Página 1 dos resultados de 178 itens digitais encontrados em 0.002 segundos

Avaliação de genótipos de bananeira (Musa sp.) em Botucatu -SP

Ramos, Dayana Portes
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: xiv, 125 f. : il. color., gráfs, tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
36.42%
Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP); Pós-graduação em Agronomia (Horticultura) - FCA; Considerando-se a importância da cultura da bananeira para o Estado de São Paulo, a grande quantidade de cultivares existentes no Brasil e a ausência de dados sobre esses cultivares em áreas de produção, o presente trabalho teve como objetivo avaliar o crescimento de plantas, produção e qualidade de frutos de genótipos de 4 grupos genômicos de bananeira: ‘Nanicão-IAC-2001’, ‘Grande Naine’, ‘Caipira’ e ‘Nam’ (AAA); ‘Maçã’, ‘Thap Maeo’, ‘Prata Anã’ e ‘Prata Zulu’ (AAB); ‘Fhia 01’, ‘Fhia 18’, ‘Prata Graúda’ e ‘Maçã Tropical’ (AAAB) e ‘Figo Cinza’ (ABB), no município de Botucatu-SP. Foram avaliadas características de crescimento, como altura de plantas, circunferência do pseudocaule, número de folhas, número de dias entre o plantio e o florescimento, número de dias entre o florescimento e a colheita e número de dias do plantio a colheita; medidas na época de emissão da inflorescência. Também foram mensuradas características de produção, entre as quais, peso do cacho, número de frutos, peso médio dos frutos, produtividade, número de pencas; peso...

Distribuição espacial e amostragem sequencial de Cosmopolites sordidus (Germar) na cultura da bananeira

Maldonado Junior, Walter
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: v, 106 p. : il.
POR
Relevância na Pesquisa
36.55%
Pós-graduação em Agronomia (Produção Vegetal) - FCAV; O gorgulho da bananeira Cosmopolites sordidus (Germar) (Coleoptera: Curculionidae) é considerado uma praga de grande importância em várias regiões produtoras de banana no mundo. O inseto se encontra no solo e ataca o rizoma e a base do pseudocaule da planta, sendo disseminado principalmente por plantio de material infestado. O dano é causado pelas larvas que abrem galerias nas estruturas atacadas da planta e prejudicam a absorção de água e nutrientes, assim como abrem portas de entrada para patógenos. O objetivo deste estudo foi definir qual o tipo de distribuição espacial de C. sordidus na cultura da bananeira, qual o modelo de distribuição de probabilidades que melhor representa seu comportamento no campo e construir um plano de amostragem sequencial para a praga. Os levantamentos amostrais foram realizados no período de 2005 a 2008, numa área comercial de plantio de bananeira ‘nanica’ localizado na região do Vale do Ribeira, sul do estado de São Paulo, Brasil. Para a quantificação dos insetos distribuiu-se nesta área um total de 80 iscas, com avaliações quinzenais. Os valores dos índices de agregação indicaram uma agregação moderada da praga na cultura...

Análise técnica e econômica da cultura da bananeira do subgrupo Cavendish no município Araçatuba-SP

Fernandes, William Benez
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 60 f. : il., fots (algumas color.)
POR
Relevância na Pesquisa
36.46%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Pós-graduação em Agronomia - FEIS; Devido à expansão da produção de banana do subgrupo Cavendish por pequenos produtores rurais organizados em associações, objetivou-se estimar e avaliar técnica e economicamente o cultivo da bananeira no município de Araçatuba-SP. Os dados foram levantados em 2010 e 2011, a partir de entrevista realizada com 43 produtores e do acompanhamento periódico das atividades desenvolvidas. Os resultados obtidos indicaram que a bananicultura com cultivares do subgrupo Cavendish é economicamente viável para pequenos produtores rurais, muito embora o investimento inicial seja elevado, este valor retorna ao produtor ainda no final do primeiro ciclo de produção da cultura. Para não perder competitividade, ações imediatas de órgãos públicos e privados se fazem necessárias, como no fortalecimento das organizações e na capacitação dos produtores, tornando as unidades produtivas mais competitivas e economicamente viáveis; Because of the expansion of the production of banana of the Cavendish sub-group for small organized agricultural producers in association, the objective was to evaluate, tecnically and economically...

