Página 1 dos resultados de 1888 itens digitais encontrados em 0.007 segundos

O problema da autoria na teoria literária: apagamentos, retomadas e revisões; The problem of authorship in literary theory: deletions, resumptions and revisions

GAGLIARDI, Caio
Fonte: Instituto de Estudos Avançados da Universidade de São Paulo Publicador: Instituto de Estudos Avançados da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
37.12%
Os debates mais recentes a respeito da autoria estão diretamente ligados ao problema da busca do sentido do texto. Por esse motivo, a autoria vem sendo encarada como uma das questões mais controversas relativas à teoria literária. Nas duas primeiras partes deste artigo, realiza-se uma leitura crítica e sistemática das bases de 1. recusa doautor como tutor do sentido do texto (Proust, Eliot, Croce, Wimsatt e Beardsley, Derrida, Barthes e Foucault) e de 2. defesa e revisão desse conceito (Booth, Bloom, Eco e Compagnon). Em sua etapa consecutiva, 3. propõe-se uma hipótese particular de análise e interpretação da autoria, mediante um deslocamento de contextos: a recorrência à noção de heteronímia, de Fernando Pessoa.; The latest discussions about authorship are closely related to the searching for the meaning of the text. Because of that, the authorship is being understood as one of the most controversial subjects in literature theory. The first two parts of this paper comprehend a critic and sistematic analysis of 1. the author refusal as source of the text meaning (Proust, Eliot, Croce, Wimsatt and Beardsley, Derrida, Barthes and Foucault), and 2. the defense and reviewing of this concept (Booth, Bloom, Eco e Compagnon). And in the last part...

Autoria e aprendizagem da escrita; Authorship and learning of writing

Fortunato, Marcia Vescovi
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 13/05/2009 PT
Relevância na Pesquisa
37.28%
Todo ato de escrita é um movimento singular de representação simbólica, é um ato de autoria de um escritor em atividade social de comunicação. A produção de textos exige do escritor uma série de decisões e de ações de linguagem que representam um trabalho intenso, resultado de operações cognitivas complexas. A aprendizagem da escrita compreende o domínio desses procedimentos e de sua gestão durante o processo de produção de textos. Por isso, ensinar a escrever textos é ensinar procedimentos de autoria. Para demonstrar essa tese, buscamos conhecer os contextos histórico e teórico que envolvem as concepções de autoria, de texto e de ensino da escrita para situar nosso objeto. A seguir estudamos as concepções de autoria de Bakhtin e Foucault, que consideramos basilares para este trabalho. Procuramos compreender ainda o processo de composição de textos escritos e interpretá-lo à luz da concepção de autoria adotada. A partir desse estudo, foi possível analisar e descrever procedimentos de autoria e compreendê-los como atos de linguagem que desempenham funções específicas na composição de um texto. Finalmente, a análise de uma amostragem da produção escrita de estudantes do Ensino Fundamental descreveu os procedimentos utilizados pelos aprendizes e a adequação desse uso para sua aprendizagem da escrita. Concluímos que a aprendizagem da escrita requer uma prática de composição de textos contínua para seu desenvolvimento e que o ensino não pode focar um ou outro procedimento...

Escrita, autoria e ensino: um diálogo necessário para pensar a constituição do sujeito-autor no contexto escolar; Writing, authorship and education: a dialogue necessary to think the constitution of the subject-author about the scholar context.

Aguiar, Eliane Aparecida de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 11/03/2010 PT
Relevância na Pesquisa
37.28%
Esta tese, inserida nos campos da Linguagem e da Educação, tem como objetivo principal promover uma discussão de caráter teórico-reflexiva sobre as noções de escrita, autor e autoria a fim de pensar sobre as possibilidades de trabalho com a escrita de autoria e a constituição do sujeito-autor no contexto escolar. Para tanto, são propostos dois encaminhamentos. Inicialmente, conceitua-se a escrita autoral como sendo resultado de uma experiência que permite a passagem do eu ao lugar de sujeito; ou seja, como a materialização de um processo, atravessado pela subjetividade, que permite ao sujeito sustentar seu desejo pela escrita, imprimindo nela trabalho e responsabilidade. Ainda nessa parte, considerando as configurações de autor e autoria propostas por Michel Foucault, Mikhail Bakhtin e Roland Barthes, e da noção de sujeito encontrada na psicanálise de Sigmund Freud e Jacques Lacan, elabora-se uma noção de sujeito-autor e autoria que permite promover um diálogo com a experiência de escrita defendida nesta pesquisa. No primeiro caso, considera-se que o sujeito-autor seja o elemento que articula as significações que dão forma àquilo que o escritor real busca esculpir. Nesse sentido, o sujeito-autor não é apenas uma função exercida pelo indivíduo que escreve...

