Página 1 dos resultados de 7014 itens digitais encontrados em 0.017 segundos

Biblioteca Pública Municipal Josué Guimarães : uma análise de uso e satisfação

Borges, Renata de Souza
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
66.06%
Analisa o uso e a satisfação da Biblioteca Pública Municipal Josué Guimarães (BPMJG) pela comunidade na qual essa se insere. Narra fatos marcantes da história das bibliotecas públicas desde a Antiguidade até os dias atuais. Destaca atribuições das bibliotecas públicas segundo o Manifesto da IFLA/UNESCO sobre Bibliotecas Públicas e outros autores da área. Discute o acesso à informação e sua relação com as bibliotecas públicas. Contextualiza a pesquisa, fornecendo informações a respeito da BPMJG. Informa a metodologia adotada justificando o porquê de ter–se optado pela combinação de métodos quantitativos e qualitativos de pesquisa e pela entrevista semi–estruturada como instrumento de coleta de dados. Apresenta dados obtidos através de 30 entrevistas realizadas dentro da Biblioteca em diferentes horários nos dias 30 de março, 3 e 9 de abril de 2008 a respeito de aspectos como horário de funcionamento, ambiente, localização e atendimento. Comenta o processo de aplicação das entrevistas realizadas nas proximidades da Biblioteca, no mesmo período anteriormente citado, e apresenta as respostas fornecidas tanto por quem já havia usado a Biblioteca quanto por quem sequer a conhecia. Apresenta os motivos que levam ao uso da Biblioteca e os fatores que fazem com que ela não seja usada. Analisa os dados obtidos e...

A Biblioteca pública no discurso científico : positividades ao longo da década : (2001-2010)

Rodriguez, Adalberto Diehl
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
66.07%
O presente estudo aborda o discurso científico sobre Biblioteca Pública no Brasil, entre os anos de 2001 e 2010, através de uma análise de como o conjunto de enunciados da prática discursiva sobre Biblioteca Pública na comunicação científica revela suas positividades. Desenvolve tal análise a partir do referencial dado por Foucault, privilegiando a fase arqueológica de seu pensamento. Elege como objetivos específicos do estudo a identidade do espaço discursivo da Biblioteca Pública na comunicação científica, a indicação do seu sistema de formação, a caracterização das rupturas e do descontínuo em sua representação e a apresentação dos fenômenos de ordem e encadeamento em seu espaço. Relaciona cada um dos objetivos a indicadores bibliométricos para a mensuração das características presentes no corpus da pesquisa, a saber, as 745 referências bibliográficas dos artigos publicados em periódicos de Biblioteconomia e Ciência da Informação ao longo da última década. Recupera os artigos de periódicos a partir de uma busca na Base de Dados Referencial de Artigos de Periódicos em Ciência da Informação (BRAPCI); organiza as referências bibliográficas dos artigos em uma planilha eletrônica Excel; identifica os temas das referências através de consulta às bases Emerald...

Serviços de informação ao cidadão em bibliotecas públicas: um estudo de caso na Biblioteca Pública Municipal Josué Guimarães

Rodrigues, Leonardo do Prado
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
66.15%
Analisa os Serviços de Informação ao Cidadão (SICs) oferecidos em bibliotecas públicas utilizando a Biblioteca Pública Municipal Josué Guimarães como contexto de estudo. Busca verificar a existência deste tipo de serviço na referida biblioteca. O referencial teórico é composto por um breve histórico das bibliotecas públicas desde épocas remotas até os dias de hoje, bem como apresenta um texto sobre Serviço de Referência e Informação (SRI) que estabelece uma relação com os Serviços de Informação ao Cidadão (SICs), descrevendo a definição deste último juntamente com um breve histórico através dos estudos abordados nessa área. Apresenta categorias deste tipo de serviço que são possíveis de serem oferecidas em uma biblioteca pública. Utiliza a pesquisa exploratória abordada pelos autores Gil, Marconi e Yin para obter descrições tanto quantitativas quanto qualitativas do objeto de estudo. Para a coleta de dados, que possibilitou verificar a percepção e a satisfação dos usuários em relação ao fornecimento dos serviços de informação utilitária na BPMJG, foram utilizados dois instrumentos de pesquisa previamente estruturados: o questionário, para os usuários e a entrevista, para a responsável pela biblioteca que é alvo deste estudo. Realiza uma análise e apresenta os resultados obtidos através de gráficos referentes às respostas das perguntas semi-abertas e fechadas que compõem o questionário (APÊNDICE A). Analisa e transcreve a entrevista relacionada ao tema abordado concedida pela diretora da BPMJG. Apresenta sugestões de ações que a referida biblioteca pode adotar para oferecer de maneira concreta o serviço de informação ao cidadão. Inclui uma lista de páginas da Web pertencentes em sua maioria às esferas municipal...

