Página 1 dos resultados de 124 itens digitais encontrados em 0.002 segundos

"A relação entre psicologia e educação na luta contra a barbárie" ; The relation between Psychology and Education in the fight against barbarism

Barros, Carlos César
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 15/12/2003 PT
Relevância na Pesquisa
27.68%
Este trabalho discute a possibilidade de a educação transformar algo de decisivo em relação à barbárie, baseado na tese de que desbarbarizar se tornou a tarefa mais urgente da educação. O conceito de barbárie é entendido como violência em sua dimensão histórico-natural e subjetiva. O trabalho aborda as facetas da barbárie em seu desenvolvimento social, por sua influência sobre o psiquismo, principalmente a partir do capitalismo, abrindo caminho para algumas reflexões no campo da educação e da psicologia, principalmente no esclarecimento sobre os mecanismos inconscientes que determinam o comportamento. Baseado nas teorias de Theodor Wiesengrund Adorno e Sigmund Freud, discute a possibilidade de informações conscientes superarem ou amenizarem as manifestações imediatas de violência, mesmo sob as poderosas influências inconscientes em uma civilização irracional, que tenha intensificado o seu mal-estar.; This work discusses the possibility of the Education to have a relevant role in the fight against the barbarism, based in the hypothesis that to civilize has become the most urgent task of the Education. The concept of barbarism is that of the violence in its natural-historic and subjective dimensions. The present work studies the characteristics of the social development of barbarism...

O mundo interligado: poder, guerra e território nas lutas na Argentina e na Nova Zelândia (1826-1885); Connected worlds: political power, war and territory in the struggles in Argentina and New Zealand (1826-1885)

Passetti, Gabriel
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 01/09/2010 PT
Relevância na Pesquisa
27.17%
Esta tese analisa as relações entre indígenas e criollos estabelecidas na Argentina e as entre os Maori e os pakeha na Nova Zelândia, entre as décadas de 1820 e 1880. Suas fontes são relatos de viagens, cartas, relatórios, petições, abaixo-assinados, leis e tratados de paz. São acompanhadas as transformações ocorridas no período, traçados os diferentes projetos dos grupos em luta pelo poder político, as aproximações e distanciamentos, e as estratégias de Caciques e Chefes para participar e controlar as redes de trocas, e evitar a perda de poder e territórios. A análise da atuação britânica permitiu estabelecer conexões entre regiões distantes no espaço, mas próximas quanto às situações vividas. A comparação entre uma colônia do Império Britânico e uma república recém-independente permitiu a compreensão da circulação de ideias, pessoas e produtos e a consolidação de imagens e de discursos que estabeleciam diferenças entre anglicanos e católicos, monarquistas e republicanos. Diante da expansão liberal, tanto os indígenas pampeanos quanto os Maori da Nova Zelândia superaram tradicionais rivalidades e tentaram expulsar criollos e pakehas. Quando foram associados à barbárie por colonos, militares e governantes...

As razões da política: humanistas e barbárie em Giambattista Vico; The Reasons of Politics: humanitas and barbarism in Giambattista Vico

Silva Neto, Sertório de Amorim e
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 19/11/2010 PT
Relevância na Pesquisa
27.17%
Demonstrou-se o entrecruzamento de teoria social e teoria do conhecimento na filosofia de Giambattista Vico, trama que evidencia a reconciliação humanismo-modernidade, o que foi nomeado na tese humanismo tardio. Esta lógica é o norte do pensamento expresso na Scienza nuova (1744). Não obstante, desejou-se investigar o modo como o tema se desenhou nos textos anteriores, sobremaneira na Oração Inaugural de 1709, De nostri temporis studiorum ratione, e no livro metafísico de 1710, De antiquissima italorum sapientia. No livro de 1710 foram estudados os conceitos de verdade e de ciência, bem como a metafísica do conatus de Vico. Já na Oração, interpelamos os aspectos gerais de uma filosofia que reconhece o risco da corrupção política e o valor dos studia humanitatis para a prudência e a virtude civil das nações. Nesses dois escritos e nessas duas esferas específicas de questões (do conhecimento e da política) foram investigadas as estruturas da filosofia madura celebrizada na última Scienza nuova.; It was showed Giambattista Vico´s intercrossing of the social theory and knowledge theory in a plot that evidences the reconciliation of humanism-modernity, what was called in thesis late humanism. This logic is the north of the expressed thought at Scienza Nuova (1744). Notwithstanding was wished inquired about how this theme was also drew on previous texts...

