Página 1 dos resultados de 30 itens digitais encontrados em 0.004 segundos

Adaptação transcultural do inventário neurocomportamental (NBI) para o Brasil; Cross-cultural adaptation of the neurobehavior inventory (NBI) for Brazil

OLIVEIRA, Guilherme Nogueira Mendes de; KUMMER, Arthur; SALGADO, João Vinícius; PORTELA, Eduardo Jardel; SOUSA-PEREIRA, Sílvio Roberto; MENDES, Mirian Fabíola Studart Gurgel; MARCHETTI, Renato Luiz; TEIXEIRA, Antônio Lúcio
Fonte: Liga Brasileira de Epilepsia (LBE) Publicador: Liga Brasileira de Epilepsia (LBE)
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
26.14%
OBJETIVO: Realizar a adaptação transcultural de instrumento para avaliação das alterações comportamentais tipicamente descritas em portadores de epilepsia do lobo temporal (ELT), o Inventário Neuro-Comportamental (NBI) para a população brasileira. MÉTODOS: Inicialmente, foi feita a tradução do instrumento original para o português. Esta versão foi revisada e retrotraduzida para o inglês. A seguir, a versão retrotraduzida foi comparada à versão original em inglês, sendo corrigidas as divergências no texto em português. Em um segundo momento, 15 pacientes do Ambulatório de Epilepsia do Hospital das Clínicas da UFMG portadores de ELT responderam ao inventário. À aplicação do questionário, eventuais dificuldades e os itens mal compreendidos foram analisados pelos autores. RESULTADOS: Na versão final para o português, os itens 11, 14, 17, 61 e 75 foram modificados. Sete pacientes (46,7%) eram do sexo feminino, com idade entre 26 e 65 anos. A maioria dos pacientes (93,3%) apresentou uma pontuação total elevada. Os domínios mais comumente alterados foram hiperreligiosidade, detalhismo e crença na predestinação pessoal (73,3% dos pacientes em cada um deles). CONCLUSÃO: A versão em português do NBI pode ser um instrumento útil para avaliar alterações comportamentais na ELT aplicada ao contexto clínico dos pacientes brasileiros.; PURPOSE: To perform the cross-cultural adaptation of an instrument designed to measure behavioral changes typically described in temporal lobe epilepsy (TLE)...

Proposta de modelo para o estudo de toxicologia perinatal em ruminantes: avaliação dos efeitos tóxicos da Senna occidentalis em caprinos; A model for prenatal toxicological studies in ruminants: evaluation of toxic effects caused by Senna occidentalis in goats

Barbosa-Ferreira, Marcos
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 28/03/2008 PT
Relevância na Pesquisa
56.87%
A Senna occidentalis (So), Fabaceae-Caesalpinoideae (Leguminosae), conhecida como fedegoso, entre outros nomes populares causa, em animais de criação, intoxicação pelo consumo, tanto de suas folhas a campo, como pela ingestão de suas sementes quando presentes em rações. Estas intoxicações podem ser de caráter crônico ou agudo, em ruminantes ou monogástricos, tendo sido já reproduzida em animais de laboratório. Os principais achados histológicos são degenerações em músculos esquelético e cardíaco, fígado, rim e, recentemente publicado, lesões no sistema nervoso central. Porém, pouco se sabe sobre os efeitos do princípio ativo desta planta, a diantrona, na toxicologia perinatal. O objetivo do presente trabalho foi estudar os possíveis efeitos teratogênicos desta planta em caprinos, utilizando um protocolo de avaliação de toxicologia do desenvolvimento. Para tanto, foi somado a um protocolo pré-existente de acompanhamento da gestação de cabras, por meio de ultra-sonografia e dados clínicos, como pesagem semanal e coleta quinzenal de sangue para realização de bioquímica sérica, a avaliação de filhotes por morfometria corporal esde o nascimento ao 4º mês de idade, além de avaliação neurocomportamental até a 10ª semana de idade. Assim...

Desenvolvimento neurocomportamental de bebês prematuros avaliados na fase de 32 a 37 semanas de idade pós-concepcional; Neurobehavioral development on premature babies between 32nd to 37 th weeks post-conception.