Concepção gestáltica da imagem corporativa para a biblioteca Pública; Gestalt conception corporate image for public library

Bernardino, Maria Cleide Rodrigues; Suaiden, Emir José
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
66.06%
O presente trabalho traz a concepção do conceito de imagem corporativa da biblioteca pública a partir da aproximação gestáltica de imagem, como elemento norteador à primeira etapa da tese de doutorado em Ciência da Informação na Universidade de Brasília --‐ UnB. O objetivo é conferir à biblioteca pública enquanto organização o conceito de imagem corporativa. É um estudo exploratório de natureza bibliográfica, com observação não participativa e análise do site da Biblioteca Pública Estadual de Fortaleza, por ser a coordenação geral do Sistema Estadual de Bibliotecas Públicas do Ceará (SEBP--‐CE). Para fundamentação teórica recorreremos a ideia de imagem corporativa de Villafañe (1998; 2009) e de gestão de imagem de Chaves (1996). Pretendemos assim apresentar a identidade comunicável da referida biblioteca com o objetivo de contribuir para a análise e gestão de sua imagem corporativa. _________________________________________________________________________________________ ABSTRACT; This paper presents the conception concept of the image of the public library from the gestalt approach of image, as a factor guiding the initial stage of the doctoral thesis in Information Science at the University of Brasilia – UnB. The goal is to provide the public library as an organization the concept of corporate image. It is an exploratory study of bibliographic nature with observation non--‐participatory an analysis in site of the state Public Library of Fortaleza ...

A Coleção Inicial da Biblioteca Pública de Évora – Os donativos de D. Frei Manuel do Cenáculo e de Frei Joaquim Xavier Botelho de Lima

Vaz, Francisco A. L.
Fonte: Biblioteca Nacional de Portugal- Centro de História da Cultura Publicador: Biblioteca Nacional de Portugal- Centro de História da Cultura
Tipo: Parte de Livro
POR
Relevância na Pesquisa
75.95%
Os fundos bibliográficos iniciais da Biblioteca Pública de Évora eram provenientes dos livros deixados por D. Joaquim Xavier Botelho de Lima e pelos muitos milhares que frei Manuel do Cenáculo trouxe de Beja. É também sabido que o espólio de Frei Manuel do Cenáculo não se limitava aos livros e que a Biblioteca de Évora recebeu também pinturas e o que lhe restava do monetário e dos produtos naturais. Em 1814, ano em que o arcebispo morreu, o juiz do inventário post mortem avaliou a coleção de livros e manuscritos em 50.000 volumes. Com esta comunicação pretendemos fazer o balanço dos donativos dos arcebispos de Évora, Botelho Lima e Manuel do Cenáculo, em termos quantitativos e também qualitativos. Procuramos resposta para as seguintes questões: que avaliação pode ser feita sobre o valor da coleção bibliográfica inicial? Qual o valor dessa coleção, em termos de livros raros, atualização bibliográfica, temáticas e autores?

