Página 1 dos resultados de 1920 itens digitais encontrados em 0.003 segundos

O comportamento de bebés perante a audição de uma canção de embalar

Castro, Maria Isabel Ribeiro de
Fonte: Universidade Eduardo Mondlane Publicador: Universidade Eduardo Mondlane
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
37.11%
A literatura sobre canções de embalar indica, por um lado, que este género vocal surge em diferentes partes do mundo como uma canção ligada à primeira infância; e por outro lado que o bebé exibe comportamentos diferenciados quando escuta uma canção de embalar. Neste artigo e irei centrar-me no estudo da canção de embalar abordando algumas caraterísticas que fazem dela um género musical com propósitos específicos. Descrevo estudos que reflectem como a audição de canções de embalar influência o comportamento do bebé nos períodos de sono. A partir de um estudo de caso realizado por mim, com bebés dos 4 aos 6 meses de idade, observei a forma como a audição de uma canção de embalar influenciou o comportamento dos mesmos, no período de sono. Uma das conclusões do estudo indica que, a audição da canção de embalar induz ao aquietamento e posterior adormecimento dos bebés e ao seu bem estar.

Sonoridades urbanas : a cidade da audição : construção de um arquivo sonoro de Coimbra

Ribeiro, Ana Catarina Freitas
Fonte: FEUC Publicador: FEUC
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
37.01%
A cultura visual continua a dominar o conhecimento e a descoberta da cidade. No seguimento deste domínio, o som é relegado para segundo plano, como elemento secundário que serve para ilustrar e conferir ritmo ao que os olhos alcançam. No entanto, ao pensar em novas formas de leitura do espaço público, a sonoridade dá a conhecer o quotidiano da cidade, revelando que o sistema auditivo não é passivo e que, pelo contrário, e tal como a visão, também é capaz de despertar reações dos outros sentidos do ser humano. Quando se escuta um som estridente, de imediato, a tentação de olhar é acionada. O som tem a capacidade de chamar a atenção para pormenores que o olhar, por vezes, negligencia. Portanto, tal como a audição preenche o que o olho vê, também a visão preenche o que o ouvido escuta, um processo em que os sentidos se complementam e em que a cidade, por conseguinte, ganha outras perspetivas, outras cores, outros cheiros, outros sons, outras particularidades. Educar o ouvido é um procedimento cientificamente marginal, que precisa de ser resgatado socialmente. É importante conhecer o lado invisível da cidade, criar novas narrativas, sentir e receber, sem ideias pré-concebidas de que tudo é ruído, a atmosfera acústica da cidade. O som transmite conhecimento: cruza o passado com o presente...

Resolução temporal de crianças: comparação entre audição normal, perda auditiva condutiva e distúrbio do processamento auditivo; Temporal resolution in children: comparing normal hearing, conductive hearing loss and auditory processing disorder

BALEN, Sheila Andreoli; BRETZKE, Letícia; MOTTECY, Carla Meller; LIEBEL, Graziela; BOENO, Mirian Regina Moresco; GONDIM, Lys Maria Allenstein
Fonte: ABORL-CCF Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial Publicador: ABORL-CCF Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
37.01%
A resolução temporal é essencial na percepção acústica da fala, podendo estar alterada nos distúrbios auditivos gerando prejuízos no desenvolvimento da linguagem. OBJETIVO: Comparar a resolução temporal de crianças com audição normal, perda auditiva condutiva e distúrbios do processamento auditivo. CASUÍSTICA E MÉTODO: A amostra foi de 31 crianças de 07 a 10 anos, divididas em três grupos: G1: 12 com audição normal, G2: sete com perda auditiva condutiva e G3: 12 com distúrbio do processamento auditivo. Os procedimentos de seleção foram: questionário aos responsáveis, avaliação audiológica e do processamento auditivo. O procedimento de pesquisa foi o teste de detecção de intervalos no silêncio realizado a 50 dB NS acima da média de 500, 1000 e 2000Hz na condição binaural em 500, 1000, 2000 e 4000Hz. Na análise dos dados foi utilizado o Teste de Wilcoxon, com nível de significância de 1%. RESULTADO: Observou-se que houve diferença entre os G1 e G2 e entre os G1 e G3 em todas as freqüências. Por outro lado, esta diferença não foi observada entre os G2 e G3. CONCLUSÃO A perda auditiva condutiva e o distúrbio do processamento auditivo têm influência no limiar de detecção de intervalos.; Temporal resolution is essential to speech acoustic perception. It may be altered in subjects with auditory disorders...

