Página 1 dos resultados de 6626 itens digitais encontrados em 0.007 segundos

2º Encontro Bibliotecas do Ensino Superior : partilha, criatividade e engenho: relatório e conclusões

Grupo de Trabalho das Bibliotecas de Ensino Superior da BAD
Fonte: Associação Portuguesa de Bibliotecários Arquivistas e Documentalistas Publicador: Associação Portuguesa de Bibliotecários Arquivistas e Documentalistas
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Publicado em //2014 POR
Relevância na Pesquisa
46.71%
Encontro realizado na Universidade de Aveiro de 6-7 de junho de 2013; Apresentam-se neste documento as principais linhas de reflexão e debate que ao longo dos dois dias de encontro foram o mote para levar à prática a partilha, a criatividade e o engenho no quotidiano das bibliotecas de ensino superior em Portugal

Gestão do empréstimo unificado nas bibliotecas da Universidade de São Paulo

Saito, Érica; Estorniolo Filho, José; Reis, Manuela Gea Cabrera; Santos, Paola de Marco Lopes dos; Paschoalino, Rosana Alvarez; Lombardi, Valeria de Vilhena; Saheki, Yuka; Ferreira, Sueli Mara Soares Pinto
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul - UFRGS; Comissão Brasileira de Bibliotecas Universitárias; Gramado, RS Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul - UFRGS; Comissão Brasileira de Bibliotecas Universitárias; Gramado, RS
Tipo: Aula
POR
Relevância na Pesquisa
47.01%
Apresenta a implantação do empréstimo unificado nas Bibliotecas do Sistema Integrado de Bibliotecas da Universidade de São Paulo (SIBiUSP), coordenado pelo Grupo de Gestão do Empréstimo Unificado. Introduz o cenário inicial das bibliotecas da Universidade, destacando a autonomia para definir políticas locais. Descreve as iniciativas isoladas que culminaram com unificação da política do empréstimo utilizada por todas as bibliotecas. Estabelece comparação entre os procedimentos adotados antes e depois da implantação e conclui relatando os benefícios obtidos pelos 138 mil usuários das bibliotecas USP e na padronização de procedimentos e rotinas adotadas pelas bibliotecas em seus 1,7 milhões de empréstimos domiciliares.; Presents the implementation of the unified lending in Libraries of Sistema Integrado de Bibliotecas, University of Sao Paulo (SIBiUSP), coordinated by the Management Group of the Unified Lending. Introduces the initial scenario of the libraries in the university, emphasizing the autonomy of local policies. Describes isolated initiatives that led to unification of loan policy used by all libraries. Establishes the comparison of procedures followed before and after deployment, and concludes by reporting the benefits obtained by 138 000 users of libraries of USP and standardization of procedures and routines adopted by libraries in their 1.7 million loans.

Projeto Integrar Bibliotecas RS : o processo de informatização das bibliotecas públicas no âmbito do Sistema Estadual de Bibliotecas Públicas do Rio Grande do Sul

Barboza, Rodrigo Costa
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
37.14%
Estudo exploratório que buscou verificar como ocorreram os processos de elaboração, implementação, distribuição e utilização da base de dados INBIB do Projeto Integrar Bibliotecas RS, inferindo sobre o estado do processo de informatização das bibliotecas públicas gaúchas. Utiliza abordagem qualitativa e quantitativa para tratamento e análise dos dados, que foram coletados através da utilização de questionários, aplicados à Coordenação do SEBP-RS (gestão anterior e gestão atual) e em três bibliotecas públicas municipais, utilizadas como amostra. Constata que apenas 20% das bibliotecas públicas gaúchas estão informatizadas, 6,26% possuem acesso à Internet e 2,9% fazem parte do Projeto Integrar Bibliotecas RS. Resgata parte da história do Projeto Integrar Bibliotecas RS, considerando que algumas das informações apresentadas não eram de conhecimento da atual gestão do SEBP-RS. Identifica os critérios adotados para a elaboração da base de dados INBIB. Identifica os fatores que dificultaram e dificultam a implantação e implementação da base de dados INBIB, nas bibliotecas públicas. Constata que as bibliotecas públicas que utilizam a base de dados INBIB receberam treinamento e manuais. Verifica que a estrutura da base de dados INBIB não atende às necessidades das bibliotecas públicas para processamento técnico para qualquer tipo de documento. Constata que o SEBP-RS não tem controle sobre os dados dos usuários que realizam download da base de dados INBIB através da Internet. Verifica que as bibliotecas públicas que participam do Projeto Integrar Bibliotecas RS não cooperam entre si. Traça uma estimativa de tempo para que o SEBP-RS implante a base de dados INBIB e integre as bibliotecas públicas à Biblioteca Virtual do RS...

