Página 1 dos resultados de 64 itens digitais encontrados em 0.002 segundos

O significado e percepção das consequências do consumo do álcool da população adolescente de um colégio particular de Lisboa

Salvador, Maria Teresa Français
Fonte: Universidade Aberta de Portugal Publicador: Universidade Aberta de Portugal
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2008 POR
Relevância na Pesquisa
36.55%
Dissertação de Mestrado em Comunicação em Saúde apresentada à Universidade Aberta; Nas últimas décadas assiste-se a uma mudança radical no padrão de consumo de álcool que se centra fundamentalmente na alteração de um consumo diário para um consumo de fim-de-semana. Está associado principalmente aos jovens, é uma forma de consumo mais compulsivo e a embriaguez é por excelência o símbolo deste tipo de consumo. A realização do presente estudo, visa perceber qual o significado que os jovens atribuem ao consumo de álcool, perceber qual o envolvimento da família e se esta influencia os comportamentos dos seus filhos adolescentes, perceber qual o conhecimento que os adolescentes têm acerca das consequências do consumo de álcool, a curto e a longo prazo e qual a sua motivação face a uma área curricular sobre promoção de saúde. Este estudo pretende, portanto, perceber também, se é pertinente intervir em promoção de saúde junto dos jovens, em contexto escolar, no sentido de lhes proporcionar competências para decidirem sobre a sua própria saúde e optarem por comportamentos e estilos de vida saudáveis. Trata-se de um estudo exploratório e descritivo, enquadrado num paradigma quantitativo. Foi utilizada uma amostra não probabilística e uma técnica de amostragem de conveniência. Foi elaborado um questionário que se aplicou a uma amostra de 149 adolescentes...

Ésteres em aguardente de cana: seu perfil; Esters in sugar cane spirits: its profile

Nascimento, Eduardo Sanches Pereira do
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 17/04/2007 PT
Relevância na Pesquisa
27.28%
A presença de nove ésteres (acetato de etila, butanoato de etila, hexanoato de etila, lactato de etila, octanoato de etila, nonanoato de etila, decanoato de etila, octanoato de isoamila e dodecanoato de etila) foi investigada por cromatografia gasosa hifenada à espectrometria de massas via injeção direta de amostras (ID-CG-EM). Cento e trinta e seis amostras de aguardente de cana foram coletadas durante sua destilação em diferentes produtores em diferentes cidades localizadas no interior do estado de São Paulo. Também foram analisadas 21 amostras de cachaça comercial, 10 amostras de rum e 10 amostras de uísque importados e obtidos em lojas "duty free shop". A metodologia analítica desenvolvida para análise de ésteres demonstrou-se apropriada para a determinação destes compostos em bebidas destiladas, sendo simples (injeção direta), seletiva e relativamente rápida. Apresentou baixos limites de detecção e quantificação e boa repetibilidade. O acetato de etila é o principal éster presente nas bebidas destiladas seguido pelo lactato de etila. Em todas as amostras de bebidas destiladas analisadas neste trabalho foi detectada a presença do éster lactato etila. A presença deste éster está relacionada com a contaminação do mosto por bactérias (Lactobacillus spp) responsáveis pela fermentação láctica. A concentração de lactato de etila nas amostras de cachaça e rum é muito superior à encontrada nas amostras de uísque. A análise multivariada dos resultados analíticos aplicada ao banco de dados dos ésteres juntamente com as concentrações de carbamato de etila e benzaldeído levaram à formação de dois grupos bem distintos: amostras destiladas em alambiques de cobre e amostras destiladas em colunas de aço inox. Os modelos estatísticos gerados pelas análises exploratórias de PCA...

