Página 1 dos resultados de 1956 itens digitais encontrados em 0.009 segundos

Análise postural do endodontista na atividade clínica utilizando instrumentação rotatória e manual por meio da cinemetria, eletromiografia de superfície e checklists ergonômicos; Analysis of the endodontist posture using rotary and manual instrumentation applying kinemetry, surface electromyography and ergonomic checklists

Onety, Geraldo Celso da Silva
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 22/12/2011 PT
Relevância na Pesquisa
46.11%
Atualmente a ergonomia revela-se em todas as circunstâncias na prática odontológica, desde o local de trabalho a forma como os equipamentos são utilizados, onde variáveis importantes como a postura e o movimento são determinados pela tarefa e pelo posto de trabalho. O objetivo desta pesquisa foi analisar, por meio da atividade muscular (eletromiografia), cinemetria, escalas ergonômicas (RULA e Checklist de Couto) e biofotogrametria, a postura de dezoito profissionais endodontistas, destros, com idade entre 25 e 60 anos (30 ± 3) durante o preparo químico-mecânico do sistema de canais radiculares dos molares 16 e 17, utilizando-se da técnica de instrumentação rotatória e da técnica de instrumentação manual, evidenciando os efeitos que a profissão odontológica e as posturas viciosas adotadas pelos profissionais endodontistas promovem durante as horas de trabalho nas cadeias musculares dos membros superiores e região de tronco. Baseado nos resultados obtidos nesta pesquisa pode-se concluir que as variações apresentadas nos valores eletromiográficos normalizados durante a execução das técnicas rotatória e manual sugerem que a ação dos músculos longuíssimo, deltóide anterior, deltóide médio, trapézio - fibras médias...

Relatório de atividade clínica

Veiga, Carlos Manuel Cunha dos Santos
Fonte: Universidade Católica Portuguesa Publicador: Universidade Católica Portuguesa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /06/2014 POR
Relevância na Pesquisa
66.22%
O relatório de atividade clínica reporta-se a todas as atividades clínicas desenvolvidas durante o 5º ano do curso de Medicina Dentária da Universidade Católica Portuguesa. Este trabalho consiste na descrição e análise dos atos clínicos realizados. Serão ainda expostas as atividades vivenciadas, divididas pelas diferentes áreas disciplinares, assim como as aprendizagens, o percurso clínico e os pontos de ligação entre os conteúdos teóricos e a sua aplicação na prática com o objetivo de informar todos quantos o pretendam ler. O relato das atividades é uma forma de enriquecer os conhecimentos clínicos, justificando a opção pela elaboração deste relatório. Durante este ano letivo, assim como no ano anterior, foi possível estar em contacto com todas as diferentes áreas disciplinares da medicina dentária, permitindo a aquisição de conhecimentos nas vertentes de diagnóstico e tratamento. A experiência adquirida a nível do funcionamento da clínica de medicina dentária e das suas rotinas revelou-se importante. Salientam-se as orientações recebidas de todos os professores da clinica universitária, assim como a troca de opiniões e de experiências. No final do trabalho serão referidas as conclusões retiradas: aquisição e consolidação de conhecimentos e competências...