Indexação nas bibliotecas jurídicas de Florianópolis: participantes do Grupo de Informação e Documentação Jurídica de Santa Catarina (GIDJ/SC)

Moreira, Elisete Herzer
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: 55 p.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
37.11%
TCC (graduação) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Educação, Curso de Biblioteconomia.; Pesquisa exploratória e descritiva sobre a indexação em bibliotecas jurídicas de Florianópolis/SC. Objetiva investigar como está sendo realizada a indexação nessas bibliotecas; verificar se as bibliotecas jurídicas de Florianópolis possuem política de indexação e os elementos contidos na mesma; verificar se utilizam vocabulário controlado na indexação dos documentos; verificar quais os princípios e procedimentos de indexação são utilizados nas bibliotecas jurídicas. A abordagem da pesquisa caracterizou-se como qualitativa e o instrumento de coleta de dados foi o questionário. Com as respostas obtidas na aplicação do questionário foi possível identificar os princípios e procedimentos adotados nas bibliotecas jurídicas de Florianópolis no processo de indexação. As respostas foram representadas por gráficos, organizadas em quadros e tabelas, analisadas e descritas para responder a questão que norteou a pesquisa. Os objetivos da pesquisa foram alcançados. A análise conclui que 54,85% das bibliotecas participantes da pesquisa possuem a política de indexação. Quanto aos itens contidos na política...

Um pé no presente, um olhar no futuro... das bibliotecas...

Ferreira, Miguel
Fonte: Associação Portuguesa de Documentação e Informação de Saúde (APDIS) Publicador: Associação Portuguesa de Documentação e Informação de Saúde (APDIS)
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Publicado em 27/03/2014 POR
Relevância na Pesquisa
37.08%
Nos dias de hoje, em que uma grande parte da informação do mundo aparenta caber na algibeira do casaco, pode cometer-se o equívoco de se considerar que as bibliotecas se tornaram de certo modo desnecessárias, ultrapassadas, assimiladas pelo avanço da onda digital. Porém, e apesar das ameaças que aparentemente a tecnologia representa para as bibliotecas, estas continuam a ser inabaláveis pilares na nossa sociedade, tendo vindo a adaptar-se com enorme rapidez a todos os desafios que a tecnologia lhes tem vindo a oferecer. As bibliotecas são das poucas organizações que gozam de uma reputação inabalável. Não há quem ouse reprovar a sua existência, incluindo aqueles que raramente as frequentam. Todos as veem como estruturas vitais da nossa comunidade que deverão ser mantidas a todo o custo. Ao longo dos tempos, as bibliotecas têm vindo a reinventar-se, a adaptar-se às tendências e às necessidades dos seus utilizadores. A tecnologia tem vindo a mudar a uma velocidade vertiginosa - vejamos a substituição do vinil pela cassete, que por sua vez foi substituída pelo CD e este pelos MP3 e o download de música, isto no espaço de tempo de uma geração – e as bibliotecas exemplarmente têm sido capazes de se adaptar a todas estas novas realidades. Similarmente...