Desenvolvimento de uma nova versão do injetor comutador automático: determinação fotométrica de etanol em bebidas destiladas; Development of a new version of the automatic injector commutator: photometric determination of ethanol in spirits

Santos Junior, Felisberto Gonçalves
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 12/09/2012 PT
Relevância na Pesquisa
46.85%
Neste trabalho, apresentamos uma nova versão do injetor comutador, baseada na geometria retangular, mantendo a configuração de três peças, sendo a central móvel e as laterais fixas. Nesta condição, os parafusos de ajuste não funcionam como guia, tal como ocorre nos injetores da primeira geração. Este design facilita o deslocamento da parte móvel, contribuindo para a redução do atrito, o que permite o emprego de um pequeno motor de corrente contínua (12 V; 0,4 A), o qual foi usado para fazer o deslocamento da barra central da posição de amostragem para a de injeção e vice-versa. O funcionamento do injetor foi controlado pelo computador, usando apenas 2 bits de controle. A interface de controle projetada para esse fim, inclui a condição de reversão da direção de rotação do motor e lógica anti-duplicidade, então se os dois bits forem ativados ao mesmo tempo, a rotação do motor é mantida no sentido horário. Para testar a viabilidade deste injetor, o mesmo foi empregado para desenvolver um procedimento para determinação de etanol em bebidas destiladas. O procedimento fotométrico foi baseado na reação de etanol com dicromato de potássio. A detecção fotométrica foi realizada empregando um fotômetro de LED com máximo de emissão em 590 nm. O módulo de análise constituído pelo injetor e um conjunto de válvulas solenoide foi projetado para implementar o processo de reamostragem...

Estudo multicêntrico internacional sobre a associação entre o uso de álcool e a ocorrência de lesões em pacientes atendidos em unidades de emergência; Comparative cross-national emergency room analysis of alcohol and injuries

Andreuccetti, Gabriel
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 25/04/2014 PT
Relevância na Pesquisa
37.03%
INTRODUÇÃO: Estudos prévios já foram capazes de prover evidências científicas suficientes de que o álcool é um fator causal na ocorrência de lesões traumáticas. No entanto, informações sobre o risco de lesão de acordo com o tipo de bebida alcoólica consumida e o contexto do uso de álcool ainda são escassas na literatura. No presente estudo, uma comparação internacional sobre a associação entre o uso de álcool e a ocorrência de lesões foi realizada, com o objetivo principal de expandir o entendimento de como variáveis contextuais relacionadas ao uso de álcool e ao evento que ocasionou a lesão podem influenciar a ocorrência de lesões associadas ao consumo dessa substância. MÉTODOS: Os dados são provenientes de pacientes que foram atendidos com lesões em unidades de emergência de oito países da região da América Latina e do Caribe (ALC). Foram obtidas informações dos pacientes que relataram o uso de álcool até seis horas antes da lesão a respeito do tipo de bebida alcoólica e o volume total de álcool consumido (antes da lesão e durante uma ocasião típica no último ano), além do local do evento que ocasionou a lesão. Os pacientes que relataram não ter bebido antes da lesão também foram questionados quanto ao consumo típico de álcool no último ano e sobre o local do evento que resultou na lesão. As diferenças intra- e entre-grupos foram analisadas segundo o consumo de álcool relatado antes da lesão e durante uma ocasião típica de consumo. RESULTADOS: A cerveja foi o tipo de bebida alcoólica mais comumente relatada pelos pacientes com lesões relacionadas ao uso de álcool entre os países avaliados. Entretanto...

Bidestilação em alambiques contendo dispositivos de prata e cobre e sua influência na qualidade da cachaça

Cavalcanti, Aline Ferreira
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 95 f.
POR
Relevância na Pesquisa
47.22%
Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP); Pós-graduação em Alimentos e Nutrição - FCFAR; A contaminação da aguardente brasileira por íons de cobre já foi considerada um entrave à exportação da bebida e, mais recentemente, o seu possível envolvimento nas reações de formação do carbamato de etila, substância potencialmente carcinogênica têm sido constantemente citados como motivo para se substituir o cobre dos alambiques. Sabe-se porém, que o cobre, dado seu potencial catalisador, tem papel importante na qualidade sensorial das bebidas destiladas. As primeiras aguardentes obtidas em alambiques de aço inox, metal mais indicado para substituir o cobre dos alambiques, apresentaram um defeito sensorial devido à presença do dimetil sulfeto, cuja redução, no produto final, pode ser obtida pela introdução de dispositivos de cobre no interior dos capitéis de alambiques de aço inox. O processo de bidestilação também foi sugerido como alternativa para redução do teor de cobre contaminante e de outros compostos indesejáveis presentes na cachaça. Nesse sentido, foi objetivo do presente trabalho verificar a eficiência da utilização de outras formas de catalisadores, no caso a prata...

