Página 1 dos resultados de 5460 itens digitais encontrados em 0.006 segundos

Taxonomia de ferramentas de autoria: apoio na criação de materiais didáticos digitais

Costa, Agnaldo da; Raabe, André; Coelho, Adriano de Sales
Fonte: Universidade Aberta; LE@D Publicador: Universidade Aberta; LE@D
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Publicado em /12/2013 POR
Relevância na Pesquisa
36.99%
Os recursos tecnológicos e os meios de comunicação evoluíram rapidamente nas últimas décadas e possibilitaram o uso de novas estratégias para apoiar o processo de ensino e aprendizagem. Uma das áreas de destaque é a Educação a Distância que possibilita ensinar através de ferramentas midiáticas, tornando a aprendizagem possível em lugares antes não alcançados. As novas tecnologias, especialmente aquelas que estão ligadas às chamadas “mídias interativas” estão promovendo mudanças na Educação, num processo que parece estar apenas começando. Tais mudanças passam pela oferta de cursos no formato online com seus recursos de interação e comunicação através deferramentas tecnológicas que possibilitam uma nova forma de interação entre professor e aluno, mudando suas relações e formas de aprendizagem. Com a introdução dessas novas práticas pedagógicas no domínio da educação associadas à adoção de metodologias, houve a necessidade de construção de conteúdos digitais que possibilitassem o seu reuso e compartilhamento, representado pelo conceito de Objetos de Aprendizagem. Objeto de Aprendizagem é qualquer recurso digital que possa ser utilizado para suporte ao ensino, ou descrito como qualquer entidade...

Autoria e aprendizagem da escrita; Authorship and learning of writing

Fortunato, Marcia Vescovi
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 13/05/2009 PT
Relevância na Pesquisa
36.99%
Todo ato de escrita é um movimento singular de representação simbólica, é um ato de autoria de um escritor em atividade social de comunicação. A produção de textos exige do escritor uma série de decisões e de ações de linguagem que representam um trabalho intenso, resultado de operações cognitivas complexas. A aprendizagem da escrita compreende o domínio desses procedimentos e de sua gestão durante o processo de produção de textos. Por isso, ensinar a escrever textos é ensinar procedimentos de autoria. Para demonstrar essa tese, buscamos conhecer os contextos histórico e teórico que envolvem as concepções de autoria, de texto e de ensino da escrita para situar nosso objeto. A seguir estudamos as concepções de autoria de Bakhtin e Foucault, que consideramos basilares para este trabalho. Procuramos compreender ainda o processo de composição de textos escritos e interpretá-lo à luz da concepção de autoria adotada. A partir desse estudo, foi possível analisar e descrever procedimentos de autoria e compreendê-los como atos de linguagem que desempenham funções específicas na composição de um texto. Finalmente, a análise de uma amostragem da produção escrita de estudantes do Ensino Fundamental descreveu os procedimentos utilizados pelos aprendizes e a adequação desse uso para sua aprendizagem da escrita. Concluímos que a aprendizagem da escrita requer uma prática de composição de textos contínua para seu desenvolvimento e que o ensino não pode focar um ou outro procedimento...

Escrita, autoria e ensino: um diálogo necessário para pensar a constituição do sujeito-autor no contexto escolar; Writing, authorship and education: a dialogue necessary to think the constitution of the subject-author about the scholar context.

Aguiar, Eliane Aparecida de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 11/03/2010 PT
Relevância na Pesquisa
36.99%
Esta tese, inserida nos campos da Linguagem e da Educação, tem como objetivo principal promover uma discussão de caráter teórico-reflexiva sobre as noções de escrita, autor e autoria a fim de pensar sobre as possibilidades de trabalho com a escrita de autoria e a constituição do sujeito-autor no contexto escolar. Para tanto, são propostos dois encaminhamentos. Inicialmente, conceitua-se a escrita autoral como sendo resultado de uma experiência que permite a passagem do eu ao lugar de sujeito; ou seja, como a materialização de um processo, atravessado pela subjetividade, que permite ao sujeito sustentar seu desejo pela escrita, imprimindo nela trabalho e responsabilidade. Ainda nessa parte, considerando as configurações de autor e autoria propostas por Michel Foucault, Mikhail Bakhtin e Roland Barthes, e da noção de sujeito encontrada na psicanálise de Sigmund Freud e Jacques Lacan, elabora-se uma noção de sujeito-autor e autoria que permite promover um diálogo com a experiência de escrita defendida nesta pesquisa. No primeiro caso, considera-se que o sujeito-autor seja o elemento que articula as significações que dão forma àquilo que o escritor real busca esculpir. Nesse sentido, o sujeito-autor não é apenas uma função exercida pelo indivíduo que escreve...

