Página 1 dos resultados de 1808 itens digitais encontrados em 0.004 segundos

Análises hidrogeomorfológicas para comparação de duas bacias hidrográficas contribuintes do reservatório de Itaipu; Hidrogeomorphologic and hidrosedimentologic analyses to compare two watersheds of Itaipu reservoir

Aguiar, Alexandre Marques de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 05/08/2009 PT
Relevância na Pesquisa
67.15%
Neste estudo, o objetivo foi realizar análises hidrogeomorfológicas e hidrossedimentológicas para comparar duas bacias hidrográficas contribuintes do reservatório de Itaipu, ou seja, foram analisadas as bacias hidrográficas dos rios Iguatemi - MS e Piquiri - PR. As análises hidrogeomorfológicas das bacias hidrográficas visaram identificar o potencial para geração, mobilização e estocagem de sedimentos em suspensão. As análises hidrossedimentológicas permitiram estimar a produção especifica de sedimentos em suspensão diária (Pss ton/km²/dia) e com isto, foi possível complementar as análises hidrogeomorfológicas para verificar as contribuições das bacias hidrográficas no aporte de sedimentos em suspensão em direção ao ambiente aquático do reservatório de Itaipu. O uso de imagem multiespectral coletada pelo satélite QuickBird permitiu representar espacialmente o fluxo de sedimentos em suspensão provenientes das bacias hidrográficas nas áreas de suas desembocaduras, e avaliar por meio da interpretação visual as diferentes colorações da água na área de confluência com o rio Paraná. Foi constatado na data de passagem do satélite que na bacia hidrográfica do rio Iguatemi a Pss foi em média 4 vezes superior em relação a Pss da bacia hidrográfica do rio Piquiri...

Aprimoramento estatístico da regionalização de vazões máximas e médias. Aplicação a bacias hidrográficas do Rio Grande do Sul e Santa Catarina

Brusa, Luis Carlos
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
67.03%
Os registros de vazões líquidas obtidos das estações fluviométricas são válidos, unicamente, para o local de onde foram coletados ou muito próximo a ele. Na maioria das vezes, a região de influência deste não inclui o local de interesse para o desenvolvimento de projetos de recursos hídricos. Este inconveniente, geralmente, pode ser resolvido através do uso de métodos de regionalização hidrológica. Para determinar os coeficientes da equação de regionalização, o procedimento mais usado consiste em: i) estabelecer uma relação do tipo exponencial multivariada entre a variável dependente (vazão média de longo prazo ou média anual de cheia) e as covariáveis (variáveis climáticas e fisiográficas da bacia hidrográfica); ii) linearizar a equação anterior mediante a transformação logarítmica de ambos os membros; iii) utilizar modelos lineares de regressão para estimar os coeficientes, geralmente, o método dos mínimos quadrados ordinários; e iv) aplicar a transformação inversa para definir a equação. A aplicação deste procedimento implica assumir certas propriedades dos dados (assimetria positiva, registros da mesma extensão e que os mesmos possuem o mesmo período de início e fim, entre outros) que dificilmente podem ser atendidas...

Análise em bacias hidrográficas: contribuição metodológica para o diagnóstico ambiental

Carvalho, Ana Gabriela Bueno Melo de
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 131 f. : gráfs., il., maps., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
67.22%
Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq); Pós-graduação em Geografia - IGCE; The small watersheds directly influence the quality of life of the cities, and the methodologies for environmental assessment in watersheds, mostly extend to large watersheds, comprising several municipalities, which hinders participatory management and effective. In general, proposed management alternatives for small watersheds guarantee the applicability of the methodology, as managements plans requiring the accession of several municipalities are not always applicable to lack of interest and participation of all municipalities involved. There is a need further studies and propose methodologies applicable to the definition of the intensity of environmental degradation in watersheds small, reaching a single municipality in order to subsidize the government to make decisions regarding the management, the recovery and the creation of areas of urban expansion, making the impacts of land use as small as possible. In this context, the objective of this research is to propose a cartographic model of environmental assessment of the physical environment for small watersheds of different land uses based on the concept of ecodynamics Tricart (1977). It was adopted as the study area Ilha Solteira - SP...

