Página 1 dos resultados de 7402 itens digitais encontrados em 0.012 segundos

Atividade física no recreio escolar : estudo de intervenção em crianças do seis aos 12 anos; Actividade física no recreio escolar : estudo de intervenção em crianças do seis aos 12 anos; Physical activity in a school recess : intervention study with children aged 6 to 12 years

Lopes, Luís Carlos Oliveira; Lopes, Vítor Pires; Pereira, Beatriz Oliveira
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Educação Física e Esporte Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Educação Física e Esporte
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2006 POR
Relevância na Pesquisa
76.34%
O objetivo do presente trabalho foi analisar os efeitos de uma intervenção no recreio escolar nos níveis de atividade física em crianças de ambos os sexos, com idades entre os seis e os 12 anos, verificando diferenças entre gêneros e idades. A amostra foi constituída por 158 crianças com uma idade média de 7,8 ± 1,2 anos. A atividade física foi avaliada por acelerometria e o peso medido de forma objetiva. Os alunos foram avaliados em dois recreios distintos: 1) sem intervenção; 2) com intervenção. Em ambos os momentos, cada aluno foi avaliado durante os 30 minutos do recreio. Os resultados indicam que a intervenção resultou num aumento significativo de todos os valores percentuais médios da atividade física total (> 3 MET´s) em ambos os sexos e grupos etários. Este estudo permite-nos concluir que se estas crianças se beneficiaram com a intervenção no recreio escolar, poderá ser benéfica a sua implementação noutras escolas. O recreio escolar afigura-se como um espaço privilegiado de promoção de hábitos de atividade física nas crianças, não devendo por isso ser negligenciado.; This study analysis the effects of an intervention in a playground, in the physical activity level of children aged six to 12 years and explore differences between genders and age groups. The sample comprises 158 children ( = 7.81±1.17 years). Physical activity was accessed by accelerometry and weight was objectively measured. The children were evaluated in two different moments: 1) with an “empty” playground (before intervention); 2) with an “improved” playground (after intervention - with introduction of materials). On both moments which subject was accessed during the 30 minutes of the school recess. The results showed that the intervention in the playground resulted in a significant increase in the physical activity level (> 3 MET´s) in both sex and age groups. This study allow us to take the following conclusions: the children who took part in this research benefited from the playground intervention...

Prevalência e fatores associados a níveis insuficientes de atividade física em jovens estudantes de duas cidades Brasileiras: últimos sete dias e semana típica ou normal

Farias Júnior,José Cazuza de; Siqueira,Fernando Vinholes; Nahas,Markus Vinicius; Barros,Mauro Virgílio Gomes de
Fonte: Escola de Educação Física e Esporte da Universidade de São Paulo Publicador: Escola de Educação Física e Esporte da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2011 PT
Relevância na Pesquisa
76.37%
Este estudo comparou as prevalências de níveis insuficientes de atividade física e fatores associados determinados a partir da medida das atividades físicas praticadas nos últimos sete dias e durante uma semana típica ou normal. Trata-se de uma análise transversal dos dados de base ("baseline data") de uma intervenção escolar randomizada (Projeto Saúde na Boa), que incluiu 2.096 jovens (15-24 anos; 55,6% do sexo feminino), de 20 escolas públicas (10 em Florianópolis e 10 em Recife), pareadas por tamanho e localização geográfica. Os dados foram coletados por meio de questionário previamente validado. Foram classificados como "insuficientemente ativos" os sujeitos que não atingiram dose recomendada de prática de atividades físicas (> 60 minutos diários de atividades físicas de intensidade moderada a vigorosa, > 5dias/semana). A medida de atividade física foi efetuada considerando dois períodos de referência: os últimos sete dias e uma semana típica ou normal. A medida das atividades físicas praticadas considerando a referência dos últimos sete dias resultou em prevalência mais elevada de níveis insuficientes de atividade física em comparação à medida considerando a referência da semana típica ou normal (60...

