Página 1 dos resultados de 1298 itens digitais encontrados em 0.006 segundos

Pobreza rural e conservação da Mata Atlântica no processo de transformação do sistema de produção agrícola caboclo: história agrária do município de Iguape, Vale do Ribeira - SP.; Rural poverty and conservation of the Atlantic RainForest in the transformation process of the peasant agricultural production system: agrarian history of the municipality of Iguape, Ribeira Valley, SP

Andrade, Daniela
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 16/09/2003 PT
Relevância na Pesquisa
46.11%
A agricultura desempenha, desde a colonização do Vale do Ribeira-SP, papel central nas transformações e no desenvolvimento desta região, constituindo-se em locus de investigação e entendimento de suas características marcantes: a pobreza e a conservação do ambiente natural de Mata Atlântica. Através da construção da história agrária do município de Iguape - pontuada por eventos históricos de importância regional - buscamos averiguar como o desenvolvimento da atividade agrícola conjugou o uso da natureza e a satisfação das necessidades humanas desde a virada do século XIX para o XX - quando se configurou uma organização rural tipicamente cabocla - até os dias atuais. Para construir uma história agrária valemo-nos do conceito de sistema de produção agrícola, tendo por referência central o regime de uso do solo, tal como definido por Boserup (1983). Nesta pesquisa, submetemos à análise os processos sociais decorrentes da evolução agrária, a partir de seus aspectos materiais e objetivos e daqueles simbólicos e subjetivos inerentes às práticas sociais. A organização cabocla esteve estreitamente ligada à agricultura tradicional de base tecnológica itinerante, cuja prática exige a ocorrência e o uso da mata...

A prática da atividade orizícola pela agricultura familiar no município de Santo Antônio da Patrulha

Nunes, Miguel Grassi
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
46.32%
A rizicultura é a principal atividade agrícola desenvolvida no município de Santo Antônio da Patrulha, próximo a Porto Alegre, Rio Grande do Sul. No interior do município, a localidade de Morro Grande, responde por quase 25% desta produção, concentrando algumas propriedades familiares que dedicam suas atividades ao cultivo do arroz irrigado. O intuito do estudo proposto era conhecer as motivações que instigam o pequeno produtor da região a exercer a atividade orizícola, diante de muitos entraves que acercam o cultivo do arroz, não só em nível local, mas também regional e nacional. Fatores como oscilações constantes do preço no mercado, altos preços dos insumos que, por consequência, elevam os custos de produção, disposição de altas tecnologias, produto que compete com o mercado interno e externo. Atividade condicionada às grandes propriedades, com extensas áreas de terras cultiváveis, dispostas de altas tecnologias e recursos naturais, além da apropriação de grandes estruturas que possibilitam a armazenagem da safra. Condições que motivam conhecer as razões que dispõe o agricultor familiar a permanecer no exercício desta atividade agrícola. Aplicou-se como metodologia de pesquisa uma entrevista...

Saída do jovem da atividade agrícola e os reflexos deste acontecimento na agricultura familiar de Picada Café

Sidegum, Joana Denise
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
46.39%
A presente monografia apresenta os resultados de uma investigação de cunho qualitativo, cujo objetivo foi investigar os motivos pelos quais os jovens saem da atividade agrícola e os reflexos deste acontecimento na agricultura familiar de Picada Café. A coleta de dados deu-se pelo método de entrevistas semi estruturadas. O desejo de realizar esta pesquisa esteve articulado ao compromisso de investigar e problematizar a saída do jovem da atividade agrícola. Nessa perspectiva, o problema de pesquisa ficou assim configurado: Quais os motivos que levam o jovem a sair da atividade agrícola e os reflexos deste contexto na estrutura da agricultura familiar de Picada Café/RS? O aporte teórico pautou-se em autores que abordam o tema da saída do jovem do campo, juventude rural e industrialização, portanto, o referencial teórico está enriquecido com as ideias de alguns autores como: Ricardo Abramovay (2005), Maria José Carneiro (1999), Nilson Weisheimer (2005), Sérgio Schneider (2004) e outros autores mencionados no decorrer do trabalho que denotam a preocupação com a categoria juventude rural bem como o futuro da agricultura familiar. A análise das informações se deu em três níveis: no primeiro nível levantaram-se as questões a serem abordadas na entrevista; no segundo nível foram aplicadas as entrevistas aos jovens e aos seus respectivos pais; e o terceiro nível se refere à análise das informações obtidas. Evidenciou-se que a saída do jovem da atividade agrícola em Picada Café está interligada com os fatores de “expulsão” e aos fatores de “atração”.; This monograph shows the results of a qualitative investigation which objective was to investigate the reasons why youngsters evade the agriculture activity and its reflects in the family farming of Picada Café. The collection of information was done through a semi-structured interview method. The desire of doing this research had been articulated to the commitment of investigate and problematize the evasion of the youngsters from the agriculture activity. In this perspective ...

