Página 1 dos resultados de 64 itens digitais encontrados em 0.104 segundos

Estrategias de prevención y vigilancia sobre el uso de sustancias ilícitas y su impacto en los costos de accidentes en conductores de carga pesada en México; Estratégia de prevenção e vigilância sobre o consumo de sustâncias ilícitas e os custos dos acidentes em motoristas de carga pesada, no México; Prevention and monitoring strategies on the use of illicit substances and accidents and costs in heavy load drivers in Mexico

PUENTE-RODRÍGUEZ, Eduardo; PILLON, Sandra Cristina
Fonte: Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto / Universidade de São Paulo Publicador: Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto / Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica
SPA
Relevância na Pesquisa
96.13%
Las colisiones de tránsito son uno de los grandes problemas de Salud Pública en el mundo, los impactos afectan áreas de la salud, económica y social. Los conductores de carga pesada fueron el objeto de este estudio. Se tuvo por objetivo identificar los costos de accidentes después de aplicar estrategias de control de consumo de sustancias lícitas e ilícitas en conductores de transporte de carga pesada. Se realizó un estudio correlacional retrospectivo de 2004 a 2006. La población a la que se aplicó el programa disminuyó el número de accidentes en 15%, y el costo por daños por colisión en 24%. Se concluye que estudios de esta naturaleza son importantes para implantación de programas orientados a modificar la conducta cuidado y seguimiento de la salud de los conductores profesionales.; Os acidentes de trânsito constituem um dos maiores problemas de saúde pública no mundo, e seus impactos afetam as áreas de saúde, econômica e social. O motorista de carga pesada é o objeto do presente estudo. O objetivo foi identificar os custos de acidentes ao aplicar estratégias de controle, frente ao uso de drogas lícitas e ilícitas, em motoristas de carga pesada. Como metodologia deste estudo foi usada a pesquisa retrospectiva correlacional...

Relação entre o consumo de bebidas alcoólicas e as infrações e acidentes de trânsito; Relation between alcohol consumption and the infractions and crashes traffics.

Pereira, Rafael Eduardo
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 02/10/2008 PT
Relevância na Pesquisa
126.31%
PEREIRA, R. E. Relação entre o consumo de bebidas alcoólicas e as infrações e acidentes de trânsito. 2008. 83f. Dissertação (Mestrado). Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2008. Nos últimos anos, as implicações relacionadas ao uso de bebidas alcoólicas vêm sendo enfatizadas como um importante problema de saúde pública. O etanol é um depressor do sistema nervoso central, capaz de prejudicar a habilidade e a coordenação de motoristas que o consomem, aumentando os riscos de envolvimento em infrações e acidentes de trânsito, muitas vezes com vítimas fatais. As mortes prematuras, lesões e os danos provocados pelas ocorrências de trânsito, resultam em custos excessivos para o governo e para a sociedade, sendo o álcool a principal causa de mortes e incapacitação de indivíduos na plenitude da vida. Baseado nesses fatos, o objetivo do presente trabalho foi realizar um estudo estatístico descritivo e comparativo da presença de álcool nos indivíduos envolvidos em infrações e acidentes de trânsito, ocorridos na região de Ribeirão Preto, no interior paulista, em conjunto com dados fornecidos pela Empresa de Trânsito e Transporte Urbano de Ribeirão Preto (TRANSERP). Foram avaliadas amostras de sangue de infratores e/ou vítimas de ocorrências de trânsito da região...

Padrão habitual de consumo e uso de álcool: implicações em lesões por acidentes de trânsito em pacientes internados, Uberlândia - MG; The standards of use and alcohol consumption: implications from injuries caused by traffic accidents in hospitalized patients, Uberlandia, Minas Gerais, Brazil