Relatório de atividade clínica

Moreira, Cátia Vanessa Azevedo
Fonte: Universidade Católica Portuguesa Publicador: Universidade Católica Portuguesa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /06/2014 POR
Relevância na Pesquisa
46.38%
Este Relatório tem como base a atividade clínica realizada no período entre o dia 16 de Setembro de 2013 e o dia 27 de Junho de 2014, realizado no âmbito da Prática Clínica enquadrada no 5º ano curricular do Mestrado Integrado em Medicina Dentária do Instituto de Ciências da Saúde da Universidade Católica Portuguesa – Centro Regional das Beiras. O objetivo deste relatório incide em relatar o conhecimento crítico das várias atividades presenciais realizadas e observadas durante o período da atividade clínica e todas as aprendizagens. A atividade clinica incide nas seguintes disciplinas Medicina Oral, Odontopediatria, Periodontologia, Dentisteria Operatória, Prostodontia Removível, Prostodontia Fixa, Endodontia, Ortodontia, Oclusão e Cirurgia Oral, durante trinta e quatro semanas na Clínica Dentária Universitária do Instituto de Ciências da Saúde da Universidade Católica Portuguesa – Centro Regional das Beiras. A atividade clínica permitiu a rotação pelas diversas disciplinas que asseguravam a assistência ao doente, durante trinta e quatro semanas na Clínica Dentária Universitária do Instituto de Ciências da Saúde da Universidade Católica Portuguesa – Centro Regional das Beiras. De uma forma geral...

Relatório de actividade clínica

Rocha, Filipa Peixoto
Fonte: Universidade Católica Portuguesa Publicador: Universidade Católica Portuguesa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /06/2014 POR
Relevância na Pesquisa
56.32%
O presente documento diz respeito à Atividade Clínica desenvolvida, no período letivo de 16 de Setembro de 2013 a 30 de Maio de 2014, na Clínica Universitária da Universidade Católica Portuguesa - Centro Regional das Beiras, pelo trinómio que integro no que concerne ao conjunto do 5º ano do curso de Mestrado Integrado em Medicina Dentária. Tem como propósito essencial descrever, considerar, elencar, discutir e valorizar de forma crítica e autónoma, as experiências e atividades desenvolvidas nas diferentes unidades letivas com componente clínica. Os pacientes são caracterizados de forma geral segundo género, idade, área de residência, habilitações literárias, profissão e índice geral de satisfação do atendimento na Clínica Universitária, sendo posteriormente encaminhados para as diferentes áreas clínicas conforme as suas necessidades de forma individualizada. A realização deste Relatório de Atividade Clínica possibilitou uma caracterização da população que frequenta a Clínica Universitária, identificou os problemas mais frequentes com que se encara e a forma de os resolver, baseando-se no seu conhecimento médico e científico. Assim a componente médica da sua profissão é fundamental ao progresso da sua atividade clínica...

Relatório de atividade clínica

Rodrigues, Maria de Lurdes de Jesus
Fonte: Universidade Católica Portuguesa Publicador: Universidade Católica Portuguesa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em 09/09/2014 POR
Relevância na Pesquisa
66.37%
Este documento consiste no Relatório de Atividade Clínica realizada por mim no Ano Letivo 2013-2014 durante as aulas práticas do 5º ano que começaram no dia 16 de Setembro de 2013 e tiveram o seu término a 27 de Junho de 2014. Esta atividade Clínica realizou-se de acordo com o previsto no plano de estudos do Mestrado Integrado em Medicina Dentária da Universidade Católica Portuguesa. O relatório engloba todos os casos clínicos realizados por mim, a sua discussão e resolução. Este relatório tem como objetivo descrever toda a atividade clínica nas diferentes áreas da Medicina Dentária. Durante este período letivo tive oportunidade de aprender normas de conduta clínica necessárias no decorrer de todas as profissões e imprescindíveis há minha formação básica. Apliquei fundamentos teóricos aprendidos nas diferentes Unidades Curriculares e a sua aplicação na prática clínica sobre os vários aspetos pedagógicos que se poderiam melhorar. Este estágio permitiu-me trabalhar nas várias áreas disciplinares verificando os vários conteúdos teóricos e colmatando falhas existentes na minha prática. O estágio foi realizado com sucesso atingindo os objetivos previamente definidos. O atendimento de pacientes de variadíssimas idades e profissões facilitou a aprendizagem e vai facilitar a minha prática clínica aquando da finalização do meu curso. A atividade clínica integrada é o momento de formação privilegiado...

