Página 1 dos resultados de 1270 itens digitais encontrados em 0.004 segundos

Physical and physicochemical stability evaluation of cosmetic formulations containing soybean extract fermented by Bifidobacterium animalis

VIEIRA, Rafael Pinto; FERNANDES, Alessandra Ribeiro; KANEKO, Telma Mary; CONSIGLIERI, Vladi Olga; PINTO, Claudinéia Aparecida Sales de Oliveira; PEREIRA, Claudia Silva Cortez; BABY, André Rolim; VELASCO, Maria Valéria Robles
Fonte: Universidade de São Paulo, Faculdade de Ciências Farmacêuticas Publicador: Universidade de São Paulo, Faculdade de Ciências Farmacêuticas
Tipo: Artigo de Revista Científica
ENG
Relevância na Pesquisa
37.22%
Peel off facial masks, based on polyvinyl alcohol (PVA), are formulations that, after application and drying, form an occlusive film over the face. After removing, they provide cleanness, tensor and moisturizing effects, removing dead cells, residues and other materials deposited on the stratum corneous. The soybean extract fermented by Bifidobacterium animalis has sugars, amino acids, peptides, proteins and free isoflavonoids in high concentrations, when compared to the unfermented extract, providing benefits to the cosmetic formulations like anti-aging effect, moisture, tensor action and emollience. The cosmetic bases of peel off facial masks, added with 5.0% w/w of fermented soybean extract, were submitted to Preliminary and Accelerated Stability Studies. Eight (8) preparations were evaluated in several conditions of temperature (-10.0, 5.0, 22.0 and 45.0 ºC) and time (maximum of 15 days), comparing the results with the initial condition (48 h after preparation). The variables observed were: organoleptic characteristics, pH and appearing viscosity value and film drying time. The preparation containing 17.0% w/w of PVA and 0.5% w/w of guar gum was selected between the eight preparations initially prepared, because it presented the best performance in the stability test...

Viabilidade de Bifidobacterium animalis subsp. lactis HN019 em fórmulas infantis probióticas durante o armazenamento a 4 ºC; Viability of Bifidobacterium animalis ssp. lactis HN019 in probiotic infant formulas

Sousa, Ana Lucia Orlandini Pilleggi de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 19/05/2011 PT
Relevância na Pesquisa
37.5%
O objetivo deste trabalho foi estudar a viabilidade de Bifidobacterium animalis subsp. lactis HN019 em fórmulas infantis fermentadas ou não, probióticas durante armazenamento a 4°C. Três matrizes lácteas e três não lácteas (a base de soja) foram utilizadas para a elaboração de produtos fermentados ou não fermentados usando Bifidobacterium animalis subsp. lactis HN019, resultando em doze diferentes fórmulas probióticas para lactentes. O perfil de acidificação foi determinado a 42°C até pH 4,7. Determinações físico-químicas (sólidos totais, proteína, gordura, cinzas, carboidratos, calorias, densidade e pH) foram realizadas e foram focadas as contagens de bactérias viáveis durante o armazenamento refrigerado. A caracterização química dos produtos lácteos e a não lácteos apresentou resultados diferentes, à exceção FSL2, todos estavam de acordo com Codex Alimentarius. O perfil de acidificação de Bifidobacterium animalis subsp. lactis HN019 diferiu conforme a matriz. Durante o armazenamento dos produtos a 4°C, a contagem de bactérias viáveis de acordo com o preconizado, bem como a pós-acidificação, estando em conformidade com as recomendações da legislação brasileira. Processo (fermentação ou adição) e tipo de matriz (lácteos e não lácteos) influenciaram a pós-acidificação e a viabilidade de Bifidobacterium animalis subsp. lactis HN019. As fórmulas para lactentes podem ser considerados bons veículos de Bifidobacterium animalis subsp. lactis HN019.; This study proposed to study infant formulas as vehicles for Bifidobacterium animalis ssp.lactis HNOI9. Three dairy and three non-dairy matrices were employed for the preparation of fermented or unfermented products using Bifidobacterium animalis ssp. lactis HN019 resulting in twelve different probiotic infant formulas. Acidification profile of the probiotic was determined at 42°C until pH 4.7. Physicochemical determination (total solids...