Lemos, Carla Andréa Gondim
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 20/03/2015 PT
Relevância na Pesquisa
106.12%
Historicamente o uso do álcool faz parte das tradições culturais da humanidade desde os tempos mais remotos, sendo considerado legal e aceito em muitas sociedades. Porém, a cultura da aceitação da combinação lazer e álcool e álcool e direção fizeram dos acidentes de trânsito uma das principais consequências do uso inadequado do produto em todo o mundo ocasionando sérias percussões socioeconômicas e de saúde. Este estudo objetivou conhecer e correlacionar o padrão habitual de consumo e o uso momentâneo de álcool a lesões por acidentes de trânsito que motivaram internações em Hospital Público Universitário de Uberlândia, Minas Gerais. Os dados foram coletados por contato direto com os pacientes através de entrevistas, entre os meses de abril e novembro de 2013. Na amostra predominaram indivíduos jovens e adultos jovens (56,7%); idade média 33,9 anos; do gênero masculino (82,4%); não brancos (60,5%); não casados (59,5%); católicos (56,6%); procedentes do município (74,6%); de baixa escolaridade (47,0%) e renda (65,6%); trabalhadores de serviços gerais (53,4%); sem emprego regular (53,0%). As colisões (61,6%) foram o tipo de acidente mais comum; envolvendo principalmente motociclistas (74...

Publicidade televisiva de cerveja e ocorrência de acidentes de trânsito na cidade de Lima

Barba, Milos Richard Lau
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Dissertação
PT_BR
Relevância na Pesquisa
116.29%
Uma das características mais ressaltantes nos últimos anos é a variedade de publicidade com as quais as empresas produtoras de bebidas alcoólicas tratam de influenciar os consumidores para comercializar seus produtos. Neste contexto surgem duas posições em relação aos efeitos da publicidade de bebidas alcoólicas no consumo desmedido e suas conseqüências na sociedade: por um lado, as empresas produtoras investem em publicidade só como um recurso para induzir o consumidor à compra do produto que oferecem em comparação aos oferecidos por seus concorrentes, e não necessariamente para promover condutas irresponsáveis no consumo de seus produtos, como dirigir alcoolizado depois de consumir bebidas alcoólicas. Por outro lado, na literatura da saúde pública opina-se o contrário: os acidentes de trânsito são vistos como uma das conseqüências do consumo desmedido e irresponsável destas bebidas, muitas vezes devido a uma publicidade de bebidas alcoólicas. Assim, a pergunta central da pesquisa é: qual é a influência da publicidade de cerveja nos acidentes de trânsito provocados por motoristas ou pedestres em estado de embriagues na cidade de Lima? Para responder a pergunta se usará um modelo log-linear estimado pelo método de Mínimos Quadrados Ordinário (MQO)...

Acidentes de trânsito fatais e sua associação com indicadores sociais e adolescência

Sauer, Maria Teresa Nardin
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
96.18%
Introdução - Os acidentes de trânsito são um grave problema de saúde pública universal, em países desenvolvidos e subdesenvolvidos, estando entre as primeiras causas de morte em quase todos os países do mundo (DEL CIAMPO & RICCO, 1996). No Brasil, assu-mem grande relevância, especialmente pela alta morbidade e mortalidade, predominância em populações jovens e/ou economicamente ativas, maior perda de anos de vida produtiva e ele-vado custo direto e indireto para a sociedade. Objetivo - Os objetivos deste trabalho foram descrever a magnitude da mortali-dade por acidentes de trânsito, avaliar sua correlação com indicadores sociais e proporção de jovens na população e testar a sua associação com adolescência, sexo masculino e consumo de álcool. Material e Métodos - Foi realizado, inicialmente, um estudo ecológico envolven-do todas as capitais das unidades da federação e Distrito Federal (exceto o município do Rio de Janeiro), com coleta de dados sobre acidentes de trânsito com vítimas no Departamento Nacional de Trânsito. Foram descritos os índices de acidentes de trânsito com vítimas p/ 1.000 veículos (IAT-V) e de feridos p/ 1.000 veículos (IF-V) referentes aos anos de 1995, 1997 e 1998 e o índice de mortos p/ 10.000 veículos (IM-V) referente ao período de 1995 a 1998. Em seguida...