Relatório de atividade clínica

Costa, João Guilherme Pereira Tripa Dias
Fonte: Universidade Católica Portuguesa Publicador: Universidade Católica Portuguesa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em 09/09/2014 POR
Relevância na Pesquisa
56.17%
A Medicina Dentária é a área das Ciências Médicas responsável pelo estudo, diagnóstico, prevenção e tratamento de condições fisiopatológicas que afetam a cavidade oral, os maxilares e as estruturas associadas. A saúde, segundo a Organização Mundial de Saúde, é o estado de bem-estar físico, mental e social de um indivíduo. Porém, a saúde oral é, muitas vezes, relegada para segundo plano, existindo uma mentalidade curativa/restauradora na sociedade atual. Assim, o Médico Dentista deve estimular a prevenção de comportamentos de risco, desde as idades mais precoces, realçando o bem-estar do doente e a promoção da saúde. Pretende-se com este relatório fazer a descrição e reflexão da atividade clínica realizada ao longo do 5º ano curricular do Mestrado Integrado em Medicina Dentária, na Clínica Universitária Dentária da Universidade Católica Portuguesa. O Relatório centra-se no levantamento de dados, exposição e discussão dos atos clínicos realizados, no âmbito das várias Áreas Disciplinares: Medicina Oral, Periodontologia, Dentisteria, Endodontia, Cirurgia Oral, Prostodontia Fixa e Removível, Odontopediatria e Oclusão. Com base nos conhecimentos e princípios apreendidos e a partir da história clínica do doente...

Relatório de atividade clínica

Oliveira, Rui Alexandre Flauzino
Fonte: Universidade Católica Portuguesa Publicador: Universidade Católica Portuguesa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em 09/09/2014 POR
Relevância na Pesquisa
66.23%
O bem-estar e qualidade de vida do ser humano está inteiramente conectado à sua situação de saúde. A saúde oral faz parte integrante daquilo que se considera fundamental para a manutenção daquelas que são as condições físicas, emocionais e sociais ideais. Ao longo do Ano Letivo 2013/2014, nos meses compreendidos entre Setembro de 2013 e Junho de 2014, tive a oportunidade de entrar em contacto direto com casos clínicos que abrangiam todas as Áreas Disciplinares da Medicina Dentária. O presente relatório de atividade clínica visa proceder à descrição e análise dos atos clínicos em que me envolvi nos papéis tanto de operador, como de assistente, ao longo do 5º e último ano de curso. Simultaneamente, serão elencados os diagnósticos efetuados e os tratamentos a que foi sujeito(a) o(a) paciente em causa. Tal descrição será obtida por via da análise, em cada consulta, das variáveis Área Disciplinar, idade, sexo e tratamento. Uma reflexão final sobre os resultados da atividade clínica permitirá a consolidação dos conhecimentos obtidos ao longo não só deste último ano de curso mas de todo o meu percurso académico.; The well-being and quality of life of the human being is entirely connected to its health status. Oral health is an integral part of what is considered as crucial to the maintenance of those that are the ideal physical...

Avaliação da proteína amilóide A sérica na atividade clínica da artrite reumatóide