Produção de bacteriocina por Bifidobacterium lactis a partir de soro de leite; Production of bacteriocin by Bifidobacterium lactis from whey

Balciunas, Eduardo Marcos
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 13/09/2013 PT
Relevância na Pesquisa
37.39%
Objetivou-se a produção de bacteriocina de Bifidobacterium animalis subsp. lactis, comparando-se os meios de cultivo sintéticos BSM (Bifidus Selective Medium) e MRS (Man Rogosa and Sharpe) com o meio de cultivo natural (soro de leite). Inicialmente, foram determinadas curvas de crescimento e de pós-acidificação, consumo de glicose, lactose e produção de bacteriocina de B.lactis através de processos fermentativos utilizando os meios de cultivo BSM, MRS e soro de leite (SL). Os microrganismos indicadores utilizados no teste de sensibilidade à bacteriocina produzida por B. lactis foram Lactobacillus sakei, Escherichia coli e Listeria monocytogenes. Considerando a cepa B. lactis uma espécie de bactéria aerotolerante, foi realizado, em meio de cultura BSM, estudo prévio avaliando o seu crescimento, com a variação da agitação (25, 50 e 100 rpm) e com tempo de cultivo de 30 h, a 37°C de temperatura. Os melhores resultados de crescimento celular (9,4 log UFC/mL) foram obtidos na agitação de 50 rpm. Determinada a melhor condição de agitação (50 rpm) e temperatura (37°C), foi realizado, em soro de leite, estudo de crescimento, acidificação e consumo de lactose, variando a concentração de sólidos totais dissolvidos (5...

Produção de bacteriocina por Bifidobacterium lactis a partir de leite desnatado; Bacteriocin production by Bifidobacterium lactis from skimmed milk.

Castillo Martinez, Fabio Andres
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 12/09/2013 PT
Relevância na Pesquisa
37.22%
Existe um número muito limitado de estudos referentes à produção de componentes antimicrobianos ou bacteriocinas produzidas por espécies de bifidobactérias. Nesse âmbito, o objetivo deste trabalho foi avaliar a produção de bifidobacteriocina em leite desnatado (LD). Para tanto, o estudo foi dividido em três etapas. A primeira etapa constituiu na preparação dos meios de cultura Man, Rogosa e Sharpe (MRS), Bifidus Selective Medium (BSM) e LD suplementado com 1% (p/v) de Tween 80 (T80), Inulina (I) ou Extrato de levedura (YE). Nesta etapa, os processos fermentativos foram conduzidos em shaker, nas condições: 50 rpm/37ºC/48h. Foram realizadas análises de pH, concentração de açúcares e ácidos, crescimento celular e determinação da atividade da bifidobacteriocina pelo método de difusão em ágar contra L. monocytogenes. Na segunda etapa, e baseado nos resultados obtidos, foi desenhado um delineamento composto central (CCD) construído a partir dos seguintes parâmetros: temperatura (34, 37, 40 °C) e concentração de YE (0,5; 1,0; 1,5 g/L). Na terceira etapa do trabalho, foram realizados os cultivos em biorreator de 2 L, contendo 10% de leite desnatado, nas seguintes condições: 200 rpm, 36°C, 2,0 g/L de YE, 48h de incubação em anaerobiose. Obteve-se em LD suplementado com YE (1%)...

Impact of inulin and okara on Lactobacillus acidophilus La-5 and Bifidobacterium animalis Bb-12 viability in a fermented soy product and probiotic survival under in vitro simulated gastrointestinal conditions

Bedani, Raquel; Rossi, Elizeu Antonio; Saad, Susana Marta Isay
Fonte: Universidade Estadual Paulista Publicador: Universidade Estadual Paulista
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 382-389
ENG
Relevância na Pesquisa
37.11%
The effect of inulin and/or okara flour on Lactobacillus acidophilus La-5 and Bifidobacterium animalis Bb-12 viability in a fermented soy product (FSP) and on probiotic survival under in vitro simulated gastrointestinal conditions were investigated throughout 28 days of storage at 4 °C. Employing a 22 design, four FSP trials were produced from soymilk fermented with ABT-4 culture (La-5, Bb-12, and Streptococcus thermophilus): FSP (control); FSP-I (with inulin, 3 g/100 mL of soymilk); FSP-O (with okara, 5 g/100 mL); FSP-IO (with inulin + okara, ratio 3:5 g/100 mL). Probiotic viabilities ranged from 8 to 9 log cfu/g during the 28 days of storage, and inulin and/or okara flour did not affect the viability of La-5 and Bb-12. Bb-12 resistance to the artificial gastrointestinal juices was higher than for La-5, since the Bb-12 and La-5 populations decreased approximately 0.6 log cfu/g and 3.8 log cfu/g, respectively, throughout storage period. Even though the protective effect of inulin and/or okara flour on probiotic microorganisms was not significant, when compared to a fresh culture, the FSP matrix improved Bb-12 survival on day 1 of storage and may be considered a good vehicle for Bb-12 and could play an important role in probiotic protection against gastrointestinal juices. © 2013 Elsevier Ltd.

