Página 1 dos resultados de 404 itens digitais encontrados em 0.002 segundos

João Calvino e Santo Agostinho sobre o conhecimento de Deus e o conhecimento de si: um caso de disjunção teológico-filosófica; John Calvin and St. Augustine on knowledge of God and self-knowledge: a case of theological and philosophical disjunction

Oliveira, Fabiano de Almeida
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 23/09/2010 PT
Relevância na Pesquisa
27.22%
Santo Agostinho e João Calvino são pensadores representativos de dois momentos históricos distintos da cristandade, e figuram entre aqueles que ajudaram a moldar, de forma determinante, os contornos da tradição cristã de pensamento a qual representavam. A despeito do lapso temporal que os separa, João Calvino foi muito influenciado pelo pensamento de Agostinho em virtude da presença marcante da teologia e espiritualidade agostinianas na atmosfera intelectual e religiosa do século XVI, sendo boa parte destes influxos, produto da apropriação direta de Calvino de aspectos do pensamento de Agostinho, por meio do contato in loco com suas obras. Estes influxos diretos e indiretos do pensamento de Agostinho sobre Calvino resultaram em muitos paralelos e similaridades teológico-filosóficos. Um dos temas comuns a estes dois pensadores cristãos foi o da centralidade da doutrina do conhecimento de Deus e do autoconhecimento. Na verdade, ambos definem a natureza do projeto sapiencial e beatífico humano em termos de aquisição deste duplo conhecimento. Portanto, a principal finalidade deste trabalho é apresentar a relevância que a doutrina da cognitio Dei et sui desempenha na proposta teológico-filosófica de ambos os pensadores...

Análise do planejamento estratégico pessoal a partir do autoconhecimento dos valores pessoais: a proposta do modelo das decisões axiológicas; Analysis of the strategic planning personal from the self-knowledge of personal values: the proposed model of decicions axiological

Calvosa, Marcello Vinicius Dória
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 28/06/2011 PT
Relevância na Pesquisa
27.22%
O objetivo principal deste trabalho foi criar um modelo que auxiliasse o indivíduo a vincular a hierarquia de seus valores pessoais com a identificação dos elementos necessários para o desenvolvimento do seu planejamento estratégico pessoal, de forma sustentável. Planejamento estratégico pessoal é um tipo de planejamento sistemático orientado ao indivíduo, por meio instrumentos pré-definidos de análise pessoal, autoconhecimento e de tomada de decisão. Os modelos de planejamento estratégico pessoal existentes não fazem referência a instrumentos de investigação de valores pessoais, que são generalistas. Por isso, buscou-se desenvolver um modelo que permitisse gerar resultados individualizados de acordo com as metas motivacionais de cada orientado (coachee). Valores pessoais consistem em metas ou critérios que são organizados pelos indivíduos pelo grau de importância, que independentemente da situação, servem como princípios norteadores de sua vida. A pesquisa foi exploratória e metodológica, de natureza quantitativa e qualitativa. A fase quantitativa (N=355) foi caracterizada pela proposta e validação do modelo de planejamento estratégico pessoal chamado Modelo das Decisões Axiológicas. A fase qualitativa foi caracterizada...

De bordadeira a escritora: a construção da identidade feminina nos quatro primeiros romances de Lídia Jorge; Embroiderer of the writer: the construction of female identity in the first four novels Lidia Jorge

