Página 1 dos resultados de 57 itens digitais encontrados em 0.004 segundos

Torcida de futebol : adesão, alienação e violência; Football supporter : adhesion, alienation and violence

Hryniewicz, Roberto Romeiro
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 24/04/2008 PT
Relevância na Pesquisa
26.27%
Esta pesquisa tem como objeto o torcedor de futebol comum, analisando o que leva um indivíduo a torcer e o que, nessa prática, pode levá-lo à alienação e à violência. Nossos principais referenciais teóricos são a Escola de Frankfurt e a teoria freudiana. Estudamos o futebol sob o aspecto de sua apropriação pela indústria cultural e o torcedor como parte das massas estudadas por Freud (1921/1974a) em Psicologia de grupo e análise do ego e posteriormente pelos frankfurtianos. Dezesseis torcedores de diferentes times foram entrevistados. Formaram dois grupos de oito sujeitos, com base no processo de escolarização: um grupo de torcedores que têm até o ensino fundamental completo e outro de torcedores com ensino médio completo. Os resultados demonstraram certa devoção ao time nos dois grupos, bem como alienação e tendência à barbárie e ao preconceito. Isso ficou mais visível no grupo dos mais escolarizados, o que indica que a educação de hoje pode favorecer esse tipo de atitude.; The object of this research is the regular football supporter, analyzing what drives a person to cheer and what in this practice can lead to alienation and violence. Our main theory references are the Frankfurt School and the Freudian theory. We have studied the football in its appropriation by the cultural industry and the supporter as part of the masses studied by Freud (1921/1974a) in Group psychology and analysis of the ego and subsequently by the frankfurtians. Sixteen supporters of different Brazilian teams were interviewed. They were divided in two groups of eight subjects according to their education level: one group of supporters with low education level and another group with middle education level. The results have shown a certain devotion to the team in both groups as well as alienation and a tendency to barbarity and prejudice. This was more visible on the group with higher education level...

As possibilidades de reflexão na indústria cultural; The possibilities of reflection in the cultural industry

Monti, Manuela
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 05/12/2012 PT
Relevância na Pesquisa
36.39%
Este trabalho parte da seguinte pergunta: É possível reflexão na indústria cultural? Hoje, a amplitude da utilização deste conceito atingiu proporções que, concentrando-se de um lado naqueles que nele veem um sentido mais positivista, como um sistema que seria integrador, e, em contrapartida, naqueles que, considerados pessimistas, concebem o sistema totalitário da indústria cultural como sinônimo do final dos tempos, mais se afundam nos dualismos que impedem a reflexão, acabando por ignorar quaisquer possibilidades de ambiguidades na sociedade e no próprio sistema. Na contramão disto e a fim de responder tal questão, este trabalho objetiva apresentar e discutir as contradições do conceito de indústria cultural, por meio dos textos dos autores frankfurtianos que o criaram, especialmente Theodor W. Adorno e Max Horkheimer, de modo a desmistificar e diminuir as distâncias dos abismos dualistas a que os estudos sobre este sistema têm sido tratados. Norteada pelos princípios da Teoria Crítica da Sociedade, esta pesquisa espera mostrar que, ao contrário do que comumente é compreendido a respeito do estudo desse conceito, este também possui as suas contradições, não podendo ser reduzido a definições que se estabelecem em blocos opostos. Se...

Fim do ethos antigo e ocaso das ilusões: Giacomo Leopardi e a modernidade; The end of the ancient ethos, the twilight of illusions: Giacomo Leopardi and the modernity