Análise dos compostos flavorizantes da cana-de-açúcar e otimização da aplicação de extratos ricos em β-glicosidases para liberação de aroma na produção de aguardente de cana

Aquino, Amanda Jordano
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 73 f. : il. color.
POR
Relevância na Pesquisa
37.03%
Pós-graduação em Química - IBILCE; A aceitação de bebidas destiladas deriva principalmente de pequenas concentrações de numerosos compostos flavorizantes incluindo alcoóis superiores (óleo fúsel), ésteres, aldeídos, acetais, ácidos, cetonas, lactonas, fenóis voláteis, monoterpenos e norisoprenóides. Dentro deste contexto, para a melhora da qualidade da aguardente de cana-de-açúcar faz-se necessário pesquisas em aplicações tecnológicas e biotecnológicas que visem acentuar o sabor e o aroma, além do desenvolvimento de metodologias de analítica. Assim, neste trabalho foi analisado 21 variedades de cana-de-açúcar, sendo que na variedade SP813250 foi encontrado alta concentração do aldeído 2,6-decadienal, composto de aroma desagradável na produção de bebidas destiladas, e as variedades RB855536, RB987935 e RB975952 produziu grande diversidade e quantidade de voláteis favoráveis ao aroma de bebidas alcóolicas o que leva a inferir que estas variedades possam ser melhor indicadas para a produção de aguardente de cana e além disto, foi possível constatar que maior quantidade de voláteis foram obtidos na casca e nos nódulos da planta. Após a etapa de seleção variáveis para catálise enzimática foram indicadas pelo delineamento fatorial fracionado as seguintes condições: (i) o extrato do fungo Thermoascus aurantiacus...

Caracterização sensorial e química de cachaça mono e bidestilada, envelhecidas em tonéis de carvalho

Rota, Michelle Boesso
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 115 f.
POR
Relevância na Pesquisa
36.66%
Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP); Pós-graduação em Alimentos e Nutrição - FCFAR; A cachaça, bebida fermento-destilada mais consumida no Brasil, tem uma produção anual estimada em 1,3 bilhão de litros, envolvendo mais de 5 mil marcas registradas e a estimativa é de que existam ainda mais de 40 mil produtores não registrados, em todo país. Para obtermos uma cachaça de boa qualidade, além dos cuidados que devem ser tomados durante seu processo de produção e o atendimento às exigências dos padrões de qualidade exigidos pela Legislação Brasileira, essa bebida deve apresentar qualidade sensorial que satisfaça ou supere as expectativas de seus consumidores. Para isso, os compostos voláteis, tais como ésteres, álcoois superiores e compostos carbonílicos, assumem papel de grande importância na caracterização do aroma e sabor característicos da cachaça. O processo de bidestilação para a obtenção da cachaça vem sendo atualmente estudado mas, com a revisão bilbiográfica, pode-se observar que o perfil aromático dessa nova bebida e da cachaça tradicionalmente obtida é geralmente determinado pelos compostos presentes maioritariamente nessas bebidas, exigidos pela Legislação Brasileira...