Escrita e autoria: vozes que constituem e atravessam o discurso do sujeito-professor; Writing and authorship: voices that constitute and traverse the discourse of teacher subject.

Souza, Juliana Christina Rezende de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 16/12/2010 PT
Relevância na Pesquisa
37.24%
Pretendemos investigar, filiados à Análise de Discurso de linha francesa, a assunção (ou não) à autoria pelo sujeito - professor no contexto escolar, por meio de textos escritos. Pela Análise de Discurso, entendemos que o sujeito, considerado como posição discursiva, pode ocupar a posição - autor dependendo das condições de produção nas quais formula seus dizeres, costurando o intradiscurso (o fio discursivo) no interdiscurso (relação com outros discursos, o já-dito), historicizando, assim, o que diz. Utilizamos, para compreender o movimento do sujeito em relação à autoria no texto escrito, recortes de um corpus formado por 15 textos dissertativo-argumentativos produzidos por 03 sujeitos - professores que atuam no Ensino Fundamental na cidade de Ribeirão Preto. Para a produção desses textos, os sujeitos foram convidados à leitura de textos fílmicos, literário, científico que foram discutidos em 05 encontros, com o objetivo de fazer circular uma multiplicidade de sentidos sobre educação, tema central das produções dos sujeitos. Para compreendermos, então, o funcionamento do discurso dos sujeitos professores no contexto escolar, retomamos a tipologia discursiva de Orlandi (2006a), observando que o discurso pedagógico tende a ser autoritário...

Autoria em rede : um estudo dos processos autorais interativos de escrita nas redes de comunicação; Authorship through network : a study of the interactive authoring processes of writing in communication networks

Martins, Beatriz Cintra
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 23/03/2012 PT
Relevância na Pesquisa
37.24%
As redes de comunicação têm impulsionado um significativo deslocamento nos processos autorais de escrita, que adquirem nova dinâmica no meio digital, apresentando-se cada vez mais como uma ação interativa entre diferentes agentes criadores. Com base no pensamento de Michel Foucault sobre o tema da autoria, esta tese explora o significado desse deslizamento da posição do autor, ou da função-autor como propõe o filósofo, estruturada atualmente em uma rede de interações. A fim de construir uma reflexão sobre esse fenômeno, parte-se da pesquisa sobre a historicidade do conceito de autoria, buscando explorar as diversas constituições das práticas sociais da produção textual através da história, desde a Antiguidade até o momento atual das redes eletrônicas. Neste percurso, a Modernidade é reconhecida como o período específico no qual o processo autoral adquire uma configuração mais centrada no indivíduo, época em que também ganha espaço a noção de obra fechada e proprietária. Compreendendo a constituição da história como um processo complexo no qual se correlacionam diversas dimensões de acontecimentos, alguns aspectos que se articulam com esta questão são aprofundados na forma de intertextos. Deste modo...

[Autor]retrato Coletivo, uma Poética da Autoria Aberta: Poética da Autoração, Poéticas em Coletividade e uma taxonomia para a Espect-Autoria - agenciamento autoral dos espectadores nas artes participativas e interativas.; Collective Authorself-Portrait, a Poetics of the Open Authorship: Authoring Poetics, Multi-Poetics in Collectivity and a taxonomy for the Spect-Authorship - authorial agency of the spectators in participatory and interactive arts.