As vazões de outorga das bacias hidrográficas dos rios Aguapeí e Peixe

Santos, Ednon de Lima
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
POR
Relevância na Pesquisa
67.03%
This work presents procedures for getting data to estimate grant flow by means of statistical and hydrological methods, acquired during the graduate course, of some streams in the watersheds of Aguapeí and Peixe rivers, in order to make available this data set to Sao Paulo State water and electrical energy department – DAEE and to the Committees of Aguapeí and Peixe watersheds. This study was performed using discharge data and the were a selection process to identify some faults in the historical series. Finally it was calculated the 7-day moving averages, Q7 and some characteristics discharges like Q90 and Q95. Taking into account the average discharge en seven days in a 10-year recurrence interval, it was estimated the grant flow of some streams. Data were generated for six posts inside the Aguapei and Peixe watersheds; Este trabalho apresentada os procedimentos de obtenção dos dados de vazão de outorga, utilizando métodos estatísticos e de hidrologia, adquiridos ao longo do curso, de alguns mananciais localizados nas bacias hidrográficas dos rios Aguapeí e Peixe a fim de disponibilizar os dados obtidos ao Departamento de Águas e Energia Elétrica do Estado de São Paulo – DAEE e aos Comitês das bacias hidrográficas dos rios Aguapeí e Peixe. Esse estudo foi elaborado com base na série temporal...

Avaliação do modelo digital de elevação Aster para analise morfometrica de bacias hidrograficas; Evaluation of ASTER digital elevation model for morphometric analysis of drainage basins

Nilton de Jesus
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 18/08/2009 PT
Relevância na Pesquisa
67.1%
Nos últimos anos, as aplicações da tecnologia SIG têm contribuído às pesquisas geomorfológicas com uma série de novas possibilidades para quantificação das formas de relevo. Ênfase particular tem sido dada à extração de parâmetros morfométricos de bacias hidrográficas, a partir de Modelos Digitais de Elevação (MDE). As aplicações da tecnologia SIG vêm se tornando importante ferramenta para modelagem de processos geomorfodinâmicos, a partir destes parâmetros quantitativos. Neste contexto, a presente pesquisa tem como objetivo apresentar um procedimento para extração da rede de drenagem e dos divisores de bacias hidrográficas, de modo automatizado, a partir do modelo digital de elevação de imagens estereoscópicas do sensor óptico orbital ASTER. Com estes resultados foi calculado parâmetros morfométricos para comparar com parâmetros morfométricos calculados de forma analógica a partir de cartas topográficas do IBGE na escala de 1:50.000. A metodologia utiliza trabalhos no campo da geomorfometria com destaque para a adoção do algoritmo Dinf na definição da rede e de bacias hidrográficas apoiado pelo SIG MapWindow versão 4.4 com plug-in TauDEM (software livre) e pelo SIG Idrisi 32 no cálculo e comparação dos parâmetros morfométricos. Os resultados mostraram que é possível a extração da rede de drenagem e das bacias hidrográficas a partir dos dados do MDE ASTER sem a perda da qualidade para os parâmetros morfométricos tais como...

Proposta de um modelo de Sistema de Gestão das Águas para Bacias Hidrográficas - SGABH

Soares, Eliane Maria Foleto
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Tese de Doutorado Formato: xii, 207 f.| il., tabs., mapas
POR
Relevância na Pesquisa
67.03%
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico. Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção.; Esta tese propõe um modelo de Sistema de Gestão das Águas para Bacias Hidrográficas (SGABH), baseado nos requisitos do Sistema de Gestão Ambiental (SGA) da Norma ISO 14001, que tem como princípios a prevenção da poluição, o atendimento à legislação e a melhoria contínua da qualidade ambiental. A proposta visa dar subsídios técnicos para melhorar o processo decisório dos comitês de gerenciamento de bacias hidrográficas. No modelo proposto considera-se como organização uma microbacia hidrográfica do Rio Vacacaí-Mirim a montante da RS 287, e como administração o Comitê de Gerenciamento da Bacia Hidrográfica. A avaliação ambiental da microbacia hidrográfica foi feita através: da análise de mapas de áreas de preservação permanente, da análise de usos da terra e de conflitos de usos; da análise da qualidade da água, que por percolar e escoar por toda a área da microbacia hidrográfica adquire as características desta; e também através de pesquisas de campo do resultado da II Conferência Municipal de Meio Ambiente e da Pré Conferência Estadual de Meio Ambiente. Estes problemas permitiram definir...

