Página 1 dos resultados de 151 itens digitais encontrados em 0.007 segundos

O princípio da solidariedade social na interpretação do direito da seguridade social; Il principio della solidarietà sociale nell´interpretazione del diritto della sicurezza sociale

Pontes, Alan Oliveira
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 24/04/2006 PT
Relevância na Pesquisa
45.96%
O princípio da solidariedade social tem fundamental importância na interpretação do Direito da Seguridade Social, conforme é demonstrado nesta dissertação de mestrado. O objetivo do presente estudo foi analisar a interpretação do Direito da Seguridade Social à luz do princípio da solidariedade social. Foram verificados os métodos interpretativos gramatical, lógico, sistemático, histórico-evolutivo, teleológico, e sociológico. Diferenciou-se conceitualmente normas jurídicas, princípios e regras, concluindo-se que os princípios e as regras são espécies de normas jurídicas. Os princípios são normas de sustentação das regras jurídicas, e podem ser explícitos, caso sejam encontrados no direito positivo, ou implícitos, caso se encontrem no direito pressuposto. Constatou-se, por meio de uma análise sociológica, que a solidariedade social é um fenômeno social presente em todas as sociedades e em todos os seres humanos. A solidariedade social é a interdependência existente entre cada indivíduo com os demais membros da sociedade e com esta, caracterizada pela cooperação mútua, pela igualdade de oportunidades e pela busca do bem-estar de todos. Da solidariedade social surge o princípio jurídico da solidariedade social...

Medidas macroprudenciais em um modelo DSGE: ancorando o requerimento contracíclico de capital; Macroprudential policy in a DSGE model: anchoring the countercyclical capital buffer

Ferreira, Leonardo Nogueira
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 23/10/2013 PT
Relevância na Pesquisa
35.91%
A recente crise econômica internacional destacou a deficiência da estrutura regulatória então vigente no sistema financeiro. Desde então muitos trabalhos têm avaliado a introdução da política macroprudencial no arcabouço de um modelo DSGE. No entanto, seu foco primordial não tem sido na escolha da variável à qual o requerimento contracíclico de capital deve responder - a variável âncora. A fim de preencher essa lacuna, diferentes regras macroprudenciais foram introduzidas no modelo DSGE desenvolvido por Gerali et al. (2010) e os resultados foram comparados por meio de uma métrica de bem-estar. O crescimento do crédito foi a variável que apresentou melhor resultado.; The recent crisis highlighted the deficiency of the regulatory framework in place then. Thenceforth many papers have been assessing the introduction of macroprudential policy in a DSGE model. However, they do not focus on the choice of the variable to which the countercyclical capital buffer must respond - the anchor variable. In order to fulfil this gap, we input different macroprudential rules into the DSGE proposed by Gerali et al. (2010), and then we sort the results using a measure of welfare. Credit growth is the variable that performs best.

O estresse financeiro em dois grupos de profissionais brasileiros

Loiola, Leandro de Paula
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Dissertação
PT_BR
Relevância na Pesquisa
56.31%
O objetivo principal desta pesquisa é analisar comparativamente dois grupos de profissionais brasileiros sob a ótica das finanças pessoais e o estresse financeiro. O estresse financeiro pode ser descrito como uma preocupação excessiva com os problemas financeiros pessoais diante da incapacidade de equacioná-los. A hipótese central é que planejadores financeiros pessoais certificados pelo IBCPF - Instituto Brasileiro de Certificação de Profissionais Financeiros (chamados de CFPs) apresentassem menores níveis de estresse do que profissionais de outras áreas, por causa do seu conhecimento sobre finanças. Além disso, buscamos analisar as correlações entre o estresse financeiro e variáveis associadas a ele, como renda, investimentos, dívidas, idade, sexo, escolaridade, entre outras. Para efeito deste estudo, o estresse financeiro foi considerado como uma variável dependente. Usamos um questionário quantitativo sobre estresse financeiro e variáveis diversas, em uma amostra de 130 profissionais de vários setores da economia durante o segundo semestre de 2013. A escala de estresse financeiro utilizada no estudo replicou o formato de autoria de um grupo de estudiosos americanos sobre o tema: IFDFW (InCharge Financial Distress/ Financial Well Being Scale) (Prawitz et al....