2º Encontro Bibliotecas do Ensino Superior: partilha, criatividade e engenho: relatório e conclusões

GRUPO DE TRABALHO DAS BIBLIOTECAS DE ENSINO SUPERIOR DA BAD
Fonte: Associação Portuguesa de Bibliotecários Arquivistas e Documentalistas Publicador: Associação Portuguesa de Bibliotecários Arquivistas e Documentalistas
Tipo: Relatório
Publicado em 28/02/2014 POR
Relevância na Pesquisa
46.71%
Apresentam-se neste documento as principais linhas de reflexão e debate que ao longo dos dois dias de encontro foram o mote para levar à prática a partilha, a criatividade e o engenho no quotidiano das bibliotecas de ensino superior em Portugal.

Boletín informativo Sistema de Bibliotecas

Sistema de Bibliotecas UNAB
Fonte: Universidad Andrés Bello (Chile). Sistema de Bibliotecas Publicador: Universidad Andrés Bello (Chile). Sistema de Bibliotecas
Tipo: Outros
ES
Relevância na Pesquisa
46.71%
Indexación: UNAB; ARTICULOS Creación y actualización de cuentas de usuarios : instructivo (SGC) ver Se volvió a realizar la carga masiva de usuarios, con los datos y usuarios de sedes que faltaban (19 Marzo 2014). Congelando instantes breves (Pamela Navea) ver Validación usuarios Alumni (Marta Placencia) SECCIONES Lifelong Learning: Aprendizaje continuo ¡Cumpleaños Feliz! : Marzo (Rina Morales) NOTICIAS Servicios en Biblioteca Central y Vespertina República. Acceso de prueba University Press Scholarship Online de Oxford. Fichas de evaluación de Recursos Electrónicos (UBV) n° 55 21 de Marzo de 2014 ESTRENAMOS Acceso a la base World eBook Library

Quatro décadas de investigação e práticas de avaliação do desempenho de bibliotecas em Portugal: uma abordagem meta-avaliativa

Pinto, Leonor Gaspar; Bibliotecas Municipais de Lisboa; Universidad de Alcalá; Moscoso Castro, Purificación; Universidad de Alcalá de Henares
Fonte: Actas do Congresso Nacional de Bibliotecários, Arquivistas e Documentalistas Publicador: Actas do Congresso Nacional de Bibliotecários, Arquivistas e Documentalistas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; article Formato: application/pdf
Publicado em 18/10/2012 POR
Relevância na Pesquisa
46.8%
Nesta comunicação são apresentados os resultados de um estudo meta-avaliativo longitudinal centrado na investigação e práticas de avaliação do desempenho de bibliotecas desenvolvidas em Portugal entre a década de 70 do século XX e a primeira década deste novo século. Seguindo uma metodologia de investigação eminentemente interpretativa (qualitativa), a análise longitudinal desenvolve-se em função de dois eixos inter-relacionados: a leitura global das evidências, consubstanciada na discussão dos principais (sub-)tópicos da investigação e práticas de Avaliação do Desempenho de Bibliotecas (ADB); e o exame específico das principais tendências identificadas – a emergência do primado do utilizador, a valorização da informação sobre o desempenho, a Qualidade e os modelos integrados.Conclui-se que, apesar do estudo da evolução das abordagens teóricas e práticas ao longo de quarto décadas demonstrar que a avaliação do desempenho tem vindo a despertar junto dos profissionais de I-D portugueses um interesse crescente (sobretudo a partir do dealbar do nosso século), devemos ter presente que esta corresponde a uma área (ainda) pouco expressiva no âmbito da investigação em Ciência da Informação em Portugal.