Godencio, Elisangela Fatima Nogueira
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 09/04/2015 PT
Relevância na Pesquisa
27.22%
Este trabalho constitui um estudo a cerca da construção da identidade feminina tal como se apresenta nos quatro primeiros romances da autora portuguesa Lídia Jorge. Para tanto, foram selecionadas as seguintes obras: O Dia dos Prodígios (1980), O cais das merendas (1982), Notícia da Cidade Silvestre (1984) e A Costa dos murmúrios (1988). A análise dessas obras busca revelar a trajetória percorrida pelas personagens femininas nos romances, observando seus comportamentos, suas angústias, seus medos e suas paixões, para que se possa examinar como se processa a construção identitária da mulher que se insere na época ditatorial vivida por Portugal (como no primeiro romance) e daquelas que vivem no contexto pós-Revolução de 74 (como as mulheres dos outros três romances). Propõe-se identificar, neste estudo, de que maneira se desenvolve a busca do autoconhecimento das personagens, no sentido de, pelo menos, se investigar como se inicia o processo de construção da identidade da mulher portuguesa, que ficou esquecida no período que antecedeu e marcou a experiência de Abril de 1974 (destacada na obra O dia dos prodígios); como ocorre a busca pelo autoconhecimento no contexto de colonização cultural que Portugal vive nos tempos subsequentes ao 25 de Abril de 1974 (como se vê em O cais das merendas); como se processa a luta da mulher pela sobrevivência na Lisboa do final dos anos setenta (destacada em Notícia da cidade silvestre); e de que modo se desenvolve a ação entre os finais dos anos sessenta e princípio dos anos setenta...

Matrix e o medo da previsibilidade

Carlos Daniel Silva
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 27/02/2007 PT
Relevância na Pesquisa
27.22%
A abordagem filosófica apresentada neste trabalho caminha na direção do autoconhecimento. Para a sua realização utilizamos o filme “Matrix” que nos respalda para refletir sobre a previsibilidade, insatisfação e vaticínio. A análise profunda destes conceitos nos permite perceber que não somos vítimas de nenhuma situação, ao contrário, somos agentes. E como agentes, somos responsáveis por nós e pelo nosso entorno. A trajetória do herói no filme nos faz refletir sobre nossa própria condição humana e, a partir de tal reflexão, despertar para o fato de que está na hora de assumirmos a responsabilidade por nossa própria existência, caso contrário nos tornaremos escravos de nossas próprias injunções. O medo e a insegurança são fatores que nos fazem titubear, porém, quando fizermos uso prático e consciente do livre-arbítrio, por amor a nós mesmos, amor aos semelhantes e amor à Divindade, nossas vidas terão boas chances de se tornarem plenas. O primeiro passo para quem quer trilhar o caminho do autoconhecimento se dá a partir de uma nova relação consigo mesmo, por intermédio dos próprios pensamentos, veiculados pelo uso da palavra, culminando em ações conscientes.; The philosophical approach taken in this work is directed to self-knowledge. We used the film “Matrix” to help us reflect on prevision...

Projeto habilis : a logica fuzzy contribuinso com o autoconhecimento e a escolha da profissão; Habilis project : the fuzzy logic contributing to self-knowledge and choice

Ronaldo Baumgartner
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 22/12/2009 PT
Relevância na Pesquisa
37.22%
O presente trabalho propõe através do modelo fuzzy, a construção de um sistema de inferência para uma ferramenta de autoconhecimento (Método Habilis), que forneça orientação às pessoas com relação às tomadas de decisão quanto à escolha da profissão, curso universitário, papéis profissionais, etc. através da análise de seus sonhos, medos e habilidades sensoriais, cognitivas e emocionais. Esta análise é feita através do método de inferência fuzzy do tipo Mamdani, utilizando-se da lógica fuzzy e da teoria dos conjuntos fuzzy. Este método tem como entrada, os sonhos, medos e habilidades da pessoa analisada e fornece como saída, índices que a classificam quanto ao possível sucesso nas profissões, cursos, papéis profissionais, etc. Neste trabalho, é apresentado como exemplo, o método de inferência fuzzy (Mamdani) para os potenciais funcionais; A fuzzy model is proposed in this thesis, in order to develop an inference system as a tool of self-knowledge (named by Habilis method), that have the purpose to provide a frame of reference for the people to make a decision of professional choice, university studies or professional functions, and others. The analysis is made based on data bank of experts and self-evaluation of the people that will be self-analyzed...