Influência do substrato no cultivo e na composição química do cogumelo Pleurotus florida

Figueiró, Gláucia Garcia
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 69 f. : il. fots. color.
POR
Relevância na Pesquisa
36.41%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Pós-graduação em Agronomia - FEIS; O presente trabalho teve por objetivo evidenciar os principais componentes químicos que influenciam o cultivo do cogumelo Pleurotus florida, bem como avaliar a composição química dos corpos de frutificação cultivados em diferentes resíduos agrícolas. Para tanto, foram utilizados seis resíduos agrícolas: palha de arroz (PA), palha de feijão (PF), palha de trigo (PT), palha de sorgo (PS), folha de bananeira (FB) e sabugo de milho (SM). Estes resíduos, coletados na Fazenda de Ensino, Pesquisa e Extensão da UNESP, Campus de Ilha Solteira, foram analisados quanto aos teores de macro (N, P, K, Ca, Mg) e micronutrientes (Fe, Mn e Zn), lignina, celulose, hemicelulose, cinzas e relação C/N. Foram avaliados: o tempo necessário para a colonização do substrato (corrida micelial), o início da formação de primórdios, o tempo total de cultivo, o número de cogumelos, a produção e a eficiência biológica utilizando a fórmula: EB = (peso fresco dos cogumelos/peso seco do substrato inicial) x 100. Além disso, os cogumelos foram avaliados quanto aos teores de macro (N, P, K, Ca e Mg) e micronutrientes (Fe, Mn e Zn) e o teor de proteínas. O substrato PF apresentou resultados semelhantes para produção (189...

Caracterização genética de isolados de Fusarium oxysporum f. sp. cubense e desenvolvimento de um marcador SCAR para identificação de suscetibilidade ao mal-do-panamá da bananeira

Cunha, Cristiane Maria da Silva da
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 79 p.| il., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
36.71%
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências Agrárias, Programa de Pós-Graduação em Recursos Genéticos Vegetais, Florianópolis, 2014.; O mal-do-panamá, causado por Fusarium oxysporum f. sp. cubense (Foc), é uma doença endêmica em todas as regiões produtoras de banana, sendo citado como uma das seis doenças mais importantes de plantas cultivadas e responsável por grandes perdas econômicas. O cultivo da bananeira em Santa Catarina sofre com essa doença e uma das estratégias usadas no seu controle é a substituição das cultivares do subgrupo Prata, consideradas suscetíveis ao fungo, pelas cultivares do subgrupo Cavendish, devido a sua maior resistência. Nos últimos anos, no entanto, essa estratégia vem sendo questionada em função da ocorrência de focos de Foc nos bananais de cultivares do subgrupo Cavendish. Tendo em vista a importância da bananicultura no Sul do Brasil, região subtropical, a constatação do avanço da doença e o aumento de focos do mal-do-panamá em bananais de cultivares do subgrupo Cavendish nessa região, este trabalho teve como objetivo caracterizar isolados de Fusarium oxysporum f. sp. cubense coletados de cultivares de bananeira dos subgrupos Prata e Cavendish e desenvolver um marcador SCAR associado à suscetibilidade ao mal-do-panamá. Avaliou-se uma população de 152 isolados de Foc coletados em 13 regiões produtoras de banana do Estado de Santa Catarina por meio de características morfológicas...

COMPORTAMENTO FISIOLÓGICO IN VITRO DE BANANEIRA (Musa sp., AAA e AAB) cvs. NANICA E PRATA ANÃ: INFLUÊNCIA DE DIFERENTES NÍVEIS DE POTÁSSIO

Zaidan,Humberto Actis; Oliveira,Enio Tiago de; Gallo,Luiz Antonio; Crocomo,Otto Jesu
Fonte: São Paulo - Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz" Publicador: São Paulo - Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz"
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/1999 PT
Relevância na Pesquisa
36.42%
Nas abordagens biotecnológicas de propagação de plantas, os meios de cultura devem ter uma composição química adequada à essa finalidade permitindo a otimização da produção. Como a bananeira (Musa sp.) é exigente em potássio, a busca do nível adequado desse macronutriente envolve não somente o comprometimento com o nível dos outros nutrientes (balanço iônico), mas também a relação entre eles. Para acompanhar os efeitos fisiológicos dos vários teores de K, explantes caulinares dos cvs. "Nanica" e "Prata Anã" foram cultivados em meio MS modificado, em presença de BAP (2,5 mg/L), sacarose, vitaminas e agar, em seis diferentes concentrações de K: 5, 10, 15, 20, 25 e 30 mM, sendo 20 mM a concentração de K no MS básico. Foram feitas análises de massa de matéria seca (MMS), K na parte aérea, raiz e plântulas inteiras, e determinado o número de plântulas, aos 90 dias de idade. Após início de cultivo todos os parâmetros foram analisados segundo um delineamento inteiramente casualizado. As plântulas que se desenvolveram em baixas concentrações de K apresentaram sintomas visuais de deficiência de K, como clorose e necrose nas folhas mais velhas. Os cultivares apresentaram diferenças quantitativas entre si...