Imagens/memórias da Biblioteca Pública de Santa Catarina: uma leitura da memória volátil fixada pela fotografia (1980 - 2011)

Eggert-Steindel,Gisela; Silva Neto,José Augusto da; Corrêa,Ana Caroline Remor; Wada,Ana Clara Mitsuko; Toledo,Luciane Gonçalves
Fonte: Escola de Ciência da Informação da UFMG Publicador: Escola de Ciência da Informação da UFMG
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2013 PT
Relevância na Pesquisa
66.08%
O objeto de investigação foi um conjunto de mais de quatro mil fotografias da Biblioteca Pública do Estado de Santa Catarina (BPSC), produzidas pela instituição ou por instituições parceiras, como a Universidade do Estado de Santa Catarina. Pretendeu-se apreender as representações eivadas ao longo do tempo sobre a biblioteca, através da fotografia. Trata-se de um estudo descritivo quanti - qualitativo, que adotou princípios dos estudos culturais e procedimentos a partir do campo da Antropologia, a fotoetnografia. Esse material visual também dialogou com os dados analisados nos relatórios administrativos compreendidos no período de 1980 a 2011 da biblioteca. O estudo revela intensa ação cultural; descortina uma instituição preocupada com a formação continuada, quer de seus funcionários, quer de interessados da comunidade local; estampa um edifício conhecimento em meio aos estabelecimentos financeiros e comerciais da capital catarinense; aponta uma representação dos fazeres da biblioteca (as práticas bibliotecárias que dão andamento ao cotidiano da biblioteca); revela formas das ações de limpeza e manutenção desse edifício; e o mobiliário e os equipamentos estampados pela fotografia mostram as diferentes fases tecnológicas da biblioteca. As imagens estampam...

Biblioteca pública: espaço de formação da opinião pública ?

Frota,Maria Guiomar da Cunha
Fonte: Escola de Ciência da Informação da UFMG Publicador: Escola de Ciência da Informação da UFMG
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2014 PT
Relevância na Pesquisa
66.06%
O artigo trata da questão da biblioteca como espaço de formação da opinião pública no Brasil. O referencial teórico central é a obra de Habermas relativa à esfera pública e à formação da opinião pública. No plano empírico é realizada uma análise sociológica e histórica dos distintos significados da biblioteca e da leitura na constituição de uma esfera pública no Brasil. A conclusão principal é que a biblioteca pública pode se constituir como um dos espaços de formação da opinião pública e de promoção de ações criticas no âmbito da leitura e da formação do leitor. Para que essa potencialidade se efetive é necessário ainda que as políticas e ações governamentais, nos planos educacional e cultural, tenham como foco central a redução das desigualdades de classe e de raça, vigentes na sociedade brasileira.

A biblioteca pública e os domínios da memória, da mediação e da identidade social

Gomes,Henriette Ferreira
Fonte: Escola de Ciência da Informação da UFMG Publicador: Escola de Ciência da Informação da UFMG
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2014 PT
Relevância na Pesquisa
66.06%
Como resultado de pesquisa bibliográfica o texto aborda brevemente o percurso histórico da biblioteca enquanto espaço social de cultura, buscando evidenciar os contextos que fizeram emergir três paradigmas que nortearam o trabalho da biblioteca: da conservação, difusão e apropriação cultural. Tais paradigmas definiram as funções da biblioteca pública. Entretanto, o paradigma da apropriação cultural foi promotor de uma consciência mais clara quanto ao lugar relevante da mediação da informação. Ao posicionar a apropriação cultural na centralidade da missão desse ambiente social, os comportamentos e necessidades dos seus usuários conquistaram o status de objeto de atenção para o desenvolvimento do trabalho com a informação, tornando mais evidente a condição da biblioteca enquanto espaço de mediação cultural. Esse debate aponta a urgência de ressignificação das atividades e práticas culturais desenvolvidas pela biblioteca, como também de suas práticas gestoras, de modo a assegurar uma perspectiva dialógica do seu trabalho, necessária ao processo de mediação e apropriação da informação. Conclui-se que a constituição e preservação da memória foram elementos determinantes do aparecimento da biblioteca...

