Página 1 dos resultados de 4169 itens digitais encontrados em 0.032 segundos

Orientações curriculares de ciências físicas e naturais do 3º ciclo do ensino básico: concepções e crenças dos professores

Moreira, Fernando de Sousa
Fonte: Universidade de Coimbra Publicador: Universidade de Coimbra
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
66.05%
As concepções e crenças dos professores são consideradas, por muitos especia-listas da área de investigação, como constituindo um factor decisivo para o sucesso ou o insucesso das reformas do ensino das ciências. Investigações recentes, realizadas em Portugal, no domínio do ensino das ciências, sugerem que, passados oitos anos desde que foram publicadas os diplomas legais relativos ao Currículo Nacional do Ensino Básico – Competências Essenciais e às Orientações Curriculares de Ciências Físicas e Naturais do 3º Ciclo do Ensino Básico, persistem concepções e práticas desviadas do preconizado naqueles normativos. Estes estudos recomendam o investimento na forma-ção, como forma de corrigir os desvios detectados, contudo, há casos documentados que apontam a possibilidade de a formação, inicial e em serviço, poder não alterar as con-cepções que, efectivamente, modelam as práticas docentes. As razões para tal facto podem relacionar-se com a arquitectura e organização das crenças. Investigação efec-tuada por Rokeach (1968) e divulgada por Pajares (1994) refere a organização das cren-ças em torno de uma crença central que, em situações de dissonância, determina as escolhas e as práticas. As crenças com função central obedecem a determinadas caracte-rísticas...

A avaliação como acompanhamento sistêmico da aprendizagem : uma experiência de investigação-ação colaborativa no ensino fundamental

Queiroz, Dalva Maria de
Fonte: Universidade de Coimbra Publicador: Universidade de Coimbra
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
66.11%
Este estudo trata da temática da avaliação da aprendizagem no contexto de sala de aula – um componente de suma importância para a melhoria do processo educativo. Principiamos por uma revisão bibliográfica com o objetivo de construir um referencial teórico de suporte à pesquisa empírica. Esta pesquisa teve lugar numa escola de ensino fundamental (6º a 9º anos) numa pequena cidade do Nordeste do Brasil, com base nos princípios da investigação-ação colaborativa, inicialmente com um grupo de sete professores, e no projeto desenhado, que contemplou diversas fases de trabalho da investigadora com os docentes partícipes. Foram utilizados, como técnicas de recolha de dados, questionários, entrevistas semiestruturadas e observações participantes; aplicou-se a técnica de estimulação da recordação; desenvolveram-se ciclos de estudos; e produziu-se uma proposta de avaliação formativa contínua. Para o tratamento das informações, foram utilizados o método da análise de conteúdo e a triangulação dos dados. Procurou-se compreender as concepções e as práticas avaliativas, o processo cotidiano de avaliação e o processo de formação dos professores, no que diz respeito à avaliação dos alunos. Nesse sentido...

Atitudes dos professores face à avaliação de escolas

Valgôde, Maria Madalena Fernandes
Fonte: Universidade de Coimbra Publicador: Universidade de Coimbra
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
66.06%
Tendo como ponto de partida a revisão da literatura sobre a escola, a cultura, o clima e as atitudes dos professores, assim como a avaliação das escolas no quadro das políticas educativas, as suas modalidades e a sua implementação, o presente estudo tem como objectivos conhecer o impacto e os efeitos desta atividade ao nível das atitudes dos professores. Para o efeito recorremos ao inquérito por questionário, tendo obtido a participa-ção de 204 docentes pertencentes ao Concelho da Figueira da Foz. Para a avaliação das atitudes foi utilizada uma escala de tipo Likert, constituída por 50 itens, em que se solicita simultaneamente a resposta em relação à Avaliação Externa e à Auto-Avaliação, tendo revelado uma boa consistência interna, pois o valor de α é de .97 para a Avaliação Externa Escolas e de .96 para a Auto-Avaliação de Esco-las, pelo que se conclui que apresenta uma boa fiabilidade. Os resultados revelaram que os professores sustentam uma atitude mais favorá-vel no que diz respeito à Auto-Avaliação comparativamente à Avaliação Externa, sendo esta difereça estatisticamente significativa. Verifica-se igualmente que quanto maior é a informação e o envolvimento nestas modalidades de Avaliação de Escolas mais favorável é a atitude dos docentes...