Contagem de Bifidobacterium animalis Bb 12 e efeito da adição de Propionibacterium freudenreichii PS-1 e do tratamento termico do leite sobre o desenvolvimento de Bifidobacterium animalis Bb 12 em iogurte.; Counting of bifidobacterium animalis 12 Bd and effect of the addition of propionibacterium freudenreichii PS-1 and of the thermal treatment of milk on the animalis development of bifidobacterium Bd 12 in yoghurt.

Luciano Fachin
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 23/02/2005 PT
Relevância na Pesquisa
37.45%
A produção de iogurtes com Bifidobacterium spp. tem crescido muito nas últimas décadas visando a produção de alimentos funcionais. Contudo, para que o produto possa apresentar tais propriedades, tem sido alegado que o número mínimo de células viáveis de Bifidobacterium spp. presentes no momento do consumo deva ser de 106 UFC/g de produto. Entretanto, vários estudos têm mostrado produtos comerciais com contagens menores do que as recomendadas, durante a estocagem do iogurte. Esse fato é reflexo tanto da dificuldade de incorporação destes microrganismos ao iogurte, devido às condições de processo que não são favoráveis ao desenvolvimento da bifidobactéria, bem como pela dificuldade de enumeração destes microrganismos na presença das culturas do iogurte. Este trabalho avaliou o uso dos meios M-MRS, MRS-NNLP, MRS-LP, RCPB pH5 e RCPB pH5 enriquecido com extrato de fígado, visando a contagem seletiva ou diferencial de Bifidobacterium animalis Bb 12 na presença das culturas do iogurte e estudou o efeito do tratamento térmico do leite, visando o aumento do teor de lactulose e, da adição de Propionibacterium freudenreichii PS-1, sobre o desenvolvimento e manutenção do número de células viáveis de B. animalis Bb 12 durante a fermentação e estocagem do iogurte. Dos meios estudados...

Microencapsulação de Bifidobacterium BB-12 com agentes prebióticos pelo método de spray drying

Freire, Carlise Beddin Fritzen
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 170 p.| il., graf., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
37.11%
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Ciências dos Alimentos, Florianópolis, 2013.; Este trabalho visou primeiramente o desenvolvimento e caracterização de microcápsulas contendo o micro-organismo probiótico Bifidobacterium BB-12, microencapsulado com substituição parcial (1:1) de leite desnatado reconstituído (LDR) por agentes prebióticos (inulina, inulina enriquecida com oligofrutose e oligofrutose) através da técnica de spray drying. A caracterização das microcápsulas compreendeu as seguintes análises: viabilidade, morfologia, tamanho de partícula, umidade, atividade de água, solubilidade, higroscopicidade, cor, propriedades térmicas, rendimento, sobrevivência em condições gastrintestinais simuladas e após tratamento térmico. Posteriormente, as microcápsulas que apresentaram o melhor desempenho nas análises anteriores foram aplicadas em creme de ricota, e o produto foi avaliado quanto às propriedades microbiológicas, físicas, químicas e sensoriais. A partir dos resultados obtidos, pôde-se observar uma elevada sobrevivência da bifidobactéria microencapsulada, tanto durante o processo de spray drying, como ao longo do armazenamento...