Bibliotecas públicas, exclusão social e o fim da esfera pública

Calixto, José António; Biblioteca Pública de Évora CIDEHUS-UÉ (Centro Interdisciplinar de História, Culturas e Sociedades da Universidade de Évora) FCSH-UNL (Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa); Nunes, Manuela B
Fonte: Actas do Congresso Nacional de Bibliotecários, Arquivistas e Documentalistas Publicador: Actas do Congresso Nacional de Bibliotecários, Arquivistas e Documentalistas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; article Formato: application/pdf
Publicado em 18/10/2012 POR
Relevância na Pesquisa
76.04%
Esta comunicação apresenta e discute os fundamentos teóricos essenciais das bibliotecas públicas no que diz respeito à definição e real prossecução dos seus papéis sociais, explorando a utilização do conceito de capital social. Analisa igualmente de um modo crítico a sua real - ou desejada - intervenção enquanto instrumento de inclusão social e na luta ativa contra a exclusão social, bem como a conceção de biblioteca pública enquanto elemento constitutivo da esfera pública, detetando uma tendência ou um perigo do enfraquecimento progressivo desta. Esta discussão é feita com base numa revisão da literatura com origem nos países do eixo ibero-americano (incluindo Portugal, Espanha, França e a América Latina em geral), anglo-saxónico e escandinavo, depois de uma secção que faz a apresentação de uma série de dados com o propósito de traçar uma caracterização de Portugal em termos socioeconómicos, concluindo pela existência e mesmo o agravamento de diversos fatores de exclusão e desigualdade social, logo de grandes assimetrias no acesso, não só aos bens materiais como à cultura e à educação. Conclui-se que a biblioteca pública pode desempenhar e tem efetivamente desempenhado, nos últimos anos...

Método de análise de conteúdo para estruturar um modelo de boas práticas sociais na biblioteca pública 2.0

Alvim, Luísa; Casa de Camilo-Museu. Centro de Estudos; Calixto, José António; Biblioteca Pública de Évora CIDEHUS-UÉ (Centro Interdisciplinar de História, Culturas e Sociedades da Universidade de Évora) FCSH-UNL (Faculdade de Ciências Sociais e H
Fonte: Actas do Congresso Nacional de Bibliotecários, Arquivistas e Documentalistas Publicador: Actas do Congresso Nacional de Bibliotecários, Arquivistas e Documentalistas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; article Formato: application/pdf
Publicado em 18/10/2012 POR
Relevância na Pesquisa
76.03%
Esta comunicação apresenta uma reflexão teórica e uma revisão crítica sobre a questão de como conceber um modelo de análise que permita observar, recolher e quantificar dados a observar nas páginas do Facebook de bibliotecas públicas sobre o desempenho social das mesmas e a contribuição dos utilizadores, para que se crie uma estrutura que defina boas práticas na biblioteca pública 2.0. A revisão de literatura sobre o tópico métodos de análise de conteúdo para a construção de um modelo original para esta investigação é o foco central deste artigo. O trabalho futuro visa aprofundar a questão da função social da biblioteca pública, para discernir quais os constructos sociais que definem esta missão e quais os que deverão ser selecionados para o modelo de análise. A biblioteca pública desempenha um papel social importante no espaço público físico e online permitindo o encontro e o relacionamento social entre pessoas e comunidades, possibilitando aos seus utilizadores reais e virtuais a constituição de uma experiência social que poderá ser positiva. A oferta de serviços pelas tecnologias de informação e comunicação são a nova porta de entrada a todos os utilizadores, alargada a uma comunidade mais ampla e enriquecida pelas capacidades da Web social. Este estudo aborda uma breve revisão bibliográfica sobre métodos de análise e consequentes modelos CSCL...

