Página 1 dos resultados de 276 itens digitais encontrados em 0.009 segundos

As interfaces entre o Plano Diretor (PD) Municipal e o Planejamento de Arranjo Produtivo Local (APL): o caso de Tambaú no Estado de São Paulo (2003-2008); The connections between the municipal Master Plan and the plan for Local Productive Arrangements (LPA): the case of the town of Tambaú, in São Paulo State (2003-2008)

Fernandes, Jose Leandro de Resende
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 23/04/2008 PT
Relevância na Pesquisa
96.45%
Este trabalho levanta as interfaces entre o planejamento municipal e as estratégias de desenvolvimento do aglomerado produtivo local (APL); tendo como estudo de caso o município de Tambaú em São Paulo e o seu APL de cerâmica vermelha, no período de 2003 a 2008. Nesta dissertação apresenta-se: o estudo das diferentes abordagens de aglomerações industriais produtivas, suas contribuições e pontos em comum; o conceito de Arranjo Produtivo Local, suas características essenciais, bem como suas diferenças com outros conceitos que tratam do tema; as diretrizes para a atuação em APLs do Governo Federal brasileiro e do Governo do Estado de São Paulo, como também do Sebrae e da Fiesp; análise do município de Tambaú; as delimitações físico-territorial, político administrativa e por bacias hidrográficas; processo de ocupação e desenvolvimento e a infra-estrutura tambauense; o setor de cerâmica vermelha no Brasil e a sua inserção na cadeia produtiva da construção civil; a caracterização do pólo ceramista tambauense; o processo de implementação da metodologia Fiesp no APL de cerâmica vermelha de Tambaú; os resultados averiguados; questões fundamentais na política urbana brasileira na atualidade; as diretrizes de desenvolvimento do Plano Diretor Municipal de Tambaú; os elementos estruturantes do planejamento do APL de cerâmica vermelha de Tambaú; e por fim...

Gestão da comunicação no arranjo produtivo local de brinquedos: Laranjal Paulista

Ruiz, Eduardo Ribeiro
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 96 f. : il.
POR
Relevância na Pesquisa
96.37%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Pós-graduação em Comunicação - FAAC; O objetivo desta pesquisa é analisar a gestão da comunicação, das empresas do Arranjo Produtivo Local (APL) de Brinquedos de Laranjal Paulista e Região, entendida como forma efetiva de aumento da competitividade mercadológica e eficiência empresarial do setor em que atuam. A identificação de eventuais pontos de estrangulamento possibilita o aprimoramento dos processos de comunicação utilizados, bem como a disseminação dos mesmos, junto ao APL. Os dados obtidos através da aplicação de um questionário tornou possível analisar a gestão da comunicação do APL de Brinquedos de Laranjal Paulista e Região, e a sua importância para a melhoria da competitividade mercadológica e eficiência das empresas, minimizando o distanciamento entre os empresários bem como das informações imprescindíveis à atuação do APL. Foram pesquisadas 13 empresas fabricantes de brinquedos porque elas se constituem nas mais atuantes para o APL em questão. Dentre as conclusões obtidas, pode-se evidenciar a inexistência de um setor de comunicação formalmente constituído, a grande preocupação com a comunicação informal distorcida...

Relações de cooperação no arranjo produtivo local de calçados do Vale do Rio Tijucas.

Gomes, Diego Eller
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: 73 f.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
96.39%
TCC (graduação)- Universidade Federal de Santa Catarina,Centro Sócio-Econômico, Curso de Ciências Econômicas.; Este trabalho é um estudo sobre as relações de cooperação existentes no arranjo produtivo local de calçados da microrregião do Vale do Rio Tijucas. A cooperação dentro de um APL é um canal de intercâmbio de informações ligadas ao aprendizado por interação e à geração de inovações. Neste contexto, o objetivo aqui é compreender em quais aspectos as empresas e instituições interagem cooperativamente e quais são os resultados dessas interações. Para tanto, utilizou-se como metodologia a pesquisa de campo com abordagem qualitativa e quantitativa, aplicando-se questionários com o público-alvo ligado às atividades calçadistas. Os resultados mostram que a existência de mão de obra qualificada e a interação com clientes e fornecedores são as principais vantagens que uma empresa possui por estar localizada no arranjo, sendo esses últimos os principais parceiros de atividades. Interagir cooperativamente dentro do APL calçadista resulta na melhoria de produtos e processos.