Gabriel, Paula Stefaneli Ziotti
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 16/02/2009 PT
Relevância na Pesquisa
47.08%
O avanço na qualidade de atendimento intensivo na fase neonatal levou ao aumento dos índices de sobrevivência de bebês prematuros. A grande preocupação, não diz respeito tão somente à sobrevida, mas principalmente à qualidade de vida. O presente estudo teve por objetivo principal caracterizar o desenvolvimento neurocomportamental de bebês nascidos pré-termo antes de atingir o termo de 40 semanas de idade pós-concepcional. Os objetivos específicos foram: a) comparar o desempenho neurocomportamental da amostra de estudo com a amostra original da padronização do teste NAPI; b) comparar os indicadores de desenvolvimento neurocomportamental em grupos diferenciados pelos problemas perinatais; c) comparar os indicadores de desenvolvimento neurocomportamental em grupos diferenciados quanto ao sexo. A amostra foi composta por 202 bebês pré-termo ( 37 semanas de idade gestacional), de ambos os sexos, com baixo peso (< 2500g), estáveis clinicamente e internados na Unidade de Terapia Intensiva Neonatal ou Berçário de Cuidados Intermediários do Hospital Materno-Infantil da cidade de Goiânia (GO), no período de setembro de 2004 a janeiro de 2006. Foram utilizados os seguintes instrumentos: Avaliação Neurocomportamental do Pré-Termo (NAPI)...

Detecção de risco para problemas no desenvolvimento de bebês nascidos pré-termo no primeiro ano; Identification of risk factors for developmental problems during the first year of life in preterm infants

Formiga, Cibelle Kayenne Martins Roberto
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 31/03/2009 PT
Relevância na Pesquisa
26.85%
Diversos fatores de risco biológicos e ambientais estão envolvidos na trajetória de desenvolvimento de bebês pré-termo. O presente estudo teve por objetivos avaliar os indicadores de risco ou atraso para problemas no desenvolvimento de bebês nascidos pré-termo e baixo peso, focalizando o desenvolvimento neurocomportamental na fase neonatal, desenvolvimento pessoal-social, linguagem e motor nos oito primeiros meses de idade pós-natal; identificar o melhor modelo de predição para os indicadores de risco ou atraso na trajetória de desenvolvimento dos bebês, baseado nas variáveis biológicas e socioeconômicas; analisar a trajetória de desenvolvimento dos bebês nascidos pré-termo por meio do acompanhamento longitudinal desde o período neonatal até oito meses de idade cronológica corrigida (ICC); avaliar os parâmetros psicométricos de validade concorrente do Teste de Denver II e avaliação do desenvolvimento motor e validade preditiva do NAPI e Teste de Denver II. A amostra foi constituída por 190 bebês nascidos pré-termo com baixo peso ao nascimento, provenientes da UTIN do Hospital Materno Infantil em Goiânia (GO). Na avaliação utilizou-se os instrumentos Neurobehavioral Assessment of Preterm Infant (NAPI) na fase neonatal...

Avaliação da toxicidade da Ipomoea carnea em caprinos durante o período perinatal: estudos de neuroteratologia; Evaluation of the toxicity of Ipomoea carnea in goats during postnatal period

Gotardo, André Tadeu
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 03/07/2009 PT
Relevância na Pesquisa
46.37%
A Ipomea carnea é uma planta tóxica encontrada por todo Brasil e em outros países tropicais. Esta se conserva verde durante a seca, podendo servir como fonte de matéria verde para bovinos, ovinos e, particularmente, caprinos. Os animais intoxicados por esta planta desenvolvem sintomatologia de origem nervosa, imputada ao principal princípio ativo desta planta, a suainsonina. A suainsonina é um alcalóide indolizidinico, potente inibidor da αmanosidase lisossomal, sendo que a inibição desta enzima produz o acúmulo lisossômico de oligossacarídeos não processados completamente, perda de função celular e morte celular. Além desta alteração, a suainsonina também inibe a manosidase II do complexo de Golgi, levando a alterações na síntese, no processamento e no transporte de glicoproteínas. Os principais achados histológicos nesta intoxicação são células com vacúolos lisossomais no sistema nervoso central, tireóide, fígado, pâncreas e rins. Pesquisas anteriores mostraram que a ingestão de I. carnea por cabras gestantes produz malformações. O presente estudo propôs-se a estudar os efeitos teratogênicos da I. carnea em caprinos. Para tanto, acrescentou-se ao protocolo de avaliação de teratogenicidade em caprinos...