Propriedades de queijo tipo minas frescal probiótico do leite de búfala (Bubalus bubalis) e o seu emprego como matriz protetora de Bifidobacterium BB-12

Verruck, Silvani
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 123 p.| il., grafs., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
37.39%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico, Programa de Pós-Graduação em Ciência dos Alimentos, Florianópolis, 2014.; Este trabalho visou elucidar o efeito da adição de Bifidobacterium BB-12 em um queijo tipo Minas Frescal do leite de búfala. Para avaliar a influência da adição das bifidobactérias no queijo foram realizadas a contagem de células viáveis e análises físico-químicas, de sinérese, de cor, reológicas e microestruturais, por 30 dias de armazenamento. Para o estudo das propriedades reológicas foram avaliados os seguintes modelos: os mecânicos de Maxwell e Maxwell generalizado e o modelo empírico de Peleg. O queijo adicionado de bifidobactérias foi submetido às condições gastrintestinais simuladas in vitro (boca, esôfago-estômago, duodeno e íleo continuamente) a fim de determinar o efeito dessa matriz sobre a sobrevivência das bifidobactérias. A contagem de células viáveis de Bifidobacterium BB-12 no queijo foi de 8,15 log UFC/g no dia 1 e 8,36 log UFC/g no dia 30. A partir dos resultados obtidos, pôde-se observar que ao final de 30 dias de armazenamento os queijos contendo as bifidobactérias foram classificados como probióticos. As amostras de queijo controle e probiótico apresentaram aumento nos valores da sinérese de 2...

Iogurte probiótico produzido com leite de cabra suplementado com Bifidobacterium spp

Mazochi,V; Matos Júnior,F.E; Val,C.H; Diniz,D.N; Resende,A.F; Nicoli,J.R; Silva,A.M
Fonte: Universidade Federal de Minas Gerais, Escola de Veterinária Publicador: Universidade Federal de Minas Gerais, Escola de Veterinária
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2010 PT
Relevância na Pesquisa
37.35%
Avaliaram-se iogurtes de leite de cabra contendo ou não Bifidobacterium longum, B. breve, B. pseudolongum ou B. bifidum, adicionados ou não de aroma de morango. Os dados obtidos nas análises higiênico-sanitárias e físico-químicas foram dentro dos valores exigidos pela legislação brasileira; apenas o valor encontrado para lactose esteve abaixo do recomendado. Quanto às bactérias do iogurte, não houve diferença na contagem de Streptococcus salivarius subsp. thermophilus durante a estocagem, e não foi detectado Lactobacillus delbrueckii subsp. bulgaricus nas diluições utilizadas. A enumeração de Bifidobacterium spp. manteve-se entre 10(6) e 10(8)UFC/mL e não diferiu entre as espécies ao longo do tempo. Considerando-se a adição ou não de aroma, a análise das variáveis tempo e aroma não mostrou diferença estatística. A contagem entre os Bifidobacterium spp. demonstrou que nenhum microrganismo apresentou um comportamento superior a outro. Na análise sensorial, as amostras de iogurtes adicionados ou não de Bifidobacterium spp. e adicionados de aroma de morango não apresentaram diferenças entre si. O estudo mostrou ser possível a elaboração de iogurte de leite de cabra adicionado de Bifidobacterium spp. e de aroma de morango com qualidade assegurada...

Evaluation of culture media for counts of Bifidobacterium animalis in the presence of yoghurt bacteria

Moriya,Juliana; Fachin,Luciano; Gândara,Ana Lourdes Neves; Viotto,Walkiria Hanada
Fonte: Sociedade Brasileira de Microbiologia Publicador: Sociedade Brasileira de Microbiologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2006 EN
Relevância na Pesquisa
37.35%
Much attention has been paid to the use of Bifidobacterium sp. in yoghurts due to their excellent therapeutic and nutritional properties. However, in order to present health properties, it is recommended that each commercial product should indicate the minimum daily amount required for it to confer health benefit(s) based on in vitro and human studies. Besides the inherent low growth of Bifidobacterium sp in milk, there is a need for a reliable method for counting Bifidobacterium sp in the presence of yoghurt bacteria. This study evaluated the use of the media M-MRS, MRS-NNLP and RCPB pH5 aimed at counting the number of Bifidobacterium animalis subesp. lactis in the presence of Streptococcus thermophilus and Lactobacillus delbrueckii subsp bulgaricus after yoghurt fermentation. The M-MRS medium was not selective, allowing for the growth of L. delbrueckii subsp bulgaricus. MRS-NNLP medium presented a good selectivity for B. animalis Bb12 with a slight reduction in the cell count of this microrganism when compared it to the standard MRS medium in pure culture. MRS-NNLP medium was considered a good option to enumerate B. animalis Bb12 although the reduction found in pure culture due to the low difference between the counts. The medium RCPB pH5 presented differentiated growth of B. animalis Bb12 in relation to the yoghurt bacteria and a cell recovery equal to that of the standard MRS...