Todo o leitor tem o seu livro: ebooks e leitura digital nas Bibliotecas Municipais de Oeiras

Eiras, Bruno Duarte; Bibliotecas Municipais de Oeiras (Município de Oeiras); Pinto, Sofia Pinho; Bibliotecas Municipais de Oeiras (Município de Oeiras)
Fonte: Actas do Congresso Nacional de Bibliotecários, Arquivistas e Documentalistas Publicador: Actas do Congresso Nacional de Bibliotecários, Arquivistas e Documentalistas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; article Formato: application/pdf
Publicado em 21/07/2015 POR
Relevância na Pesquisa
47.03%
A recente explosão tecnológica, centrada em dispositivos de leitura eletrónica, está a revolucionar a forma como os leitores se relacionam com o objeto livro, a informação, o mercado editorial e, naturalmente, as bibliotecas.Como espaços privilegiados de acesso ao livro e à informação, as bibliotecas necessitam de preparar-se e adaptar-se a esta realidade e adequarem os seus serviços à previsível procura deste tipo de suporte nos próximos tempos, assumindo o seu compromisso de apoiar os seus públicos na utilização dos novos suportes de leitura digital.Numa conjuntura de recessão económica, o papel social das bibliotecas obriga a uma ação reforçada no sentido de apoiar todos os utilizadores, especialmente quanto ainda não existem soluções adequadas para que as bibliotecas públicas possam disponibilizar conteúdos digitais.Tal como expresso na terceira lei de Ranganathan, a Rede de Bibliotecas Municipais de Oeiras, procura desenvolver novas estratégias de promoção da leitura e das literacias digitais de modo a que cada leitor tenha o seu livro numa conjuntura de emergência do formato ebook e de criação de hábitos de leitura digital.Deste modo, e com vista ao cumprimento da sua missão junto dos utilizadores a Rede de Bibliotecas Municipais de Oeiras concebeu um projeto baseado em 4 eixos fundamentais:1) Inquérito online: a realização de um inquérito aos utilizados permite compreender os seus conhecimentos sobre o tema e apurar quais as suas necessidades e expectativas quanto à disponibilização de ebooks;2) Ações de formação: através da organização de ações de formação sobre ebooks...

Bibliotecas escolares: perspetivas de futuro

Proença, João Paulo Silva; Rede de Bibliotecas Escolares; Conde, Elsa; Rede de Bibliotecas Escolares; Santa-Clara, Ana Teresa; Rede de Bibliotecas Escolares; Mendinhos, Isabel; Rede de Bibliotecas Escolares; Filipe, Maria João; Rede de Bibliotecas Esco
Fonte: Actas do Congresso Nacional de Bibliotecários, Arquivistas e Documentalistas Publicador: Actas do Congresso Nacional de Bibliotecários, Arquivistas e Documentalistas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; article
Publicado em 16/07/2015 PT
Relevância na Pesquisa
46.97%
As bibliotecas atravessam atualmente uma fase crítica da sua evolução. A expansão da Internet e do digital tornam o acesso ao mundo da informação e da comunicação global, instantâneo e independente de qualquer mediação, reposicionando o lugar da biblioteca como estrutura formativa e cultural de socialização e de aprendizagem para o uso crítico e responsável da informação, a sua transformação em conhecimento e o crescimento pessoal e social dos indivíduos. As bibliotecas escolares do século XXI têm de adaptar-se aos novos sistemas de informação e comunicação em rede, investir em novas infraestruturas e equipamentos tecnológicos, disponibilizar novos espaços e funcionalidades, oferecer novos recursos e produtos, criar novos serviços presenciais e em linha, estabelecer novas relações de cooperação e parceria e promover novos tipos de atividades e iniciativas, exigindo a adoção de políticas, estratégias e ações inovadoras, que orientem a mudança e permitam responder às necessidades formativas do público escolar