Efeito do ruído contralateral na amplitude das emissões otoacústicas evocadas por clique em crianças com audição normal e crianças com neuropatia Auditiva/Dessincronia Auditiva; The effect of the contralateral stimulation of the noise in the amplitude of the click-evoked otoacoustic emissions in children having normal hearing and children with Auditory Neuropathy/ Auditory Dsy-synchrony

Melo, Ana Dolores Passarelli de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 20/04/2007 PT
Relevância na Pesquisa
37.24%
A utilização das emissões otoacústicas (EOs) têm contribuído na avaliação do sistema auditivo eferente por meio do estudo do efeito da estimulação acústica simultânea à pesquisa das EOs, descrito na literatura como supressão das EOs. Este trabalho teve por objetivo comparar o efeito da estimulação contralateral do ruído na amplitude das emissões otoacústicas evocadas por clique (EOE-c), em crianças que apresentam audição normal e em crianças com Neuropatia Auditiva/Dessincronia Auditiva. A casuística foi constituída de 16 crianças com audição normal e 11 crianças com o diagnóstico audiológico de Neuropatia Auditiva/Dessincronia Auditiva. As EOE-c foram pesquisadas, utilizando-se o clique linear na intensidade de 60 dB NPS e, para a estimulação contralateral do ruído, foi utilizado o ruído branco na intensidade de 65 dB NPS, com monitoramento do nível de pressão sonora, gerado no conduto auditivo externo, por meio do microfone sonda. Os resultados demonstraram que, nas crianças com audição normal, além da redução da amplitude das EOE-c, foi observada supressão das EOE-c, ou seja, a ausência do registro das EOE-c com a estimulação contralateral do ruído. Nas crianças com Neuropatia Auditiva/Dessincronia Auditiva...

Avaliação da audição em bebês com síndrome de Down: uma medida de prevenção em saúde coletiva; Hearing assessment in babies with Down syndrome: a preventive approach in public health

Roberto, Maria Paula
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 01/09/2011 PT
Relevância na Pesquisa
37.01%
A pesquisa dos potenciais evocados auditivos de tronco encefálico (PEATE) foi indicada para os casos onde há suspeita ou presença de síndromes genéticas pelo Joint Committee on Infant Hearing em 2007. O comitê fornece as diretrizes para a detecção das perdas auditivas na infância, para as quais as síndromes são fator de risco. A alta prevalência da SD e de alterações auditivas nesta população reforça a importância da identificação das perdas auditivas até os três meses de idade, como forma de minimizar os decorrentes prejuízos na comunicação. Este estudo, aprovado pela Comissão de Ética para análise de projetos de pesquisa do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (HCFMUSP), teve como objetivo descrever as avaliações da audição de 30 crianças com SD, sem queixas otológicas, das quais 25 bebês (idade média de 2,47 meses) compuseram a amostra. Método: Foram pesquisados os PEATE durante o sono natural. A amostra foi analisada por bebês e por orelhas. Os bebês e as orelhas foram agrupados por intensidade de limiar eletrofisiológico: G1 (<= 30 dBNA), G2 (30 | 40 dBNA), G3 (> 40 dBNA) e registradas as latências absolutas I, III e V e as inter-latências I-III...

Avaliação comportamental, eletroacústica e eletrofisiológica da audição em crianças desnutridas; Behavioral, electroacoustic and electrophysiological hearing assessment of malnourished children