Proposta metodológica do cadastro técnico multifinalitário para a classificação do risco nas atividades do PROAGRO - Programa de Garantia de Atividade Agropecuária

Régis Filho, Daniel
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 96 p.| il.
POR
Relevância na Pesquisa
46.41%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico, Programa de Pós-Graduação em Engenharia Civil, Florianópolis, 2013.; A necessidade de minimizar os riscos do setor agrícola é fundamental para gestão eficiente da atividade. Riscos agrícolas não afetam apenas os agricultores, mas também toda a cadeia de valor do agronegócio. Ao proteger as atividades agrícolas, sobretudo contra os riscos de produção, o seguro agrícola, um dos mais importantes instrumentos de política agrícola, proporciona maior tranquilidade à cadeia de valor. Não obstante ao seguro agrícola, a atividade carece de um monitoramento integrado de informações tanto cadastrais quanto territoriais que contribuam ao seu desenvolvimento e a prevenção ao risco. A necessidade iminente de novos princípios metodológicos, que se pautem na aplicação tecnológica aliada a eficiência nos processos avaliatórios das atividades agrícolas, assistidas pelo PROAGRO - Programa de Garantia de Atividade Agropecuária respaldam o tema do trabalho científico, cujo principal objetivo é desenvolver procedimento metodológico para classificação do risco da atividade agrícola baseado na legislação vigente do PROAGRO e no Código Florestal. Considerando...

Diversidade e adversidade urbana, uma oportunidade de retorno da atividade agrícola em meio urbano. O caso estudo de Évora

Freire, Maria; Ramos, Isabel
Fonte: Associação Portuguesa de Geográfos Publicador: Associação Portuguesa de Geográfos
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
POR
Relevância na Pesquisa
56.21%
A expansão dos perímetros urbanos determinou a prática de transformação de solo rural em solo urbano, fazendo aumentar, entre outros, as áreas impermeabilizadas e a dispersão e fragmentação funcional e espacial. Évora não foi exceção. Atualmente, muitas das áreas previstas para habitação, terciário e indústria estão expectantes e/ou abandonadas ou em processo de decadência. Em contraponto, assiste-se a uma nova procura de funções em meio urbano, nomeadamente as designadas hortas sociais ou urbanas. Pretende-se observar tais dinâmicas, analisando os solos agrícolas envolventes ao recinto muralhado de Évora (potenciais solos Reserva Agrícola Nacional) e quantificam-se as áreas que, nessa categoria e nesse perímetro, passaram de solo rural para solo urbano. Comparam-se ainda estas áreas com as previstas para responder à procura das referidas hortas. Este análise leva a uma proposta de reconversão funcional de muitas áreas construídas bem como ao retorno às funções produtivas, ligadas à atividade agrícola em meio urbano.

Atividade agrícola e externalidade ambiental: uma análise a partir do uso de agrotóxicos no cerrado brasileiro

Soares,Wagner Lopes; Porto,Marcelo Firpo
Fonte: ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva Publicador: ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2007 PT
Relevância na Pesquisa
46.28%
Esse artigo tem como objetivo discutir as externalidades negativas associadas ao uso intensivo de agrotóxicos nos municípios do cerrado brasileiro, área em franca expansão da atividade agrícola. Tais externalidades estão relacionadas principalmente aos danos ambientais e à saúde humana (de trabalhadores, famílias rurais e consumidores,) cujos custos acabam sendo socializados. O presente estudo analisa como externalidade a contaminação do solo e da água por esses produtos a partir de dados obtidos por meio da Pesquisa de Informações Básicas Municipais (IBGE), que em 2003 aplicou um questionário suplementar com questões ambientais. Mapas foram construídos procurando associar áreas contaminadas e o grau de atividade agrícola dos municípios, captado na Pesquisa Agrícola Municipal (IBGE, 2003). Por meio de uma regressão logística, foi possível encontrar fatores de risco da contaminação no solo e na água por agrotóxicos e fertilizantes, tais como área de lavoura temporária, poluição no ar por queimadas e proliferação de pragas. Conclui-se que o artigo pode contribuir para a formulação de políticas no sentido de auxiliar o desenho dos instrumentos de regulação e o diagnóstico das áreas prioritárias em que essas ações preventivas deveriam ser implementadas.

