Página 1 dos resultados de 84931 itens digitais encontrados em 0.043 segundos

Expression of transforming growth factor-beta 1, -beta 2, and -beta 3 in human developing teeth: Immunolocalization according to the odontogenesis phases

BENEDETE, Ana Paula Sassa; SOBRAL, Ana Paula Veras; LIMA, Dirce Mary Correia; KAMIBEPPU, Leonardo; SOARES, Fernando Augusto; LOURENCO, Silvia Vanessa
Fonte: ALLIANCE COMMUNICATIONS GROUP DIVISION ALLEN PRESS Publicador: ALLIANCE COMMUNICATIONS GROUP DIVISION ALLEN PRESS
Tipo: Artigo de Revista Científica
ENG
Relevância na Pesquisa
36.35%
Transforming growth factor-beta (TGF-beta) is a multifunctional growth factor that has several biological effects in vivo including control of cell growth and differentiation, cell migration, lineage determination, motility, adhesion, apoptosis, and synthesis and degradation of extracellular matrix, and TGF-beta plays an important role in regulating tissue repair and regeneration. Our study analyzed the participation of TGF-beta 1, -beta 2, and -beta 3 in the different stages of morphogenesis and differentiation of human developing dental organ using immunobistochemistry. The maxillae and mandibles of 10 human embryos ranging from 8 to 23 weeks of gestation were employed, according to the approval of the ethical committee. Our study revealed that the TGF-beta subunits-beta 1, beta 2, and beta 3 were present in the various stages of tooth development, but the expression varied according to the differentiation stage, tissue, and TGF-beta subunit. Our results indicated that TGF-beta 1 is closely related to differentiation of enamel organ and initiation of matrix secretion, TGF-beta 2 to cellular differentiation, and TGF-beta 3 to mineral maturation matrix.

Preparação e caracterização das subunidades alfa e beta dos hormônios glicoproteicos humanos recombinantes: foliculotrofina, luteotrofina, tereotrofina e sua comparação com os produtos hipofisários; Preparation and characterization of alpha and beta subunits of recombinant human glycoprotein hormones: follicle-stimulating hormone, luteotropin, thyrotrophin and comparation with pituitary glycoprotein hormones

Mageika, Cristiane Moreira de Carvalho
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 23/10/2008 PT
Relevância na Pesquisa
36.36%
Neste trabalho é descrito um método prático e eficiente para dissociar, em subunidades α e β, quantidades pequenas (da ordem de microgramas) dos hormônios foliculotrofina (hFSH), luteotrofina (hLH) e tireotrofina (hTSH) humana, nativos e recombinantes. A dissociação destes hormônios foi conseguida incubando-os, durante 16 horas, a 37ºC, com diferentes concentrações de ácido acético: 3M, 5M e 0,4M respectivamente para o hFSH, hLH e hTSH. Nestas condições, uma eficiência de dissociação acima de 98% foi obtida. Esta eficiência foi calculada com base nas determinações de massa dos heterodímeros e das subunidades, realizadas por MALDI-TOF-MS. Uma separação rápida e quantitativa das subunidades, com rendimentos da ordem de 80-90%, foi conseguida por cromatografia líquida de alta eficiência em fase reversa (RP-HPLC) em uma coluna C4. As subunidades foram caracterizadas quanto à pureza, hidrofobicidade, massa molecular e distribuição de carga por HPLC de exclusão molecular e fase reversa, SDS-PAGE e focalização isoelétrica. Quando analisadas quanto à hidrofobicidade, as subunidades mostraram-se aproximadamente iguais, enquanto as subunidades β dos três heterodímeros apresentaram a seguinte escala de hidrofobicidade: β-hFSH < β-hTSH < β-hLH. Com relação à massa molecular relativa (Mr)...

Investigação dos níveis da proteína S100β (técnica de Western Blot) no líquor de cães com extrusão de disco intervertebral tóraco-lombar submetidos à eletroacupuntura; S100β Western blotting searching in cerebrospinal fluid of dogs with thoracolumbar intervertebral disk disease submitted by electroacupuncture treatment.

