos com potencial biodegradador e a adição de biossurfactantes. O presente trabalho estudou a biodegradação de diferentes derivados do petróleo com a proposta de aprimorar o processo pelo uso de biossurfactante produzido por Bacillus subtilis. Também foi avaliada a toxicidade das substâncias antes e depois da biodegradação. Os biossurfactantes produzidos foram adicionados aos ensaios de biodegradação de diferentes tipos de derivados do petróleo...

Biodegradação e avaliação fitotoxicológica do diesel e do biodiesel

Tamada, Ivo Shodji
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 109 f. : il., gráfs., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
37.5%
Pós-graduação em Ciências Biológicas (Microbiologia Aplicada) - IBRC; Mudanças climáticas, efeito estufa, degradação do meio ambiente são termos que ultimamente ganharam força devido às catástrofes ambientais mais frequentes. Por isso uma nova consciência sobre formas de energia, produção e consumo marcam esse século. Fontes de energia renovável e/ou menos poluente tem se tornado uma alternativa viável e politicamente correta, como é o caso do biodiesel. O biodiesel puro (B100) é formado, principalmente, pelo processo de transesterificação, no qual a glicerina do óleo vegetal ou gordura animal é removida da molécula. O Conselho Nacional de Políticas Energéticas (CNPE) estabeleceu, de acordo com a Resolução no 6 de 16 de setembro de 2009, que o diesel comercializado no Brasil deve apresentar 5% de biodiesel em volume, determinação que entrou em vigor no dia 1 de janeiro de 2010. A utilização crescente do biodiesel é evidente em todo o mundo, desta forma este trabalho propõe um estudo de biodegradação do diesel, biodiesel (de origem animal e vegetal) e suas misturas, além de avaliações toxicológias durante a biodegradação em solo. Para a análise de biodegradação foi utilizado duas técnicas...

Avaliação ecotoxicológica da biodegradação utilizando inóculo enriquecido com Bacillus subtilis em solo contaminado com petróleo, diesel e biodiesel

Cruz, Jaqueline Matos
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 66 f. : il., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
37.45%
Pós-graduação em Ciências Biológicas (Microbiologia Aplicada) - IBRC; Nos últimos anos, a avaliação da qualidade do solo após o processo de biorremediação era baseada apenas em dados químicos, porém este procedimento não pode prever os efeitos dessas substâncias aos organismos. Assim os testes ecotoxicológicos têm sido utilizados como ferramenta complementar para avaliação da toxicidade. O metabolismo microbiano responsável pela biodegradação de várias substâncias é diretamente relacionado com a toxicidade, pois o processo de biodegradação não garante diminuição da toxicidade. Além disso, a toxicidade de um poluente pode afetar os micro-organismos, inviabilizando parte dos processos biogeoquímicos cruciais para todos os organismos. Em ensaios ecotoxicológicos com sementes, a sensibilidade dos períodos de germinação e o desenvolvimento da plântula são utilizados para avaliar a interferência do contaminante no desenvolvimento do organismo. Deste modo, o objetivo do trabalho foi avaliar a fitotoxicidade de solo contaminado com biodiesel, diesel e petróleo em diferentes tempos de biodegradação utilizando como organismo-testes as sementes de Cucumis sativus (pepino), as de Lactuca sativa (alface) e as de Eruca sativa (rúcula). Avaliou-se...

Biodegradação de filmes de PHBV, PCL, PP e BLENDAS pela ação de microorganismos de solo

Gonçalves, Suely Patricia Costa
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 140 f. : il., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
37.53%
Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq); Pós-graduação em Ciências Biológicas (Microbiologia Aplicada) - IBRC; Neste trabalho, estudou-se a biodegradação dos filmes de PHB-V, PCL, PP e das blendas de PCL/PHB-V (4:1) e PP/PHB-V (4:1) em solo. Os filmes poliméricos foram preparados por compressão a quente e analisados através das análises de infravermelho com transformada de Fourier (FTIR), microscopia eletrônica de varredura (MEV), calorímetria exploratória diferencial (DSC), termogravimetria (TG) e difração de raio-X (DRX), para investigar os processos de biodegradação por um período de 120 dias. A atividade microbiana foi monitorada durante todo o período de experimento, bem como vários parâmetros: pH, temperatura, umidade, matéria orgânica, quantidade de CO2 e quantificação de microrganismos. Após os diferentes tempos do ensaio em solo, os filmes poliméricos apresentaram alterações quanto a sua estrutura molecular e morfologia em diferentes intensidades. Os processos de biodegradação observados nos diferentes filmes poliméricos, ocorreram via erosão superficial. O filme de PHB-V, foi o mais suscetível ao ataque microbiano, sendo completamente decomposto em 30 dias. O grau de cristalinidade de PHB-V permaneceu inalterado...