Autoconhecimento e informação profissional

Veriguine, Nadia Rocha
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
27.65%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Filosofia e Ciências Humanas. Programa de Pós-Graduação em Psicologia.; Esta pesquisa tem como objetivo compreender as implicações do autoconhecimento e da informação profissional sobre o curso escolhido para o processo de planejar a carreira dos jovens universitários, alunos da disciplina de Orientação e Planejamento de Carreira da Universidade Federal de Santa Catarina. Utilizou-se a abordagem qualitativa, e o instrumento para a coleta das informações foi a entrevista semi-estruturada. Foram entrevistados sete jovens, cinco homens e duas mulheres, com idade entre 22 e 29 anos. As informações coletadas foram agrupadas segundo os temas: a disciplina, a carreira, o autoconhecimento e a informação profissional. Desses temas emergiram nove categorias de análise, a saber: (a) as expectativas em relação à disciplina; (b) a avaliação da disciplina; (c) as concepções de carreira e de planejamento de carreira; (d) a construção do planejamento de carreira; (e) o autoconhecimento; (f) o autoconhecimento e o processo de planejar a carreira; (g) a inserção profissional; (h) a informação, a experiência profissional e o processo de planejar a carreira; e (i) a crítica à universidade. Planejar a carreira para esses jovens é pensar sobre a possível trajetória e escolher por uma determinada direção...

Corpo humano: autoconhecimento e vivências de saúde na escola

Teixeira, Tarso Pereira; Silva, Marilyn Rita da; Werle, Vítor Ruwer
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Artigo de Revista Científica
PT_BR
Relevância na Pesquisa
37.22%
Trabalho apresentado no 31º SEURS - Seminário de Extensão Universitária da Região Sul, realizado em Florianópolis, SC, no período de 04 a 07 de agosto de 2013 - Universidade Federal de Santa Catarina.; A adolescência é uma fase muito importante na vida de cada indivíduo, na qual ocorrem profundas transformações biopsicossociais. Esse processo leva o adolescente a uma busca por autoconhecimento, necessária para o alcance do desenvolvimento e amadurecimento plenos. Os jovens vivenciam um momento atribulado marcado por descobertas e muitas incertezas. Nesse contexto, a escola tem um papel essencial de orientação e apoio. A fim de realizar ações de prevenção e promoção da saúde, a escola é também considerada um ambiente propício. Com base em todos os aspectos apresentados, observa-se a necessidade de integrar saúde e educação por meio dessa interação universidade-escola. Sendo assim, a oficina se realizará da seguinte forma: Em um primeiro momento teórico, a explanação abordará assuntos relacionados ao conceito ampliado de saúde, além de espaço para discussão sobre os sentimentos e dúvidas em relação ao tema exposto. Na atividade lúdica será utilizado um molde de corpo humano desmembrado em seus órgãos e sistemas...

Psicologia dos (nos) bastidores: Condições inerentes aos processos terapêuticos e aos processos de pesquisa em contexto teatral

Mano, Ana Sofia Miranda da Luz
Fonte: ISPA -Instituto Universitário Publicador: ISPA -Instituto Universitário
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2013 POR
Relevância na Pesquisa
27.51%
Dissertação de Mestrado em Psicologia Clínica, apresentada ao ISPA - Instituto Universitário; Problema: Os estudos que cruzam o teatro e a psicologia abordam o trabalho do actor per se e compreendem que permite o conhecimento mais completo do actor sobre si mesmo. Ficam por explorar quais as condições necessárias que devem ser criadas a priori por forma a conceber o espaço adequado para o autoconhecimento. Objectivo: Investigar as condições necessárias ao espaço de autoconhecimento. Método: A investigação baseia-se em entrevistas semi-estruturadas aplicadas a seis participantes do dISPAr Teatro que reflectem sobre as condições que facilitam o autoconhecimento. Resultados: A construção de um espaço para o autoconhecimento implica que se verifiquem uma série de condições por parte do Grupo, do Individuo, do Encenador e da Egrégora que culminarão nas cinco condições gerais e finais: Confiança, Respeito e Reconhecimento, Ausência de Pressão Avaliativa, Liberdade e Desafio. A análise de resultados permitiu finalmente apontar para a presença, no dISPAr Teatro, de características comuns aos espaços terapêuticos.; ABSTRACT: Issue: Studies crossing Theatre and Psychology are usually related to the work of the actor itself and show that it allows him/her a comprehensive self-knowledge. Nevertheless...