Silva, Arnaldo Valente Germano da
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 08/08/2012 PT
Relevância na Pesquisa
37.32%
Esta tese de doutorado apresenta um estudo e formulações teóricas sobre o conceito de espect-autoria e defende os conceitos de Poética da Autoria Aberta, Poética da Autoração e Poéticas em Coletividade como praxis artística de apropriação dos dispositivos de produção das representações sociais, no contexto da autoria dos espectadores nas artes participativas e interativas. Numa transferência interdisciplinar de conceitos a exemplo do conceito espect-autor de Gellouz (2007), o estudo propõe as noções de autorabilidade, obra autorável, agenciamento autoral do espectador e trinômio produção/recepção/produção bem como os conceitos formulados de função-espect-autor, espect-autor em coletividade, particip-autor, inter-autor e trans-autor, que privilegiam a noção de autoria em suas notações, configurando uma taxonomia mais apropriada para compor um vocabulário que permita designar e compreender a noção de espect-autoria, ou seja, a produção autoral dos espectadores, enquanto forma, repertório e significados, nas obras cuja abertura poética propõe desafios autorais aos seus espectadores. A principal referência artística e fonte desta pesquisa é a série Autorretrato Coletivo (1987-), um conjunto de obras participativas e interativas que eu proponho como repositório dialógico e polifônico da identidade coletiva...

AdaptHA : ambiente para autoria e ensino adaptativo; AdaptHA: adaptive authorship and learning environment

Lima, Graciela Cristina Bernardes
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
37.19%
A Web vem se apresentando um meio cada vez mais promissor para o desenvolvimento de sistemas de ensino. Um dos grandes desafios é fazer uso das vantagens da Web, que torna a aprendizagem disponível em qualquer lugar e em qualquer momento, e criar para o aluno uma experiência de aprendizagem individualizada, que represente um significante melhoramento quando comparada à experiência de aprendizagem convencional de sala de aula. Nesse contexto, este trabalho apresenta o AdaptHA, um ambiente para autoria e ensino adaptativo na Web baseado no modelo Hyper-Automaton. Com o AdaptHA, objetiva-se colaborar para a melhoria da qualidade da educação prática pela Web. Acredita-se que isto seja possível através de um sistema de ensino que reúna ferramentas que auxiliam tanto o professor quanto o aluno, mas com um grande diferencial no que se refere à capacidade deste sistema de se adaptar às características do aluno. AdaptHA proporciona ao aluno uma experiência de aprendizagem individualizada ao apresentar o conteúdo adaptado e suportar a navegação adaptativa com base no modelo do aluno, utilizando para isto, técnicas da Hipermídia Adaptativa. Os mecanismos chave do AdaptHA que viabilizam tal adaptação são: sua estrutura do modelo do domínio...

Autoria no livro didático de língua portuguesa : o papel do editor = The authorship in portuguese language textbook: the role of editor; The authorship in portuguese language textbook : the role of editor

Adriana Luzia Sousa Teixeira
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 11/04/2012 PT
Relevância na Pesquisa
37.24%
Esta dissertação tem por objetivo principal analisar o papel do editor na autoria do Livro Didático de Língua Portuguesa (LDP). Tal objetivo se desdobra nos questionamentos sobre como a indústria editorial de livros didáticos tem funcionado na atualidade, qual é o papel do editor, quais são as práticas de produção envolvidas e de que maneira essas práticas influenciam na escolha dos objetos de ensino a serem transpostos no LDP. Para isso, lançando-se mão do estudo de caso como ferramenta metodológica, enfocam-se 2 (duas) editoras de livros didáticos de expressão nacional, cujos editores responsáveis pela área de Língua Portuguesa são entrevistados. Dessa forma, esta pesquisa se caracteriza como qualitativa, com abordagem metodológica - estudo de caso único incorporado, uma vez que aborda um contexto específico (a produção do LDP) a partir de análise de mais de uma unidade (duas editoras de livros didáticos). Como pano de fundo que sustenta as questões principais, há o contexto histórico do ofício de editor e as influências que o mercado editorial recebeu de programas do Governo para avaliação de livros didáticos - principalmente o PNLD. O referencial teórico apoia-se em discussões sobre a transposição didática (CHEVALLARD...

