Página 1 dos resultados de 120 itens digitais encontrados em 0.039 segundos

O psicólogo na rede pública de educação: possibilidades e desafios de uma atuação na perspectiva crítica; The psychologist in the public system educational: possibilities and challenges of practices in a critical perspective

Gomes, Aline Morais Mizutani
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 04/04/2012 PT
Relevância na Pesquisa
86.33%
Esse estudo buscou identificar e analisar as práticas desenvolvidas por psicólogos da rede pública de Educação, visando compreender desafios e possibilidades presentes no processo de construção de uma atuação coerente com as discussões presentes na literatura da área de Psicologia Escolar e Educacional, cuja perspectiva centra-se no processo de escolarização e nas relações de aprendizagem e desenvolvimento que se produzem no cotidiano escolar. Elegeu-se como método investigativo a abordagem qualitativa de estudo de caso, optando-se por acompanhar o trabalho de uma equipe de psicólogos escolares que atuam em uma Secretaria Municipal de Educação do estado de São Paulo. Para tanto, foram realizados os seguintes procedimentos metodológicos: a) acompanhamento de psicólogos em visitas a Unidades Escolares; b) participação em contexto formativo da equipe e c) entrevista coletiva. Esses momentos foram registrados em um diário de campo, privilegiando-se como método de análise os conteúdos presentes nas falas, nas ações e proposições apresentadas durante os encontros realizados. A partir desse conjunto de informações, temos a destacar os seguintes aspectos: a) um dos focos centrais de atuação do grupo de psicólogos diz respeito à implementação da política de Educação Inclusiva no município...

Atuação do psicólogo escolar nos colégios de aplicação das universidades federais: práticas e desafios; Educational psychologist performance in application schools of federal universities: practices and challenges

Lima, Lucianna Ribeiro de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 22/05/2015 PT
Relevância na Pesquisa
116.48%
O presente trabalho investiga a atuação de psicólogos escolares nos Colégios de Aplicação (CA) das Universidades Federais brasileiras. O objetivo da pesquisa é investigar práticas desenvolvidas pelos psicólogos nos CA das universidades federais, buscando identificar expressões teórico-práticas da perspectiva crítica em Psicologia Escolar e Educacional. O referencial teórico-metodológico utilizado é a Psicologia Escolar e Educacional em uma perspectiva histórico-crítica que se fundamenta no Materialismo Histórico Dialético. Para consecução desse estudo, optou-se pela abordagem qualitativa, cujos instrumentos foram entrevistas semiestruturadas com seis psicólogos e cinco diretores dos CA e Grupo Focal. O mapeamento inicial encontrou dezessete CA federais, dos quais nove contam com psicólogo escolar em seu quadro funcional, totalizando treze profissionais. A partir da análise das entrevistas com psicólogos e diretores dos CA, bem como do Grupo Focal, elencamos temas e elegemos três Eixos de Análise. No primeiro Eixo, Caracterização dos psicólogos da etapa de entrevistas individuais, encontramos 100% de mulheres, com faixa etária entre 20 e 40 anos (71,4%), sendo 2 mestres, 1 doutora, as demais cursando Mestrado (2) e Doutorado (1)...

As Contribuições da Psicologia Cognitiva e a Atuação do Psicólogo no Contexto Escolar

Correia,Mônica F. B.; Lima,Anna Paula Brito; Araújo,Claudia Roberta de
Fonte: Curso de Pós-Graduação em Psicologia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Curso de Pós-Graduação em Psicologia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2001 PT
Relevância na Pesquisa
96.23%
Este artigo propõe uma discussão acerca do papel do psicólogo no contexto escolar, a partir da análise das principais teorias que hoje permeiam o debate em educação. Os psicólogos escolares têm, ao longo do seu tempo de inserção nesse contexto, centrado suas preocupações principalmente nas dificuldades de aprendizagem dos alunos, numa atuação individualizada e setorizada. Contudo, este papel necessita ser redimensionado, uma vez que aquele deveria ter formação teórica que instrumentalizasse a sua participação ativa nas discussões acerca do processo ensino-aprendizagem, atuando na "situação didática" - com alunos, com professores; enfim, com toda a comunidade escolar, dentro de um tempo historicamente determinado.

