Página 1 dos resultados de 183 itens digitais encontrados em 0.001 segundos

A new species of the fungus-farming ant genus Mycetagroicus Brandão & Mayhé-Nunes (Hymenoptera, Formicidae, Attini); Uma nova espécie de formiga cultivadora de fungo, do gênero Mycetagroicus Brandão & Mayhé-Nunes (Hymenoptera, Formicidae, Attini)

BRANDÃO, Carlos Roberto Ferreira; MAYHÉ-NUNES, Antonio José
Fonte: Sociedade Brasileira De Entomologia Publicador: Sociedade Brasileira De Entomologia
Tipo: Artigo de Revista Científica
ENG
Relevância na Pesquisa
27.58%
The fungus-farming ant genus Mycetagroicus Brandão & Mayhé-Nunes was proposed based on three species from the Brazilian "Cerrado": M. cerradensis, M. triangularis and M. urbanus. Here we describe a new species of Attini ant of the genus Mycetagroicus, M. inflatus n. sp., based on two workers collected in eastern Pará State, Brazil. A new key for species identification, comments on differences among species and new geographical distribution data are furnished.; O gênero de formigas cultivadoras de fungos, Mycetagroicus Brandão & Mayhé-Nunes, foi proposto com base em três espécies do Cerrado: M. cerradensis, M. triangularis e M. urbanus. Neste trabalho descrevemos uma nova espécie de Attini do gênero Mycetagroicus, M. inflatus n. sp., baseada em duas operárias coletadas no leste do Pará, Brasil. Apresentamos uma nova chave para a identificação das espécies, comentários sobre as diferenças entre as espécies e novos dados sobre a distribuição geográfica.; Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)

Parabiosis between basal fungus-growing ants (Formicidae, Attini)

SANHUDO, C. E. D.; IZZO, T. J.; BRANDAO, C. R. F.
Fonte: BIRKHAUSER VERLAG AG Publicador: BIRKHAUSER VERLAG AG
Tipo: Artigo de Revista Científica
ENG
Relevância na Pesquisa
37.4%
We describe the first observation of parabiosis between two Attini ants (Apterostigma urichii Forel and Cyphomyrmex faunulus Wheeler) found in northern Manaus, AM, Brazil. Complete, mature colonies of both species were found in a single cavity inside a rotten log, sharing and tending a single combined fungus garden, made up of two distinct halves, each cultivated by one species. Workers of one species often antennated workers of the other species and showed no aggression toward each other or toward each other`s workers, queens, or immatures. Laboratory observations suggest that immatures of both species feed on hyphae from either half of the fungus garden. We were not able to find other parabiotic pairs involving the same species in the same locality, although we found colonies of both species sharing trails and foraging territories.

Nesting biology of the fungus growing ants Mycetarotes Emery (Attini, Formicidae)

Solomon, S. E.; Mueller, U. G.; Schultz, T. R.; Currie, C. R.; Price, S. L.; da Silva-Pinhati, ACO; Bacci, M.; Vasconcelos, H. L.
Fonte: Birkhauser Verlag Ag Publicador: Birkhauser Verlag Ag
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 333-338
ENG
Relevância na Pesquisa
37.4%
Fungus-growing ants of the genus Mycetarotes are among the least studied in the tribe Attini. This report documents nest architecture and worker population numbers for 19 nests of M. parallelus and 5 nests of M. acutus, including the first such report for M. acutus. This new information is integrated with the scant biological information reported on Mycetarotes to date. The resulting picture of Mycetarotes life history, as well as the relative ease with which large numbers of nests can be collected and observed in the field, suggest that Mycetarotes (particularly M. parallelus) is an ideal model system for the study of coevolution of lower-attine ants and their cultivated fungi.