Análise do desenvolvimento regional do setor têxtil vestuário do Bom Retiro em São Paulo como um arranjo produtivo local

Tsuruta, Larissa Mitie
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: 117 f.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
96.37%
TCC (graduação) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Sócio Econômico, Curso de Administração.; Este estudo tem corno objetivo analisar se a região do Bom Retiro, em São Paulo, pode ser caracterizada como um Arranjo Produtivo Local no setor têxtil-vestuário, utilizando o conceito do SEBRAE sobre arranjos produtivos e empregando o modelo de Porter como referencial teórico. Quanto à metodologia, o estudo tem caráter quantitativo e qualitativo, utilizando informações da Pesquisa de Atividade Econômica Paulista (PAEP) extraídas por Brito e entrevistas semi-estruturadas com os agentes da cadeia produtiva na região. A análise empírica apresentou o setor vestuário como uma atividade de alta concentração tanto no município como no Bom Retiro, através do resultado do Quociente Locacional. A formação histórica da região foi importante para a reestruturação produtiva do setor e para o aumento da competitividade. A análise dos determinantes identificou que há condições de fatores favoráveis na região, como recursos humanos e de conhecimento, mas faltam recursos de capital e infra-estrutura urbana. As condições de demanda são as impulsionadoras de desenvolvimento tecnológico, visto sua exigência à inovação do produto e do design. Embora haja um considerável número de indústrias correlatas e de apoio na região...

"Um arranjo produtivo em xeque": campo, habitus e capital simbólico em um Arranjo Produtivo Local moveleiro em Minas Gerais

Souza Filho,Osmar Vieira de; Silveira,Rogério Zanon da; Carrieri,Alexandre de Pádua; Teixeira,Juliana Cristina
Fonte: Departamento de Administração da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da Universidade de São Paulo Publicador: Departamento de Administração da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2013 PT
Relevância na Pesquisa
96.43%
O Arranjo Produtivo Local de Ubá e região (APL de Ubá) gera cerca de nove mil empregos e abriga a sede da maior empresa de móveis de aço da América Latina, além de três outras grandes empresas. Entretanto, é marcado por relações de disputa que preocupam os próprios empresários locais. O problema investigado é até que ponto essas disputas, especialmente entre fabricantes e fornecedores, colocam em risco esse APL moveleiro. O objetivo neste artigo é apresentar um entendimento de como se dão as relações de poder entre os empreendedores locais fabricantes de móveis e os fornecedores dessas empresas, discutindo suas implicações para o APL. Os resultados apontam para a existência de problemas nas relações entre fabricantes e fornecedores decorrentes, principalmente, da acumulação desigual de capital simbólico, do predomínio de interesses diferentes em jogo (illusio), bem como dos princípios diferentes e em oposição que orientam as práticas dos agentes (habitus). Os resultados apontam os riscos que essa natureza de relações acarreta para o APL de Ubá.