Almeida, Renata Parente de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 14/12/2012 PT
Relevância na Pesquisa
37.01%
Introdução: A desnutrição energético-protéica é um dos maiores problemas de saúde pública no Brasil, ocorrendo mais frequentemente em pré-escolares e determinando o comprometimento do crescimento. A desnutrição pode provocar alterações no sistema nervoso central, dependendo da intensidade, da época de incidência e da duração da doença, comprometendo irreversivelmente as funções intelectuais. Levando-se em consideração a importância da integridade do Sistema Auditivo Periférico e Central na aquisição e desenvolvimento de fala, linguagem e aprendizado, torna-se imprescindível que anormalidades auditivas tanto periféricas como centrais sejam identificadas e tratadas precocemente nesta população. Objetivo: Caracterizar os achados das avaliações comportamentais, eletroacústicas e eletrofisiológicas da audição em crianças com desnutrição, bem como compará-los aos obtidos em crianças saudáveis da mesma faixa etária. Métodos: Foram realizados exames de audiometria tonal, logoaudiometria, teste dicótico de dígitos, imitanciometria, potencial evocado auditivo de tronco encefálico (PEATE) e potencial evocado auditivo de longa latência (PEALL) em 31 crianças desnutridas (grupo estudo) e 34 crianças saudáveis (grupo controle)...

Pode a audição periférica justificar as alterações de fala presentes em sujeitos com fissura labiopalatina operados?; Can peripheral hearing justify the speech disorders in subject with operated cleft palate?

Cerom, Jaqueline Lourenço
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 27/03/2013 PT
Relevância na Pesquisa
37.18%
Partindo de estudos científicos que relatam que a fissura labiopalatina é uma das malformações congênitas mais comuns na raça humana e que esta população quando comparada a sujeitos sem fissura labiopalatina apresenta maior ocorrência de perdas auditivas, complicações otológicas, disfunção velofaríngea e distúrbios articulatórios compensatórios na fala, os quais são indicadores de risco para o desenvolvimento do processo auditivo, da linguagem, da fala e de aprendizagem, este trabalho tem como objetivo verificar a associação entre a disfunção velofaríngea, o articulação compensatória compensatório e a perda auditiva periférica em sujeitos com fissura labiopalatina operados, visando averiguar se as alterações de fala ainda presentes em pacientes com fissura labiopalatina já operados podem ser justificadas pela perda da acuidade auditiva. Nesta pesquisa foi realizado um estudo retrospectivo de dados da avaliação da audição e de fala constante em prontuários de 60 pacientes, matriculados no HRAC-USP, com fissura transforame incisivo unilateral esquerda operada, com idade nas avaliações entre 4 e 5 anos. A escolha dos prontuários foi aleatória. Foram compostos 4 grupos, cada um com 15 pacientes...

Utilização de instrumento informatizado na avaliação da audição de lactentes com anomalias craniofaciais; Use of computerized instrument in the assessment of hearing in infants with craniofacial anomalies.

Fontes, Camila de Cássia Macedo
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 04/08/2014 PT
Relevância na Pesquisa
37.18%
Objetivos: Verificar a aplicabilidade de um procedimento de avaliação comportamental da audição em crianças com fissura labiopalatina, no que se refere ao tempo de duração da avaliação; ao número total de estímulos; ao número de estímulo controle e ao número de interrupções e, verificar os níveis mínimos de resposta auditiva destas crianças. Modelo: Estudo transverso Local de execução: Setor de Fonoaudiologia, Hospital de Reabilitação de Anomalias Craniofaciais, USP, Bauru. Participantes: Oitenta pacientes com fissura labiopalatina ou palatina, de ambos os gêneros, idade entre seis e vinte quatro meses, subdivididos em grupos etários: Grupo I 7 meses a 11 meses 29 dias (n= 12); Grupo II 12 meses a 17 meses 29 dias (n= 31); Grupo III 18 meses a 24 meses (n= 37). Intervenções: Entrevista audiológica, inspeção visual do meato acústico externo, avaliação eletroacústica (timpanometria nas frequências 226 Hz e 1000 Hz, emissões otoacústicas transientes) e audiometria de reforço visual informatizada em campo livre. Resultados: A média do nível mínimo de audição foi de 36 dB em todas as frequências para o Grupo I, 32 dB para o Grupo II e 31 dB para o Grupo III. Observou-se que os Grupos I e II tiveram maiores níveis mínimos de audição que o Grupo III. O Grupo I necessitou de maior número de estímulos totais...