Padrão de consumo de álcool: estudo epidemiológico no município de Passos (MG)

Almeida, Jussara de Castro
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 80 f. : Figs.
POR
Relevância na Pesquisa
36.72%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Pós-graduação em Alimentos e Nutrição - FCFAR; O objetivo deste estudo foi identificar o padrão de consumo de álcool entre moradores do município de Passos (MG), maiores de 18 anos de idade e sua associação com características sociodemográficas. Para tanto, apresenta-se três capítulos. No capítulo 1, realizou-se uma revisão de literatura sobre o padrão de consumo de bebidas alcoólicas entre a população adulta brasileira e sua associação com fatores sociodemográficos. No segundo capítulo, conduziu-se um estudo piloto para avaliar a invariância do Teste de Identificação de Desordens Devido ao Uso de Álcool (AUDIT), quando aplicado por meio de entrevista pessoal e telefônica. A consistência interna (a) dos fatores do AUDIT; “Frequência de consumo de álcool” (F1), “Sintomas de dependência” (F2) e “Consequências de consumo excessivo de álcool” (F3) foi, respectivamente, 0,82, 0,49 e 0,54 para entrevista pessoal e 0,81, 0,57 e 0,60 para a telefônica. A análise fatorial confirmatória revelou ajustamento adequado do modelo trifatorial aos dados, tanto para entrevista pessoal (c2/gl=1,950; CFI=0,928; GFI=0,929; RMSEA=0...

Quantificação de carbamato de etila em vinhos

Picoli, Paula Monique Chiconi de
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
POR
Relevância na Pesquisa
46.96%
The ethyl carbamate is a compound present in most foods yeast-distillates; due to its carcinogenic potential, national legislation has established a limit of 0.150 µg / mL for spirits, so the values above the same, pose a threat to both public health as well for the economic sector by preventing the export of these products. The aim of this work is to provide the optimization of an analytical method employing the technique of gas chromatography equipped with flame ionization detector (FID) to determine the concentration levels of ethyl carbamate in some samples of wine. The use of ethyl acetate as solvent employed in the extraction, the ethyl carbamate present in wine samples proved to be suitable, where Recoveries were between 97.6 to 103.3% (m / m), with a standard deviation for between 0.56 to 3.50%. The concentrations of ethyl carbamate in particular wine samples vary between 3.22 µg / ml and 3.80 µg / mL, with a mean of 3.48 µg / mL. These valuesare all above the limit set by law. Thus, the results indicate the need for changes in the process of wine production, in order to control the levels of the substance; O carbamato de etila é um composto presente na maioria dos alimentos fermento-destilados; devido ao seu potencial carcinogênico...

Avaliação dos processos de redestilação e purificação com carvão ativado nas qualidades sensoriais e físico-químicas da cachaça

Balarini, Henrique Belinassi
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: 39 f
POR
Relevância na Pesquisa
36.96%
A cachaça é uma bebida exclusivamente brasileira que vem conquistando espaço no mercado dentre as bebidas alcoólicas destiladas. Porém, o Brasil é responsável pelo consumo de 99% do total produzido por ano e apenas 1% é exportado. Isso se deve à falta de padronização na produção e de conhecimento por parte dos produtores, que levam a contaminação por compostos indesejáveis produzindo uma bebida de baixa qualidade, tanto físico-química quanto sensorialmente. Os métodos de redestilação e filtração em carvão ativado vêm sendo alternativas para melhoria da qualidade. Amostras de cachaças foram submetidas a esses métodos e avaliadas quanto à composição química e a qualidade sensorial. As análises químicas de acidez volátil, aldeídos, ésteres, metanol, álcoois superiores e carbamato de etila foram realizadas em triplicatas utilizando cromatografia gasosa. Para a análise sensorial, as amostras foram submetidas ao Teste de Aceitação utilizando escala hedônica híbrida de nove pontos e avaliadas pelo Teste de Kruskal-Wallis. Foi aplicado também o Teste de Ordenação para avaliar a preferência entre as amostras e a Intenção de Compra foi avaliada utilizando-se uma escala de cinco pontos, de certamente não compraria a certamente compraria. A redestilação reduziu os níveis de acidez volátil...