Barreiras e facilitadores para aderência à prática regular de atividade física, emum programa de assistência ao individuo com hipertenção arterial sistêmica

Silva, Derivan Brito da
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Teses e Dissertações Formato: application/pdf
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
76.42%
Resumo: A Hipertensão Arterial Sistêmica (HAS) é um fator de risco cardiovascular que exige tratamento medicamentoso e não medicamentoso. Dentre as estratégias relacionadas ao tratamento não edicamentoso, encontra-se a prática regular de atividade física, a qual nos últimos anos passou a ser considerada como requisito para a promoção da saúde e qualidade de vida. Esta pesquisa, de natureza qualitativa e de cunho exploratório, teve por objetivo investigar as principais barreiras e facilitadores para a aderência à prática regular de atividade física do Programa de Assistência ao Indivíduo com Hipertensão Arterial Sistêmica de uma Unidade Municipal de Saúde (UMS) de Curitiba, a partir da perspectiva do gestor, de profissionais e de usuários desta UMS. Foram realizadas doze entrevistas semi-estruturadas, no eríodo de agosto a setembro de 2009 com os seguintes sujeitos: o gestor, cinco profissionais e seis indivíduos com HAS. Os dados da pesquisa apontam como principais facilitadores para a prática da atividade física a prática em grupo, os possíveis benefícios à saúde, a prática orientada e a prescrição médica. As principais barreiras são: obrigações familiares, clima, comparecimento às consultas especializadas no dia da prática da atividade física...

Atividade física e Síndrome metabólica em adolescentes

Stabelini Neto, Antonio
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Teses e Dissertações Formato: application/pdf
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
76.41%
Resumo: As doencas do aparelho circulatorio sao, em geral, dependentes da incidencia de fatores de risco. Porem, apesar de um unico fator de risco ser capaz de contribuir para o desenvolvimento de doencas cardiovasculares, eles tendem a se agregar, potencializando a geracao de um efeito de multiplicacao de risco no desenvolvimento de doencas cronicas. Um bom exemplo de agregacao dos fatores de risco e a "sindrome metabolica" (SM), diagnosticada pela coexistencia de pelo menos tres dos seguintes fatores de risco: obesidade abdominal, hipertrigliceridemia, baixa concentracao plasmatica de ghigh density lipoprotein cholesterol h (HDL-C), hipertensao arterial e hiperglicemia em jejum. Apesar das evidencias cientificas de que a origem da SM pode ocorrer prematuramente, ainda sao limitadas as informacoes considerando a etiologia da SM relacionada a pratica de atividade fisica na populacao pediatrica. Neste sentido, esta investigacao teve como objetivo associar o diagnostico de SM com a pratica de atividade fisica em adolescentes de ambos os sexos. Participaram deste inquerito epidemiologico transversal de base escolar, 391 escolares com idades entre 10 e 18 anos. A mensuracao da atividade fisica foi feita atraves do metodo objetivo, utilizando o acelerometro. Os counts alcancados nas diferentes atividades foram convertidos em equivalentes metabolicos (METs) e classificados como atividade moderada . 3...

Estresse, comportamento de risco e atividade física de estudantes pré vetibulandos

Marques, Claudio Portilho
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 88p. : tabs., algumas color.; application/pdf
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
76.36%
Orientador : Prof. Dr. Ricardo Weigert Coelho; Tese (doutorado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Biológicas, Programa de Pós-Graduação em Educação Física. Defesa: Curitiba, 28/03/2014; Inclui referências; Área de concentração: Exercício e esporte; Resumo: O período pré-vestibular parece levar os estudantes a uma prova de autoafirmação social, intelectual e emocional. A sobrecarga de estudos, as mudanças corporais e hormonais frutos da adolescência são fatores que podem levar os indivíduos a instabilidade do comportamento e atingir estágios críticos de estresse. Objetivo: Investigar o estado de estresse e os hábitos de vida de estudantes pré-vestibulandos. Considerar as variáveis sexo, nível de atividade física e hábitos de vida: consumo de tabaco, consumo de álcool e alimentação. Métodos: A amostra foi intencional composta por estudantes, na faixa etária entre 16 e 19 anos, média 16,89, d.p. 0,62, que estivessem frequentando o terceiro ano do ensino médio e um cursinho pré-vestibular, de três colégios da rede privada de ensino, do Município de Curitiba-Paraná, com infraestrutura, localização e mensalidades escolares similares. A amostra final foi composta por 68 estudantes...