Achados audiológicos pós-doenças infecciosas em crianças matriculadas em um centro especializado nos distúrbios da audição

Prodócimo-Calore, Sílvia Aparecida
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 119 f. : il., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
37.01%
Pós-graduação em Pediatria - FMB; A audição tem papel fundamental na vida do ser humano, possibilitando uma das nobres funções superiores do homem que é a comunicação. As doenças infecciosas podem alterar a integridade anatomofisiológica do sistema auditivo e também causar prejuízos no desenvolvimento global da criança. O presente estudo teve como objetivo delinear o perfil demográfico de 661 crianças matriculadas no Centro de Distúrbios da Audição, Linguagem e Visão (CEDALVI) do HRAC/USP, em Bauru-SP, reunindo os achados audiológicos das prováveis doenças infecciosas que causaram a deficiência auditiva nessa população. Os resultados desse estudo mostraram concentração maior de crianças na faixa etária de 2 a 3 anos de idade, procedentes da Região Sudeste do Brasil, do sexo masculino e nível sócio-econômico baixo. Quanto às características audiológicas, houve predomínio de deficiência auditiva do tipo sensorioneural, bilateral e graus grave a profundo. Concluiu-se que nas doenças infecciosas de origens congênita e adquirida, a rubéola e a meningite foram respectivamente as prováveis causas determinantes da deficiência auditiva na população estudada, devendo-se salientar a importância dos programas de vacinação e do diagnóstico precoce para que medidas profiláticas e terapêuticas possam ser elaboradas.; Hearing plays a fundamental role in human life...

Produção e utilização de material didático sobre fisiologia da audição e neurofisiologia

Troll, Juliana
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
POR
Relevância na Pesquisa
37.11%
The teaching of hearing physiology requires an knowledge integration of Human Anatomy, Biophysics, more precisely Bioacoustics and Bioelectrogenesis, as well as Neurophysiology. Students present difficulty to build knowledge about functional mechanisms of sound conduction and sensory transduction, especially if the elements are not visible forms, as the middle and inner ear structures. To make the teaching about hearing physiology and sensory perception easier, was produced a set of didactical materials about the subject. At first, a resin model that faithfully describes the anatomical relationship of the ossicles with the tympanic membrane was developed. Subsequently, a second model that, besides illustrates the mechanism of acoustic impedance overcoming, also reveals how acoustic sensorial transduction occurs in inner ear, was designed and produced. In the third didactical model, are visualized, through students interaction, areas of the cerebral cortex that interpret the different sensory modalities. In addition, were created three educational videos about hearing problems and a site on Human Hearing Physiology, available on Institute of Biosciences website. The results of this course conclusion monograph are presented in the form of articles that were submitted to Journal Physics in the School and the Journal of the Nucleus of Teaching; O ensino de fisiologia da audição exige a integração de conhecimentos de Anatomia Humana...

Spatial hearing and sound perception in musical composition; Audição espacial e percepção do som na composição musical

Riera Robusté, Joan
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Tese de Doutorado
ENG
Relevância na Pesquisa
37.01%
This thesis explores the possibilities of spatial hearing in relation to sound perception, and presents three acousmatic compositions based on a musical aesthetic that emphasizes this relation in musical discourse. The first important characteristic of these compositions is the exclusive use of sine waves and other time invariant sound signals. Even though these types of sound signals present no variations in time, it is possible to perceive pitch, loudness, and tone color variations as soon as they move in space due to acoustic processes involved in spatial hearing. To emphasize the perception of such variations, this thesis proposes to divide a tone in multiple sound units and spread them in space using several loudspeakers arranged around the listener. In addition to the perception of sound attribute variations, it is also possible to create rhythm and texture variations that depend on how sound units are arranged in space. This strategy permits to overcome the so called "sound surrogacy" implicit in acousmatic music, as it is possible to establish cause-effect relations between sound movement and the perception of sound attribute, rhythm, and texture variations. Another important consequence of using sound fragmentation together with sound spatialization is the possibility to produce diffuse sound fields independently from the levels of reverberation of the room...

