Página 1 dos resultados de 166 itens digitais encontrados em 0.012 segundos

Ordem dos conceitos na organização da informação e do conhecimento.; Ordem dos conceitos na organização da informação e do conhecimento.

Francelin, Marivalde Moacir
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 25/02/2010 PT
Relevância na Pesquisa
75.8%
A abordagem teórica do conceito, que remonta à filosofia clássica, atravessou diversos períodos e correntes de pensamento, até chegar às abordagens contemporâneas. Os conceitos são também objetos de pesquisa consolidados na área da Organização da informação e do conhecimento, tendo recebido influências de algumas correntes filosóficas. Esta pesquisa procurou identificar as principais linhas teóricas que fundamentam as abordagens sobre o conceito na área. Parte da hipótese de que estas linhas não estão suficientemente explicitadas e que novas abordagens sobre o conceito contribuiriam para o fortalecimento da área. Para fundamentar a pesquisa, foi realizada revisão de literatura sobre o conceito na filosofia e na ciência, discutindo, ainda, questões como a metáfora e a linguagem na ordem dos conceitos. Apresenta as concepções sobre o conceito nas perspectivas de Foucault, Deleuze e Guattari, Gilles-Gaston Granger, Eleanor Rosch e Vygotsky. Discute as definições do conceito presentes na literatura da área da Organização da informação e do conhecimento, com ênfase nas abordagens das Teorias da Classificação, da Terminologia e da Teoria Analítica do Conceito. Para identificar as abordagens dos pesquisadores brasileiros sobre o conceito...

Gestão do conhecimento em empresas atuantes na indústria de software no Brasil: um estudo das práticas e suas influências na eficácia empresarial; Knowledge management in the companies of Brazil's software industry: a study of the practices and their influences in the organizational effectivenes

Gaspar, Marcos Antonio
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 16/12/2010 PT
Relevância na Pesquisa
75.89%
As empresas utilizam vários tipos de recursos tais como matérias primas, insumos, recursos humanos e recursos financeiros para gerar seu portfólio de produtos e/ou serviços. No último século os gestores das empresas desenvolveram práticas e ferramentas de gerenciamento para maximizar os resultados decorrentes da aplicação destes recursos. Nas últimas duas décadas o conhecimento passou a ser considerado mais um dos recursos a serem geridos e aplicados pelas empresas para alcançar diferenciais competitivos frente aos seus concorrentes. Por ser um recurso intangível com características diferentes dos demais recursos, várias práticas e ferramentas específicas foram desenvolvidas com o objetivo de explorar ao máximo os resultados do uso do conhecimento nas empresas. Esta tese teve como objetivo identificar e especificar as práticas de gestão do conhecimento e as ferramentas de tecnologia da informação e comunicação empregadas em empresas instaladas na indústria de software no Brasil, incluindo aquelas que são utilizadas por teletrabalhadores. Buscou ainda identificar e especificar se há diferença na utilização dessas práticas e ferramentas em ambientes de teletrabalho, além de verificar as influências da gestão do conhecimento na eficácia empresarial dessas mesmas empresas. Para tanto...

Democracia e utopia na sociedade do conhecimento: reflexões sobre a educação a distância; Democracy and utopia in the knowledge society: thoughts on e-learning

Barros, Joy Nunes da Silva
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 06/05/2014 PT
Relevância na Pesquisa
75.74%
A presente tese tem como objetivo específico a análise do atual discurso de legitimação da educação a distância via internet. Ante a expansão dos cursos on-line em nosso país, frequentemente esse fenômeno é caracterizado como um processo de democratização do ensino. No entanto, a imputação do adjetivo democratizante envolve não apenas a constatação do aumento de acesso proporcionado por esse meio, mas também lhe atribui uma qualidade moral. Ou seja, a proposição que afirma que o aumento de oferta de vagas promovido por essa modalidade constitui-se como um processo de democratização não se limita à expressão de um juízo factual, mas se apresenta como um juízo moral positivo, porquanto ser democrático constitua-se como um valor em nossa atualidade. Assim, mais do que adjudicar se esse processo é ou não um tipo de democratização posto que, para isso, fosse necessária certa concepção anterior de democracia que possibilitasse essa adjudicação , investigam-se, nesta tese, os elementos que sustentam essa proposição. Para tanto, verifica-se o que pode ser entendido como democratizante em dois sentidos: o quantitativo e o qualitativo. Com relação a este último, é analisado o contexto histórico e social a partir do qual a educação a distância via internet vem sendo considerada...