Spreads bancários e informalidade: efeitos redistributivos e de bem-estar em um modelo de agentes heterogêneos com escolha ocupacional

Merlin, Giovanni Tondin
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Dissertação
PT_BR
Relevância na Pesquisa
56.07%
Este trabalho busca identificar os efeitos de mudanças nos spreads bancários sobre as distribuições de renda, riqueza e consumo, bem como o bem-estar da economia. Para tal, é desenvolvido um modelo de agentes heterogêneos com mercados incompletos e escolha ocupacional, no qual a informalidade de firmas e trabalhadores é um canal de transmissão relevante. O principal resultado encontrado é que reduções no spread para pessoa jurídica aumenta a proporção de empreendedores e trabalhadores formais na economia, de forma que o tamanho do setor informal diminui. Os efeitos sobre a desigualdade, no entanto, são ambíguos, e dependerão da dinâmica salarial e das transferências do governo. Reduções no spread para pessoa física levam a uma redução nos indicadores de desigualdade, em detrimento do consumo e bem-estar agregados. Calibrando o modelo para o Brasil para 2003-2012, é possível encontrar resultados em linha com a recente queda na informalidade e no diferencial salarial entre trabalhadores formais e informais.

Câncer de mama no Rio Grande do Sul : relação entre investimento em sistemas de rastreamento com o retorno financeiro, prioridades políticas e bem estar da população alvo no ano de 2010

Brose, Mariana de Mattos
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
46.08%
O câncer de mama constitui-se na primeira causa de morte, por neoplasias entre as mulheres, no Brasil. Dados apontam tendência de crescimento na mortalidade por esta neoplasia, tendo taxas mais elevadas o estado do RS. Os objetivos das políticas de saúde pública devem ser concentrados na prevenção e diagnóstico precoce. Este estudo avalia o investimento em sistemas de rastreamento de câncer de mama por mamografia com o retorno financeiro, prioridades políticas e bem-estar da população alvo no ano de 2010. Trata-se de um estudo quantitativo/descritivo. Os dados foram obtidos através de bancos de dados secundários como DATASUS, SIH/SUS, CNES, e SISMAMA. Analisando a capacidade estimada, conclui-se que estão sobrando equipamentos, faltando médicos radiologistas e sobrando técnicos em radiologia. Analisando o número de equipes para atender a necessidade estimada, segundo os parâmetros do MS, precisaríamos de 44,56 equipes, mas se considerada a recomendação de 1 exame por ano por mulher com idade maior ou igual a 40 anos seriam necessários de 715,96 equipes. Quanto à cobertura necessária, todas as Regionais em Saúde possuem cobertura acima da preconizada, em algumas sendo maior que 900%. Na capacidade instalada...

Análise comparativa de retornos e prêmios de risco entre os níveis de listagem das empresas no mercado de ações brasileiro

Barbosa, Rafael Freitas
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
35.96%
A presente investigação científica discorre acerca da análise comparativa dos segmentos Tradicional, Nível 1, Nível 2 e Novo Mercado da bolsa de valores brasileira. As bases do estudo estão calcadas nas relações entre retornos, risco e prêmios de risco em cada segmento. Para o alcance desse objetivo, foram organizadas carteiras teóricas, cada uma composta por ações de empresas listadas nos segmentos citados do mercado à vista. O intervalo de tempo delimitador dos dados amostrais compreende o período de janeiro de 2005 a dezembro de 2010 e possui características cíclicas - típicas desse ambiente de negócios - de crescimento, de queda brusca provocada pelos efeitos da crise de 2008 e de recuperação lenta na valorização dos preços das ações. Isso enriquece as conclusões ao se examinar comparativamente as referidas carteiras teóricas à luz de ciclos distintos do risco sistemático. As conclusões corroboram parcialmente os fundamentos da governança corporativa ao evidenciar que, de todos os portfolios compostos por empresas que adotam as boas práticas de governança, somente o Novo Mercado de fato gera redução das incertezas, acarretando a diminuição do risco e elevados retornos, absolutos e excessivos...