A importância das otoemissões acústicas num programa de conservação de audição em trabalhadores expostos ao ruído

Monteiro, Daniela Alexandra Ferreira
Fonte: Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa Publicador: Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2013 POR
Relevância na Pesquisa
37.11%
Mestrado em Segurança e Higiene no Trabalho; A existência de ruído em ambientes industriais é, hoje em dia, uma realidade que se torna cada vez mais evidente. Apesar disso, também já existe maior consciência dos efeitos que o ruído tem sobre o trabalhador e ao longo dos tempos tem-se vindo a atuar na sua prevenção. Contudo, a perda de audição provocada pela exposição ao ruído continua a ser uma das principais consequências dos ambientes industriais ruidosos. A finalidade deste estudo é verificar se as otoemissões acústicas detetam alterações na cóclea antes de se detetarem alterações no audiograma tonal simples em trabalhadores expostos ao ruído. Para que se demonstre a importância da inclusão das otoemissões acústicas nos programas de conservação da audição, demonstrando assim serem também uma mais-valia. Este estudo será desenvolvido numa empresa em que os trabalhadores estão expostos a um LEX,8h de 95 dB(A) e um LCpico de 128,8 dB(C) nos vários postos de trabalho. Neste projecto foi aplicado o pré-teste realizando-se o audiograma tonal simples e as otoemissões acústicas por produtos de distorção a dois trabalhadores. Acabada a pesquisa desenvolvida, verifica-se que as otoemissões acústicas têm um potencial interessante para poderem vir a ser usadas num programa de conservação da audição...

Audição de crianças e jovens na mediação familiar nos casos de separação e divórcio: um estudo do ponto de vista dos mediadores familiares da Região Autónoma da Madeira

Ferreira, Paulo Alexandre Milheiro Gaspar
Fonte: Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas Publicador: Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em 05/02/2013 POR
Relevância na Pesquisa
37.24%
Tese Doutoramento em Ciências Sociais - Sociologia; O tema da Audição de Crianças e Jovens na Mediação Familiar nos casos de separação ou divórcio tem suscitado acalorados e incessantes debates, parecendo não existir quanto a esta questão social, quer no meio académico quer profissional, unanimidade possível. A presente dissertação baseia-se num estudo efetuado na Região Autónoma da Madeira sobre o fenómeno, tendo o mesmo contado basicamente com a realização de entrevistas a vinte e nove (n=29) Mediadores Familiares (pois foram ainda efetuadas mais duas a profissionais sem especialização em Mediação Familiar, mas com experiência técnica na área judicial, designadamente do Direito da Família) com recurso a um Guião elaborado para o efeito, tendo a constituição da amostra, o tratamento e análise da informação obedecido aos princípios preconizados pela metodologia da Grounded Theory. Os dados recolhidos e analisados à luz da metodologia referida permitiram identificar e organizar uma vastíssima panóplia de informação tendo esta sido depois integrada e sistematizada em temas, categorias e subcategorias de análise da informação. Dos resultados obtidos há que relevar os que apontam para a família como lugar de bem e mal-estar...

Como Organizar um Rastreio Universal da Audição Neonatal

Monteiro, L; Calado, V
Fonte: Sociedade Portuguesa de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial Publicador: Sociedade Portuguesa de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2001 POR
Relevância na Pesquisa
37.11%
Com o aparecimento de técnicas de rastreio da audição sensíveis, especificas e de fácil execução, é possível implementar rastreios de audição que abranjam todos os recém-nascidos. O objectivo destes programas e a detecção precoce de todas as crianças com hipoacusia significativa até aos três meses de idade, com vista a iniciar a reabilitação antes dos seis meses. Neste artigo de revisão apontam-se os passos mais importantes da organização e implementação de um Rastreio Universal da Audição Neonatal (RUAN), em três fases, descrevendo-se as opções possíveis de técnicas, equipamento e pessoal a utilizar.

Como Organizar um Rastreio Universal da Audição Neonatal

Monteiro, L; Calado, V
Fonte: Sociedade Portuguesa de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial Publicador: Sociedade Portuguesa de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2001 POR
Relevância na Pesquisa
37.11%
Com o aparecimento de técnicas de rastreio da audição sensíveis, especificas e de fácil execução, é possível implementar rastreios de audição que abranjam todos os recém-nascidos. O objectivo destes programas e a detecção precoce de todas as crianças com hipoacusia significativa até aos três meses de idade, com vista a iniciar a reabilitação antes dos seis meses. Neste artigo de revisão apontam-se os passos mais importantes da organização e implementação de um Rastreio Universal da Audição Neonatal (RUAN), em três fases, descrevendo-se as opções possíveis de técnicas, equipamento e pessoal a utilizar.