[Autor]retrato Coletivo, uma Poética da Autoria Aberta: Poética da Autoração, Poéticas em Coletividade e uma taxonomia para a Espect-Autoria - agenciamento autoral dos espectadores nas artes participativas e interativas.; Collective Authorself-Portrait, a Poetics of the Open Authorship: Authoring Poetics, Multi-Poetics in Collectivity and a taxonomy for the Spect-Authorship - authorial agency of the spectators in participatory and interactive arts.

Silva, Arnaldo Valente Germano da
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 08/08/2012 PT
Relevância na Pesquisa
37.02%
Esta tese de doutorado apresenta um estudo e formulações teóricas sobre o conceito de espect-autoria e defende os conceitos de Poética da Autoria Aberta, Poética da Autoração e Poéticas em Coletividade como praxis artística de apropriação dos dispositivos de produção das representações sociais, no contexto da autoria dos espectadores nas artes participativas e interativas. Numa transferência interdisciplinar de conceitos a exemplo do conceito espect-autor de Gellouz (2007), o estudo propõe as noções de autorabilidade, obra autorável, agenciamento autoral do espectador e trinômio produção/recepção/produção bem como os conceitos formulados de função-espect-autor, espect-autor em coletividade, particip-autor, inter-autor e trans-autor, que privilegiam a noção de autoria em suas notações, configurando uma taxonomia mais apropriada para compor um vocabulário que permita designar e compreender a noção de espect-autoria, ou seja, a produção autoral dos espectadores, enquanto forma, repertório e significados, nas obras cuja abertura poética propõe desafios autorais aos seus espectadores. A principal referência artística e fonte desta pesquisa é a série Autorretrato Coletivo (1987-), um conjunto de obras participativas e interativas que eu proponho como repositório dialógico e polifônico da identidade coletiva...

Oficinando com jovens : a produção de autoria na restinga

Zaniol, Elisângela
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
37.05%
O objetivo desta dissertação é analisar exercícios de autoria em oficinas propostas por um Projeto de Extensão que envolveu um coletivo composto pelo Grupo de Pesquisa e Intervenção Juventude e Contemporaneidade da UFRGS e os Oficineiros Populares que atuam no Bairro Restinga. Trata-se de um estudo que põe a tônica em uma descrição analítica, tomando o relato da experiência do trabalho do coletivo e das oficinas para jovens como objeto privilegiado de estudo. A teoria que apóia a descrição da experiência é a Biologia do Conhecer. Baseado no conceito de autopoiesis de Humberto Maturana, realizou-se uma construção acerca da noção de autoria, que aqui é vista como um processo concomitante de auto e hetero-produção, somente passível de ser exercida em redes de conversações, as quais operam como testemunhas desse exercício: pelo reconhecimento, visibilidade e publicização dos deslocamentos nas coordenações de ações. No desenvolvimento do projeto como um todo e nas oficinas, a rede de conversação foi produzida pela combinação de componentes heterogêneos, como a experiência do viver na comunidade, nas escolas, na universidade e com as tecnologias. O conversar faz emergir domínios compartilhados consensuais e emocionais acoplados às ferramentas tecnológicas. Um dos observáveis significativos da análise é a distinção de deslocamentos presentes na rede de conversações configurada nas oficinas...