Efeito das concentrações de sacarose no cultivo in vitro de óvulos fertilizados de bananeira.

SAMPAIO, L. F. S.; SOARES, T. L.; SEREJO, J. A. dos S.
Fonte: In: JORNADA CIENTÍFICA EMBRAPA MANDIOCA E FRUTICULTURA, 6., 2012, Cruz das Almas. Anais... Cruz das Almas: Embrapa Mandioca e Fruticultura, 2012. Publicador: In: JORNADA CIENTÍFICA EMBRAPA MANDIOCA E FRUTICULTURA, 6., 2012, Cruz das Almas. Anais... Cruz das Almas: Embrapa Mandioca e Fruticultura, 2012.
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
36.66%
O objetivo do trabalho foi avaliar a influência das concentrações de sacarose no cultivo de óvulos fertilizados de bananeira. Como material vegetal utilizou-se óvulos fertilizados in vivo provenientes do cruzamento de híbridos diplóides de bananeira (AA): 091087-02 x 089087-01 e 091087-02 x 091087-01.; 2012

Compostagem laminar com gliricídia para o sistema orgânico da bananeira crescimento inicial.

SANTOS, J. de S.; BORGES, A. L.; SANTOS, J. C. da S.
Fonte: In: REUNIÃO BRASILEIRA DE FERTILIDADE DO SOLO E NUTRIÇÃO DE PLANTAS, 30.; REUNIÃO BRASILEIRA SOBRE MICORRIZAS, 14.; SIMPÓSIO BRASILEIRO MICROBILOGIA DO SOLO, 12.; REUNIÃO BRASILEIRA DE BIOLOGIA DO SOLO, 09.; SIMPÓSIO SOBRE SELÊNIO NO BRASIL, 1., 2012, Macéio. Fertbio 2012: "A responsabilidade socioambiental da pesquisa agrícola" : [anais...]. Maceió: Sociedade Brasileira de Ciência do Solo; Centro de Ciências Agrárias da Universidade Federal de Alagoas, 2012. 1 CR-ROM. Publicador: In: REUNIÃO BRASILEIRA DE FERTILIDADE DO SOLO E NUTRIÇÃO DE PLANTAS, 30.; REUNIÃO BRASILEIRA SOBRE MICORRIZAS, 14.; SIMPÓSIO BRASILEIRO MICROBILOGIA DO SOLO, 12.; REUNIÃO BRASILEIRA DE BIOLOGIA DO SOLO, 09.; SIMPÓSIO SOBRE SELÊNIO NO BRASIL, 1., 2012, Macéio. Fertbio 2012: "A responsabilidade socioambiental da pesquisa agrícola" : [anais...]. Maceió: Sociedade Brasileira de Ciência do Solo; Centro de Ciências Agrárias da Universidade Federal de Alagoas, 2012. 1 CR-ROM.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
36.5%
A compostagem laminar é uma prática de baixo custo e de fácil disponibilidade realizada na superfície do solo, exigindo menos mão-de-obra em relação ao método tradicional de compostagem. Assim, objetivou-se avaliar o efeito da presença e ausência da compostagem laminar com glirícidia no crescimento inicial de três variedades de bananeira tipo Prata (Prata Anã, BRS Platina e PA-9401). O experimento foi conduzido na Unidade de Pesquisa de Produção Orgânica (UPPO) da Embrapa Mandioca e Fruticultura, em Cruz das Almas (BA). Foram estudados dois tratamentos (ausência e presença da compostagem laminar), avaliando-se 16 plantas de cada variedade por tratamento, no espaçamento 4 x 2 x 2 m. Para realização da compostagem laminar foram montadas as lâminas alternadas de resíduos ricos em nitrogênio (folhas de gliricídia, espessura de 5 cm) com resíduo rico em carbono (podas de grama, espessura de 15 cm). A compostagem laminar foi irrigada com biofertilizante (inoculante). Foram avaliados atributos biométricos (altura e diâmetro do pseudocaule, número de folhas vivas e área foliar) antes (0) e aos 20, 40 e 60 dias após a aplicação. Nas condições avaliadas a compostagem laminar favorece o crescimento inicial das variedades de bananeira...

