Página 1 dos resultados de 15 itens digitais encontrados em 0.002 segundos

Categorias Literárias, programas de áudio para o incentivo à leitura de deficientes visuais: um olhar transdisciplinar; Literary Categories, audio program to the encouraging reading for the visually impaired: a transdisciplinary vision

Regis, Maria Claudia Alves de Santana
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 26/03/2009 PT
Relevância na Pesquisa
16.89%
Pessoas com deficiência visual (DV) raramente fazem uso de bibliotecas por diversos motivos. Algumas bibliotecas são desprovidas de serviços especializados e materiais inclusivos que atendam as necessidades desse público. Diante desse quadro a Biblioteca Virtual do Estudante de Língua Portuguesa da Escola do Futuro USP (BibVirt), com o apoio da Secretaria de Estado da Cultura de São Paulo concebeu um programa de áudio para a promoção da leitura e literatura: Categorias Literárias - incentivo à leitura para deficientes visuais. Esta pesquisa teve por objetivos (i) investigar, a partir de reflexões transdisciplinares, o caminho percorrido durante a produção de Categorias Literárias, analisando as fases de produção dos programas; (ii) divulgar Categorias Literárias como um projeto que faz uso das tecnologias da informação e comunicação para melhorar a vida de pessoas com DV com relação à leitura e literatura, alcançando também pessoas sem deficiência visual; e (iii) demonstrar que a combinação de diferentes mídias pode contribuir para a ampliação dos serviços nas escolas, instituições e bibliotecas virtuais. Trata-se de uma pesquisa de natureza qualitativa com características de pesquisa-ação, permeada por uma série de referências sobre o tema da transdisciplinaridade. Como procedimento a pesquisadora participou de todas as fases de desenvolvimento do projeto...

"Como lobo na pele de cordeiro": discursos das diferenças em textos narrativos infantis sobre a pessoa com deficiência; As wolf in sheeps clothing: discourses of the differences in childrens narrative texts about people with disabilities.

Souza, Fernanda Cristina de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 07/12/2011 PT
Relevância na Pesquisa
16.54%
As políticas da diversidade/diferença ocuparam um lugar de destaque na gestão do governo Luiz Inácio Lula da Silva (2003-2010), influenciando as políticas educacionais desse período. Na educação especial, propriamente, o discurso do direito à diferença norteou uma série de documentos de orientação técnica da Seesp/MEC e serviu como subsídio para que os sistemas de ensino organizassem estratégias de consolidação do processo de inclusão escolar de alunos com deficiência, transtornos globais do desenvolvimento e altas habilidades/superdotação. Nesse período, um exemplo de ação de governo pautada pelo princípio do direito à diferença foi a implantação do PNBE/ESP 2008 pela Seesp/MEC, em que foram indicados livros de literatura infantojuvenil para compor as bibliotecas das escolas públicas de todo o país, considerando as especificidades da população a ser contemplada pelos serviços da educação especial, no que tange à acessibilidade da leitura em diversas modalidades, entre elas: Libras, Braille, caracteres ampliados, áudio e tinta. Nesse cenário, a presente pesquisa teve como objetivo analisar os discursos sobre as diferenças, presentes nos textos narrativos infantis dos livros sugeridos pelo PNBE/ESP 2008...

Partituras em Braille nas bibliotecas públicas estaduais do Brasil : acessibilidade para as pessoas com deficiência visual

Giacumuzzi, Gabriela da Silva; Moro, Eliane Lourdes da Silva; Estabel, Lizandra Brasil
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
16.26%

Informação, leitura e inclusão educacional e social nas bibliotecas braille de Campo Grande/MS : um estudo de caso

Miranda, Maria Rosa Pimentel Faria de
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
67.23%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Economia, Administração, Contabilidade e Ciência da Informação e Documentação, Departamento de Ciência da Informação e Documentação, 2006.; Este trabalho apresenta um estudo de caso, utilizando a metodologia da Pesquisa Participante, realizada nas Bibliotecas Braille do CAP.DV/MS e do ISMAC, ambas em Campo Grande, Mato Grosso do Sul. Ele teve como objetivo investigar se os Deficientes Visuais encontram-se ou não incluídos social e educacionalmente nestas Bibliotecas. Os principais dados encontrados foram: Os usuários buscam informações sobre legislação, escrita e leitura em Braille, mas poucas informações são encontradas e nem sempre estão disponíveis. Neste trabalho o bibliotecário é descrito como Arquiteto da Informação e mediador da Inclusão Educacional e Social através de habilidades de leitura e da Biblioterapia. O estudo relaciona as principais leis para os deficientes visuais, o impacto tecnológico da informática e dos sintetizadores de voz, abrangendo a área da Educação Especial. Neste contexto, cada profissional faz progredir sua especificidade, ao instruir e permutar experiências com outros profissionais, visando o benefício comum no atendimento dos usuários especiais. ______________________________________________________________________________________ ABSTRACT; This work concerns to a case study using the methology of Participant Research. It was carried out at Braille Libraries: CAP. DV/MS and ISMAC...