Índice de inovação: hierarquização dos produtores do arranjo produtivo local de fruticultura irrigada, estado do Ceará

Campos,Kilmer Coelho; Carvalho,Fátima Marília Andrade de
Fonte: Sociedade Brasileira de Economia e Sociologia Rural Publicador: Sociedade Brasileira de Economia e Sociologia Rural
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2011 PT
Relevância na Pesquisa
96.45%
Enquadrou-se a proposta de identificar e analisar grupos homogêneos de produtores com diferentes níveis produtivos e inovativos, possibilitando seu melhor desenvolvimento no arranjo produtivo local de fruticultura irrigada localizado nos municípios de Limoeiro do Norte e Russas, no estado do Ceará. Utilizou-se a técnica de análise fatorial para a definição dos fatores e a análise de agrupamentos para a formação dos grupos homogêneos. Constatou-se que o desenvolvimento do arranjo produtivo local de fruticultura irrigada da microrregião do Baixo Jaguaribe no estado do Ceará é sustentado por um grupo de produtores mais integrados e intensivos nos processos de produção, inovação, cooperação e aprendizado interativo e pelas relações desenvolvidas em termos locais.

Arranjo produtivo local e desenvolvimento sustentável: uma relação sinérgica no município de Marco (CE)

Alvarenga,Rafaella Alves Medeiros; Matos,Fátima Regina Ney; Machado,Diego de Queiroz; Sobreira,Michelle do Carmo; Matos,Lorena Bezerra de Souza
Fonte: Universidade Presbiteriana Mackenzie Publicador: Universidade Presbiteriana Mackenzie
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/10/2013 PT
Relevância na Pesquisa
96.43%
Com a evolução do próprio conceito de desenvolvimento, mediante o fortalecimento do paradigma da sustentabilidade, torna-se necessária uma evolução das discussões em torno dos arranjos produtivos locais (APLs) que incorpore ponderações acerca de tais dimensões. Dessa forma, este estudo tem como objetivo geral analisar a ocorrência de práticas de desenvolvimento sustentável, com base no modelo triple bottom line, em um arranjo produtivo local. Para tanto, escolheu-se como campo empírico de estudo um APL de móveis localizado no município de Marco, no Estado do Ceará. Sua escolha para este trabalho se deveu tanto às características desse tipo de atividade, que, por depender da extração e utilização de recursos naturais, principalmente a madeira, apresenta grande relação com questões da dimensão ambiental da sustentabilidade, quanto ao reconhecimento do forte desempenho econômico do APL de Marco, que fez com que a cidade fosse reconhecida como um dos maiores polos moveleiros do Norte e Nordeste do país. Procurou-se identificar demonstrações econômicas (profit), sociais (people) e ambientais (planet), bem como verificar a ocorrência de sinergia na relação arranjo produtivo e desenvolvimento sustentável. Na revisão da literatura...

O comportamento socioambiental de empresas do arranjo produtivo local de confecções do Agreste pernambucano, na percepção de seus principais stakeholders

de Fátima Silva Oliveira Santos, Claudinete; Regina Pasa Gómez, Carla (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
96.39%
O Desenvolvimento Local tem por estratégia inovadora os Arranjos Produtivos Locais (APLs), que são redes sociais nas quais seus stakeholders interagem por meio de coopetição, inclusive as Micro e Pequenas Empresas. Elas precisam se adaptar às expectativas da sociedade e pressão dos stakeholders quanto a sua Responsabilidade Socioambiental em produtos e processos, refletindo no seu Comportamento Socioambiental Empresarial (CSAE), que pode ser avaliado por instrumentos de gestão como indicadores socioambientais. Assim, o propósito dessa pesquisa é analisar como ocorre o comportamento socioambiental de empresas do Arranjo Produtivo Local (APL) de Confecções do Agreste Pernambucano, apontadas por seus principais stakeholders, mediante instrumento de avaliação para arranjos produtivos locais, construído a partir da adaptação do conjunto de Indicadores de Responsabilidad Social para Cooperativas de Usuarios/Asociados do IARSE (2007). Para tanto, foram discutidos no arcabouço teórico: a Responsabilidade e o CSAE, suas Dimensões e Instrumentos de Gestão como os indicadores de Responsabilidade Social para cooperativas proposto pelo IARSE (2007) e para empresas do Instituto Ethos (2007); a Teoria dos Stakeholders e as suas Estruturas de Influência em Redes propostas por Rowley (1997); e os APLs e seus Instrumentos de Gestão. Foi realizado um estudo de caso qualitativo com pesquisa bibliográfica e documental...