Ambiente escolar e promoção da atividade física na escola : implicações para os níveis de atividade física de adolescentes de Curitiba-PR

Prado, Crisley Vanessa
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Dissertação Formato: 185p. : tabs., color., maps.; application/pdf
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
76.35%
Orientador : Prof. Dr. Rodrigo Siqueira Reis; Dissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Biológicas, Programa de Pós-Graduação em Educação Física. Defesa: Curitiba, 27/03/2014; Inclui referências; Área de concentração: Exercício e esporte; Resumo: Aproximadamente um a cada três adolescentes estão acima do peso em países de alta e média renda. Dietas regulares, assim como a prática regular de atividades físicas são fatores contribuintes para a prevenção da obesidade nesta faixa etária. A prática regular de atividade física (AF) em adolescentes está relacionada a diversos fatores, dentre os quais biológicos, psicossociais, comportamentais, culturais e ambientais. Considerando que os adolescentes passam pelo menos um terço do seu dia na escola, este local tem sido reconhecido como importante veículo para a promoção da AF, particularmente em relação às suas características ambientais e políticas. No entanto, poucos são os estudos realizados neste contexto, principalmente em países em desenvolvimento como o Brasil. Desta forma, compreender a relevância do ambiente escolar na prática de AF de adolescentes pode contribuir para o delineamento de intervenções efetivas para a promoção da AF nesta faixa etária. O objetivo deste estudo foi verificar a associação entre o ambiente construído e as políticas de promoção da AF na escola com os níveis de AF dos adolescentes de Curitiba-PR no período de aula. Entre os meses de agosto a dezembro de 2013...

A influência da atividade física na qualidade de vida de pessoas portadoras de hipertensão arterial

Zucoloto, Wanderson Antonio da Silva
Fonte: Universidade Federal de Goiás; brasil; UFG; Faculdade de Educação Física (RG); Educação Física (RG) Publicador: Universidade Federal de Goiás; brasil; UFG; Faculdade de Educação Física (RG); Educação Física (RG)
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
POR
Relevância na Pesquisa
76.34%
O objetivo do presente estudo é analisar a influência da atividade física como controle da hipertensão arterial. Sabendo da grande incidência de pessoas com hipertensão arterial, várias alternativas têm sido procuradas, no entanto a atividade física regular possui efeito imediato e pode ser realizada sem nenhum custo como no caso da caminhada. Neste estudo foi realizada a aferição da pressão arterial antes e após a atividade física, caminhada, para sabermos qual o comportamento do corpo quando exposto a uma atividade de leve intensidade. Os pesquisados realizaram caminhada no mesmo local, nos três dias em que foram realizadas as aferições, para possibilitar esforços similares e não influenciar no resultado. Foram contabilizados 12 participantes, tendo sido realizada a aferição por três dias em cada pesquisado. Ao final do estudo foram analisadas as médias, e verificada a oscilação da pressão dos participantes, com o objetivo de perceber a influência da atividade física no controle da hipertensão arterial

Maturação sexual, atividade física e consumo alimentar : associação com os componentes da Síndrome Metabólica em adolescentes

Martins, Rafael Vieira
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Dissertação Formato: 119p. : il., tabs.; application/pdf
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
76.36%
Orientador : Prof. Dr. Wagner de Campos; Dissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Biológicas, Programa de Pós-Graduação em Educação Física. Defesa: Curitiba, 24/03/2014; Inclui referências; Área de concentração: Exercício e esporte; Resumo: O presente estudo tem como objetivo investigar a associação da maturação sexual, do nível de atividade física e do consumo alimentar com os componentes da síndrome metabólica em adolescentes de ambos os sexos, pertencentes à rede pública de ensino da cidade de Curitiba-PR. A amostra foi composta de 960 adolescentes, dos quais 412 eram meninos. Medidas antropométricas de peso, estatura e circunferência da cintura foram aferidas. Através de uma amostra sanguínea foi caracterizado o perfil lipídico (HDLc e TG) e a glicemia de cada adolescente. A avaliação do nível de atividade física foi realizada por meio do questionário IPAQ versão 8, forma curta (MATSUDO, 2007). Os hábitos alimentares foram avaliados mediante o questionário simplificado de consumo de alimentos relacionados ao risco cardiovascular em adolescentes (CHIARA; SICHIERI, 2001). Já a maturação biológica da amostra foi avaliada através da proposta de Tanner (1962). Foi utilizado método auscultatório para verificar a pressão arterial (NHBPEP...