Estudo de neuroteratologia em ratos: efeitos da restrição alimentar e da monocrotalina; Neuroteratology studies in rats: effects of feed restriction and monocrotaline

Camargo, Esther Lopes Ricci Adari
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 01/07/2010 PT
Relevância na Pesquisa
26.87%
Os problemas causados pela exposição dos animais as plantas no Brasil data dos primórdios da colonização. Em particular, as plantas do gênero Crotalaria são encontradas em todo o mundo, distribuídas principalmente em áreas tropicais e subtropicais; tem como principal princípio ativo o alcalóide pirrolizidínico monocrotalina (MCT) encontrado nas suas sementes e partes aéreas. No presente trabalho foram avaliados tanto a toxicidade aguda da MCT, como os efeitos da exposição durante a gestação, a diferentes doses da MCT, sobre o desenvolvimento físico e neurocomportamental da prole de ratas. Além disso, foi estudado também os efeitos da restrição alimentar (RA) em ratas prenhes e em sua prole, uma vez dados anteriores do nosso laboratório mostraram que a MCT reduziu o peso corpóreo de ratos tratados por 14 dias. Assim, ratas Wistar foram submetidas à restrição alimentar, durante 6º ao 20º dia de gestação, recebendo 85, 60, 45 ou 30% do consumo médio diário de ração (100% = 22,75 g de ração). Os resultados mostraram que a RA: a) promoveu canibalismo materno dependente da intensidade da RA da mãe, sendo que no grupo de maior restrição (30%) nenhum filhote sobreviveu; b) causou redução do peso corpóreo da prole...

Desenvolvimento neurocomportamental em neonatos pré-termo hospitalizados relacionado com indicadores de estresse e dor; Neurobehavioral development in preterm neonates hospitalized in relation to stress and pain indicators.

Gorzilio, Daniela Moré
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 24/05/2013 PT
Relevância na Pesquisa
37.02%
O nascimento prematuro constitui-se em um fator de risco ao desenvolvimento. Por um lado a hospitalização em Unidade de Terapia Intensiva Neonatal (UTIN) pode proteger o bebê nascido pré-termo, por outro lado este sobrevive em um ambiente adverso, em que é exposto a estímulos estressores e dolorosos inerentes aos cuidados intensivos. Os objetivos do estudo foram: a) caracterizar e comparar o desenvolvimento neurocomportamental de bebês nascidos pré-termo, diferenciados pela idade gestacional; b) examinar associações entre os eventos estressores da UTIN e o desenvolvimento neurocomportamental. A amostra foi composta por 45 recém-nascidos pré-termo (RNPT) nascidos no Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto-USP, distribuídos em três grupos: G1, 10 RNPT de 23 a 28 semanas de idade gestacional (IG); G2, 10 RNPT de 29 a 32 semanas de IG; G3, 25 RNPT de 34 a 37 semanas de IG (grupo controle). Apenas os neonatos G1 e G2 foram internados na UTIN. Os neonatos foram avaliados pela Neurobehavioral Assessment of the Preterm Infant (NAPI), antes de atingir 37 semanas de idade pós-concepcional (IPC). Os neonatos G1 e G2 foram avaliados em dois momentos (aos 32 e 35 semanas de IPC) e os G3 foram avaliados apenas nesta última idade. Na avaliação dos eventos estressores da UTIN foram realizadas a observação direta dos bebês e a análise diária do prontuário dos pacientes...

Valeriana glechomifolia : crescimento e produção de valepotriatos em diferentes meios nutritivos e avaliação preliminar de atividade neurofarmacológica