Relações entre bases trocáveis no solo em sistema orgânico de bananeiras sob cultivo de coberturas vegetais vivas.

BORGES, A. L.; SANTOS, J. de S.; SANTOS, J. C. da S.
Fonte: In: REUNIÃO BRASILEIRA DE FERTILIDADE DO SOLO E NUTRIÇÃO DE PLANTAS, 30.; REUNIÃO BRASILEIRA SOBRE MICORRIZAS, 14.; SIMPÓSIO BRASILEIRO MICROBILOGIA DO SOLO, 12.; REUNIÃO BRASILEIRA DE BIOLOGIA DO SOLO, 09.; SIMPÓSIO SOBRE SELÊNIO NO BRASIL, 1., 2012, Macéio. Fertbio 2012: "A responsabilidade socioambiental da pesquisa agrícola" : [anais...]. Maceió: Sociedade Brasileira de Ciência do Solo; Centro de Ciências Agrárias da Universidade Federal de Alagoas, 2012. 1 CR-ROM. Publicador: In: REUNIÃO BRASILEIRA DE FERTILIDADE DO SOLO E NUTRIÇÃO DE PLANTAS, 30.; REUNIÃO BRASILEIRA SOBRE MICORRIZAS, 14.; SIMPÓSIO BRASILEIRO MICROBILOGIA DO SOLO, 12.; REUNIÃO BRASILEIRA DE BIOLOGIA DO SOLO, 09.; SIMPÓSIO SOBRE SELÊNIO NO BRASIL, 1., 2012, Macéio. Fertbio 2012: "A responsabilidade socioambiental da pesquisa agrícola" : [anais...]. Maceió: Sociedade Brasileira de Ciência do Solo; Centro de Ciências Agrárias da Universidade Federal de Alagoas, 2012. 1 CR-ROM.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
36.66%
As interações entre nutrientes na cultura da banana são importantes, principalmente as relações entre as bases potássio (K), cálcio (Ca) e magnésio (Mg). Assim, objetivou-se avaliar os teores desses nutrientes e suas relações no solo sob coberturas vegetais vivas, em sistema orgânico de bananeira, em Tabuleiro Costeiro do Estado da Bahia. O experimento foi conduzido em Latossolo Amarelo distrocoeso, em cinco tratamentos: T1 (testemunha, sem cobertura viva); T2 (100% leguminosas: Mucuna anã + Crotalaria juncea + feijão-de-porco + feijão caupi); T3 (75% leguminosas + 25% não leguminosas); T4 (25% leguminosas + 75% não leguminosas); T5 (100% não leguminosas: sorgo + milheto + girassol), em cultivo de bananeiras tipo Prata, no espaçamento de 4 x 2 x 2 m. Antes do plantio realizouse análise química do solo para referência. Após o plantio e corte das coberturas, mantidas na superfície do solo por 159 dias, amostrou-se o solo em três profundidades (0-20, 20-40 e 40-60 cm) para determinação dos teores de K, Ca e Mg e cálculos das interações K, Ca e Mg e da saturação por bases (V), e comparação com os valores inicial e das coberturas vegetais. O teor de K no solo aumenta com as coberturas, exceto no T2, enquanto o de Ca decresce em todos os tratamentos em relação ao inicial e apenas T5 aumenta o teor de Mg em relação à referência. Os teores de K...

Características agronômicas de cultivares de bananeira, em Goiânia-GO; Agronomics caracteristics of banana cultivars, in Goiania-GO, Brazil.

MARTINEZ, Aurélio Ludovico de Almeida
Fonte: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em Agronomia; Ciências Agrárias Publicador: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em Agronomia; Ciências Agrárias
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.3%
The banana is one of the most important fruit in the human diet being and, important source of income for small producers, mostly responsible for its production. The explored´s cultivars present diseases problems that hinder its steady production to long it time. With intention to evaluate the agronomics characteristics of six cultivars of banana tree under irrigation, in Goiânia-GO, was carried through an assay in the period of August of 2005 the March of 2007, understanding the first cycle of production. The experimental design was randomized block, with six spot. They had been used dumb piece of corm, planted in 3x2 m spacing. It was evaluated the characteristics vegetative cycle, productive cycle, total cycle, leaf number in the bloom and the harvest, height of plant, circumference of pseudsterm, number of hands, number of fruits, length and diameter of the central fruit of second hand, number of fruits of second hand, mass of second hand and mass of hand. The average total cycles had been of 479 days for BRS FHIA 18, 504 days for Caipira , 481 days for the Nanicão IAC 2001, 531 days in Prata Zulu, 502 days in Thap Maeo, 516 days in Tropical. The plants had not presented problems with leves illnesses, despite Yelow-Sigatoka being seen in leves of BRS FHIA 18 and Thap Maeo . Already Tropical and Zulu Silver had had some plants infecteds for Panama-Disease. The average mass of hands kg in BRS FHIA had been of 12...