Gayer,Carlos Roberto Machado; Pinheiro,Geraldo da Rocha Castelar; Andrade,Carlos Augusto Ferreira de; Freire,Sérgio Miranda; Coelho,Marsen Garcia Pinto
Fonte: Sociedade Brasileira de Reumatologia Publicador: Sociedade Brasileira de Reumatologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2003 PT
Relevância na Pesquisa
56.2%
A artrite reumatóide (AR) é uma doença auto-imune, crônica, caracterizada pelo comprometimento inflamatório das articulações sinoviais periféricas. A proteína amilóide A sérica (SAA) é uma das principais proteínas de fase aguda (PFA), porém seu uso na rotina do laboratório clínico ainda é pouco difundido. OBJETIVO: O objetivo deste trabalho foi analisar a utilidade da SAA na avaliação da atividade clínica da AR. MÉTODOS: Foram estudados 113 pacientes com AR, diagnosticados segundo os critérios do Colégio Americano de Reumatologia. Para a caracterização da atividade de doença, foi utilizado o Índice de Atividade de Doença (IAD), proposto pela Liga Européia Contra o Reumatismo. RESULTADOS: A SAA apresentou correlação positiva, estatisticamente significativa, com a proteína C-Reativa (PCR), tanto como a α-1-glicoproteína ácida (AGP), quanto com o IAD. Nossos resultados demonstraram que a SAA apresentou, particularmente, uma maior sensibilidade na determinação da atividade inflamatória da AR, em comparação às outras PFA. Apresentou, também, uma boa capacidade de discriminar os grupos de atividade moderada e alta do IAD. Como o IAD não mede unicamente o componente inflamatório da AR, a dosagem de uma PFA é de grande utilidade para a caracterização da atividade dessa enfermidade. CONCLUSÕES: Os resultados deste estudo sugerem que a SAA pode ser de grande valor na determinação da atividade inflamatória da AR.

Associação entre os níveis séricos de potenciais biomarcadores com a presença de fatores relacionados à atividade clínica e ao mau prognóstico em espondiloartrites

Londono,John; Romero-Sanchez,Maria Consuelo; Torres,Viviana Garcia; Bautista,Wilson A.; Fernandez,Diego Jaimes; Quiroga,Julitte de Avila; Valle-Oñate,Rafael; Santos,Ana María; Medina,Juan Francisco
Fonte: Sociedade Brasileira de Reumatologia Publicador: Sociedade Brasileira de Reumatologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2012 PT
Relevância na Pesquisa
46.18%
INTRODUÇÃO: Biomarcadores séricos, tradicionalmente associados à atividade inflamatória e mau prognóstico em doenças reumáticas, não apresentam a mesma relação nas espondiloartrites. OBJETIVO: Estabelecer uma associação entre os níveis séricos de biomarcadores com a presença de fatores associados com a atividade clínica e com o mau prognóstico nas espondiloartropatias. MÉTODOS: Sessenta e dois pacientes (13 com artrite reativa, 19 com espondilite anquilosante e 30 com espondiloartropatia indiferenciada) foram comparados a 46 controles sadios. Foram realizadas avaliações clínicas, radiológicas e laboratoriais. Os resultados foram analisados de acordo com a presença de uveíte, entesite, lombalgia inflamatória, artrite, HLA-B27 e comprometimento das articulações sacroilíacas. Os biomarcadores utilizados foram: VHS, PCRus, SAA, LBP, FSC-M e MMP-3, além da dosagem dos níveis séricos das citocinas: IL-17, IL-6, IL-1α , TNF-α , IFN-γ, e IL-23. RESULTADOS: Quarenta e três (69,4%) pacientes eram homens. A média de idades foi de 31,9 ± 9,9 anos, enquanto a idade média para o aparecimento dos sintomas foi de 26,9 ± 7,3 anos. HLA-B27 foi positivo em 26 (41,9%) dos pacientes, lombalgia inflamatória esteve presente em 42 (67...

Relatório de atividade clínica

Rei, Stefanie da Silva
Fonte: Universidade Católica Portuguesa Publicador: Universidade Católica Portuguesa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em 11/06/2015 POR
Relevância na Pesquisa
66.31%
A Medicina Dentária é uma área da saúde que previne, diagnostica e trata doenças ao nível da cavidade oral e estruturas anexas. O seu exercício visa a reabilitação estética e funcional do paciente em todas as fases da vida. Este relatório de atividade clínica reporta todos os atos clínicos desenvolvidos no âmbito das diversas áreas disciplinares do 5º ano do Mestrado Integrado de Medicina Dentária da Universidade Católica Portuguesa – Centro Regional das Beiras. A amostra em estudo compreende os pacientes atendidos pelo binómio 97 na Clínica Universitária durante o período de 15 de Setembro de 2014 a 29 de Maio de 2015. O principal objetivo deste projeto procura focar-se na descrição, análise, interpretação e reflexão crítica das decisões clínicas na diversa atividade clínica. A metodologia adotada baseia-se numa estatística descritiva dos dados recolhidos, através de uma base de dados criada pelo autor, nas diversas áreas clínicas, classificando segundo diferentes variáveis qualitativas e quantitativas. Os resultados são demonstrados através de apresentação gráfica, permitindo caraterizar a população alvo nas múltiplas áreas médico-dentárias. Assim, foi permitido ao autor adquirir consciencialização do vasto leque de pacientes...