Hayashi, Ayne Murata
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 11/06/2010 PT
Relevância na Pesquisa
36.36%
O tratamento da afecção de disco intervertebral tóraco-lombar com eletroacupuntura tem o objetivo de analgesia e reabilitação motora e sensorial. As melhoras funcionais observadas após lesão medular decorrem de fenômenos de plasticidade sináptica, correspondendo a um mecanismo compensatório e não de reparo estrutural. S100β é considerado um fator neurotrófico glial que pode estar relacionado a estas alterações. Durante o período de fevereiro de 2007 a junho de 2008 foi realizado um estudo clínico prospectivo em cães com extrusão de disco intervertebral (n=10) submetidos à eletroacupuntura (grupo EA) sem o uso de corticosteróides. Foram coletadas amostras de líquido cefalorraquidiano (LCR) destes animais em dois momentos: durante o exame de mielografia e/ou tomografia computadorizada (M1) e após 35.5±21.33 dias de tratamento (M2). Níveis de S100&beta foram investigados no LCR de cães do grupo EA através da técnica de Western blot. LCR de cães sem sinais neurológicos (grupo normal, n=7) foram utilizados para comparação. Para a análise estatística, com nível de significância de 5%, foram utilizadas ANOVA para medidas repetidas e medidas independentes e comparação múltipla de Bonferroni, teste t-Student para a comparação entre duas médias e correlação linear de Pearson para as variáveis quantitativas. Todos os animais do grupo EA...

Mecanismos moleculares envolvidos em citoproteção e transformação maligna de células-beta pancreáticas; Molecular mechanisms involved in pancreatic beta-cells cytoprotection and malignant transformation

Terra, Letícia Ferreira
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 14/05/2013 PT
Relevância na Pesquisa
36.36%
O transplante de ilhotas pancreáticas constitui uma alternativa atraente para o tratamento de diabetes tipo 1 (DM1), contudo, é limitado devido à escassez de doadores de órgãos. O papel da prolactina humana recombinante (rhPRL), que apresenta efeitos benéficos em células-beta, e seu mecanismo de ação foram investigados neste estudo. O número de células apoptóticas diminui significativamente na presença de rhPRL. Essa citoproteção envolveu diminuição da razão BCL2/BAX e inibição de caspase-8, -9 e -3. Este estudo revelou, pela primeira vez, evidência direta do efeito protetor de lactogênios contra apoptose de células-beta humanas. Levando em consideração a relação conhecida entre citocinas e DM1 e observações recentes sugerindo o papel da autofagia no desenvolvimento e prevenção do DM1, foi investigada a conexão entre citocinas (IL-1β, TNFα e IFN-γ) e autofagia em células-beta. O co-tratamento com citocinas e rapamicina, um indutor de autofagia via inibição de mTOR, não aumentou os níveis de apoptose em células INS-1E. Contudo, exposição a citocinas levou ao aumento nos níveis de autofagossomos e na relação LC3-II/LC3-I, do mesmo modo que o tratamento com rapamicina. O tratamento com citocinas também levou à diminuição dos níveis de mTOR e 4E-BP1 fosforilados. Foi demonstrada aqui...

Aspectos moleculares do efeito do fator de transformação de crescimento-beta1 (TGF-β1) nas vias de sinalização na biomineralização in vitro.; Molecular aspects of the effect of transforming growth factor-beta 1 (TGF-β1) in the signaling pathways in vitro biomineralization.

Donato, Tatiani Ayako Goto
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 11/03/2014 PT
Relevância na Pesquisa
36.36%
Este estudo in vitro teve como objetivo avaliar os efeitos moleculares do TGF-β1, com diferentes períodos de suplementação, sobre a formação do fenótipo osteogênico das células MC3T3-E1, comparando-os com células tratadas com AA+β-GP suplementados com Dex e/ou TGF-β1, sem e com a neutralização dos receptores de TGF-β1. A expressão gênica do próprio TGF-β1 e Smad3 foram analisadas, bem como, a diferenciação das células osteogênicas e a biomineralização. As células tratadas com TGF-β1 sem neutralização de receptores apresentam efeito inibitório nos estágios mais avançados da diferenciação dos osteoblastos e da biomineralização in vitro, mas expressarem alguns marcadores importantes envolvidos na mineralização. Observaram-se nódulos de mineral em todos os tratamentos das células que tiveram os receptores de TGF-β1 neutralizados, mas houve uma diminuição na expressão de alguns genes. Os resultados confirmam a complexidade da via de sinalização do TGF-β1, mostrando que existem lacunas para que seja entendido o mecanismo dessa molécula na biologia osteoblástica.; This in vitro study aimed to evaluate the molecular effects of TGF-β1, with different supplementation time periods on the establishment of MC3T3-E1 cells...