Fim do ethos antigo e ocaso das ilusões: Giacomo Leopardi e a modernidade; The end of the ancient ethos, the twilight of illusions: Giacomo Leopardi and the modernity

Teixeira, Fábio Rocha
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 06/03/2013 PT
Relevância na Pesquisa
27.97%
Esta Tese tem como tema a problemática do fim do antigo ethos e o ocaso das ilusões no mundo moderno com base na reflexão de Giacomo Leopardi (1798-1837) sobre os seus efeitos nefastos. Tal reflexão considera também a problemática da barbárie moderna e pressupõe, igualmente, as formas anteriores da barbárie: a primitiva e a medieval. Na presente investigação não se retorna à questão da ideia de uma filosofia leopardiana ou de uma proposta de sistema no seu interior, pois não se trata, quer da antiga querela de um Leopardi poeta ou filósofo quer de uma exposição pormenorizada acerca de uma filosofia em Leopardi. Nesta investigação adotam-se as seguintes hipóteses interpretativas: i) o Discorso sopra lo stato presente dei costumi deglitaliani, escrito em 1824, contribui para uma compreensão da análise leopardiana acerca do processo de modernização europeia; ii) o Discorso pressupõe uma nova mudança no desenvolvimento da obra leopardiana, da nova crise ocorrida no seu pensamento em 1824, seguida da nova concepção de natureza, não mais aquela amorosa, mas uma natura matrigna, responsável por todos os males e a infelicidade humana; iii) Leopardi aborda elementos fundamentais das mudanças ocorridas no ethos após o processo de modernização europeu com base em um diagnóstico da situação econômica...

Barbárie, educação e capacidade de julgar: uma leitura a partir de Adorno e Arendt

Silva, João Batista da
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 125 f.
POR
Relevância na Pesquisa
27.17%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Pós-graduação em Educação - FCT; Esta pesquisa tem como objetivo discutir a relação entre educação e seus vínculos com a cultura dominante, a partir de uma leitura de Adorno e Hannah Arendt. Com base na Dialética do esclarecimento, buscou-se discutir os paradoxos do Iluminismo e da primazia de um saber científico como condição do progresso humano: o projeto iluminista ao mesmo tempo em que visou libertar os homens daquilo que os oprime e amedronta, criou mecanismos que os tornou prisioneiros de uma cultura de dominação. Dentro desse contexto, propõe-se refletir sobre a tecnificação e instrumentalização dos saberes, que configuram a coisificação e anulação dos sujeitos, dissolvendo as qualidades dos indivíduos, reduzindo-os a simples componentes de coletivos manipuláveis. Num segundo momento, teve-se como preocupação pensar a ambiguidade presente no processo educacional que, embora tendo como objetivo a construção da autonomia e emancipação dos indivíduos pode funcionar como espaço de manifestação da barbárie. Procurou-se ainda pensar a violência contida no processo civilizatório e a reprodução de uma cultura repressiva...

A Barbárie segundo Walter Benjamin e suas articulações com a educação; The Barbarism according to Walter Benjamin and their links with education

Carlos César Fernandes Pereira
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 24/02/2012 PT
Relevância na Pesquisa
27.48%
O presente trabalho de dissertação se trata de um estudo sobre a categoria de barbárie no pensamento de Walter Benjamin e de que forma se articula à educação. Para isso, em um primeiro momento, buscou-se entender como foi o processo de construção do pensamento de Walter Benjamin. Em seguida, houve a sepação de algumas categorias e preposições acerca de seu pensamento. Por fim, buscou-se articular estas categorias e preposições à educação. Com isso, surgiram alguns apontamentos para a superação da barbárie.; This dissertation it is a study on the category of barbarism in the writings of Walter Benjamin and how education is structured. For this, at first, we sought to understand how was the process of building the writings of Walter Benjamin. Then there was the sepação some categories and propositions about their thinking. Finally, we attempted to link these categories to education and prepositions. Thus, there were some issues to overcome barbarism.