Disponibilidade de bebidas alcoólicas e beber e dirigir

De Boni, Raquel Brandini
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
96.19%
O consumo abusivo de álcool e os acidentes de trânsito (AT) são considerados problemas de saúde pública, sendo que, anualmente, causam a morte de 2,5 e 1,2 milhões de pessoas, respectivamente, em todo o mundo. A densidade de pontos de consumo de álcool (Alcohol Outlets - AO) vem sendo relacionada ao comportamento de beber e dirigir (Drive Under Influence - DUI), e este é fator de risco importante para AT. Contudo, essa associação permanece controversa na literatura internacional e não há no Brasil estudos que a tenham avaliado. Esta tese compreende três estudos distintos, apresentados em quatro artigos científicos, e tem como objetivo geral avaliar a associação entre a disponibilidade física de bebidas alcoólicas e o comportamento de beber e dirigir na cidade de Porto Alegre. Considerando a escassez de dados nacionais na área, os dois primeiros estudos (“Geoprocessamento e análise espacial de acidentes de trânsito e pontos de consumo de bebidas alcoólicas em Porto Alegre” e “Prevalência de alcoolemia positiva em vítimas de acidente de trânsito atendidas em emergências de Porto Alegre”) foram necessários para estabelecer os parâmetros do último, um inquérito para avaliar a prevalência DUI entre motoristas que freqüentam AO. O primeiro artigo (Traffic crashes and alcohol outlets in a Brazilian state capita) descreve um estudo transversal utilizando dados secundários...

Estudo dos níveis de alcoolemia nas vítimas fatais de acidentes de trânsito no Distrito Federal

Modelli, Manoel Eugenio dos Santos
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
PT_BR
Relevância na Pesquisa
106.07%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Medicina, 2007.; O objetivo deste trabalho foi o de verificar a presença de alcoolemia em vítimas fatais de acidentes de trânsito, uma das principais causas de morte violenta, no Distrito Federal, Brasil. Em um período compreendido entre primeiro de janeiro e 31 de dezembro de 2005, foram analisados 443 casos, de mortes por acidentes de trânsito. Desse total, de acordo com critérios estabelecidos no protocolo, foram coletadas amostras de sangue provenientes de câmaras cardíacas em 238 casos (53,72%). As amostras foram analisadas por cromatografia gasosa. Entre as vítimas de colisão, 44,24% tinham níveis de alcoolemia acima de 0,6 g/l, e 92% eram os condutores dos veículos envolvidos. Entre as vítimas de capotagens, 57,7% apresentavam níveis de alcoolemia maiores que 0,6 g/l e 84,6% eram condutores. Entre os pedestres, vítimas fatais, 32,5% tinham níveis acima de 0,6 g/l. Em todos os tipos de acidentes, a maioria das vítimas era jovem, entre 18-35 anos, do sexo masculino e estado civil solteiro. O estudo mostra a alta prevalência de alcoolemia positiva (maior de 0,6 g/l) nas vítimas fatais de acidentes de trânsito, no Distrito Federal e chama atenção para a importância do álcool na epidemiologia desses eventos. ___________________________________________________________________________________ ABSTRACT; The objetictive of this article was to verify the association of blood levels and fatal victims of traffic accidentes...

Alcoolemia em vítimas fatais de acidentes de trânsito no Distrito Federal, Brasil; Blood alcohol concentration in fatal traffic accidents in the Federal District, Brazil

Modelli, Manoel Eugenio dos Santos; Pratesi, Riccardo; Tauil, Pedro Luiz
Fonte: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR; ENG
Relevância na Pesquisa
106%
O objetivo do estudo foi analisar a presença de alcoolemia em vítimas fatais de acidentes de trânsito, no Distrito Federal, em 2005. De 442 óbitos, 163 foram resultantes de atropelamentos, 84 de capotagem e 195 de colisão. A alcoolemia foi dosada em 238 casos (53,7%). A maioria das vítimas era jovem, entre 18 e 35 anos e do sexo masculino. Entre as vítimas de colisão, 44,2% tinham níveis de alcoolemia acima de 0,6 g/l; nas vítimas de capotagens, esse percentual foi de 57,7% e, entre os pedestres, 32,5%. A diferença entre as proporções de vítimas com alcoolemia positiva foi estatisticamente significativa para os que sofreram acidentes de capotagem em relação aos demais. _______________________________________________________________________________________ ABSTRACT; The objective of the study was to assess the association between high blood alcohol levels and fatal victims of traffi c accidents in the Brazilian Federal District, in 2005. A total of 442 casualties (163 pedestrians, 84 victims of overturns, and 195 of collisions) were studied. Blood alcohol concentration was analyzed in 238 cases (53.7%). Most victims were young males, aged between 18 and 35 years. Blood alcohol levels higher than 0.6 g/L were detected in 44.2% of collision victims; 57.7% of victims of overturns and 32.5% of pedestrians. The difference in proportions between overturn victims with blood alcohol concentration higher than 0.6 g/L and those victims of other traffic accidents was statistically signifi cant.