Estudo da Beta-catenina em tumores adrenocorticais humanos; Study of beta-catenin in human adrenocortical tumors

Lima, Lorena de Oliveira e
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 14/04/2014 PT
Relevância na Pesquisa
36.37%
Introdução: A incidência de tumores adrenocorticais em crianças é particularmente elevada nas regiões sudeste e sul do Brasil, correlacionandose com a ocorrência da mutação germinativa p.R337H do supressor tumoral p53, entretanto, o carcinoma adrenocortical é uma neoplasia endócrina maligna rara em todo o mundo com uma incidência aproximada de 0,5 - 2 casos por milhão por ano. Esta condição é uma doença heterogênea, apresentando frequentemente comportamento clínico agressivo e letal. A cascata de sinalização Wnt é uma via importante de transdução de sinal em cânceres humanos e tem sido implicada na tumorigênese adrenocortical. A atividade desta via de sinalização é dependente da quantidade de beta-catenina citoplasmática e nuclear. Mutações ativadoras no gene da beta-catenina (CTNNB1) foram relatadas em diversas neoplasias humanas. Estudos demonstraram que mutações no gene CTNNB1 são os defeitos genéticos mais frequentemente encontrados em adenomas e em carcinomas adrenocorticais. O estudo destas mutações demonstrou que as alterações no gene CTNNB1 localizam-se principalmente exon 3, que codifica a porção amino terminal da beta- catenina. Objetivos: determinar a ocorrência e a frequência das mutações somáticas no exon 3 do gene CTNNB1. Adicionalmente...

Padronização do Y-90 pelo método CIEMAT/NIST em sistema de cintilação líquida e pelo método do traçador em sistema de coincidência 4πβ-γ; Standardization of Y-90 by CIEMAT/NIST method in scintillation counting system and by tracing method in 4πβ-γ coincidence system

Sales, Tatiane da Silva Nascimento
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 30/05/2014 PT
Relevância na Pesquisa
36.36%
O 90Y tem uma meia-vida de 2,7 dias, decaindo com 99,98% por emissão beta para o estado fundamental do 90Zr. Neste trabalho foram aplicadas duas metodologias para a padronização do 90Y. O método do traçador em um sistema de coincidência de 4πβ-γ, onde foi medido o emissor beta puro, misturado com um emissor de beta-gama, que proporciona a eficiência de detecção beta. Para este método, o radionuclídeo 24Na, que decai com meia-vida de 0,623 dia pela emissão beta, com energia beta máxima de 1393 keV, seguido por dois raios gama, foi usado como traçador. A eficiência foi obtida, selecionando-se o pico de absorção total com energia de 1369 keV no canal gama. Alíquotas conhecidas do traçador, previamente padronizadas pelo método de coincidência 4πβ-γ, foram misturadas com alíquotas conhecidas de 90Y. A atividade do emissor beta puro foi calculada por meio de um sistema de coincidência por software (SCS) usando discriminação eletrônica para alterar a eficiência de beta. O comportamento da curva de extrapolação foi predito por meio do código Esquema, que utiliza a técnica de Monte Carlo. O outro método usado foi o método CIEMAT/NIST desenvolvido para sistemas de contagem de cintilação líquida. Para este método...

Ação de agonistas da via Wnt/beta-catenina em células T CD4+ murinas; Role of Wnt/beta-catenin pathway in murine CD4 T cells

Santos, Carla Cristine Crude dos
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 12/06/2015 PT
Relevância na Pesquisa
36.36%
A via canônica Wnt/beta-catenina regula várias funções em vertebrados, incluindo diferenciação de células T, bem como a proliferação, sobrevivência, morfogênese e migração de vários tipos celulares. As células T CD4+ é fundamental para a competência imunológica. Foi observado pelo nosso grupo que células T CD4+ humanas apresentam ativação da via Wnt/beta-catenina após tratamento com sais de lítio ou outros agonistas da via. A ativação desta via induziu a proliferação de células T CD4+ naive e de memória central. Em conjunto, estes dados sugerem um importante papel da via Wnt/beta-catenina na homeostase de células T CD4+ humanas. Seria importante avaliar o papel da via Wnt/beta-catenina nas células do sistema imune no modelo murino, já que pouco se sabe sobre seu efeito na homeostase de células T CD4+ murinas. A ativação da via Wnt/beta-catenina pode ser induzida com inibidores da proteína Glicogênio sintase quinase 3beta (GSK3beta), por exemplo, os sais de lítio (LiCl e Li2CO3) e inibidores específicos (SB, CHIR) em vários tipos celulares. Neste trabalho, avaliamos o efeito de inibidores de GSK3? na ativação da via Wnt/beta-catenina canônica em esplenócitos e células T CD4+, através da realização de experimentos in vivo e in vitro...