Clube K com "Liberdade de Ler: projeto da Biblioteca Pública Regional da Madeira em parceria com o Estabelecimento Prisional do Funchal

Figueira, Ana; Biblioteca Pública Regional da Madeira
Fonte: Actas do Congresso Nacional de Bibliotecários, Arquivistas e Documentalistas Publicador: Actas do Congresso Nacional de Bibliotecários, Arquivistas e Documentalistas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; article Formato: application/pdf
Publicado em 18/10/2012 POR
Relevância na Pesquisa
66.09%
Liberdade de Ler é um projeto que nasceu em julho de 2011, fruto da iniciativa de um recluso do Estabelecimento Prisional do Funchal (EPF) que, através de uma carta dirigida à Biblioteca Pública Regional da Madeira (BPR), solicitou uma oferta de livros para enriquecimento do acervo da biblioteca do setor k (setor específico do EPF). Este setor é constituído por 36 indivíduos do sexo masculino, com idades entre os 18 e os 55 anos, com uma escolaridade média de 1º ciclo, cuja natureza do crime varia entre a agressão sexual, homicídio e tráfico de droga.O espaço destinado à biblioteca era amplo, mas vazio, onde os livros estavam em dois armários de madeira, sem livre acesso. Era portanto um espaço pouco convidativo.Os dados fornecidos pelo EPF indicaram que os hábitos de leitura neste setor eram quase inexistentes, à exceção de dois ou três reclusos, que concluíram o ensino secundário ou com formação superior. A baixa escolaridade, a desmotivação e o próprio acervo existente não atraíam reclusos à biblioteca.A BPR já há muito tencionava colmatar a lacuna de levar os seus serviços à população reclusa. O pedido efetuado veio ao encontro dessa necessidade, de acordo com o que está previsto no manifesto da UNESCO: “Os serviços da biblioteca pública devem ser oferecidos com base na igualdade de acesso para todos...

A Biblioteca mora ao lado: +Biblioteca, mais perto de mim

Parreira, Zélia; Biblioteca Nacional de Portugal / Biblioteca Pública de Évora; CIDEHUS-UE (Centro Interdisciplinar de História, Culturas e Sociedades da Universidade de Évora)
Fonte: Actas do Congresso Nacional de Bibliotecários, Arquivistas e Documentalistas Publicador: Actas do Congresso Nacional de Bibliotecários, Arquivistas e Documentalistas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; article Formato: application/pdf
Publicado em 16/07/2015 POR
Relevância na Pesquisa
76.1%
A comunicação aborda a experiência e as perspetivas de desenvolvimento da estratégia +Biblioteca, mais perto de si, lançada pela Biblioteca Pública de Évora (BPE) em 2014. Com uma dualidade de funções e audiências – as de biblioteca patrimonial e de biblioteca pública - durante décadas prevaleceu na BPE o conceito de biblioteca erudita, para investigadores e estudiosos, de acesso difícil e burocrático ao utilizador comum.À condição de biblioteca patrimonial, detentora de uma coleção de enorme valor histórico e científico, veio somar-se a circunstância de ser recetora do depósito legal, sem que os recursos humanos e logísticos disponíveis permitissem o seu tratamento e organização atempada. O peso institucional da BPE tornou-se progressivamente mais incómodo e confrontou sucessivos governos, executivos autárquicos e entidades com responsabilidade na área cultural com a mesma questão: o que fazer com a Biblioteca Pública de Évora?É a partir de 2003 que a BPE inicia um caminho de renovação. Em 2005 realiza-se o primeiro empréstimo domiciliário e a Biblioteca abre as portas à comunidade. A estratégia +Biblioteca, mais perto de si pretende levar muito mais longe este conceito e colocar os recursos da BPE junto de todos os seus potenciais utilizadores...

As perceções dos responsáveis das bibliotecas públicas portuguesas sobre a missão social da biblioteca pública no Facebook