Marxismo e crise : socialismo ou barbárie na crítica de esquerda do pós-guerra francês (1946-1967)

Moreira, Guilherme Bianchi
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Dissertação Formato: 157f : il., algumas color.; application/pdf
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
17.17%
Orientador : Dennison de Oliveira; Co-orientador : Mateus Henrique de Faria Pereira; Dissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Humanas, Programa de Pós-Graduação em História. Defesa: Curitiba, 11/03/2015; Inclui referências; Resumo: O presente trabalho tem como objetivo central a constituição de uma análise histórica sobre o grupo francês Socialismo ou Barbárie, ativo enquanto grupo autônomo entre 1949 e 1967 cujo início remonta, entretanto, a participação nas fileiras do trotskismo francês desde 1946. O principal suporte documental a ser usado aqui serão os quarenta números da revista publicada pelo grupo entre 1949 e 1965: a revista Socialisme ou Barbarie. Dando centralidade às relações entre os intelectuais aqui estudados e o estatuto do marxismo como teoria revolucionária, tentaremos aprofundar o estudo do desenvolvimento da crítica de Socialismo ou Barbárie tendo em vista a experiência constituída por Cornelius Castoriadis, Claude Lefort e Jean-François Lyotard no seio do grupo. A hipótese central é de que uma consideração mais justa da experiência de tais autores em torno do grupo em questão passa pela necessária compreensão acerca das tensões, crises, polêmicas efetivadas através de seus entedimentos relativos à organização da classe trabalhadora...

Educação e barbárie: aspectos culturais da violência na perspectiva da teoria crítica da sociedade; Educación y barbarie: aspectos culturales de la violencia en la perspectiva de la teoria crítica de la sociedad; Education and barbarism: cultural aspects of violence in the perspective of critical theory of society

Zanolla, Sílvia Rosa Silva
Fonte: Roberto Lima Publicador: Roberto Lima
Tipo: Artigo de Revista Científica
OTHER
Relevância na Pesquisa
27.17%
v.13,n.1,p.117-123,jan./jun. 2010.; Programa de Apoio às Publicações Periódicas Científicas (PROAPUPEC) da UFG; Este trabalho se orientou pelos desafios impostos à escola e à educação, no sentido de combater a violência e a barbárie no aspecto amplo e cultural. Nesse sentido, as contribuições da teoria crítica da Escola de Frankfurt apresentam-se fundamentais para refletir sobre as (im) possibilidades do intento, em face das demandas por educação e tecnologia emergentes na sociedade atual.; Este trabajo se detuvo en los desafios impuestos a la escuela y a la educación, en el sentido de combatir la violencia y la barbarie en el aspecto amplio y cultural. En este sentido, las contribuciones de la Teoria crítica de la Escuela de Frankfurt, se revelaron fundamentales para reflexionar sobre las (im) posibilidades de esta tentativa frente a las demandas por educación y tecnologia emergentes en la sociedad actual.; This work, whose main subject is oriented by challenges imposed by the school and education aiming to oppose the violence and barbarism in a wide and cultural aspect. So, the contributions of critical theory of Frankfurt School are fundamental to reflect about the possibility of (non) purpose, in face of the demands of education and emerging technology in the present society.

Da barbárie à vida social na teoria de Giambattista Vico: uma crítica ao contratualismo de Thomas Hobbes

Cavalcante, João Carlos Oliveira
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
27.48%
Nesta dissertação, o objeto central da investigação consistiu na realização da contraposição entre a concepção de barbárie, do filósofo italiano Giambattista Vico, e o estado de natureza, defendido por Thomas Hobbes em sua filosofia política. Este trabalho tem o intuito de elucidar a concepção de Hobbes acerca do estado de natureza, na qual o pensador inglês se serviu de uma ideia de pacto que só se seria possível para sociedades mais desenvolvidas e que já tivessem constituído minimamente a vida social. Para esse autor, a primeira forma de vida em comum tornou-se possível apenas com o Estado Político, que foi criado artificialmente a partir da necessidade humana em sua busca pela felicidade, acessível somente em um estado de paz. Vico, posteriormente, insistiu no conceito de barbárie do intelecto, ou seja, um estágio em que o homem era bruto, devido à sua razão obscura e fantasiosa, e que foi se desenvolvendo gradativamente no decorrer da história até conduzir os indivíduos a uma vida social, sendo esta pré-requisito para a formação de um Estado. Durante nosso estudo, observamos que os autores admitem duas histórias paralelas, sendo uma a gentia e a outra cristã. Vico se dedicou à análise das gentes...