Isolation and maintenance of symbiotic fungi of ants in the tribe Attini (Hymenoptera: Formicidae)

Silva-Pinhati, Ana C.O.; Bacci Junior, Mauricio; Siqueira, Célia G.; Silva, Aline; Pagnocca, Fernando Carlos; Bueno, Odair C.; Hebling, Maria José Aparecida
Fonte: Sociedade Entomológica do Brasil Publicador: Sociedade Entomológica do Brasil
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 1-5
ENG
Relevância na Pesquisa
27.71%
O isolamento e a manutenção de fungos basidiomicetos simbiontes de formigas da tribo Attini tem sido dificultado pela baixa velocidade de crescimento desses fungos, bem como pela presença de muitos microrganismos que vivem na superfície do material que as formigas mantêm no interior nos ninhos como substrato para o crescimento dos seus fungos simbiontes. No presente trabalho nós descrevemos um método que aumenta em mais de sete vezes a eficiência de isolamento desses fungos, quando comparada àquela obtida por procedimentos tradicionais. Ninhos subterrâneos de formigas atíneas dos gêneros Atta, Acromyrmex, Trachymyrmex e Mycetarotes foram localizados e deles foram coletadas amostras contendo fungos simbiontes e formigas, que foram transportadas para o laboratório, onde as formigas foram capazes de limpar a cultura do fungo e estimular o seu crescimento. em seguida, porções dos micélios foram assepticamente coletadas e transferidas para meio Yeast Nitrogen Base contendo glicose e cloranfenicol. Para facilitar a manutenção dos isolados em culturas de laboratório, diferentes nutrientes foram analisados para a elaboração de um meio de cultivo complexo, que possibilitou aumentar a velocidade de crescimento dos fungos e estocá-los por longos períodos. O método foi aplicado com sucesso para os fungos simbiontes de todos os gêneros de formigas estudados...

Nuclear mitochondrial-like sequences in ants: Evidence from Atta cephalotes (Formicidae: Attini)

Martins, J.; Solomon, S. E.; Mikheyev, A. S.; Mueller, U. G.; Ortiz, A.; Bacci, M.
Fonte: Universidade Estadual Paulista Publicador: Universidade Estadual Paulista
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 777-784
ENG
Relevância na Pesquisa
37.4%
Nuclear mitochondrial-like sequences (numts) are copies of mitochondrial DNA that have migrated to the genomic DNA. We present the first characterization of numts in ants, these numts being homologues to a mitochondrial DNA fragment containing loci the 3′ portion of the cytochrome oxidase I gene, an intergenic spacer, the tRNA leucine gene and the 5′ portion of the cytochrome oxidase II gene. All 67 specimens of Atta cephalotes (Hymenoptera: Formicidae: Attini) investigated had these homologues, which are within two monophyletic groups that we called numt1 and numt2. Numt1 and numt2 sequences are less variable than mitochondrial sequences and released from the severe purifying selection constraining the evolution of mitochondrial genes. Their formation probably involved bottlenecks related to two distinct transfer events of ancient and fast evolving mitochondrial DNA fragments to comparative slowly evolving nuclear DNA regions. © 2007 The Authors.

Descrição da diversidade de fungos associados a formigas Attini por método independente de cultivo

Mantovani, Joana Daniela
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 60 f. : il., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
27.58%
Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP); Processo FAPESP: 11/04053-6; Pós-graduação em Ciências Biológicas (Biologia Celular e Molecular) - IBRC; A associação entre formigas cortadeiras da tribo Attini e micro-organismos é reconhecidamente vasta. No presente trabalho verificou-se a presença de variados táxons de fungos relacionados às operárias da formiga cortadeira Atta laevigata. Operárias foram coletadas do interior do ninho e na trilha de forrageio,nas cidades de Rio Claro e Bauru, e parte dessas formigas passaram por um procedimento de limpeza para retirada de micro-organismos externos ao corpo e a outra parte não foi submetida à lavagem.Dos dois grupos o DNA foi extraído e amplificado para a região rRNA ITS de fungos. Essa região foi sequenciada e utilizada na identificação de unidades taxonômicas moleculares operacionais (MOTUs). Cinquenta táxons moleculares foram identificados, sendo vinte contaminantes eventuais, facilmente removíveis pela limpeza, e 30 simbiontes internos ou mais fortemente aderidos ao corpo das operárias. Dentre esses 30 táxons, quatro (Cladosporium cladosporioides, Epicocum sp., Hypocrea virens e Nigrospora sp.) foram identificados nas duas localidades geográficas e em grande quantidade...