Alvim, Luísa; Universidade de Évora, CIDEHUS; Calixto, José António; Universidade de Évora, CIDEHUS
Fonte: Actas do Congresso Nacional de Bibliotecários, Arquivistas e Documentalistas Publicador: Actas do Congresso Nacional de Bibliotecários, Arquivistas e Documentalistas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; article Formato: application/pdf
Publicado em 16/07/2015 POR
Relevância na Pesquisa
66.07%
Este trabalho pretende descrever as perceções dos responsáveis das bibliotecas públicas portuguesas com página/perfil no Facebook sobre o cumprimento da missão social da biblioteca pública através desta rede social. O trabalho está inserido numa investigação mais ampla cujo objetivo geral é contribuir para uma reflexão sobre o tema Missão social da Biblioteca Pública, investigando esta faceta no comportamento das bibliotecas públicas portuguesas em 2014 e analisando como a trabalham no Facebook. Para este trabalho aplicou-se o inquérito por questionário que se realizou aos profissionais e aos responsáveis pela administração/edição das páginas do Facebook das bibliotecas públicas portuguesas, por correio eletrónico, de janeiro a março de 2014. Os questionários foram concebidos no software em linha eSurvey Creator e os dados quantitativos foram tratados por este mesmo software. Quanto aos resultados, neste trabalho são apresentados exclusivamente uma parcela dos mesmos, referentes às perceções dos inquiridos sobre a missão social da biblioteca pública no Facebook, definição de públicos-alvo e cumprimento pelas bibliotecas desta missão. As respostas revelam uma visão pouco definida sobre o conceito de missão social da biblioteca pública e sobre as potencialidades estratégicas do Facebook para o seu cumprimento. Em geral...

D. João de Magalhães e Avelar e a Fundação da Real Biblioteca Pública Municipal do Porto (1833)

Oliveira, José António
Fonte: Instituto Politécnico do Porto. Instituto Superior de Contabilidade e Administração do Porto Publicador: Instituto Politécnico do Porto. Instituto Superior de Contabilidade e Administração do Porto
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2009 POR
Relevância na Pesquisa
66.07%
D. João de Magalhães e Avelar (1754-1833) formou aquela que, ao tempo, era a maior biblioteca privada portuguesa. Com cerca de 36000 volumes, foi elogiada por personalidades nacionais e estrangeiras, por aliar à quantidade de volumes inúmeros e valiosíssimos manuscritos. Formada ao longo dos séculos XVIII e XIX, durante mais de 30 anos, originou, em 1833, o primeiro núcleo da actual Biblioteca Pública Municipal do Porto. Numa época em que possuir livros era sinónimo de prestígio social mas num período em que quase não havia tradição de bibliotecas públicas no nosso país, contrariamente ao que acontecia noutras realidades, a livraria privada de Avelar formou, com outras, a Real Biblioteca Pública da Cidade do Porto. Em 1833, aquando do primeiro aniversário da entrada do exército liberal no Porto, por decreto, criou-se a biblioteca portuense. Estabelecida na casa que servia de Hospício dos Religiosos de Santo António do Val da Piedade, à praça da Cordoaria, tinha como objectivo satisfazer a utilidade pública, estando aberta todos os dias, excepto domingos e feriados. Propriedade da cidade do Porto, ficava sujeita à administração da Câmara que se obrigava à sua guarda, manutenção, conservação, bem como à constante aquisição de espólio. Como veremos...

Modelo de negocio para el archivo fotográfico de la Biblioteca Pública Piloto 2012-2013

Molina, Jorge; Howard, John; Durán, Karol
Fonte: Universidad EAFIT; Maestría en Administración - MBA; Escuela de Administración. Departamento de Organización y Gerencia Publicador: Universidad EAFIT; Maestría en Administración - MBA; Escuela de Administración. Departamento de Organización y Gerencia
Tipo: masterThesis; Tesis de Maestría; acceptedVersion
SPA
Relevância na Pesquisa
66.08%
En febrero de 2011, la Biblioteca Pública Piloto de Medellín para América Latina solicitó asesoría a la Universidad EAFIT para diseñar un modelo de negocio viable que le permita comercializar las imágenes de su archivo fotográfico patrimonial.Como respuesta a esta solicitud, este documento presenta un modelo de negocio basado en la Metodología de Alexander Osterwalder e Yves Pigneur y su planteamiento para la generación de modelos de negocio innovadores, a través del desarrollo de nueve bloques estratégicos que parten de los procesos clave de la organización. Los temas abordados en este documento incluyen información de contexto sobre el modelo de negocio actual de la Biblioteca Pública Piloto, del mercado de los bancos de imágenes, y el nuevo modelo de negocio para el archivo fotográfico de la Biblioteca Pública Piloto.; 155 p.; In February 2011, the Bibilioteca Pública Piloto de Medellín para América Latina, a government-owned library in Medellín, Colombia, requested Universidad EAFIT,assistance to design a feasible business model that would allow it to market the images of its historic photography bank. As a response to this request, this document presents a business model based on the methodology formulated by Alexander Osterwalder and Yves Pigneur and their layout to generate innovative business models...