Atividade física de lazer, alimentação e composição corporal; Leisure time physical activity, nutrition and body composition

Martins, Francisco da Rocha; Santos, José Augusto Rodrigues dos
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Educação Física e Esporte Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Educação Física e Esporte
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/06/2004 POR
Relevância na Pesquisa
76.41%
A prática regular de exercício físico tem tido uma aceitação pública crescente e os efeitos benéficos da atividade física têm adquirido uma crescente importância social. O presente estudo pretendeu estabelecer as ligações entre a atividade física de lazer, perfil nutricional e composição corporal. O estudo envolveu uma amostra de 105 indivíduos do sexo masculino, com idades compreendidas entre os 20 e os 40 anos. A amostra foi composta por 75 indivíduos praticantes regulares de atividade física de lazer (ciclismo, academia, e marcha/corrida). Como grupo de controle foram selecionados 30 sujeitos cuja única atividade física/desportiva efetuada se reportasse a uma única sessão semanal. Para avaliar o perfil nutricional foi aplicado um inquérito semi-quantitativo de freqüência alimentar. A informação relativa à atividade física de lazer foi obtida através de um questionário. A avaliação da composição corporal foi determinada através da medição de três pregas de adiposidade subcutânea: peitoral, abdominal e crural. Face aos resultados apresentados podemos concluir que: a) independentemente do tipo de atividade física realizada, os sujeitos que realizam atividade físicas de lazer de forma regular...

Prevalência e fatores associados a níveis insuficientes de atividade física em jovens estudantes de duas cidades Brasileiras: últimos sete dias e semana típica ou normal; Prevalence and associated factors to insufficient level physical activity and in youth from two city of Brazil: last seven days or typical week

Farias Júnior, José Cazuza de; Siqueira, Fernando Vinholes; Nahas, Markus Vinicius; Barros, Mauro Virgílio Gomes de
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Educação Física e Esporte Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Educação Física e Esporte
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/12/2011 POR
Relevância na Pesquisa
76.37%
Este estudo comparou as prevalências de níveis insuficientes de atividade física e fatores associados determinados a partir da medida das atividades físicas praticadas nos últimos sete dias e durante uma semana típica ou normal. Trata-se de uma análise transversal dos dados de base ("baseline data") de uma intervenção escolar randomizada (Projeto Saúde na Boa), que incluiu 2.096 jovens (15-24 anos; 55,6% do sexo feminino), de 20 escolas públicas (10 em Florianópolis e 10 em Recife), pareadas por tamanho e localização geográfica. Os dados foram coletados por meio de questionário previamente validado. Foram classificados como "insuficientemente ativos" os sujeitos que não atingiram dose recomendada de prática de atividades físicas (> 60 minutos diários de atividades físicas de intensidade moderada a vigorosa, > 5dias/semana). A medida de atividade física foi efetuada considerando dois períodos de referência: os últimos sete dias e uma semana típica ou normal. A medida das atividades físicas praticadas considerando a referência dos últimos sete dias resultou em prevalência mais elevada de níveis insuficientes de atividade física em comparação à medida considerando a referência da semana típica ou normal (60...

Atividade física, aptidão e sobrepeso em crianças e adolescentes: "o Estudo de Crescimento da Madeira"; Physical activity, fitness and overweight in children and adolescents: the Madeira Growth Study

Gouveia, Élvio Rúbio; Freitas, Duarte Luís de; Maia, José António; Beunen, Gaston Prudence; Claessens, Albrecht Leo; Marques, António Teixeira; Thomis, Martine Ann; Almeida, Sara Micaela; Sousa, Alcina Maria; Lefevre, Johan Aimé
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Educação Física e Esporte Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Educação Física e Esporte
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/06/2007 POR
Relevância na Pesquisa
76.35%
O objetivo deste estudo consistiu em comparar os níveis de atividade física e aptidão de crianças e adolescentes com sobrepeso e normoponderais. A amostra envolveu 507 sujeitos que participaram no 'Estudo de Crescimento da Madeira', um estudo longitudinal misto com cinco coortes seguidas em intervalos anuais, ao longo de três anos. Um total de 1505 elementos, 761 meninos e 744 meninas, dos sete aos 18 anos, foi utilizado numa análise transversal dos dados. As características somáticas incluem a estatura e o peso corporal. A atividade física foi estimada via questionário e entrevista. A aptidão física foi avaliada com a bateria de testes Eurofit. O índice de massa corporal foi usado como indicador de sobrepeso. A amostra foi dividida em duas categorias: com sobrepeso (incluindo as crianças e adolescentes com sobrepeso e obesas) e normoponderal (o resto da amostra), usando-se os pontos de corte propostos por Cole et al. (2000). As diferenças de médias entre as categorias de sobrepeso e normoponderal foram testadas com o t-teste para medidas independentes. A atividade física, como índice desportivo e índice dos tempos livres, não estava associada com o estatuto de sobrepeso das crianças e adolescentes. A prática desportiva foi mais elevada nos meninos normoponderais. Os meninos e meninas normoponderais obtiveram melhores resultados no equilíbrio flamingo...