Relatório de atividade clínica

Alexandre, Igor André Beleza
Fonte: Universidade Católica Portuguesa Publicador: Universidade Católica Portuguesa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em 11/06/2015 POR
Relevância na Pesquisa
56.12%
A Medicina Dentária constitui uma área do conhecimento médico incumbida de zelar, não só, pelo seu domínio de atuação clínico específico, mas também pelo bem-estar do paciente a nível sistémico nas suas várias dimensões: física, mental e social. Neste contexto, encontra-se sujeita a um processo de constante transformação, no qual o desenvolvimento técnico prossegue a par da evolução do conhecimento e dos princípios éticos que guiam estes profissionais de Saúde. Este trabalho propõe-se a ilustrar cada uma destas valências, utilizando como base para tal, o trabalho clínico e científico realizado pelo autor na Clínica Dentária Universitária da Universidade Católica Portuguesa, buscando caracterizá-lo segundo parâmetros clínicos e científicos considerados relevantes. Para isso é efectuada uma análise estatística dos atos clínicos realizados pelo autor procedendo-se à caracterização da amostra populacional assistida, bem como à interpretação, tipificação e resolução de algumas situações de âmbito clínico. Procura ainda retratar o Estado da Arte e os respectivos fundamentos decorrentes da evidência científica, fornecendo uma leitura epidemiológica e clínica da população servida...

Relatório de atividade clínica

Sousa, Joel Bastos de Oliveira
Fonte: Universidade Católica Portuguesa Publicador: Universidade Católica Portuguesa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em 12/06/2015 POR
Relevância na Pesquisa
46.24%
O presente relatório de Atividade Clínica tem como base os atos clínicos efetuados durante o último ano do curso de Mestrado Integrado em Medicina Dentária da Universidade Católica Portuguesa. Numa primeira parte, descreve-se a atividade clínica realizada nas diferentes áreas disciplinares (Medicina oral, Cirurgia Oral, Dentisteria Operatória, Endodontia, Periodontologia, Prostodontia Fixa, Prostodontia Removível, Oclusão, Odontopediatria e Ortodontia), desde o estabelecimento de um correto diagnóstico e plano de tratamento, até à descrição dos tratamentos efetuados. A população em estudo foi caracterizada de acordo com a sua distribuição por género, idade, área clínica, diagnóstico e plano de tratamento, tendo sido efetuada uma estatística descritiva. Numa segunda parte, descrevem-se e discutem-se quatro casos clínicos considerados como diferenciados face à sua frequência mais reduzida, e complexidade clínica mais elevada. Esses casos clínicos incluem a reabilitação de um sorriso a nível estético e funcional; um autotransplante no 4º quadrante; uma reabilitação oral com recurso as próteses fixas; cirurgias periodontais; e restauração indireta posterior. O presente relatório termina com uma conclusão do autor...