Uma reflexão teórica sobre modelos de avaliação de professores : estudo comparativo entre um modelo anglo-saxónico e um modelo mediterrânico

Vilas Boas, Sylvie Gonçalves
Fonte: Universidade Aberta de Portugal Publicador: Universidade Aberta de Portugal
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2010 POR
Relevância na Pesquisa
76.02%
Dissertação de Mestrado em Supervisão Pedagógica apresentada à Universidade Aberta; O presente trabalho inscreve-se no âmbito do Mestrado em Supervisão Pedagógica da Universidade Aberta e pretende efectuar um estudo comparativo entre modelos de avaliação do desempenho docente implementados em Inglaterra, França e Portugal, recorrendo à análise documental, com a intenção de determinar as semelhanças e diferenças existentes entre estes modelos. O estudo permitiu entender que os modelos implementados em França, Inglaterra e em Portugal possuem uma componente sumativa grande, em que a prestação de contas está claramente evidenciada. Contudo, existe também uma preocupação crescente para que a avaliação dos docentes seja percebida como um factor propiciador de desenvolvimento profissional com uma vertente essencialmente formativa. No pressuposto de que a avaliação do desempenho dos professores vem sendo reconhecida como factor fundamental para a melhoria da qualidade educativa, foram realizadas entrevistas a professores portugueses e professores franceses para recolher informações que permitissem entender melhor o processo, relativamente aos seus factores facilitadores e inibidores e obter opiniões sobre os modelos de avaliação em estudo. Os resultados sugerem que os docentes consideram importante a implementação de um modelo de avaliação do desempenho como um meio de desenvolvimento e de melhoria da acção educativa...

Políticas de avaliação na educação em Portugal e Espanha : um estudo comparativo

Bastos, Engrácia de Jesus Correia de Oliveira
Fonte: Universidade Aberta de Portugal Publicador: Universidade Aberta de Portugal
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2012 POR
Relevância na Pesquisa
66.04%
Dissertação de Mestrado em Supervisão Pedagógica apresentada à Universidade Aberta; A presente investigação insere-se no âmbito das políticas de avaliação educacional, mais propriamente as que versam a problemática da avaliação de escolas, professores e alunos do segmento do ensino secundário. Trata-se de um estudo comparativo, reportado a Portugal e a Espanha, e incide, particularmente, na primeira década do atual milénio. Com este estudo pretendeu-se conhecer e confrontar os modelos de avaliação de escolas, de professores e de alunos, a fim de se apurar a prevalência da lógica formativa ou sumativa e de se conhecer o modo e o nível de desenvolvimento da cultura de avaliação de cada país, incluindo o grau de autonomia cedido às comunidades autónomas regionais (Açores, Madeira, Catalunha e País Basco) e instituições, e averiguar se o seu impacto se refletia na qualidade da educação, mais concretamente no sucesso educativo e no abandono escolar. Procurou-se apresentar uma contextualização política, sociocultural, económica, e demográfica, relativa aos dois países objeto de estudo, bem como o respetivo panorama geral da educação, com a intenção de conhecer as duas realidades e perceber as razões que estiveram na base de certas decisões políticas em matéria de avaliação educacional. Procedeu-se a um enquadramento teórico à luz das teorias da regulação na educação...

Avaliação de professores: dimensões afetivas e éticas

Cardoso, Maria da Graça Montenegro Vieira
Fonte: Repositório Científico Lusófona Publicador: Repositório Científico Lusófona
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
75.98%
Numa sociedade em constante evolução e mutação, a Escola s urge como uma organização cada vez mais exigente, para si própria, para com o contributo que dá a essa sociedade, para com os alunos, para com a comunidade envolvente, que espera dela as respostas que , por vezes , não sabe ou tem, ela própria, dificuldade e m dar. Uma Escola com responsabilidades sistémicas, com obrigações acrescidas, uma Escola que se quer promotora de desenvolvimentos: desenvolvimento dos alunos na sua formação pessoal, ética, moral, científica e que os apetreche de competências que os torn e capazes de responder eficazmente às solicitações e exigênc i as do mundo atual, que podem já não ser as de amanhã. Ora, só se poderá dar resposta a essas exigências se estivermos na presença de uma Escola de qualidade, o que pressupõe também qualidade de ensino. E a qualidade de ensino não será atingida, se não envolver os seus principais agentes: os docentes. É deles que se espera o mais célere contributo, não sendo as lideranças e as práticas menos importantes. A avaliação engloba noções polissémicas e multidimensionais e, quando falamos da avaliação de professores , temos que ter presente o caráter sistémico da avaliação do desempenho e a importância da supervisão como uma prática que visa o desenvolvimento e aprendizagem do s profissionais. A avaliação surge como uma atividade reguladora e promotora de desenvolvimento profissional...