Ethical abuses in the authorship of scientific papers

Carneiro,Marco Antonio A.; Cangussú,Silvia D.; Fernandes,G. Wilson
Fonte: Sociedade Brasileira De Entomologia Publicador: Sociedade Brasileira De Entomologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2007 EN
Relevância na Pesquisa
37.12%
Problems regarding the order of authorship of scientific papers have become more frequent and more abusive. These problems may have heightened due to the ever increasing pressure to "publish or perish" in the academic world, given that the publication of scientific articles has become the benchmark of success in a field with few job opportunities. This article reviews the abuses in the authorship of scientific papers. Different examples are given of the most common problems and recommendations are provided for authors and journal editors.

Authorship: an ethical dilemma of science

Grieger,Maria Christina Anna
Fonte: Associação Paulista de Medicina - APM Publicador: Associação Paulista de Medicina - APM
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/11/2005 EN
Relevância na Pesquisa
37.19%
CONTEXT AND OBJECTIVE: The scientific and technological progress that has taken place since the 1960s has brought an ever-growing volume of scientific research, and inflation in co-authorship. Over this period, it has been observed that an increasing number of publications have listed authors or co-authors whose participation in the published research was minimal or even nonexistent. The objective of this work was to analyze reports in the literature regarding misconduct in authorship: its types, chief causes, consequences and ethical guidelines; and to outline proposals for greater ethical commitment in scientific publication. DESIGN AND SETTING: Narrative review undertaken at Faculdade de Medicina de Itajubá, Minas Gerais, Brazil. METHODS: Analysis of publications about authorship using the Medline, Lilacs and SciELO databases. RESULTS AND CONCLUSIONS: Frequent types of misconduct were gift authorship and divided and redundant publications. The chief causes of these practices seem to be the pressure exerted by academia and the desire for social and professional development. Such factors have brought an increase in unethical behavior. This bias in science continues despite the criteria defined by the International Committee of Medical Journal Editors...

Automated authorship attribution using advanced signal classification techniques

Ebrahimpour, M.; Putnins, T.; Berryman, M.; Allison, A.; Ng, B.; Abbott, D.
Fonte: Public Library of Science Publicador: Public Library of Science
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2013 EN
Relevância na Pesquisa
37.19%
In this paper, we develop two automated authorship attribution schemes, one based on Multiple Discriminant Analysis (MDA) and the other based on a Support Vector Machine (SVM). The classification features we exploit are based on word frequencies in the text. We adopt an approach of preprocessing each text by stripping it of all characters except a-z and space. This is in order to increase the portability of the software to different types of texts. We test the methodology on a corpus of undisputed English texts, and use leave-one-out cross validation to demonstrate classification accuracies in excess of 90%. We further test our methods on the Federalist Papers, which have a partly disputed authorship and a fair degree of scholarly consensus. And finally, we apply our methodology to the question of the authorship of the Letter to the Hebrews by comparing it against a number of original Greek texts of known authorship. These tests identify where some of the limitations lie, motivating a number of open questions for future work. An open source implementation of our methodology is freely available for use at https://github.com/matthewberryman/autho​r-detection.; Maryam Ebrahimpour, Tālis J. Putniņš, Matthew J. Berryman, Andrew Allison...

A Farewell to Constitutional Authorship? A Critique of the Presentist Turn in the Legitimacy of Constitutional Democracy

KUO, Ming-Sung
Fonte: European University Institute Publicador: European University Institute
Tipo: Trabalho em Andamento Formato: application/pdf; digital
EN
Relevância na Pesquisa
37.19%
“We the People” and the corresponding concept of constitutional authorship have gripped our imagination of the legitimacy of constitutional democracy since the American and French Revolutions. In contrast to this Big Bang scenario of constitutionmaking, the constitutionalization of the European Union (EU) as a supranational entity is the product of a decades-long process, departing from the Revolutionary tradition of constitutionalism. Whether this “presentist” project of constitutionalization without making a constitution, which is characterized by polyarchical everyday policy negotiations and apolitical judicial decisions in the normality of the constitutional order, will succeed in reconstructing our imagination of political order as an alternative to constitutional authorship remains to be seen. This paper aims to answer this question through a close inspection of Frank Michelman’s critical engagement with theories of constitutional legitimacy. My investigation shows that Michelman arrives at a presentist view of constitutional democracy after pointing out the inadequacy of theories of constitutional legitimacy rooted in the Revolutionary tradition of constitutionalism. I argue, however, that Michelman’s presentist view cannot fully account for the legitimacy of public institutions in constitutional democracy without presupposing a transtemporal view of identity...