Transparência, reflexão e vicissitude

Silva Filho,Waldomiro J.
Fonte: Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas da UFMG Publicador: Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas da UFMG
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2011 PT
Relevância na Pesquisa
27.51%
Este artigo discute a noção de condição de transparência proposta por Richard Moran em Authority and Estrangement (2001) segundoo qual a pergunta de primeira pessoa no tempo presente acerca da própria crença ("Eu acredito que p?") é respondida em referência às mesmas razões que justificam uma resposta para a pergunta correspondente acerca do mundo (acerca de verdade de p). A transparência, neste sentido, é uma característica fundamental do autoconhecimento no contexto da experiência comum e entender essa ideia nos ajuda a compreender as noções que estão normalmente associadas ao autoconhecimento, como imediatidade (não precisamos recorrer à observação ou inferência), autoridade de primeira pessoa (tenho acesso às minhas atitudes de um modo diferente das outras pessoas) e a relação entre o autoconhecimento, a racionalidade e a saúde psicológica da pessoa. Meu objetivo é, partindo de uma apresentação da condição de transparência e de algumas objeções a essa noção, oferecer uma interpretação da noção de transparência que favoreça uma concepção modesta de autoconhecimento e racionalidade que integra reflexão e vicissitude.

Autoconhecimento, introspecção e memória

Marques,António
Fonte: Universidade Federal da Bahia - Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas - Centro de Recursos Humanos Publicador: Universidade Federal da Bahia - Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas - Centro de Recursos Humanos
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2012 PT
Relevância na Pesquisa
37.65%
O texto se volta para o lugar operativo da memória no autoconhecimento. Servindo-se de referências clássicas, em particular as oriundas do confronto entre empirismo e racionalismo, pretende-se mostrar que o conhecimento do si mesmo, o qual é apenas adquirível por introspecção, é relativamente pobre. Contrapondo-se a estruturas duais de apresentação do problema, sugere-se, no texto, que a clarificação daquilo que pode ser considerado autoconhecimento e introspecção requer a consideração do papel que é desempenhado pela memória e pela avaliação da natureza epistêmica das retrodicções (ou seja, das declarações acerca de eventos passados, neste caso, acerca de eventos mentais passados). Como uma conclusão não definitiva, distinguindo autoconhecimento de autoconhecimento por introspecção, defende-se que o autoconhecimento por introspecção possui pelo menos três características: ter uma estrutura temporal dual baseada na memória, ser direto e possuir autoridade da primeira pessoa.

Solaris: conhecimento e autoconhecimento

Raffaelli,Rafael
Fonte: Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo Publicador: Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2004 PT
Relevância na Pesquisa
37.22%
O propósito do presente ensaio é interpretar o filme Solaris, de Andrei Tarkovski, e a novela homônima, de Stanislaw Lem, enfatizando as conexões entre conhecimento e autoconhecimento. São empregados, como chaves de leitura, alguns dos conceitos da psicologia analítica de C. G. Jung, tais como: processo de individuação, si-mesmo e personalidade-mana.

Desenvolvendo pessoas: estratégias didáticas facilitadoras para o autoconhecimento na formação do enfermeiro

Esperidião,Elizabeth; Munari,Denize Bouttelet; Stacciarin,Jeanne Marie R.
Fonte: Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto / Universidade de São Paulo Publicador: Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto / Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/07/2002 PT
Relevância na Pesquisa
27.39%
Estudo elaborado partindo-se da disciplina Saúde Mental-I sobre o desenvolvimento do enfermeiro por meio do estímulo ao autoconhecimento. Foram objetivos refletir sobre o autoconhecimento como ferramenta na formação do enfermeiro e analisar estratégias didáticas facilitadoras ao desenvolvimento dessa habilidade. Os dados foram coletados no decorrer da disciplina, utilizando-se registros escritos, auto-avaliação e avaliação da disciplina. Os resultados mostraram que o aluno tem oportunidade de desenvolver seu autoconhecimento sendo que determinadas técnicas de ensino estimulam o contato com aspectos pessoais, facilitando a descoberta de potencialidades para a prática profissional. Concluímos que a disciplina tem desempenhado papel fundamental na formação do enfermeiro.