Hábitos de atividade física, padrões de comportamento e estresse em adolescentes de Florianópolis

Goulart Pires, Edna Aparecida; Mestrado em Educação Física/CDS/UFSC (2001). Orientadora Profª Drª Maria de
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis, SC. Brasil Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis, SC. Brasil
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; "Artigo Não Avaliado por Pares"; Descritiva Formato: application/pdf; application/pdf
Publicado em 01/01/2001 POR; ENG
Relevância na Pesquisa
76.34%
O objetivo do estudo foi analisar os hábitos de atividade física, padrões de comportamento e estresse em adolescentes de Florianópolis. Participaram da amostra 754 adolescentes, 333 do gênero masculino e 421 do gênero feminino, com idade entre 15 e 19 anos, estudantes do ensino médio de escolas federais, estaduais e particulares. A amostra foi selecionada por meio de amostragem a princípio estratificada (regiões) e na seqüência por conglomerados em 2 estágios (escolas e turmas de classe). O instrumento aplicado para a coleta dos dados, após verificação da validade e aplicabilidade para adolescentes catarinenses, constava de: questionário com a finalidade de levantar informações sobre dados demográficos e nível sócioeconômico; Recordatório de Três Dias de Atividade Física (3-DPAR); Inventário de Sintomas de Stress (ISS); e um Inventário de Avaliação dos Padrões de Comportamento. Os dados foram analisados por meio do pacote estatístico SPSS, versão 8.0, utilizando-se a estatística descritiva para determinação dos valores médios e percentuais. As variáveis categóricas e ordinais foram analisadas com a utilização da estatística não paramétrica, por meio do teste Kruskall-Wallis por grupo etário e gênero. Nas variáveis onde ocorreram diferenças estatisticamente significativas...

Motivação e aderência de mulheres ativas: um estudo dos fatores determinantes da atividade física; Motivation and adherence of physical activity women: a stufy of physical activity determinants

Soares, Themis Cristina Mesquita; Mestrado em Educação Física CDS/UFSC
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis, SC. Brasil Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis, SC. Brasil
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; "Artigo Não Avaliado por Pares"; Descritiva Formato: application/pdf; application/pdf
Publicado em 12/06/2006 POR; ENG
Relevância na Pesquisa
76.34%
Os objetivos deste estudo, de natureza quase experimental, foram: a) analisar a influência dos fatores determinantes da atividade física sobre a motivação e a aderência de mulheres participantes de um programa de atividades físicas na Universidade Federal de Santa Catarina e b) verificar a inter-relação entre o nível de aptidão física, motivação e aderência ao programa. A amostra foi constituída de 61 mulheres divididas em dois grupos de maneira aleatória. Os dados foram coletados através de questionários e de medidas funcionais e antropométricas. O questionário foi composto de quatro partes com questões relativas aos determinantes pessoais, sócio-ambientais, comportamentais e características do programa de atividades físicas. A avaliação funcional foi realizada através de testes da aptidão aeróbica, flexibilidade de tronco e de ombro. Foram coletadas as medidas de peso e estatura. Na análise dos dados foram utilizadas as estatísticas descritiva (freqüências, média, medianas e desvio padrão) e inferencial (correlação linear de Spearmann, testes “U” de Mann-Whitney e de Wilcoxon) utilizando-se o programa SPSS, versão 11.0. O nível de significância adotado foi p ≤ 0,05. As mulheres participantes do programa eram de meia idade...