Um modelo integrado de gestão do risco agrícola para o Brasil.

VIEIRA JUNIOR, P. A.; BUAINAIN, A. M.; MADI, M. A. C.; VIEIRA, A. C. P.; DOURADO NETO, D.; CHANG, C. S.; ASSAD, E. D.
Fonte: Revista Brasileira de Risco e Seguro, Rio de Janeiro, v. 4, n. 8, p. 1-40, out./mar. 2008/2009. Publicador: Revista Brasileira de Risco e Seguro, Rio de Janeiro, v. 4, n. 8, p. 1-40, out./mar. 2008/2009.
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
46.31%
O seguro agrícola é um dos mais importantes instrumentos para o desenvolvimento do setor agrícola, pois, ao permitir proteção ao produtor rural contra efeitos adversos de eventos ambientais e do mercado torna-se indispensável à estabilidade da renda, à geração de emprego e ao desenvolvimento tecnológico. No setor agrícola, além do risco de mercado, existem diversas outras fontes que a tornam uma atividade eminentemente arriscada. A principal delas se refere ao fato de que a atividade agrícola é altamente dependente de condições ambientais de difícil controle pelo homem, de modo que as variáveis climáticas e sua interação com fatores bióticos podem influenciar sobremaneira o resultado final da safra. A realidade histórica mostra que o seguro agrícola permite ao produtor rural manter sua renda na ocorrência de um sinistro, o que é fundamental para o setor agrícola e a sociedade em geral.; 2008

Mecanizacao agricola a tracao animal experiencias com chassi porta-implementos e algumas experiencias no CPATSA.

LAL, H.; NUNES, P. F.
Fonte: In: CONGRESSO BRASILEIRO DE ENGENHARIA AGRICOLA, 11., 1981. Brasilia, DF. Anais... Brasilia, DF: Editerra, 1983. Publicador: In: CONGRESSO BRASILEIRO DE ENGENHARIA AGRICOLA, 11., 1981. Brasilia, DF. Anais... Brasilia, DF: Editerra, 1983.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Formato: v. 3, p. 1567-1576.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
46.11%
O trabalho faz um breve historico de varios tipos de chassi porta-implementos disponiveis no mundo, seguindo-se uma completa abordagem sobre a construcao dos dois modelos denominados Multicultor CPATSA e Multicultur CPATSA II. A fabricacao desses dois prototipos foi iniciada em novembro de 1979 e novembro de 1980, respectivamente, como atividade do Programa de Mecanizacao Agricola do Centro de Pesquisa do Tropico Semi-Arido (CPATSA) da EMBRAPA, Petrolina. O primeiro esta sendo fabricado em escala pre-comercial para ser testado em varios locais, enquanto que o prototipo inicial do Multicultor CPATSA II, vem sendo testado para se comparar o seu desempenho com o de outros equipamentos semelhantes. Ha possibilidade de que cada um desses chassi porta-implementos tenha tres modelos: a) com o eixo das rodas completo com o das carrocas tradicionais da regiao; b) com o eixo das rodas cortado abaixo do chassi para facilitar a capina, quando as culturas estiverem mais altas; c) com a bitola ajustavel, para facilitar a aracao.; 1983

Bootstrap não paramétrico para análise de consistência de método para zoneamento agrícola.