Análise da utilização e da produção científica pela comunidade académica portuguesa

Costa, Teresa; Vaz, Francisco; Amante, Maria
Fonte: BAD - Associação Portuguesa de Bibliotecários e Documentalistas Publicador: BAD - Associação Portuguesa de Bibliotecários e Documentalistas
Tipo: Aula
POR
Relevância na Pesquisa
85.81%
Nos últimos anos têm sido desenvolvidas iniciativas que visam promover a generalização do acesso à Sociedade da Informação e do Conhecimento. É nesta dinâmica que em 2004 surge em Portugal a Biblioteca do Conhecimento Online (b-on). Com ela ficou facilitado o acesso aos conteúdos em texto integral de um alargado conjunto de publicações científicas internacionais. Este estudo enquadra-se num trabalho de investigação de doutoramento e visa apresentar e analisar alguns dos principais indicadores estatísticos/bibliométricos da Produção Científica Portuguesa procurando associá-los com a b-on. Analisou-se para os anos de 2007 a 2011 o uso dos recursos b-on por parte das universidades públicas membros do consórcio, tendo sido selecionadas como amostra as cinco com mais downloads por FTE (full time equivalent). Para além dos dados de uso do consórcio, utilizou-se a Web of Science (WoS) a partir da qual se identificaram os artigos indexados com afiliação institucional nas universidades portuguesas. A partir daí, e através de uma metodologia quantitativa, apuraram-se os Autores com maior número de artigos indexados. Posteriormente analisaram-se dados como: produção por área científica, colaboração internacional...

A promoção das competências de literacia da informação na biblioteca geral da Universidade de Évora

Patrício, Isabel Maria Bernardes
Fonte: Universidade de Évora Publicador: Universidade de Évora
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
65.83%
Este relatório pretende demonstrar as actividades realizadas durante um estágio realizado na Biblioteca Geral da Universidade de Évora. Com a coexistência de duas eras, a do papel impresso e a do acesso electrónico, torna-se essencial que as bibliotecas universitárias ensinem os utilizadores a aceder à informação sob estes suportes e lhes forneçam materiais para desenvolver estas competências. Este relatório descreve os guias que foram criados para a B-On (biblioteca do conhecimento online) e para a promoção de competências de literacia da informação. A página da biblioteca e o ambiente HTML são ferramentas de difusão de informação que a biblioteca deve aproveitar para este efeito; ### Abstract: This report seeks to demonstrate the work developed during an internship in Évora’s university library. The mutual existence of two eras, the written one and the electronic one, makes it essential for university libraries to teach users to access information regardless of format and also essential to provide material that enables the users to develop that skills. This report describes the guides created for b-On (biblioteca do conhecimento online) and the information literacy guide. The library’s webpage and the HTML environment are tools that the library should take advantage of in order to teach these skills.