As redes de co-autoria dos professores do programa de Pós-Graduação em Comunicação e Informação da UFRGS

Maciel, Lílian
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.99%
Estudo bibliométrico de natureza descritiva sobre as características de formação e produção, bem como as redes de co-autoria dos professores do PPGCOM/UFRGS, realizado através dos documentos publicados em periódicos, livros e eventos no período entre 2000 e 2007. Considera três unidades de análise: professores, grupos de pesquisa e as redes de co-autoria. Analisa o perfil dos 14 professores do Programa quanto às características de formação na graduação e pós-graduação, tempo de vínculo com o PPGCOM, produtividade e tipos de colaborações. Caracteriza a participação dos professores aos grupos de pesquisa de acordo com a área de formação. As redes de co-autoria foram analisadas a partir de 296 documentos de acordo com o tipo de colaboração e a vinculação dos co-autores e dos componentes dos grupos de pesquisa. As análises mostraram que os professores têm formação em diversas áreas, o que evidencia a interdisciplinaridade do Programa. Três professores possuem vínculo com o Programa desde a sua criação. Dos 124 co-autores identificados, 40,32% estavam vinculados, à época de publicação, como alunos ou ex-alunos do Programa, 32,26% como alunos de graduação, 12,10% como alunos de outros programas de pós-graduação...

A questão da autoria nas revistas de comunicação : características e tendências

Nascimento, Bruna Silva do
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
37.07%
O estudo analisa, com base em métodos bibliométricos, a autoria das duas mais antigas revistas científicas em comunicação: a Intercom – Revista Brasileira de Ciências da Comunicação, primeira revista oriunda de uma Sociedade Científica da área de Comunicação e a mais antiga ainda em atividade no Brasil, e a revista Comunicação & Sociedade, publicação universitária produzida por um dos primeiros Programas de Pós-Graduação na área de Comunicação no Brasil. Analisa a autoria das duas mais antigas revistas científicas da área. O periódico Intercom – RBCC teve a autoria analisada entre os anos 1985 a 2007. Contabiliza 279 autores e 345 autorias. A revista Comunicação & Sociedade conta com 303 autores e 466 autorias e tem a análise de autoria embasada entre o período de 1979 a 2007. Relata, através da pesquisa bibliográfica, a formação da Associação de Estudos Interdisciplinares da Comunicação (Intercom) e do Programa de Pós-Graduação da Universidade Metodista de São Paulo (UMESP). A pesquisa busca conhecer e comparar características da autoria, como gênero, modalidade de autoria, atividade profissional e vínculo institucional dos autores dos artigos publicados nas revistas. Procura identificar os autores mais produtivos...

Revista Em Questão : características, perfil e tendências da autoria

Araújo, Gabriela Klemberg
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
37.11%
Analisa as características e as tendências da autoria dos trabalhos publicados no periódico Em Questão no período de 2003 a 2010. Este estudo exploratório tem abordagem quantitativa e tratamento bibliométrico. O seu corpus textual é composto por 190 artigos, publicados em 17 edições, em formato eletrônico. A coleta dos dados foi realizada diretamente na página oficial da Revista na Internet e complementada pelo Currículo Lattes (CNPq) dos autores. Os resultados mostraram que o perfil da autoria está caracterizado pela predominância quanto: ao gênero feminino; à filiação acadêmica e à titulação de doutor. Os autores, na sua maioria são formados e atuam na área da Comunicação. A maioria dos doutores e pós-doutores são formados no Brasil. A modalidade de autoria predominante é a única. Na autoria múltipla, a parceria de destaque é a de dois autores. A grande parte da autoria conjunta é do gênero feminino e a relação que mais se evidencia na colaboração é a de professor-aluno. A instituição que tem mais trabalhos publicados é a UFRGS, e o autor mais produtivo Dr. Valdir José Morigi. Evidenciou-se a insuficiência de padronização quanto às informações dos autores disponibilizados pela Revista. Conclui-se que este tipo de estudo é válido...