Níveis de Putrescina, Poliaminas e Nutrientes Minerais Relacionados a Diferentes Concentrações de Potássio em Bananeira (Musa sp., AAA e AAB) cvs. Nanica e Prata Anã in Vitro; Levels of putrescine, polyamines and mineral nutrients in relation to different potassium concentrations in banana plant (Musa sp., AAA and AAB) cvs. Nanica and Prata anã in vitro condition

Zaidan, Humberto Actis
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 31/03/1998 PT
Relevância na Pesquisa
36.3%
Nas abordagens biotecnológicas de propagação de plantas, os meios de cultura devem ter uma composição química adequada à essa finalidade permitindo a otimização da produção. Como a bananeira (Musa sp.) é exigente em potássio, a busca do nível adequado desse macronutriente envolve não somente o comprometimento com o nível dos outros nutrientes (balanço iônico), mas também a relação entre eles. Para acompanhar os efeitos fisiológicos das relações de vários teores de K com os outros macro e micronutrientes é que explantes caulinares dos cvs. Nanica e Prata Anã foram cultivados em meio MS modificado em presença de BAP, sacarose, vitaminas, agar, suplementado com 6 diferentes doses de K: 5, 10, 15, 20, 25 e 30 mM, sendo que a dose 20 mM corresponde à concentração de K existente no MS básico, que foi adotado como controle.Foram feitas análises de massa de matéria seca (MMS),macro e micronutrientes na parte aérea, raiz e plântulas inteiras. Ao final do experimento foi determinado o número de plântulas e calculado o valor das relações N/K, K/P, K/Ca, K/Mg, K/Ca+Mg, K/S, K/Cu, K/Fe, K/Mn, K/Zn.Foram também dosados os teores da diamina putrescina e de poliaminas, e calculada a relação K/putrescina. Todos os parâmetros foram analisados segundo um delineamento experimental inteiramente casualizado. As plântulas que se desenvolveram em baixas concentrações de K apresentaram sintomas visuais de deficiência...

Espaçamento para o cultivo da bananeira 'Comprida verdadeira' (Musa AAB) na zona da mata sul de Pernambuco (1° Ciclo)

Moura,Roberto José Mello de; Silva Junior,Josué Francisco da; Santos,Venézio Felipe dos; Gouveia,Jandelson
Fonte: Sociedade Brasileira de Fruticultura Publicador: Sociedade Brasileira de Fruticultura
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2002 PT
Relevância na Pesquisa
36.46%
O presente trabalho objetivou definir o melhor espaçamento no desenvolvimento e rendimento da bananeira-'Comprida Verdadeira' na Zona da Mata Sul de Pernambuco. O experimento foi conduzido em delineamento de blocos ao acaso, com três tratamentos, constituídos por três diferentes espaçamentos (3,0 x 2,0 m, 2,5 x 2,0 m e 2,0 x 2,0 m) e três repetições. Foram avaliados a altura da planta, circunferência do pseudocaule, número de filhos e folhas emitidos, número de dias do plantio à emissão da inflorescência e colheita, peso do cacho e das pencas, número de frutos e de pencas/cacho, comprimento e diâmetro do fruto, e espessura da casca. As diferentes distâncias entre plantas não influenciaram na produtividade do primeiro ciclo. Entretanto, os espaçamentos 3,0 x 2,0 m e 2,5 x 2,0 m promoveram a produção de cachos maiores, bem como frutos com melhores características físicas.