Teixeira, Fábio Rocha
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 06/03/2013 PT
Relevância na Pesquisa
26.77%
Esta Tese tem como tema a problemática do fim do antigo ethos e o ocaso das ilusões no mundo moderno com base na reflexão de Giacomo Leopardi (1798-1837) sobre os seus efeitos nefastos. Tal reflexão considera também a problemática da barbárie moderna e pressupõe, igualmente, as formas anteriores da barbárie: a primitiva e a medieval. Na presente investigação não se retorna à questão da ideia de uma filosofia leopardiana ou de uma proposta de sistema no seu interior, pois não se trata, quer da antiga querela de um Leopardi poeta ou filósofo quer de uma exposição pormenorizada acerca de uma filosofia em Leopardi. Nesta investigação adotam-se as seguintes hipóteses interpretativas: i) o Discorso sopra lo stato presente dei costumi deglitaliani, escrito em 1824, contribui para uma compreensão da análise leopardiana acerca do processo de modernização europeia; ii) o Discorso pressupõe uma nova mudança no desenvolvimento da obra leopardiana, da nova crise ocorrida no seu pensamento em 1824, seguida da nova concepção de natureza, não mais aquela amorosa, mas uma natura matrigna, responsável por todos os males e a infelicidade humana; iii) Leopardi aborda elementos fundamentais das mudanças ocorridas no ethos após o processo de modernização europeu com base em um diagnóstico da situação econômica...

Do realismo burguês ao realismo socialista: um estudo sobre a questão da herança cultural no pensamento de Lukács nos anos 1930; From bourgeois realism to socialist realism: a study on the issue of cultural heritage in Lukács thought in the 1930s

Dias, Fabio Alves dos Santos
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 09/05/2014 PT
Relevância na Pesquisa
26.36%
Na presente tese procuramos compreender qual o sentido de Lukács nos anos 1930 defender no campo cultural socialista a herança legada pelo realismo burguês em detrimento das inúmeras experimentações de vanguarda. Estudando sua vasta obra produzida ao longo daquela década, dividimos a tese em quatro capítulos. No primeiro, salientamos como a adoção do pensamento de Marx por Lukács leva o filósofo a conceber o proletariado não apenas como herdeiro da grande filosofia burguesa (a filosofia clássica alemã), mas também da herança cultural burguesa. No segundo, verificamos como Lukács analisa o método realista na grande herança legada pela cultura burguesa. No terceiro, estudamos como Lukács sustenta sua crítica à decadência ideológica burguesa, detendo o olhar sobre a análise do método descritivo na literatura, do naturalismo ao expressionismo. Por fim, no quarto capítulo, nos debruçamos sobre a questão do realismo socialista e sua relação com a herança cultural burguesa, enfatizando a participação de Lukács nos debates da revista alemã Die Linkskurve [Virada a esquerda] durante os anos 1931-1932 e na revista soviética Literaturnji Kritik [Crítica Literária] de 1934 ao ano de 1940. O grande argumento que mobiliza esta tese é que a valorização da herança legada pela literatura clássica burguesa em nada se assemelha a um classicismo conservador...

Barbárie estética e produção jornalística: a atualidade do conceito de Indústria Cultural

Costa,Belarmino Cesar Guimarães da
Fonte: Centro de Estudos Educação e Sociedade - Cedes Publicador: Centro de Estudos Educação e Sociedade - Cedes
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/10/2001 PT
Relevância na Pesquisa
36.3%
O trabalho busca, através da atualidade do conceito de indústria cultural, demonstrar as contribuições da Teoria Crítica para os estudos de comunicação, em particular, para a identificação do processo de heteronomia cultural, hierarquização dos artefatos e universalização de padrões estéticos. Toma como referência a produção jornalística para verificar, na construção da notícia, a apropriação da racionalidade técnica e explora a questão da violência na perspectiva de que ela não se esgota com o enunciado da mensagem, mas deve ser compreendida também nas condições de sua produção. A estetização da realidade, a mediação tecnológica e a relação entre sensibilidade e experiência complementam a exposição.

A crise da modernidade e a barbárie

Menegat,Marildo
Fonte: IMS-UERJ Publicador: IMS-UERJ
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2000 PT
Relevância na Pesquisa
36.52%
Este ensaio procura analisar os impasses na fundamentação da eticidade na modernidade. Parte do pressuposto que os autores clás sicos do Iluminismo viam nesse problema uma ameaça para o futuro da sociabilidade. Marx teve o mérito de articular o tema com as bases objetivas da estrutura social. O século XX presenciou a tragicidade desta condição como um destino da Humanidade. A partir de Ador no-Horkheimer, procura-se analisar os desdobramentos dessa condi ção na chamada cultura pós-moderna. A hipótese defendida é que a crise da modernidade, na ausência de alternativas radicais para sua superação, se manifesta como um lento emergir da barbárie. Em pou cas palavras: o desenvolvimento do capitalismo (e sua lógica cultural) não apenas produz a barbárie, como esta lhe é necessária para sua continuidade.