Leveduras isoladas de ninhos de formigas da tribo Attini (Hymeniptera: Formicidae)

Carvalho, Tatiana de Freitas Costa de
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 111 f. : il., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
27.92%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Pós-graduação em Ciências Biológicas (Microbiologia Aplicada) - IBRC; A simbiose entre as formigas Attini e o fungo cultivado permitiu a expansão das suas colônias e a utilização dos fungos como parte da dieta alimentar dos adultos e como principal alimento das larvas. Em troca, as formigas suprem os fungos com substrato vegetal, dão abrigo, os dispersam para novas localidades e oferecem proteção contra seus predadores e patógenos. Apesar dos diversos mecanismos para manter o ninho livre de outros micro-organismos, bactérias, leveduras e fungos filamentosos podem ser encontrados. Na literatura, há pouca informação sobre a presença e o papel biológico das leveduras em ninhos de Attini. Portanto, neste trabalho a ênfase foi isolar e identificar as leveduras encontradas em jardins de fungo e em alguns materiais de descarte de ninhos de Attini. Esta abordagem permitiu a criação de um banco de estirpes específico que deverá ser utilizado em outras pesquisas que possam possibilitar uma análise mais apronfundada sobre a participação delas na simbiose. Foram analisados quarenta e quatro ninhos pertencentes a espécies de Attini de sete gêneros distintos...

Atividade antimicrobiana de actinobactérias isoladas de formigas Attini (Hymenoptera: Formicidae)

Mendes, Thais Demarchi
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 93 f. : il., figs., gráfs., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
27.71%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Pós-graduação em Ciências Biológicas (Microbiologia Aplicada) - IBRC; As formigas da tribo Attini apresentam como hábito comum o cultivo de fungos Basidiomicetos, com os quais mantêm uma associação simbiótica permanente e obrigatória. Para proteger o ninho da infecção pelo parasita Escovopsis spp. as formigas adotaram diversos mecanismos, entre eles a associação com a actinobactéria simbionte, Pseudonocardia spp. O objetivo deste trabalho foi avaliar a atividade antimicrobiana de actinobactérias isoladas da cutícula de formigas Attini. Na primeira parte do trabalho foi avaliada a atividade antagonista de actinobactérias isoladas de Trachymyrmex spp. sobre o parasita Escovopsis sp. e outros microfungos isolados de jardim de fungo. Admite-se que a bactéria simbionte pertença ao gênero Pseudonocardia, porém, mostramos neste trabalho que outras actinobactérias não-Pseudonocardia também estão presentes na cutícula destas formigas. Foram isoladas 38 estirpes de actinobactérias e todos apresentaram atividade inibitória sobre pelo menos uma das estirpes de Escovopsis sp. Os resultados mostraram ainda que actinobactérias não-Pseudonocardia apresentaram maior nível de inibição sobre o parasita. Contrariando a hipótese de que Pseudonocardia spp. produzem antifúngicos que atuam especificamente sobre Escovopsis spp....

Streptomyces associados a formigas da tribo Attini e seus efeitos sobre os fungos Escovopsis weberi e outros microrganismos

Favarin, Etienne Cristina
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 62 f. : il., gráfs., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
27.58%
Pós-graduação em Ciências Biológicas (Microbiologia Aplicada) - IBRC; A simbiose entre as formigas cortadeiras e seu fungo originou-se a aproximadamente 50 milhões de anos. A diversidade biótica dos formigueiros, no entanto, não se restringe apenas à formiga e ao fungo simbionte. Recentemente foi descoberto um terceiro mutualista, uma bactéria filamentosa do grupo dos actinomicetos, cuja principal função seria a inibição do crescimento de parasitas do jardim de fungos, especialmente o fungo conhecido como Escovopsis sp, através da produção de antibióticos. O presente trabalho teve como objetivos verificar o potencial das linhagens de Streptomyces, que foram isoladas de Attini, como produtoras de substâncias antimicrobianas frente aos fungos Escovopsis weberi e outros microrganismos e também a caracterização dessas linhagens através de técnicas de biologia molecular. Foram selecionadas nove linhagens de Streptomyces, que foram cultivadas em meio SCN líquido, para a obtenção dos filtrados. Para os ensaios de antibiose envolvendo os fungos Escovopsis weberi, foram testadas diferentes concentrações de filtrados adicionadas ao meio A sólido e foi verificada a porcentagem de germinação dos conídios em cada concentração. Para a determinar a atividade dos filtrados frente as bactérias e leveduras...