Concorrência internacional no setor de vestuário : estratégias de diferenciação para o arranjo produtivo local do Agreste pernambucano

Ramos, Antônio Sérgio de Araújo; Hidalgo, Álvaro Barrantes (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
96.35%
Este trabalho mostra que no cenário internacional, altamente competitivo e globalizado, as micro e pequenas empresas procuram um diferencial competitivo para sobreviver, necessitam buscar nichos de mercado, criar estratégia competitiva e encontrar saídas que a diferenciem das demais empresas. No setor de vestuário, com o fim do acordo multifibras e com a abertura comercial do país nos anos 90, além do surgimento de novos pólos de confecções de vestuário, tanto nacional como internacional, a exemplo da China e a Índia, tem-se como conseqüência o aumento da concorrência a nível internacional. Diante deste novo cenário, este trabalho propõe abordar a importância dos arranjos produtivos locais, pois os mesmos tem sido uma forma de manter a competitividade das empresas de confecções de vestuário, através da cooperação, do conhecimento compartilhado, de alianças estratégicas e da proximidade dos mercados. São variáveis fundamentais para a sobrevivência das micro e pequenas empresas deste setor. Mostra ainda o trabalho que a implantação de estratégias competitivas são as ferramentas para a sobrevivência das indústrias, neste cenário altamente competitivo. Diferenciar, ir em busca de parcerias...

Avaliação do Arranjo Produtivo Local de Confecção no Município de Riacho das Almas no Estado de Pernambuco

Santos, Janduir João dos; Moura, Alexandrina Saldanha Sobreira de (Orientadora); Sobral, Maria do Carmo Martins (Coorientadora)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Dissertação
BR
Relevância na Pesquisa
96.35%
Esta dissertação foi realizada no município de Riacho das Almas no Estado de Pernambuco. Com o objetivo avaliar o Arranjo Produtivo Local (APL) de Confecção, a partir de análises socioeconômica e ambiental. A metodologia utilizada compreende pesquisas bibliográficas e estudos de casos, com análise sobre o que existe efetivamente no município de Riacho das Almas. O referencial teóricoconceitual contempla abordagens dos Arranjos Produtivos Locais e os avanços da cadeia produtiva de confecção, com aporte dos aspectos legais e institucionais e da legislação ambiental aplicada ao APL, especificamente no que trata do pólo industrial de confecção. Foi demonstrado o estado em que a questão ambiental se encontra nas lavanderias industriais de jeans. Foi realizada uma pesquisa com 15% dos egressos do Centro de Vocação Tecnológica (CVT) de Confecção, cujos resultados indicaram os benefícios socioeconômicos proporcionados pela indústria de confecção com relação ao aumento de renda das famílias e a empregabilidade no setor. Mostrou que grande parte estão empregados, mas a maioria trabalha sem carteira assinada. Durante a pesquisa, procurou-se saber se as pessoas tinham interesse em continuar trabalhando na cidade e a grande maioria confirmou que a pretensão seria continuar na atividade. Os dados levantados mostraram que o desenvolvimento do APL trouxe ganhos socioeconômicos para a região...

Trabalho e qualificação profissional no arranjo produtivo local de confecções do Agreste de Pernambuco: a experiência de Toritama