Isto não é um livro - Reflexões sobre ebooks e bibliotecas

Eiras, Bruno Duarte; Bibliotecas Municipais de Oeiras; Correia, Miguel Mimoso; Instituto Superior de Contabilidade e Administração de Lisboa do Instituto Politécnico de Lisboa
Fonte: Actas do Congresso Nacional de Bibliotecários, Arquivistas e Documentalistas Publicador: Actas do Congresso Nacional de Bibliotecários, Arquivistas e Documentalistas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; conferenceObject Formato: application/pdf
Publicado em 18/10/2012 POR
Relevância na Pesquisa
47.01%
A recente explosão tecnológica, centrada em dispositivos de leitura electrónica, está a revolucionar a forma como os leitores se relacionam com o objecto livro, a informação, o mercado editorial e, naturalmente, as bibliotecas.Como espaços privilegiados de acesso ao livro e à informação, as bibliotecas necessitam de preparar-se e adaptar-se a esta realidade e adequarem os seus serviços à previsível demanda deste tipo de suporte nos próximos tempos.Os profissionais têm vindo a oscilar entre a imediata aceitação destes novos suportes de leitura, apoiando-se nos dados mais recentes que demonstram uma significativa evolução na utilização de ebooks, tomando consciência de que é necessário desenvolver serviços inovadores; e os que ainda resistem ao digital, por receio de modismos ou ainda reticentes com os riscos da obsolescência tecnológica.Os ebooks já não são objectos de ficção com origem no cinema ou na literatura. Fazem já parte do quotidiano e para que as bibliotecas não sejam ultrapassadas pela realidade, estas e os seus profissionais devem estar preparados para os integrar nas suas colecções e disponibilizá-los aos seus utilizadores.Ainda que em Portugal não exista muita informação sobre a utilização de ebooks em Bibliotecas...

Expansão da Rede de Bibliotecas de Oeiras

Amândio, Maria José Catarino; Rede de Bibliotecas Municipais de Oeiras
Fonte: Actas do Congresso Nacional de Bibliotecários, Arquivistas e Documentalistas Publicador: Actas do Congresso Nacional de Bibliotecários, Arquivistas e Documentalistas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; conferenceObject Formato: application/pdf
Publicado em 18/10/2012 POR
Relevância na Pesquisa
47.05%
O projeto de Expansão da Rede de Bibliotecas de Oeiras (RBO) tem por principal objetivo estabelecer as bases de cooperação entre diversos tipos de bibliotecas existentes no concelho, com o intuito de rentabilizar recursos documentais, serviços prestados, competências técnicas e tecnologias de informação disponíveis em cada uma delas.Numa primeira fase, procedeu-se à recolha de elementos sobre as bibliotecas identificadas e cuja análise permitiu uma primeira aproximação ao conhecimento da situação de partida para a expansão da Rede. Deste modo, foi possível identificar o universo de 59 bibliotecas/serviços de informação do concelho de Oeiras: 3 municipais; 32 escolares; 4 universitárias; 10 institucionais 9 centros de documentação especializados e 1 arquivo municipal.O projeto é promovido pela Câmara Municipal de Oeiras, através das suas Bibliotecas Municipais, e, com o desenvolvimento da rede, prevê-se a sua implementação em três anéis: Cooperação entre as bibliotecas públicas em rede, as bibliotecas escolares da sua comunidade, as bibliotecas especializadas, institucionais e universitárias; Cooperação com as designadas instituições da memória, ou seja centros de documentação e arquivo que juntamente com as bibliotecas são consideradas pela UNESCO como pilares da memória da humanidade; Cooperação com as associações...

Formação para a Comunidade - Projeto em curso da Divisão de Bibliotecas

Santos, Sofia Lourenço; Divisão de Bibliotecas - Câmara Municipal de Palmela
Fonte: Actas do Congresso Nacional de Bibliotecários, Arquivistas e Documentalistas Publicador: Actas do Congresso Nacional de Bibliotecários, Arquivistas e Documentalistas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; conferenceObject Formato: application/pdf
Publicado em 18/10/2012 POR
Relevância na Pesquisa
46.8%
Vivemos atualmente, em Portugal, uma crise económica e social sem ímpar. É neste panorama de instabilidade que muitas vezes os serviços públicos encontram soluções e opções criativas para dar respostas às necessidades das comunidades em que se inserem.É também nestas alturas de crise que o papel social das Bibliotecas deve ser realçado, fornecendo ferramentas para que a população que servem, encontre formas de superar as suas dificuldades.Foi nesta perspectiva que a Divisão de Bibliotecas acolheu o projeto de formação para a comunidade local em Dezembro de 2010.