LUIZ, A. J. B.; MAIA, A. de H. N.; MIURA, A. K.; NEVES, M. C.; FORMAGGIO, A. R.; SHIMABUKURO, Y. E.
Fonte: In: SIMPÓSIO NACIONAL DE PROBABILIDADE E ESTATÍSTICA, 20., 2012, João Pessoa. Anais... São Paulo: ABE, 2012. Publicador: In: SIMPÓSIO NACIONAL DE PROBABILIDADE E ESTATÍSTICA, 20., 2012, João Pessoa. Anais... São Paulo: ABE, 2012.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
46.21%
Resumo: Entende-se por área potencial para determinada atividade agrícola aquela que, por características naturais, geográficas, sociais, econômicas ou políticas, é vocacionada ou apresenta aptidão para este tipo de atividade, uso ou fim. A avaliação do potencial das terras é um importante instrumento de apoio na elaboração de políticas públicas e instrumentos de gestão, pois auxilia na conciliação das necessidades sociais e econômicas regionais, salvaguardando os recursos naturais para usos futuros (Miura et al., 2011). Estão disponíveis vários métodos capazes de predizer o potencial das terras com base em seus atributos físicos, biológicos e socioeconômicos, cujos resultados são normalmente apresentados na forma de um zoneamento territorial (Andersen et al., 2005). A partir de um estudo de zoneamento pode-se obter um resultado quantitativo que especifique, por exemplo, quantos hectares de um município são considerados aptos para um conjunto específico de culturas agrícolas. A pergunta que se apresenta é: como avaliar a qualidade desse prognóstico? Neste trabalho, propõe-se o uso da técnica bootstrap não paramétrico para obtenção de evidências que permitam responder a esta questão. Também são utilizados diversos recursos de visualização de dados quantitativos no intuito de orientar a discussão dos resultados. Partiu-se de um estudo de caso realizado por Miura et al. (2011) em 40 municípios de três microrregiões (Cerro Largo...

Fortalecimento e fragmentação do cinturão verde do Alto Tietê: perspectivas sobre a atividade agrícola da região

QUEIROZ, Geison Cantarelli Muniz de
Fonte: Universidade Municipal de São Caetano do Sul Publicador: Universidade Municipal de São Caetano do Sul
Tipo: Tese ou dissertação
PT_BR
Relevância na Pesquisa
46.38%
QUEIROZ, Geison Cantarelli Muniz de. Fortalecimento e fragmentação do cinturão verde do Alto Tietê: perspectivas sobre a atividade agrícola da região. 2012. 98f. Dissertação (Mestrado em Administração)-Universidade Municipal de São Caetano do Sul, São Caetano do Sul, 2012.; O Cinturão Verde do Alto Tietê é um fenômeno que sua importância no abastecimento agrícola da população e é um dos pilares econômicos da região. Foram realizadas treze entrevistas, com metodologia de entrevistas semiestruturada. O trabalho apresenta uma análise de conteúdo que levou em consideração as questões econômicas e sociais acerca da atividade Agrícola da referida Região. A população pesquisada compreendeu os membros titulares do Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural Sustentável de Mogi das Cruzes, e foram divididos em três grupos, sendo primeiro os gestores do poder público, em seguida os gestores dos sindicatos e instituições de apoio às atividades agrícolas e por fim as Associações e Cooperativa dos produtores rurais através de seus respectivos representantes. O Estudo demonstra que à medida que a urbanização ocorre o setor agrícola é forçado, por sobrevivência, a se tornar mais eficiente e flexível as novas realidades territoriais. Por outro lado aumenta a importância do Cinturão Verde...

Margem de contribuição e a programação linear na atividade agrícola: o caso de uma empresa produtora de sojas especiais

Paula, Wanderson Luiz de
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
56.16%
O presente estudo tem como objetivo principal é examinar as condições e adaptações necessárias para transportar os conceitos clássicos da margem de contribuição e programação linear para o contexto de uma empresa produtora de soja. Levando em consideração que, na atividade agrícola, o conceito de margem de contribuição assume um comportamento extremamente volátil, em função da dependência existente entre o consumo de recursos e diversos fatores de produção, tais como: o clima, o solo, a tecnologia etc, buscou-se observar o comportamento da margem de contribuição diante dos diversos fatores e encontrar uma forma de otimizar o resultado econômico (lucro) por meio do emprego de técnicas de pesquisa operacional, em particular, a programação linear. Para tanto, foi realizada uma pesquisa empírica em uma empresa produtora de sojas especiais. Verificou-se que, para calcular a margem de contribuição, não se pode ter como balizador, para encontrar os custos variáveis, a quantidade produzida. O que se identificou foi que os custos variáveis devem ter como referência a área plantada seguindo padrões de produção, qualidade e produtividade. Desenvolvidos estes conceitos, a otimização do resultado (lucro) ficou mediante a programação linear facilitada...