A glândula metapleural e suas secreções em formigas cultivadoras (Attini) e não cultivadoras de fungos (Myrmicini, Blepharidattini e Ectatommini) (Hymenoptera: Formicidae)

Vieira, Alexsandro Santana
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 188 f. : il., figs., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
27.8%
Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP); Pós-graduação em Ciências Biológicas (Biologia Celular e Molecular) - IBRC; A glândula metapleural é um órgão exclusivo das formigas e sua principal função seria a de produzir secreções antibióticas. O objetivo foi de investigar e comparar as possíveis modificações na morfologia interna da glândula metapleural, assim como a composição química das suas secreções nas formigas cultivadoras (Attini) e não cultivadoras de fungos (Ectatommini, Blepharidattini e Myrmicini). Ficou demonstrado que a glândula metapleural nos grupos Ectatommini, Myrmicini, Blepharidatiini e Attini (basal e derivada), apresentam suas porções: secretora formada por várias células secretoras, e armazenadora (reservatório), conectadas entre si por meio de canalículos (intra e extracitoplasmáticos). As Attini derivadas e basais (cultivadoras de fungos) diferiram das não cultivadoras de fungos, por possuírem as células secretoras com forma oval. Ainda, as células secretoras da glândula metapleural das formigas cortadeiras apresentaram muitas mitocôndrias próximas as microvilosidades da porção intracitoplasmática do canalículo, ao contrário dos outros grupos...

Desenvolvimento de Pipelines para análise de EST, bibliotecas ITS e 16S para estudos genômicos em formigas Attini

Ferro, Milene
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 130 f. : il., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
27.8%
Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP); Pós-graduação em Ciências Biológicas (Biologia Celular e Molecular) - IBRC; As formigas Attini são destacadas pragas agrícolas e invertebrados modelos em estudos em genômica, metagenômica, sistemática e evolução molecular. Tais estudos têm gerado milhares de sequências nucleotídicas, cuja análise demanda o uso de diferentes programas de Bioinformática em processamentos automatizados. Pensando nisso, foram desenvolvidos protocolos para análises de ESTs e de bibliotecas de sequências ITS e 16S obtidas de formigas Attini. Foi desenvolvida uma arquitetura baseada no padrão MVC e J2EE responsável por todos os processos cliente-servidor. Os protocolos foram implementados na forma de pipelines em que cada componente é um serviço web em REST acoplado a arquitetura desenvolvida. bESTscan realiza a anotação de sequências EST transcriptômicas, 16Scan e ITScan realizam análises de ecologia microbiana, para bactérias (sequências 16S) e para fungos (sequências ITS) respectivamente, bem como identifica as sequências através de pesquisas em bancos de dados públicos. O sistema computacional desenvolvido automatiza a anotação de sequências para um pequeno volume de sequências como as obtidas por Sanger ou para grande volume de dados como as geradas por Sequenciadores de Nova Geração...

O papel dos microfungos associados aos jardins das formigas Attini (Hymenoptera: Formicidae)

Rodrigues, André
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 148 f. : il., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
27.8%
Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq); Pós-graduação em Ciências Biológicas (Microbiologia Aplicada) - IBRC; As formigas da tribo Attini são conhecidas pela complexa simbiose que mantêm com fungos, os quais cultivam como alimento. É sabido que além desse fungo, outros microrganismos podem ser encontrados nos ninhos desses insetos e estudos prévios apontaram que alguns microfungos (i.e. leveduras e fungos filamentosos) podem ser importantes nessa simbiose. O objetivo do presente trabalho foi avaliar o papel desses microfungos associados aos jardins dessas formigas. Analisando várias espécies do gênero Acromyrmex do sul do Brasil, demonstrou-se que as formigas importam uma comunidade diversa de microfungos para seus ninhos, provavelmente provenientes do solo e do substrato vegetal que as formigas utilizam para cultivar seu fungo. Num segundo estudo, avaliando formigas Attini da América do Norte (Atta texana, Trachymyrmex septentrionalis e Cyphomyrmex wheeleri) observou-se que a estrutura das comunidades de microfungos nos jardins desses insetos não se correlaciona com a variação sazonal, sugerindo que não existam relações espécie-específicas entre as formigas e os microfungos. Apesar de tais microrganismos não serem especialistas dos jardins desses insetos...