Relatório de atividade Clínica

Pinto, Marlene Andrade
Fonte: Universidade Católica Portuguesa Publicador: Universidade Católica Portuguesa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em 29/05/2015 POR
Relevância na Pesquisa
66.18%
O presente relatório foi desenvolvido no domínio do curso de Mestrado Integrado de Medicina Dentária, na Área Disciplinar de Monografia e Experimentação da Universidade Católica Portuguesa - Centro Regional das Beiras. Enquadra o período vivenciado em atividade clinica de 8 de setembro de 2014 a 8 de Maio de 2015. Tem como objetivo a descrição e reflexão autocrítica sobre as atividades práticas desenvolvidas em ambiente clínico universitário e a ilustração a nível epidemiológico (género, faixa etária, profissão, morada, número de escovagens diárias, utilização do fio dentário, número de dentes perdidos, hábitos alcoólicos e tabágicos, motivos da primeira consulta) do total dos pacientes observados. Permite também a contabilização da quantidade de atos clínicos efetuados pelo binómio 98 com distinção dos atos presenciados como operador e assistente. Reúne igualmente os atos clínicos diferenciados, e experimentados nas diferentes Áreas disciplinares que compõem o curso de Mestrado Integrado de Medicina Dentária. A metodologia aplicada é baseada na avaliação de todos os pacientes observados durante o 1º e o 2ºsemestres, sendo que os dados recolhidos são introduzidos numa base de dados em documento Microsoft Office Excel®2013 (Microsoft®...

Relatório de atividade clínica

Cunha, João Pedro Malaínho
Fonte: Universidade Católica Portuguesa Publicador: Universidade Católica Portuguesa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em 19/01/2015 POR
Relevância na Pesquisa
56.15%
A Medicina Dentária é a disciplina médica responsável pelo diagnóstico e tratamento de patologias da cavidade oral, cabeça e pescoço, pela reabilitação oral dos pacientes e pela manutenção, quer através de tratamentos quer através da educação do paciente para tal, de condições de higiene satisfatórias das peças dentárias e tecidos periodontais. Atendendo à sua componente extremamente prática e à existência de várias áreas dentro dela que se articulam umas com as outras para obter o resultado delineado no plano de tratamento de cada paciente, torna-se imperioso que no decorrer do Mestrado Integrado em Medicina Dentária os alunos tenham não só uma boa preparação teórica como uma boa integração dessa mesma teoria em ambiente clínico; para isto, as componentes clínicas das várias áreas que funcionam dentro do MIMD torna-se imprescindível aquando da formação de novos profissionais na área médico dentária. O presente trabalho visa descrever a atividade clínica do trinómio 78 dentro da Clínica Universitária da Universidade Católica Portuguesa durante o ano letivo 2013/2014; serão apresentados, e posteriormente discutidos, os resultados obtidos da análise geral dos dados assim como os resultados obtidos da análise particular dos dados de cada área clínica em separado; será também apresentado e discutido numa seção à parte...

Relatório de atividade clínica

Santos, Simone Paulos
Fonte: Universidade Católica Portuguesa Publicador: Universidade Católica Portuguesa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em 01/06/2015 POR
Relevância na Pesquisa
66.3%
No âmbito da conclusão do Mestrado Integrado em Medicina Dentária na Universidade Católica Portuguesa, é solicitada a realização, a apresentação e a discussão, em Prova Pública, de um Relatório de Atividade Clínica que descreva e reflita sobre a atividade clínica desenvolvida pelo aluno, durante todo o quinto ano do Curso de Medicina Dentária, no período compreendido entre Setembro de 2014 e Maio de 2015. A formação nesta etapa é essencialmente prática, com a sedimentação dos conhecimentos até aqui adquiridos e indispensáveis à boa prática médica dentária, bem como o desenvolvimento da capacidade de autonomia em procedimentos técnicos - ser capaz de abordar o doente no contexto clínico, praticar o tratamento da doença, formular um raciocínio clínico com base nos conhecimentos adquiridos nos anos transatos e propor um plano de tratamento. Pretende-se que em cada área disciplinar se atinjam os objetivos propostos pela unidade curricular, com vista a execução de cada técnica de acordo com os protocolos definidos pelas áreas. Durante a prática clínica, foram frequentadas diversas áreas disciplinares: Dentisteria Operatória, Ortodontia, Oclusão, Cirurgia Oral, Endodontia, Periodontologia, Prótese Removível...