Informação e conhecimento acessíveis aos deficientes visuais nas bibliotecas universitárias

Fialho,Janaina; Silva,Daiane de Oliveira
Fonte: Escola de Ciência da Informação da UFMG Publicador: Escola de Ciência da Informação da UFMG
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2012 PT
Relevância na Pesquisa
36.89%
As bibliotecas universitárias precisam ser acessíveis, para que possam atender às necessidades informacionais diversas do público que as procura, tais como os deficientes visuais. Elas fazem parte do processo de desenvolvimento acadêmico do estudante com deficiência visual, cumprindo sua função primordial de apoiarem as pesquisas e promoverem o acesso à informação. Para que isso ocorra, deve haver uma preocupação, por parte das universidades, com a adaptação e estrutura voltada para atender esse tipo de usuário. O bibliotecário é responsável por intermediar o acesso à informação, permitindo que os deficientes visuais possam usufruir desse acesso. Com base na experiência da Biblioteca Braille José Álvarez de Azevedo em Goiânia e na literatura sobre o assunto, foram feitas algumas sugestões de equipamentos e softwares direcionados para os deficientes visuais em bibliotecas universitárias. Conclui-se que softwares e equipamentos são instrumentos importantes para o deficiente visual ter acesso à informação, bem como o preparo dos profissionais para atendê-lo. Com bons recursos disponíveis gratuitamente no mercado, as bibliotecas universitárias podem equipar seus espaços de apoio ao deficiente visual...

Todos Diferentes, Todos Animais: a história de um livro inclusivo

Gonçalves, Liliana; Instituto Politécnico de Leiria - Serviços de Documentação; Correia, Dulce; Instituto Politécnico de Leiria - Serviços de Documentação
Fonte: Actas do Congresso Nacional de Bibliotecários, Arquivistas e Documentalistas Publicador: Actas do Congresso Nacional de Bibliotecários, Arquivistas e Documentalistas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; article Formato: application/pdf
Publicado em 16/07/2015 POR
Relevância na Pesquisa
26.26%
Todos Diferentes, Todos Animais é um livro que pretende tocar, simultaneamente, o lúdico e o didático, que servirá de estímulo a atitudes mais inclusivas e à criação de conteúdos acessíveis a crianças com necessidades especiais, mas também para todos os interessados na temática e literatura infanto-juvenil.Fruto do envolvimento de diversos serviços do Instituto Politécnico de Leiria, o livro é “traduzido” em diferentes formatos: braille, relevo e interpretado em língua Gestual Portuguesa e em Símbolos Pictográficos para a Comunicação, transformando assim o livro num instrumento inclusivo e essencial para desenvolver atividades de leitura com crianças com necessidades educativas especiais ou com crianças em idade pré-escolar e escolar.Esta adaptação teve como objetivo promover a participação ativa das crianças, tornando-a mais eficaz através do manuseamento das diferentes versões.O livro impresso é composto pela história original e pela mesma em versão pictográfica, possui ainda um código QR que remete para www.todosdiferentes.ipleiria.pt no qual é disponibilizado nas versões audiolivro/videolivro em Língua Gestual Portuguesa. 

Acessibilidade para deficientes visuais: proposta de cria o sala de apoio na Biblioteca Central da Universidade Federal de Goiás

Silva, Daiane de Oliveira
Fonte: Universidade Federal de Goiás; brasil; UFG; Faculdade de Informação e Comunicação (RG); Biblioteconomia (RG) Publicador: Universidade Federal de Goiás; brasil; UFG; Faculdade de Informação e Comunicação (RG); Biblioteconomia (RG)
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
POR
Relevância na Pesquisa
16.97%
This work highlights the importance of accessibility in university libraries, responsible for monitoring the student from beginning to end of the course, with the primary purposes of supporting research and promote access to information. Since the focus of analysis to the accessibility for the visually impaired, the library must have adaptation and a structure designed to meet this type of user. The librarian is responsible for mediating access to information, enabling the disabled as visually impaired, they are the focus of this work, have access to information. Interviews were conducted with the librarians in charge of Reference Section of the Library's Central UFG and Library Braille of Goi nia. The site visits were aimed compose a diagnosis of the Central Library in relation to accessibility and to envision a reference for building services and infrastructure available for the visually impaired in Braille Library. Through the results obtained in field work and relevant information contained in the legislation and review of literature on the subject, it was suggested a proposal for accessibility Central Library, which included equipment...