Fungi associated with Acromyrmex and basal Attini ants from Argentina and Brasil

Masiulionis, Virginia Elena
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 171 f. : il., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
27.87%
Pós-graduação em Ciências Biológicas (Microbiologia Aplicada) - IBRC; As formigas cultivadoras de fungo (tribo Attini) são insetos eusociais, os quais formam colônias de centenas até milhões de indivíduos, sendo o fungo a principal fonte de alimentação das larvas e a rainha. Segundo sua fungicultura, elas são divididas em grupos, onde encontram-se as denominadas agricultura de “Lower-Attini” (agricultura das formigas basais) e aquelas com agricultura derivada ou “Higher-Attini”. Dentro da agricultura derivada, estão as formigas conhecidas como “cortadeiras”, que cortam material vegetal fresco para utilizar como substrato para o fungo mutualista que cultivam, enquanto que as formigas com agricultura basal, usam como substrato exoesqueleto e fezes secas de insetos, sementes, material de serrapilheira e folhas secas. Dentro dos ninhos, constroem câmeras onde mantém o fungo formando uma estrutura em forma de esponja chamada de “jardim de fungo”. O substrato é constantemente renovado e o material vegetal, uma vez tendo propiciado o crescimento do fungo é descartado, segundo a espécie de formiga, em câmaras especiais dentro do ninho ou externamente ao ar livre. Ainda, não se sabe muito sobre a estrutura e diversidade das comunidades de micro-organismos associados aos ninhos...

Diversidade e evolução na simbiose entre bactérias e formigas Attini

Marchiori, Ana Carolina
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 95 f. : il., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
28.09%
Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP); Processo FAPESP: 09/09258-5; Pós-graduação em Ciências Biológicas (Biologia Celular e Molecular) - IBRC; Ants of the Attini tribe are known for the habit of cultivating mutualistic fungi (Basidiomycota) on a variety of harvested materials to form what is called the fungus garden. This habit originated approximately 50 million years ago in South America and gave rise to five agricultural systems, which differ in the type of fungus and collected material. Attine ants utilize the fungus garden as a source of nutrients and enzymes, which are not only produced by the mutualistic fungus, but also by other microbes present in the garden. Therefore, for ants and fungi have access to these nutrients associations with other microorganisms became necessary. Studies of microbial community associated with attine ants are mostly related to the fungus gardens and aim to explore the mechanisms of plant biomass degradation. Information on the microbiota associated with the body of ants and its function are still lacking. Attine ants rely on microbial symbionts for nutrition and protection against parasites. On the other hand, some microbes threatens these ants and others appear to be only commensals. In this work...

Associação entre mesoplasma sp e formigas da tribo Attini (Hymenoptera, formicidae)

Mantovani, Joana Daniela
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: 53 f.
POR
Relevância na Pesquisa
27.8%
As formigas da tribo Attini apresentam reconhecida simbiose com microrganismos: fungos mutualistas basidiomicetos nas famílias Lepiotaceae e Pterulaceae cultivados pelas formigas, bactérias actinomicetas ou no gênero Burkholderia produtoras de antibióticos contra fungos entomopatogênicos, fungos ascomicetos do gênero Escovopsis micófagos para o mutualista, e comensais como fungos, leveduras e bactérias que degradam celulose. Um novo mutualista é descrito no presente trabalho: uma espécie de bactéria no gênero Mesoplasma, detectada via PCR para 16S no DNA genômico de Attini derivadas (gêneros Acromyrmex, Atta, Serycomyrmex e Cyphomyrmex), intermediárias (Trachymyrmex) e basais (Apterostigma, Mycetarotes, Mycocepurus e Mycetagroicos). Uma única linhagem de Mesoplasma com baixíssima diversidade 16S esteve presente nas Attini, mas não em formigas de tribos filogeneticamente próximas a Attini, como Dolichoderini (Tapinoma sp), Camponotini (Camponotus sp), Cephalotini (Cephalotes sp), Crematogastrini (Crematogaster sp), Pheidolini (Pheidole sp) e Ponerini (Pachycondyla sp), indicando uma simbiose Mesoplasma-Attini recente e específica.