Métodos de avaliação de atividade física: uma revisão sistemática focada em idosos; Methods for assessing physical activity: a systematic review focused on older adults

Ueno, Deisy Terumi; Universidade Estadual Paulista. Instituto de Biociências. Departamento de Educação Física. Laboratório de Atividade Física e Envelhecimento. Rio Claro, SP. Brasil.; Sebastião, Émerson; University of Illinois at Urbana-Champaign
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis, SC. Brasil Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis, SC. Brasil
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; "Avaliado por Pares","Artigo Solicitado"; Systematic review; "Avaliado por Pares", "Artigo Solicitado"; Revisão sistemática Formato: application/pdf
Publicado em 01/03/2013 ENG
Relevância na Pesquisa
86.28%
DOI: http://dx.doi.org/10.5007/1980-0037.2013v15n2p256 Dentre os diferentes instrumentos para medida da atividade física, o uso de questionários, pedômetros e acelerômetros na população idosa é algo bastante frequente. O objetivo do estudo foi analisar, dentre os instrumentos de medida da atividade mais utilizados em idosos, o protocolo mais adotado para cada instrumento e explorar possíveis vantagens e desvantagens dos métodos utilizados para o mesmo instrumento. Para tanto, efetuou-se uma busca em bases de dados, além de referências cruzadas dos artigos selecionados, dos quais foram selecionados 16 estudos. Os estudos analisados demonstram que questionários normalmente são aplicados em forma de entrevista ou autoadministrado, avaliando os domínios de lazer, esporte e atividades domésticas, com tempo de recordação de uma semana típica do último mês. Já em relação aos pedômetros e acelerômetros, 5 dias têm sido considerados suficientes para a coleta de dados. Os aparelhos são frequentemente utilizados na cintura ou quadril com uma cinta ou preso à roupa, e retirados apenas quando os idosos forem realizar atividades aquáticas ou dormir. A utilização de um ou outro instrumento deve levar em conta as vantagens e desvantagens que influenciarão na escolha do mesmo...

Nível habitual de atividade física e hábitos alimentares de adolescentes durante período de férias escolares; Habitual level of physical activity and alimentary habits of adolescents during to school vacation

Pinho, Ricardo Aurino; Mestrado em Educação Física /CDS/UFSC
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis, SC. Brasil Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis, SC. Brasil
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; "Artigo Não Avaliado por Pares"; Descritiva Formato: application/pdf; application/pdf
Publicado em 01/01/1999 POR; ENG
Relevância na Pesquisa
76.43%
O propósito do presente estudo foi analisar o nível habitual da prática de atividade física e hábitos alimentares de adolescentes durante o período de férias escolares de verão e relacioná-los com os indicadores de adiposidade corporal. Caracterizou-se como um estudo descritivo correlacional. Participaram do estudo 28 escolares do sexo masculino, com idades entre 14 e 15 anos. Os dados foram coletados nos meses de dezembro/1998 a fevereiro/1999. Para a obtenção dos dados referentes aos indicadores de atividade física (Freqüência Cardíaca - FC, Movimentos Produzidos - VM, Gasto Energético Absoluto e Relativo - GE e GER) utilizou-se o monitor de freqüência cardíaca, Tritrac R3D e o registro de atividades físicas (Bouchard, 1983), respectivamente. Como instrumentos para obtenção dos dados referentes aos indicadores alimentares (Ingestão Calórica em termos absolutos e relativos - IC e ICR, Lipídeos, Glicídeos e Proteínas) utilizou-se o registro alimentar diário, e para os indicadores de adiposidade (Índice de Massa Corporal - IMC, Dobras Cutâneas do Tríceps - DCTR e Somatório de Dobras Cutâneas do Tríceps mais Subescapular - DCTR+SB) utilizou-se a balança (precisão de 0,50 g), fita métrica e compasso de dobras cutâneas (Lange...

Built environment score related to leisure-time physical activity: application in a region of low socioeconomic status; Escore de ambiente construído relacionado com a prática de atividade física no lazer: aplicação numa região de baixo nível socioeconômico