Formação b-on: competências ao nível da utilização dos recursos e serviços electrónicos

Costa, Teresa
Fonte: Associação Portuguesa de Bibliotecários, Arquivistas e Documentalistas - BAD Publicador: Associação Portuguesa de Bibliotecários, Arquivistas e Documentalistas - BAD
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2010 POR
Relevância na Pesquisa
85.87%
Vivemos num contexto de mudança da sociedade industrial para a sociedade da informação e do conhecimento, baseada no desenvolvimento tecnológico. As tecnologias da informação, em particular, os computadores, a Internet e os recursos electrónicos fazem parte do nosso quotidiano. Estas mudanças trouxeram alterações significativas ao contexto das bibliotecas académicas e das instituições de I&D que tiveram a necessidade de se renovar e passar a disponibilizar novos serviços online e acesso a um sem número de recursos em formato electrónico. Face a esta nova realidade, e sobretudo, a partir do surgimento da Biblioteca do Conhecimento Online, vulgo, b-on, os técnicos de biblioteca e documentação tiveram de se adaptar e adquirir novas competências. Mas não só estes, também os utilizadores finais tiveram de se familiarizar com estes novos recursos e serviços electrónicos.

Biblioteca do Conhecimento Online: pela construção da Sociedade do Conhecimento

Costa, Teresa
Fonte: Repositório Comum de Portugal Publicador: Repositório Comum de Portugal
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em /03/2007 POR
Relevância na Pesquisa
125.93%
O acesso à informação é condição sine qua non para o exercício de uma cidadania efectiva. Neste sentido, têm sido desenvolvidas ao longo dos últimos anos iniciativas que visam promover a generalização do acesso à Sociedade da Informação e do Conhecimento. É nesta dinâmica que surge a Biblioteca do Conhecimento Online (b-on) que tem procurado tornar-se um instrumento fundamental de acesso ao conhecimento para a comunidade académica e científica nacional. Com a b-on passou a ser possível a toda a comunidade científica e académica nacional – professores, investigadores e estudantes – um acesso facilitado aos artigos em texto integral de um conjunto relevante de publicações científicas publicadas por algumas das mais reputadas editoras e titulares de bases de dados científicas internacionais, explorando-se economias de escala possibilitadas pela compra centralizada de conteúdos. Volvidos mais de dois anos de funcionamento, sentiu-se a necessidade de implementar um Programa de Avaliação para avaliar o desempenho da b-on no que respeita à qualidade dos produtos e serviços disponibilizados à comunidade e à satisfação das entidades promotoras, membros e utilizadores. Para tal foi realizado um diagnóstico através da análise PEST (que tem em conta quatro elementos do ambiente externo: Políticos...

A experiência portuguesa no acesso a conteúdos académicos e científicos electrónicos: o caso da Biblioteca do Conhecimento Online (b-on)

Costa, Teresa
Fonte: Capes - Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior Publicador: Capes - Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em /11/2010 POR
Relevância na Pesquisa
125.9%
O acesso à informação é condição sine qua non para o exercício de uma cidadania efectiva. Neste sentido, têm sido desenvolvidas ao longo dos últimos anos iniciativas que visam promover a generalização do acesso à Sociedade da Informação e do Conhecimento. É nesta dinâmica que em Portugal surge a Biblioteca do Conhecimento Online (b-on) que tem procurado tornar-se um instrumento fundamental de acesso ao conhecimento para a comunidade académica e científica nacional. Com a b-on ficou facilitado o acesso aos artigos em texto integral de um conjunto relevante de publicações científicas publicadas por algumas das mais reputadas editoras e titulares de bases de dados científicas internacionais, explorando-se economias de escala possibilitadas pela compra centralizada de conteúdos.

Biblioteca do Conhecimento Online (b-on): seis anos de acesso à informação científica

Costa, Teresa
Fonte: Sociedade Geológica de Portugal Publicador: Sociedade Geológica de Portugal
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em /12/2010 POR
Relevância na Pesquisa
125.91%
O acesso à informação é condição sine qua non para o exercício de uma cidadania efectiva. Neste sentido, têm sido desenvolvidas ao longo dos últimos anos iniciativas que visam promover a generalização do acesso à Sociedade da Informação e do Conhecimento. É nesta dinâmica que surge a Biblioteca do Conhecimento Online (b-on) que tem procurado ser um instrumento fundamental de acesso ao conhecimento para a comunidade académica e científica nacional. Em Portugal o surgimento do consórcio b-on verifica-se em 2004 o que pode ser recente quando comparado com outros países, no entanto, os resultados são muito animadores, indicando a rápida receptividade e acolhimento verificados por parte da comunidade académica e científica nacionais. Com a b-on ficou facilitado o acesso aos artigos em texto integral de um conjunto relevante de publicações científicas publicadas por algumas das mais reputadas editoras e titulares de bases de dados científicas internacionais, explorando-se economias de escala possibilitadas pela compra centralizada de conteúdos.