A influência dos exames nacionais de Física e Química A e respectivos resultados nas práticas de ensino e de avaliação dos professores

Madureira, Maria Manuela Borges de
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2011 POR
Relevância na Pesquisa
66.05%
Dissertação de mestrado em Ciências da Educação (área de especialização em Supervisão Pedagógica na Educação em Ciências); Os exames nacionais na disciplina de Física e Química A (FQA), implementados a partir de 2006, enquadram-se num processo que contribui para a certificação das aprendizagens e competências adquiridas pelos alunos e, paralelamente, constituem instrumentos de regulação das práticas educativas. Neste contexto, surgiu a necessidade de verificar se a existência de exame na disciplina de FQA, e os fracos resultados obtidos pelos alunos, terão condicionado as práticas de ensino e de avaliação dos professores. Para responder a esses problemas, realizou-se a presente investigação constituída por dois estudos, efectuados numa escola secundária: a) um estudo descritivo sobre as classificações obtidas pelos alunos na disciplina de FQA, e que tinha como objectivos: comparar as classificações de exame (CE), por turma, na disciplina de FQA, com as classificações internas de frequência (CIF) e analisar a evolução das CIF, CE e CIF-CE de 2006 a 2009; b) e, outro, com professores de Física e Química, no qual foi utilizado o método das entrevistas semi-dirigidas e que teve como objectivos: Indagar as explicações dos professores para as discrepâncias verificadas entre as CE e as CIF e analisar o impacte que os exames de FQA e respectivos resultados terão tido nas suas práticas de ensino e de avaliação. O primeiro estudo...

Exames nacionais do 9º ano de matemática : concepções dos professores classificadores

Silva, Graça Marlene Seco e
Fonte: Universidade Católica Portuguesa Publicador: Universidade Católica Portuguesa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em 03/01/2012 POR
Relevância na Pesquisa
66.1%
A conjuntura educacional portuguesa atravessa um momento de previsível reforço da avaliação externa das aprendizagens. As investigações sobre avaliação das aprendizagens têm incidido sobretudo na avaliação interna. O estudo que adiante se apresenta foca a avaliação externa procurando descrever as concepções dos professores classificadores da disciplina de Matemática do 9º ano sobre a classificação das provas do exame nacional de Matemática, de modo a verificar a coerência com o referente conceptual e o normativo que a enquadra. Neste sentido, estabeleceu-se a seguinte questão geral de investigação: as concepções dos professores de Matemática sobre a avaliação externa das aprendizagens são, no essencial, idênticas entre si ou é possível descrever concepções significativamente diferentes? A partir desta questão, articulámos as concepções sobre o modo de ensinar Matemática com as perspectivas sobre a avaliação interna e externa das aprendizagens e, em particular, sobre os tipos de itens que compõem as provas de exame. As concepções acerca da elaboração e aplicação dos critérios de classificação dos itens das provas do exame nacional e a importância atribuída ao processo de supervisão foram alvo de especial atenção. Seguindo o paradigma qualitativo...