A atuação do psicólogo escolar no Ensino Superior e a formação de professores

Zavadski,Kelly Cristina; Facci,Marilda Gonçalves Dias
Fonte: Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo Publicador: Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2012 PT
Relevância na Pesquisa
126.31%
Este artigo tem como objetivo discorrer sobre aspectos que envolvem a atuação do psicólogo no âmbito do Ensino Superior, partindo dos pressupostos da Psicologia Histórico-Cultural. Destacamos a possibilidade de atuação do psicólogo escolar na formação de professores nesse nível de ensino, vislumbrando a sua contribuição para que o docente possa entender acerca da relação desenvolvimento e aprendizagem de adultos, com ênfase na formação dos conceitos. Apresentamos também os resultados de entrevistas realizadas com 20 professores de uma IES, em 2009, que buscaram analisar a compreensão dos mesmos sobre a relação desenvolvimento e aprendizagem e trabalho do psicólogo escolar. Concluindo, consideramos que a proposta de uma intervenção da Psicologia na formação de professores pode contribuir para que os docentes compreendam o quanto o desenvolvimento psicológico é ilimitado e como a atividade pedagógica, na transmissão e apropriação dos conhecimentos, pode levar o aluno a um maior desenvolvimento da sua capacidade intelectual.

A formação do psicólogo escolar e a educação no terceiro milênio

Joly,Maria Cristina Rodrigues Azevedo
Fonte: Associação Brasileira de Psicologia Escolar e Educacional (ABRAPEE) Publicador: Associação Brasileira de Psicologia Escolar e Educacional (ABRAPEE)
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2000 PT
Relevância na Pesquisa
96.11%
Faz-se necessário caracterizar a atuação do Psicólogo Escolar frente às demandas socioeducacionais do próximo milênio; portanto, esse artigo visa analisar a formação desse profissional numa perspectiva histórica buscando repensar seu papel e compromisso social. Identificam-se grandes áreas de trabalho possíveis na Psicologia Escolar, não somente em instituições formais de ensino desde a Educação Infantil até a Universidade, mas também em diferentes espaços educacionais que visem promover o desenvolvimento e aprendizagem dos indivíduos. Focalizam-se, também, as Universidades, as Associações e Entidades de Classe enquanto segmentos profissionais formadores desses profissionais, responsáveis por sua constante atualização e pelo exercício crítico e ético da profissão.

Atuação no ensino superior: um novo campo para o psicólogo escolar

Serpa,Maria Nasaré Fonseca; Santos,Acácia Aparecida Angeli dos
Fonte: Associação Brasileira de Psicologia Escolar e Educacional (ABRAPEE) Publicador: Associação Brasileira de Psicologia Escolar e Educacional (ABRAPEE)
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2001 PT
Relevância na Pesquisa
96.22%
Este estudo teve como objetivo identificar a existência de estruturas de atendimento e orientação ao universitário; caracterizar os serviços e programas oferecidos; verificar a composição da equipe profissional; a existência e atuação do psicólogo escolar na equipe e avaliação dos serviços e programas. Um questionário foi utilizado para coleta de dados, sendo que dos 121 distribuídos, 61 foram respondidos. 80% das IES que responderam, declaram possuir serviços específicos de orientação, que aparecem com freqüência significativamente maior nas IES comunitárias, seguidas das públicas e das privadas. O psicólogo escolar está presente em 75% dos serviços, e oferece diversos programas ao universitário. Tanto as IES que não possuem psicólogo na equipe, como as que não possuem serviços de orientação recorrem a encaminhamentos externos. A maioria das instituições entendem como necessária a criação de uma estrutura de apoio à clientela universitária.