Análise da utilização e da produção científica pela comunidade académica portuguesa

Costa, Teresa
Fonte: Associação Portuguesa de Bibliotecários, Arquivistas e Documentalistas Publicador: Associação Portuguesa de Bibliotecários, Arquivistas e Documentalistas
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Publicado em /10/2012 POR
Relevância na Pesquisa
85.81%
Nos últimos anos têm sido desenvolvidas iniciativas que visam promover a generalização do acesso à Sociedade da Informação e do Conhecimento. É nesta dinâmica que em 2004 surge em Portugal a Biblioteca do Conhecimento Online (b-on). Com ela ficou facilitado o acesso aos conteúdos em texto integral de um alargado conjunto de publicações científicas internacionais. Este estudo enquadra-se num trabalho de investigação de doutoramento e visa apresentar e analisar alguns dos principais indicadores estatísticos/bibliométricos da Produção Científica Portuguesa procurando associá-los com a b-on. Analisou-se para os anos de 2007 a 2011 o uso dos recursos b-on por parte das universidades públicas membros do consórcio, tendo sido selecionadas como amostra as cinco com mais downloads por FTE (full time equivalent). Para além dos dados de uso do consórcio, utilizou-se a Web of Science (WoS) a partir da qual se identificaram os artigos indexados com afiliação institucional nas universidades portuguesas. A partir daí, e através de uma metodologia quantitativa, apuraram-se os Autores com maior número de artigos indexados. Posteriormente analisaram-se dados como: produção por área científica, colaboração internacional...

O impacto da biblioteca do conhecimento online (B-on) sobre a utilização e a produção científica portuguesas (2000-2010)

Costa, Teresa
Fonte: Universidade de Évora Publicador: Universidade de Évora
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
125.95%
Nos últimos anos, têm sido várias as iniciativas realizadas para promover o acesso universal à Sociedade da Informação e do Conhecimento. Foi neste contexto que, em 2004, a Biblioteca do Conhecimento Online (b-on) foi lançada em Portugal celebrando este ano o seu 10 º aniversário. Com a b-on, tornou-se mais fácil ter acesso ao texto integral de publicações científicas internacionais. Este estudo tem como objetivo apresentar e analisar alguns dos indicadores estatísticos e bibliométricos da produção científica portuguesa relacionando- -os com a b-on. Procurámos conhecer o impacto da b-on quer ao nível da utilização quer ao nível da produção científica. Para tal analisámos o uso dos recursos eletrónicos disponibilizados pela b-on por parte das universidades públicas membros do consórcio, entre 2004 e 2010, tendo escolhido como amostra as cinco universidades com maior número de downloads por FTE (full time equivalent). Analisámos a evolução do número de downloads, os fornecedores de conteúdos mais utilizados, os títulos com maior utilização. Para além dos dados de utilização do consórcio, utilizámos a Web of Science (WoS) a partir da qual identificámos os artigos indexados com afiliação Portuguesa e nas cinco universidades que constituem a nossa amostra entre 2000-2010. Posteriormente...