Avaliação do desempenho de professores e o papel da supervisão : um estudo exploratório com professores do 1º ciclo do ensino básico

Messias, Joaquim dos Santos
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
66.12%
Vivem-se momentos de agitação social onde, a produtividade, o desenvolvimento económico e o desenvolvimento profissional dos recursos humanos começam a reflectir-se na eficiência de toda a Administração Pública. O desempenho profissional de todos os seus colaboradores tem sido sujeito a ampla discussão ao mais alto nível das instituições públicas. É crescente a vontade de se estabelecerem critérios e metas a alcançar pelo desempenho profissional dos funcionários públicos, premiando-os pelo mérito e pela excelência das suas funções. Encarada, pela tutela, como portadora de especificidade, a Avaliação do Desempenho dos Docentes em Portugal sofreu recentemente, também, alterações que obrigaram a regulamentação própria. De um sistema de avaliação que se consubstanciava na concepção e apresentação de um Relatório Crítico, centrado apenas na auto-avaliação do professor, permitindo-lhe uma via administrativa de progressão na carreira, passou-se para um sistema mais complexo, onde o número de fontes e de instrumentos de avaliação aumentou, no intuito de se garantir, para além da promoção e progressão na carreira, o desenvolvimento profissional do docente e a melhoria dos resultados escolares dos alunos. Neste contexto...

A avaliação de desempenho dos professores no quadro da regulação da educação : um estudo de caso numa escola secundária

Chagas, Célia Maria Santos Francisco, 1963-
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2010 POR
Relevância na Pesquisa
76.13%
Tese de mestrado, Ciências da Educação (Administração Educacional), Universidade de Lisboa, Instituto de Educação, 2010; A presente investigação aborda a problemática da avaliação de desempenho dos professores no quadro da teoria da regulação local e tem como objectivo interpretar as representações dos professores de uma escola secundária acerca da aplicação, em 2008/2009, de um novo dispositivo de avaliação de desempenho docente. Foi feita uma breve retrospectiva da política de avaliação de professores em Portugal, com especial enfoque no Decreto – Lei nº 15/ 20007 de 19 de Janeiro e no Decreto – Regulamentar nº 2/2008 de 10 de Janeiro, que publicam o novo estatuto da carreira docente e decretam novas regras para a avaliação de desempenho dos professores. A fim de contextualizar esta temática, recorremos a um enquadramento teórico que inclui uma abordagem à evolução dos modos de regulação, que enquadra a avaliação, enquanto estratégia, no quadro da teoria da regulação e que aborda os instrumentos conceptuais mobilizados no estudo. A metodologia adoptada baseou-se num estudo de caso como estratégia de investigação, tendo a recolha de dados assentado nas técnicas de pesquisa documental e inquérito por questionário. A análise de dados envolveu um trabalho de estatística descritiva simples seguido de interpretação com base em categorias previamente definidas. Concluiu-se que a avaliação de desempenho era bem acolhida pelos professores na sua vertente formativa...

Contributos para um Modelo de Avaliação de Produtos Multimédia Centrado na Participação dos Professores

Costa, Fernando Albuquerque
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Publicado em /09/1999 POR
Relevância na Pesquisa
66.14%
Constituído por oito diferentes "work packages" e integrando Escolas, Universidades e Empresas de Multimédia de seis países europeus (Espanha, Dinamarca, Alemanha, Portugal, Suécia e Reino Unido), o Projecto PEDACTICE teve, como principais objectivos, a utilização e avaliação de software multimédia educativo e a construção de uma base de dados (European Multimedia Resource Library) que, após os dois anos do projecto, disponibilizasse via internet o produto do trabalho entretanto desenvolvido a todos os potenciais interessados, isto é, professores e alunos, investigadores, produtores de software multimédia, pais e outros educadores, especialistas em Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC), formadores de professores, responsáveis e decisores educacionais, etc. Essa base de dados visava dar conta das diferentes vertentes estudadas no âmbito do projecto, desde a reflexão sobre o conceito de eficiência no uso das tecnologias multimédia até à proposta de modelos de formação de professores na área das TIC, passando pela discussão sobre as competências dos professores ou pelos resultados propriamente ditos da avaliação de produtos. Esperava-se que fosse um sistema poderoso de consulta que respondesse às necessidades e expectativas dos seus potenciais utilizadores...