Reshaping civilization: liberalism between assimilation and cultural genocide

van Krieken, Robert
Fonte: Universidade Nacional da Austrália Publicador: Universidade Nacional da Austrália
Tipo: Working/Technical Paper Formato: 212197 bytes; 353 bytes; application/pdf; application/octet-stream
EN_AU
Relevância na Pesquisa
17.48%
The 20th century has not been one for Occidentals to be proud of, when you think of the aspirations of Western liberals at its outset, the efforts directed at all manner of progress and improvement, and how much so many millions of people have ended up suffering, and continue to suffer, at each other=s hands. The management of violence in all its diverse forms is arguably a problem of similar significance in the year 2001 as it was in 1901 - or 1801, 1501. It could be said that it has simply become more complex and differentiated. In addition, since 10 November 1989, roughly, there has been a striking shift in the way Western nations, states and peoples reflect back on the normative dimensions of their past history. Concepts like >reparation=, >restitution= and >reconciliation= have taken on new resonances, and observers like Elazar Barkan (2000) remark on a new and growing collective desire, largely but not only among Occidentals, to rethink history in ways which redress a range of past injustices. The idea of >restorative justice= (Strang & Braithwaite 2001), then, is one which applies not only to contemporary problems such as the relationship between perpetrators and victims of crime, it also gets stretched across time to encompass historical injustices (Gordon 1996) which have come to be seen as such because their cognitive frames have shifted. This normative rethinking of the past is...

Economia política da Arte Moderna II / notas para uma sistematização provisória

MARTINS, Luiz Renato
Fonte: Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo Publicador: Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
27.17%
Paradigma tradicional de excelência artesanal, com que meios pode a pintura responder à abstração do trabalho e à sua ordenação serial, inerentes à modernização capitalista? O texto presente busca sistematizar os momentos decisivos de um percurso que se estende de Manet (1832-1883) a Rothko (1903-1970). Constitui o capítulo conclusivo de uma investigação sobre a transformação crítica do modo de pintar em modo de fabricação, fundado na superação reflexiva da dicotomia entre trabalho intelectual e corporal, imposta historicamente à sociedade. Atualizada criticamente e assinalando um fecho possível do processo da arte moderna, a pintura de Rothko põe-se como a negação de todo aspecto individual da pintura e de unidade orgânica e monádica da obra. Alcança-se assim o último termo de um processo; termo que assinala o fim do ciclo da autonomia estética como forma ligada à liberdade do sujeito, idealizado como natureza desinteressada. Para o trabalho de resistência contra a aceleração da barbárie é fundamental doravante levar em conta os fatores de heteronomia supraindividuais que, se não logram controlar toda a produção, detêm a hegemonia na esfera da circulação.; Traditional paradigm of craftsmanship excellence...

Formação cultural e ensino de filosofia : perspectivas a partir da teoria crítica de Theodor W. Adorno; Cultural formation and teaching philosophy : perspectives from critical theory of Theodor W. Adorno