Os sertões: atualidade e arcaísmo na representação cultural de um conflito brasileiro

Venancio Filho,Paulo
Fonte: Casa de Oswaldo Cruz, Fundação Oswaldo Cruz Publicador: Casa de Oswaldo Cruz, Fundação Oswaldo Cruz
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/07/1998 PT
Relevância na Pesquisa
26.03%
Este texto busca contrapor os aspectos antagônicos da revolta de Canudos tal como percebido por Euclides da Cunha em Os sertões. A revolta revelava tragicamente a permanência de um arcaísmo irresolvido. O horror da guerra, o confronto entre a ‘civilização’ e a ‘barbárie’ ainda se manifestam cem anos depois do conflito. O mesmo confronto que a literatura já pressentia e descrevia. Aquele que, no plano não menos verdadeiro da ficção, também se revela no romance O coração das trevas, de Joseph Conrad, publicado em 1902, o mesmo ano da publicação de Os sertões.

Civilizados, Bárbaros, Europeus Três homens de letras em face do inimigo - 1914-1925

Dagan,Yaël
Fonte: Pós-Graduação em História, Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas, Universidade Federal de Minas Gerais. Publicador: Pós-Graduação em História, Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas, Universidade Federal de Minas Gerais.
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/07/2005 PT
Relevância na Pesquisa
26.42%
A concepção de que a guerra seria uma luta da civilização contra a barbárie, na qual o engajamento pessoal e a mobilização dos cidadãos se embeberiam de um sentimento de ódio pelo inimigo nacional, foi o discurso que estabeleceu o eixo principal dos sistemas de representação social, na França da Grande Guerra. Enquanto representação coletiva, a radical desumanização do inimigo (a Alemanha), que com sua suposta barbárie ameaçaria a civilização (a França), foi a fórmula que fundamentou grande parte da mobilização física e intelectual dos franceses. Traduzido para a experiência pessoal destes homens, o ódio ao inimigo aparece como um sentimento real, internalizado pelos que vivenciaram a brutalidade da guerra; e um sentimento histórica e identitariamente construído, que toma forma de acordo com a experiência de cada um. Tendo em conta o interesse da História Cultural em restituir aos sentimentos seu justo lugar na conformação do passado, este artigo se propõe a seguir a trajetória de três homens de letras - André Gide, Jean Schlumberger, e Jacques Rivière -, investigando como suas experiências de vida levaram-nos a expressar o ódio, produzindo representações diversas do inimigo, durante dois momentos de grande comoção na França: a passagem da paz à Guerra...

Abolicionismo ou barbarie

Freitas Junior, Renato de Almeida
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Monografia Graduação Formato: application/pdf
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
26.03%
Resumo: O direito é visto como técnica de resolução de conflitos, negação civilizada da violência, expressão axiológico-cultural dos povos, representação da justiça pactuada pelos cidadãos, reconhecido como conditio sine qua non da sobrevivência pacífica. Mas se o direito for exatamente o oposto? Violência desmedida e ilegítima, infundada, expressão de uma dominação vil e abjeta? Estas são as perguntas que norteiam a presente empreitada monográfica que se segue

Educação e barbárie: aspectos culturais da violência na perspectiva da teoria crítica da sociedade; Educación y barbarie: aspectos culturales de la violencia en la perspectiva de la teoria crítica de la sociedad; Education and barbarism: cultural aspects of violence in the perspective of critical theory of society