Maurmann, Natasha
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
26.14%
Valeriana glechomifolia é uma espécie vegetal endêmica da região sul do Brasil. Ela acumula valepotriatos em todos os seus órgãos, que são os possíveis componentes sedativos das espécies de Valeriana utilizadas farmaceuticamente. Foi comparado o crescimento in vitro de V. glechomifolia em meios de cultura sólidos Murashige e Skoog completo (MS), com 75% dos nutrientes inorgânicos (MS 75) ou em uma formulação modificada (M ) em culturas mantidas a longo prazo, por até 9 meses sem subcultura. Alterações da biomassa, do desenvolvimento de raízes e partes aéreas, bem como a produção dos valepotriatos acevaltrato, valtrato e diidrovaltrato foram avaliadas mensalmente. O maior aumento de biomassa e desenvolvimento foliar foi detectado em plantas cultivadas em meio MS, e o melhor desenvolvimento radicular foi observado em plantas cultivadas em meio MS modificado (M ) durante o cultivo. A análise por Cromatografia Líquida de Alta Eficiência mostrou que o máximo de rendimento de valtrato e diidrovaltrato foi após os seis meses de cultivo em plantas em meio M , enquanto a maior concentração de acevaltrato foi encontrada em plântulas cultivadas em meio MS 75, após sete meses de cultivo. Os resultados sugerem uma relação direta entre crescimento e acúmulo de valepotriatos...

Avaliação neurocomportamental de camundongos intoxicados por metilmercúrio

Gavillon, Póti Quartiero; Araujo, Lisiane Bizarro; Trentin, Sheila; Cereser Júnior, Victor Hermes; Oliveira, Camila Rosa de
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
26.14%

Avaliação neurocomportamental de ratos expostos agudamente ao fipronil: influência de diazepam e flumazenil

Terçariol, Paula Raquel Galbiati
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 73 f.
POR
Relevância na Pesquisa
26.14%
Pós-graduação em Medicina Veterinária - FMVZ; Fipronil, um derivado fenil pirazólico, é conhecido por causar neurotoxicidade tendo o ácido gama-amino butírico (GABA) como principal alvo para o mecanismo de sua ação tóxica. O presente estudo investigou os efeitos do diazepam e do flumazenil sobre o comportamento de ratos expostos agudamente ao fipronil (Frontline® Top Spot). Ratos Wistar jovens, machos, receberam um dos seguintes tratamentos: a- 0,3 ml de óleo de milho aplicada topicamente sobre o dorso dos animais (controle). b- fipronil (280 mg/Kg) aplicado topicamente sobre o dorso dos animais; c- fipronil e após 3,0 horas, aplicação de diazepam (5mg/Kg, i.p.); d- fipronil e após 3,0 horas, aplicação de flumazenil (4mg/Kg, i.p.). Após 3,5 horas da aplicação do fipronil ou do controle e após 30 minutos do diazepam e do flumazenil, os animais tiveram o comportamento avaliado em arena de campo aberto e em labirinto em cruz elevado. Observou-se que na arena de campo aberto o diazepam antagonizou o efeito do fipronil sobre os comportamentos de limpeza e levantar e potenciou o comportamento de congelamento; já o flumazenil potenciou o efeito do fipronil sobre os comportamentos de limpeza e levantar e antagonizou o efeito do fipronil sobre o comportamento de congelamento. No labirinto em cruz elevado...

Estudo do perfil genotóxico, citotóxico, neurocomportamental e bioquímico da ayahuasca em ratos Wistar tratados com dose única

Melo Júnior, Willian
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
36.73%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ciências da Saúde, Pós-Graduação em Ciências da Saúde, 2014.; A bebida psicoativa conhecida como ayahuasca (Banisteriopsis caapi e Psychotria viridis) é um sacramento incorporado a religiões não indígenas oriundas da região amazônica. Essa cocção sagrada tem propriedades de cura alardeadas em rituais xamânicos e um corpo de evidências crescente indica que o uso é seguro no contexto ritualístico. A perspectiva de uso da ayahuasca extrapolando o uso religioso seja em um contexto terapêutico ou recreacional ainda carece de dados pré-clínicos que atestem sua segurança. Esse estudo avaliou os perfis genotóxico, mutagênico, citotóxico e neurocomportamental da ingestão aguda de ayahuasca em ratos Wistar. Os bioensaios realizados foram análise de fragmentação de DNA por citometria de fluxo (CF), Ensaio Cometa (EC), teste do Micronúcleo (MN), análise das séries hematológicas (eritrograma, leucograma e plaquetograma) e avaliação sérica das funções renais, hepática e pancreática. Para avaliação neurocomportamental utilizaram-se os testes de campo aberto, labirinto em cruz elevado e natação forçada, que além de avaliar a locomoção e mobilidade são também modelos preditivos de ação ansiolítica e antidepressiva. Cinqüenta ratos Wistar...