Fernando Lopes de Aquino
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 29/04/2011 PT
Relevância na Pesquisa
17.17%
Esta pesquisa se propõe a analisar a educação contemporânea a partir de dois pontos fundamentais: o primeiro envolve as considerações de Adorno ao desenvolvimento cultural da modernidade e o segundo, os desdobramentos dessas observações para a educação, particularmente, para o ensino de filosofia. O primeiro tópico contempla o modo como se processa a criação de um modelo cultural cujo principal objetivo é adaptar os indivíduos ao sistema econômico capitalista e à sua estrutura reificante, elemento que segundo Adorno se estende a experiências como as das Grandes Guerras Mundiais, expoente histórico nefasto, símbolo da barbárie e prerrogativa no que concerne a reflexão sobre a educação. Isso nos mostra que a crítica a adaptação cultural - termo usado para indicar a conformação das consciências ao sistema capitalista e que abarca tanto a instrumentalização da razão quanto a industrialização da cultura -, é algo extremamente importante, pois se configura como uma resistência ao retorno da barbárie. Assim, não se trata somente de analisar as considerações adornianas, mas expor e debater os pressupostos para uma educação que ainda sirva como um referencial de emancipação. A partir dessas observações tentaremos averiguar em que medida Adorno preserva uma concepção dialética de educação e como isso se processa em sua função de "resistência". Especificamente...

Humanidad y barbarie. De la 'barbarie cultural' a la 'barbarie moral'

P??rez Tapias, Jos?? Antonio
Fonte: Pedro G??mez Publicador: Pedro G??mez
Tipo: Artigo de Revista Científica
SPA
Relevância na Pesquisa
28.03%
Las guerras que azotan lo que era la antigua Yugoslavia, as?? como los fen??menos de racismo y xenofobia de nuestro entorno m??s inmediato, obligan a repensar la barbarie, y ello como parte de la estrategia moral que ha de suponer movilizarse activamente contra ella. El t??rmino ??barbarie?? se ha utilizado desde mucho tiempo atr??s para designar un comportamiento que aparece como no humano. Tal uso, cargado de ambig??edad, se ha ido desplazando desde la descalificaci??n de los otros como ??no civilizados?? hasta la recusaci??n de todo comportamiento in-humano respecto al otro, que des-humaniza en primer lugar a quien lo protagoniza. Si en el primer sentido (barbarie cultural) el uso del t??rmino no es aceptable, el segundo (barbarie moral) es el que hoy resulta, en cambio, pertinente. Y cuando empleamos as?? la noci??n de barbarie, para denunciar comportamientos que violan derechos humanos fundamentales, nos estamos comprometiendo con un universalismo moral que reconoce validez transcultural a la exigencia de respeto incondicional a la dignidad de cada individuo. Tal es el n??cleo ??tico del renovado humanismo que hay que hacer valer frente a la barbarie que ??desde dentro?? de nuestra cultura emerge amenazante para todos.; The wars that wiped out the former Yugoslavia...

O horror em Horácio Quiroga; The Horror of Quiroga

Camargo, Ailton Luiz
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 28/08/2015 PT
Relevância na Pesquisa
27.17%
A proposta deste trabalho é refletir de que forma a construção do horror presente em alguns contos de Horácio Quiroga revela aspectos da dicotomia, civilização e barbárie do Facundo de Sarmiento. Trata-se de buscar entender os contornos que o horror recebe deste contista uruguaio, a partir do horizonte estético e temático das suas influências ou pressupostos, bem como discutir alguns aspectos possíveis do Estado Nacional Argentino em suas fantasmagorias, enquanto espaço de inclusão e exclusão de atores e cenários sociais e históricos.; The purpose of this paper is to reflect on how the construction of horror in some tales of Horacio Quiroga reveals aspects of dichotomy, civilization and barbarism of Facundo de Sarmiento. It seeks to understand the contours that receives this Uruguayan horror short story writer, from the aesthetic and thematic horizon of their influence or assumptions, as well as discuss some possible aspects of the Argentine Government in its phantasmagoria, for as much as an area of inclusion and exclusion of actors and social and historical settings.