Imagem da biblioteca pública na Sociedade da Informação; The image of the Public Library in Information Society

Bernardino, Maria Cleide Rodrigues; Suaiden, Emir Jose
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 07/06/2011 POR
Relevância na Pesquisa
66.1%
A biblioteca pública ocupa lugar de destaque na sociedade da informação por trazer em sua essência o tratamento, uso e disseminação da informação, que associada às tecnologias da informação e da comunicação garante ao usuário a recuperação precisa da informação. Por sua vez, para que essa recuperação se efetive são necessários profissionais habilitados e conhecedores dos recursos e estratégias permeadas pela sociedade da informação; e aparato tecnológico suficiente que suporte estas atividades. Neste sentido, a história traça uma imagem da biblioteca pública que vai do erudito ao desnecessário, dependendo da época e contexto. Porém, é inevitável a reflexão acerca da mudança de paradigmas que circundam o arcabouço em torno da imagem da biblioteca pública, que na sociedade da informação deverá ter sua imagem associada a outros significados estéticos próprios do contexto em que estamos vivendo. Para entender o termo imagem, nos basearemos em Villafañe (1998), que atribui seu conceito à representação da assimilação de um determinado produto, serviço ou situação na mente das pessoas. Essa ideia faz parte da cultura organizacional da biblioteca e é construída a partir da autoimagem da organização...

A Competência Informacional para a seleção e disseminação do acervo literário infantil da Biblioteca Pública Municipal Barreiros Filho: olhar estético

Duarte, Evandro Jair; Biblioteca Pública de Santa Catarina; Mata, Claudete Terezinha da; Universidade Federal de Santa Catarina; Caldin, Clarice Fortkamp; Universidade Federal de Santa Catarina
Fonte: Departamento de Ciência da Informação – UFSC Publicador: Departamento de Ciência da Informação – UFSC
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Estudo de caso Formato: application/pdf
Publicado em 05/12/2014 POR
Relevância na Pesquisa
86.06%
http://dx.doi.org/10.5007/1518-2924.2014v19n41p59Registra o potencial da literatura infantil e a responsabilidade da Biblioteca Pública em selecionar as obras que irão compor o acervo infantil, além de oportunizar o contato do livro com o público leitor. Informa acerca do funcionário da biblioteca e a importância do desenvolvimento da Competência Informacional e explora a dimensão estética dessa competência. O objetivo geral é verificar as habilidades, os comportamentos e as atitudes (competências) do Bibliotecário da Biblioteca Pública Municipal Barreiros Filho no processo de seleção disseminação do acervo literário infantil como forma de promoção e incentivo à leitura. Como objetivos específicos listam-se: a) verificar se há um bibliotecário para atendimento específico ao usuário infantil; b) registrar quem é o profissional responsável pela seleção das obras infantis da biblioteca pesquisada; c) descrever a relação entre funcionário da biblioteca e usuário; d) registrar as atividades desenvolvidas para que ocorra a circulação e disseminação do acervo infantil; e) registrar como ocorre a interação entre criança e livro; f) observar a Competência Informacional do funcionário da biblioteca para o trabalho com o acervo infantil. É uma investigação de caráter descritivo e exploratório e de abordagem qualitativa. A pesquisa tem um viés fenomenológico e se caracteriza como estudo de caso. Utilizou-se a entrevista face a face para a coleta de dados e como apresentação de resultados optou-se pela categorização das informações. 