Psicologia escolar no Brasil e no Maranhão: percursos históricos e tendências atuais

Carvalho,Tatiana Oliveira de; Marinho-Araujo,Claisy Maria
Fonte: Associação Brasileira de Psicologia Escolar e Educacional (ABRAPEE) Publicador: Associação Brasileira de Psicologia Escolar e Educacional (ABRAPEE)
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2009 PT
Relevância na Pesquisa
96.2%
Discute-se o cenário atual da Psicologia Escolar no Maranhão, tendo como parâmetro as transformações ocorridas nas últimas décadas em âmbito nacional. Foi realizado um estudo bibliográfico sobre o tema, a partir do qual se levantaram reflexões sobre o histórico e as tendências atuais no âmbito da formação e atuação do psicólogo escolar no estado. Considera-se que no Maranhão necessita-se da contribuição de psicólogos escolares que, seguros de seu papel e intencionalidade, construam uma identidade profissional comprometida com as transformações sociais do contexto local, o que começa a se efetivar através do aprimoramento da formação na área.

Elaboração de projetos político-pedagógicos: reflexões acerca da atuação do psicólogo na escola

Wanderer,Aline; Pedroza,Regina Lucia Sucupira
Fonte: Associação Brasileira de Psicologia Escolar e Educacional (ABRAPEE) Publicador: Associação Brasileira de Psicologia Escolar e Educacional (ABRAPEE)
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2010 PT
Relevância na Pesquisa
116.35%
Este trabalho discute a atuação do psicólogo escolar no incentivo à elaboração do Projeto-Político-Pedagógico pela comunidade escolar. Aborda temas como política, relações de dominação/hierarquização escolares, formação/atuação do psicólogo escolar e exercício da autonomia. Abdicando da autoridade de especialista servindo à normatização, o psicólogo pode questionar relações de hierarquização escolares, bem como sensibilizar quanto à ideia de que a identidade da escola é historicamente construída e sua realidade é modificável pela ação coletiva da comunidade. Atuou-se numa escola pública de Ensino Fundamental, séries iniciais, de Brasília-DF, utilizando a observação participante em reuniões semanais com a equipe pedagógica e pensando-se a postura do psicólogo como mediador. O Projeto-Político-Pedagógico é importante mecanismo de trabalho coletivo, permitindo a constituição da identidade da escola, de posicionamentos políticos e diretrizes de trabalho coerentes com cada realidade. Enfatizou-se a consolidação de um processo de reconhecimento da possibilidade de autonomia na construção do Projeto-Político-Pedagógico pela equipe pedagógica.

A atuação do psicólogo escolar na rede particular de ensino

Souza,Cláudia Silva de; Ribeiro,Maria José; Silva,Silvia Maria Cintra da
Fonte: Associação Brasileira de Psicologia Escolar e Educacional (ABRAPEE) Publicador: Associação Brasileira de Psicologia Escolar e Educacional (ABRAPEE)
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2011 PT
Relevância na Pesquisa
126.35%
Os trabalhos encontrados na literatura recente acerca da atuação do psicólogo escolar focam, predominantemente, o âmbito do ensino público. Assim, este estudo investiga a prática deste profissional na rede particular de ensino, fundamentado em pressupostos qualitativos, sob a perspectiva histórico-cultural. Realizamos entrevistas semiestruturadas com doze psicólogos escolares da rede particular de ensino da cidade de Uberlândia/MG e constatamos que a inserção destes no segmento educacional privado reflete, dentre outros fatores, questões históricas relacionadas à constituição da Psicologia Escolar no Brasil, desdobradas na imagem social do psicólogo escolar. As modalidades de trabalho desenvolvidas pelos participantes deste estudo são predominantemente tradicionais, sustentadas por uma formação que revela uma tendência ao ecletismo teórico e dificuldades na apropriação dos avanços científicos mais recentes da área. O estudo aponta a necessidade de um maior investimento das instituições formadoras e dos profissionais atuantes, para ampliar o campo de atuação do psicólogo escolar e possibilitar práticas emancipatórias.