La Dualidad civilización /barbarie en la selva de José Eustasio Rivera: La vorágine, los llanos de Rómulo Gallegos: Doña Bárbara y Las Pampas de Ricardo Guiraldes: Don Segundo Sombra

Ozoukouo Léa, N'drin
Fonte: [Barcelona] : Universitat Autònoma de Barcelona, Publicador: [Barcelona] : Universitat Autònoma de Barcelona,
Tipo: Tesis i dissertacions electròniques; info:eu-repo/semantics/doctoralThesis Formato: application/pdf
Publicado em //2014 SPA; SPA
Relevância na Pesquisa
17.81%
El objetivo principal de esta tesis doctoral fue realizar una evaluación de la dualidad civilización/ barbarie en la novela de José Eustasio Rivera: La Vorágine; en la novela de Rómulo Gallegos: Doña Bárbara y en la novela de Ricardo Guiraldes: Don Segundo Sombra, efectuando un estudio comparativo de las tres novelas. Para llevar a cabo este análisis, se utilizó dos metodologías literarias: La sociocrítica y La narratología. Esta tesis está dividida en tres partes y cada una se estructura en cifras ordinarias. A través de ellos se encontrará, primero una introducción formada por seis puntos: los antecedentes, los objetivos específicos, la justificación de este trabajo, sus alcances y limitaciones. La primera parte desarrolla cuatro puntos fundamentales del trabajo. El primer punto, analiza el trasfondo ideológico e histórico de estos conceptos y de la cuestión de Las Indias en torno al concepto de «bárbaro» que constituyó uno de sus principales fundamentos. Y, subraya también la confusión total que se hizo en torno al sentido del concepto bárbaro. En el segundo punto, se Explica los intentos de Bartolomé De las Casas a distinguir la diferencia y la inferioridad. El tercer punto Aclara los conceptos modernos de Civilización/Barbarie en América Latina y explica cómo esta visión del mundo iba adoptando nuevas formulaciones como dicotomía moderna entre la civilización (Europa / Occidente) y la barbarie (no Europa / no Occidente). En el cuarto punto...

Journey of gathered people: an outline of the trajectory of the theatre group Folias D’Arte; Périplo de ajuntados: um esboço da trajetória do grupo teatral Folias D'Arte

Assano, Gustavo
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 29/12/2011 POR
Relevância na Pesquisa
27.17%
The present article aims to present the trajectory of the theatre group Folias D’Arte from three perspectives which complement each other: the problematization of a social phenomenon known as the “taking up of group theatre” in the second half of the 1990s; the biographical trajectory of the group combined to the thematic motivation of some of its works; its participation in the movement known as Art Against Barbarism. It is expected that this exposition will make clear the quality of Folias D’Arte and its historical importance in the evolution of the theatre of São Paulo in the last fifteen years.; O presente artigo tem como objetivo apresentar a trajetória do grupo teatral Folias D’Arte a partir de três perspectivas que se complementam mutuamente: a problematização do fenômeno social reconhecido como “retomada do teatro de grupo” na segunda metade da década de 1990; a trajetória biográfica do grupo combinada com a motivação temática de alguns de seus espetáculos; a participação do grupo no movimento conhecido como Movimento de Arte Contra a Barbárie. Espera-se, então, que com esta exposição fique transparente o caráter do grupo Folias D’Arte e sua importância histórica na evolução do teatro paulista nos últimos quinze anos.

Momentos do parque em uma rotina de educação infantil: corpo, consumo, barbárie; Playground moments in an early childhood education routine: body, consumption and barbarism

Richter, Ana Cristina; Vaz, Alexandre Fernandez
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Educação Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Educação
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/12/2010 POR
Relevância na Pesquisa
27.17%
O trabalho resulta de uma pesquisa de abordagem etnográfica realizada em uma creche da Rede Pública de Ensino de Florianópolis (SC). Os dados foram analisados considerando-se o "tempo didático" - recomendado pela legislação -, estruturado por uma rotina constituída por diferentes momentos: entrada, higiene, alimentação, sono, parque, atividade orientada, saída. Inspirado por tópicas da Teoria Crítica da Sociedade, o texto aborda os momentos de parque, declarados como "ocasiões privilegiadas de educação", tanto nos discursos das professoras, quanto nas ações que distinguem esses momentos dos demais, estabelecendo uma certa contraposição entre "tempo de trabalho" e "tempo livre". Nessa relação, além de configurarem-se como períodos de renovação das energias para as demais atividades, esses momentos acabam por escusar um acompanhamento mais atento por parte dos professores: o olhar adulto "precisará" apenas afastar as crianças de locais inconvenientes ou evitar feridas "expostas", conformando um conjunto de práticas sociossanitárias centradas nas necessidades vitais e que contribuem na eliminação de desvios e diferenças, na garantia de pseudogratificações. A ausência de uma aproximação mais atenta também colocará as crianças entregues a uma ambígua "espontaneidade"...