A demanda por moeda e as inovações financeiras e tecnológicas no sistema financeiro nacional

Mazzorana, Rosiane
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: 64 f.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
35.91%
TCC (graduação) - Universidade Federal de Santa Catarina. Centro Sócio-Econômico. Economia.; No presente trabalho estuda-se a inserção das inovações financeiras e tecnológicas no sistema financeiro nacional e seu reflexo na economia, principalmente, na demanda por moeda. A evolução tecnológica e financeira trouxe ao mercado soluções baratas e convenientes aos agentes econômicos, para que possam realizar operações com custos de transação e de oportunidade mais baixos. Ao mesmo tempo, possibilitam que a demanda por moeda seja reduzida, em vista que a introdução dessas inovações produz um maior bem-estar econômico. t mais acessível para o público em geral possuir cartão de crédito ou acesso ao Internet Banking, do que ir ao banco cada vez que necessite realizar transações. Estuda-se também neste trabalho, qual o impacto que as inovações financeiras e tecnológicas provocam na demanda por moeda. Conclui-se que, as inovações financeiras e tecnológicas produzem pequenos impactos na demanda por moeda, uma vez que o produto interno bruto e a taxa de juros também tem papel fundamental na mesma. Foi possível detectar neste trabalho que, existem outros fatores não estudados que também interferem na variação da demanda por moeda.

Políticas de saúde e crise do estado de bem-estar : repercussões e possibilidades para o Sistema Único de Saúde; Health policies and crisis of the welfare state : repercussions and possibilities for the Unified Health System

Pires, Maria Raquel Gomes Maia; Demo, Pedro
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
66.1%
A institucionalização do Sistema Único de Saúde (SUS), orientada por princípios universalistas e solidários, pode ser vislumbrada sob a influência das tensões entre mercado e cidadania no contexto de redemocratização que o país viveu, ambientado nas lutas políticas que balançaram o país na elaboração da Constituição de 1988, na crise econômica que caracterizou a década perdida e no arrefecimento do Estado desenvolvimentista. Trata-se de um estudo teórico, que parte da premissa que o cenário econômico mundial transnacionalizado, com a conseqüente exigência de flexibilização das garantias sociais que o capital financeiro vem impondo aos Estados de bem-estar, traz repercussões estruturais para países em desenvolvimento ou periféricos, como o Brasil, pondo em risco a implementação dos princípios e diretrizes do SUS. Objetiva-se: a- Analisar a conformação das políticas sociais no capitalismo e o delineamento da crise do Estado de Bem-Estar social; b- Contextualizar as políticas de saúde do Brasil nas atuais transformações do capitalismo e redefinição do papel do Estado, analisando as repercussões para a implementação do SUS; e c- Apontar possibilidades para o enfrentamento da implementação do SUS no contexto em foco por meio da politicidade do cuidado – gestão da ajuda-poder para a (re)construção da autonomia de sujeitos. Diante das ambigüidades de um sistema de saúde que se pretende equânime...

Definição de uma política de água sustentável em Portugal: proposta de modelo financeiro