Afetividade e atuação do psicólogo escolar

Gaspar,Fernanda Drummond Ruas; Costa,Thaís Almeida
Fonte: Associação Brasileira de Psicologia Escolar e Educacional (ABRAPEE) Publicador: Associação Brasileira de Psicologia Escolar e Educacional (ABRAPEE)
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2011 PT
Relevância na Pesquisa
106.19%
O presente artigo buscou investigar as concepções e práticas do psicólogo escolar acerca da afetividade na relação professor-aluno. Para atender o respectivo objetivo, foram realizadas entrevistas com quatro psicólogas escolares da cidade de Salvador, que atuam em escolas particulares e no ensino fundamental. A análise qualitativa dos dados contribuiu com a elaboração de três eixos de análise: 1) O papel e as demandas do trabalho do psicólogo escolar; 2) Concepções dos psicólogos acerca da afetividade na mediação pedagógica; 3) Estratégias de suporte ao professor na mediação pedagógica. A maioria dos dados analisados indicou que há diversas vertentes nas quais o psicólogo pode configurar intervenções com foco na afetividade, a exemplo de uma maior aproximação do corpo docente e coordenação pedagógica, elaboração de trabalhos direcionados ao currículo escolar, implantação de projetos de formação para professores, observações periódicas na sala de aula e reflexões frente à didática utilizada pelo professor.

A atuação do psicólogo no ensino público do Estado do Paraná

Lessa,Patrícia Vaz de; Facci,Marilda Gonçalves Dias
Fonte: Associação Brasileira de Psicologia Escolar e Educacional (ABRAPEE) Publicador: Associação Brasileira de Psicologia Escolar e Educacional (ABRAPEE)
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2011 PT
Relevância na Pesquisa
116.26%
Este artigo objetiva apresentar dados da pesquisa que teve como finalidade identificar e analisar as práticas desenvolvidas pelos psicólogos da rede pública do Estado do Paraná frente às queixas escolares. Discorreremos brevemente sobre a constituição histórica da atuação do psicólogo escolar, pautada inicialmente por uma visão tradicional, que foi alvo de críticas por volta de 1980, culminando com uma atuação baseando-se em pressupostos da Psicologia Histórico-Cultural, fundamentada no marxismo; em seguida, apresentaremos alguns dos dados dos questionários, caracterizando a primeira fase da pesquisa. Dentre os principais resultados, salientamos que os profissionais vivenciam um momento de transição, pois percebemos, ao longo da pesquisa, que existe um movimento de avanço nas práticas e na compreensão das queixas escolares, evidenciadas nas ações que envolvem todo o contexto escolar. Finalizando, destacamos a importância da perspectiva da Psicologia Histórico-Cultural, considerando que ela trabalha em prol do processo de humanização e pode contribuir para auxiliar os psicólogos na compreensão do homem concreto.

Psicologia Escolar e possibilidades na atuação do psicólogo: algumas reflexões

Dias,Ana Cristina Garcia; Patias,Naiana Dapieve; Abaid,Josiane Lieberknecht Wathier
Fonte: Associação Brasileira de Psicologia Escolar e Educacional (ABRAPEE) Publicador: Associação Brasileira de Psicologia Escolar e Educacional (ABRAPEE)
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2014 PT
Relevância na Pesquisa
106.34%
A Psicologia Escolar, área tradicional da profissão de psicólogo no Brasil, sofre diversas críticas referentes ao modo como são conduzidas determinadas práticas em seu contexto, por isso necessita ser constantemente repensada e discutida. O presente artigo propõe uma reflexão sobre a Psicologia Escolar e sua(s) possibilidades de atuação. Inicialmente realiza-se uma contextualização histórica sobre a Psicologia Escolar, com a observação de que esse é um campo ainda em construção no Brasil. Em um segundo momento, busca-se elucidar alguns aspectos que hoje tornam a Psicologia Escolar uma área específica e de grande importância na atuação do psicólogo. Por fim, discute-se a necessidade tanto de o psicólogo atuar com os diferentes atores presentes no contexto educacional quanto de trabalhar de forma interdisciplinar na escola e em qualquer outro ambiente no qual sejam desenvolvidos processos de ensino-aprendizagem.