Zanolla, Sílvia Rosa Silva
Fonte: Roberto Lima Publicador: Roberto Lima
Tipo: Artigo de Revista Científica
OTHER
Relevância na Pesquisa
26.75%
v.13,n.1,p.117-123,jan./jun. 2010.; Programa de Apoio às Publicações Periódicas Científicas (PROAPUPEC) da UFG; Este trabalho se orientou pelos desafios impostos à escola e à educação, no sentido de combater a violência e a barbárie no aspecto amplo e cultural. Nesse sentido, as contribuições da teoria crítica da Escola de Frankfurt apresentam-se fundamentais para refletir sobre as (im) possibilidades do intento, em face das demandas por educação e tecnologia emergentes na sociedade atual.; Este trabajo se detuvo en los desafios impuestos a la escuela y a la educación, en el sentido de combatir la violencia y la barbarie en el aspecto amplio y cultural. En este sentido, las contribuciones de la Teoria crítica de la Escuela de Frankfurt, se revelaron fundamentales para reflexionar sobre las (im) posibilidades de esta tentativa frente a las demandas por educación y tecnologia emergentes en la sociedad actual.; This work, whose main subject is oriented by challenges imposed by the school and education aiming to oppose the violence and barbarism in a wide and cultural aspect. So, the contributions of critical theory of Frankfurt School are fundamental to reflect about the possibility of (non) purpose, in face of the demands of education and emerging technology in the present society.

Teatro dialético em terras estranhas: a (in)diferenciação entre sujeito e objeto na formação cultural; Dialectical theater in strange lands: the (in)differentiation between subject and object in cultural formation

Oliveira, Natássia Duarte Garcia Leite de
Fonte: Universidade Federal de Goiás; Brasil; UFG; Programa de Pós-graduação em Educação (FE); Faculdade de Educação - FE (RG) Publicador: Universidade Federal de Goiás; Brasil; UFG; Programa de Pós-graduação em Educação (FE); Faculdade de Educação - FE (RG)
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.36%
This work is a result of a research developed from 2009 to 2013, compounding the set of productions at the study line Culture and Educational Processes of the Post-Graduation Program in Education at Faculty of Education/UFG, being bound to the Nucleus of Research and Studies: Society, Subjectivity and Education (NUPESE). The title of the thesis, Dialectical Theater in strange lands: the (in)differentiation between subject and object in cultural formation, searched theoretically the relationship between the Bertolt Brecht’s dialectical theatre and the critical theory of School Frankfurt, represented in the Theodor Adorno and Walter Benjamin’s works. The central problem of the research is: why and how brechtiano epic theatre is relevant for the conception of epic form overwhelmed by cultural industry? As a main objective, it sought critical theory contributions about (in)differentiation between subject and object for a reflection about epic theatre constitution. For this, concepts of strangeness and detachments were analyzed, dialoguing with: meaning of identification in freudiana theory; categories of strangeness, strangeness in himself and strange work in the marxist conception; and the bejaminiano concept of experience. In this sense...

Mémoire de la culture, mémoire de la barbarie : l’intertextualité dans le témoignage de Jorge Semprun sur le camp de Buchenwald

Desrosiers, David
Fonte: Université de Montréal Publicador: Université de Montréal
Tipo: Thèse ou Mémoire numérique / Electronic Thesis or Dissertation
FR
Relevância na Pesquisa
36.43%
Ce mémoire porte sur le travail de l’intertextualité dans les quatre oeuvres que Jorge Semprun (1923-) a consacrées à ses souvenirs de déportation au camp de Buchenwald : Le grand voyage (1963), Quel beau dimanche! (1980), L’écriture ou la vie (1994) et Le mort qu’il faut (2001). Chaque oeuvre poursuit la recherche d’un langage approprié à la narration d’une expérience qui résiste obstinément à sa représentation. L’intertextualité, de même que les réminiscences musicales, filmiques ou picturales, composent chez Semprun une image complexe de l’expérience du déporté, faisant coexister l’ombre et la lumière, l’angoisse et la joie, le mal radical et la fraternité, loin de tout cliché manichéen. Il s’agira ici de lire ce témoignage magnifique sur les camps nazis comme un dialogue profond entre l’art et la barbarie, la création et la destruction, la mémoire culturelle et la mémoire traumatique.; This essay covers the issue of intertextuality in the four works that Jorge Semprun (1923-) wrote about his memories from Buchenwald : Le grand voyage (1963), Quel beau dimanche! (1980), L’écriture ou la vie (1994) and Le mort qu’il faut (2001). Each work stems from the search of an apropriate language for narrating an experience that poses a radical challenge to its représentation. Intertextuality...