Análise da utilização e da produção científica pela comunidade académica portuguesa

Costa, Teresa; Vaz, Francisco
Fonte: BAD - Associação Portuguesa de Bibliotecários, Arquivistas e Documentalista Publicador: BAD - Associação Portuguesa de Bibliotecários, Arquivistas e Documentalista
Tipo: Aula
POR
Relevância na Pesquisa
85.81%
Nos últimos anos têm sido desenvolvidas iniciativas que visam promover a generalização do acesso à Sociedade da Informação e do Conhecimento. É nesta dinâmica que em 2004 surge em Portugal a Biblioteca do Conhecimento Online (b-on). Com ela ficou facilitado o acesso aos conteúdos em texto integral de um alargado conjunto de publicações científicas internacionais. Este estudo enquadra-se num trabalho de investigação de doutoramento e visa apresentar e analisar alguns dos principais indicadores estatísticos/bibliométricos da Produção Científica Portuguesa procurando associá-los com a b-on. Analisou-se para os anos de 2007 a 2011 o uso dos recursos b-on por parte das universidades públicas membros do consórcio, tendo sido selecionadas como amostra as cinco com mais downloads por FTE (full time equivalent). Para além dos dados de uso do consórcio, utilizou-se a Web of Science (WoS) a partir da qual se identificaram os artigos indexados com afiliação institucional nas universidades portuguesas. A partir daí, e através de uma metodologia quantitativa, apuraram-se os Autores com maior número de artigos indexados. Posteriormente analisaram-se dados como: produção por área científica, colaboração internacional...

Dez anos de b-on segundo os investigadores portugueses: impacto e consequências

Costa, Teresa; CIDEHUS - Centro Interdisciplinar de História, Culturas e Sociedades da Universidade de Évora e FCT|FCCN – Fundação para a Ciência e Tecnologia, Unidade de Computação Científica Nacional
Fonte: Actas do Congresso Nacional de Bibliotecários, Arquivistas e Documentalistas Publicador: Actas do Congresso Nacional de Bibliotecários, Arquivistas e Documentalistas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; article Formato: application/pdf
Publicado em 16/07/2015 POR
Relevância na Pesquisa
65.85%
ResumoÉ sabido que com a difusão e propagação do uso dos recursos científicos eletrónicos as práticas de consulta e de leitura dos investigadores mudaram, não só ao nível do tempo que dedicam à pesquisa, mas sobretudo pela quantidade e variedade de conteúdos que consultam muito mais facilmente e rapidamente. Com o surgimento da b-on em abril de 2004 a quantidade e a qualidade dos conteúdos disponíveis aos investigadores aumentaram significativamente.Quisemos, então, perceber se este aumento gradual no acesso a conteúdos científicos teve impacto nas suas rotinas e práticas profissionais, bem como ao nível da sua produção científica.Assim, entre Dezembro de 2013 e Fevereiro de 2014 aplicámos um inquérito online a 500 investigadores de modo a aferir qual o uso que faziam dos recursos disponibilizados pela b-on e em que medida é que esta Biblioteca lhes trouxe mudanças à sua prática profissional. IntroduçãoTendo a b-on completado 10 anos de existência em 2014, era altura de conhecer a opinião dos investigadores nacionais, de modo a perceber não só se usavam a b-on, mas o que é que esta trouxe de novo às suas rotinas e práticas de investigação, não só ao nível do acesso, mas também em termos da sua produção científica. Como refere Deng (2010) para melhorar os serviços e apoio aos utilizadores é fundamental compreender e conhecer as suas expectativas...

Serviços de Informação e Documentação do ISCTE-IUL: um lugar onde o ensino, a aprendizagem e a cultura convergem