Visualization of scientific co-authorship in Spanish universities: from regionalization to internationalization

Olmeda-Gómez, Carlos; Perianes-Rodríguez, Antonio; Ovalle-Perandones, María Antonia
Fonte: Emerald Publicador: Emerald
Tipo: info:eu-repo/semantics/acceptedVersion; info:eu-repo/semantics/article Formato: application/octet-stream; application/octet-stream; application/pdf
Publicado em //2009 ENG
Relevância na Pesquisa
37.24%
Purpose – To visualize the inter-university and international collaboration networks generated by Spanish universities based on the co-authorship of scientific articles. Design/methodology/approach - Formulation based on a bibliometric analysis of Spanish university production from 2000 to 2004 as contained in Web of Science databases, applying social network visualization techniques. The co-authorship data used were extracted with the total counting method from a database containing 100,710 papers. Findings – Spanish inter-university collaboration patterns appear to be influenced by both geographic proximity and administrative and political affiliation. Inter-regional co-authorship encompasses regional sub-networks whose spatial scope conforms rather closely to Spanish geopolitical divisions. Papers involving international collaboration are written primarily with European Union and North and Latin American researchers. Greater visibility is attained with international co-authorship than any other type of collaboration studied. Research limitations/implications - Impact was measured in terms of journals rather than each individual article. The co-authorship data were taken from the Web of Knowledge and were not compared to data from other databases. Practical implications - The data obtained may provide guidance for public policy makers seeking to enhance and intensify the internationalization of scientific production in Spanish universities. Originality – The Spanish university system is in the midst of profound structural change. This is the first article to describe Spanish university collaboration networks using social network visualization techniques...

Análise forense de autoria textual: estilos sociais e individuais; Forensic authorship analysis: social and individual styles

Almeida, Dayane Celestino de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 04/05/2015 PT
Relevância na Pesquisa
37.32%
O interesse pela autoria de textos escritos é tão antigo quanto a própria escrita. Desde que o homem passou a registrar a sua língua dessa forma, podem ser muitas as circunstâncias em que emerge a pergunta Quem escreveu este texto?. Ela pode surgir porque os textos são anônimos, assinados por pseudônimos ou porque há uma disputa com relação a sua autoria. Mais recentemente, saber quem escreveu um determinado texto ou conjunto de textos tem ajudado a solucionar crimes ou dirimir contendas judiciais. Nesses contextos, entra em cena o linguista forense, cujo trabalho pode elucidar tais casos uma vez que sua análise é capaz de depreender estilos linguísticos que se relacionam tanto a um grupo social (elaboração de perfis sociolinguísticos) quanto a um indivíduo (atribuição de autoria). Este trabalho preocupa-se particularmente com noções de estilo da Sociolinguística e da Semiótica Discursiva nas análises forenses de autoria e almeja demonstrar de que modo a incorporação da análise do plano do conteúdo pode render frutos a essas análises. Assim, no que diz respeito à depreensão de perfis sociolinguísticos, sugere-se que o pertencimento a um grupo social, aqui proposto como um universo discursivo, pode ser revelado por meio da análise da recorrência semântica e não apenas de variáveis linguísticas (que seriam uma ou mais maneiras de se dizer a mesma coisa). Para isso...