Absence of transforming growth factor-beta type II receptor is associated with poorer prognosis in HER2-negative breast tumours

Paiva, C. E.; Drigo, S. A.; Rosa, F. E.; Neto, F. A. Moraes; Caldeira, Jose R. F.; Soares, F. A.; Domingues, M. A. C.; Rogatto, Silvia Regina
Fonte: Oxford University Press Publicador: Oxford University Press
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 734-740
ENG
Relevância na Pesquisa
36.35%
Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP); Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq); Processo FAPESP: 07/52632-0; Background: The clinical relevance of transforming growth factor-beta (TGF-beta)-signalling pathway in breast carcinomas (BCs) remained elusive. This study aimed to evaluate the prognostic value of TGF-beta and transforming growth factor-beta type II receptor (TGF-beta RII) expression levels in tumour cells and their association with the established biomarkers in BC.Patients and methods: In 324 BC from patients with long-term follow-up, the TGF-beta 1 and TGF-beta RII transcript and protein expression levels were assessed.Results: TGF-beta 1 and TGF-beta RII down-expression was significantly associated with BC. Negative TGF-beta 1 and TGF-beta RII protein status was associated with the development of distant metastasis (P = 0.003 and P = 0.029, respectively). In multivariate analysis, TGF-beta 1-positive tumours were associated with increased disease-free survival (DFS) [hazard ratio (HR) = 0.489, P = 0.003]. TGF-beta RII positivity was an independent prognostic factor for DFS (HR = 0.439, P = 0.001) and overall survival (OS) (HR = 0.409, P = 0.003) in human epidermal growth factor receptor2 (HER2)-negative patients. Absence of TGF-beta 1 and TGF-beta RII proteins in breast tumour cells was significantly associated with metastasis development.Conclusions: To the best of our knowledge...

Avaliação da expressão da talassemia Beta no Brasil pela coherança com defeitos de hemocromatose

Carvalho, Lya Bueno
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 121 f. : il.
POR
Relevância na Pesquisa
36.36%
Pós-graduação em Genética - IBILCE; A talassemia beta constitui um grupo heterogêneo de distúrbios genéticos da síntese de hemoglobina sendo uma das doenças monogênicas mais comums, identificada e estudada por várias décadas. É originária da região do Mediterrâneo porém, atualmente apresenta-se amplamente distribuída pelo mundo devido ao fluxo gênico pela migração das populações. No Brasil, os tipos de talassemia mais prevalentes são as talassemias alfa e beta e apresentam número variável de indivíduos portadores devido ao alto grau de miscigenação da população. As formas graves de talassemia beta são facilmente diagnosticadas entretanto, as formas mais suaves muitas vezes são interpretadas e tratadas como anemia ferropriva. O presente estudo teve como objetivo caracterizar as formas talassêmicas do tipo beta e verificar os interferentes na expressão do fenótipo como a possível co-herança com hemocromatose hereditária. Através da associação de análise hematimétrica, metodologias clássicas e análise por HPLC analisamos 332 amostras de sangue com suspeita de talassemia beta. Um total de 70 amostras foram identificadas como portadores de hemoglobinas normais (AA), 145 portadores de talassemia beta heterozigota (BTH) e 117 portadores de talassemia alfa/beta (ABT). A análise estatística por regressão linear entre as metodologias clássicas e HPLC para quantificação de hemoglobina A2 e Fetal para os três grupos foram estatisticamente significativas. A análise molecular por PCR-ASO para identificação dos mutantes para hemocromatose hereditária mostraram 11...