O consumo de bebidas alcoólicas como lazer

Teixeira, Carla Maria Aguiar
Fonte: Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro Publicador: Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
36.72%
Tese de Doutoramento em Psicologia; dc.description.abstract (resumo) O propósito do presente estudo foi caracterizar o padrão de consumo de bebidas alcoólicas dos jovens transmontanos e demonstrar a tese que o mesmo deverá ser entendido como uma das formas de lazer que a sociedade actual disponibiliza aos jovens, nos países industrializados e/ou em vias de desenvolvimento. Um outro propósito foi identificar os factores de risco mais evidentes para os adolescentes. Para o efeito foram estudados 1632 indivíduos, oriundos dos Distritos de Vila Real (391 homens e 608 mulheres) e de Bragança (277 homens e 357 mulheres). Estes grupos foram subdivididos em função das variáveis independentes em estudo: sexo, faixa etária (15‐17 e 18‐20 anos de idade), local de residência (urbanos vs. rural), nível de ensino (3º ciclo, secundário, superior e não estudante), se eram fumadores e se praticavam desporto. Estas duas últimas variáveis foram quantificadas em função das frequências e com base na resposta de sim ou não. As variáveis dependentes do presente estudo foram: consumo de bebidas alcoólicas, primeiro consumo, local e companhia de consumo, consumo de álcool por parte do agregado familiar e dos amigos, motivações para o consumo...

Relação cintura-quadril e fatores de dieta em adultos

Machado,Paula Aballo Nunes; Sichieri,Rosely
Fonte: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2002 PT
Relevância na Pesquisa
36.55%
OBJETIVO: Avaliar as associações entre fatores de dieta e acúmulo de tecido adiposo na região abdominal. MÉTODOS: A partir de um inquérito de base domiciliar realizado no Município do Rio de Janeiro, RJ, em 1995 e 1996, foi investigada a dieta usual em 2.441 pessoas (42,8% homens e 57,2% mulheres) entre 20 anos e 60 anos. Para tanto, utilizou-se um questionário semiquantitativo de freqüência de consumo alimentar, e aferiram-se altura, peso e perímetros de cintura e quadril. Considerou-se a relação cintura-quadril (RCQ) inadequada para os homens que apresentassem RCQ acima de 0,95 e, para as mulheres, acima de 0,80. RESULTADOS: A RCQ inadequada associou-se positivamente a idade, tabagismo, índice de massa corporal e inversamente a escolaridade, renda e atividade física de lazer para ambos os sexos (p<0,05). Não foi verificada associação entre RCQ elevada e consumo de lipídios, carboidratos e fibras totais. Foi encontrada associação positiva entre RCQ inadequada e consumo de bebidas destiladas entre mulheres na menopausa (p<0,001) e consumo de quatro ou mais copos por dia de cerveja entre os homens (p<0,001). CONCLUSÃO: Em concordância a outros estudos similares, somente o consumo de álcool parece estar associado ao acúmulo de gordura abdominal.

Altera??es epiteliais morfol?gicas e morfom?tricas causadas por bebidas alco?licas destiladas em l?ngua de hamsters

Moreira, Rafaela Nogueira
Fonte: UFVJM Publicador: UFVJM
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
37.18%
ABSTRACT The aim of this study was to determine whether topical application of distilled spirits, cacha?a and whiskey, alter the epithelial thickness of tongue mucosa of hamsters. After sample size calculation, 720 microscopic fields were used to measure the total thickness of the tongue epithelium (epithelial layer over the stratum corneum). Forty hamsters were divided into two groups, depending on the application of the test substance in group 1 (cacha?a 48?gl) and group 2 (whiskey 40?gl), both evaluated in the experimental periods of 13 and 20 weeks. The contralateral side of the tongue, which has not received the test substance was used as control. After euthanasia, the tongues were dissected, fixed in 10% formalin solution, processed to obtain histological sections and were stained by hematoxylin and eosin (HE). For the morphometric analysis, three slides per specimen were evaluated. The thickness of the epithelium, both edges of the tongue, was measured with the aid of the program Motic Images Plus 2.0 (Motic ?). Data from morphometric analysis were evaluated by descriptive statistics and by Wilcoxon and Mann-Whitney tests. In cacha?a group, regarding the total thickness of the epithelium, there was a statistically significant difference between the average of the test side...