Costa, Fabiana Maria da; Amaral, Angela Santana do (Orientadora)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Dissertação
BR
Relevância na Pesquisa
96.38%
A presente pesquisa consiste em uma análise acerca da relação entre trabalho e qualificação profissional no Arranjo Produtivo Local de Confecções do Agreste/PE, especificamente no município de Toritama, conhecido como a capital do jeans. As ações de qualificação profissional nessa realidade integram uma estratégia mais ampla para construção de consensos em face da problemática do desemprego na periferia do capitalismo. Neste sentido, pudemos perceber que essas ações empreendidas, principalmente, pelos aparelhos privados de hegemonia do capital, com a anuência do Estado, têm atuado no sentido de construir hegemonia em torno de uma nova cultura do trabalho fundada na perspectiva do empreendedorismo, da liberdade e da autonomia do trabalho. Todavia, esta perspectiva se constrói às custas do trabalho precário e desprotegido, mas sob o discurso da inclusão produtiva dos trabalhadores. O APL, inspirado na experiência italiana dos distritos industriais, se apresenta enquanto terreno de estruturação da política de qualificação profissional, a qual é considerada de extrema relevância nesta realidade, posto que tomada como meio de proporcionar o desenvolvimento local e assumir um caráter de política regional. No interior dessa proposta...

Relações interorganizacionais e eficiência coletiva: um estudo de caso no arranjo produtivo local de confecções do agreste pernambucano

Souza, Iêda Isabella de Lira
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Administração; Políticas e Gestão Públicas; Gestão Organizacional Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Administração; Políticas e Gestão Públicas; Gestão Organizacional
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
96.49%
This work is a study in the Local Productive Arrangement of confections from Agreste of Pernambuco, as a relevant sector in economic and social aspect. This research has as central aim to understand how the inter-organizational relations influence the collective efficiency of arrangement. The theoretical framework employed highlights the approaches that deal with the benefits of business agglomeration for the develop­ment of firms and regions. It has discussed the approach of small and medium enter­ prises and industrial districts (SCHMITZ, 1997), which introduce the concept of col­ lective efficiency, explaining that only those externalities explained by Marshall (1996) are not sufficient to explain the competitive advantage of enterprises, expand­ing the idea that organizations achieve competitive advantage not acting alone. To examine the influences of relations in the collective efficiency, it has been taken as analytical perspective theory of social networks (GRANOVETTER, 1973, 1985; BURT, 1992; UZZI, 1997) because it has believe that this approach provides subsi­ dies for a structural analysis of social relationships in face the behavior of human ac­tion. By examining the organizations in a social network...

Transferência de conhecimento proveniente de prestadores de serviços e entidades de apoio: um estudo em empresas do Projeto APL (Arranjo Produtivo Local) do setor metal-mecânico da região do Grande ABC

SANTOS, Robson dos
Fonte: Universidade Municipal de São Caetano do Sul Publicador: Universidade Municipal de São Caetano do Sul
Tipo: Tese ou dissertação
PT_BR
Relevância na Pesquisa
96.35%
Dissertação apresentada ao Programa de Pós-graduação em Administração - Mestrado da Universidade Municipal de São Caetano do Sul.; Este estudo procurou identificar quais fontes as empresas do setor metal-mecânico do Grande ABC participantes do Projeto APL (Arranjo Produtivo Local) utilizam para obtenção de conhecimento e qual a importância do projeto APL neste processo. Para identificação, partiu-se da análise de um conjunto de tecnologias utilizadas, e quais são pretendidas pelas empresas, considerando-se que a sua implantação pode estar associada à transferência de conhecimento. A definição das tecnologias consideradas neste trabalho baseou-se predominantemente naquelas definidas na pesquisa realizada pela Agência de Desenvolvimento Econômico do Grande ABC. Com base nos resultados daquela pesquisa, gestores da agência consideraram que as principais fontes de conhecimento das empresas do setor metal-mecânico são fornecedores e prestadores de serviços. Foi realizada pesquisa de natureza qualitativa com oito empresas do setor metal-mecânico do ABC participantes do projeto APL. Investigou-se a utilização de tecnologias como softwares, certificações de qualidade e técnicas produtivas, bem como a satisfação pelo conhecimento adquirido com a adoção desta tecnologia. Acredita-se que os objetivos da pesquisa foram atendidos e algumas observações importantes devem ser destacadas: a) quanto à disseminação interna do conhecimento durante a implantação de softwares...