Revendo a atuaçao do psicólogo escolar diante das crianças com dificuldades no processo de aquisiçao da leitura e da escrita

Coll, Liliane da Rosa
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Teses e Dissertações Formato: application/pdf
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
96.26%
Resumo: O tema central do presente estudo é a atuação dos psicólogos escolares nos Centros de Atendimento ao Educando( CAEs), em um município do Estado do Rio Grande do Sul, com alunos de primeira e segunda séries do ensino fundamental que apresentaram dificuldades no processo de aquisição da leitura e da escrita. Trata-se de um estudo de caso, exploratório, em que foram coletados e qualitativamente analisados os dados seguintes: o conteúdo de entrevistas com oito psicólogos escolares; o conteúdo dos prontuários elaborados por esses psicólogos; o conteúdo de entrevistas com os professores acerca dos motivos que os levaram a encaminhar os alunos e acerca dos resultados por eles percebidos do atendimento do psicólogo escolar. Foi verificado que a maioria dos psicólogos escolares da amostra, diante das dificuldades infantis no processo de aquisição da leitura e da escrita, seguem atuando, conforme o modelo clínico com variações: curativa, psicométrica e preventiva. A conclusão é a de que novas formas de atuar deste profissional estão surgindo lentamente; mas, modificações efetivas quanto à sua atuação com as crianças com dificuldades no processo de aquisição da lecto/escrita, têm sido pouco empregadas. Logo...

Prática de coordenação pedagógica e concepções acerca da atuação em psicologia escolar: desvendando um contexto, repensando caminhos

Andrade, Soraya Souza de
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Psicologia; Psicologia, Sociedade e Qualidade de Vida Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Psicologia; Psicologia, Sociedade e Qualidade de Vida
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
106.1%
Considering the necessary approaches with the quotidian of the pedagogical field mentioned in the recent productions in Psychology about the insertion of psychologists in the school field, the objective of this work was to know and to understand the dynamics of functioning of a team of pedagogical coordination, intending to produce reflections on the possibilities of action in school psychology with these professionals. Our field of research was the Municipal School Teacher Emília Ramos (EMPER), considering its peculiar history, distinguished by a constant effort of achievement of the school success by its pupils. As subject of the study, six pedagogical coordinators participated, who worked at the school in the diurne turns, where regular classrooms of 1º cycle of basic education functioned. As procedures, we use participant observations and open interviews, focusing the activities performed by the coordinators and its possible demands to psychology. We use the analysis of content for the production of results. These results evidenced a work of coordination realized on a structured routine, but flexible, centered around the activity of conduction of groups of studies with the teachers. We grouped the demands to psychology in four thematic groups: diagnosis and attending the pupils; orientation to the families...

A formação de psicólogos escolares no Brasil: uma revisão bibliográfica

Santos,Fábia de Oliveira; Toassa,Gisele
Fonte: Associação Brasileira de Psicologia Escolar e Educacional (ABRAPEE) Publicador: Associação Brasileira de Psicologia Escolar e Educacional (ABRAPEE)
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2015 PT
Relevância na Pesquisa
86.37%
Resumo:O presente artigo é um dos resultados do Projeto multicêntrico "A formação do psicólogo escolar e as Diretrizes Curriculares em psicologia: concepções teóricas, bases metodológicas e atuação profissional" e teve como objetivo elaborar um panorama das discussões sobre a formação do psicólogo escolar no Brasil. A pesquisa ocorreu na base de dados LILACS, com a palavra-chave "formação do psicólogo escolar". Foram analisados 19 trabalhos entre os anos de 1988 e 2011, que discutiam temas entre a formação e a atuação do psicólogo escolar. Concluiu-se que a formação profissional em psicologia escolar, segundo os autores pesquisados, não tem se constituído como prioritária para a formação do psicólogo. Há também a necessidade de se desenvolver pesquisas e aprimorar os conhecimentos da área de psicologia escolar, principalmente no que tange aos currículos dos cursos e à metodologia pela qual os conteúdos são ministrados aos alunos.