Economia política da Arte Moderna II / notas para uma sistematização provisória

Martins, Luiz Renato
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Comunicações e Artes Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Comunicações e Artes
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/2009 POR
Relevância na Pesquisa
27.17%
Paradigma tradicional de excelência artesanal, com que meios pode a pintura responder à abstração do trabalho e à sua ordenação serial, inerentes à modernização capitalista? O texto presente busca sistematizar os momentos decisivos de um percurso que se estende de Manet (1832-1883) a Rothko (1903-1970). Constitui o capítulo conclusivo de uma investigação sobre a transformação crítica do modo de pintar em modo de fabricação, fundado na superação reflexiva da dicotomia entre trabalho intelectual e corporal, imposta historicamente à sociedade. Atualizada criticamente e assinalando um fecho possível do processo da arte moderna, a pintura de Rothko põe-se como a negação de todo aspecto individual da pintura e de unidade orgânica e monádica da obra. Alcança-se assim o último termo de um processo; termo que assinala o fim do ciclo da autonomia estética como forma ligada à liberdade do sujeito, idealizado como natureza desinteressada. Para o trabalho de resistência contra a aceleração da barbárie é fundamental doravante levar em conta os fatores de heteronomia supraindividuais que, se não logram controlar toda a produção, detêm a hegemonia na esfera da circulação.; Traditional paradigm of craftsmanship excellence...

Crisis of the globalization and destructive logic of capital – Notes on the socio-metabolism of the barbarism; Crise da globalização e lógica destrutiva do capital – Notas sobre o sócio-metabolismo da barbárie

Alves, Giovanni; UNESP - Marília - SP
Fonte: Editora da Universidade Federal de Santa Catarina (Edufsc) Publicador: Editora da Universidade Federal de Santa Catarina (Edufsc)
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/2004 POR
Relevância na Pesquisa
27.17%
  Starting from the structural crisis of the capital, the socio-metabolism of world capitalism has acquired a new nature, here referred to as the socio-metabolism of barbarism, which has profound psychosocial implications in societal reproduction. An interpretation of the globalization crisis is provided from the triple crisis of the capital in the 20th century. It is argued that it is from such theoreticalanalytical elements that some phenomena of world capitalism, such as desocialization and labor precarization as well as the socio-political crisis, can be investigated from a renewed perspective.;   A partir da crise estrutural do capital, o sócio-metabolismo do capitalismo mundial adquire uma nova natureza. É o que denomina-se de sócio-metabolismo da barbárie com suas profundas implicações psicossociais na reprodução societal. Será sugerida uma interpretação da crise da globalização a partir da tríplice crise do capital no século XX. Considerase que a partir de tais elementos teóricoanalíticos é que se pode investigar, numa perspectiva crítica renovada, alguns fenômenos candentes do capitalismo global...

The rationale of punishment

Oppenheimer, Heinrich
Fonte: London School of Economics and Political Science Thesis Publicador: London School of Economics and Political Science Thesis
Tipo: Thesis; NonPeerReviewed Formato: application/pdf
Publicado em //1913 EN
Relevância na Pesquisa
17.48%
At the present time, when the State punishment of crime is constantly cited before the tribunal of science in order to show cause why it should not be eliminated, like other relics of barbarism, from the arsenal of modern civilization, in which there is no room for mere supersti- tions of the past, a critical investigation of the problem of punishment cannot be out of place. The new doctrine has already succeeded in insinuating some of its minor canons into more than one legislative system, and whilst it must be conceded that the measures hitherto adopted under its influence, such as the probation of first offenders, conditional sentences, and conditional liber- ation of prisoners, have all proved highly beneficial, the more extravagant claims of the criminological school threaten to subvert the very foundations of the rampart which society has laboriously erected against the on- slaughts of crime. Indeed, one shudders at the mere thought that the accumulated wisdom of thousands of years may be sacrificed, in a few years of revolutionary experiments, on the altar of a fashionable and self- complacent...