USO DE ESPÉCIES AMAZÔNICAS PARA ENVELHECIMENTO DE BEBIDAS DESTILADAS: ANÁLISES FÍSICA E QUÍMICA DA MADEIRA

Castro,Jonnys Paz; Perígolo,Deise Morone; Bianchi,Maria Lúcia; Mori,Fábio Akira; Fonseca,Alessandra de Souza; Alves,Isabel Cristina Nogueira; Vasconcellos,Francisco José de
Fonte: UFLA - Universidade Federal de Lavras Publicador: UFLA - Universidade Federal de Lavras
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2015 PT
Relevância na Pesquisa
57.23%
O processo de armazenamento de bebidas destiladas em barris de madeira é uma prática que visa à melhoria das características sensoriais da bebida, tais como cor, aroma e sabor. A qualidade da bebida destilada armazenada nesses barris depende de características da madeira como densidade, permeabilidade, composição química e anatomia, além do tipo de tratamento térmico dado à madeira durante a confecção dos barris. O Brasil possui uma grande diversidade florestal, principalmente no norte do país, na Amazônia. Essa região abriga milhares de espécies de árvores, porém, limita-se à utilização de pouco mais de duas espécies nativas e outras exóticas para o armazenamento de bebidas. Assim, objetivou-se, neste trabalho, determinar algumas das características físicas e químicas das madeiras de quatro espécies florestais da Região Amazônica. Os resultados obtidos para as espécies arbóreas aqui estudadas serão comparados com os de madeiras já utilizadas para o armazenamento de bebidas destiladas. As espécies estudadas foram angelim-pedra (Hymenolobium petraeum Ducke), cumarurana (Dipteryx polyphylla (Huber) Ducke), jatobá (Hymenaea courbaril L.) e louro-vermelho (Nectandra rubra (Mez) C.K. Allen). As árvores foram coletadas em área de manejo florestal da Empresa Precious Woods Amazon...

Estudo sobre o consumo de Álcool nos jovens do 12º ano de uma escola da Figueira da Foz

Soares, Maria de Fátima Serafim; Claro, Maria de Fátima Santos; Gomes, Carlos Joao Bernardes; Gomes, José Hermínio Gonçalves
Fonte: Unidade de Investigação em Ciências da Saúde: Enfermagem - Escola Superior de Enfermagem de Coimbra Publicador: Unidade de Investigação em Ciências da Saúde: Enfermagem - Escola Superior de Enfermagem de Coimbra
Tipo: Outros Formato: application/pdf
Publicado em 14/05/2015 POR
Relevância na Pesquisa
27.23%
Introdução: Pretendemos monitorizar alguns aspetos relacionados com o estilo de vida dos jovens, com vista a estabelecer prioridades para uma futura intervenção. O consumo de álcool no nosso país tem sido alvo de vários estudos. O último relatório da ESPAD revela um aumento no consumo esporádico excessivo (22%), relativamente ao estudo anterior (2007). O estudo PINGA revela que 69,5% dos jovens apresentam consumos mensais e 27,7% praticam binge drink. Quisemos perceber se esta seria uma prioridade de intervenção no concelho. Objetivos: Avaliar a prevalência do consumo de álcool e identificar o padrão de consumo de álcool dos estudantes do 12º ano de uma escola secundária da Figueira da Foz. Avaliar se a prática de exercício físico influencia o consumo de álcool. Metodologia: Estudo descritivo, quantitativo, realizado a população alvo composta por 127 alunos do 12º ano. A colheita de dados foi realizada através de um questionário de autopreenchimento, sobre estilos de vida saudáveis, incluindo o consumo de álcool. Resultados: A população é constituída por 127 estudantes do 12º ano, sendo 54 do sexo masculino e 73 do sexo feminino. A média de idades da população é de 17,37 anos com um desvio padrão de 0...