População rural na Região do Alto Jacuí /RS : análise sob a perspectiva do desenvolvimento agrícola

Mera, Claudia Maria Prudêncio de
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
46.27%
No intuito de estudar a temática da diminuição da população rural, objetivou-se nesta pesquisa analisar os fatores identificados com o modelo de desenvolvimento agrícola da região do Alto Jacuí/RS relacionados com a diminuição da população rural. Especificamente, pretendeu-se descrever os produtores rurais que abandonaram o mundo rural e a agricultura, contribuindo assim para a diminuição da população rural; analisar a situação socioeconômica e produtiva dos produtores rurais, antes e depois da migração do mundo rural; identificar e analisar quais fatores e de que forma, além da atividade produtiva agrícola, têm contribuído para a diminuição da população rural. O campo empírico do estudo foram os 14 municípios da região do Alto Jacuí, através do recorte espacial metodológico do COREDE Alto Jacuí. Através de amostragem por acessibilidade, foram realizadas 171 (cento e setenta e uma) entrevistas, abrangendo produtores que venderam ou arrendaram suas terras e migraram para a cidade, compradores ou arrendatários e Segmentos Rurais. A análise dos dados qualitativos foi realizada pelo método de análise de conteúdo, assim, a descrição dos dados da pesquisa apresentam extratos retirados diretamente das anotações originais. Por outro lado...

Gestão de custos na atividade agrícola: estudo de caso das culturas de cevada e de trigo

Gorgen, Luísa Otília
Fonte: Universidade de Passo Fundo Publicador: Universidade de Passo Fundo
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
POR
Relevância na Pesquisa
56.16%
O presente estudo abordou o tema Gestão de Custos na Atividade Agrícola e teve por objetivo determinar o custo de produção das culturas da cevada e do trigo e seus resultados da propriedade da família Gorgen no período de junho a novembro de 2013. Como metodologia utilizou-se como procedimento técnico o estudo de caso, tendo como objetivo pesquisa descritiva e como abordagem do problema qualitativa e quantitativa. Após a realização da revisão bibliográfica efetuou-se a coleta de dados onde se procedeu a análise dos dados e realizaram-se as análises dos custos agrícolas das culturas de inverno. Como principais sugestões para a empresa foi proposto que o arrendamento da área da cevada seria uma boa alternativa de investimento e a produção própria da cultura do trigo mostrou-se boa opção de continuidade, pois os resultados efetivos foram favoráveis a essa cultura. No período analisado, a cultura da cevada gerou um pequeno lucro líquido, no entanto a cultura do trigo gerou resultados melhores. Em ambas as culturas foram apurados valores altos de custos, onde muitos destes eram desconhecidos pelos proprietários, consequentemente diminuíram o resultado final. A cultura do trigo gerou um resultado líquido na safra de 2013 de R$ 64.302...

O código florestal e seus reflexos na atividade agrícola: entre a sustentabilidade ambiental e econômica

Fão, Volnei de Moura
Fonte: Universidade de Passo Fundo Publicador: Universidade de Passo Fundo
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
POR
Relevância na Pesquisa
46.32%
O trabalho teve como objetivo principal analisar o novo código florestal, o seu desdobramento sobre a atividade agrícola considerando alguns princípios do direito ambiental frente ao direito de propriedade, avaliando sua eficácia na conservação das florestas e demais formas de vegetação nativa. Através do estudo da evolução da proteção jurídica do ambiente e da nova dimensão da propriedade rural a partir da CF/88, onde se consolidou o instituto da função social, procurou-se o embasamento necessário para se estabelecer uma avaliação da Lei 12.651/2012 e assim responder a questão que motivou a realização deste estudo: a nova lei conseguirá atender a conservação das florestas e demais formas de vegetação nativa em harmonia com a atividade agrícola e com a promoção do desenvolvimento econômico? Ao final, apesar das inovações da lei, muitas dúvidas permanecem diante de incertezas sobre a aplicabilidade de alguns dos seus principais dispositivos. Conclui-se, que a lei possui importantes mecanismos de proteção ambiental, mas a flexibilização do uso e o estabelecimento de limites abaixo do recomendado por especialistas podem levar a perdas de áreas de proteção, refletindo negativamente sobre a atividade agrícola e comprometendo o desenvolvimento sustentável.