Micropropagação da bananeira 'Maçã', cultivada in vitro em diferentes volumes de meio líquido

Siqueira,Dalmo Lopes de; Santos,Dierlei dos; Salomão,Luiz Carlos Chamhum; Silva,Fabyano Fonseca e; Barros,Zoraia de Jesus
Fonte: Universidade Federal de Viçosa Publicador: Universidade Federal de Viçosa
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2013 PT
Relevância na Pesquisa
36.42%
Objetivou-se, neste trabalho, avaliar o efeito de diferentes volumes de meio MS líquido estacionário, na taxa de multiplicação e desenvolvimento, in vitro, de explantes da bananeira 'Maçã'. Na etapa de multiplicação, utilizaram-se microrrizomas do cultivar Maçã (AAB), oriundos de plantas pré-estabelecidas em meio sólido, em estádio de multiplicação, que foram uniformizados quanto ao tamanho. O delineamento utilizado foi inteiramente casualizado, com sete tratamentos e dez repetições, sendo a parcela composta por quatro explantes. Os tratamentos foram diferentes volumes de meio líquido estacionário (5, 10, 15, 20, 25, 30 mL) e 30 mL de meio semissólido (padrão). Mudas obtidas ao final do terceiro subcultivo foram transferidas para um meio de alongamento e enraizamento. O experimento foi composto pelos mesmos tratamentos e delineamento, sendo cada parcela composta por quatro explantes. Os diferentes volumes do meio líquido e semissólido não alteraram a taxa de multiplicação dos explantes. É possível produzir mudas de bananeira 'Maçã', in vitro, em meio líquido estacionário, sendo o volume ideal de 25 mL por frasco.

Avaliação de variante somaclonal de porte baixo de bananeira 'Nanicão Jangada' (Musa sp) em duas densidades

Zonetti,Patricia da Costa; Santos,Pedro César dos; Boliani,Aparecida Conceição; Scarpare Filho,João Alexio; Figueira,Antônio Vargas; Souza,Silvana Aparecida Crestes Dias de; Tulmann Neto,Augusto
Fonte: Sociedade Brasileira de Fruticultura Publicador: Sociedade Brasileira de Fruticultura
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2003 PT
Relevância na Pesquisa
36.54%
Avaliou-se, sob duas densidades de plantio, um variante somaclonal de porte baixo de bananeira, comparando-o com a variedade Nanicão Jangada que lhe deu origem. Os materiais genéticos 'Nanicão Jangada'(controle) e o variante somaclonal representado pelas seleções 224 e 225 de um ensaio anterior, foram avaliados nos espaçamentos 2,0m X 2,0m (densidade 2500 plantas ha-1) e 3,0m X 2,0m (1666plantas ha-1), na Fazenda de Ensino e Pesquisa da Faculdade de Engenharia - UNESP, Campus de Ilha Solteira-SP. O ensaio foi conduzido em blocos ao acaso com cinco repetições, com utilização de mudas micropropagadas, sob irrigação por gotejamento, no período de dezembro de 1998 a março de 2001, com avaliação dos dois primeiros ciclos de produção. Constatou-se efeito da densidade e do ciclo sobre a produção estimada de frutos sendo que no cultivo mais denso, a média foi de 81,25 t.ha-1 no primeiro ciclo de produção e 67,93 t.ha-1 no segundo ciclo. No cultivo de menor densidade a produção estimada no primeiro ciclo foi de 51,35 t.ha-1 e 44,08 t.ha-1 no segundo. As seleções do variante de porte baixo apresentaram menor altura da planta e mostraram-se relativamente mais precoces e com produção semelhante a cv. Nanicão Jangada no primeiro ciclo. No segundo ciclo houve uma queda na produção do bananal...

Aplicação de doses de zinco, via solo, na bananeira "Prata Anã" (AAB) irrigada, no norte de Minas Gerais

Silva,Enilson de Barros; Farnezi,Múcio Mágno de Melo; Pinho,Paulo Jorge de; Rodrigues,Maria Geralda Vilela; Carvalho,Janice Guedes de
Fonte: Sociedade Brasileira de Ciência do Solo Publicador: Sociedade Brasileira de Ciência do Solo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2007 PT
Relevância na Pesquisa
36.58%
Foi realizado um experimento de campo no município de Nova Porteirinha, no Norte de Minas Gerais, em Latossolo Vermelho-Amarelo distrófico, com os objetivos de avaliar a resposta da bananeira 'Prata Anã' à aplicação de doses de Zn via solo e estimar os níveis críticos de Zn no solo e nas folhas. Foram aplicadas quatro doses de Zn, correspondentes a 0, 10, 20 e 40 kg ha-1 ano-1 , utilizando-se o sulfato de zinco. Os tratamentos foram dispostos no delineamento em blocos casualizados com três repetições, totalizando 36 parcelas experimentais. Foram avaliados a produtividade de frutos, o teor de Zn no solo (Mehlich-1 e DTPA a pH 7,3) e o teor foliar durante dois anos de cultivo. A produtividade de frutos aumentou com as doses de Zn aplicadas no solo, atingindo, na média de dois anos de cultivo, 22,2 t ha-1 com aplicação da dose de 4,1 kg ha-1 ano-1 de Zn. O nível crítico médio de Zn no solo pelos extratores Mehlich-1 e DTPA foi de 14,5 e 5,2 mg dm-3, respectivamente, e, para Zn foliar, de 15,8 mg kg-1, nas condições edafoclimáticas da região Norte de Minas Gerais.