Expectativas de educadores sobre a atuação do psicólogo escolar: relato de pesquisa

Prudêncio,Luísa Evangelista Vieira; Gesser,Marivete; Oltramari,Leandro Castro; Cord,Denise
Fonte: Associação Brasileira de Psicologia Escolar e Educacional (ABRAPEE) Publicador: Associação Brasileira de Psicologia Escolar e Educacional (ABRAPEE)
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2015 PT
Relevância na Pesquisa
116.28%
O presente estudo teve como objetivo identificar as necessidades de intervenção profissional em Psicologia em escolas de uma capital do sul do país. Para a obtenção das informações, foram realizadas entrevistas semiestruturadas com 40 profissionais de 16 instituições de ensino, sendo essas escolas, creches e núcleos de educação infantil. A partir da análise das informações, identificaram-se três diferentes expectativas de atuação do psicólogo: a) o psicólogo como um profissional que atua na resolução de conflitos entre a família e a escola; b) o psicólogo como um profissional que atua no diagnóstico e no atendimento individual dos "alunos-problema", e c) o psicólogo como um profissional da prevenção e da promoção de saúde. O estudo mostrou que urgeinvestir em uma formação de professores atenta à complexidade de elementos constituintes dos processos educativos e na formação de psicólogos preparados para se posicionarem na contracorrente das demandas medicalizantes.

A atuação do psicólogo escolar na rede particular de ensino da cidade de Uberlândia- MG

Souza, Cláudia Silva de
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
106.27%
Os trabalhos encontrados na literatura recente acerca da atuação do psicólogo escolar focamse, predominantemente, ao âmbito do ensino público. Assim, este estudo investiga a prática deste profissional na rede particular de ensino, fundamentado em pressupostos qualitativos, sob a perspectiva histórico-cultural. Realizamos entrevistas semi-estruturadas com doze psicólogos escolares da rede particular de ensino da cidade de Uberlândia/MG e constatamos que a inserção destes no segmento educacional privado reflete, dentre outros fatores, questões históricas relacionadas à constituição da Psicologia Escolar no Brasil, desdobradas na imagem social do psicólogo escolar. As modalidades de trabalho desenvolvidas pelos profissionais deste estudo são predominantemente tradicionais, sustentadas por uma formação que revela uma tendência ao ecletismo teórico e dificuldades na apropriação dos avanços científicos mais recentes da área. O estudo aponta a necessidade de um maior investimento das instituições formadoras e dos profissionais atuantes para ampliar o campo de atuação e possibilitar práticas emancipatórias. ______________________________________________________________________________ ABSTRACT; The works found in recent literature relating to the school psychologist's performance have been predominantly focused on the ambit of public teaching. Thus...

Relação professor-aluno: a importância da atuação do psicólogo escolar junto ao professor

Lopes, Cristiana França
Fonte: Centro Universitário de Brasília Publicador: Centro Universitário de Brasília
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
PT_BR
Relevância na Pesquisa
106.36%
Esta monografia aborda questões relacionadas às relações estabelecidas no ambiente escolar, especialmente a relação professor-aluno e às contribuições da atuação do psicólogo escolar junto aos professores para melhorar, ainda mais, a qualidade da relação professor-aluno. O objetivo geral da monografia é discutir, por meio de pesquisa bibliográfica, como o psicólogo escolar pode contribuir com o professor, para o aprimoramento da qualidade na relação professor-aluno e, assim, contribuir para o sucesso nos processos de ensino e aprendizagem. Dessa forma, foi analisada a importância das relações interpessoais no espaço escolar, em especial, a relação professor-aluno, bem como o papel que deve assumir o professor nessa relação. Foi analisado, ainda o papel da afetividade para os processos de ensino e aprendizagem, entendendo-a como relevante para o sucesso escolar. Por fim, foram analisadas as contribuições da psicologia escolar na formação do professor, tendo como foco a relação professor-aluno, partindo de um breve histórico sobre a atuação da psicologia escolar. Conclui-se, portanto, com essa pesquisa bibliográfica, a importância de reconhecer a relação professor-aluno como relevante para o sucesso escolar e que atuação do psicólogo escolar junto ao professor é de suma importância...