Somos Bibliotecas. Públicas, Municipais, De Todos! Campanha de Promoção das Bibliotecas Públicas

Grupo de Trabalho das Bibliotecas Públicas, BAD; Associação Portuguesa de Bibliotecários, Arquivistas e Documentalistas (BAD); Eiras, Bruno Duarte; Bibliotecas Municipais de Oeiras; Whitfield, Joanna; Biblioteca Municipal da Azambuja; Matos, Gaspar; B
Fonte: Actas do Congresso Nacional de Bibliotecários, Arquivistas e Documentalistas Publicador: Actas do Congresso Nacional de Bibliotecários, Arquivistas e Documentalistas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; article Formato: application/pdf
Publicado em 21/07/2015 POR
Relevância na Pesquisa
47.06%
Da iniciativa do Grupo de Trabalho das Bibliotecas Públicas da Associação Portuguesa de Bibliotecários, Arquivistas e Documentalistas (BAD) a Campanha Somos Bibliotecas: Públicas, Municipais, De Todos! tem como objetivo lançar uma ação de advocacy, que se pretende à escala nacional, com intuito de apresentar e promover os serviços e atividades das Bibliotecas Públicas e Municipais ao público em geral e despertar a atenção dos decisores para esta temática.Como elemento central de comunicação, a campanha terá como principal eixo um website que contém toda a informação relativa à campanha, incluindo: o manifesto das bibliotecas municipais, cartazes e folhetos sobre a campanha, uma aplicação de simulação de cálculo do valor da biblioteca, um mapa interativo das bibliotecas públicas em Portugal e um repositório de materiais, que inclui vídeos, fotografias, testemunhos e opiniões. Será ainda criada uma petição dirigida à Associação Nacional de Municípios Portugueses e à Assembleia da República como forma de alertar para a situação atual das Bibliotecas Públicas portuguesas e apelar à necessidade de criação de um enquadramento normativo que defina os requisitos mínimos para as Bibliotecas Municipais.Pretende-se uma campanha prolongada no tempo...

Alicia en el mundo digital: dudas, perguntas, retos e ilusiones de las bibliotecas publicas al amanecer del tercer milenio.

Nunes, Manuela Barreto
Fonte: Congresso Nacional de Bibliotecas Públicas de Chile Publicador: Congresso Nacional de Bibliotecas Públicas de Chile
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Publicado em //2006 SPA
Relevância na Pesquisa
46.94%
Tales como las entendemos hoy, las bibliotecas públicas son organizaciones de acceso al conocimiento que, además de la valoración cultural y educativa que tradicionalmente les está asignada, tienen una dimensión social y política clara: ellas son un agente básico de la democracia, y como tal su actuación debe de ir al encuentro de los cambios de la sociedad. En el contexto de la nueva sociedad informacional, eso supone su ubicación en la vanguardia de la promoción de las competencias de alfabetización imprescindibles para que los ciudadanos puedan participar y vivir plenamente en sus entornos domésticos, profesionales y sociales. En realidad, en esta nueva sociedad, la información, que es la materia prima con la que trabajan las bibliotecas, aparece como un nuevo factor de producción, lo que origina un cambio profundo en la manera de actuar de las organizaciones e implica un rediseño de sus formas tradicionales de comunicación y prestación de servicios. Nunca como hoy la producción y circulación de información fue tan grande, nunca como hoy hubo tantos y tan diversos soportes de la información, nunca como hoy el dominio de competencias de información fue tan importante para la vida cotidiana de los ciudadanos. Nunca...