Evaluation of culture media for counts of Bifidobacterium animalis subsp. lactis Bb 12in yoghurt after refrigerated storage

Fachin,Luciano; Moryia,Juliana; Gândara,Ana Lourdes Neves; Viotto,Walkiria Hanada
Fonte: Sociedade Brasileira de Microbiologia Publicador: Sociedade Brasileira de Microbiologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2008 EN
Relevância na Pesquisa
37.39%
The agar RCPB pH5 has been considered a good alternative for counts of Bifidobacterium in yoghurt. However, during the refrigerated storage of yoghurt it is extremely difficult to count this microorganism due to the size of the colonies, which are so small they require the aid of a stereoscope to count them. Another agar, MRS-LP, has been also recommended for counts of Bifidobacterium in the presence of yoghurt bacteria. This study evaluated the supplementation of RCPB pH5 agar with dehydrated liver extract and the salts KH2PO4, K2HPO4, FeSO(4)7H2O, MnSO4H2O and MgSO(4)7H2O, aiming at improving the differentiation of Bifidobacterium in yoghurt after refrigerated storage, and also evaluated the selective count of Bifidobacterium in yoghurt using the agar MRS-LP. The agar MRS-LP presented the same cell recovery as non-fortified RCPB pH5 agar, used as a standard medium, thus being considered a good option for counts of Bifidobacterium in yoghurt. The fortified RCPB pH5 also presented the same recovery as the standard RCPB pH5 medium, however, the addition of dehydrated liver extract to the RCPB pH5 agar considerably increased the size of the Bifidobacterium colonies after refrigerated storage, making differentiation of the colonies much easier and reliable when compared to the standard non-fortified RPCP pH5. The addition of the salts (KH2PO4...

Qualidade e Viabilidade de Requeijão Cremoso Adicionado de Lactobacillus Acidophilus e Bifidobacterium Bifidum

Teixeira, Gabriela Luciana Santos Bastos; Guerra, Nonete Barbosa (Orientadora); Livera, Alda Verônica Souza (Coorientadora)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Dissertação
BR
Relevância na Pesquisa
37.11%
A adição de culturas probióticas tem sido testada em vários produtos lácteos, e a maior parte dos microrganismos consegue permanecer viável, alcançando características desejáveis no produto final. O objetivo da pesquisa foi desenvolver requeijão cremoso com probióticos, Lactobacillus acidophilus e Bifidobacterium bifidum, a fim de se tornar uma alternativa saudável de um alimento de amplo consumo. Foram elaboradas 3 formulações: requeijão cremoso fresco padrão, requeijão cremoso fresco com probióticos, requeijão cremoso fresco probiótico com reduzido teor de gordura. Para a caracterização do produto foram realizadas análises para determinação da composição centesimal, em triplicata para determinação de umidade, cinzas, lipídios e proteínas, e carboidratos. A contagem de coliformes totais e Escherichia coli foram realizadas nas amostras para análise da qualidade higiênico-sanitária. Realizou-se a contagem de L. acidophilus e B. bifidum durante o período de armazenamento de 15 dias. A avaliação da resistência das culturas probióticas às condições digestivas foi realizada empregando-se um modelo in vitro, utilizando suco gástrico e entérico simulados e enzimas do trato gastrintestinal. A análise da cor foi realizada por colorimetria em escala CIELab. A análise sensorial foi aplicada pelo teste de aceitação por escala hedônica para avaliação dos atributos e avaliação da qualidade global e intenção de compra. A composição centesimal dos requeijões padrão e adicionado de probióticos atendeu aos requisitos da legislação para o produto. O requeijão proposto como light apresentou redução de 26% no valor calórico total e 43% no teor de lipídeos em relação ao padrão. Quanto a acidez titulável...