Cardoso, Jorge Pedro Rio
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
35.93%
O presente trabalho aborda de que forma a Análise Económica pode contribuir para a definição de uma Política Pública da Água sustentável para Portugal. Analisam-se, inicialmente, as particularidades do recurso e o seu enquadramento legislativo, institucional, bem como as respectivas implicações no processo de gestão da água. Esta análise conduz à definição daquilo a que se chamará ―Novo Modelo de Gestão da Água‖. Tendo por enquadramento a Directiva-Quadro da Água (DQA) — Directiva 2000/60/CE de 23 de Outubro de 2000, publicada no Jornal Oficial das Comunidades Europeias, em 22 de Dezembro do mesmo ano — é ilustrada a aplicação dos conceitos e a abordagem desenvolvida na definição de uma estratégia política de actuação para Portugal, de modo a assegurar o seu cumprimento de forma eficaz, eficiente e sustentável. São discutidos os aspectos económicos e a justificação teórica para a intervenção nos mercados, nomeadamente através do desenvolvimento de sistemas de tarifas. As formas de financiamento do sector, à luz do princípio da recuperação de custos, são analisados propondo-se a chamada visão dos 4T. Dado o contexto de análise do sector da água, enquanto política pública, são referenciados os vários de tipos de regulação e as várias reformas propostas pelos principais investigadores e organizações internacionais. Neste contexto de análise é abordada a governação (governance) e os seus atributos. São enunciados os principais entraves a uma governação eficiente. As várias formas de participação do capital privado...

Acerca da literacia financeira

Fernandes, Daniela Teles
Fonte: Instituto Universitário de Lisboa Publicador: Instituto Universitário de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2011 POR
Relevância na Pesquisa
36.13%
Mestrado em Economia Portuguesa e Integração Internacional; O aumento da complexidade dos produtos financeiros e a necessidade de sensibilizar a população para a importância da poupança, para os riscos do incumprimento e para o planeamento da reforma, são algumas das razões que explicam a proliferação de programas de educação financeira a nível mundial. Os principais objectivos desta investigação foram precisamente, compreender o que é a literacia financeira, como a promover e porque se defende a sua importância a nível mundial. A análise efectuada das estratégias de literacia financeira de Portugal, Reino Unido, Estados Unidos, Nova Zelândia e Índia, mostra que todas elas procuram melhorar o bem-estar financeiro da população. Contudo, o caminho que cada estratégia adopta para o concretizar tende a variar, face às diferentes realidades sociais de cada país. Por outro lado, apesar da aposta na promoção da literacia financeira estar a aumentar, constatou-se que não existe consenso na forma como este conceito é definido, nem sobre as características que distinguem uma pessoa financeiramente letrada de uma financeiramente iletrada Neste trabalho também é realçado que a educação financeira é apenas um dos elementos que contribui para o bem-estar financeiro dos indivíduos. Outros factores como o emprego...

Nível de literacia financeira dos portugueses: medição através de um índice e principais determinantes

Nogueira, Hugo Miguel Figueiredo
Fonte: Instituto Universitário de Lisboa Publicador: Instituto Universitário de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2011 POR
Relevância na Pesquisa
35.98%
Mestrado em Finanças; Num contexto económico-social marcado pela crise orçamental que sucedeu à crise financeira do subprime, ganha cada vez mais importância a literacia financeira, assumindo-se como uma forma de defesa de consumidor e ao reflectir-se num conjunto de decisões e comportamentos financeiros cujo impacto e repercussões proporcionem bem-estar financeiro. Os objectivos do presente estudo são, assim, determinar o nível médio de literacia financeria dos portugueses e identificar e analisar os principais determinantes da literacia financeira. Com base numa proposta de índice que tomou como referência as respostas a questões sobre finanças pessoais, conhecimento financeiro, investimento, crédito e crédito habitação, recolhidas através de inquérito, verificou-se que o nível médio de literacia financeira dos portugueses é insuficiente, de apenas 2,4. Acresce que 16,3% revela uma total ausência de conhecimentos e competências na gestão de finanças pessoais e que 60,2% dos inquiridos sobrestima o seu nível de conhecimentos e competências. Constatou-se ainda que ser do género masculino, com formação superior, com rendimentos mensais superiores a 1.500 €, património financeiro acima de 5.000 €...