Estudo da biodegradação dos filmes de poli (e-caprolactona), da blenda poli (e-caprolactona)/amido e do composito poli (e-caprolactona)/amido/po de fibra de coco por fungos e bacterias; Study of poli (e-caprolactone), poli (e-caprolactone)/starch blend and poli (e-caprolactone)/starch/coconut fiber biodegradated by fungi and bacteria

Livia Cordi
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 12/02/2008 PT
Relevância na Pesquisa
37.5%
Imensurável é a quantidade de resíduos plásticos descartados no meio ambiente e o crescente desequilíbrio do mesmo. Esta situação leva ao desenvolvimento de novas formulações plásticas que sejam resistentes e funcionais enquanto em uso, mas que após o período de interesse sejam degradados no menor período de tempo possível. Com o intuito de minimizarmos as quantidades de polímeros descartados no meio ambiente, dentro de uma perspectiva de desenvolvimento sustentável e diminuindo a poluição ambiental, estudamos a aplicação de fungos e bactérias isolados de solo para reduzir o tempo de degradação de polímeros considerados biodegradáveis. Para isto, foi preparada e caracterizada uma blenda composta por Poli (e- caprolactona) e Amido de milho adipatado e também um compósito de Poli (e- caprolactona), Amido de milho adipatado e pó de fibra de coco, visando assim obter um material com alta taxa de biodegradação. A caracterização e o acompanhamento da biodegradação do filme de PCL, da blenda PCL/amido e do compósito PCL/amido/fibra de coco foi feita por Análise Visual, Perda de Massa, Espectroscopia no Infra-Vermelho Próximo (NIR), Análise Termogravimétrica (TGA), Microscopia Eletrônica de Varredura (MEV)...

Estudo da microbiota e da biodegradação de petroleo de bacias brasileiras, e sua implicação nos parametros de biodegradação; Study of the microbiota and of petroleum biodegradation in Brazilian basins, and its consequences on the biodegradation parameters

Celio Fernando Figueiredo Angolini
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 19/02/2010 PT
Relevância na Pesquisa
37.56%
O principal objetivo desse trabalho foi avaliar a biodegradação de petróleo e suas implicações nos parâmetros de correlação do óleo realizada por microrganismos isolados da Bacia de Campos (RJ) e de consórcios microbianos da Bacia Potiguar (RN). Os experimentos de biodegradação foram adaptados à escala laboratorial, a fim de mimetizar um reservatório de petróleo. O estudo das atividades enzimáticas com moléculas representantes de algumas classes de biomarcadores de petróleo revelou a existência de enzimas capazes de realizar algumas reações como as de: lipase, esterase, epóxido-hidrolase, mono e dioxidases, redutases e liases (reações de formação e/ou rompimento de ligações carbono-carbono). Atividades essas importantes na degradação do petróleo e de outras fontes de carbono. Nos experimentos com biodegradação de petróleo pôde-se perceber que os microrganismos isolados atuaram de forma diferente entre si sobre as diferentes classes de biomarcadores. De maneira geral a biodegradação dos microrganismos isolados com o óleo P1 apresentou uma preferência na seguinte ordem: hidrocarbonetos saturados > aromáticos leves > bicíclicos > terpanos tricíclicos e hopanos. Já para o consorcio avaliado, recuperado do óleo da bacia Potiguar...

Avaliação da diversidade filogenética e funcional da microbiota envolvida na biodegradação de hidrocarbonetos em amostras de petróleo de reservatórios brasileiros = : Evaluation of the phylogenetic and functional diversity of the microbiota involved in hydrocarbon biodegradation in petroleum samples from Brazilian reservoirs; Evaluation of the phylogenetic and functional diversity of the microbiota involved in hydrocarbon biodegradation in petroleum samples from Brazilian reservoirs

Leandro Costa Lima Verde
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 23/05/2014 PT
Relevância na Pesquisa
37.45%
O processo de biodegradação do petróleo em reservatórios pode resultar em mudanças na composição e propriedades físico-químicas de óleos brutos e gases naturais, as quais levam à diminuição do teor de hidrocarbonetos saturados, produzindo óleos mais pesados e com baixo valor econômico. O uso combinado de técnicas dependentes e independentes de cultivo pode nos permitir um melhor entendimento acerca da comunidade de micro-organismos que habita os reservatórios de petróleo, incluindo aqueles responsáveis por esta biodegradação. O conhecimento sobre a composição microbiana, suas funções e interações com outros micro-organismos e com o ambiente pode levar à definição de estratégias de monitoramento e/ou controle da biodegradação em reservatórios. Este estudo teve como finalidade avaliar a diversidade de micro-organismos e genes envolvidos na degradação de hidrocarbonetos presentes em amostras de petróleo provenientes de dois poços terrestres da Bacia Potiguar (RN), identificados como GMR75 (poço biodegradado) e PTS1 (poço não-biodegradado), através da construção de bibliotecas de genes catabólicos (alcano monooxigenases - alk, dioxigenases que hidroxilam anéis aromáticos - ARHDs e 6-oxocyclohex-1-ene-1-carbonyl-CoA hidroxilase - bamA) e sequenciamento em larga escala de metagenoma e metatranscriptoma de enriquecimentos microbianos aeróbios. Os resultados obervados mostraram uma distribuição diferencial dos genes catabólicos entre os reservatórios...