Biblioteca pública como lugar de práticas culturais: uma discussão sócio-histórica; Public library as place of cultural practices: a socio-historical discuss

Silveira, Fabrício José Nascimento da; Reis, Alcenir Soares dos
Fonte: UFPB Publicador: UFPB
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 10/04/2011 POR
Relevância na Pesquisa
66.07%
Este trabalho propõe-se a mapear e discutir, através de um prisma sócio-histórico, as relações que se instauram entre as bibliotecas públicas e o universo das práticas culturais humanas. Em razão deste objetivo, aponta-se inicialmente que as práticas culturais devem ser entendidas como um conjunto de manifestações simbólicas concebidas por um determinado indivíduo ou por uma dada sociedade para atribuir múltiplos olhares interpretativos sobre o mundo que os cercam. Em seguida, e utilizando essa definição como instrumento de sustentação teórica, pretende-se elaborar uma análise que traga elementos esclarecedores para a seguinte questão: em que medida as bibliotecas públicas podem ser consideradas um “lugar de práticas culturais”? Para tanto, utiliza-se o seguinte percurso metodológico: em um primeiro momento salienta-se que prática cultural alguma é completa em si mesma, necessitando sempre de uma materialidade para adquirirem visibilidade e sentido, materialidade que, por sua vez, aproxima as bibliotecas públicas do conjunto das táticas e estratégias que atravessam tais instâncias de significação. Em um segundo momento, enfatiza-se que as quatro funções básicas de toda biblioteca pública – função cultural...

FROM READING SPACES TO THE CONSTITUTION OF THE MUNICIPAL PUBLIC LIBRARY “RUI BARBOSA” OF JARAGUA DO SUL ( SC) / BRAZIL; DOS ESPAÇOS DE LEITURA PARA A CONSTITUIÇÃO DA BIBLIOTECA PÚBLICA MUNICIPAL “RUI BARBOSA” DE JARAGUÁ DO SUL (SC) / BRASIL

Eggert-Steindel, Gisela
Fonte: UFPB Publicador: UFPB
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/03/2007 POR
Relevância na Pesquisa
66.07%
This work frames a set of spaces dedicated to the culture of the book and of the library in the city of Jaraguá do Sul, from 1930 to 1950. Such spaces have constituted the first bases for the creation, in 1970, of the city’s public library. The data were obtained from a doctoral dissertation, which sought to investigate a contemporary public library in the lights of some fundamentals of Cultural History, more specifically, it sought to understand, from a Micro-History approach, the constitution of the municipal library of Jaraguá do Sul. The study considers that a community’s attempt to constitute its own reading spaces vary in time.; Esquadrinha-se um circuito de espaços consagrados à cultura do livro e da biblioteca existentes no município de Jaraguá do Sul, entre as décadas de 1930 e 1950, os quais se constituiriam nos primeiros alicerces para a criação, em 1970, da atual biblioteca pública municipal. Estes dados são resultantes da tese de doutoramento, que buscou investigar uma biblioteca pública contemporânea a partir de alguns pressupostos da História Cultural, mais especificamente, buscou na vertente da Micro-História compreender a constituição da biblioteca municipal da cidade de Jaraguá do Sul (SC). O estudo considera que são diferentes os gestos de uma comunidade no esforço de constituir seus espaços de leitura ao longo do tempo no seu lugar.

Bibliotecas y sociedad: el paradigma social de la biblioteca pública

Meneses Tello,Felipe
Fonte: UNAM, Instituto de Investigaciones Bibliotecológicas y de la Información Publicador: UNAM, Instituto de Investigaciones Bibliotecológicas y de la Información
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2013 ES
Relevância na Pesquisa
66.07%
El autor analiza aspectos teóricos en torno a la relación "bibliotecas y sociedad". En concreto discute cuatro ideas fundamentales relacionadas con el paradigma sociológico de la biblioteca pública: 1) la biblioteca pública como institución social; 2) los postulados sociales de la biblioteca pública; 3) el ethos social de la biblioteca pública y 4) la biblioteca pública como constructora social de la comunidad. Así, se concluye que esta institución bibliotecaria contribuye a construir una mejor ciudadanía, es decir, una ciudadanía educada e informada con la finalidad de hacer funcionar mejor el Estado democrático.