Políticas de saúde e crise do Estado de Bem-Estar: repercussões e possibilidades para o Sistema Único de Saúde

Pires,Maria Raquel Gomes Maia; Demo,Pedro
Fonte: Faculdade de Saúde Pública, Universidade de São Paulo.; Associação Paulista de Saúde Pública. Publicador: Faculdade de Saúde Pública, Universidade de São Paulo.; Associação Paulista de Saúde Pública.
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2006 PT
Relevância na Pesquisa
66.1%
A institucionalização do Sistema Único de Saúde (SUS), orientada por princípios universalistas e solidários, pode ser vislumbrada sob a influência das tensões entre mercado e cidadania no contexto de redemocratização que o país viveu, ambientado nas lutas políticas que balançaram o país na elaboração da Constituição de 1988, na crise econômica que caracterizou a década perdida e no arrefecimento do Estado desenvolvimentista. Trata-se de um estudo teórico, que parte da premissa que o cenário econômico mundial transnacionalizado, com a conseqüente exigência de flexibilização das garantias sociais que o capital financeiro vem impondo aos Estados de bem-estar, traz repercussões estruturais para países em desenvolvimento ou periféricos, como o Brasil, pondo em risco a implementação dos princípios e diretrizes do SUS. Objetiva-se: a- Analisar a conformação das políticas sociais no capitalismo e o delineamento da crise do Estado de Bem-Estar social; b- Contextualizar as políticas de saúde do Brasil nas atuais transformações do capitalismo e redefinição do papel do Estado, analisando as repercussões para a implementação do SUS; e c- Apontar possibilidades para o enfrentamento da implementação do SUS no contexto em foco por meio da politicidade do cuidado - gestão da ajuda-poder para a (re)construção da autonomia de sujeitos. Diante das ambigüidades de um sistema de saúde que se pretende equânime...

Critérios de justiça e programas de renda mínina

Diniz,Simone
Fonte: Programa de Pós-Graduação em Serviço Social e Curso de Graduação em Serviço Social da Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Programa de Pós-Graduação em Serviço Social e Curso de Graduação em Serviço Social da Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2007 PT
Relevância na Pesquisa
45.96%
Este artigo tem por objetivo analisar três programas de renda mínima, transformados em lei de âmbito federal. O primeiro, instituído por lei, durante a presidência de Fernando Henrique Cardoso, concedia apoio financeiro aos municípios para criarem programas de garantia de renda mínima associados a ações socioeducativas. O segundo programa analisado é o Bolsa Família, aprovado por lei e instituído na gestão do governo Lula. O terceiro programa, de autoria do senador Suplicy, é aquele que institui uma renda básica de cidadania. Esta análise insere-se em um debate mais amplo relacionado à defesa de uma renda incondicional, como forma de superação do Estado de bem-estar social. O argumento central é que no Brasil, mesmo na gestão de Lula, têm prevalecido políticas de cunho focalizado em detrimento das universalizantes.

Bem-estar dos consumidores e repressão a cartéis liderados por associações e sindicatos

Pfeiffer, Roberto Augusto Castellanos
Fonte: Revista dos Tribunais Publicador: Revista dos Tribunais
Tipo: Artigo de Revista Científica
PT_BR
Relevância na Pesquisa
35.91%

A seguridade social no contexto de uma renda universal garantida: os fundamentos político-jurídicos para uma ética universal na governabilidade do mundo

Teixeira Esteves, Juliana; Gaspar Lopes de Andrade, Everaldo (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
35.98%
A partir de uma pesquisa consistente e comparativa entre diversas modalidades de seguridade social - pública e privada -, o estudo procura inicialmente demonstrar, através de uma bibliografia multidisciplinar e de evidências empíricas e analíticas produzidas por cientistas sociais de vários matizes, que esses dois sistemas enfrentam uma crise estrutural e irreversível, em face do desmoronamento do Estado do Bem Estar-Social e de sua base de sustentação, o Pleno Emprego.Procura também problematizar e refutar a alternativa ultraliberal, que se tornou hegemônica a partir da era Thatcher e Reagan, prognosticou e instituiu um modelo de Estado Mínimo, promoveu privatizações e fez aparecer o desemprego estrutural. A prevalência do capital financeiro sobre o capital produtivo, além da força das corporações multinacionais, ambas transitando por cima do Estado-nação e em dimensão planetária, desencadearam a reestruturação produtiva à serviço da precarização, da desproletarização e de alternativas de trabalho e rendas jamais previstas, em que a classe que vivia do trabalho assalariado passa a ser responsável pelos custos dos seus próprios empreendimentos.Essa ruptura de paradigmas levou o estudo a identificar dois fenômenos: a retomada dos movimentos sociais contra-hegemônicos e a uma alternativa de seguridade social a ser instituída nesse mesmo espaço global. A proposta é a de uma Renda Universal Garantida...