Literatura infantil e PNEEs : o caso de crianças com limitação visual

Collovini, Lauren
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
16.73%
Aborda como a literatura infantil é apresentada às Pessoas com Necessidades Educacionais Especiais (PNEEs), com ênfase na limitação visual. Tem por objetivo principal verificar as oportunidades de incentivo à leitura e a situação atual do mercado editorial voltado às PNEEs, especificamente para crianças com limitação visual. Utiliza como referencial teórico os seguintes temas: a deficiência, apresentando os conceitos pertinentes ao estudo; PNEEs no contexto educacional; a leitura como responsável pelo desenvolvimento cognitivo e social da criança; as diferentes formas de leitura e de livros direcionados às PNEEs com limitação visual e os critérios de avaliação para livros infantis destinados às mesmas. O estudo é uma pesquisa exploratória, de cunho qualitativo. Utiliza, como instrumento de coleta de dados, a entrevista estruturada aplicada de forma virtual ou presencial. Os sujeitos do estudo são bibliotecas brasileiras que atendem a crianças com limitação visual. Os resultados da investigação mostram que este segmento, apesar de ainda possuir uma tímida produção no cenário nacional, está gradativamente adquirindo espaço nos eventos literários destinados ao público infantil. Conclui que as escolas...

Salve Jorge! 100 anos de história.

Sistemas de Bibliotecas SIBI
Fonte: Universidade Católica de Brasília Publicador: Universidade Católica de Brasília
Tipo: Exposição Formato: Texto
PT_BR
Relevância na Pesquisa
26.26%
O Projeto tem como foco homenagear Jorge Leal Amado de Faria nascido em 10 de agosto de 1912 em Itabuna, Bahia. Autor de títulos conhecidos como Tieta do Agreste, Gabriela, Cravo e Canela, Dona Flor e Seus Dois Maridos e Tenda dos Milagres. Suas obras por várias vezes se tornaram tema de cinema, teatro e televisão, além de enredo de escola de samba. Seus livros foram traduzidos em 55 países, em 49 idiomas, existindo, também, exemplares em Braille. Amado também foi membro da Academia Brasileira de Letras (ABL). Conhecido por seu estilo, romance ficcional, sua obra foi reconhecida com o Prêmio Camões. “O livro Quincas Berro D’água é um exemplo de suas características principais a mestiçagem, o sincretismo e a fraternidade”. A abertura da exposição contou com a apresentação do grupo de teatro da UCB, que recitou trechos de livros do escritor. Em seguida os convidados tiveram uma aula sobre a culinária baiana, com o Chefe Márcio Oliveira, especialista em comida brasileira, no qual o prato da 5 noite foi o acarajé. Ao final todos provaram da comida típica do Estado. “Salve Jorge! 100 anos de História” é uma exposição diferente. A mostra conta com a "Cozinha Show", em parceria com o curso de Gastronomia...

Proposta de acesso inclusivo dos portadores de deficiência visual na Biblioteca Universitária José de Alencar da Faculdade de Letras da UFRJ.

Borges, C.V.S.; Cajé, B.C.M.; Fraguas, A.D.; Motta, M.A.P.; Rodrigues, E.S.
Fonte: Federação Brasileira de Associações de Bibliotecários, Cientistas da Informação e Inst. Publicador: Federação Brasileira de Associações de Bibliotecários, Cientistas da Informação e Inst.
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 08/08/2014 POR
Relevância na Pesquisa
26.54%
Esse trabalho é um proposta de acesso inclusivo dos portadores de deficiência visual na Biblioteca Universitária José de Alencar da Faculdade de Letras da Universidade Federal do Rio de Janeiro, através de ações de adequação do espaço físico e da utilização de recursos informacionais que permitem o atendimento das necessidades desses usuários, utilizando recursos e ferramentas eletrônicos para dar suporte à pesquisa no ensino e aprendizagem, adquirindo acervos apropriados, como áudio-livros e livros em Braille, disponibilizando máquina de datilografia em Braille, promovendo eventos educativos e culturais e capacitando profissionais.

Comunicação e Documentos

Dutra, Sigrid Weiss
Fonte: Federação Brasileira de Associações de Bibliotecários, Cientistas da Informação e Inst. Publicador: Federação Brasileira de Associações de Bibliotecários, Cientistas da Informação e Inst.
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 27/04/2012 POR
Relevância na Pesquisa
26.26%
Lançamento da Frente Parlamentar em Defesa da Biblioteca Pública;VII SENABRAILLE- Seminário Nacional de Bibliotecas Braille;FEBAB apresenta proposta para a realização da IASL Conference  no Brasil em 2015.