A governança da água em bacias hidrográficas

Hernandez, Arthur de Oliveira
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: xvi, 100 p.| il., grafs., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
67.12%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico. Programa de Pós-Graduação em Engenharia Ambiental.; A diminuição da disponibilidade da água assim como a contínua degradação dos corpos hídricos, vem gerando conflitos em diferentes lugares do mundo. A gestão de bacias no Brasil existe desde uma longa data, e mesmo existindo vários modelos para esta, não há a implementação dos mesmos, nem melhorias nas bacias hidrográficas. Apesar de Quebec, no Canadá, apresentar uma Política Nacional de Águas recente e de não possuir uma lei de recursos hídricos, tem uma gestão de bacias muito evoluída em relação à qualidade, à quantidade e à governança de seus recursos hídricos. Este trabalho é um estudo comparativo da gestão de bacias hidrográficas no Brasil e no Quebec, analisando as políticas de recursos hídricos de cada país, estudando os instrumentos das políticas para identificar os elementos metodologias utilizados em cada país, assim como os diferentes fatores que interagem na gestão de bacias hidrográficas, aumentando a governança local da água. A partir dos resultados das pesquisas documentais e bibliográficas, foram identificados os documentos oficiais de cada país...

Efeitos do uso do solo na ecohidrologia de bacias hidrográficas

Ilhéu, Maria; Batista, Teresa; Matono, Paula; Corte-Real, João; Sampaio, Elsa
Fonte: Rede de Estudos Ambientais de Países de Língua Portuguesa. Publicador: Rede de Estudos Ambientais de Países de Língua Portuguesa.
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
67.19%
A ocupação e uso do solo, desempenham um importante papel nos fenómenos das mudanças globais constituindo um importante fator que afeta a integridade dos ecossistemas terrestres e aquáticos. Muitas bacias hidrográficas de regiões Mediterrânicas e semi-áridas, caracterizadas durante séculos por sistemas de produção agrícola em extensivo de sequeiro, nas últimas décadas sofreram uma mudança bastante acelerada nos sistemas de produção agrícola devido à perspetiva de uma agricultura de regadio rentável. Apesar do crescente reconhecimento dos impactos dos sistemas agrícolas intensivos, tem-se assistido a um forte incentivo à produção dirigido à intensificação de diversas culturas. Os sistemas de produção agrícola intensivos são caracterizados por uma elevada densidade de plantas, rega sistemática e colheita mecanizada, com incorporação de grandes quantidades de energia e água à custa dos recursos naturais. Estes sistemas associados a um clima em alteração onde os eventos extremos se estão a tornar mais frequentes e mais intensos, têm impactos ambientais negatives fortes, particularmente na erosão do solo, escoamento para corpos de água, degradação de habitats e exploração e contaminação de recursos aquáticos escassos...

As cheias rápidas em bacias hidrográficas da AML norte: factores condicionantes e desencadeantes

Leal, Miguel Henrique Alfaia,1988-
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2011 POR
Relevância na Pesquisa
67.06%
Tese de mestrado, Geografia - Geografia Física e Ordenamento do Território, Universidade de Lisboa, Instituto de Geografia e Ordenamento do Território, 2011; As cheias na Área Metropolitana de Lisboa (AML) e, particularmente, na AML Norte, ocorrem com alguma frequência, tornando-a uma região de elevado interesse científico. Foram escolhidas 12 pequenas bacias hidrográficas aí localizadas (Colares, Vinhas, Caparide, Laje, Barcarena, Jamor, Trancão (bacia), Trancão (sub-bacia), Póvoa, Loures, Fanhões e Alpriate), para se avaliarem os factores condicionantes das cheias em cada uma delas. Foram estudadas as características físicas (geometria, substrato geológico, relevo e rede de drenagem) de cada uma das bacias, o que permitiu estabelecer uma classificação de susceptibilidade natural às cheias. Também foram analisadas as componentes variáveis (uso do solo), constituindo-se uma classificação de susceptibilidade antrópica. A avaliação dos factores condicionantes das bacias, expressa pela susceptibilidade final, resultou da combinação entre as componentes permanentes e variáveis. Analisou-se igualmente a evolução da ocupação dos leitos de cheia das bacias hidrográficas estudadas entre 1990 e 2006...