Alcoolemia em vítimas fatais de acidentes de trânsito no Distrito Federal, Brasil

Modelli,Manoel Eugenio dos Santos; Pratesi,Riccardo; Tauil,Pedro Luiz
Fonte: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2008 PT
Relevância na Pesquisa
116%
O objetivo do estudo foi analisar a presença de alcoolemia em vítimas fatais de acidentes de trânsito, no Distrito Federal, em 2005. De 442 óbitos, 163 foram resultantes de atropelamentos, 84 de capotagem e 195 de colisão. A alcoolemia foi dosada em 238 casos (53,7%). A maioria das vítimas era jovem, entre 18 e 35 anos e do sexo masculino. Entre as vítimas de colisão, 44,2% tinham níveis de alcoolemia acima de 0,6 g/l; nas vítimas de capotagens, esse percentual foi de 57,7% e, entre os pedestres, 32,5%. A diferença entre as proporções de vítimas com alcoolemia positiva foi estatisticamente significativa para os que sofreram acidentes de capotagem em relação aos demais.

Uso de bebidas alcoólicas em postos de gasolina de Porto Alegre: estudo piloto

De Boni,Raquel; Benzano,Daniela; Leukefeld,Carl
Fonte: Sociedade de Psiquiatria do Rio Grande do Sul Publicador: Sociedade de Psiquiatria do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2008 PT
Relevância na Pesquisa
106.02%
INTRODUÇÃO: O uso de álcool é um forte preditor de acidentes de trânsito. Este artigo descreve a factibilidade e dados preliminares de um estudo que avalia a alcoolemia entre jovens que utilizam bebidas alcoólicas em estacionamentos de postos de gasolina de Porto Alegre (RS). MÉTODO: Estudo transversal, com amostra em alvo, estratificada por idade e gênero. Os dados foram coletados através de um questionário autopreenchido, e a alcoolemia foi estimada com uso de bafômetro. RESULTADOS: A taxa de recusa foi de 13,7%, e medida da alcoolemia acima de 0,06% foi encontrada em 35,5% (IC95% 24,3-47,9) da amostra. Aproximadamente 10% destes indivíduos (18% dos homens) relatavam intenção de dirigir nas 2 horas subseqüentes à coleta. CONCLUSÃO: É discutida a potencial utilização deste tipo de dado, bem como a necessidade de novos estudos sobre uso de substâncias em motoristas brasileiros.

A atualidade dos acidentes de trânsito na era da velocidade: uma visão geral

Marín,Letícia; Queiroz,Marcos S.
Fonte: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz Publicador: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2000 PT
Relevância na Pesquisa
106.06%
Este artigo focaliza, numa perspectiva interdisciplinar, os estudos sobre acidentes de trânsito em escala nacional e internacional. Ele começa analisando o aumento da produção e consumo de veículos motorizados em todo o mundo e as transformações sociais que esse fato acarretou. Atenção especial é dada à degradação do meio ambiente urbano e ao enorme custo social representado pelos acidentes de trânsito. Em seguida, é apresentado um panorama epidemiológico sobre as vítimas do trânsito. A relação entre personalidade e acidente de trânsito mereceu atenção especial, principalmente no que se refere ao comportamento infrator e ao consumo de bebidas alcoólicas e de outras drogas. O artigo conclui enfatizando a necessidade de o Estado implementar políticas públicas específicas consistentes, a fim de se poder controlar o problema.

Uso de álcool em vítimas de acidentes de trânsito: estudo do nível de alcoolemia

Abreu,Ângela Maria Mendes; Lima,Jose Mauro Braz de; Matos,Ligia Neres; Pillon,Sandra Cristina
Fonte: Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto / Universidade de São Paulo Publicador: Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto / Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2010 PT
Relevância na Pesquisa
116.09%
Trata-se de estudo exploratório descritivo. O objetivo foi correlacionar os níveis de alcoolemia, detectados nas vítimas fatais por acidentes de trânsito, na cidade do Rio de Janeiro, a partir dos registros do Instituto Medico Legal -IML, com o perfil da vítima e as características dos acidentes. Os dados foram levantados no arquivo do IML, por meio dos prontuários de vítimas fatais por acidentes de trânsito, compilados e tabulados Poe meio do programa estatístico SPSS, no período compreendido entre janeiro e maio de 2005. Avaliaram-se 348 prontuários de vítimas fatais por acidentes de trânsito. Desses, apenas 94 realizaram o exame de alcoolemia, sendo que 83 apresentaram alcoolemia positiva e 60,2% níveis acima de 0,6g/l. Evidenciou-se o envolvimento do álcool com vítimas fatais nos acidentes de trânsito em níveis acima e abaixo de 0,6g/l de álcool por litro de sangue.