Biodegradação de biodiesel soja, mamona e hidrocarbonetos monoaromáticos em ambientes aquáticos

Gomes, Ana Paula Nogareti
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 1 v.| il., grafs., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
37.5%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico. Programa de Pós-graduação em Engenharia Ambiental.; O uso do biodiesel no Brasil para veículos comerciais a diesel passou a ser autorizado pelo governo a partir de janeiro de 2005, permitindo uma adição de 2% deste combustível alternativo ao diesel. O biodiesel é um combustível de queima limpa obtido pela transesterificação de óleos vegetais ou gorduras animais e possui como principais vantagens ambientais o fato de ser renovável, biodegradável e de baixa toxicidade. Portanto, com a comercialização do biodiesel, o destino deste no ambiente aquático é de grande interesse, pois os derramamentos de petróleo constituem uma das principais fontes de contaminação dos ecossistemas. Neste estudo, avaliou-se a biodegradação do biodiesel puro (B100) de soja e mamona e sua interação com os compostos BTEX, utilizando microcosmos anaeróbicos preparados com água subterrânea. A montagem dos microcosmos foi realizada com amostras de água subterrânea e solo de uma área não-contaminada da Fazenda Experimental da Ressacada (Florianópolis - SC). Foram feitas análises periódicas dos microcosmos por cromatografia gasosa, avaliando a variação da concentração dos ésteres metílicos contidos no biodiesel de soja e mamona e dos compostos BTEX. Como resultado...

Biodegradação dos compostos BTX de efluente petroquímico sintético

Minatti, Gheise
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 181 p.| il., grafs., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
37.66%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico, Programa de Pós-Graduação em Engenharia Química, Florianópolis, 2009; Os hidrocarbonetos aromáticos benzeno, tolueno e xilenos, coletivamente conhecidos como BTX são compostos tóxicos presentes em derivados de petróleo, como a gasolina, e utilizados em larga escala nas indústrias químicas e petroquímicas. Estes compostos quando liberados no meio ambiente contaminam o solo e as águas subterrâneas, podendo inviabilizar a exploração de aqüíferos, que atualmente representam uma fonte alternativa de água potável. Portanto, é fundamental a pesquisa de processos de biodegradação, particularmente quando múltiplos substratos estão presentes no sistema. Neste trabalho investigou-se a cinética de biodegradação dos compostos BTX, individualmente e em mistura. Para tanto, o desempenho de diversos modelos não-estruturados de crescimento microbiano, baseado na cinética no nível da população, foi avaliado utilizando-se dados experimentais obtidos em laboratório. Foram aplicados os modelos de Monod e Andrews à cinética de biodegradação individual dos substratos. Igualmente, as equações aplicadas à cinética de biodegradação da mistura BTX foram resolvidas considerando os modelos de inibição competitiva...

Cinética de biodegradação de múltiplos substratos em águas subterrâneas impactadas por derramamentos de misturas de gasolina com etanol

Schambeck, Cássio Moraes
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 111 p.| il., grafs., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
37.53%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico. Programa de Pós-Graduação em Engenharia Ambiental.; A contaminação de ambientes naturais por um único composto ao invés de misturas é exceção em áreas impactadas. Diante deste cenário, uma estratégia desenvolvida pelos micro-organismos para crescer com sucesso na natureza é o crescimento com uso de múltiplos substratos. Um exemplo desta interação no meio ambiente é a presença dos hidrocarbonetos monoaromáticos do grupo BTEX e do etanol em águas subterrâneas impactadas por gasolina comercial. Estudos realizados em escala laboratorial têm apontado que a biodegradação de um composto como constituinte de uma mistura depende da sua proporção, contudo, estas teorias não foram testadas em ambientes naturais. Assim, este trabalho teve por objetivo avaliar in situ a interação de múltiplos substratos com foco na sua proporção em águas subterrâneas impactadas por derramamentos da mistura de gasolina com etanol em dois experimentos de biorremediação: um sob atenuação natural monitorada e outro sob bioestimulação com injeção de nitrato. Como resultado, observou-se que a taxa de biodegradação do etanol e dos BTEX dissolvidos em água subterrânea depende da fração de cada substrato. O substrato com maior proporção é biodegradado em uma taxa mais elevada que os demais. Isso explica a biodegradação preferencial do etanol...