Hacer ver a una nación. Cine, fotografía y gubernamentalidad en Colombia (1927-1947)

Ospina Mesa, César Andrés
Fonte: Pontifícia Universidade Javeriana Publicador: Pontifícia Universidade Javeriana
Tipo: masterThesis; Trabajo de Grado Maestría Formato: PDF
Relevância na Pesquisa
26.3%
Este trabajo de grado es el fruto de una investigación acerca de las practicas por las cuales se ha intentado la transformación de las condiciones de existencia de grupos poblacionales marcados y diferenciados históricamente. Su interés radica en los mecanismos que hicieron posible el surgimiento de regímenes de colombianidad que pretendieron no sólo la unificación de la nación y la construcción de diferencias entre sus habitantes, sino la producción de formas de gobierno sobre los otros, en las que diversas prácticas se articulan de manera particular en un momento de la historia colombiana. Así, la práctica del cine y la fotografía en la Colombia de los años 30 y 40 del siglo XX, logró configurar un medio ambiente en el que los deseos, expectativas y sentires de la población fueron tomados en cuenta, y a su vez interpelados y conducidos hacia los intereses de formas de gobierno desplegadas por el Estado, la iglesia, la industria. Si bien la imagen hizo ver el progreso y la modernidad ocultando la barbarie y el atraso, lo que en el fondo se movilizaba era la producción de condiciones de posibilidad para que los campesinos, obreros e indígenas tuvieran un lugar en el rumbo que tomaba el país, ya no como sujetos de barbarie sino como individuos con un sentido común y ciertas facultades mentales que les permitía ser incluidos en el proyecto nacional...

La barbarie hispánica: estudio sobre el humanismo castellano en los siglos XV-XVII; The hispanic barbarism: study about Castilian humanism in XV-XVII centuries

Pérez de la Hoz, Marina
Fonte: Universidade de Cantabria Publicador: Universidade de Cantabria
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
SPA
Relevância na Pesquisa
26.27%
ABSTRACT: The implementation of Humanism in Spain has generated a durable controversy. Some historians have defended the existence of Humanism in the Iberian Peninsula. Nevertheless, other historians have rejected the development of this cultural movement in Spain. Nowadays, the existence of Spanish Humanism is accepted by all historians. Currently, historians focus their efforts in defining, characterizing and delimiting the Spanish Humanism. The base of Spanish Humanism was the recovery of classical languages. The humanists considered that the knowledge of classical languages was necessary to regenerate the science. Correcting the grammatical mistakes of scholastics also encouraged the cultural activity of humanist. Humanists considered that medieval grammatical ignorance generated the development of wrong knowledge. The purpose of humanists was to purify this mistaken knowledge. In order to accomplish this objective, it was necessary to improve the quality of grammatical pedagogy. Elio Antonio de Nebrija, Juan Maldonado, Andreu Sempere, or Francisco Sánchez de las Brozas tried to eradicate the gramatical ignorance. The humanists made an enormous effort in order to improve the quality of grammatical pedagogy. This effort was made in a difficult cultural context. During the Renaissance...