Segurado, Teresa; Biblioteca do ISCTE-IUL – Instituto Universitário de Lisboa; Amante, Maria João; ISCTE - Instituto Universitário de Lisboa
Fonte: Actas do Congresso Nacional de Bibliotecários, Arquivistas e Documentalistas Publicador: Actas do Congresso Nacional de Bibliotecários, Arquivistas e Documentalistas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; article Formato: application/pdf
Publicado em 18/10/2012 POR
Relevância na Pesquisa
65.88%
Na sociedade atual, a cultura poderá ser a salvação da alma, evitando o apagamento da nossa identidade (António Alçada Batista, por ocasião do 75º Aniversário do Orfeão da Covilhã).Cultura pode ser definida como “aquele todo complexo que inclui o conhecimento, as crenças, a arte, a moral, a lei, os costumes e todos os outros hábitos e aptidões adquiridos pelo homem como membro da sociedade” (Edward Burnett Tylor). O acesso à cultura nas suas diferentes formas permite aos indivíduos o seu desenvolvimento enquanto seres sociais moldando a sua forma de ser e estar em sociedade. Consideramos que a construção da cidadania ou de práticas de cidadania, que são inegavelmente o sedimento base da coesão social, passa necessariamente pela questão do acesso e uso de informação e da sua discussão crítica.Na sociedade atual a informação e o conhecimento desempenham um papel fundamental tendo-se tornado o factor mais importante no desenvolvimento da economia. A Universidade é entendida como o principal veículo de transmissão do saber e do conhecimento e nesse sentido desempenha um papel essencial no acesso e na disponibilização de diferentes fontes de informação, sejam elas de carácter científico, cultural ou outro. No âmbito da Universidade...

Análise da utilização e da produção científica pela comunidade académica portuguesa

Costa, Maria Teresa; Fundação para a Computação Científica Nacional, Universidade de Évora - Instituto de Investigação e Formação Avançada; Amante, Maria João; ISCTE - Instituto Universitário de Lisboa; Vaz, Francisco; Universidade de Évora
Fonte: Actas do Congresso Nacional de Bibliotecários, Arquivistas e Documentalistas Publicador: Actas do Congresso Nacional de Bibliotecários, Arquivistas e Documentalistas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; article Formato: application/pdf
Publicado em 18/10/2012 POR
Relevância na Pesquisa
95.81%
Nos últimos anos têm sido desenvolvidas iniciativas que visam promover a generalização do acesso à Sociedade da Informação e do Conhecimento. É nesta dinâmica que em 2004 surge em Portugal a Biblioteca do Conhecimento Online (b-on). Com ela ficou facilitado o acesso aos conteúdos em texto integral de um alargado conjunto de publicações científicas internacionais. Este estudo enquadra-se num trabalho de investigação de doutoramento e visa apresentar e analisar alguns dos principais indicadores estatísticos/bibliométricos da Produção Científica Portuguesa procurando associá-los com a b-on.Analisou-se para os anos de 2007 a 2011 o uso dos recursos b-on por parte das universidades públicas membros do consórcio, tendo sido selecionadas como amostra as cinco com mais downloads por FTE (full time equivalent).Para além dos dados de uso do consórcio, utilizou-se a Web of Science (WoS) a partir da qual se identificaram os artigos indexados com afiliação institucional nas universidades portuguesas. A partir daí, e através de uma metodologia quantitativa, apuraram-se os Autores com maior número de artigos indexados. Posteriormente analisaram-se dados como: produção por área científica, colaboração internacional...

A b-on e a preservação digital de periódicos eletrónicos: o projeto Portico

Costa, Teresa; Moreira, João; FCT|FCCN
Fonte: Actas do Congresso Nacional de Bibliotecários, Arquivistas e Documentalistas Publicador: Actas do Congresso Nacional de Bibliotecários, Arquivistas e Documentalistas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; article Formato: application/pdf
Publicado em 16/07/2015 POR
Relevância na Pesquisa
75.68%
ResumoO número de periódicos científicos em formato digital tem vindo a aumentar significativamente na última década. Existem cada vez mais conteúdos a transitar para o digital ou até mesmo a nascer em formato digital, não tendo, por isso, uma cópia “física”. No mundo do papel, a responsabilidade da preservação estava vinculada ao proprietário e era tradicionalmente uma função das bibliotecas e dos arquivos. Na era digital, o vínculo entre o proprietário, a preservação e o acesso foi alterado. A escala e a complexidade da infraestrutura tecnológica exigida, os conhecimentos especializados e os processos de controlo de qualidade necessários à preservação de recursos eletrónicos são extremamente exigentes e dispendiosos.Tendo a b-on recursos exclusivamente eletrónicos esta é uma questão fundamental, pelo que foram analisadas várias soluções tendo a escolha recaído sobre o Portico.IntroduçãoOs periódicos científicos têm desempenhado um papel fundamental no sistema de comunicação científica. Com a migração do impresso para o ambiente digital, a comunicação científica deixou de ser possível sem o acesso a informação do passado, pelo que a preservação dos periódicos científicos eletrónicos se tornou numa das principais preocupações dos bibliotecários.Muitos dos stakeholders da publicação científica perceberam a importância e urgência de tomarem medidas que garantissem a preservação e o acesso a este tipo de conteúdo de forma eficaz.Sendo a b-on e-only tem naturalmente como preocupação a manutenção do acesso aos conteúdos subscritos por parte de todas as suas instituições...