Acidentes de trânsito e a frequência dos exames de alcoolemia com vítimas fatais na cidade do Rio de Janeiro

Abreu,Ângela Maria Mendes; Lima,Jose Mauro Braz de; Griep,Rosane Harter
Fonte: Universidade Federal do Rio de Janeiro Publicador: Universidade Federal do Rio de Janeiro
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2009 PT
Relevância na Pesquisa
115.99%
Estudo epidemiológico descritivo. O objetivo foi analisar os óbitos por acidentes de trânsito, registrados no Instituto Médico Legal (IML), na cidade do Rio de Janeiro, segundo a frequência de realização dos exames sobre os níveis de alcoolemia. Foram analisados 533 prontuários, no período de seis meses, que corresponderam a 12,3% do total de mortes registradas. Evidenciou-se que o exame de alcoolemia foi prioritariamente realizado nas vítimas que vieram de via pública e deram entrada no IML nas primeiras 12 horas após o acidente. A realização dos testes de alcoolemia teve significativa relação com o tempo decorrido entre o acidente e o óbito. Identificou-se, contudo, grande perda de oportunidade de realização do exame para um grande número de vítimas vindas diretamente de via pública nas primeiras 12 horas do acidente (50,1%), colaborando para uma subnotificação dos verdadeiros números de álcool no trânsito.

Ensaios em economia da saúde : o risco e o valor de uma vida estatística no caso dos acidentes de trânsito na cidade de Porto Alegre

Sousa, Tanara Rosângela Vieira
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
96.15%
Nesta tese são desenvolvidos três estudos sobre o risco associado aos acidentes de trânsito, com o objetivo de avaliar como a população o percebe, e o valor que estaria disposta a pagar para reduzi-lo. As análises foram feitas com duas diferentes metodologias econométricas e dois diferentes conjuntos de dados da população de Porto Alegre. O primeiro estudo procurou avaliar que fatores de risco contribuem para aumentar a gravidade dos acidentes de trânsito, utilizando dados de acidentes de trânsito ocorridos na cidade de Porto Alegre no período 2000-2008, através de modelos logit ordenados generalizados. Os resultados indicam que a maioria das vítimas feridas em acidentes de trânsito são condutores jovens, do sexo masculino e que estavam em motocicletas ou cujo acidente foi um choque contra obstáculos. Contudo, as vítimas fatais têm maior probabilidade de morte são os pedestres, com mais de 60 anos de idade. Os acidentes com maior gravidade ocorrem em maior proporção a noite ou finais de semana, em locais mais afastados do centro da cidade, o que sugere comportamento associado à alta velocidade e uso de substâncias psicoativas como álcool. Para os demais estudos utilizaram-se dados de um survey feito com a população de Porto Alegre em 2009. O segundo estudo avalia como as características sócio-demográficas...

Alcoolemia de jovens e lei contra o consumo de álcool; Alcoholemia de jóvenes y la ley contra consumo de alcohol, Brasil; Young people's blood alcohol concentration and the alcohol consumption city law, Brazil

