Página 1 dos resultados de 4 itens digitais encontrados em 0.008 segundos

A avaliação das escolas no quadro actual das políticas públicas em educação

Rebordão, Isabel Maria Joaquim Paulino Cândido, 1959-
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2010 POR
Relevância na Pesquisa
26.58%
Trabalho de projecto de mestrado, Ciências da Educação (Administração Educacional), Universidade de Lisboa, Instituto de Educação, 2010; O tema “avaliação”, para além do seu carácter polissémico, é um tema que suscita grande debates muitas vezes não consensuais. E, quando a ele se associa a “qualidade”, a controvérsia torna-se maior. As reformas introduzidas nas escolas portuguesas, entre as quais a auto-avaliação das escolas, a avaliação dos docentes e o novo modelo de autonomia, administração e gestão escolar têm sido justificadas pela necessidade de melhoria da qualidade do sistema educativo. A escola como o epicentro das mudanças no complexo sistema educativo está sujeita a uma regulação tripartida, no qual: o Estado, enquanto legislador, garante a democracia, a igualdade, a equidade e da eficácia da educação pública; os alunos e as suas famílias, como consumidores, exercem o controlo social sobre a escola, exigindo qualidade de ensino, igualdade de oportunidade e direito à informação e os professores, enquanto funcionários profissionais, reclamam condições para uma prestação docente que garanta a qualidade das aprendizagens dos alunos. O projecto que desenvolvemos aborda a auto-avaliação numa perspectiva de melhoria da escola (School Improvement) pois...

Web 2.0 and Higher Education; a psychological perspective

Cunha, Luís António Morão Pinto Simões da
Fonte: [s.n.] Publicador: [s.n.]
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em //2012 ENG
Relevância na Pesquisa
36.9%
Tese apresentada à Universidade Fernando Pessoa como parte dos requisitos para obtenção do grau de Doutor em Ciências da Informação, especialização em Sistemas e Tecnologias da Informação.; The emergence of tools like Blogs or Wikis made the creation of online contents much easier than before. The evolving concept of Web 2.0 emphasizes the fact that the user can now easily participate in the delivery of Web contents, taking advantage of existing tools. In this thesis, two empirical studies are described. The first study was conducted with the aim of understanding faculty’s perceived usefulness of Web 2.0 tools for their teaching practices. For this study, an online survey was used which allowed gathering the opinions of 681 teachers from 11 different Portuguese higher education institutions. The integrative models generated from this study revealed that attitudes and self-efficacy (i.e. perception of self-competence) were found positive predictors of faculty’s intentions to use, and actual using Web 2.0 (in general), and Facebook and Blogs (in particular). Social norms were found influential in faculty’s intention to use Web 2.0 (in general), and Facebook, for teaching purposes, but faculty members were only significantly influenced by their peers...

Relação entre a crença de autoeficácia docente e a síndrome de Burnout em professores do ensino médio; Relationship between teachers' self-efficacy beliefs and Burnout in secondary school teachers

Luiza Cristina Mauad Ferreira
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 21/02/2011 PT
Relevância na Pesquisa
36.62%
O objetivo desse estudo foi verificar as relações existentes entre a variável psicológica, a autoeficácia docente, que é a crença que o professor tem na sua capacidade de escolher rumos de ação onde consiga melhores resultados com seus alunos conforme proposto por Bandura, a Síndrome de Burnout, que é uma resposta afetiva a uma contínua e prolongada exposição a fatores estressantes composta de três dimensões: Exaustão física e emocional, Despersonalização e Falta de realização profissional, bem como as relações desses dois construtos com as variáveis pessoais, contextuais e estruturais da função docente. Um total de 100 professores do Ensino Médio do estado de Minas Gerais no Brasil participou da investigação. Os instrumentos utilizados foram: um questionário de caracterização de Iaochite (2007), a escala de Burnout Docente CBP-R- Cuestionário de Burnout Del Professorado (Jimenez et al 2000) que apresentou evidências de validade com escores alfa de Cronbach para os três fatores (Fator I- Estresse de Papel, Exaustão Emocional, Despersonalização e Falta de Realização Profissional a= 0.907; Fator II (Supervisão e Condições organizacionais a= 0.879 e Fator III ( problemática Administrativa) a= 0.813; e a escala de Autoeficácia Docente de Polydoro et al (2004) que também apresentou evidências de validade com a= 0.944 para a escala total. As relações entre os itens que compõem ambas as escalas foram elevadas e significativas (p<0001) na maioria deles. Foram encontradas médias moderadas de autoeficácia docente (M=4.53) e níveis médios significativos de Burnout (M= 2.62). As correlações inversas verificadas entre os dois construtos foram significativas entre as duas dimensões da escala de autoeficácia docente...

Colaboração entre professores e autoeficácia docente: Que relações?; Relationships between teacher collaboration and teachers' self-efficacy beliefs; Relations entre la collaboration et les perceptions d'autoefficacité des enseignants

Silva, José Castro; Silva, Manuela Marques
Fonte: Instituto de Educação da Universidade do Minho Publicador: Instituto de Educação da Universidade do Minho
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; article Formato: application/pdf
Publicado em 04/12/2015 POR
Relevância na Pesquisa
107%
Este artigo reporta os principais resultados de uma investigação que teve por objetivo estudar a influência da autoeficácia docente sobre a colaboração entre professores. O estudo envolveu 82 professores de escolas dos 2º e 3º ciclosde Portugal continental. O instrumento utilizado é constituído por três escalas.A primeira escala identifica as práticas de colaboração implementadas pelos professores, a segunda mede os interesses por colaboração e a última escala avalia as crenças de autoeficácia docente. Os principais resultados sugerem que os professores que se autopercecionam como mais eficientes estão mais disponíveis para colaborar, tendo-se verificado uma correlação entre níveis de autoeficácia docente mais elevados e o interesse dos professores em colaborar. A par da recetividade à colaboração, foi detetada uma associação entre a perceção da autoeficácia docente e o envolvimento dos professores em práticas de colaboração, concluindo-se sobre a tendência do envolvimento com práticas colaborativas aumentar junto dos docentes cuja autoavaliação da sua eficácia docente é mais elevada.; This paper reports the main results of an investigation that aimed to study the influence of teacher self-efficacy on collaboration between teachers. The study involved 82 teachers from schools in the 2nd and 3rd cycles from the Portuguese mainland. The instrument consists of three scales. The first aims to identify the collaboration practices...