Modelagem matemática, simulação numérica e ensaios experimentais da biodegradação dos compostos BTX em um reator com biofilme

Mello, Josiane Maria Muneron de
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 438 p.| il., grafs., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
37.59%
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico, Programa de Pós-Graduação em Engenharia Química, Florianópolis, 2012.; As indústrias petroquímicas são responsáveis pela geração de grandes quantidades de efluentes líquidos com um elevado potencial de poluição, pois apresentam compostos tóxicos como o benzeno, tolueno e xilenos, conhecidos por BTX. Estes contaminantes, mesmo em baixas concentrações, representam um sério risco ao meio ambiente e ao ser humano, devido às suas propriedades neurotóxicas, carcinogênicas e teratogênicas, sendo de extrema necessidade sua remoção dos efluentes. Com a atual preocupação com a economia de água e as leis para descarte de efluentes industriais cada vez mais rigorosas, tem-se a necessidade de melhorias nos sistemas de tratamento destes efluentes. Considerando estes aspectos, estudos estão sendo realizados para desenvolver unidades de tratamentos de efluentes que apresentam um bom desempenho na remoção de compostos tóxicos. Inúmeras pesquisas indicam a degradação biológica como sendo o principal mecanismo para a minimização das características tóxicas dos poluentes. Neste trabalho estudou-se o processo de biodegradação dos compostos BTX individuais e em mistura...

Cinética da biodegradação dos compostos benzeno, tolueno e xileno em lodo aeróbico utilizando biofilme

Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 218 p.| il., grafs., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
37.53%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico, Programa de Pós-Graduação em Engenharia Química, Florianópolis, 2013; Os hidrocarbonetos monoaromáticos benzeno, tolueno, etilbenzeno e xilenos, coletivamente conhecidos como BTEX são compostos tóxicos presentes em derivados de petróleo, como a gasolina, e utilizados em larga escala nas indústrias químicas e petroquímicas. Estes compostos quando liberados no meio ambiente contaminam o solo e as águas subterrâneas, podendo inviabilizar a exploração de aquíferos, que atualmente representam uma fonte alternativa de água potável. Dessa forma, é fundamental a pesquisa de processos de biodegradação, particularmente quando múltiplos substratos estão presentes no sistema. Neste trabalho investigou-se a cinética de biodegradação dos compostos BTX, individualmente e em mistura. Para tanto, foi avaliado o desempenho de diversos modelos não-estruturados de crescimento microbiano, utizando dados experimentais. As equações do balanço material em operação batelada foram numericamente resolvidas aplicando os modelos de Monod e Andrews à cinética de biodegradação individual dos substratos. Igualmente, as equações aplicadas à cinética de biodegradação da mistura BTX foram resolvidas considerando os modelos de inibição competitiva...

Biodegradação de paclobutrazol em dois solos cultivados com manga no Vale de São Francisco

Leitão Vaz, Fernanda; Maciel Netto, André (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
37.5%
O paclobutrazol ([2RS,3RS]-1-(4-Clorofenil)-4,4-dimetil-2-(1H-1,2,4tiazolil1) pentanol3) é um regulador de crescimento vegetal, cujo modo de ação inclui a inibição da giberelina. Quando adicionado ao solo, sua mobilidade é relativamente baixa e, por isso, este composto se acumula ao solo. O objetivo deste trabalho foi investigar a degradação de paclobutrazol (PBZ) por uma cultura mista de Pseudomonas spp., isolada de um solo proveniente do vale do São Francisco, localizado no Nordeste do Brasil. Os experimentos de biodegradação foram realizados em batelada, sob condições estéreis e não-estéreis. O paclobutrazol na sua forma pura (Sigma) e na sua formulação comercial Cultar 250 SC (Syngenta), foi utilizado como única fonte de carbono e também adicionado de glicerol. Dois solos (Argissolo-Amarelo e Vertissolo) provenientes da região do Vale do São Francisco foram utilizados. Foi utilizada uma cultura mista de bactérias do gênero Pseudomonas, isoladas previamente por enriquecimento. O paclobutrazol foi utilizado nas concentrações de 10 e 25 mg/L e a concentração de paclobutrazol foi determinada por cromatografia líquida de alta eficiência (CLAE). Três modelos matemáticos foram utilizados para avaliar a cinética de biodegradação do paclobutrazol obtida experimentalmente. Segundo a análise estatística (ANOVA)...