Constipação crônica funcional em crianças: alimentação e ocorrência de bifidobacterium lactobacilos na microbiota fecal

Moraes, Joyce Gomes de; Silva, Giselia Alves Pontes da (orientadora)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Dissertação
BR
Relevância na Pesquisa
37.11%
A Constipação Intestinal Crônica Funcional (CICF) é uma entidade nosológica complexa e multifatorial. Constitui a maior causa de constipação intestinal na população infantil, com frequência significativa em lactentes. Estudos mostram que crianças com CICF apresentam a microbiota alterada, sendo o baixo teor de fibras na dieta considerado como uma possível explicação para esse achado. O nosso objetivo foi: comparar crianças constipadas e não constipadas quanto à microbiota fecal, utilizando como modelo os gêneros Bifidobacterium e Lactobacillus; analisar o consumo de frutas, legumes, vegetais e guloseimas nos dois grupos de crianças e verificar se houve associação do tipo de parto, presença de aleitamento materno, prematuridade, história familiar de constipação e a presença de CICF. As crianças foram recrutadas no Centro de Saúde Antônio Luís de Souza (CSALS), em Camaragibe-PE. Foram considerados casos crianças entre seis e 36 meses de idade que preencheram os critérios de Roma III para CICF. O grupo comparativo tinha a mesma faixa etária. O grupo caso foi formado por 39 crianças e o comparativo, por 40 crianças. As mães das crianças responderam a formulários sobre eventos do pré-natal e pós-natal imediato...

Efeito de Lactobacillus casei e Bifidobacterium breve na diarréia associada a antimicrobiano: experimento clínico duplo-cego

Souza, Daniela Nogueira Prado de
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
37.11%
A diarréia associada ao uso de antimicrobiano (DAA) é caracterizada como aquela desenvolvida depois do início da terapia com antimicrobiano ou até seis a oito semanas após o término do tratamento. É considerada um importante efeito colateral dessa classe de fármacos e ocorre em aproximadamente 5% a 25% dos pacientes em uso de antimicrobiano. O objetivo do presente estudo foi conhecer o efeito do uso de probióticos no tratamento da DAA. Foram incluídos pacientes hospitalizados com diarréia desenvolvida durante o uso ou até sete dias pós a suspensão do ou dos antimicrobianos em uso. Os pacientes foram randomizados, de forma duplo cega, para receberem dieta padronizada associada, três vezes ao dia, ao probiótico (Lactobacillus casei e Bifidobacterium breve) ou placebo. Para o grupo experimento e controle, respectivamente, o tempo médio de tratamento foi de 5,06 ± 2,18 e 5,49 ± 3,17dias (p=0,95) e o tempo médio de duração da diarréia, entre aqueles que se curaram, foi de 4,87 ± 2,13 e 4,52 ± 2,55 dias (p=0,36). Quatro (11,43%) pacientes que receberam probiótico e dez (28,57%) daqueles que receberam placebo não se curaram e as proporções de cura e recidiva foram semelhantes entre os grupos. Sete pacientes do grupo probiótico e sete do placebo apresentaram...

Effects of cigarette smoke condensate on the production and characterization of exopolysaccharides by Bifidobacterium

Hu,Jinqiang; Wei,Tao; Sun,Siwen; Zhao,Aijing; Xu,Chunping
Fonte: Academia Brasileira de Ciências Publicador: Academia Brasileira de Ciências
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2015 EN
Relevância na Pesquisa
37.11%
The aim of the study was to investigate the effect of cigarette smoke on the production and characterization of exopolysaccharides (EPSs) produced by Bifidobacterium. Cigarettes of Shanhua brand (nicotine: 1.1 mg, tar: 11 mg) were utilized to prepare a cigarette smoke condensate (CSC). The standard strain of Bifidobacterium animalis was cultured in MRS media under anaerobic addition of CSC. The results showed that CSC significantly decreased the growth of B. animalisas well as EPSs and acetic acid production. Furthermore, two EPSs fractions (Fr-I and Fr-II) were isolated and purified for chemical and molecular determination. By comparison with control, CSC was found to be of great impact on EPSs carbohydrate composition. The molecular weight mass of Fr-I changed from 3.33×105g/mol (without CSC) to 2.99×105(with CSC). In conclusion, in vitro studies revealed that CSC was directly able to affect the production of metabolites for B. animalis,which could be an essential factor in certain pathological disorders.