Avaliação do processamento auditivo por meio do teste de reconhecimento de dissílabos em tarefa dicótica SSW em indivíduos com audição normal e ausência do reflexo acústico contralateral

Marotta,Rosely Munhoz Bonilha; Quintero,Sandra Murad; Marone,Silvio Antonio Monteiro
Fonte: ABORL-CCF Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial Publicador: ABORL-CCF Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2002 PT
Relevância na Pesquisa
37.18%
Introdução: O Reflexo Acústico (RA) é considerado uma importante ferramenta diagnóstica dos distúrbios da audição. Seu limiar está normal na faixa de 70 a 90 dBNS. Para que o RA ocorra, é necessária a integridade do sistema auditivo periférico e central principalmente ao nível do Tronco Encefálico (TE). Estruturas do TE relacionadas com o RA são também responsáveis pelo Processamento Auditivo (PA) no que diz respeito a importantes habilidades auditivas. Objetivo: Neste estudo, procuramos verificar o desempenho de indivíduos com audição periférica normal e ausência do RA Contralateral no reconhecimento de dissílabos em tarefa dicótica por meio Teste SSW, versão em português. Forma de estudo: Clínico prospectivo randomizado. Material e Método: A casuística é composta de 100 indivíduos com idades de 19-59 anos, de ambos os sexos, distribuídos nos grupos Controle (n=50) e Estudo (n=50). O grupo Estudo apresenta audição periférica normal, e ausência do RA Contralateral em pelo menos uma freqüência testada. Resultados: Os grupos apresentaram diferenças estatisticamente significantes com relação à ausência do RA Contralateral e Ipsilateral em todas as freqüências testadas bilateralmente. Quanto aos resultados de normalidade do Teste SSW...

Preservação da audição em pacientes submetidos à cirurgia do shwannoma vestibular por acesso retrolabiríntico

Bento,Ricardo Ferreira; Brito Neto,Rubens Vuono de
Fonte: ABORL-CCF Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial Publicador: ABORL-CCF Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/10/2004 PT
Relevância na Pesquisa
37.28%
A preservação da audição tem se tornado um objetivo na moderna cirurgia do schwannoma vestibular. OBJETIVO: O nosso estudo visa a analisar a audição pós-operatória de pacientes submetidos à cirurgia por acesso retrolabiríntico pressigmoideo. FORMA DE ESTUDO: Estudo de coorte contemporânea transversal. CASUÍSTICA E MÉTODO: Estudamos prospectivamente a audição de 41 pacientes submetidos à cirurgia para exérese de schwannomas vestibulares por acesso retrolabiríntico pressigmoideo entre 1994 e 2004 no Hospital das Clínicas da Universidade de São Paulo. Todos ospacientes apresentavam tumores unilaterais menores que 1.5 cm de diâmetro. Os seguintes parâmetros foram analisados em nosso protocolo: 1- remoção completa do tumor, 2- complicações e dificuldades intra-operatórias, 3- complicações pós-operatórios e 4- avaliação da audição após 90 dias da cirurgia. RESULTADOS: Total exposição do meato acústico interno com conseqüente remoção completa do tumor foi possível na maioria dos casos. Em apenas seis pacientes modificamos o acesso para um translabiríntico clássico no decorrer da cirurgia pela necessidade de ampliar o acesso ao fundo do meato. A audição foi preservada nos mesmos níveis anteriores à cirurgia em 34.1% dos casos. Nesta série nenhuma complicação severa ocorreu. CONCLUSÃO: O acesso retrolabiríntico pressigmoideo é seguro em relação ao nervo facial...