Biblioteca do Conhecimento Online: pela construção da Sociedade do Conhecimento

Costa, Maria Teresa; Fundação para a Computação Científica Nacional, Universidade de Évora - Instituto de Investigação e Formação Avançada
Fonte: Actas do Congresso Nacional de Bibliotecários, Arquivistas e Documentalistas Publicador: Actas do Congresso Nacional de Bibliotecários, Arquivistas e Documentalistas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; article Formato: application/pdf
Publicado em 30/03/2007 POR
Relevância na Pesquisa
95.84%
O acesso à informação é condição sine qua non para o exercício de uma cidadania efectiva. Neste sentido, têm sido desenvolvidas ao longo dos últimos anos iniciativas que visam promover a generalização do acesso à Sociedade da Informação e do Conhecimento. É nesta dinâmica que surge a Biblioteca do Conhecimento Online (b-on) que tem procurado tornarse um instrumento fundamental de acesso ao conhecimento para a comunidade académica e científica nacional. Com a b-on passou a ser possível a toda a comunidade científica e académica nacional – professores, investigadores e estudantes – um acesso facilitado aos artigos em texto integral de um conjunto relevante de publicações científicas publicadas por algumas das mais reputadas editoras e titulares de bases de dados científicas internacionais, explorando-se economias de escala possibilitadas pela compra centralizada de conteúdos. Volvidos mais de dois anos de funcionamento, sentiuse a necessidade de implementar um Programa de Avaliação para avaliar o desempenho da b-on no que respeita à qualidade dos produtos e serviços disponibilizados à comunidade e à satisfação das entidades promotoras, membros e utilizadores. Para tal foi realizado um diagnóstico através da análise PEST (que tem em conta quatro elementos do ambiente externo: Políticos...

O impacto das fontes eletrónicas de informação e o caso b-on - Biblioteca Conhecimento Online nas bibliotecas académicas portuguesas

Melo, Luiza Baptista; CIDEHUS.UE - Centro Interdisciplinar de História, Culturas e Sociedades da Universidade de Évora; Faculdade de Ciências da Universidade do Porto
Fonte: Actas do Congresso Nacional de Bibliotecários, Arquivistas e Documentalistas Publicador: Actas do Congresso Nacional de Bibliotecários, Arquivistas e Documentalistas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; article Formato: application/pdf
Publicado em 18/10/2012 POR
Relevância na Pesquisa
95.95%
As bibliotecas desempenham um lugar de relevo nas instituições de Ensino Superior. Avaliar o impacto desses serviços tornou-se uma questão crucial na área da Ciência da Informação. Esta comunicação tem como principal objetivo apresentar as conclusões finais de um estudo realizado no âmbito de um Doutoramento de Ciências da Informação e Documentação, realizado na Universidade de Évora. A investigação analisou o impacto das fontes eletrónicas de informação com especial incidência no caso b-on, Biblioteca do Conhecimento Online, na população do Ensino Superior em Portugal. Recorreu-se a modelos de várias áreas do saber (Estatística, Econometria e Ciência da Informação), obteve-se uma análise dos resultados produzidos pelo acesso à informação científica e tecnológica disponibilizada pela Biblioteca do Conhecimento Online (b-on). Esta comunicação apresenta cinco objetivos: i) descrever os padrões de uso dos recursos eletrónicos e tradicionais nas bibliotecas académicas portuguesas, ii) estimar o valor da Biblioteca do Conhecimento Online recorrendo a duas metodologias de avaliação alternativas (o valor do tempo economizado pela utilização deste recurso eletrónico e o método de valoração contingencial que estima o valor  que o utilizador da b-on está disposto a pagar pelo serviço); iii) relacionar os padrões de utilização com a valoração da b-on; iv) investigar se a disposição a pagar é influenciada por uma série de factores (a frequência de utilização...