O papel da biblioteca como espaço de disseminação da musicografia Braille: uso de ferramentas tecnológicas na produção de partituras para cegosThe paper of the library as space of dissemination of the musicografia Braille: use of technological tools in the production of partitions for blind people p.18-25

Bonilha, Fabiana Fator Gouvêa; Carrasco, Claudiney Rodrigues
Fonte: Associação Catarinense de Bibliotecários Publicador: Associação Catarinense de Bibliotecários
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Descritiva Formato: application/pdf
Publicado em 14/03/2008 POR
Relevância na Pesquisa
36.92%
Resumo:Esse estudo foi motivado pela experiência da autora enquanto musicista com deficiência visual e seu contato com a musicografia Braille. Ele visa problematizar o uso e a difusão da notação musical em Braille. Essa notação consiste em um sistema de leitura e escrita universalmente adotado por pessoas cegas. Pressupõe-se que seu ensino seja um elemento fundamental para a inclusão dos cegos ao campo da Música. Nesse trabalho, pretende-se enfocar a produção de partituras em Braille por meio de ferramentas tecnológicas específicas, bem como abordar o papel das bibliotecas como espaços de disseminação desse código. No artigo, consta o relato da experiência de formação de um acervo musical realizada no Laboratório de Acessibilidade da UNICAMP.

Desenvolvendo competências em informação para deficientes visuais: estudo de casoDeveloping information skills for visual deficiency: a case study p.276-281

Passos, Jeane do Reis; Vieira, Ricardo Quintão
Fonte: Associação Catarinense de Bibliotecários Publicador: Associação Catarinense de Bibliotecários
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares; Descritiva Formato: application/pdf
Publicado em 14/03/2008 POR
Relevância na Pesquisa
26.54%
Resumo:Estudo de usuário realizado na Biblioteca do Centro Universitário Campus Santo Amaro SENAC com foco no público deficiente visual a fim de estabelecer uma política de desenvolvimento de coleções de livros em Braille, falado e ampliado. Abstract:Users study by the University Center Library of Campus Santo Amaro SENAC with focus on visual deficient public to establish and politics for development book collections in Braille, audio and large print type.

O papel da biblioteca como espaço de disseminação da musicografia Braille: uso de ferramentas tecnológicas na produção de partituras para cegos

Bonilha, Fabiana Fator Gouvêa; Carrasco, Claudiney Rodrigues
Fonte: Pesquisa Brasileira em Ciência da Informação e Biblioteconomia Publicador: Pesquisa Brasileira em Ciência da Informação e Biblioteconomia
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion;
Publicado em 10/06/2010
Relevância na Pesquisa
36.84%
Esse estudo foi motivado pela experiência da autora enquanto musicista com deficiência visual e seu contato com a musicografia Braille. Ele visa problematizar o uso e a difusão da notação musical em Braille. Essa notação consiste em um sistema de leitura e escrita universalmente adotado por pessoas cegas. Pressupõe-se que seu ensino seja um elemento fundamental para a inclusão dos cegos ao campo da Música. Nesse trabalho, pretende-se enfocar a produção de partituras em Braille por meio de ferramentas tecnológicas específicas, bem como abordar o papel das bibliotecas como espaços de disseminação desse código. No artigo, consta o relato da experiência de formação de um acervo musical realizada no Laboratório de Acessibilidade da UNICAMP. Acesso ao texto completo (PDF)

A relação deficiente visual e biblioteca universitária: a experiência do Centro de Atendimento ao Deficiente Visual – CADV da Universidade Federal de Minas Gerais

Silva, Hugo Oliveira Pinto e; Barbosa, Josué Sales
Fonte: Pesquisa Brasileira em Ciência da Informação e Biblioteconomia Publicador: Pesquisa Brasileira em Ciência da Informação e Biblioteconomia
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion;
Publicado em 13/08/2012 PT
Relevância na Pesquisa
16.73%
O acesso à informação é fundamental para que as pessoas portadoras de necessidades especiais, em particular, o deficiente visual, se insiram na sociedade da informação. Durante séculos de descobertas, alternativas tecnológicas foram criadas para que essa inserção ocorresse, desde a invenção da escrita em Braille, passando pelo texto falado chegando às tecnologias assistivas. As instituições de ensino superior também têm o papel de incluir os portadores de deficiência visual, transformando-os em pesquisadores ativos, por meio do processo de pesquisa, ensino e extensão. Analisa-se a relação entre evolução tecnológica e a inclusão do deficiente visual, no contexto do acesso à informação em bibliotecas universitárias em especial ao Centro de Atendimento ao Deficiente Visual – CADV – localizado na Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas – FAFICH - da Universidade Federal de Minas Gerais – UFMG, por meio de uma análise documentária e revisão de literatura visando compreender a inclusão do portador de deficiência visual na sociedade da informação. Palavras-chave: Deficientes visuais. Acessibilidade. Bibliotecas Universitárias. Tecnologias Assistivas. Braille. Link para o texto completo (PDF)http://portaldeperiodicos.eci.ufmg.br/index.php/moci/article/view/1222/826