O arranjo produtivo local dos construtores de barcos artesanais: fundamentos para o desenvolvimento end?geno do Baixo - Tocantins (PA)

CORR?A, Edson de Jesus Antunes
Fonte: Universidade Federal do Pará Publicador: Universidade Federal do Pará
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
96.38%
Este trabalho ? um estudo de caso do Arranjo Produtivo Local ? APL da ind?stria da constru??o naval artesanal no munic?pio de Igarap?-Miri regi?o do Baixo ? Tocantins. Atividade esta formado por estaleiros gerenciados por mestres trabalhadores detentores de um acervo intelectual t?cito, passado de gera??o em gera??o. Objetiva investigar o potencial do APL da constru??o naval artesanal como fundamento do desenvolvimento end?geno na regi?o. Deste modo, se analisou suas principais caracter?sticas, estrutura de produ??o, custo, ocupa??o, mercado e emprego nas pequenas empresas do APL da ind?stria naval bem como a din?mica e a potencialidade do setor, os seus principais problemas e os entraves ao seu desenvolvimento. Dessa forma, a pesquisa constatou a crescente produ??o por tonelagem da ind?stria naval e os atores econ?micos, pol?ticos e sociais que dela tem se beneficiado. A pesquisa adotou o padr?o metodol?gico das experi?ncias de estudos de sistema de aprendizagem e inova??es buscando entender sistemas e arranjos produtivos locais fundamentado na vis?o evolucionista sobre inova??o e mudan?a tecnol?gica.; ABSTRACT: This work is a case study of Local Productive Arrangement - LPA of the hipbuilding industry in craftsmanship Igarap?-Miri region of the Low - Tocantins. This activity consists of sites managed by teachers employed owners of a body of tacit intellectual...

Inteligência competitiva e cooperação na percepção dos atores do arranjo produtivo local de software da Região Metropolitana de Belo Horizonte

Silva,Patrícia Nascimento; Muylder,Cristiana Fernandes De
Fonte: Escola de Ciência da Informação da UFMG Publicador: Escola de Ciência da Informação da UFMG
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2015 PT
Relevância na Pesquisa
96.35%
A Inteligência Competitiva, em Arranjo Produtivo Local (APL), contribui para que empresas de pequeno porte possam gerar competências e manter um posicionamento competitivo no mercado global. O artigo tem o objetivo de identificar e analisar o compartilhamento de informações estratégicas e de inteligência competitiva pelos atores do APL de Software de Belo Horizonte e Região Metropolitana. A partir das dimensões do micro e do macroambiente organizacional, e das ações realizadas pelos atores, foi avaliada a percepção dos mesmos quanto ao compartilhamento de informações estratégicas e de inteligência. Realizou-se uma pesquisa qualitativa com os atores estratégicos do APL a partir de roteiro de entrevista semiestruturado pertencente a projeto de pesquisa financiado pela FAPEMIG. Foram envolvidos diferentes gestores e representantes de cada ator do APL. O roteiro é composto de quatro categorias de análise, subdivididas em subcategorias que orientam a coleta de dados. Foram entrevistados dez atores que representam o setor na região metropolitana de Belo Horizonte/MG. Os resultados obtidos apontam que a interação entre os atores não envolve ações direcionadas ao compartilhamento de informações estratégicas e de inteligência competitiva. Como consequência...

Condições para Arranjo Produtivo Local (APL) e sustentabilidade ao setor têxtil de Araranguá-SC