Os medos dos professores: Elaboração de uma escala de avaliação dos medos profissionais dos professores

Veiga, Feliciano; Fernandes, Luísa; Roque, Paula; Guerra, Teresa M.; Antunes, Júlia
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2003 POR
Relevância na Pesquisa
66.05%
Estudo apresentado no VII Congresso Galaico-Português de Psicopedagogia, realizado em 24-26 de Setembro de 2003, pelas Universidades do Minho e da Corunha. Corunha: Universidade da Corunha.; A falta de instrumentos que pudessem ser administrados a professores, para que se pronunciem quanto aos seus medos profissionais, conduziu à construção de um novo instrumento de avaliação. Apresentam-se as fases seguidas na construção de uma escala de avaliação dos medos profissionais dos professores (EAMPP). Após a recolha e o estudo piloto dos itens, procedeu-se à aplicação da versão final da escala (EAMPP). A amostra foi constituída por 208 professores do 2º e 3º ciclos e do ensino secundário, de ambos os sexos, de várias zonas do país e com tempo de serviço diversificado. Procedeu-se ao estudo da fidelidade e da validade de construto e externa. Uma análise factorial de componentes principais com rotação varimax revelou a existência de sete dimensões dos medos profissionais: medos associados à indisciplina e gestão dos alunos nas aulas, medos associados à não satisfação da necessidade de reconhecimento enquanto professor, medos associados à gestão da profissão pela tutela, medos associados à falta de competências de ensino...

Contributos para uma análise cognitiva da política de avaliação de professores

Costa, Estela
Fonte: Unidade de I&D de Ciências da Educação da Universidade de Lisboa Publicador: Unidade de I&D de Ciências da Educação da Universidade de Lisboa
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2007 POR
Relevância na Pesquisa
75.94%
A definição de novas regras para a avaliação dos professores do ensino não superior acontece, em Portugal, com a publicação do Decreto‑Lei n.º 15/2007, de 19 de Janeiro. A avaliação assenta agora em mecanismos competitivos, de prestação de contas, influência quiçá das instâncias de regulação supranacional na elaboração das políticas nacionais. Desta “cultura do desempenho” irrompem instrumentos que complexificam a natureza e o formato do conhecimento recolhido e apelam à recomposição das relações entre o Es‑ tado e as grandes organizações internacionais. Perspectiva‑se o conhecimento com uma centralidade que lhe advém do seu crescimento e difusão à escala mundial. A avaliação, na forma de regulação instrumental, intervém na construção da agenda e da decisão política, podendo ser vista como processo político. O conhecimento, enquan‑ to instrumento de regulação, implica que se apure o tipo de conhecimento mobilizado através dos instrumentos de regulação e a forma como se processa a sua recepção. Consequentemente, importa fazer a genealogia desta nova política e analisar as mu‑ danças dos modos de regulação a partir do seu estudo, vendo os instrumentos como produtos das decisões políticas e os referenciais como produtores dessas decisões

Avaliação do desempenho docente : as lógicas profissionais na voz crítica dos professores

Garcia, Margarida Maria Roque, 1967-
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2011 POR
Relevância na Pesquisa
66.08%
Tese de mestrado, Educação (Administração e Organização Educacional), Universidade de Lisboa, Instituto de Educação, 2011; Integrado num ciclo de políticas centralmente impulsionadas, o processo de implementação do modelo de avaliação do desempenho docente, instituído pelo Decreto-Lei 15/2007 e estruturado através do Decreto Regulamentar 2/2008, gerou conflitualidade e deu origem a um inédito movimento profissional de contestação pública dos professores. Perspectiva-se a avaliação do desempenho docente enquanto nível sistémico da política educativa decorrente da emergência de novos modos de regulação no sistema educativo, enquadrados na reforma do papel do Estado. Parte-se do pressuposto segundo o qual estas mudanças, de raíz neoliberal, têm implicações na profissionalidade docente, seja pela reconfiguração que induzem na matriz identitária dos professores, seja pela alteração das lógicas de micro poder nas escolas. O processo de avaliação profissional é, assim, focado numa óptica política, com particular incidência nas dinâmicas micropolíticas decorrentes da divergência entre os interesses profissionais dos docentes e os objectivos da governação central. Neste estudo, analisaram-se 313 textos de professores...