Os caminhos da autoria

Fonseca, Carla Cardoso
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
37.05%
Neste trabalho, estuda-se a autoria e o percurso de formação de sujeitos-autores. Objetiva-se refletir sobre práticas pedagógicas que favoreçam o aparecimento de autores competentes, capazes de criar textos que demonstrem pessoalidade. O ponto de partida é uma revisão bibliográfica sobre o que se entende por autor. Analisa-se, na sequência, o processo de autoria, sob o viés do estilo, da subjetividade e da singularidade. Trata-se, também, da relação entre autoria e ensino, a partir do relato de uma experiência com textos infantis. Discute-se, ainda, sobre os indícios que podem revelar autoria, ressaltando-se a importância da observação destes no ensino.; En este trabajo, se estudia la autoría y el camino de formación de sujetos autores. Se objetiva reflexionar sobre prácticas pedagógicas que favorezcan el surgimiento de autores competentes, capaces de crear textos que demuestren singularidad. El punto de partida es una revisión bibliográfica sobre lo que se entiende por autor. Se analiza, luego, el proceso de autoría, desde el concepto de estilo, de subjetividad y de singularidad. Se trata, también, de la relación entre autoría y enseñanza, a través del informe de una experiencia con textos de niños. Se discute...

Autoria e co-autoria nos trabalhos apresentados no ONTOBRÁS

Souza, Catiele Alves de
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
37.02%
O estudo analisa, com base em métodos bibliométricos e de natureza descritiva sobre as principais características, além das redes de co-autoria dos autores que apresentaram trabalhos na III e IV edição do ONTOBRAS/MOST, evento brasileiro da área de Ontologias, que congrega pesquisadores de diversas áreas do conhecimento, como Ciência da Computação, Ciência da Informação, Linguística, Engenharias, entre outras. Contabiliza um total de 63 artigos, sendo que 36 foram apresentados em 2010 e 27 em 2011. A pesquisa visa mapear características da autoria no evento, como área de formação, vinculação institucional, área de atuação e relações de co-autoria, considerando as duas edições do evento em questão. Descreve as instituições mais representativas e suas características, as áreas de graduação, mestrado e doutorado mais freqüentes, a média de autores por artigo, a quantidade de autoria única, a quantidade de autoria múltipla, a média de autores por artigo em cada área, caracteriza os autores mais produtivos, a quantidade média de instituições diferentes por artigo, a autoria com participação de instituições comerciais, a colaboração com instituições internacionais e as áreas que mais colaboram no evento.; The study analyzes based on bibliometric methods and descriptive nature of the main features...

Autoria coletiva, autoria ontológica e intertextualidade na ciência : aspectos interdisciplinares e tecnológicos

Miranda, Antonio; Simeão, Elmira; Mueller, Suzana Pinheiro Machado
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Artigo de Revista Científica
SPA
Relevância na Pesquisa
37.13%
A autoria não está restrita ao texto — literário, científico, técnico, jornalístico, etc — mas a qualquer tipo de criação humana, com suas peculiaridades e problemáticas próprias. Considerando a convergência tecnológica dos meios extensivos de comunicação e a hibridez de elementos na criação da pós-modernidade, o artigo argumenta que a instituição “autoria” entra em crise com as TIC e o estatuto do direito autoral passa ser questionado. O presente texto pretende levantar questões relacionadas com o fenômeno da autoria principalmente no contexto da comunicação extensiva e da perspectiva do pensamento complexo que norteia sua interpretação.Levanta estudos sobre websemântica e a contribuição da Ciência da Informação para permitir conexões entre os conceitos de documentos da Web, com o pressuposto de que os textos autorais no futuro, sejam individuais ou em colaboração, poderão valer-se de recursos estruturadores tanto dos conteúdos quanto na geração a priori de metadados e interrelacionamentos. Os autores-editores já criam seus textos de conformidade com estruturas ontológicas além das semânticas correntes, que facilitam seu tratamento automático. Assim os textos superam sua linearidade e se tornam hipertextuais...

Artigos de periódicos científicos das áreas de informação no Brasil: evolução da produção e da autoria múltipla

Vilan Filho,Jayme Leiro; Souza,Held Barbosa de; Mueller,Suzana
Fonte: Escola de Ciência da Informação da UFMG Publicador: Escola de Ciência da Informação da UFMG
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2008 PT
Relevância na Pesquisa
36.99%
Descreve a evolução da produção de 20 títulos de periódicos científicos brasileiros das áreas de Arquivologia, Biblioteconomia, Ciência da Informação e Documentação (1972-2006). Utiliza como fonte os registros de 3.706 artigos de periódicos científicos. Apresenta tabelas e gráficos com séries históricas de dados absolutos e percentuais relacionados com: número de artigos publicados, número de artigos em autoria múltipla (co-autoria), número de títulos de periódicos e número médio de artigos por periódico. Conclui que: a média anual de produção brasileira foi de 175 artigos (2000-2006); a produtividade média anual foi de 16 artigos/ano/periódico (2000-2006); o percentual de artigos em co-autoria em 2006 (49,16%) está próximo do percentual de artigos em autoria única (50,84%); e 85% da co-autoria é de artigos com dois ou três autores (1972-2006). Conclui levantando algumas questões sobre possíveis causas desses resultados.