Estudo sobre o consumo de Álcool nos jovens do 12º ano de uma escola da Figueira da Foz

Soares, Maria de Fátima Serafim; Claro, Maria de Fátima Santos; Gomes, Carlos Joao Bernardes; Gomes, José Hermínio Gonçalves
Fonte: Escola Superior de Enfermagem de Coimbra Publicador: Escola Superior de Enfermagem de Coimbra
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência Formato: application/pdf
Publicado em 14/05/2015 POR
Relevância na Pesquisa
27.23%
Introdução: Pretendemos monitorizar alguns aspetos relacionados com o estilo de vida dos jovens, com vista a estabelecer prioridades para uma futura intervenção. O consumo de álcool no nosso país tem sido alvo de vários estudos. O último relatório da ESPAD revela um aumento no consumo esporádico excessivo (22%), relativamente ao estudo anterior (2007). O estudo PINGA revela que 69,5% dos jovens apresentam consumos mensais e 27,7% praticam binge drink. Quisemos perceber se esta seria uma prioridade de intervenção no concelho. Objetivos: Avaliar a prevalência do consumo de álcool e identificar o padrão de consumo de álcool dos estudantes do 12º ano de uma escola secundária da Figueira da Foz. Avaliar se a prática de exercício físico influencia o consumo de álcool. Metodologia: Estudo descritivo, quantitativo, realizado a população alvo composta por 127 alunos do 12º ano. A colheita de dados foi realizada através de um questionário de autopreenchimento, sobre estilos de vida saudáveis, incluindo o consumo de álcool. Resultados: A população é constituída por 127 estudantes do 12º ano, sendo 54 do sexo masculino e 73 do sexo feminino. A média de idades da população é de 17,37 anos com um desvio padrão de 0...

Qualidade da bebida destilada a partir do mosto combinado de malte de cevada e caldo de cana-de-açúcar; Quality of distilled spirit from combined worts of barley malt and sugarcane juice

Corrêa, Ana Carolina
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 29/10/2015 PT
Relevância na Pesquisa
37.03%
Características sensoriais diferenciadas e qualidade química podem garantir a competitividade de uma bebida destilada. O uísque é uma bebida alcoólica produzida a partir da destilação do mosto fermentado de cereais e que passa por um período de maturação em barris de carvalho. A cachaça, por sua vez, é produzida a partir da destilação do caldo de cana-de-açúcar fermentado. O objetivo deste trabalho foi analisar a qualidade química e sensorial da bebida destilada oriunda das matérias-primas cana-de-açúcar e cevada e produzida mediante técnicas já existentes em processos produtivos de cachaça e uísque. O mosto combinado teve como fonte de açúcares o mosto de caldo de cana e o mosto de malte de cevada, que foram preparados separadamente e depois misturados nas seguintes proporções em porcentagem: 100 (A), 75 (B), 50 (C), 25 (D) e 0 (E) de caldo de cana, complementado com o mosto de malte de cevada. O processo fermentativo foi conduzido a 30ºC, mediante adição de leveduras Saccharomyces cerevisiae, cepas CA-11 e S-33, inoculando-se 1,5 g/L de cada levedura. As destilações foram realizadas em alambique de cobre, seguindo a metodologia de dupla-destilação utilizada para a produção de Scotch malt whisky. As bebidas duplamente destiladas foram acondicionadas em barris de carvalho por 60 dias. Os mostos foram submetidos às análises de pH...

Consumo de tabaco y alcohol en la adolescencia; Tobacco and Alcohol Consumption among Adolescents; Consumo de tabaco e de álcool na adolescência