EFFECT OF THE CONSUMPTION OF A CHEESE ENRICHED WITH PROBIOTIC ORGANISMS (BIFIDOBACTERIUM LACTIS BI-07) IN IMPROVING SYMPTOMS OF CONSTIPATION

FAVRETTO,Diane Cassia; PONTIN,Bruna; MOREIRA,Thais Rodrigues
Fonte: Instituto Brasileiro de Estudos e Pesquisas de Gastroenterologia - IBEPEGE ; Colégio Brasileiro de Cirurgia Digestiva - CBCD ; Sociedade Brasileira de Motilidade Digestiva - SBMD ; Federação Brasileira de Gastroenterologia - FBG; Sociedade Brasileira de Hepatologia - SBH; Sociedade Brasileira de Endoscopia Digestiva - SOBED Publicador: Instituto Brasileiro de Estudos e Pesquisas de Gastroenterologia - IBEPEGE ; Colégio Brasileiro de Cirurgia Digestiva - CBCD ; Sociedade Brasileira de Motilidade Digestiva - SBMD ; Federação Brasileira de Gastroenterologia - FBG; Sociedade Brasileira de Hepatologia - SBH; Sociedade Brasileira de Endoscopia Digestiva - SOBED
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2013 EN
Relevância na Pesquisa
37.29%
Context Constipation is a very common symptom in the general population. One way of non-pharmacological treatment of constipation is through the addition of probiotics to food. Obectives The aim of this study was to evaluate de effect of the consumption of a fresh cheese, enriched with Bifidobacterium lactis Bi-07 on the symptoms of constipated women. Methods A randomized controlled trial, carried out in the Basic Health Units of Guaporé's City – RS/Brazil, between january and may 2012, with 30 constipated women. The patients were randomized into two groups whom received, for 30 days, 30 g of fresh cheese enriched with Bifidobacterium lactis Bi-07 (n = 15) or regular fresh cheese (n = 15). Constipation symptoms were evaluated according to ROMA III Consensus, before and after the nutritional intervention. Also, data of clinical and anthropometric characteristics of the individuals were collected. Accepted level of significance 5% (P≤0,05). Results The medium age of the studied population was 37,5±14,4 years in the intervention group and 40,8±12,8 years in the control group. After 30 days we observed that the ingestion of fresh cheese enriched with Bifidobacterium lactis Bi-07 promoted benefic effects on the symptoms of strength to evacuate. Conclusion The consumption of 30g/day of a fresh cheese enriched with Bifidobacterium lactis Bi-07 has beneficial effects on constipation symptoms.

Potencial do soro de leite líquido como agente encapsulante de Bifidobacterium Bb-12 por spray drying: comparação com goma arábica

Castro-Cislaghi,Fabiane Picinin de; Fritzen-Freire,Carlise Beddin; Sant'Anna,Ernani Sebastião
Fonte: Universidade Federal de Santa Maria Publicador: Universidade Federal de Santa Maria
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2012 PT
Relevância na Pesquisa
37.11%
O objetivo do trabalho foi avaliar o potencial do soro de leite líquido como agente encapsulante de Bifidobacterium Bb-12 por spray drying, comparando-o com a goma arábica, a qual é tradicionalmente utilizada na tecnologia de microencapsulação. Foram determinados o rendimento da microencapsulação e a viabilidade das microcápsulas durante o armazenamento. Quando o soro de leite foi utilizado como agente encapsulante, o rendimento da microencapsulação foi maior e a viabilidade das células manteve-se elevada e constante durante doze semanas. O soro de leite apresentou-se como um eficiente agente encapsulante de Bifidobacterium por spray drying.

Induction of α-L-arabinofuranosidase activity by monomeric carbohydrates in Bifidobacterium longum and ubiquity of encoding genes