Ambientes tecnológicos lúdicos de autoria (ATLA): espaços de criação e experimentação para o aprendizado

Pinto, Ivete Martins
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande Publicador: Universidade Federal do Rio Grande
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
37.02%
Esta tese apresenta uma pesquisa que conduziu ao desenvolvimento do conceito de Ambiente Tecnológico Lúdico de Autoria (ATLA), à luz de teóricos como Piaget e Vygotsky, entre outros, a partir da articulação de considerações a respeito da aprendizagem, do lúdico, da experimentação e da autoria na construção da proposta de um espaço de aprendizagem. Os ATLA constituem-se em espaços de ensino e aprendizagem que abrangem as vantagens do lúdico, potencializadas pela tecnologia e pela possibilidade de autoria, permitindo a experimentação e a construção do conhecimento de forma desafiadora, criativa e prazerosa. Na proposta dos Ambientes Tecnológicos Lúdicos de Autoria, atentou-se para a necessidade de fornecer conexões individuais e coletivas, propiciando o desenvolvimento de projetos vinculados com a realidade dos alunos e integrando diferentes áreas do conhecimento, mídias digitais e sistemas tecnológicos. A partir do conceito proposto, foram definidos a arquitetura e os requisitos de projeto que configuram os ATLA. O conceito de ATLA foi apropriado em um protótipo denominado SABERLÂNDIA, estruturado na forma de uma plataforma para o desenvolvimento de jogos. O ATLA SABERLÂNDIA apresenta estrutura e funcionalidades idealizadas com o objetivo de permitir a autoria de jogos 3D interativos e educativos pelo próprio professor...

Autoria na internet e suas possibilidades didáticas; Interfaces of internet and its instructional possibilities

Silva, Ivanderson Pereira da
Fonte: Universidade Federal de Alagoas; BR; Educação brasileira; Programa de Pós-Graduação em Educação; UFAL Publicador: Universidade Federal de Alagoas; BR; Educação brasileira; Programa de Pós-Graduação em Educação; UFAL
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
37.11%
Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado de Alagoas; Este estudo investiga a autoria na internet e suas possibilidades didáticas utilizando as TIC. A questão que norteou a investigação foi: Quais as potencialidades da Pedagogia da Autoria nas Interfaces da Internet enquanto metodologia de ensino? Teve por objetivos investigar estratégias didáticas de formação com autoria por meio das interfaces da internet; propor bases metodológicas de uma pedagogia da autoria; apontar possibilidades didáticas de formação do aluno autor nas interfaces da internet; desenvolver e implementar experiências de formação com autoria a partir da produção e publicação de conteúdos em diferentes formatos midiáticos junto à alunos em diferentes níveis de formação; evidenciar as potencialidades do processo de formação com autoria bem como os limites e as possibilidades da pedagogia da autoria e das interfaces da internet analisadas. Para dar conta destes objetivos, foram percorridas cinco etapas metodológicas: exploração do fenômeno da pedagogia da reprodução e suas consequências; proposição das bases metodológicas de uma pedagogia da autoria para a prática pedagógica; exploração e análise de diversas interfaces da internet que favorecem o processo de formação com autoria; estudo e análise de quatro experiências didáticas que tomam por base a pedagogia da autoria nas interfaces: Google Docs...