A utilização da rede social Facebook nas bibliotecas escolares portuguesas (2010-2011).

Caldeira, Filipa Maria de Sousa Marinho da Silva
Fonte: Universidade Portucalense Publicador: Universidade Portucalense
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2013 POR
Relevância na Pesquisa
37.09%
Orientação: Prof.º Doutor José António Frias e Prof.ª Doutora Manuela Barreto Nunes.; O surgimento da Internet e, mais tarde, as tecnologias da Web social, transformaram não só a forma as pessoas e instituições se relacionam entre si, como também a forma como lidam com a informação. Essas mudanças também têm interferido na forma como as bibliotecas respondem às necessidades informacionais dos seus utilizadores, pelo que a adesão às tecnologias 2.0 se tornou inevitável. Assim, a utilização das redes sociais virtuais tornou-se, nos últimos anos, uma via de difusão, armazenamento e partilha de conteúdos, através da chamada "inteligência coletiva". Uma dessas redes sociais virtuais, o Facebook, tem-se revelado um dos meios para atingir tal fim. Neste sentido, torna-se necessário averiguar de que forma as bibliotecas selecionam e estruturam a informação nestes espaços virtuais, assim como a interação que estabelecem com os seus utilizadores. Em Portugal tem-se assistido a uma crescente adesão das Bibliotecas Escolares a esta rede social, razão de ser deste estudo, no qual procuramos perceber, não só a forma com as bibliotecas escolares utilizam a ferramenta Facebook, como também os objetivos que pretendem alcançar e se esses objetivos são ou não atingidos...

Bibliotecas públicas brasileiras : panorama e perspectivas

Freitas, Marília Augusta de; Silva, Vanessa Barbosa da
Fonte: Sistema de Bibliotecas da UNICAMP (SBU) Publicador: Sistema de Bibliotecas da UNICAMP (SBU)
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
46.71%
A biblioteca pública brasileira tem sofrido diversos problemas, como falta de infraestrutura, recursos financeiros precários e carência de metodologia para desenvolver o hábito da leitura, que ao longo dos anos afetaram o seu desempenho e contribuíram para o cenário crítico atual. Este trabalho faz uma síntese do panorama atual da biblioteca pública no Brasil, mostrando que as bibliotecas públicas apesar de serem pensadas para funcionar em prol do desenvolvimento cultural do país, se tornam, muitas vezes, grandes depósitos de livros. Com isso, é preciso repensar o papel da biblioteca pública e do bibliotecário para a sociedade, de apoio e transformação. _________________________________________________________________________________________ ABSTRACT; The Brazilian public library has suffered many problems over the years which has affected its performance and contributed to the current critical scenario. This paper summarizes the current situation of public libraries in Brazil, showing that although they are thought to have the function in favor of the country's cultural development, sometimes they became a large deposits of books. With this, we must rethink the role of public library and the librarian for the society...

A trajetória da gestão pela qualidade nas bibliotecas brasileiras; The trajectory of management for the quality in Brazilian libraries; La trayectoria de la gestión por la calidad en las bibliotecas brasileñas