Proliferação e disfunção da célula beta pancreática em modelo animal de Diabetes Melito tipo 2. Envolvimento da via de sinalização WNT/Beta-Catenina; Pancreatic beta cell proliferation and dysfunction in animal model of type 2 Diabetes Mellitus. Involvement of the WNT/Beta-catenin signaling pathway

Ricardo Beltrame de Oliveira
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 20/04/2011 PT
Relevância na Pesquisa
36.39%
Tem havido um grande interesse na determinação das vias envolvidas na proliferação e função/disfunção da célula beta e a aplicação deste conhecimento em terapias moleculares e celulares da diabetes. A patogênese da diabetes melito tipo 2 (T2DM) é complexa, mas frequentemente está associada com obesidade e distúrbios do metabolismo de lipídios (hipercolesterolemia e hipertrigliceridemia). A T2DM envolve o desenvolvimento de um quadro de resistência periférica à insulina parcialmente compensada por hiperinsulinemia e hiperplasia da célula beta pancreática, resultando em intolerância à glicose e hiperglicemia. Os mecanismos interligando os estados de obesidade/hipercolesterolemia e resistência à insulina ao fenômeno da hiperplasia da célula beta não são completamente conhecidos. A presente dissertação teve como objetivos: 1) caracterizar um modelo animal adequado para se estudar a proliferação e disfunção da célula beta pancreática, e 2) avaliar, no pâncreas endócrino desses animais, a possível ativação da via de sinalização Wnt/beta-catenina, conhecida por estar envolvida no processo de proliferação celular em outros tecidos/órgãos. Para tal, foram empregados camundongos C57BL/6, wild-type (WT) e knockout para receptor de lipoproteína LDL (LDLr-/-)...

Electrochemical reduction of dehydroamino acids: Synthesis and photophysical properties of beta,beta-diarylalanines

Ferreira, Paula M. T.; Monteiro, Luís S.; Castanheira, Elisabete M. S.; Pereira, Goreti; Lopes, Carla; Vilaça, Helena
Fonte: Elsevier Publicador: Elsevier
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em /01/2011 ENG
Relevância na Pesquisa
36.36%
Several beta,beta-disubstituted dehydroalanines were prepared from beta,beta-dibromo or beta-bromo, beta-substituted dehydroalanines and aryl boronic acids using a Suzuki-Miyaura cross-coupling reaction. The electrochemical behaviour of these compounds was studied by cyclic voltammetry. All compounds studied showed similar reduction potentials and these were similar to the peak potential of the methyl ester of N-tert-butoxycarbonyl dehydrophenylalanine. Thus, the presence of a second aryl moiety in the dehydroalanine scaffold does not significantly change the reduction potential. Controlled potential electrolysis were preformed at the cathodic peak potential in the presence of triethylammonium chloride as proton donor. The only products isolated in good to high yields were the corresponding beta,beta-diarylalanines. This reaction was also carried out using a dipeptide containing a beta,beta-diaryldehydroalanine to give a 1:1 diastereomeric mixture of the reduction product. The photophysical properties of two of the beta,beta-diaryldehydroalanines and of the corresponding beta,beta-diarylalanines were studied in three solvents of different polarity. The beta,beta-diaryldehydroalanines show low fluorescent quantum yields (< 9%) due to the conjugation of the aromatic moieties with the alpha...

Caracterização molecular e laboratorial da talassemia beta e da interação hemoglobina s/talassemia beta

Silveira, Zama Messala Luna da
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Ciências Farmacêuticas; Bioanálises e Medicamentos Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Ciências Farmacêuticas; Bioanálises e Medicamentos
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.36%
Beta thalassemia arises as a consequence of the reduction (β+, β++, βsilent) or absence (β0) of beta globin chain synthesis and results from a number of mechanisms that lead to genetic defects. The inheritance of beta thalassemia is characterized by the existence of heterozygous individuals, compound heterozygotes, homozygotes and those with coinheritance of beta thalassemia allele and other thalassemias and/or hemoglobin variants. The aim of this study was to perform molecular and laboratory characterization of beta thalassemia in heterozygous and homozygous individuals and in those with coinheritance of S beta thalassemia. A total of 48 individuals were included (35 heterozygotes, 4 homozygotes and 9 S beta thalessemia carriers) referred to the Integrated Laboratory of Clinical Analyses of the Federal University of Rio Grande do Norte (UFRN) and the Hematology Ambulatory Facility of the Dalton Barbosa Cunha Hemocenter (Hemonorte Natal, Brazil). Peripheral blood samples form each patient underwent the following laboratory examinations: erythrogram, hemoglobin electrophoresis at alkaline pH, measurements of Hb A2, Fetal Hb and serum ferritin. DNA was extracted using the illustra blood genomicPrep Mini Spin Kit and molecular characterization was performed by the PCR/RFLP technique...