Gueimonde Fernández, Miguel; Noriega Pérez, Luis; Margolles Barros, Abelardo; González de los Reyes-Gavilán, Clara
Fonte: Springer Publicador: Springer
Tipo: Artículo Formato: 481666 bytes; application/pdf
ENG
Relevância na Pesquisa
37.11%
Bifidobacterium longum can be isolated from human faeces, some strains being considered probiotics. B. longum NIZO B667 produces an exo-acting α-L-arabinofuranosidase, AbfB, previously purified by us, that releases L-arabinose from arabinan and arabinoxylan. This activity was subjected to two-seven-fold induction by L-arabinose, D-xylose, L-arabitol and xylitol and to repression by glucose. Maximum activity was obtained at 48 h incubation except for D-xylose that was at 24 h. High concentrations (200 mM) of L-arabitol also caused repression of the arabinofuranosidase. A unique band of activity showing the same migration pattern as the purified AbfB was found in zymograms of cell free extracts, indicating that the activity was likely due to this sole enzyme. The assessment of the influence of inducers and repressors on the activity of AbfB and on the expression of the abfB gene by real time PCR indicated that regulation was transcriptional. DNA amplifications using a pair of degenerated primers flanking an internal fragment within α-L-arabinofuranosidase genes of the family 51 of glycoside hydrolases evidenced that these enzymes are widespread in Bifidobacterium. The aminoacidic sequences of bifidobacteria included a fragment of four to six residues in the position 136-141 that was absent in other microorganisms; This work was financed by European Union FEDER funds and the Spanish Plan Nacional de I + D (project AGL2004-06088-C02-01/ALI). L. Noriega was the recipient of a predoctoral fellowship from Fundación para la investigación Científica y Técnica (FICYT...

Mucin Degradation by Bifidobacterium Strains Isolated from the Human Intestinal Microbiota

Ruas-Madiedo, Patricia; Gueimonde Fernández, Miguel; Fernández García, María; González de los Reyes-Gavilán, Clara; Margolles Barros, Abelardo
Fonte: American Society for Microbiology Publicador: American Society for Microbiology
Tipo: Artículo Formato: 376221 bytes; application/pdf
ENG
Relevância na Pesquisa
37.11%
The presence of the genes engBF (endo--N-acetylgalactosaminidase) and afcA (1,2--L-fucosidase) was detected in several intestinal Bifidobacterium isolates. Two strains of Bifidobacterium bifidum contained both genes, and they were able to degrade high-molecular weight porcine mucin in vitro. The expression of both genes was highly induced in the presence of mucin.; This work was financed by FEDER funds (European Union) and the Spanish Plan Nacional de I+D+i through projects AGL 2004-06088-CO2-01/ALI and AGL 2004-06727-CO2-01/ALI. M. Fernández-García was the recipient of a technician I3P contract from CSIC, and M. Gueimonde was funded by a Juan de la Cierva postdoctoral contract from the Spanish Ministry of Education and Science.; Peer reviewed

Physical and physicochemical stability evaluation of cosmetic formulations containing soybean extract fermented by Bifidobacterium animalis

Vieira, Rafael Pinto; Fernandes, Alessandra Ribeiro; Kaneko, Telma Mary; Consiglieri, Vladi Olga; Pinto, Claudinéia Aparecida Sales de Oliveira; Pereira, Claudia Silva Cortez; Baby, André Rolim; Velasco, Maria Valéria Robles
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Ciências Farmacêuticas Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Ciências Farmacêuticas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/09/2009 ENG
Relevância na Pesquisa
37.22%
As máscaras faciais peel off a base de álcool polivinílico (PVA) são formulações que, após a aplicação e secagem, formam um filme oclusivo sobre a face e, após sua remoção, conferem limpeza, ação tensora e hidratação à pele, retirando células mortas do estrato córneo, resíduos e outros materiais depositados. O extrato de soja fermentado por Bifidobacterium animalis possui açúcares, aminoácidos, peptídeos, e alto teor de isoflavonas na forma livre, quando comparado ao leite não fermentado, propiciando benefícios às formulações cosméticas, como ação antienvelhecimento, hidratação, efeito tensor e emoliência. As bases cosméticas de máscaras faciais peel off, acrescidas de extrato de soja fermentado 5,0% p/p, foram submetidas aos ensaios de Estabilidade Preliminar e Acelerada, avaliando-se 8 preparações em diversas condições de temperatura (-10,0; 5,0; 22,0 e 45,0 ºC) e tempo (máximo de 15 dias), em relação à condição inicial (48 h após o preparo). As variáveis observadas envolveram: características organolépticas, valor de pH, viscosidade aparente e tempo de secagem do filme. A preparação contendo 17,0% p/p de PVA e 0,5% p/p de goma guar foi a selecionada dentre as oito preparações elaboradas inicialmente...