Autoconhecimento: contribuições da pesquisa básica

Souza,Alessandra da Silva; Abreu-Rodrigues,Josele
Fonte: Departamento de Psicologia - Universidade Estadual de Maringá Publicador: Departamento de Psicologia - Universidade Estadual de Maringá
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2007 PT
Relevância na Pesquisa
37.22%
Skinner propõe ser o autoconhecimento gerado por contingências sociais que colocam os relatos do indivíduo sob o controle do seu próprio comportamento. Esse argumento tem sido sustentado por uma série de investigações, tanto com sujeitos humanos quanto com sujeitos não humanos, as quais têm indicado que diferentes aspectos das relações entre o comportamento de um organismo e suas conseqüências podem exercer controle discriminativo sobre as descrições que esse organismo faz de tais relações (auto-relato). O objetivo do presente trabalho é apresentar uma revisão da literatura sobre discriminação de contingência, com ênfase nas funções controladoras de certas características das contingências que mantêm o comportamento a ser descrito e daquelas que mantêm o comportamento de auto-relatar. Adicionalmente, algumas implicações desses estudos para a vida cotidiana são discutidas.

Autoconhecimento e liberdade no behaviorismo radical

Brandenburg,Olivia Justen; Weber,Lidia Natalia Dobrianskyj
Fonte: Universidade de São Francisco, Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Psicologia Publicador: Universidade de São Francisco, Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Psicologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2005 PT
Relevância na Pesquisa
37.59%
O presente artigo corresponde a um estudo teórico sobre o conceito do autoconhecimento e da liberdade no behaviorismo radical, com o objetivo de discutir a relação entre esses conceitos. Após a discussão sobre a definição do autoconhecimento e sobre sua origem social, a visão de Skinner sobre liberdade é abordada. A existência da liberdade depende do autoconhecimento, e esta é a ligação entre os dois termos. Conclui-se que ninguém pode se libertar do controle, mas com o autoconhecimento é possível modificar o ambiente e trocar controles coercitivos por reforçamento positivo, atingindo melhor qualidade de vida.

Os sons do oriente: o conceito de autoconhecimento e sua contribui????o para a Educa????o Ambiental, um estudo sobre a filosofia Hare Krishna

Laborde, Andr?? Luiz Portanova
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande Publicador: Universidade Federal do Rio Grande
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
37.7%
Disserta????o(mestrado) - Universidade Federal do Rio Grande, Programa de P??s-Gradua????o em Educa????o Ambiental, Instituto de Educa????o, 2008.; A pesquisa tem o objetivo de perceber as rela????es entre o autoconhecimento proposto pela filosofia Hare Krishna e educa????o ambiental, estabelecendo interconex??es com a esfera sagrada e sua compreens??o para o conhecimento cient??fico. Nesse sentido a discuss??o enfoca um di??logo entre Edgar Morin, Carl Gustav Jung e Gaston Bachelard tra??ando um percurso de investiga????o acerca da problem??tica do autoconhecimento. Al??m da contribui????o te??rica, que est?? ligada diretamente a linha de pesquisa Fundamentos da Educa????o Ambiental, a pesquisa tamb??m participa do universo da comunidade Hare Krishna do Templo de Itaja??/Santa Catarina /Brasil, a fim de reconhecer suas a????es em torno do autoconhecimento. A proposta se at??m acerca da religiosidade oriental tendo em vista que se entende o processo de iman??ncia, proposto pelos hindus, como auxiliar na identifica????o do autoconhecimento como pr??tica de educa????o. Assim, portanto, e sob esse cen??rio que se apresenta a investiga????o, reunindo a dimens??o on??rica de Bachelard, a psique de Jung e a Noosfera de Morin, somando- se a mitologia oriental. Essas esferas ?? que verificam as t??nues rela????es entre cosmos e ci??ncia...