Acção das emoções no desenvolvimento do indivíduo e na saúde: implicações para a qualidade da vida e o bem-estar

Martins, Maria da Conceição Almeida
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
46.1%
Numa perspectiva integradora do Ser Humano, verifica-se a preocupação dos investigadores e estudiosos de várias áreas do saber, em estabelecer e explicar uma relação estreita e intrínseca entre a génese das emoções e os seus efeitos na saúde/doença e no desenvolvimento afectivo- cognitivo do, aspectos que vão ter implicações na Qualidade de Vida e Bem-estar dos Indivíduos. Sendo assim, o presente estudo empírico foi realizado em doentes crónicos, Insuficientes Renais Crónicos Terminais, uma vez que saúde/doença não são processos estáticos, podendo haver períodos confortáveis de Bem-estar e uma satisfatória Qualidade de Vida. Por isso, foi objectivo da presente investigação estudar, numa perspectiva sistémica e humanista, relações entre os efeitos da acção das emoções no desenvolvimento afectivo-cognitivo e na saúde, bem-estar e Qualidade de Vida dos doentes Hemodialisados e algumas variáveis atributo, do contexto sóciodemográfico, clínico, psicológico e emocional. A nossa Amostra ficou constituída por 160 doentes e a recolha de dados foi efectuada através de um questionário, constituído por uma bateria de escalas, incluindo o questionário de saúde geral SF-36 para avaliação da Qualidade de Vida. Para o tratamento estatístico e análise de dados recorremos à estatística descritiva e analítica/inferencial e o tratamento estatístico dos dados foi efectuado através do programa de estatística SPSS...

Enquadramento das instituições particulares de solidariedade social no actual sistema normativo: a importância do relato financeiro: caso “Santa Casa da Misericórdia de Vila Flor”

Ferreira, Maria Amélia da Rocha da Silva Moura
Fonte: Instituto Politécnico do Porto. Instituto Superior de Contabilidade e Administração do Porto Publicador: Instituto Politécnico do Porto. Instituto Superior de Contabilidade e Administração do Porto
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2011 POR
Relevância na Pesquisa
45.98%
Dissertação para obtenção do Grau de Mestre em Contabilidade e Finanças Orientador: Mestre Armindo Fernando Sousa Lima; Com este trabalho, procuramos encontrar uma resposta efectivamente abrangente de cariz económico-social, que potencie as melhorias substanciais da gestão, no âmbito do bem-estar social e económico, abordando o principal papel das IPSS, fazendo-se o respectivo enquadramento histórico, contabilístico e fiscal. Através da observação e do estudo da legislação portuguesa, vigente e não vigente, considerando livros e outros trabalhos científicos existentes, propomo-nos a analisar a importância crucial do relato financeiro e a necessidade de existência de uma gestão transparente, devido às relações destas instituições com o Estado, doadores e outros stakeholders1, com interesses económicos e sociais. Neste estudo pretendemos validar a possibilidade de harmonização contabilística, com outros sistemas contabilísticos e de gestão pertencentes ao terceiro sector e que permitam a comparação de diferentes normativos.; With this work, we intent to find an answer actually comprehensive with an socioeconomic nature and that empowers the substantial improvements in the management, within the social welfare and economic development...