Credit where credit is due? Regulation, research integrity and the attribution of authorship in the health sciences

Street, J.; Rogers, W.; Israel, M.; Braunack-Mayer, A.
Fonte: Pergamon-Elsevier Science Ltd Publicador: Pergamon-Elsevier Science Ltd
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2010 EN
Relevância na Pesquisa
37.37%
Despite attempts at clear direction in international, national and journal guidelines, attribution of authorship can be a confusing area for both new and established researchers. As journal articles are valuable intellectual property, authorship can be hotly contested. Individual authors' responsibilities for the integrity of article content have not been well explored. Semi-structured interviews (n = 17) were conducted with staff, student advocates and doctoral candidates working in health research in two universities in Australia. Stratified sampling ensured participants reflected a range of experience across biomedical, clinical and social science disciplines. Participants were asked about their experience with research publication and their views on the responsibilities of authorship. Participants gave a variety of reasons for attribution of authorship including: writing the paper; seniority; and student supervision. Gift authorship was seen by some participants as: a way of maintaining relationships; a reward; a means to increase a paper's credibility; or a demonstration of collaboration between authors. Norms and beliefs differed markedly between disciplines for authorship attribution and, to a lesser extent, for authors' responsibility for content integrity. Discussions about the effect of power differentials on authorship were common across disciplines. This paper describes a broad range of beliefs...

"Autoria sob a materialidade do discurso" ; Authorship under the discourse materiality

Fortunato, Marcia Vescovi
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 05/12/2003 PT
Relevância na Pesquisa
37.24%
Esta dissertação discute o fenômeno da autoria – compreendido como procedimento que organiza e controla o discurso, conceito extraído da obra de Foucault – e suas possíveis relações com a natureza material do discurso. Analisa os meios através dos quais os discursos ganham corpo, as modificações culturais que eles introduziram na cultura ocidental e os procedimentos de autoria que esses mesmos meios justificam. Descreve a autoria sob as culturas oral, manuscrita, impressa e digital e investiga a relação entre a materialidade de que se reveste o discurso e alguns procedimentos de autoria observados. Conclui que, dentre os procedimentos gerados por fatores sociais, históricos e ideológicos que compõem o contexto de produção mais amplo do discurso, há procedimentos de autoria que só podem ser compreendidos no âmbito da cultura midiática em que o discurso se produz.; This dissertation discusses the authorship phenomenon - understood as a procedure that organizes and controls the discourse, a concept extracted from Foucault's work - and its possible relations with the material nature of the discourse. It analyses the media through which discourses reach consistency, the cultural modifications they have introduced in the ocidental culture and the procedures of authorship these very media justify. It describes authorship under oral...

Dizeres de professores da/na formação continuada : possibilidades de autoria; Teachers'speeches on the continued education : authorship possibility

Carla Helena Fernandes
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 11/02/2009 PT
Relevância na Pesquisa
37.28%
Este relato de tese apresenta os resultados de pesquisa realizada em uma escola pública municipal de Campinas-SP que objetivou investigar a autoria do professor sobre seu fazer e saber/conhecimento em interlocução com os alunos e demais profissionais. Nesta pesquisa, a noção de autoria, uma noção bakhtiniana (BAKHTIN, 1920-23/2003; 1929/2004), foi tratada na interface com outra idéia de Bakhtin, os gêneros discursivos (1953/2003), evidenciando a autoria no "como" o autor projeta seu dizer em relação ao outro. As reflexões sobre autoria e gêneros discursivos foram relacionadas à idéia de formação continuada entendida como interlocução, considerando-se os estudos de Tardif (2007) acerca dos saberes/conhecimentos docentes e as reflexões de Andrade (2007a; 2007b), Andrade e Reis (2007) e Andrade e Lima (2008). A leitura do material empírico teve como foco a autoria docente e, para tanto, foram selecionados: - o relatório parcial semestral de quatro professores do Ensino Fundamental (sexto ao nono ano) participantes do Projeto "Escola Singular, Ações Plurais", um projeto coletivo de pesquisa e formação profissional continuada desenvolvido nessa escola entre os anos de 2003 e 2008. - dez reuniões do TDC do ano de 2005 a partir das quais foram construídas o que chamamos de "tramas": temáticas/conteúdos que emergiram da tecedura dos saberes/conhecimentos dos professores em interlocução com os pares. Especificamente quanto ao relatório de pesquisa...