Qualitative und quantitative Analyse von Beta-Catenin in Catnb-mutierten hepatozellulären Tumoren der Maus mit Array-basierten Methoden; Qualitative and quantitative analysis of beta-catenin in Catnb mutated hepatocellular tumors in mice with array based methods

Pötz, Oliver
Fonte: Universidade de Tubinga Publicador: Universidade de Tubinga
Tipo: Dissertação
DE_DE
Relevância na Pesquisa
36.37%
Das Protoonkogen Beta-Catenin ist das terminale Effektormolekül im Wnt-/ Beta-Catenin-Signalweg. Seine zellulären Funktionen - Transkriptionsfaktor oder Zellstrukturmolekül - werden über Konzentration, Phosphorylierung und Komplexierung mit Cadherinen bestimmt. Daher wurden in Beta-Catenin-mutierten hepatozellulären Tumoren der Maus (i) das komplexe Phosphorylierungsmuster, (ii) die Komplexierung mit Cadherinen und (iii) die zelluläre Verteilung von Beta-Catenin untersucht, um einen Selektionsvorteil dieser speziellen Tumore zu erklären. Durch Etablierung multiplexer Mikroarray-basierter Sandwichimmunoassays waren diese Analysen mit minimalen Probenmengen durchführbar. Die Messung der Gesamtkonzentration an Beta-Catenin in den Beta-Catenin-Tumoren ergab, wie auch schon von Aydinlik et al. (Oncogene, 2001) gezeigt, keine erhöhte Konzentration gegenüber dem Normalgewebe. Der Selektionsvorteil dieser hepatozellulären Tumore konnte somit nicht, wie z. B. bei Colon-Tumoren, auf eine erhöhte Gesamtkonzentration an Beta-Catenin zurückgeführt werden. Nach dem Aufbau einer miniaturisierten Ko-Immunpräzipitation konnten funktionelle Beta-Catenin/ Cadherin-Komplexe auch in geringen Mengen Tumorlysat detektiert und so membranständiges Beta-Catenin über seinen Interaktionspartner Cadherin nachgewiesen werden. Die Ergebnisse weisen auf eine erhöhte cytosolische Menge an Beta-Catenin hin und geben eine mögliche neue Erklärung für einen Selektionsvorteil dieser Tumore. Gleichzeitig konnte eine erhöhte N-Cadherin- und eine erniedrigte E-Cadherin-Expression mit der Beta-Catenin-Mutation korreliert werden. Dies deutet auf einen so genannten Cadherin-Switch hin...

Glycosylierte beta-Peptide als Oligosaccharidmimetika; Glycosylated beta-peptides as oligosaccharide mimics

Hörzer, Jan Ruben
Fonte: Universidade de Tubinga Publicador: Universidade de Tubinga
Tipo: Dissertação
DE_DE
Relevância na Pesquisa
36.35%
In der vorliegenden Arbeit wurden neue Oligosaccharidmimetika in Form von benzylischen O-Glycosiden dargestellt. Um die Glycoside an einem beta-Peptidrückgrat aufreihen zu können, wurden die Glycoside jeweils mit der alpha-Carboxylfunktion einer Asparaginsäure verknüpft. Diese so glycosylierten Asparaginsäurebausteine konnten nach Aktivierung mit Pentafluorphenol und HOdhbt über eine Fmoc-Strategie durch Spotsynthese miteinander verknüpft werden. Die entstandene Substanzbibliothek konnte mit Lectinen einem Affinitätstest unterzogen werden. Um ein steiferes Rückgrat zu erhalten, wurde die Eigenschaft von beta-Peptiden schon bei sehr kurzer Kettenlänge ab sechs Aminosäuren starre Helixstrukturen auszubilden ausgenutzt. Deshalb wurden die Asparaginsäurebausteine mit einem Fmoc- geschützten R,R-Aminocyclohexancarbonsäure- Dipeptid über eine Fmoc- Strategie mit HOBt/HBTU/DIEA- Aktivierung in Lösung zu beta-Tripeptidbausteinen verknüpft. Diese Tripeptidbausteine konnten ihrerseits nach der gleichen Strategie miteinander zu glycosylierten beta-Hexapeptiden verknüpft werden. Über NOE-Messungen konnte eine 14-Helixstruktur der geschützten beta-Hexapeptide nachgewiesen werden. Die vorgefertigten beta-Tripeptidbausteine entsprechen also einem Umgehung der Helix. Durch die Möglichkeit...