Autoconhecimento e práticas corporais: para uma educação transpessoal integradora do saber ao ser no processo de formação inicial dos alunos de educação física

Albuquerque, Edmilson Pinto de
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Educação; Educação Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Educação; Educação
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
37.39%
This thesis deals with the self-knowledge importance and corporal practices and the contribution of the Transpersonal Education for the initial formation process of students of Physical Education. In this context, students are stimulated to come in contact with the bases of learning to know, to make, to live together and to be for the promotion of integral education. We give priority to holistic conception of educating based in Emergent Paradigm. In this conception, student in initial formation is led to get back the view of integral being, life and love as education basis. We had as starting point, the essential dimensions to the learning geared toward the embodiment integration, autopoiesis and trans-disciplinarity. This work presents tracks for the teacher formation of Physical Education. It deals with the unfolding of teaching experiences in 2006, in Graduation Course in Physical Education of Universidade Federal do Rio Grande do Norte, in subject of Corporal Conscience, offered to undergraduate students which can be characterized as an action-research. This process was chosen as knowledge and intervention method because it allowed knowing and acting at the same time, studying the conditions and results of accomplished experience. In shared meetings with reflected experiences...

Teoria da integração, uma poética da alma. Criatividade e autoconhecimento: para uma biografia fílmica de Wim Wenders

Soares, Paula Maria Gonçalves
Fonte: Universidade de Évora Publicador: Universidade de Évora
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
37.39%
"Sem resumo feito pelo autor"; Um dos principais papéis reservado à educação consiste, antes de mais, em dotar a humanidade de capacidade de dominar o seu próprio desenvolvimento. Ela deve, de facto, fazer com que cada um tome o seu destino nas mãos e contribua para o progresso da sociedade em que vive, baseando o desenvolvimento na participação responsável dos indivíduos e das comunidades. Jacques Delors et.al, Educação: Um Tesouro a Descobrir - A validação da película - A dedicação temporal alongada a uma temática escolhida deve poder devolver-nos algo maior, algo que contribua para a nossa evolução pessoal bem como para a evolução da humanidade. Após um deambular por entre páginas do espólio cultural que nos foi legado, seleccionámos elementos inovadores que despertaram o nosso interesse, nomeadamente, a abertura do coreus de trabalho, na área da literatura comparada, a um novo suporte - a película, e consequentemente, a validação da mesma como texto per se. Tendo em conta o leque das áreas criativas e tecnológicas necessárias para a execução de um filme, do guião à estreia, deparamo-nos com um produto artístico que, nalguns casos, se aproxima daquilo que Richard Wagner apelidou de Gesammtkunstwerk (obra plena) O nascimento do écran exterior e o nascimento do écran interior / Indeed the filmmaker is a recorder of dreams that are not much different from the dreams of most people. Geoffrey Hill...

A elaboração do Portefólio de Transição [ identificação de interesses e aspetos positivos da funcionalidade por uma jovem com incapacidade intelectual]