Contribuições da Psicologia Histórico-Cultural para a formação e atuação do psicólogo em contexto de Educação Inclusiva; Contribuciones de la Psicología Histórico-Cultural para la formación y actuación del psicólogo en contexto de Educación Inclusiva; Historical-cultural psychology contributions to the psychologist’s professional training and practice in the context of inclusive education; Contributions de la psychologie historique-culturel pour la formation et performance du psychologue dans contexte d'éducation inclusive

Barroco, Sonia Mari Shima; Souza, Marilene Proença Rebello de
Fonte: Universidade de São Paulo. Instituto de Psicologia Publicador: Universidade de São Paulo. Instituto de Psicologia
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/03/2012 POR
Relevância na Pesquisa
86.25%
Este texto objetiva discutir contribuciones de la Psicología Histórico-Cultural para la formación y la actuación del psicólogo junto a la educación, en un contexto de Educación Inclusiva. Se destacan los fundamentos y principios de la educación para personas con deficiencia, así como postulados de la teoría de Vigotski referentes a la formación y a la actuación de los psicólogos. Se considera que la perspectiva teórica elaborada por el autor soviético contribui por: destacar la transitoriedad de los eventos y fenómenos; atrelar el mundo de las ideas, valores y representaciones a la vida objetiva y a la práctica social; relacionar propuestas educacionales a un determinado proyecto de sociedad; defender la posibilidad del desvendamiento de la constitución social del psiquismo y de la posible intervención sobre la misma; requisitar una condición de desarrollo humano sobre el patamar del hombre cultural y libre. Por fin, se destaca el hecho de que la Educación Inclusiva debe se referir al proceso de apropiación y usufruto de las producciones humanas más complejas, elaboradas en las diferentes áreas de la vida y del conocimiento.; Este texto objetiva discutir contribuições da Psicologia Histórico-Cultural para a formação e a atuação do psicólogo junto à educação...

A atuação do psicólogo escolar no Ensino Superior e a formação de professores; La actuación del psicólogo escolar en la Enseñanza Superior y la formación de profesores; The role of the school psychologist in higher education and the teachers’ training; La performance du psychologue scolaire dans l’enseignement superieur et la formation de professeurs

Zavadski, Kelly Cristina; Facci, Marilda Gonçalves Dias
Fonte: Universidade de São Paulo. Instituto de Psicologia Publicador: Universidade de São Paulo. Instituto de Psicologia
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/12/2012 POR
Relevância na Pesquisa
126.41%
Este articulo tiene como objetivos argumentar sobre aspectos que envuelven la actuación del psicólogo en el ámbito de la Enseñanza Superior, a partir de los presupuesto de la Psicología Histórico-Cultural. Destacamos la posibilidad de actuación del psicólogo escolar en la formación de profesores en este nivel de la enseñanza, vislumbrando su contribución para que el docente pueda entender acerca de los conceptos. Presentamos también los resultados de entrevistas realizadas con 20 profesores de una IES, en 2009, que buscaron analizar la comprensión de los mismos sobre la relación desarrollo y aprendizaje y trabajo del psicólogo escolar. Concluyendo, considerando que la propuesta de una intervención de la Psicología en la formación de profesores puede contribuir para que los docentes comprendan lo cuanto el desarrollo psicológico no tiene límites y como la actividad pedagógica, en la transmisión y apropiación de los conocimientos, puede llevar el alumno a un mayor desarrollo de su capacidad intelectual.; This article aims to discuss issues involving the role of psychologists in the higher education context, based on the assumptions of Historical-Cultural Psychology. We point out the possibility of the scholar psychologist actuation in teacher education at this level...