Florindo, Alex Antonio; Universidade de São Paulo. Grupo de Estudos e Pesquisas Epidemiológicas em Atividade Física e Saúde. São Paulo. SP. Brasil.; Garcia, Leandro Martin Totaro; Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública. São Paulo.
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis, SC. Brasil Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis, SC. Brasil
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; "Avaliado por Pares",; ; Avaliado por Pares; Transversal Formato: application/pdf
Publicado em 01/03/2013 ENG
Relevância na Pesquisa
86.28%
DOI: http://dx.doi.org/10.5007/1980-0037.2013v15n2p243 There is little evidence on the relationship between leisure-time physical activity (LTPA) and built environment in Brazil, especially in areas of low socioeconomic status. The objective of this study was to describe indicators of built environment score related to LTPA for adults living in a region of low socioeconomic status. We conducted a cross-sectional study of 767 adults living in Ermelino Matarazzo district in São Paulo, 2007. The dependent variable was the practice of LTPA (in minutes per week). Independent variables were 35 environment variables that were evaluated by an audit instrument in 30 census tracts. LTPA was correlated (Spearman coefficient) with all environment variables, and variables that had p<0.20 were selected to compose two scores (variables with p<0.05 had weight value of 2): Infrastructure (score 1) and Safety for commuting (score 2). Both scores were divided in quintiles and the built environment was composed by the sum of the quintiles of these scores, ranging from 2 to 10 points. Quartiles of built environment were calculated and the first was considered as the most adequate environment for LTPA. The built environment score had 14 variables significantly associated with LTPA and were considered as important attributes for this leisure practice.; DOI: http://dx.doi.org/10.5007/1980-0037.2013v15n2p243São escassas as evidências sobre a relação entre atividade física de lazer (AFL) e ambiente construído no Brasil...

Lifestyle and physical activity of the physical education professor; Estilo de vida e atividade física habitual de professores de educação física

Madureira, Alberto Saturno; Prof. Dr. do Departamento de Educação Física da Universidade Estadual de Mari; Fonseca, Silvio Aparecido; Professor de Educação Física - QUALIFIT - Promoção de Atividade Física & S; M. Maia, Maria de Fátima; Professor
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis, SC. Brasil Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis, SC. Brasil
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; "Avaliado por Pares",; Avaliado por Pares; Descritiva Formato: application/pdf; application/pdf
Publicado em 01/01/2003 POR; ENG
Relevância na Pesquisa
86.36%
The purpose of this study was: 1) to identify the physical activity habits in daily life of the professors at the Physical Education Department of UNIMONTES; 2) to verify the lifestyles of these individuals in terms of five well-being-related items (nutrition, physical activity, preventative behavior, social relationships, and stress control). Twenty Physical Education professors (5 women and 15 men), 27 to 53 years of age were evaluated. Three instruments were employed to obtain the required information: 1) PAR-Q, 2) Physical Activity Survey, and 3) Life Style Profile using the Well Being Pentagram. It was verifi ed that 74% of the males were apparently fit enough to initiate a physical exercise program. On the other hand, this number decreased to 40% in the female group. Concerning the physical activity questionnaire, 75% of the male group were active or very active, and only 40% of the female group were active. Regarding the lifestyle profi les (Well Being Pentagram), females did not report desirable healthy behavior, since their mean score was 1.4 points. In the male group, the mean score was 2.0 points, which indicates a healthy lifestyle, as well as an attitude more favorable to preventative health. We concluded that women require more attention than men...

Educação física escolar, atividade desportiva e atividade física total em adolescentes; Physical education in schools, sport activity and total physical activity in adolescents

Nakamura, Priscila Missaki; Universidade Estadual Paulista. Departamento de Educação Física. Núcleo de Atividade Física, Esporte e Saúde. Rio Claro, SP. Brasil; Papini, Camila Bosquiero; Universidade Estadual Paulista. Departamento de Educação Fí
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis, SC. Brasil Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis, SC. Brasil
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; "Avaliado por Pares",; Descriptive; Avaliado por Pares; Descritivo Formato: application/pdf
Publicado em 26/06/2013 ENG
Relevância na Pesquisa
86.35%
DOI: http://dx.doi.org/10.5007/1980-0037.2013v15n5p517Menos da metade dos adolescentes atingem a recomendação de 300 minutos por semana de Atividade Física (AF). As aulas de Educação Física e participação de esporte proporcionam oportunidades para os adolescentes acumularem mais tempo para a prática de AF, entretanto, pouco se sabe sobre a influência dessas variáveis no nível de AF total dos adolescentes. O objetivo do estudo foi verificar a associação entre a prática de Educação Física Escolar (EFE) e Atividades Desportivas (AD) com a prática deAF total em adolescentes. O estudo foi transversal e participaram 467 adolescentes do Ensino Médio (15,8 ± 0,9 anos) da cidade de Rio Claro-SP. Os participantes preencheram o Physical Activity Questionnaire to Older Children (PAQ-C) e questões relacionadas com a prática de EFE e AD. Foi realizada a Regressão Logística com p<0,05 através do SPSS. Meninas apresentaram menor prevalência de AF do que os meninos, 9,4% e 26,8% respectivamente. Meninos que não realizaram EFE (RO=0,25; IC95%= 0,09-0,66) e AD na escola (RO=0,34;IC95%=0,12-0,95) apresentaram menores chances de serem ativos na AF total do que os meninos que praticaram essas atividades. A participação das aulas de EFE ou a prática de alguma AD foram associadas positivamente com a prática de AF total nos meninos.; DOI: http://dx.doi.org/10.5007/1980-0037.2013v15n5p517Less than half of adolescents reach the recommended300 minutes per week of physical activity (PA). Physical educationclasses and sports participation provideopportunities for adolescents to accumulate moretime for PA practice; however...