O uso da ferramenta Scratch na escola pública : multiletramentos, autoria e remixagem; The use of the Scratch tool in public school : multileteracies, authorship and remixing

Lidiany Teotonio Ricarte
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 15/06/2015 PT
Relevância na Pesquisa
37.12%
As discussões atuais sobre letramentos evidenciam que as práticas de leitura e produção textual contemporâneas dos alunos permeiam o uso das novas Tecnologias da Informação e da Comunicação (TICs) (LANKHEARS; KNOBEL, 2007; COPE; KALANTZIS, 2008; 2011). A Escola Municipal de Ensino Fundamental de Campinas, Estado de São Paulo, em que realizei a pesquisa, trabalha com as novas TICs, laptops distribuídos pelo Governo Federal por meio do Projeto Um Computador por Aluno (UCA), em sala de aula. Acompanhei uma sala do 5º ano (alunos de 09 a 10 anos) que tem o Projeto de Robótica em seu currículo e visa o ensino da programação em ferramentas digitais. Para a realização das atividades do projeto, a sala é dividida em 5 grupos e todos os alunos dispõem do laptop do UCA, do software livre Scratch, plataforma criada no Media Lab do MIT (Instituto de Tecnologia de Massachusetts) que possibilita a criação de animação e programação do robô , 5 kits de robótica e de internet de banda larga. O Projeto de Robótica foi realizado no período de março a setembro de 2013 e participei dele com o objetivo de analisar a apropriação da ferramenta Scratch pelos alunos na produção de animações, acompanhar o processo de aprendizagem com esta ferramenta e compreender como os alunos lidam com a questão dos multiletramentos...

Time Warp: Authorship Shapes the Perceived Timing of Actions and Events

Wegner, Daniel M.; Ebert, Jeffrey P.
Fonte: Elsevier Publicador: Elsevier
Tipo: Artigo de Revista Científica
EN_US
Relevância na Pesquisa
37.32%
It has been proposed that inferring personal authorship for an event gives rise to intentional binding, a perceptual illusion in which one's action and inferred effect seem closer in time than they otherwise would (Haggard, Clark, & Kalogeras, 2002). Using a novel, naturalistic paradigm, we conducted two experiments to test this hypothesis and examine the relationship between binding and self-reported authorship. In both experiments, an important authorship indicator - consistency between one's action and a subsequent event - was manipulated, and its effects on binding and self-reported authorship were measured. Results showed that action-event consistency enhanced both binding and self-reported authorship, supporting the hypothesis that binding arises from an inference of authorship. At the same time, evidence for a dissociation emerged, with consistency having a more robust effect on self-reports than on binding. Taken together, these results suggest that binding and self-reports reveal different aspects of the sense of authorship.; Psychology

O problema da autoria na teoria literária: apagamentos, retomadas e revisões; The problem of authorship in literary theory: deletions, resumptions and revisions

Gagliardi, Caio
Fonte: Universidade de São Paulo. Instituto de Estudos Avançados Publicador: Universidade de São Paulo. Instituto de Estudos Avançados
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/2010 POR
Relevância na Pesquisa
37.12%
Os debates mais recentes a respeito da autoria estão diretamente ligados ao problema da busca do sentido do texto. Por esse motivo, a autoria vem sendo encarada como uma das questões mais controversas relativas à teoria literária. Nas duas primeiras partes deste artigo, realiza-se uma leitura crítica e sistemática das bases de 1. recusa doautor como tutor do sentido do texto (Proust, Eliot, Croce, Wimsatt e Beardsley, Derrida, Barthes e Foucault) e de 2. defesa e revisão desse conceito (Booth, Bloom, Eco e Compagnon). Em sua etapa consecutiva, 3. propõe-se uma hipótese particular de análise e interpretação da autoria, mediante um deslocamento de contextos: a recorrência à noção de heteronímia, de Fernando Pessoa.; The latest discussions about authorship are closely related to the searching for the meaning of the text. Because of that, the authorship is being understood as one of the most controversial subjects in literature theory. The first two parts of this paper comprehend a critic and sistematic analysis of 1. the author refusal as source of the text meaning (Proust, Eliot, Croce, Wimsatt and Beardsley, Derrida, Barthes and Foucault), and 2. the defense and reviewing of this concept (Booth, Bloom, Eco e Compagnon). And in the last part...