Crescimento e produção de primeiro ciclo da bananeira 'Prata Anã' (AAB) em sete espaçamentos

PEREIRA,MARLON CRISTIAN TOLEDO; SALOMÃO,LUIZ CARLOS CHAMHUM; SILVA,SEBASTIÃO DE OLIVEIRA E; SEDIYAMA,CARLOS SIGUEYUKI; COUTO,FLÁVIO ALENCAR D' ARAUJO; SILVA NETO,SEBASTIÃO PEDRO DA
Fonte: Embrapa Informação Tecnológica; Pesquisa Agropecuária Brasileira Publicador: Embrapa Informação Tecnológica; Pesquisa Agropecuária Brasileira
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/07/2000 PT
Relevância na Pesquisa
36.3%
Este estudo teve por objetivo verificar o comportamento da bananeira (Musa spp.) 'Prata Anã' no primeiro ciclo de produção na localidade de Jaíba, MG, submetida a sete espaçamentos, com irrigação. Os tratamentos foram: triângulo: 2,7 m x 3,2 m (1.157 covas/ha) e 2,9 m x 3,4 m (1.014 covas/ha); fileira dupla em triângulo: 4,5 m x 2,0 m x 3,0 m (1.026 covas/ha) e 4,5 m x 2,0 m x 2,0 m (1.538 covas/ha); fileira dupla em retângulo: 4,5 m x 2,0 m x 3,5 m (879 covas/ha); e retângulo: 4,0 m x 2,0 m (1.250 covas/ha) e 3,0 m x 2,0 m (1.666 covas/ha). Os sistemas de espaçamento e as densidades populacionais testados não alteraram as taxas de crescimento das plantas nem suas características na época da colheita. Entretanto, as bananeiras plantadas em maiores densidades apresentaram maior produtividade, atingindo até 29,1 t/ha. As plantas apresentaram, em média, ciclo do plantio à colheita de 411 dias, ciclo do florescimento à colheita de 141 dias, e cachos com 17,7 kg, 9,1 pencas e 134 frutos. Para o primeiro ciclo de produção, o espaçamento mais apropriado foi de 3,0 m x 2,0 m, em retângulo, para a região de Jaíba.

Efeitos de diferentes densidades de plantio sobre a qualidade de fruto da bananeira "Pacovan".

MOTA, P. R. D'A.; VASCONCELOS, L. F. L.; SOUSA, V. F.; ALCÂNTARA, R. M. C. M. da; ELOI, W. M.
Fonte: In: CONGRESSO BRASILEIRO DE FRUTICULTURA, 17., 2002, Belém.Os novos desafios da fruticultura brasileira: anais. Belém: SBF, 2002. Publicador: In: CONGRESSO BRASILEIRO DE FRUTICULTURA, 17., 2002, Belém.Os novos desafios da fruticultura brasileira: anais. Belém: SBF, 2002.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Formato: 1 CD-ROM.; 5 p.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
36.3%
No Brasil, a bananeira (Musa spp.) vem sendo caracterizada como uma cultura de baixa produtividade, e de elevadas perdas na pré e pós-colheita, porém, é a fruta mais consumida no país. Ocupa o segundo lugar em produção, com cerca de seis milhões de toneladas anuais de frutos. As condições climáticas das regiões Norte e Nordeste, associadas ao solo e manejo adequado da irrigação, podem proporcionar oferta regular de banana (Cordeiro, 2000).; 2002

Avaliação do coeficiente de variação e Relações entre caracteres de rendimento e desenvolvimento na cultura da caracteres de rendimento e desenvolvimento na cultura dacaracteres de rendimento e desenvolvimento na cultura da bananeira.