As atitudes dos professores do ensino básico, face à inclusão de alunos com necessidades educativas especiais na sala de aula

Santos, Maria de Fátima Paiva dos
Fonte: Instituto Superior de Psicologia Aplicada Publicador: Instituto Superior de Psicologia Aplicada
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2008 POR
Relevância na Pesquisa
66.06%
Dissertação de Mestrado em Psicologia Educacional; O presente estudo "atitudes de professores do ensino básico (EB) face à inclusão dos alunos com necessidades educativas especiais (NEE) na sala de aula", aborda os conceitos de Atitude, Educação Especial, Inclusão Escolar e Qualidade na Educação. Foi realizada uma revisão da literatura, envolvendo o conceito de atitude e a sua relação com a inclusão dos alunos com NEE. Embora alguns estudos contradigam outros, parece possível afirmar que as atitudes dos professores quando positivas facilitam a inclusão dos alunos com NEE na escola e na sala de aula. Fizemos também um percurso pela evolução do atendimento às crianças com NEE, até chegarmos à caminhada para a escola inclusiva. Poderemos dizer que existe uma grande evolução mas muito ainda terá que ser feito, sobretudo nos aspectos referentes à qualidade na educação e à formação dos profissionais como promotores dessa qualidade e duma escola que se pretende realmente inclusiva. Definimos como primeiro objectivo do estudo, caracterizar as atitudes dos professores do EB, face à inclusão dos alunos com NEE na sala de aula, identificando as diferentes variáveis que interferem nas atitudes manifestadas. Como segundo objectivo verificar a natureza das dificuldades que os professores sentem para promover a educação inclusiva e relacioná-las com o tipo de atitudes que manifestam. Em termos de metodologia...

Plano de carreira e avaliação dos professores: encontros e desencontros

Palazzo,Janete; Gomes,Candido Alberto
Fonte: Fundação CESGRANRIO Publicador: Fundação CESGRANRIO
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2009 PT
Relevância na Pesquisa
75.92%
O objetivo deste estudo foi verificar se os critérios de progressão na carreira de uma instituição de ensino superior são os mesmos que formam um bom docente na perspectiva dos alunos. A literatura destaca vários fatores que interferem no desempenho dos alunos, mas considera que os critérios clássicos de progressão tendem a não exercer claramente efeitos sobre o rendimento dos alunos. A pesquisa exploratória utilizou, como instrumento de coleta de dados, um questionário preenchido pelos alunos, previamente construído, testado e aprovado como parte do processo de avaliação institucional. Além de verificar o desempenho dos docentes na perspectiva dos alunos, relacionaram-se as respostas ao questionário com as características docentes valorizadas pelo Plano de Carreira (titulação, experiência, tempo de serviço e publicações científicas). Concluiu-se que, na instituição estudada, não houve relação significativa entre a avaliação dos docentes e as variáveis para progressão na carreira, confirmando a literatura sobre a educação básica.

Avaliação de desempenho de professores na rede estadual de ensino de Goiás

SIQUEIRA, Ivone dos Santos
Fonte: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em Educação em Ciências e Matemática; Ciências Exatas e da Terra Publicador: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em Educação em Ciências e Matemática; Ciências Exatas e da Terra
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
66.17%
This investigation has the evaluation of teachers' performance on State Schools in Goiás as the study subject. The main objective of this research was to investigate the systematic of the performance evaluation of the teachers, from planning to the use of the results. The investigation comprehends the period from 2007 to 2010 and had, as methodological tools, the qualitative approach in the utilization of the technique of the case study. In the data collection, there were used the following instruments: semi-structured interview with 31 subjects, analyses of documents and non-participant observation. For the data treatment, it was used the content-analyses technique. On the discussions, there were many aspects of the theme: national and international politics for education and the evaluation of teachers' performance, as well as the institutional evaluation as part of the evaluation of teachers' performance. The theoretical contributions that substantiated these discussions were made by contributions from many national and international researchers. From national literature, I highlight: De Tommasi, Depresbiteris, Abramowicz, Maués, Alves, Libâneo, Vianna, Freitas, Costa, Castro, Dourado, Sordi, Lück. From international literature: Rosales...