De Boni, Raquel; Leukefeld, Carl; Pechansky, Flavio
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/12/2008 ENG
Relevância na Pesquisa
96.15%
No artigo foram analisados a alcoolemia e comportamentos de risco para acidentes de trânsito em jovens antes e depois da implementação de lei proibindo o consumo de bebidas alcoólicas em postos de gasolina. Em Porto Alegre (RS), os jovens costumam sair à noite e dirigir até lojas de conveniência de postos de gasolina para comprar e consumir bebidas alcoólicas nos estacionamentos dentro dos postos. Os dados foram obtidos de questionários autoaplicáveis e bafômetro em duas coletas transversais realizadas com jovens, abordados em maio e julho de 2006 com amostragem intencional (n=62 e n=50, respectivamente). Não houve diferença significativa entre os grupos entrevistados. Alcoolemia >;0,06% foi encontrada em 35,5% e 40% dos indivíduos antes e depois da lei, respectivamente (p=0,62). Os resultados apontam o uso pesado de álcool em ambos os grupos, inalterado pela implementação da lei.; En el artículo se analizaron la alcoholemia y los comportamientos de riesgo de accidentes de transito en jóvenes antes y después de la implementación de la ley que prohíbe el consumo de bebidas alcohólicas en puestos de gasolina. En Puerto Alegre (Sur de Brasil), los jóvenes acostumbran salir de noche y conducir hasta las tiendas de conveniencia de puestos de gasolina para comprar y consumir bebidas alcohólicas en los estacionamientos dentro de los puestos. Los datos fueron obtenidos de encuestas auto-aplicables y alcoholímetro en dos colectas transversales realizadas con jóvenes...

Alcoolemia em vítimas fatais de acidentes de trânsito no Distrito Federal, Brasil; Blood alcohol concentration in fatal traffic accidents in the Federal District, Brazil

Modelli, Manoel Eugenio dos Santos; Pratesi, Riccardo; Tauil, Pedro Luiz
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; ; Formato: application/pdf; application/pdf
Publicado em 01/04/2008 POR; ENG
Relevância na Pesquisa
116%
O objetivo do estudo foi analisar a presença de alcoolemia em vítimas fatais de acidentes de trânsito, no Distrito Federal, em 2005. De 442 óbitos, 163 foram resultantes de atropelamentos, 84 de capotagem e 195 de colisão. A alcoolemia foi dosada em 238 casos (53,7%). A maioria das vítimas era jovem, entre 18 e 35 anos e do sexo masculino. Entre as vítimas de colisão, 44,2% tinham níveis de alcoolemia acima de 0,6 g/l; nas vítimas de capotagens, esse percentual foi de 57,7% e, entre os pedestres, 32,5%. A diferença entre as proporções de vítimas com alcoolemia positiva foi estatisticamente significativa para os que sofreram acidentes de capotagem em relação aos demais.; The objective of the study was to assess the association between high blood alcohol levels and fatal victims of traffic accidents in the Brazilian Federal District, in 2005. A total of 442 casualties (163 pedestrians, 84 victims of overturns, and 195 of collisions) were studied. Blood alcohol concentration was analyzed in 238 cases (53.7%). Most victims were young males, aged between 18 and 35 years. Blood alcohol levels higher than 0.6 g/L were detected in 44.2% of collision victims; 57.7% of victims of overturns and 32.5% of pedestrians. The difference in proportions between overturn victims with blood alcohol concentration higher than 0.6 g/L and those victims of other traffic accidents was statistically significant.

Uso de álcool em vítimas de acidentes de trânsito: estudo do nível de alcoolemia; Uso de alcohol en accidentes de tránsito: estudio del nivel de alcoholemia; Alcohol use and traffic accidents: a study of alcohol levels

Abreu, Ângela Maria Mendes; Lima, Jose Mauro Braz de; Matos, Ligia Neres; Pillon, Sandra Cristina
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/06/2010 POR
Relevância na Pesquisa
116.21%
Trata-se de estudo exploratório descritivo. O objetivo foi correlacionar os níveis de alcoolemia, detectados nas vítimas fatais por acidentes de trânsito, na cidade do Rio de Janeiro, a partir dos registros do Instituto Medico Legal -IML, com o perfil da vítima e as características dos acidentes. Os dados foram levantados no arquivo do IML, por meio dos prontuários de vítimas fatais por acidentes de trânsito, compilados e tabulados Poe meio do programa estatístico SPSS, no período compreendido entre janeiro e maio de 2005. Avaliaram-se 348 prontuários de vítimas fatais por acidentes de trânsito. Desses, apenas 94 realizaram o exame de alcoolemia, sendo que 83 apresentaram alcoolemia positiva e 60,2% níveis acima de 0,6g/l. Evidenciou-se o envolvimento do álcool com vítimas fatais nos acidentes de trânsito em níveis acima e abaixo de 0,6g/l de álcool por litro de sangue.; Se trata de estudio epidemiológico exploratorio y descriptivo. El objetivo fue correlacionar los niveles de alcoholemia detectados en las víctimas fatales por accidentes de tránsito, en la ciudad de Río de Janeiro (datos de los registros del Instituto Médico Legal/IML) con el perfil de la víctima y las características de los accidentes. Los datos fueron recolectados del archivo del IML...