Análise morfométrica das sub-bacias hidrográficas Perdizes e Fojo no município de Campos do Jordão, SP, Brasil

Santos,Agenor Micaeli dos; Targa,Marcelo dos Santos; Batista,Getulio Teixeira; Dias,Nelson Wellausen
Fonte: Instituto de Pesquisas Ambientais em Bacias Hidrográficas Publicador: Instituto de Pesquisas Ambientais em Bacias Hidrográficas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2012 PT
Relevância na Pesquisa
77.02%
A Política de Recursos Hídricos do Estado de São Paulo estabeleceu em 1991 o Sistema Integrado de Gerenciamento de Recursos Hídricos (SIGRHI) e ao definir os princípios básicos para a gestão da água, adotou a bacia hidrográfica como unidade territorial para estudos, planejamento integrado para o desenvolvimento sustentável. O presente trabalho objetivou caracterizar a morfometria das sub-bacias hidrográficas Fojo e Perdizes, no município de Campos do Jordão, SP. A análise morfométrica envolveu a caracterização de parâmetros geométricos, do relevo, da rede de drenagem, e a análise do uso e ocupação do solo das sub-bacias. Na caracterização morfométrica foi encontrada para sub-bacia Perdizes a área de 12,70 km², o perímetro de 19,85 km e o comprimento do eixo da bacia de 6,86 km, enquanto para a sub-bacia Fojo, a área de drenagem encontrada foi de 13,97 km², o perímetro de 19,74 km e o comprimento do eixo da bacia de 6,94 km. Esses resultados indicam semelhanças entre as duas sub-bacias. O coeficiente de compacidade (Kc) encontrado, 1,56 para a sub-bacia Perdizes e 1,41 para a sub-bacia Fojo, associados aos respectivos fatores de forma, F= 0,27 e F = 0,29 indicam que estas sub-bacias, em condições normais de precipitação...

Redefinição dos limites das sub-bacias hidrográficas do estado do Mato Grosso do sul com o auxílio de técnicas computacionais.

ESQUERDO, J. C. D. M.; SILVA, J. dos S. V. da.
Fonte: In: CONGRESSO BRASILEIRO DE AGROINFORMÁTICA, 8., 2011, Bento Gonçalves. Anais... Florianópolis: UFSC; Pelotas: UFPel, 2011. Publicador: In: CONGRESSO BRASILEIRO DE AGROINFORMÁTICA, 8., 2011, Bento Gonçalves. Anais... Florianópolis: UFSC; Pelotas: UFPel, 2011.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Formato: Não paginado.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
67.16%
RESUMO: As bacias hidrográficas constituem-se como unidades territoriais para a aplicação da Política Nacional de Recursos Hídricos, sendo consideradas em muitos estados como unidades de gerenciamento e planejamento. No Mato Grosso do Sul, a delimitação das sub-bacias foi realizada em 1990 a partir da interpretação de mapas na escala 1:1000.000, não havendo detalhamento suficiente para o planejamento regional. Um novo mapa com uma delimitação mais detalhada das sub-bacias do estado vem sendo realizado e, neste sentido, o objetivo deste estudo foi aplicar uma metodologia automática baseada em técnicas computacionais para redefinir e detalhar os limites das sub-bacias hidrográficas do estado. Os resultados mostraram que as técnicas computacionais utilizadas facilitaram o processo de delimitação das sub-bacias, sendo que os melhores resultados foram alcançados nas regiões com maior variação do relevo. A metodologia adotada representa uma alternativa viável e de baixo custo no apoio às atividades de delineamento de bacias hidrográficas.; 2011; SBIAgro 2011.

Estruturação de problemas de decisões estratégicas para comitês de Bacias Hidrográficas do Estado de Pernambuco