Ferreira, Maria Margarida da Silva Reis dos Santos; Torgal, Maria Constança Leite de Freitas Paúl Reis
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf; application/pdf; application/pdf
Publicado em 01/04/2010 ENG; POR; SPA
Relevância na Pesquisa
37.1%
O estudo Consumo de tabaco e de álcool na adolescência teve como objectivos principais analisar hábitos de consumo de tabaco e os hábitos de consumo de álcool dos adolescentes do ensino secundário, do distrito do Porto, Portugal. Os resultados evidenciam, em relação ao consumo de tabaco, que a maioria dos inquiridos não fuma, o hábito inicia-se mais cedo nas raparigas e aumenta com a idade, os amigos exercem influência para o início do consumo e, em relação ao consumo de álcool, há evidencia de que cerca da metade dos adolescentes consome bebidas alcoólicas, os rapazes têm mais o hábito de beber, o número de consumidores aumenta com a idade, as bebidas destiladas são as preferidas de ambos os géneros, 44,1% dos inquiridos já se embriagaram pelo menos uma vez e a maioria não pretende deixar de beber.; El estudio Consumo de tabaco y de alcohol en la adolescencia tuvo como objetivos principales analizar los hábitos de consumo de tabaco y los hábitos de consumo de alcohol de los adolescentes de la enseñanza secundaria, del distrito del Porto, en Portugal. Los resultados evidencian, en relación al consumo de tabaco, que la mayoría de los encuestados no fuma, el hábito se inicia más temprano en las muchachas y aumenta con la edad...

Correlación ecológica entre consumo de bebidas alcohólicas y mortalidad por cirrosis hepática en México

NARRO-ROBLES,JOSÉ; GUTIÉRREZ-AVILA,JESÚS HECTOR
Fonte: Instituto Nacional de Salud Pública Publicador: Instituto Nacional de Salud Pública
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/05/1997 ES
Relevância na Pesquisa
47.1%
Objetivo. Determinar la correlación entre consumo de bebidas alcohólicas y mortalidad por cirrosis hepática. Material y métodos. Se efectuó un análisis de correlación ecológica entre el conjunto de variables que integran el patrón de consumo de bebidas alcohólicas investigadas en la Encuesta Nacional de Adicciones en 1993 y la mortalidad por cirrosis hepática, en el periodo 1971-1993 en las ocho regiones en que fue dividido el país. Para determinar el nivel de correlación se utilizaron los coeficientes de correlación de Pearson y de Spearman. Resultados. Solamente se encontró correlación significativa con la prevalencia de bebedores de bebidas destiladas, pulque y cerveza; con esta última la correlación fue negativa. Conclusiones. Aunque se considera que el consumo de pulque es limitado, llama la atención su asociación con la mortalidad por cirrosis hepática. La correlación negativa con la cerveza se interpreta en el sentido de que el consumo de esta bebida no es buen indicador de alcoholismo. Los resultados, aunque sin ser definitivos, muestran la necesidad de efectuar una acción de intervención efectiva en las entidades federativas con exceso de consumo de bebidas destiladas y pulque.

Relação cintura-quadril e fatores de dieta em adultos

Machado,Paula Aballo Nunes; Sichieri,Rosely
Fonte: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2002 PT
Relevância na Pesquisa
36.55%
OBJETIVO: Avaliar as associações entre fatores de dieta e acúmulo de tecido adiposo na região abdominal. MÉTODOS: A partir de um inquérito de base domiciliar realizado no Município do Rio de Janeiro, RJ, em 1995 e 1996, foi investigada a dieta usual em 2.441 pessoas (42,8% homens e 57,2% mulheres) entre 20 anos e 60 anos. Para tanto, utilizou-se um questionário semiquantitativo de freqüência de consumo alimentar, e aferiram-se altura, peso e perímetros de cintura e quadril. Considerou-se a relação cintura-quadril (RCQ) inadequada para os homens que apresentassem RCQ acima de 0,95 e, para as mulheres, acima de 0,80. RESULTADOS: A RCQ inadequada associou-se positivamente a idade, tabagismo, índice de massa corporal e inversamente a escolaridade, renda e atividade física de lazer para ambos os sexos (p<0,05). Não foi verificada associação entre RCQ elevada e consumo de lipídios, carboidratos e fibras totais. Foi encontrada associação positiva entre RCQ inadequada e consumo de bebidas destiladas entre mulheres na menopausa (p<0,001) e consumo de quatro ou mais copos por dia de cerveja entre os homens (p<0,001). CONCLUSÃO: Em concordância a outros estudos similares, somente o consumo de álcool parece estar associado ao acúmulo de gordura abdominal.