Costa, Joana Cristina Teixeira da
Fonte: Instituto Politécnico do Porto Publicador: Instituto Politécnico do Porto
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /11/2013 POR
Relevância na Pesquisa
27.22%
O presente estudo teve como objetivo analisar em que medida o envolvimento de uma jovem de 19 anos, com incapacidade intelectual, na elaboração de um portefólio de transição para a vida ativa, se revela um processo promotor do autoconhecimento e exploração pessoal, através de uma identificação mais abrangente das suas experiências, interesses e competências funcionais. O efeito valorativo da elaboração do portefólio - processo desenvolvido ao longo de 27 sessões - no reconhecimento de experiências e interações positivas de funcionalidade que sejam tomadas, pela própria jovem, como um ponto de partida para novas oportunidades no domínio de uma vida adulta autónoma, foi avaliado através da condução de uma entrevista – nos momentos pré e pós elaboração do portefólio – e do registo contínuo da participação da jovem ao longo das sessões. O guião da entrevista procurou incorporar tópicos que permitissem obter, através da perspetiva da jovem, um retrato da sua funcionalidade e do seu perfil pessoal. Socorremo-nos de técnicas de análise de conteúdo para examinar mudanças no conteúdo do discurso da jovem, procurando, com base nessa análise, quantificar e analisar a diversidade de experiências...

Solaris: knowledge and self-knowledge; Solaris: connaissance et auto-connaissance; Solaris: conhecimento e autoconhecimento

Raffaelli, Rafael
Fonte: Universidade de São Paulo. Instituto de Psicologia Publicador: Universidade de São Paulo. Instituto de Psicologia
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/2004 POR
Relevância na Pesquisa
37.22%
Le but du présent essai est celui d'interpréter le film Solaris d'André Tarkovski et la nouvelle de Stanislaw Lem, en mettant l'accent sur les connexions entre connaissance et auto-connaissance. Pour l'étude de ces oeuvres, ont été employés quelques concepts de la psychologie analytique de C.G.Jung, tels que les procés d'individualization, moi-même et personalité-mana.; O propósito do presente ensaio é interpretar o filme Solaris, de Andrei Tarkovski, e a novela homônima, de Stanislaw Lem, enfatizando as conexões entre conhecimento e autoconhecimento. São empregados, como chaves de leitura, alguns dos conceitos da psicologia analítica de C. G. Jung, tais como: processo de individuação, si-mesmo e personalidade-mana.; The aim of this study is to interpret Andrei Tarkovski's movie Solaris and Stanislaw Lem's novel, emphasizing the connections between knowledge and self-knowledge. To interpret these works, some concepts of C.G. Jung's Analytical Psychology, as individuation process, self and mana-personality are used.

Desarrollando personas: estrategias didácticas para facilitar el autoconocimiento en la formación del enfermero; Developing people: didactic strategies to promote self-knowledge in the nurse education; Desenvolvendo pessoas: estratégias didáticas facilitadoras para o autoconhecimento na formação do enfermeiro

Esperidião, Elizabeth; Munari, Denize Bouttelet; Stacciarin, Jeanne Marie R.
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/07/2002 POR
Relevância na Pesquisa
27.39%
Estudo elaborado partindo-se da disciplina Saúde Mental-I sobre o desenvolvimento do enfermeiro por meio do estímulo ao autoconhecimento. Foram objetivos refletir sobre o autoconhecimento como ferramenta na formação do enfermeiro e analisar estratégias didáticas facilitadoras ao desenvolvimento dessa habilidade. Os dados foram coletados no decorrer da disciplina, utilizando-se registros escritos, auto-avaliação e avaliação da disciplina. Os resultados mostraram que o aluno tem oportunidade de desenvolver seu autoconhecimento sendo que determinadas técnicas de ensino estimulam o contato com aspectos pessoais, facilitando a descoberta de potencialidades para a prática profissional. Concluímos que a disciplina tem desempenhado papel fundamental na formação do enfermeiro.; Estudio elaborado a partir del curso de Salud Mental sobre el desarrollo del enfermero a través de estímulos para el autoconocimiento. Los objetivos fueron, reflexionar sobre el autoconocimiento como herramienta en la formación del enfermero y analizar estrategias didácticas que faciliten el desarrollo de esta habilidad. Los datos fueron recolectados con forme al desarrollo del curso, utilizando registros escritos, autoevaluación y evaluación del curso. Los resultados mostraron que el alumno tiene la oportunidad de desarrollar su autoconocimiento dado que determinadas técnicas de enseñanza estimulan el contacto con aspectos personales...