de Almeida Levino, Natallya; Costa Morais, Danielle (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
67.03%
A discussão em torno do desenvolvimento sustentável vem ganhando maior notoriedade nos últimos anos, decorrente da intensificação da degradação ambiental. A Lei nº 9.433/97 representou um avanço institucional das políticas brasileiras ao criar o Sistema Nacional de Recursos Hídricos e instituir os comitês de bacias hidrográficas como unidade de gestão. A fim de avaliar a situação atual dos comitês de bacias hidrográficas do Estado de Pernambuco e a forma como as decisões são tomadas nesse âmbito, foi realizada uma pesquisa qualitativa, através da aplicação de questionário, com os membros da diretoria dos cinco comitês constituídos no estado, durante os meses de março a maio de 2009. O cenário apresentado pelos comitês é de poucas conquistas e realizações; a infra-estrutura ainda se mostra insatisfatória, bem como a falta de recursos próprios impossibilita maior mobilidade, devido a não implementação de todos os mecanismos previstos pela Lei. Com a análise dos resultados verificou-se que a ausência de procedimentos para envolvimento dos membros para discussão e estruturação dos problemas enfrentados pelos comitês, dificulta a tomada de decisão. Assim, o presente trabalho propõe um modelo de estruturação de problemas para os Comitês de Bacia Hidrográfica...

Avaliação da ocupação e uso da terra nas bacias hidrográficas da região metropolitana de Goiânia/GO (2010); Evaluation of land use and occupation in watersheds of Goiânia/GO metropolitan region (2010); Evaluación de la ocupación y del uso del suelo em las cuencas hidrográficas del área metropolitana de Goiânia/GO (2010)

Silva, Marcos Vinícius Alexandre da; Ferreira, Nilson Clementino
Fonte: Denis Castilho; brasil; UFG; Gerografia Publicador: Denis Castilho; brasil; UFG; Gerografia
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
67.18%
v. 8, n. 2, p.150-167, mai./ago.2014.; This study aimed the exploratory analyzes on the land use and land cover in Goiânia Metropolitan Region, contemplating the watershed, which are now being considered in land management. Were prepared mappings of the landscape elements and of permanent preservation areas according the environmental legislation, by using images obtained by the sensor LISS III coupled in the satellite Resourcesat-1, and also elevation data obtained by the Shuttle Radar Topographic Mission - SRTM. We verified that 19% of the surface in the Metropolitan Region has been urbanized, and the remaining 81% are in rural areas. We found watersheds with up to 73.65% of its surface occupied by urban areas and basins with 41.18% of its area covered by native vegetation. The regional portion that has impacted watersheds, having their permanent preservation areas occupied mostly by agriculture, pasture or urban area is the northwest, mainly due the conurbation process in the municipalities of Goiânia, Trindade and Goianira. The results obtained can be used for land management and regional planning, which may indicate areas that need special attention of the government to ensure regional sustainability.; Este artículo tiene por objetivo el desarrollo de análisis exploratorios de el uso y cobertura del suelo en la Región Metropolitana de Goiânia...

Distribuição espacial e temporal do escoamento superficial em bacias hidrográficas

Costa Neto, Joaquim Francisco da
Fonte: Universidade Federal de Mato Grosso do Sul Publicador: Universidade Federal de Mato Grosso do Sul
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
67.04%
A necessidade de conservação dos recursos hídricos induz os pesquisadores à busca de um melhor entendimento e interação do processo dinâmico de transformação que envolve todo o ciclo hidrológico. A escassez de estações meteorológicas e fluviométricas, associada às grandes dimensões das bacias hidrográficas do país, impossibilitam a quantificação do volume de água escoado nas pequenas bacias, bem como seu comportamento ao longo do trecho de escoamento. No presente estudo, objetivou-se desenvolver um modelo matemático e computacional que analise e determine a distribuição espacial e temporal do escoamento superficial unidimensional, em bacias hidrográficas. O modelo permite gerar hidrogramas com base em dados fisiográficos, vazões observadas em um posto fluviométrico à jusante e dados de precipitação, em diversas subbacias de interesse, que não disponham de medições de vazão. A bacia hidrográfica em estudo localiza-se no Rio Aquidauana, acima do posto fluvial Ponte do Grego, e foi discretizada em uma, quatro, onze, vinte e seis e cem sub-bacias. Os dados físicos e de chuvas para o período estudado foram obtidos e dimensionados para cada forma de discretização. O modelo matemático foi baseado no método da onda cinemática...