Influência de 12 anos de prática de atividade física regular em programa supervisionado para idosos; Influence of a 12-year supervised physical activity program for the elderly

Pauli, José Rodrigo; Universidade Federal de São Paulo, Modalidade Saúde, Faculdade de Educação Física, Departamento de Biociências, Santos, SP. Brasil.; Souza, Luciana Santos; Universidade Estadual Paulista. Rio Claro, SP. Brasil.; Zago, Anderson
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis, SC. Brasil Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis, SC. Brasil
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; "Avaliado por Pares",; ; Avaliado por Pares; Longiudinal Formato: application/pdf; application/pdf
Publicado em 22/06/2009 POR; ENG
Relevância na Pesquisa
76.34%
http://dx.doi.org/10.5007/1980-0037.2009v11n3p255 O envelhecimento é um processo inevitável, associado com o declínio fisiológico e da capacidade funcional do ser humano. O objetivo deste estudo foi verificar os efeitos de 12 anos de prática de atividade física em programa supervisionado, sobre a aptidão funcional em idosos. Dez idosas (idade média de 65 anos) participaram do estudo. Elas foram divididas em dois grupos: a) grupo treinado (GT), composto de 5 articipantes que estavam atendendo um programa supervisionado que incluía diferentes tipos de atividades físicas de intensidade moderada; b) grupo não treinado (GNT), participantes que não estavam engajadas em programa supervisionado de atividade física, ambos nos últimos 12 anos. A aptidão funcional foi avaliada por meio da bateria de testes para idosos da AAHPERD que é composta por cinco testes: coordenação, flexibilidade, resistência de força, agilidade e equilíbrio dinâmico e resistência aeróbia geral. Os resultados mostram que as idosas que permaneceram no programa de atividade física apresentaram melhor desempenho nos testes motores. Portanto, enquanto idosas que continuam a participar regularmente de atividades físicas num programa supervisionado tendem a melhorar ou manter todos os componentes de aptidão funcional...

Barreiras para a prática de atividade física no lazer em estudantes universitários; Perceived barriers by university students in relation the leisure-time physical activity

Sousa, Thiago Ferreira de; Universidade Estadual de Santa Cruz. Grupo de Pesquisa em Atividade Física e Saude. Ilhéus, BA. Brasil; Fonseca, Silvio Aparecido; Universidade Estadual de Santa Cruz. Grupo de Pesquisa em Atividade Física e Saude. Ilhéus, B
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis, SC. Brasil Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis, SC. Brasil
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; "Avaliado por Pares",; Descriptive; Avaliado por Pares; Estudo Transversal Formato: application/pdf
Publicado em 01/03/2013 ENG
Relevância na Pesquisa
86.41%
DOI: http://dx.doi.org/10.5007/1980-0037.2013v15n2p164 Estimar a prevalência e os fatores sócio-demográficos e de vínculo com a universidade associados às barreiras para a prática de atividade física no lazer; e, analisar a associação entre as barreiras para a prática de atividade física no lazer com a inatividade física no lazer em estudantes universitários. Estudo transversal realizado com uma amostra representativa (n=1.084) de estudantes universitários (N=5.461) de uma instituição pública do Estado da Bahia. As informações foram obtidas por meio do questionário Isaq-A e as barreiras para a prática de atividade física no lazer foram categorizadas em situacionais, pessoais e de recursos e, analisadas em relação aos indicadores sócio-demográficos (sexo, faixa de idade, situação conjugal e carga horária semanal em estágio/trabalho), de vínculo com a universidade (período de estudo e ano de ingresso na universidade) e inatividade física no lazer. As estimativas de associação foram realizadas pela Razão de Prevalências. O valor de significância adotado foi de 5%. A barreira mais referida foi referente à situação (56,7%), sendo a proporção dessa barreira maior em estudantes com mais tempo de vivência acadêmica (p=0...