Ocupação agrícola e estrutura agrária no cerrado: o papel do preço da terra, dos recursos naturais e da tecnologia; Texto para Discussão (TD) 913: Ocupação agrícola e estrutura agrária no cerrado: o papel do preço da terra, dos recursos naturais e da tecnologia; Agricultural occupation and agrarian structure in savanna: the role of the land price, natural resources and technology

Rezende, Gervásio Castro de
Fonte: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) Publicador: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea)
Tipo: Texto para Discussão (TD)
PT-BR
Relevância na Pesquisa
46.11%
Este trabalho propõe que a rápida expansão agrícola das regiões do cerrado, que tem se concentrado nas atividades de grãos e pecuária bovina, se deve ao baixo preço da terra nessas regiões vis-à-vis as demais regiões agrícolas do Brasil e do exterior. Esse baixo preço da terra, por sua vez, é explicado não só em função da maior distância dessas regiões do cerrado em relação aos mercados consumidores (o que, naturalmente, tende a anular a vantagem desse menor preço), mas, também, devido às limitações dos recursos naturais (extremo rigor do período seco, que restringe a atividade agrícola a grãos e pecuária bovina) e, sobretudo, às inovações tecnológicas que tornaram possível que a terra de boa qualidade se tornasse abundante na região, mediante sua “produção” a partir de terras de qualidade inferior. Para mostrar mais claramente como isso vem ocorrendo, o trabalho desenvolve um modelo de mercado de terra com “produção de terra”, especialmente talhado para a análise do cerrado. Prosseguindo nesses objetivos teóricos, o trabalho propõe um contraste com as teorias de progresso técnico de Hayami e Ruttan e de Hicks, concluindo que elas não são adequadas para a análise do cerrado. Procura-se também derivar implicações para as análises de função de produção e de produtividade total dos fatores (PTF). Finalmente...

Efeito vizinhança na atividade agrícola: medida de produtividade e ocupação da Amazônia; Texto para Discussão (TD) 907: Efeito vizinhança na atividade agrícola: medida de produtividade e ocupação da Amazônia; Neighborhood effects in agriculture: a measure of productivity and occupation of the Amazon

Moreira, Ajax R. B.; Paez, Marina
Fonte: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) Publicador: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea)
Tipo: Texto para Discussão (TD)
PT-BR
Relevância na Pesquisa
56.28%
O efeito vizinhança ou de contágio espacial é utilizado para analisar problemas relacionados à atividade agrícola no Brasil. O primeiro propõe uma medida da produtividade total dos fatores para as microrregiões homogêneas que não pertencem à Amazônia Legal, que é definida como uma variável latente que tem a propriedade de tendência espacial. O segundo analisa o processo de ocupação da Amazônia Legal utilizando um modelo em que a unidade espacial é uma agregação dos municípios, e que considera a ocupação um processo que evolui no tempo e por contágio espacial.; 33 p. : il.

Seguro agrícola no Brasil e o desenvolvimento do programa de subvenção ao prêmio

Sousa, Alexandre Gervásio de; Santos, Gesmar Rosa dos
Fonte: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) Publicador: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea)
Tipo: Boletim Regional, Urbano e Ambiental - Artigos
PT-BR
Relevância na Pesquisa
46.17%
Este trabalho analisa o seguro agrícola no Brasil, com foco na evolução do Programa de Subvenção ao Prêmio do Seguro Rural (PSR), no período 2006-2011. O programa é gerido pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), sendo o principal instrumento de seguro agrícola no país. Elegeu-se como prioridade da análise a exploração dos dados que caracterizam a ação do Estado, dos agricultores e das seguradoras. Para isto, são destacados os cultivos e regiões principais, bem como outras características e desafios colocados ao programa.; p. 45-59

INVESTIGATION OF THE CONTAMINATING CHARGES INSERTION POTENTIAL IN PHREATIC AQUIFER THROUGH AGRICULTURAL ACTIVITY IN THE HIGH SECTION OF THE PARAGUAÇU BASIN – BAHIA; INVESTIGAÇÃO DO POTENCIAL DE INSERÇÃO DE CARGAS CONTAMINANTES EM AQUÍFERO FREÁTICO PELA ATIVIDADE AGRÍCOLA NO ALTO TRECHO DA BACIA DO PARAGUAÇU – BAHIA