A autoria e a leitura no discurso do professor autor de textos na Revista Educadores em Ação

Cantuário, Marta Fontoura Queiroz
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
37.07%
O presente trabalho é resultado de uma investigação sobre a autoria e a leitura no discurso do professor-autor de textos na revista Educadores em Ação, uma publicação da Prefeitura Municipal de Uberlândia – MG, no período de julho de 2002 a dezembro de 2009. O desenvolvimento da argumentação da dissertação pautou-se no objetivo geral de investigar as vivências e concepções dos professores-autores de texto na revista Educadores em Ação sobre a autoria e a leitura, e para tanto, foram entrevistados três sujeitos, que responderam a 35 questões voltadas para esta temática. Como desdobramentos da questão central foram elencados os seguintes objetivos específicos: analisar as edições da revista Educadores em Ação e como esta se insere no cenário nacional de publicações seriadas de cunho educacional e científico; identificar os incentivos de autoria e leitura na história de formação docente e; compreender o processo de autoria vivenciado pelos sujeitos investigados em relação à revista Educadores em Ação. Os dados da pesquisa estão contemplados em três capítulos: o primeiro, “Tecendo os fios metodológicos da investigação” que apresenta a opção metodológica pela Análise do Discurso e a pesquisa histórica; o segundo com o título “Autoria e a leitura nas malhas da história e nas páginas impressas” que traz um estudo sobre a autoria e a leitura desde as culturas orais às letradas...

Manobras e estrategias de autoria : a singularidade do sujeito na produção escrita em lingua espanhola; Moves and strategies of authorshop: the subject's particularities in writing in spanish

Livia Marcia Tiba Radis Baptista
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 30/05/2005 PT
Relevância na Pesquisa
37.02%
Origem e objetivo: Este trabalho é fruto de nossas indagações a respeito do sujeito produtor de textos em um contexto escolar de língua estrangeira e dos diferentes modos de dizer presentes no processo de textualização. Entre os questionamentos suscitados a respeito da natureza do autor e da autoria no âmbito escolar, visamos responder às seguintes questões: 1. em que termos e com base em quais critérios se define uma noção de autoria aplicável aos textos escolares em espanhol?; 2. quais são as estratégias e manobras empregadas pelo sujeito de modo a assumir a autoria e realizar seu projeto de texto? e 3. como elaborar, a partir de uma perspectiva discursiva, um mecanismo de análise e interpretação dessas estratégias e manobras? Referencial teórico: Baseamo-nos numa articulação entre as teorias enunciativas, especialmente as contribuições de Bakhtin (1929; 1978; 1979) e a análise do discurso, além de determinados conceitos da Lingüística Textual, em especial os relacionados com o processo de textualização e a referenciação. Adotamos, ainda, a proposta de paradigma indiciário, de Ginzburg (2002). Metodologia: Partimos do pressuposto de que no processo de textualização, o sujeito, ao enunciar, assumiria uma determinada posição com vistas a realizar um projeto de dizer...

Autoria múltipla em artigos de periódicos científicos das áreas de informação no Brasil

Vilan Filho, Jayme Leiro
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Tese
POR
Relevância na Pesquisa
37.02%
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ciência da Informação, Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação, 2010.; Esta tese descreve a evolução da produção de artigos de periódicos científicos brasileiros das áreas de informação - Arquivologia, Biblioteconomia, Ciência da Informação, Documentação e Museologia - publicados entre 1972 e 2007, especialmente os artigos escritos em autoria múltipla (coautoria), considerado indicador parcial de colaboração científica. Tem como objetivo identificar fatores presentes no processo de colaboração entre autores de artigos de periódicos científicos. Analisa a produção de artigos científicos por tipo de autoria e gênero, por meio da bibliometria, usando como fonte principal os registros de bases de dados bibliográficos com referências de 4.334 artigos publicados em 27 títulos de periódicos científicos brasileiros, sendo 1.270 artigos publicados em autoria múltipla. Analisa também o perfil das autorias múltiplas (ocupação, afiliação, área de graduação, área de mestrado, área de doutorado) e os tipos de relação entre autores de uma amostra aleatória com 104 artigos escritos por 275 autores em três períodos: 1988/1989...