Rocha, Josimar
Fonte: Universidade Federal do Recôncavo da Bahia Publicador: Universidade Federal do Recôncavo da Bahia
Relevância na Pesquisa
36.5%
A banana é uma das frutas tropicais de maior importância econômica e social em todo o mundo, o Brasil ocupa a segunda colocação no ranking mundial dos maiores produtores, sendo produzida de norte a sul do país, desde a faixa litorânea até o planalto central, principalmente por pequenos produtores com baixos níveis de capitalização e tecnologia, que produzem frutos de má qualidade. O objetivo deste trabalho foi estabelecer faixas de coeficientes de variação para a cultura da bananeira, estabelecendo intervalos para a sua classificação em CVs baixos,médios, altos e muito altos e estudar as relações entre caracteres de bananeira avaliados em dois ciclos de produção. No estudo dos coeficientes de variação foram feitas pesquisas nas mais diversas literaturas que tratam de experimentação com a cultura da bananeira. Analisando também os critérios que devem ser levados em consideração para a redução do erro experimental, que está relacionado com os coeficientes de variação para cada variável. Para as relações entre caracteres foram calculados os coeficientes de correlação de Pearson entre 16 caracteres de rendimento e desenvolvimento da cultivar Tropical em dois ciclos de produção. Cada variável avaliada apresenta faixas de classificação dos coeficientes de variação específica. As variáveis diâmetro do fruto...

Indução de mutação por meio de irradiação gama em cultivares de Bananeira.

Pestana, Rosa Karla Nogueira
Fonte: Universidade Federal do Recôncavo da Bahia Publicador: Universidade Federal do Recôncavo da Bahia
Relevância na Pesquisa
46.71%
Um dos fatores que levam a grandes perdas no cultivo da bananeira é o tombamento de planta provocado pela altura elevada do pseudocaule de algumas cultivares comerciais. Uma alternativa para superar estas limitações é a redução do porte com o uso de indução de mutação por meio da radiação gama. Este trabalho foi desenvolvido na Embrapa Mandioca e Fruticultura Tropical, com o objetivo de avaliar a variabilidade genética de bananeira do tipo Prata (‘Pacovan’ e ‘Preciosa’) irradiada e testar a sensitividade à radiação na cultivar Terra Maranhão visando identificar a melhor dose de raios gama para mutação nessa cultivar. O trabalho foi subdividido em três capítulos: no primeiro foi realizada a caracterização agronômica de mutantes das cvs. Pacovan e Preciosa visando à seleção de plantas com menor porte; no segundo capítulo a caracterização agronômica foi comparada com marcadores ISSR para estimar a diversidade genética entre os mutantes; já no terceiro capítulo buscou-se identificar a melhor dose de radiação para a indução de mutação na cultivar Terra Maranhão. Os resultados indicaram que existe variabilidade genética para a maioria das características agronômicas entre as plantas irradiadas tanto na ‘Pacovan’ quanto na ‘Preciosa’...

Análise da expressão gênica em bananeira cultivada com silício e inoculada com Fusarium oxysporum f. sp. cubense.

Santos, Adailson Feitoza de Jesus
Fonte: Universidade Federal do Recôncavo da Bahia Publicador: Universidade Federal do Recôncavo da Bahia
Relevância na Pesquisa
36.42%
A bananicultura representa uma cultura de grande importância econômica e social para o Brasil. A baixa produtividade nacional tem sido atribuída a fatores como alta incidência de pragas e doenças e ao baixo nível de tecnologia empregado nesta cultura na maioria das áreas produtoras. O mal-do-Panamá, doença causada pelo fungo Fusarium oxysporum f. sp. cubense (Foc) é uma doença endêmica em todas as regiões produtoras de banana do mundo. Seu controle com fungicidas é inviável e o uso de cultivares resistentes está condicionado à aparição de novas raças do patógeno. Diante desse cenário, a busca por medidas que visem o controle da doença têm sido estudadas, e uma das propostas é a utilização do silício como um indutor de resistência, devido ao seu efetivo papel no controle de doenças de várias culturas. O objetivo deste trabalho foi: a) revisar o conhecimento científico sobre a cultura da banana, o mal-do-Panamá e o papel do Silício na ativação de mecanismos de defesa; b) analisar a expressão gênica em bananeira das cultivares Maçã e Grande Naine, suscetível e resistente, respectivamente a Foc, cultivada com Si e inoculadas com o Foc. Para isto foi empregada a técnica de PCR em Tempo Real, utilizando a metodologia SYBR Green. A utilização simultânea de Si e inoculação com Foc apresentou efeito apenas na expressão da catalase para a cultivar Maçã nas primeiras horas após a inoculação...