Audição e percepção da perda auditiva em idosos

Sousa,Maria da Glória Canto de; Russo,Iêda Chaves Pacheco
Fonte: Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia Publicador: Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2009 PT
Relevância na Pesquisa
37.11%
OBJETIVO: Avaliar a audição e a percepção dos indivíduos idosos sobre a sua condição de audição. MÉTODOS: Foi desenvolvida uma pesquisa descritiva e exploratória, tendo como sujeitos 40 alunos, sendo 34 do sexo feminino e seis do sexo masculino, com idades variando entre 61 e 88 anos, de uma Universidade Aberta à Terceira Idade, localizada na cidade do Salvador, na Universidade do Estado da Bahia. Para avaliação dos sujeitos foi aplicado o Inventário Auditivo para Idosos - IAPI e realizado o exame audiométrico. A análise dos dados foi feita a partir das variáveis: sexo, faixa etária e pela computação das respostas dadas pelos indivíduos ao Inventário Auditivo para Idosos. RESULTADOS: Dos idosos 37,5% apresentaram audição normal e 62,5% perda auditiva, sendo 30% perda auditiva assimétrica e 32,5% simétrica. Dos 25 sujeitos com perda auditiva, apenas 3 (12%) tiveram percepção da mesma com um IAPI superior a dez pontos e 22 (88%) com uma pontuação inferior a dez. Quanto ao sexo, 8% de homens e 4% de mulheres tiveram uma pontuação superior a dez no IAPI; 16% dos indivíduos do sexo masculino e 72% do feminino apresentaram pontuação inferior a dez. Houve um predomínio da configuração audiométrica do tipo descendente em 88% dos sujeitos. CONCLUSÃO: A maioria dos sujeitos estudados era portadora de perda auditiva...

Audição musical orientada: aplicação de estratégias pedagógicas de audição para uma compreensão musical mais significativa

Araújo, João Pontes de
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
Publicado em //2014 POR
Relevância na Pesquisa
37.36%
Relatório de estágio de mestrado em Ensino de Música; A audição é considerada pela literatura, de forma unânime, como uma condição omnipresente e fundamental para qualquer prática musical. No entanto, a audição musical é, geralmente, relegada para um segundo plano no que diz respeito ao ensino especializado de música, sendo praticamente inexistentes as atividades de aperfeiçoamento das competências relativas à audição musical. Esta problemática ganha relevo quando se reflete sobre a dissonância cultural verificada entre a música lecionada na escola e a música ouvida pelos alunos. Existe uma falta de familiarização dos alunos com os estilos e géneros musicais abordados na escola de música e um desconhecimento quase total do reportório geral e do instrumento. Desta forma, o presente estágio profissional procurou dar respostas a esta problemática, com uma dupla finalidade: por um lado, incluir de forma mais frequente atividades de audição musical que proporcionem um contacto e envolvimento mais próximos entre a música e os alunos; aproveitando estas atividades, pretendeu-se incluir estratégias pedagógicas que estimulem uma audição mais ativa e criativa por parte dos alunos, ajudando-os a construírem significado para a música que escutam e...

Preservação da audição residual em pacientes usuários de implante coclear multicanal: estudo piloto

Gomez,M. Valéria Schmidt Goffi; Guedes,Mariana Cardoso; Ornelas,Cristina Gomes de; Sant'Anna,Sandra Barreto Giorgi; Brito Neto,Rubens Vuono de; Sanchez,Tanit Ganz; Bento,Ricardo Ferreira
Fonte: ABORL-CCF Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial Publicador: ABORL-CCF Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/10/2002 PT
Relevância na Pesquisa
37.24%
Introdução: Com o progresso tecnológico dos implantes cocleares, cada vez mais pacientes com audição residual útil são candidatos em potencial ao implante (Hodges et al., 1997). Apesar disso, não se sabe ao certo se a introdução dos eletrodos poderia destruir as estruturas auditivas envolvidas nessa audição residual. Objetivo: O objetivo deste estudo foi verificar a conservação da audição residual em pacientes usuários de implante coclear multicanal, comparando a audiometria pré e pós-operatória desses indivíduos. Forma de estudo: Clínico prospectivo randomizado. Material e método: Foram estudados 09 pacientes adultos com disacusia sensorioneural bilateral severa a profunda, usuários de Implante coclear Nucleus 22 e 1 paciente usuário de Implante Combi 40+. Resultado: No grupo estudado a conservação auditiva ocorreu em 50% dos indivíduos, quando considerado o critério de conservação de duas ou mais frequências médias (da fala) e em 80%, se for considerada audição também em frequências graves. Conclusão: A média de queda dos limiares tonais antes e após a cirurgia foi de 4 dB na orelha implantada e 0 dB na orelha contralateral.