Online social networks : knowledge extraction from information diffusion and analysis of spatio-temporal phenomena = Redes sociais online: extração de conhecimento e análise espaço-temporal de eventos de difusão de informação; Redes sociais online : extração de conhecimento e análise espaço-temporal de eventos de difusão de informação

David Burth Kurka
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 08/05/2015 PT
Relevância na Pesquisa
65.85%
Com o surgimento e a popularização de Redes Sociais Online e de Serviços de Redes Sociais, pesquisadores da área de computação têm encontrado um campo fértil para o desenvolvimento de trabalhos com grande volume de dados, modelos envolvendo múltiplos agentes e dinâmicas espaço-temporais. Entretanto, mesmo com significativo elenco de pesquisas já publicadas no assunto, ainda existem aspectos das redes sociais cuja explicação é incipiente. Visando o aprofundamento do conhecimento da área, este trabalho investiga fenômenos de compartilhamento coletivo na rede, que caracterizam eventos de difusão de informação. A partir da observação de dados reais oriundos do serviço online Twitter, tais eventos são modelados, caracterizados e analisados. Com o uso de técnicas de aprendizado de máquina, são encontrados padrões nos processos espaço-temporais da rede, tornando possível a construção de classificadores de mensagens baseados em comportamento e a caracterização de comportamentos individuais, a partir de conexões sociais.; With the advent and popularization of Online Social Networks and Social Networking Services, computer science researchers have found fertile field for the development of studies using large volumes of data...

O impacto da Biblioteca do Conhecimento Online (b-on) no acesso à informação e produção científica nacional : Resultados de um inquérito

Costa, Teresa; Lopes, Carlos Alberto; Vaz, Francisco
Fonte: Universidad Complutense Publicador: Universidad Complutense
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Publicado em //2015 POR
Relevância na Pesquisa
125.95%
O surgimento das novas tecnologias e da Internet contribuiu para o surgimento na Europa de consórcios e redes de bibliotecas académicas. Os profissionais destas bibliotecas perceberam a necessidade de trabalharem em cooperação, de uma forma estruturada, através da criação de infraestruturas que permitissem a cooperação e a partilha de recursos. É, pois, neste contexto que surgiu, a Biblioteca do Conhecimento Online, b-on, que permite, desde 2004, o acesso a milhares de publicações eletrónicas de editoras de referência internacional nas principais áreas de investigação científica e académica e que constitui um instrumento essencial de acesso e disseminação da informação científica. É sabido que com a difusão e propagação do uso dos recursos científicos eletrónicos as práticas de consulta e de leitura dos investigadores mudaram, não só ao nível do tempo que dedicam à pesquisa, mas sobretudo pela quantidade e variedade de conteúdos que consultam muito mais facilmente e rapidamente. Quisemos perceber se este aumento gradual no acesso a conteúdos científicos estava a ter algum impacto ao nível da produção científica nacional. Assim, entre Dezembro de 2013 e Fevereiro de 2014 aplicámos um inquérito online a 500 investigadores de modo a aferir qual o uso que faziam dos recursos disponibilizados pela b-on e em que medida é que esta Biblioteca lhes trouxe mudanças à sua prática profissional.; ABSTRACT: The emergence of new technologies and Internet has contributed to the appearance in Europe of consortia and academic libraries networks. The professionals of these libraries have realised the need to work in collaboration...