Zoneamento ambiental no planejamento e gestão de bacias hidrográficas

Oliveira, Paulo Tarso Sanches de
Fonte: Universidade Federal de Mato Grosso do Sul Publicador: Universidade Federal de Mato Grosso do Sul
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
67.19%
No desenvolvimento de estudos ambientais em bacias hidrográficas é fundamental a análise das características morfométricas de bacias hidrográficas, pois, essas características exercem importante papel nos processos do ciclo hidrológico e hidrossedimentológico. A erosão hídrica é caracterizada como uma das principais formas de degradação ambiental em bacias hidrográficas, ocasionando diversos efeitos prejudiciais ao solo e a água, que envolvem desde aspectos de perda de produtividade agrícola até impactos sobre os recursos hídricos. Assim, a predição de perda de solo é importante para avaliar os riscos de erosão do solo e determinar adequados usos e manejos do solo. Dentre os modelos de predição da erosão do solo, destacase a Universal Soil Loss Equation (USLE), que apesar de algumas limitações, continua sendo o modelo de erosão mais utilizado mundialmente, fornecendo informações úteis no planejamento conservacionista do solo e água. Os valores de perda de solo média anual, estimados pela USLE, podem ser comparados com valores de tolerância a perda de solo (T), com intuito de verificar áreas de risco a erosão e subsidiar o adequado uso e manejo do solo a partir da implantação do zoneamento ambiental. No Estado de Mato Grosso do Sul...

Caracterização sócio-ambiental das bacias hidrográficas do Estado de Goiás e Distrito Federal; Socio-environmental basins of State of Goiás and Distrito Federal

MEDEIROS, Levindo Cardoso
Fonte: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em Geografia; Ciências Humanas Publicador: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em Geografia; Ciências Humanas
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
67.1%
The sustainable development is one of the great objectives of the current society, however, still of difficult reach due to several factors, and one of them refers to the intensity of the human occupation in the last years, without the due planning and cares with the environment. This human occupation of the territories, it has not been assuring significant developments social, economical and institutional for all of the social sectors, in many regions of the planet. The objective of this work is to propose an index of social-environmental quality, which it varies from zero to one, quantifying the level of existent integration among the variables social, economical, environmental and institutional, necessary for the sustainable development. This proposed index was applied in the watersheds of the State of Goiás and Federal District, showing the level of difficulty for the execution of public politics that promote the sustainable development in those watersheds. After the resolution of several inherent subjects to the processes of watersheds delimitation and processing of variables social, economical, environmental and institutional in the geographical domain of watersheds, it was found for the study area the medium value of the index of social-environmental quality equal to 0.406...

Valoração, cobrança pelo uso da água e a gestão das bacias hidrográficas do Alto Iguaçu e afluentes do Alto Ribeira : uma abordagem econômico-ecológica; Valuation, charging for water use and managemente of Alto Iguaçu and tributaries of the Alto Ribeira watersheds : an economic-ecological approach

Júnior Ruiz Garcia
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 27/02/2012 PT
Relevância na Pesquisa
67.15%
A degradação do sistema natural ao longo do século XX pode ser caracterizada pela tendência ascendente e estreita relação com a escala física da atividade econômica, que demanda quantidades crescentes de recursos naturais, seja como fonte de insumos, seja como fonte para a absorção de resíduos. Desta forma, o que antes era considerado um bem ou serviço provido gratuitamente pelo sistema natural, por exemplo, água limpa, controle de enchentes, fertilidade do solo etc., no período recente está associado a custos crescentes. Neste contexto, a disponibilidade de recursos hídricos tornou-se objeto de constante preocupação por parte de diversos agentes públicos e privados. Essa preocupação resultou no desenvolvimento e na implantação de sistemas de gestão de bacias hidrográficas, cujo objetivo é promover o uso racional, a preservação e a melhoria da qualidade dos recursos hídricos. Em 1997, o Brasil instituiu a Política Nacional de Recursos Hídricos que reconheceu o valor econômico da água e autoriza a cobrança pelo direito de uso. Entretanto, a valoração e a precificação da água não se mostrou uma tarefa trivial para os Comitês de Bacias Hidrográficas. Ainda, a definição do "preço da água" no Brasil tem sido realizada de maneira arbitrária...