Relatório atividade clínica

Cabral, Silvia Egipto
Fonte: Universidade Católica Portuguesa Publicador: Universidade Católica Portuguesa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em 01/06/2015 POR
Relevância na Pesquisa
56.17%
O presente documento, Relatório de Atividade Clínica, trata de toda a actividade realizada por mim, na Clínica Universitária no presente ano lectivo 2014/15. Este trabalho é realizado com o intuito de relatar todas as atividades clínicas, tendo como objetivo resumir todo o percurso deste ano lectivo, podendo, quando terminado, ter um conjunto de informação com interesse académico e pessoal, de evolução e integração de conhecimentos. Juntamente a isto pretende-se também estudar a população que se apresenta à consulta da Clínica Universitária, avaliando o Índice de CPO, dentes perdidos, reabilitações protéticas e doença periodontal. Assim sendo, este relatório elabora um plano de trabalho, seguindo uma linha de pensamento, de forma a apresentar possíveis conclusões com sentido e lógica. O tema a ser abordado é o envelhecimento e degradação da saúde oral da população, sendo este um assunto, na minha opinião, com interesse para a Medicina Dentária, tendo repercussões directas na nossa prática clinica diária. Acompanhado com um relato, quantitativo e qualitativo, do cumprimento do programa proposto pelas diferentes áreas disciplinares. O Médico Dentista tem de estar preparado para o aumento da população idosa e das suas necessidades e espectativas em relação ao tratamento dentário. É essencial investir na prevenção e gestão da doença...

Relatório de atividade clínica

Soares, Daniela Filipa da Silva
Fonte: Universidade Católica Portuguesa Publicador: Universidade Católica Portuguesa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em 01/06/2015 POR
Relevância na Pesquisa
46.14%
A Medicina Dentária visa não apenas o tratamento das diversas patologias que afetam o sistema estomatognático e as estruturas anexas, mas também a prevenção das mesmas. Neste contexto, afigura-se particularmente importante a adoção de medidas destinadas a promover a educação para a saúde, mas também a diminuir as ansiedades e fobias vividas em ambiente clínico as quais, não raras vezes, comprometem a demanda efetiva de cuidados de Saúde Oral. Com efeito, na sociedade em que nos encontramos inseridos sabe-se que o medo e a ansiedade em relação à medicina dentária se colocam como fatores condicionantes do tratamento dentário interferindo assim, na condição psicológica do paciente. Estes pacientes recorrem ao Médico Dentista aquando do aparecimento de sintomatologia álgica, o que, devido à deterioração do estado de saúde da cavidade oral, poderá levar a um tratamento mais invasivo, mais desconfortável para o paciente e consequentemente, potenciador de maior ansiedade. A relação médico/doente e a execução técnica são hoje questões particularmente atuais, porquanto deverão ser analisadas de acordo com o livre e crescente acesso às tecnologias, o qual pode conduzir a uma progressiva desumanização da prestação de cuidados médicos. Desta forma parece importante repensar a atividade médica à luz das teorias atuais de comunicação. Este relatório de atividade clínica pretende descrever a realidade da população observada na Clínica Universitária da Universidade Católica Portuguesa nas diversas áreas disciplinares...