Formas e funções da autoria na internet: uma prática discursiva

Alexandre Padilha Leitão, André; Virgínia Leal, Maria (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
37.07%
O presente trabalho tem como objetivo investigar as formas e funções da autoria na Internet, em particular nos sites de redes sociais. O que se pretende é analisar o funcionamento das práticas discursivas na Web 2.0 que evidenciam a ocorrência da autoria. O aporte teórico da pesquisa articula os conceitos da Análise do Discurso sobre autor/autoria propostos por Maigueneau (2010), Barthes (2004b), Foucault (1998) e das contribuições de Bakhtin (2003) a este campo de estudo objetivando encontrar os subsídios necessários para responder à pergunta: quais são as formas e funções da autoria na Internet? Embora com focos diferenciados, esses teóricos parecem apontar para a necessidade de reconhecimento do outro nos discursos produzidos para a ocorrência da autoria. Um reconhecimento advindo das ilusões discursivas do sujeito (PÊCHEUX, 1975) e também da interdiscursividade (MAINGUENEAU, 2008), fenômeno característico e constitutivo da linguagem. Em função da heterogeneidade do ambiente discursivo eleito para a pesquisa, postula-se que a Internet seja compreendida como uma Situação Retórica (BITZER, 1968), conceito advindo dos estudos da Nova Retórica. A partir dessa perspectiva teórica, os três constituintes de qualquer Situação Retórica audiência...

Autoria múltipla em artigos de periódicos científicos das áreas de informação no Brasil

Filho, Jayme Leiro Vilan; Universidade de Brasília - UnB
Fonte: Revista Ibero-Americana de Ciência da Informação Publicador: Revista Ibero-Americana de Ciência da Informação
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: text/html; application/pdf
Publicado em 03/06/2015 POR
Relevância na Pesquisa
37.02%
Esta tese descreve a evolução da produção de artigos de periódicos científicos brasileiros das áreas de informação − Arquivologia, Biblioteconomia, Ciência da Informação, Documentação e Museologia − publicados entre 1972 e 2007, especialmente os artigos escritos em autoria múltipla (coautoria), considerado indicador parcial de colaboração científica. Tem como objetivo identificar fatores presentes no processo de colaboração entre autores de artigos de periódicos científicos. Analisa a produção de artigos científicos por tipo de autoria e gênero, por meio da bibliometria, usando como fonte principal os registros de bases de dados bibliográficos com referências de 4.334 artigos publicados em 27 títulos de periódicos científicos brasileiros, sendo 1.270 artigos publicados em autoria múltipla. Analisa também o perfil das autorias múltiplas (ocupação, afiliação, área de graduação, área de mestrado, área de doutorado) e os tipos de relação entre autores de uma amostra aleatória com 104 artigos escritos por 275 autores em três períodos: 1988/1989, 1996/1997 e 2005/2006. Mostra através de tabelas e gráficos elaborados no MS-Excel, a partir de dados processados no SPSS, os seguintes resultados: (1) a evolução da produção de artigos...

Análisis de los criterios de autoría en los artículos publicados en la Revista Argentina de Cardiología

Borracci,Raúl A; Baldi,Julio; Doval,Hernán C; Tajer,Carlos D
Fonte: Revista argentina de cardiología Publicador: Revista argentina de cardiología
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/02/2012 ES
Relevância na Pesquisa
37.05%
El crecimiento del número de autores por artículo podría depender, en cierta medida, de criterios menos estrictos para ser incluido como autor en un trabajo. El objetivo de este estudio fue conocer los criterios usados por los autores para justificar su inclusión como tales en los artículos publicados. Se realizó una encuesta a los autores que habían publicado artículos en la Rev Argent Cardiol durante 2010, a quienes se les pidió que indicaran cuáles habían sido los criterios para justificar su autoría. Posteriormente se analizaron los datos comparando los criterios esgrimidos por los autores con los recomendados por el Comité Internacional de Editores de Revistas Médicas (ICMJE). De los 214 autores encuestados, de acuerdo con los criterios del ICMJE, el 26,6% calificó como "autoría justificada", el 40,7% como "autoría parcialmente justificada" y el 32,7% como "autoría injustificada". El número promedio de autores por artículo fue de 7,1 ± 2,60; si se consideran sólo los autores con justificación total de la autoría, este promedio caería a 1,9 ± 1,16, e incluyendo la justificación parcial el promedio ascendería a 4,8 ± 2,55 (p < 0,0001). En conclusión, en la Rev Argent Cardiol, la autoría injustificada...