Avaliação neurocomportamental dos primeiros tempos de vida de um grupo de crianças exposto a substâncias ilícitas durante a gestação

Xavier, Maria Raúl Lobo
Fonte: Escola Superior de Educação de Paula Frassinetti Publicador: Escola Superior de Educação de Paula Frassinetti
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
26.14%
p. 51-67

Avaliação das técnicas comportamentalistas pelos docentes do 1.º ciclo do Ensino Básico em crianças com PHDA

Brito, Cecília Mendes Espinho
Fonte: Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro Publicador: Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
26.14%
Dissertação de Mestrado em Ciências da Educação, Educação Especial, Domínio Cognitivo-Motor; A Perturbação de Hiperatividade com Défice de Atenção é uma perturbação neurocomportamental que se caracteriza por padrões persistentes e níveis desadequados de desatenção e/ou hiperatividade-impulsividade, sendo o distúrbio mais frequente em idade escolar, pelo que se torna pertinente que o professor saiba intervir adequadamente, recorrendo a estratégias educativas e comportamentais apropriadas, tendo em vista o sucesso académico e a integração social. Ciente desta realidade, desenvolveu-se esta investigação com o objetivo de identificar e avaliar as técnicas comportamentalistas, baseadas no reforço positivo e na punição, mais utilizadas pelos docentes do 1.º Ciclo do Ensino Básico na intervenção com alunos com esta perturbação. Tendo em consideração o objetivo geral do estudo e os objetivos específicos do mesmo definiram-se seis questões de investigação às quais procuramos dar resposta através da aplicação de um questionário a duzentos e cinquenta docentes. Os resultados obtidos evidenciam que quase todos os docentes já utilizaram o Contrato de Contingências, o Custo da Resposta, o Programa de Economia de Fichas e o Time-Out...

Avaliação das variáveis clínicas e neurocomportamentais de recém-nascidos pré-termo

Barbosa,VC; Formiga,CKMR; Linhares,MBM
Fonte: Associação Brasileira de Pesquisa e Pós-Graduação em Fisioterapia Publicador: Associação Brasileira de Pesquisa e Pós-Graduação em Fisioterapia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2007 PT
Relevância na Pesquisa
36.25%
OBJETIVOS: Avaliar as variáveis clínicas e neurocomportamentais do desenvolvimento de recém-nascidos pré-termo. MÉTODO: Estudo transversal com amostra de 21 recém-nascidos, com idade gestacional média de 32 semanas (± 1,7) e idade cronológica média de 27 dias (±15,2), de ambos os sexos, avaliados na internação hospitalar. Foi utilizado roteiro de anamnese para a coleta dos dados sobre a gestação, parto, complicações desenvolvidas e Neonatal Medical Index (NMI). Os recém-nascidos foram avaliados pela Neurobehavioral Assessment of the Preterm Infant (NAPI) em sete categorias: sinal de cachecol, desenvolvimento motor e vigor, ângulo poplíteo, alerta e orientação, irritabilidade, choro e percentual de sono. Os dados foram analisados no programa SPSS® com base na estatística descritiva (freqüências, médias e desvios-padrões), teste t de Student para comparação de grupos (amostra do estudo com amostra normativa NAPI) e teste de correlação de Spearman (variáveis clínicas e categorias da NAPI). RESULTADOS: O desempenho dos recém-nascidos pré-termo apresentou diferença estatisticamente significativa em relação ao do grupo normativo NAPI nas varáveis sinal de cachecol, desenvolvimento motor/vigor e choro. O NMI correlacionou-se negativamente com o sinal cachecol (r= -0...