Concepções e práticas de avaliação dos professores de Filosofia do ensino secundário de uma escola da Lezíria e Médio Tejo

Pereira, Vânia Filipa dos Santos
Fonte: Universidade de Coimbra Publicador: Universidade de Coimbra
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
76.08%
A presente investigação, de natureza qualitativa, pretende descrever e interpretar as concepções e práticas de avaliação de cinco professores de Filosofia de uma escola secundária da Lezíria e Médio Tejo. Tentamos conhecer as concepções dos professores de Filosofia relativamente à avaliação das aprendizagens e relacionar essas mesmas concepções com o perfil da quarta geração de avaliação – avaliação como “negociação” e “construção” (Guba & Lincoln, 1989 citados por Machado, 2007), verificando até que ponto se aproximam ou se afastam de uma avaliação construtiva, relacional, formadora, alternativa e reguladora. O nosso estudo baseou-se em dados empíricos recolhidos através de entrevistas individuais semi-estruturadas, realizadas na própria escola onde os docentes leccionam, no ano lectivo de 2008/2009. Como tal, seguimos uma linha metodológica que recorreu ao estudo de caso como estratégia geral. Da análise de conteúdo dos dados das entrevistas foi possível constatar uma influência da tradição clássica de avaliação nas concepções dos professores, nomeadamente, no que concerne à função da avaliação e aos seus destinatários/actores. Todavia, os professores de Filosofia evidenciam um esforço para a concretização de uma avaliação de natureza formativa...

Avaliação de desempenho e desenvolvimento profissional do pessoal docente do ensino não superior : dos normativos às práticas vigentes nas escolas de São Vicente, Cabo Verde

Pires, Alexandre Fortes
Fonte: Repositório Científico Lusófona Publicador: Repositório Científico Lusófona
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
66.04%
O presente estudo focaliza a avaliação de Desempenho de professores do ensino não superior, em Cabo Verde, mais concretamente na ilha de São Vicente. A pesquisa tem como objetivo geral analisar a Avaliação de Desempenho de professores do ensino não superior, relacionando as normas instituídas pelo Ministério da Educação com as práticas nas escolas, numa perspetiva de desenvolvimento profissional docente. Tendo por base os normativos vigentes, foi realizada uma abordagem qualitativa de caráter exploratório descritiva, usando como instrumento de recolha de dados a entrevista. Os sujeitos da pesquisa configuram dois grupos, o dos professores avaliados e o dos avaliadores, de modo a permitir uma análise comparativa, com base em categorias. Como conclusões, os entrevistados consideram que a avaliação dos professores feita pela figura do avaliador nem sempre facilita o Desenvolvimento Profissional Docente e a melhoria das práticas nas escolas em São Vicente, não seguindo-as orientações dos Normativos Institucionais. A Avaliação docente tem provocado descontentamento, apresentando vários constrangimentos internos e externos por causa de uma Política de avaliação docente com alguns constrangimentos, a necessitar de mais trabalho colaborativo e reflexão...

Avaliação do desempenho docente em Portugal : que impactos? : perceção dos professores de uma escola do 3º ciclo

Santos, Albertina Lopes Pires dos, 1965-
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2012 POR
Relevância na Pesquisa
76.14%
Tese de mestrado, Ciências da Educação (Avaliação em Educação), Universidade de Lisboa, Instituto de Educação, 2012; O tema desta dissertação de Mestrado é a Avaliação do desempenho docente (ADD) em Portugal e seus impactos. Como docente sinto que o modelo de avaliação, regulamentado pelo Decreto regulamentar Nº2/2008 de 10 de Janeiro, trouxe mudanças significativas, levando-me a procurar formação e informação científica e pedagógica. Perceciono que nas escolas portuguesas se tem vivido um clima de mudança a vários níveis, o que proporciona debate, conflitos, e adaptações. Este modelo também trouxe a revolta dos professores. Então senti a preocupação de o compreender, de o tentar melhorar, tentando esbater essa revolta e o imobilismo que levaria a que se deixasse, simplesmente, tudo na mesma. Preocupa-nos o insucesso educativo português. Mas em que termos os resultados dos alunos podem ser tidos em conta na avaliação docente? Que perceção os professores têm sobre a avaliação e os seus impactos? A avaliação para a regulação da carreira tem impacto formativo? a) No desenvolvimento profissional, b) Na melhoria do desempenho, c) No aumento da eficácia docente. A mudança é útil e necessária. Senti necessidade de conhecer modelos doutros países. Há necessidade de compreender melhor a avaliação de desempenho...