Ecologia e historia natural de formigas Attini em vegetação de cerrado

Inara Roberta Leal
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 27/08/1998 PT
Relevância na Pesquisa
27.8%
O objetivo deste estudo foi coletar dados sobre a biologia geral, ecologia e comportamento de gêneros primitivos da tribo Attini, a fim de fornecer subsídios que ajudem a esclarecer a origem e evolução do hábito de cultivar fungos. O estudo foi desenvolvido em vegetação de cerrado, na Reserva Biológica e Estação Experimental de Mogi-Guaçu (RMG), Mogi-Guaçu - SP, de março de 1995 a outubro de 1997. Através de iscas com laranja e aveia, foram marcadas 313 colônias, pertencentes a seis gêneros e 19 espécies de atíneos primitivos. O número de operárias em uma colônia variou de 81 em Myrmicocrypta a 749 em Sericomyrmex e foi registrado mais que uma fêmea dealada nos gêneros Mycocepurus, Myrmicocrypta, Sericomyrmex e Trachymyrmex. Os ninhos possuíram de uma a quatro câmaras, dispostas de zero a mais de 1 m de profundidade, que continham juntos fungos, operárias, formas jovens e reprodutivas. Foram observados três tipos de jardins de fungo: (1) pequenos pedaços de fungos sem câmaras definidas (Cyphomyrmex), (2) jardins laminares pendendo do teto das câmaras ou de raízes de plantas (Mycetarotes, Mycocepurus e Myrmicocrypta), e (3) jardins amórficos apoiados ao fundo das câmaras (Sericomyrmex e Trachymyrmex). Tanto o número de operárias quanto o volume do jardim de fungo...

The type specimens of fungus growing ants, Attini (Hymenoptera, Formicidae, Myrmicinae) deposited in the Museu de Zoologia da Universidade de São Paulo, Brazil

Klingenberg,Christiana; Brandão,Carlos Roberto F.
Fonte: Museu de Zoologia da Universidade de São Paulo Publicador: Museu de Zoologia da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2005 EN
Relevância na Pesquisa
37.71%
We present here a list of the Attini type material deposited in the Formicidae collection of the Museu de Zoologia da Universidade de São Paulo (MZSP), Brazil. In total, the Attini (fungus-growing and leaf-cutting ants) collection includes types of 105 nominal species, of which 74 are still valid, whereas 31 are considered synonyms. The majority of the types in the MZSP collection are syntypes (74), but in the collection there are 4 species represented only by holotypes, 12 by holotypes and paratypes, 13 species only by paratypes, and 2 species by the lectotype and one paralectotype as well. All holotypes and paratypes refer to valid species. The aim of this type list is to facilitate consultation and to encourage further revisionary studies of the Attini genera.

Brasilianische Pilzzüchter-Ameisen der Gattung Mycetophylax – Lebensweise und Taxonomie; Brazilian fungus growing ants of the genus Mycetophylax – natural history and taxonomy

Klingenberg, Christiana
Fonte: Universidade de Tubinga Publicador: Universidade de Tubinga
Tipo: Dissertação
DE_DE
Relevância na Pesquisa
27.92%
Die Untersuchungen zur Lebensweise von Mycetophylax-Arten (Hymenoptera: Formicidae: Attini) haben gezeigt, dass die drei Arten, die auch nach der taxonomischen Revision noch zu Mycetophylax gehören, vorwiegenden in Brasilien an den Stränden und Restingas des südatlantischen Ozeans vorkommen. Doch gibt es keine direkte Überlappung in der Besiedlung von Mikrohabitaten. Die Arten M. conformis und M. simplex sind zudem in verschiedenen geographischen Breiten zu finden. Mycetophylax morschi (früher Cyphomyrmex) lebt zwar in den gleichen Zonen, die Nester befinden sich aber in der Restinga und nur in solchen Dünen, die bereits von Pflanzenbewuchs geprägt sind. Nester der Arten M. conformis und M. simplex findet man dagegen nur in den Vordünen, ohne oder mit nur sehr wenig Bewuchs. Die Nestarchitekturen sind ähnlich mit einigen artspezifischen Unterschieden. Die Kolonien sind monogyn und enthalten in der Regel weniger als 300 Arbeiterinnen. Mit der Haltung von Labornestern hatte ich nur bei Kolonien von M. conformis über einen längeren Zeitraum Erfolg. Die Ergebnisse der molekularbiologischen Untersuchungen haben Monandrie für die Königinnen aller drei Arten M. conformis, M. simplex und C. morschi ergeben. Die Königinnen haben also nur einmal kopuliert...