Oliveira, Ana Isabel Leite
Fonte: Programa de Pós-Graduação em Geografia Humana. Universidade de São Paulo. Publicador: Programa de Pós-Graduação em Geografia Humana. Universidade de São Paulo.
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 30/12/2013 POR
Relevância na Pesquisa
46.23%
A água subterrânea é um recurso de importância estratégica. As técnicas de Geoprocessamento combinadas aos princípios do método POSH (Pollutant Origin, Surcharge Hydraulically, foram utilizadas com a finalidade de investigar o potencial de inserção de cargas contaminantes, pela atividade agrícola, no aquífero desta região. Como resultado obteve-se as seguintes classes: (a) áreas com alto potencial de contaminação, destinadas a cultura comercial intensiva; (b) áreas com reduzido potencial de contaminação, voltadas para cultura tradicional; e (c) áreas com insignificante potencial de contaminação para a atividade agrícola, por corresponderem a outros usos e coberturas. Espera-se que o modelo elaborado seja útil para a gestão dos recursos hídricos subterrâneos, contribuindo para a manutenção da sua qualidade.; Groundwater is a resource of strategic importance. The GIS techniques combined with the principles of the method POSH (Pollutant Origin, Surcharge Hydraulically), were used in order to investigate the potential inclusion of contaminant loads, for agriculture, in unconfined aquifer in the high stretch of basin Paraguaçu, state of Bahia. As a result we obtained the following classes: (a) areas with high potential for contamination...

COMERCIALIZAÇÃO AGRÍCOLA NO BRASIL

Carvalho, Diana Mendonça; da Costa, José Eloízio
Fonte: OKARA: Geografia em debate Publicador: OKARA: Geografia em debate
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 27/06/2012 POR
Relevância na Pesquisa
46.27%
A comercialização agrícola se apresenta como a atividade mais complexa dentre aquelas que envolvem o sistema da agricultura, uma vez que se trata do momento em que a produção assume a condição de mercadoria. Essa condição envolve a integração de mercados, compreendendo diversos segmentos que se apropriam da produção e passam a impor metas de quantidade e de qualidade, formando cadeias, redes ou arranjos produtivos. O presente trabalho buscou apresentar uma análise teórica e histórico-espacial sobre a cadeia produtiva e a comercialização de produtos agrícolas no Brasil, com ênfase na relação campo-cidade. Essas reflexões partiram dos questionamentos sobre as especificidades existentes na cadeia produtiva e na comercialização agrícola. Para tanto foi realizado levantamento bibliográfico e análise teórica dos seguintes aspectos: “Cadeia produtiva”, “Comercialização agrícola” e “Políticas Públicas no Brasil. Nesse país, a atividade agrícola e sua comercialização é historicamente dinâmica, tendo acarretado o enlace da relação campo-cidade em várias regiões e contribuído para a formação de “arquipélagos urbano-econômicos”. Durante quase quatro séculos o país se voltou inteiramente à produção de gêneros agrícolas para exportação. A partir do século XX...

Atividade agrícola e externalidade ambiental: uma análise a partir do uso de agrotóxicos no cerrado brasileiro

Soares,Wagner Lopes; Porto,Marcelo Firpo
Fonte: ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva Publicador: ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2007 PT
Relevância na Pesquisa
46.28%
Esse artigo tem como objetivo discutir as externalidades negativas associadas ao uso intensivo de agrotóxicos nos municípios do cerrado brasileiro, área em franca expansão da atividade agrícola. Tais externalidades estão relacionadas principalmente aos danos ambientais e à saúde humana (de trabalhadores, famílias rurais e consumidores,) cujos custos acabam sendo socializados. O presente estudo analisa como externalidade a contaminação do solo e da água por esses produtos a partir de dados obtidos por meio da Pesquisa de Informações Básicas Municipais (IBGE), que em 2003 aplicou um questionário suplementar com questões ambientais. Mapas foram construídos procurando associar áreas contaminadas e o grau de atividade agrícola dos municípios, captado na Pesquisa Agrícola Municipal (IBGE, 2003). Por meio de uma regressão logística, foi possível encontrar fatores de risco da contaminação no solo e na água por agrotóxicos e fertilizantes, tais como área de lavoura temporária, poluição no ar por queimadas e proliferação de pragas. Conclui-se que o artigo pode contribuir para a formulação de políticas no sentido de auxiliar o desenho dos instrumentos de regulação e o diagnóstico das áreas prioritárias em que essas ações preventivas deveriam ser implementadas.