Relatório de atividade clínica

Lopes, Liliana Marina Varela Teixeira Bolota Fonseca
Fonte: Universidade Católica Portuguesa Publicador: Universidade Católica Portuguesa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em 01/06/2015 POR
Relevância na Pesquisa
66.18%
Este relatório pretende reportar a prática clínica realizada pelo binómio 110 no período compreendido entre 8 de Setembro de 2014 a 08 de Maio de 2015, relativamente ao ano letivo de 2014/2015 do mestrado integrado em Medicina Dentária na Universidade Católica- Centro Regional das Beiras. A autora apresenta-se como operadora ou assistente. Uma vez que a autora foi assistente em cerca de metade dos atos importa salientar a importância da observação. A observação será parte integrante da atividade clínica, constituindo um dos processos de aprendizagem e aquisição de competências. Assim, pretendeu-se com este relatório ter sentido crítico nos atos realizados e sempre que possível avaliar através da proservação, devendo este controlo fazer parte da continuação do tratamento. Durante este período a autora teve oportunidade de adquirir competências nas áreas de Prostodontia, Medicina Oral, Periodontologia, Cirurgia, Ortodontia, Odontopediatria, Dentisteria, Endodontia e Oclusão. Com o intuito de no final ser capaz de diagnosticar, planificar e tratar as várias patologias que se possam apresentar no sistema estomatognático ou estarem relacionadas, assim como as comorbilidades dos pacientes observados nos atos clínicos bem como estabelecer a estética e função.; This document intends to report the clinical practice carried out by binomial 110 within the integrated master’s degree in Dental Medicine at the Catholic University - Regional Centre of Beiras - over the period September 8th 2014 to 8th May 2015...

Caracterização de superfície de um novo implante dentário cerâmico

Miranda, Mónica Célia Pereira
Fonte: Universidade Católica Portuguesa Publicador: Universidade Católica Portuguesa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em 29/05/2015 POR
Relevância na Pesquisa
46.18%
Este trabalho destina-se a relatar as experiências obtidas no contexto de atividade clínica na Universidade Católica Portuguesa – Centro Regional das Beiras, durante o ano lectivo 2014/2015. As situações aqui expostas descrevem, por área disciplinar, todo o processo de aprendizagem envolvido na abordagem feita em cada paciente, os procedimentos efetuados nas diferentes variantes de patologias clínicas, os conhecimentos adquiridos assim como as vivências experienciadas ao longo deste processo. De notar a constante influência instrutiva dos docentes de cada área disciplinar que ajudaram no desenvolvimento da conduta académica e aprendizagem profissional. Como se trata de um curso multidisciplinar é feita uma descrição e análise por área disciplinar, por ordem alfabética: Cirurgia Oral, Dentisteria Operatória, Endodontia, Medicina Oral, Oclusão, Odontopediatria, Ortodontia, Periodontologia, Prótese Fixa e Prótese Removível. No presente relatório é, também, feita uma análise estatística tendo como variantes o género, a idade, as diferentes patologias clínicas encontradas, tratamentos efetuados, sintomatologia, estado oral atual de cada paciente e números de atos clínicos como operador ou assistente em cada área disciplinar. Todos os dados foram adquiridos durante os dois semestres...

O trabalho como matéria estrangeira na clínica: reflexões teóricas

de Azeredo Silva, Joseane Tavares; Doutoranda do Programa de Pós-graduação em Psicologia da UFF.; Muniz, Helder Pordeus; Universidade Federal Fluminense
Fonte: ECOS - Estudos Contemporâneos da Subjetividade; ECOS - Estudos Contemporâneos da Subjetividade Publicador: ECOS - Estudos Contemporâneos da Subjetividade; ECOS - Estudos Contemporâneos da Subjetividade
Tipo: ; Ergologia Formato: application/pdf
Publicado em 19/12/2013 PT
Relevância na Pesquisa
46.15%
A perspectiva ergológica nos indica como a atividade de trabalho convoca o vivente a experimentar-se na lida com saberes e normas instituídas socialmente, a “fazer escolhas” e “se escolher” cotidianamente em situação produzindo novas normas. Na imanência da situação, cria-se história que traz a diferença realimentadora da relação vivente/meio no trabalho. Este artigo, apoiado em Canguilhem e Schwartz, aborda o trabalho como matéria estrangeira da clínica, com o objetivo de problematizar como o acolhimento das questões trazidas pelos trabalhadores durante o atendimento clínico instrumentaliza a questionar tanto o modo como se gerencia o trabalho como a própria atividade clínica.