Revisão taxonômica e análise filogenética de Basiceros Schulz, 1906 (Formicidae, Myrmicinae, Basicerotini); A taxonomic and phylogenetic analysis of the ant genus Basiceros Schulz, 1906 (Formicidae, Myrmicinae, Basicerotini)

Probst, Rodolfo da Silva
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 04/09/2015 PT
Relevância na Pesquisa
27.71%
Myrmicinae Lepeletier de Saint-Fargeau, 1835 consiste na maior e mais diversificada subfamília de formigas. Embora monofilética, sua taxonomia e a compreensão de suas relações filogenéticas internas ainda merecem mais estudos, muito por conta da grande heterogeneidade morfológica que engloba. Dentre as seis tribos mirmicíneas reconhecidas recentemente, Attini é a que inclui o maior número de espécies. Este estudo representa a primeira tentativa de se analisar as relações filogenéticas internas de um agrupamento dentro da nova configuração reconhecida para esta tribo com base em caracteres moleculares de nove genes (mitocondriais e nucleares) e da morfologia externa. Com foco na taxonomia e sistemática do gênero Basiceros Schulz, 1906, representante de distribuição exclusivamente Neotropical, foram investigadas suas relações filogenéticas sob os métodos da máxima parcimônia (morfologia), máxima verossimilhança (moléculas) e inferência Bayesiana (moléculas e morfologia + moléculas). Os três métodos corroboram a monofilia de Basiceros e de todos seus representantes. Na tentativa de reconstruir a história evolutiva e as relações filogenéticas para o gênero, foi utilizada uma matriz com 53 caracteres morfológicos e 4309 caracteres moleculares. A análise de máxima parcimônia dos caracteres morfológicos sob enumeração implícita resultou em 1 árvore mais parcimoniosa de 117 passos...

The type specimens of fungus growing ants, Attini (Hymenoptera, Formicidae, Myrmicinae) deposited in the Museu de Zoologia da Universidade de São Paulo, Brazil

Klingenberg, Christiana; Brandão, Carlos Roberto F.
Fonte: Universidade de São Paulo. Museu de Zoologia Publicador: Universidade de São Paulo. Museu de Zoologia
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/2005 ENG
Relevância na Pesquisa
37.92%
Apresentamos uma lista dos tipos de formigas criadoras de fungo e cortadeiras (Attini) pertencentes à coleção do Museu de Zoologia da Universidade de São Paulo. A coleção inclui tipos de 105 espécies nominais, das quais 74 são válidas. A maioria dos tipos pertence à categoria de síntipos (74), mas a coleção inclui 4 espécies representadas apenas pelos holótipos, 12 espécies representadas por holótipos e parátipos, 13 espécies representadas apenas por parátipos e duas espécies pelos lectótipos e paralectótipos. Todos os holótipos e parátipos são de espécies válidas. O objetivo dessa publicação é facilitar a consulta e encorajar futuros trabalhos de revisão dos gêneros de Attini.; We present here a list of the Attini type material deposited in the Formicidae collection of the Museu de Zoologia da Universidade de São Paulo (MZSP), Brazil. In total, the Attini (fungus-growing and leaf-cutting ants) collection includes types of 105 nominal species, of which 74 are still valid, whereas 31 are considered synonyms. The majority of the types in the MZSP collection are syntypes (74), but in the collection there are 4 species represented only by holotypes, 12 by holotypes and paratypes, 13 species only by paratypes...