Análise fractal de bacias hidrográficas de região de encosta e região de planalto com base em cartas topográficas e em fotografias aéreas

Silveira, Narà de Fátima Quadros da
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Tese de Doutorado Formato: xxiii, 164 f.| il., grafs., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
67.16%
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico. Programa de Pós-Graduação em Engenharia Ambiental; As características físicas e fractais de uma rede de drenagem, a partir de dados obtidos através de técnicas de geoprocessamento, constituem elementos importantes para avaliação do comportamento hidrológico das bacias hidrográficas. O objetivo desta pesquisa é investigar o fractal de quatro bacias hidrográficas, sendo duas de região de planalto: rio São Gonçalo e lajeado das Marrecas localizadas no Estado do Rio Grande do Sul e duas de região de encosta: rio Pinheirinho e rio Figueira localizadas no Estado de Santa Catarina, através de mapas elaborados com carta topográfica e fotografias aéreas. Os mapas foram obtidos, primeiramente, na forma analógica, a partir de dados da carta topográfica e de fotografias aéreas de 1978 e 2002 e transformados em mapas digitais pelas técnicas de geoprocessamento, obtendo as variáveis morfométricas das bacias hidrográficas. Foram estudados o expoente na equação de Hack e as propriedades de auto-similaridade e auto-afinidade, através dos fundamentos básicos da geometria fractal. Foram estimados os valores da dimensão fractal do canal principal...

Analises morfometricas em bacias hidrograficas integradas a um sistema de informações geograficas

Rafaeli Neto, Silvio Luis; Dalmolin, Quintino; Robbi, Claudia
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Dissertação Formato: xxi, 138f. : il., tabs. ; 29cm.; application/pdf
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
67.03%
Orientador: Quintino Dalmolin; Co-orientador: M.Sc.Claudia Robbi; Dissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná; Resumo: Bacia hidrográfica e uma unidade topograficamente definida, que apresenta relações sistêmicas entre seus componentes e sobre a qual são realizados estudos de caráter hidrológico, geomorfológico, pedológico, geológico, ambiental, social e de uso, manejo e conservação do solo. Analises nestes campos podem usufruir dos benefícios da quantificação das variáveis do relevo, absolutas ou suas relações. Os bancos de dados espaciais digitais, integrados as ferramentas disponíveis nos sistemas de informações geográficas - SIG - se mostram potencialmente uteis na obtenção de parâmetros morfométricos de bacias hidrográficas, seja sob o ponto de vista de maximização operacional, seja de qualificação das determinações. Este trabalho objetivou investigar as ferramentas operacionais de um SIG, visando determinar digitalmente uma serie de parâmetros morfométricos de bacias hidrográficas, construir um modelo relacional consistente para a base de dados não espaciais e implementar manipulações integradas as duas bases. Pesquisou-se 36 parâmetros absolutos e relativos junto ao sistema SGI e ao sistema gerenciador de banco de dados dBASE III Plus™...

Índice Relativo de Risco, ferramenta de tomada de decisão em bacias hidrográficas destinadas ao abastecimento público

Müller, Camila de Vasconcelos; UFPR; Athayde, Gustavo Barbosa; UFPel; Licht, Otavio Augusto Boni; MINEROPAR/ UFPR; Rosa Filho, Ernani Francisco da; UFPR
Fonte: UFPR Publicador: UFPR
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares Formato: application/pdf; application/pdf
Publicado em 22/10/2014 POR
Relevância na Pesquisa
67.1%
A qualidade dos recursos hídricos é primordial para a saúde e o meio ambiente. O trabalho propõe uma ferramenta hidroquímica, que contribuirá com o gestor de bacias hidrográficas, em projetos relacionados ao uso dos recursos hídricos para consumo humano. Aqui definido como Índice Relativo de Risco, o método tem com base a detecção de multielementos dissolvidos nas águas e suas características tóxicas e/ou carcinogênicas. Isso certamente contribui na tomada de ações e decisões, em projetos cujo enfoque seja gestão e aproveitamento sustentável dos recursos hídricos. Os objetivos foram: (a) definição e apresentação do método Índice Relativo de Risco, como ferramenta hidroquímica na seleção de bacias hidrográficas destinadas ao abastecimento público; (b) cálculo do Índice Relativo de Risco via ingestão de água in natura; (c) cálculo do risco toxicológico cumulativo, com o programa Risk-Based Corrective Action (RBCA, 2007); (d) comparação dos resultados obtidos no Índice Relativo de Risco e Risk-Based Corrective Action. Os índices obtidos permitem hierarquizar as bacias hidrográficas com maiores riscos à saúde.  O uso de analises multielementares, em específico os multielementos químicos dissolvidos em água...