Formação cultural e ensino de filosofia : perspectivas a partir da teoria crítica de Theodor W. Adorno; Cultural formation and teaching philosophy : perspectives from critical theory of Theodor W. Adorno

Fernando Lopes de Aquino
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 29/04/2011 PT
Relevância na Pesquisa
26.62%
Esta pesquisa se propõe a analisar a educação contemporânea a partir de dois pontos fundamentais: o primeiro envolve as considerações de Adorno ao desenvolvimento cultural da modernidade e o segundo, os desdobramentos dessas observações para a educação, particularmente, para o ensino de filosofia. O primeiro tópico contempla o modo como se processa a criação de um modelo cultural cujo principal objetivo é adaptar os indivíduos ao sistema econômico capitalista e à sua estrutura reificante, elemento que segundo Adorno se estende a experiências como as das Grandes Guerras Mundiais, expoente histórico nefasto, símbolo da barbárie e prerrogativa no que concerne a reflexão sobre a educação. Isso nos mostra que a crítica a adaptação cultural - termo usado para indicar a conformação das consciências ao sistema capitalista e que abarca tanto a instrumentalização da razão quanto a industrialização da cultura -, é algo extremamente importante, pois se configura como uma resistência ao retorno da barbárie. Assim, não se trata somente de analisar as considerações adornianas, mas expor e debater os pressupostos para uma educação que ainda sirva como um referencial de emancipação. A partir dessas observações tentaremos averiguar em que medida Adorno preserva uma concepção dialética de educação e como isso se processa em sua função de "resistência". Especificamente...

Humanidad y barbarie. De la 'barbarie cultural' a la 'barbarie moral'

P??rez Tapias, Jos?? Antonio
Fonte: Pedro G??mez Publicador: Pedro G??mez
Tipo: Artigo de Revista Científica
SPA
Relevância na Pesquisa
56.95%
Las guerras que azotan lo que era la antigua Yugoslavia, as?? como los fen??menos de racismo y xenofobia de nuestro entorno m??s inmediato, obligan a repensar la barbarie, y ello como parte de la estrategia moral que ha de suponer movilizarse activamente contra ella. El t??rmino ??barbarie?? se ha utilizado desde mucho tiempo atr??s para designar un comportamiento que aparece como no humano. Tal uso, cargado de ambig??edad, se ha ido desplazando desde la descalificaci??n de los otros como ??no civilizados?? hasta la recusaci??n de todo comportamiento in-humano respecto al otro, que des-humaniza en primer lugar a quien lo protagoniza. Si en el primer sentido (barbarie cultural) el uso del t??rmino no es aceptable, el segundo (barbarie moral) es el que hoy resulta, en cambio, pertinente. Y cuando empleamos as?? la noci??n de barbarie, para denunciar comportamientos que violan derechos humanos fundamentales, nos estamos comprometiendo con un universalismo moral que reconoce validez transcultural a la exigencia de respeto incondicional a la dignidad de cada individuo. Tal es el n??cleo ??tico del renovado humanismo que hay que hacer valer frente a la barbarie que ??desde dentro?? de nuestra cultura emerge amenazante para todos.; The wars that wiped out the former Yugoslavia...

Nuevas lecturas de civilización y barbarie : la oralidad en la obra de Ricardo Piglia

Fogagnoli, Sarah
Fonte: Universidade Autônoma de Barcelona Publicador: Universidade Autônoma de Barcelona
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
Publicado em //2012 SPA
Relevância na Pesquisa
36.8%
Desde Sarmiento, la dicotomía civilización y barbarie ha sido casi siempre utilizada para encasillar el abigarrado entramado de relaciones sociales y culturales del continente hasta invadir el territorio de la literatura misma. Nuestro análisis de la obra crítica y narrativa de Ricardo Piglia, parte de este presupuesto e intenta rastrear las huellas de la voluntad de superación de esta dicotomía, considerando especialmente el aspecto que el propio autor toma como punto de partida para desarrollar su discurso sobre civilización y barbarie: la oralidad en sus multíplices facetas. Según Ricardo Piglia, el uso que diferentes autores, y él mismo, hacen de la oralidad, permite constatar que es imposible reducir a una clasificación binaria, una realidad y una literatura constituidas por múltiples e inseparables intersecciones. Nuestro objetivo será desentrañar, en la obra del autor argentino, los discursos ensayísticos y ficcionales en los cuales se hacen patentes la tentativa y la voluntad de una revisión de aquel tradicional enfrentamiento.; Since Sarmiento, the dicothomy civilización y barbarie has almost been used to classify the motley tissue of cultural and social relations of Latin-America, until spreading through the territory of literature itself. Starting from this assumption...