Glykopeptidmimetika: Synthesen und Strukturen von glykosylierten Hexa-beta-peptiden; Glycopeptide mimetics: syntheses and structures of glycosylated hexa-beta-peptides

Daiber, Ralf
Fonte: Universidade de Tubinga Publicador: Universidade de Tubinga
Tipo: Dissertação
DE_DE
Relevância na Pesquisa
36.37%
In der vorliegenden Arbeit wurden neue Oligosaccharidmimetika in Form von glykosylierten Hexa-beta-peptiden synthetisiert. Hierfür werden Glykopeptidbausteine, bestehend aus einem Kohlenhydrat-Anteil (Galactose und Glucose), verbunden einen n-Pentylspacer und der Asparaginsäure verwendet. Anschließend wurden verschiedene alpha- und beta-Aminosäuren über die beta-Carboxylfunktion der Asparaginsäure zu Tripeptiden mit beta-Aminosäurenrückgrat verknüpft . Für die Synthese der Tripeptide wurden zwei verschiedene Synthesewege optimiert. Zum einen wird der Glykopeptidbaustein mit einem aktivierten Monobausteinen der Aminosäuren zu einem Tripeptidbaustein verknüpft. Zum anderen wurde ein Dipeptid aus den Monobausteinen der Aminosäuren synthetisiert und anschließend mit der Asparaginsäure des Glykopeptidbausteins gekuppelt. Auf diese Weise wurden die Dipeptide von beta-Alanin, Asparaginsäure und gemischte Dipeptide mit Asparaginsäure-Aminoisobuttersäure, Asparaginsäure-Aminocyclohexancarbonsäure und Asparaginsäure-Aminocyclopentan-carbonsäure in das Rückgrat eingebunden. Die dargestellten Tripeptide wurden anschließend zu Hexapeptiden nach einem Baukastensystem verbunden. Es konnten die Tripeptide mit endständiger beta-Aminosäuren zu vier verschiedenen Hexapeptiden gekuppelt werden. Hierfür wurden Peptidkupplungsmethoden wie EDCl...

Snapshots of protein dynamics and posttranslational modifications in one experiment – beta-catenin and its functions; Multiplexe Analyse des dynamischen Beta-Catenin/Wnt Signalweges

Luckert, Katrin
Fonte: Universidade de Tubinga Publicador: Universidade de Tubinga
Tipo: Dissertação
EN
Relevância na Pesquisa
36.38%
Beta-catenin plays multiple roles in the canonical Wnt signaling pathway and in cell-cell adhesion complexes. In addition, beta-catenin is a proto-oncogene and activating beta-catenin mutations play a significant role in the genesis of colorectal, hepatocellular and other common cancers. Different functions of beta-catenin as transcriptional co-activator or cell adhesion molecule are orchestrated by changes in concentration and phosphorylation as well as its ability to complex with proteins such as cadherins or transcription factors. Embedded in the liver systems biology project Hepatosys, the goal of this thesis was to prove the applicability of protein microarray-based assays to the quantitative and time-resolved study of signaling events and to further develop miniaturized and parallelized ligand binding assays for these purposes. In the context of this thesis a novel bead array panel for the analysis of beta-catenin was developed, which is able to relatively quantify total beta-catenin concentration, the extent of phosphorylation at multiple sites and the ratio of complexed and free cytoplasmic beta-catenin. This is the first study to combine three biochemical methods – sandwich immunoassay, co-immunoprecipitation and protein-protein interaction assay – in one bead array panel. The beta-catenin bead array panel was used to study dynamic changes in the concentration of eight different beta-catenin forms in primary mouse hepatocytes as well as in HEK293...