Cuidado mãe canguru em recém-nascidos pré-termo sob suporte ventilatório: avaliação dos estados comportamentais

Azevedo,Vívian Mara Gonçalves de Oliveira; David,Renata Bernardes; Xavier,César Coelho
Fonte: Instituto de Medicina Integral Prof. Fernando Figueira Publicador: Instituto de Medicina Integral Prof. Fernando Figueira
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2011 PT
Relevância na Pesquisa
26.14%
OBJETIVOS: descrever os estados comportamentais dos recém-nascidos com peso inferior a 1500 g, em ventilação mecânica, antes, durante e após o cuidado mãe canguru (CMC). MÉTODOS: estudo do tipo quase experimental em que os estados comportamentais definidos como sono profundo, ativo, sonolência, alerta inativo, alerta ativo e choro de acordo com a Escala Neonatal de Brazelton foram avaliados em três momentos: 15 minutos antes do CMC, 30 minutos após o início da exposição e 15 minutos após o CMC num total de uma hora de exposição. Quarenta e quatro recém-nascidos pré-termo (poder estatístico >0,9), com idade gestacional média de 29 semanas e peso médio de 1096 g, intubados e estáveis do ponto de vista hemo-dinâmico, foram selecionados por amostra de entrada contínua. RESULTADOS: evidenciou-se o favorecimento do sono, principalmente o sono profundo (52,3%), comparado aos períodos antes (6,8%) e após (13,6%) (p<0,001) o CMC. Além disso, os recém-nascidos apresentaram sinais de dor após o CMC com diferença significativa (p=0,002). CONCLUSÕES: o cuidado mãe canguru, nas condições deste estudo, pode ser considerado como uma estratégia favorecedora para o desenvolvimento neurocomportamental.

Adaptação transcultural do inventário neurocomportamental (NBI) para o Brasil

Oliveira,Guilherme Nogueira Mendes de; Kummer,Arthur; Salgado,João Vinícius; Portela,Eduardo Jardel; Sousa-Pereira,Sílvio Roberto; Mendes,Mirian Fabíola Studart Gurgel; Marchetti,Renato Luiz; Teixeira,Antônio Lúcio
Fonte: Liga Brasileira de Epilepsia (LBE) Publicador: Liga Brasileira de Epilepsia (LBE)
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2009 PT
Relevância na Pesquisa
26.14%
OBJETIVO: Realizar a adaptação transcultural de instrumento para avaliação das alterações comportamentais tipicamente descritas em portadores de epilepsia do lobo temporal (ELT), o Inventário Neuro-Comportamental (NBI) para a população brasileira. MÉTODOS: Inicialmente, foi feita a tradução do instrumento original para o português. Esta versão foi revisada e retrotraduzida para o inglês. A seguir, a versão retrotraduzida foi comparada à versão original em inglês, sendo corrigidas as divergências no texto em português. Em um segundo momento, 15 pacientes do Ambulatório de Epilepsia do Hospital das Clínicas da UFMG portadores de ELT responderam ao inventário. À aplicação do questionário, eventuais dificuldades e os itens mal compreendidos foram analisados pelos autores. RESULTADOS: Na versão final para o português, os itens 11, 14, 17, 61 e 75 foram modificados. Sete pacientes (46,7%) eram do sexo feminino, com idade entre 26 e 65 anos. A maioria dos pacientes (93,3%) apresentou uma pontuação total elevada. Os domínios mais comumente alterados foram hiperreligiosidade, detalhismo e crença na predestinação pessoal (73,3% dos pacientes em cada um deles). CONCLUSÃO: A versão em português do NBI pode ser um instrumento útil para avaliar alterações comportamentais na ELT aplicada ao contexto clínico dos pacientes brasileiros.

AVALIAÇÃO NEUROCOMPORTAMENTAL DO RECÉM-NASCIDO – A UTILIZAÇÃO DA CLNBAS/NBO COMO FERRAMENTA CRÍTICA

Apóstolo, Jorge Manuel Amado
Fonte: Escola Superior de Enfermagem de Coimbra Publicador: Escola Superior de Enfermagem de Coimbra
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Publicado em 01/01/2010 POR
Relevância na Pesquisa
26.14%