Alentejo, Eduardo da Silva; Baptista, Sofia Galvão
Fonte: Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação (PPGCI) do Departamento de Ciência da Informação da Universidade Estadual de Londrina (UEL) Publicador: Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação (PPGCI) do Departamento de Ciência da Informação da Universidade Estadual de Londrina (UEL)
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
37.11%
Introdução: Trata sobre a trajetória da qualidade nas bibliotecas brasileiras ao longo das últimas décadas. Discorre sobre as mudanças de paradigma e suas características relacionadas com o ‘ideal de qualidade em bibliotecas’. Discorre sobre a busca pela qualidade em bibliotecas brasileiras através de sua trajetória no âmbito da gestão orientada à qualidade. Objetivo: Demonstra como a preocupação com a implantação por melhorias tem sido sistematizada, ao longo do tempo, nas bibliotecas no país. Metodologia: Resultados de revisão retrospectiva de literatura.Resultados: Destaca que os assuntos: Padronização em Bibliotecas; Formação e Desenvolvimento de Coleções; Estudos de Uso e de Usuários; Automação dos Sistemas de Informação, Marketing de Bibliotecas e Gestão da Qualidade relacionam-se com as dimensões e características da qualidade, aplicadas às bibliotecas. Pois, as inúmeras abordagens temáticas ao longo dos anos demonstram que a trajetória da excelência e da qualidade em bibliotecas brasileiras tem sido incorporada nos modelos de gestão em bibliotecas. Conclusões: O entendimento dos aspectos teóricos permite contribuir para a implantação da gestão da qualidade. ______________________________________________________________________________________________________________ ABSTRACT; Introduction: This paper covers the quality trajectory on Brazilian libraries in the last decades as well as about both paradigm changes and characteristics related to “'Ideal of quality in libraries'. This paper also address about the search for quality in Brazilian libraries based on quality management context. Purpose: Shows how the interests with the improvement of Libraries in Brazil have been systematized over time. Methodology: The results are based on literature review. Results: The results show that the subjects: Standardization in Libraries; Training and Collection Development; Studies of Use and User; Information System Automation; Library Marketing and Quality Management are related to the dimensions and quality characteristics applied to library...

Estándares e indicadores de calidad para bibliotecas de instituciones de educación superior

Comité Permanente de Bibliotecas de Instituciones de Educación Superior de Bogotá D.C.; Cabarcas, Luz María; Espitaleta, Lina; Lisowska Navarro, Malgorzata; Mejía Gutiérrez, Ángela María; Moncada, María Consuelo; Ruiz De Umaña, Marta Eugenia; Sa
Fonte: Universidade do Rosário Publicador: Universidade do Rosário
Tipo: info:eu-repo/semantics/other; info:eu-repo/semantics/publishedVersion Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/2005 SPA
Relevância na Pesquisa
46.9%
Esta publicación propone un conjunto de estándares e indicadores de calidad para el desarrollo de las bibliotecas en las instituciones de educación superior, con el objetivo de que estas desarrollen procesos de autoevaluación y medición de la calidad en el desarrollo de sus actividades.

Necesidades de información multiculturales en bibliotecas públicas

Figueroa Alcántara, Hugo Alberto
Fonte: Dirección General de Bibliotecas, Conaculta Publicador: Dirección General de Bibliotecas, Conaculta
Tipo: Articulo
ES
Relevância na Pesquisa
46.94%
1 Publicado en: Figueroa Alcántara, Hugo Alberto. “Necesidades de información multiculturales en bibliotecas públicas”. Revista El Bibliotecario (DGB-CONACULTA), número 77 (julio-septiembre de 2009. Necesidades de información multiculturales en bibliotecas públicas Hugo Alberto Figueroa Alcántara Resumen Esta contribución analiza la función y acciones que las bibliotecas públicas pueden desempeñar para atender las necesidades de información en sociedades abiertas, plurales y multiculturales. Para tal fin, el trabajo se divide en dos partes. La primera parte se sustenta en la idea de que no se puede abordar críticamente el fenómeno complejo del multiculturalismo sin enmarcarlo en las nociones de identidad/alteridad, que le proporcionan sus rasgos intrínsecos. La segunda parte se enfoca en la discusión de la importancia insoslayable que las bibliotecas públicas tienen respecto a la debida atención de las necesidades de información que emanan del proceso de edificación de sociedades más plurales, abiertas, tolerantes, flexibles y multiculturales. Se ofrecen diversos ejemplos de satisfacción de demandas de información multiculturales por medio de las bibliotecas públicas.