Possível ativação da via de sinalização Wnt/β-catenina no processo de hiperplasia compensatória da célula beta pancreática em modelo animal de resistência periférica à insulina; Possible activation of the Wnt/beta-catenin signaling pathway in the compensatory hyperplasia of pancreatic beta cell in animal model of peripheral insulin resistance

Daniela Aparecida Maschio
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 24/02/2014 PT
Relevância na Pesquisa
36.36%
Tem havido um grande interesse na determinação das vias envolvidas na proliferação das células beta pancreáticas e a aplicação deste conhecimento em terapias moleculares e celulares da diabetes. Em especial, a via de sinalização da Wnt/β;-catenina (ou via Wnt canônica) tem sido pouco investigada no pâncreas endócrino. Em determinados tecidos/órgãos, é sabido que a proteína β-catenina constitui não somente um componente estrutural das junções de adesão, mas também é uma molécula sinalizadora juntamente com a Wnt, participando de vários processos celulares, tais como diferenciação e proliferação. Hiperplasia da célula beta parece ocorrer em certas condições experimentais e in vivo, como no estado de resistência periférica à insulina. Entretanto, as vias intracelulares envolvidas nesse processo ainda permanecem desconhecidas. Os objetivos desta Dissertação de Mestrado foram: 1) verificar se as alterações metabólicas induzidas pela exposição à dieta hiperlipídica (DHL) por um curto período de tempo (60 dias) são acompanhadas por alterações morfométricas compensatórias do pâncreas endócrino de camundongos C57BL/6; 2) investigar o possível envolvimento da via de sinalização da Wnt/β;-catenina no processo de proliferação da célula beta neste modelo...

Role of the Type III TGF-beta Receptor Cytoplasmic Domain in Breast Cancer Progression

Lee, Jason Dole
Fonte: Universidade Duke Publicador: Universidade Duke
Tipo: Dissertação Formato: 5142718 bytes; application/pdf
Publicado em //2009 EN_US
Relevância na Pesquisa
36.38%

Breast cancer remains among the most common cancers of the developed world. Despite advances in treatment modalities, deaths due to breast cancer are the second leading cause of cancer death among women. The transforming growth factor-beta (TGF-β) pathway is an important modulator of breast cancer progression, acting in a tumor suppressing fashion in early carcinogenesis but switching in a poorly understood fashion to a promoter of cancer progression in later stages. Mutations and loss of function of TGF-β components are common across a variety of cancers. In particular, the expression of the type III TGF-β receptor (TβRIII) is decreased with cancer grade and clinical progression in prostate, lung, ovarian, and pancreatic cancers. In an effort to enhance our understanding of the biology of TGF-β on carcinogenesis, this dissertation looks at the role of TβRIII in breast cancer progression.

Through an examination of clinical specimens, loss of TβRIII was seen at both the message and protein levels with increasing tumor grade. Analysis of correlated patient outcomes showed that low TβRIII expression was predictive of a shorter time to recurrence, demonstrating clinical relevance for TβRIII expression. The contribution of TβRIII to tumor progression was further examined by examining known TGF-β functions...

Phosphorylation Bar Codes Induce Distinct Conformations and Functionalities of beta-Arrestin

Nobles, Kelly Nicole
Fonte: Universidade Duke Publicador: Universidade Duke
Tipo: Dissertação
Publicado em //2010
Relevância na Pesquisa
36.36%

Seven transmembrane spanning receptors (7TMRs), or G-protein coupled receptors (GPCRs), represent the largest and most ubiquitous of the several families of plasma membrane receptors and regulate virtually all known physiological processes in humans. The classical paradigm of signal transduction in response to 7TMR stimulation involves an agonist-induced conformational change of the receptor which leads to interaction with and dissociation of the heterotrimeric G-protein into independent Galpha and Gbeta;gamma signaling subunits. Following their activation, 7TMRs are phosphorylated by G-protein coupled receptor kinases (GRKs) and subsequently recruit beta-arrestins. beta-arrestins are multifunctional adaptor proteins which not only desensitize G-protein signals, but also facilitate receptor internalization and mediate numerous signaling pathways on their own. As beta-arrestins universally interact with members of the 7TMR superfamily, we (1) developed an in vitro model system to assess conformational changes that occur in beta-arrestins in response to phosphorylation and (2) to map the sites of phosphorylation on the beta2 adrenergic receptor by different GRKs which would determine the conformation(s) assumed by beta-arrestin and thereby...