Literacia Financeira: o caso dos alunos dos cursos da área financeira da Escola Superior de Ciências Empresariais (ESCE) do Instituto Politécnico de Setúbal (IPS)

Santos, António José da Conceição
Fonte: Instituto Politécnico de Setúbal. Escola Superior de Ciências Empresariais Publicador: Instituto Politécnico de Setúbal. Escola Superior de Ciências Empresariais
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /12/2015 POR
Relevância na Pesquisa
45.99%
Dissertação apresentada para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Contabilidade e Finanças; As atitudes, comportamentos e conhecimentos financeiros dos indivíduos têm ganho nos últimos anos uma importância crescente. Estes determinantes têm sido muito ligados à evolução das economias, associando-se os níveis de literacia financeira das populações ao desempenho económico de cada sociedade. Por isso mesmo existe uma crescente preocupação dos organismos internacionais, dos governos e dos bancos centrais em promover planos de ação junto das suas populações com o objetivo de aumentar o nível do conhecimento financeiro dos cidadãos. No caso especifico dos estudantes do ensino superior, têm sido efetuados estudos um pouco por todo o mundo com vista a identificar por um lado o seu nível de literacia financeira, bem como a adoção de medidas de promoção do conhecimento dos temas financeiros. O presente estudo tem como objetivo verificar junto de um cluster específico, que são os alunos dos cursos de licenciatura e mestrado da área financeira, ministrados na Escola Superior de Ciências Empresariais / Instituto Politécnico de Setúbal (ESCE/IPS), os seus níveis de conhecimento quanto à sua inclusão financeira...

Políticas de saúde e crise do Estado de Bem-Estar: repercussões e possibilidades para o Sistema Único de Saúde; Health policies and crisis of the Welfare State: repercussions and possibilities for the Unified Health System

Pires, Maria Raquel Gomes Maia; Demo, Pedro
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/08/2006 POR
Relevância na Pesquisa
66.1%
A institucionalização do Sistema Único de Saúde (SUS), orientada por princípios universalistas e solidários, pode ser vislumbrada sob a influência das tensões entre mercado e cidadania no contexto de redemocratização que o país viveu, ambientado nas lutas políticas que balançaram o país na elaboração da Constituição de 1988, na crise econômica que caracterizou a década perdida e no arrefecimento do Estado desenvolvimentista. Trata-se de um estudo teórico, que parte da premissa que o cenário econômico mundial transnacionalizado, com a conseqüente exigência de flexibilização das garantias sociais que o capital financeiro vem impondo aos Estados de bem-estar, traz repercussões estruturais para países em desenvolvimento ou periféricos, como o Brasil, pondo em risco a implementação dos princípios e diretrizes do SUS. Objetiva-se: a- Analisar a conformação das políticas sociais no capitalismo e o delineamento da crise do Estado de Bem-Estar social; b- Contextualizar as políticas de saúde do Brasil nas atuais transformações do capitalismo e redefinição do papel do Estado, analisando as repercussões para a implementação do SUS; e c- Apontar possibilidades para o enfrentamento da implementação do SUS no contexto em foco por meio da politicidade do cuidado - gestão da ajuda-poder para a (re)construção da autonomia de sujeitos. Diante das ambigüidades de um sistema de saúde que se pretende equânime...

O gosto musical do Neymar: pagode, funk, sertanejo e o imaginário do popular bem sucedido

Trotta, Felipe; Roxo, Marco
Fonte: Revista ECO-Pós Publicador: Revista ECO-Pós
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Avaliado por Pares Formato: application/pdf
Publicado em 26/12/2014 POR
Relevância na Pesquisa
45.86%
A intensa midiatização em torno do craque Neymar nos últimos anos tem produzido uma grande mitificação do atleta como uma espécie de jogador-ideal, tomado como símbolo de diversas car- acterísticas positivas da nacionalidade. Neste texto, vamos refletir sobre sua recorrente associação com artistas do mundo da música e sua vinculação simbólica a certos pensamentos que aproximam sua narrativa mitificada de herói nacional com a ideia de ascensão social pelo talento, narrativa cara ao individualismo capitalista. É o gosto musical do Neymar que pode nos revelar nuances e con- tradições de uma narrativa de bem estar financeiro e individual oriunda do que poderíamos chamar de “cultura popular”, atravessada pela ideia de esforço, talento e ascensão.