Por que (,) Suzane? 10 anos depois.

Brasiliense, Danielle; Universidade Federal Fluminense, Departamento de Comunicação Social
Fonte: PragMATIZES - Revista Latino-Americana de Estudos em Cultura; PragMATIZES – Revista Latinoamericana de Estudios en Cultura; PragMATIZES - Latin American Journal of Cultural Studies Publicador: PragMATIZES - Revista Latino-Americana de Estudos em Cultura; PragMATIZES – Revista Latinoamericana de Estudios en Cultura; PragMATIZES - Latin American Journal of Cultural Studies
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; Artigo Avaliado pelos Pares; info:eu-repo/semantics/publishedVersion Formato: application/pdf
Publicado em 16/04/2013 POR
Relevância na Pesquisa
26.16%
Por que (,) Suzane? 10 anos depois é um trabalho sobre o caso mais famoso de crimes em família no Brasil, o assassinato do casal Marísia e Manfred Von Richtofen ocorrido em outubro de 2002. O objetivo deste artigo é pensar a construção da representação dos crimes de família, do lugar de sustentação da ordem social e do imaginário cultural sobre a monstruosidade do sujeito criminoso, viabilizados pelo discurso midiático. Para isso, será importante pensar a evidência do caso dos Richtofen, o motivo de sua fama e referência quando se trata de violência e barbárie, e também procurar perceber nos ideais da psicanálise as desrazões que provocaram este crime. De que forma este ato de violência e as representações que são feitas sobre ele abalam as estruturas da ordem social? Serão analisados outros crimes de família, semelhantes ao de Suzane, para compreender tais questões.

Tudo se ilumina à luz do passado: memória cultural judaica na obra de Jonathan Safran Foer

Freitas, Mail Wanderson de Sousa; Universidade Estadual do Ceará.
Fonte: Universidade Federal de Minas Gerais Publicador: Universidade Federal de Minas Gerais
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 30/03/2011 POR
Relevância na Pesquisa
26.23%
A década de 1990 proporcionou uma visão multiangular da Segunda Guerra Mundial. O cinema trouxe cenas fortes e denunciou para as platéias a maior amostra de barbárie já cometida pelo furor do homem. O massacre sofrido pelos  judeus tornou-­se fato conhecido quase universalmente,embora muitas pessoas não entendam direito as motivações de tal crime, nem saibam realmente quem são os judeus. O presente artigo tem por intuito esclarecer as peculiaridades do povo judeu, refletindo acerca da influência do período pós Segunda Guerra para a construção da identidade cultural judaica atual. Após analisar os elementos nos quais se fundamenta a identidade judaica, será feita uma leitura da importância da memória cultural judaica para a construção do personagem central do romance Tudo se ilumina, de Jonathan Safran Foer.

Civilización y barbarie: La instauración de la "diferencia colonial" durante los debates del siglo XVI y su encubrimiento como "diferencia cultural"

Lepe-Carrión,Patricio
Fonte: Colegio de Humanidades y Ciencias Sociales, Universidad Autónoma de la Ciudad de México Publicador: Colegio de Humanidades y Ciencias Sociales, Universidad Autónoma de la Ciudad de México
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2012 ES
Relevância na Pesquisa
36.63%
El presente trabajo se propone analizar los conceptos de "civilización" y "barbarie" que subyacen al "debate de Valladolid" en el siglo XVI, a la luz del pensamiento crítico de América Latina (Modernidad / Colonialidad). Revisando y sintetizando parte de la literatura existente, se demostrará que los argumentos de Bartolomé de Las Casas, y aquellos que defendían abiertamente la dignidad de los nativos, constituían un "encubrimiento" de la "diferencia colonial" como una "diferencia cultural". Este "encubrimiento", no sólo servirá como estrategia o mecanismo de justificación y legitimación de la Conquista, y su consecuente dominación y explotación indígena; sino también como una plataforma sobre la que se inscribirá la noción de "civilizar al otro" (o idea de "progreso") durante el pensamiento ilustrado de los siglos XVII y XVIII.