Lesões por Acidentes de Trânsito e uso de medidas de segurança por imigrantes latino-americanos residentes em Sevilha

González-López,José Rafael; Rodríguez-Gázquez,María de los Ángeles; Lomas-Campos,María de las Mercedes
Fonte: Escola Superior de Enfermagem de Coimbra - Unidade de Investigação em Ciências da Saúde - Enfermagem Publicador: Escola Superior de Enfermagem de Coimbra - Unidade de Investigação em Ciências da Saúde - Enfermagem
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2014 PT
Relevância na Pesquisa
116%
Enquadramento: As Lesões por Acidentes de Trânsito (LAT) são a principal causa de morte entre os jovens a nível mundial. O risco destas lesões e o uso de medidas de segurança em jovens imigrantes que vivem em Sevilla não são conhecidos. Objetivos: Estimar a prevalência mensal auto-relatada de LAT e o uso de medidas de segurança em imigrantes latino-americanos, com idades compreendidas entre os 25 e os 44 anos, residentes na cidade de Sevilla (Espanha) em 2011. Metodologia: Estudo descritivo-transversal, com uma amostra representativa constituída por 190 imigrantes. Resultados: Os resultados demonstram que: (1) 3,7% sofreram LAT, sendo que o risco é maior nos homens, com idade superior a 35 anos, desempregados ou estudantes, com formação pelo menos ao nível do ensino secundário; (2) 3,5% conduziram um motociclo, automóvel ou bicicleta depois de ingerirem álcool ou consumirem outras drogas; (3) a maioria usou cinto de segurança (91,8% em automóveis) e capacete (77,8% em motociclos). Conclusão: Os imigrantes latino-americanos residentes em Sevilla têm um risco considerável de sofrer LAT, pelo que se recomendam intervenções de Enfermagem na área da educação para a prevenção deste tipo de lesões.

A atualidade dos acidentes de trânsito na era da velocidade: uma visão geral

Marín,Letícia; Queiroz,Marcos S.
Fonte: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz Publicador: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2000 PT
Relevância na Pesquisa
106.06%
Este artigo focaliza, numa perspectiva interdisciplinar, os estudos sobre acidentes de trânsito em escala nacional e internacional. Ele começa analisando o aumento da produção e consumo de veículos motorizados em todo o mundo e as transformações sociais que esse fato acarretou. Atenção especial é dada à degradação do meio ambiente urbano e ao enorme custo social representado pelos acidentes de trânsito. Em seguida, é apresentado um panorama epidemiológico sobre as vítimas do trânsito. A relação entre personalidade e acidente de trânsito mereceu atenção especial, principalmente no que se refere ao comportamento infrator e ao consumo de bebidas alcoólicas e de outras drogas. O artigo conclui enfatizando a necessidade de o Estado implementar políticas públicas específicas consistentes, a fim de se poder controlar o problema.

Alcoolemia em vítimas fatais de acidentes de trânsito no Distrito Federal, Brasil

Modelli,Manoel Eugenio dos Santos; Pratesi,Riccardo; Tauil,Pedro Luiz
Fonte: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2008 PT
Relevância na Pesquisa
116%
O objetivo do estudo foi analisar a presença de alcoolemia em vítimas fatais de acidentes de trânsito, no Distrito Federal, em 2005. De 442 óbitos, 163 foram resultantes de atropelamentos, 84 de capotagem e 195 de colisão. A alcoolemia foi dosada em 238 casos (53,7%). A maioria das vítimas era jovem, entre 18 e 35 anos e do sexo masculino. Entre as vítimas de colisão, 44,2% tinham níveis de alcoolemia acima de 0,6 g/l; nas vítimas de capotagens, esse percentual foi de 57,7% e, entre os pedestres, 32,5%. A diferença entre as proporções de vítimas com alcoolemia positiva foi estatisticamente significativa para os que sofreram acidentes de capotagem em relação aos demais.