O modelo de Touchoints e a Boa Prática Neonatal

Apóstolo, Jorge Manuel Amado
Fonte: Fundação Brazelton/Gomes-Pedro para as Ciências do Bebé e da Família Publicador: Fundação Brazelton/Gomes-Pedro para as Ciências do Bebé e da Família
Tipo: Trabalho em Andamento
Publicado em 11/01/2013 POR
Relevância na Pesquisa
26.57%
INTRODUÇÃO A década de 90 - século XX - e o início do século XXI marcaram na saúde infantil, sobretudo nos países desenvolvidos, um tempo de mudança de paradigma. As alterações verificadas nas últimas décadas, nas circunstâncias, conceitos, e atitudes, justificam que se a repense o tipo de assistência a prestar às crianças e jovens, obrigando a rever o conteúdo das ações e enquadramento das mesmas. Podemos afirmar que a mudança está instalada e estamos a vivê-la. O passo que estamos dar na área do bem-estar da criança situa-se mais no social do que no biomédico, o modelo de disfunção do mecanismo está a ser substituído por uma visão global da criança inserida num ambiente particular, como afirmava Gomes Pedro já em 1999. Ainda de acordo com o autor, o apoio à família e a intervenção precoce deveriam fazer parte deste novo modelo. O tempo tem-lhe dado razão, hoje os processos de envolvimento parental e parceria de cuidados foram já tão longe que não poderão voltar atrás. Sabemos que a saúde e desenvolvimento não dependem exclusivamente do património genético. A influência do ambiente - social, biofísico, psicológico e ecológico - ganha importância crescente. Para obter resultados em desenvolvimento...

Comparação do exame neurocomportamental entre recem-nascidos pre-termo de muito baixo peso e recem-nascidos a termo segundo metodologia de Brazelton

Rogerio Manoel Duarte Nogueira
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 28/09/2001 PT
Relevância na Pesquisa
26.14%
Realizou-se estudo descritivo transversal sobre características, percepções e condutas de mães de crianças portadoras de deficiênciavisual inseridas na 10série do ensino fundamental identificadas na campanha Olho no Ollio /2000. A amostra foi composta por 48 mães de crianças portadoras de deficiência visual identificadas na campanha. Para coleta de dados, utilizou-se questionário aplicado por entrevista. Nota-se que a grande maioria das mães mora com marido ou companheiro, sendo que 91,7% referem ter cursado escola, porém apenas 2,1% concluíram o 10grau. Em relação a categoria ocupacional, entre as mães predominam os serviços manuais não especializados 76,4%. A campanha identificou 62,5% das crianças, em idades de 7 anos e mais, tendo como a maior causa da deficiênciavisual a toxoplasmose 24,9%. Apenas 37,5% das mães tinham conhecimento da existência do problema visual anteriormente à campanha, apontando que 33,3% das crianças haviam se submetido a consulta oftalmológica, sem receber nenhum tipo de orientação ou prescrição de auxilio óptico ou não óptico para a utilização do resíduo visual. As mães relataram dificuldade no desempenho escolar atribuído em 79,2% dos casos ao problema visual da criança. Em geral mostram-se satisfeitas com a atuação pedagógica dos professores 62...

Avaliação neuropsicomotora em neonatos pré-termos internados no Hospital Materno Infantil Santa Catarina da cidade de Criciúma - SC

Pinto, Juliane Manganelli
Fonte: Universidade do Extremo Sul Catarinense Publicador: Universidade do Extremo Sul Catarinense
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso - TCC
PT_BR
Relevância na Pesquisa
36.39%
Trabalho de Conclusão de Curso, apresentado para obtenção do grau de Bacharelado, no curso de Fisioterapia da Universidade do Extremo Sul Catarinense, UNESC.; O neonato prematuro caracteriza-se pela imaturidade do seu organismo, tornando-o mais vulnerável a determinadas enfermidades e, também, mais sensível a determinados fatores externos. O Objetivo do presente estudo foi de caracterizar a avaliação neuropsicomotora dos pré-termos internados na Unidade de Terapia Intensiva Neonatal do Hospital Materno Infantil Santa Catarina na cidade de Criciúma SC. Participaram do estudo 14 neonatos, sendo esses divididos em dois grupos, Grupo 1 neonatos do gênero feminino e Grupo 2 neonatos do gênero masculino. Pesquisa básica, qualitativa, descritiva, explicativa, transversal, documental e bibliográfica. Os instrumentos de avaliação foram uma avaliação fisioterapêutica, Índice de Apgar, avaliação da Idade Gestacional e avaliação neurocomportamental de Dubowitz adaptada. Observou-se um índice maior de indivíduos do gênero masculino, e a média da Idade Gestacional foi de 32,96 semanas. Pode se concluir que neonatos prematuros possuem grupos musculares mais fracos em relação aos grupos musculares flexores, podendo assim levar o neonato ao um atraso no desenvolvimento neuropsicomotor.