Oliveira, Aline Hilsendeger Pereira de
Fonte: Universidade do Extremo Sul Catarinense Publicador: Universidade do Extremo Sul Catarinense
Tipo: Dissertação
PT_BR
Relevância na Pesquisa
96.46%
Dissertação apresentada ao Programa de Pós-Graduação em Ciências Ambientais da Universidade do Extremo Sul Catarinense para obtenção de título de Mestre em Ciências Ambientais.; O desenvolvimento econômico pós-globalização aprofundou as externalidades sociais e ambientais por sua dinâmica e estratégias voltadas essencialmente ao mercado. O setor da confecção foi fortemente influenciado pelos processos de desregulamentação econômica, resultando na necessidade de uma reestruturação socioprodutiva. No município de Araranguá este setor é representativo em termos econômicos e de geração de postos de trabalho, sem a exigência de qualificação profissional. A dimensão local não deixou de ser relevante para desenvolver a economia dos países, principalmente aqueles em desenvolvimento em que predominam as pequenas e micro empresas. Esta pesquisa teve como objetivo identificar os elementos necessários para a formação de um arranjo produtivo local no município, confrontando com os elementos existentes. Para alcançar este objetivo, desenvolveu-se um estudo com dez indústrias de confecção de Araranguá escolhidas pelo tempo de atuação no mercado, considerando aquelas com ano de fundação superior a cinco anos. Foi utilizada a pesquisa exploratória e os dados primários foram obtidos por meio de entrevistas diretas com a aplicação de questionário semi-estruturado em torno do objeto de pesquisa. Os resultados confirmaram a importância de atuação das empresas de pequeno porte na economia de Araranguá. Além disso...

REDES DE COOPERAÇÃO E INOVAÇÃO LOCALIZADA: ESTUDO DE CASO DE UM ARRANJO PRODUTIVO LOCAL DOI:10.5773/rai.v1i1.674; NETWORK OF COOPERATION AND INNOVATION: A STUDY CASE OF A LOCAL PRODUCTIVE ARRANGEMENT DOI:10.5773/rai.v1i1.674

Quandt, Carlos Olavo
Fonte: Universidade de São Paulo. Economia, Administração e Contabilidade Publicador: Universidade de São Paulo. Economia, Administração e Contabilidade
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 24/04/2012 POR
Relevância na Pesquisa
96.4%
As estratégias coletivas de cooperação entre organizações e pessoas constituem uma das principais formas de participação efetiva dos atores sociais na geração de inovações e, consequentemente, na competitividade e crescimento econômico de empresas, regiões e países. A crescente importância dos aglomerados de inovação e das alianças e redes interorganizacionais reforça a relevância da temática do presente estudo, que visa ampliar a compreensão do processo de formação de redes locais e sua contribuição para a geração de inovações. A abordagem adotada privilegia as interações e o intercâmbio de informações e conhecimento entre os atores públicos e privados que estão inseridos nas redes locais. O contexto empírico da análise é um estudo de caso do arranjo produtivo local (APL) de malharias de Imbituva, no Estado do Paraná. Os resultados revelaram que as inovações no APL em geral foram pouco expressivas, e que o seu impacto nas organizações foi bastante limitado. Verificou-se uma relação positiva entre intensidade de interações, propensão a inovar e desempenho dos negócios. Observou-se também que as empresas mais antigas apresentam um padrão mais intenso de interações. A análise de redes evidencia que os aspectos relacionados à inovação e às interações locais ainda se encontram pouco desenvolvidos...

Arranjo produtivo local e desenvolvimento regional: uma reflexão do APL de Turismo Rota da Amizade (SC, Brasil); The local productive arrangement and regional development: a reflection of Tourism LPA Rota da Amizade (SC, Brazil)

Bastos Alves, Jorge Amaro; Universidade do Contestado (UnC)
Fonte: Departamento de Turismo (DETUR - UFPR) Publicador: Departamento de Turismo (DETUR - UFPR)
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Avaliado por pares Formato: application/pdf
Publicado em 20/04/2010 POR
Relevância na Pesquisa
96.43%
 Analisa-se neste artigo a evolução do desenvolvimento regional a partir do modelo de organização industrial estruturado em forma de Arranjo Produtivo Local (APL) entre firmas e outras instituições, com vistas a ampliar suas capacidades competitivas. Esse artigo baseia-se em um estudo de caso do APL de Turismo Rota da Amizade, localizado no Meio-Oeste do Estado de Santa Catarina, que foi realizado a partir de um trabalho de consultoria interna desenvolvido pelo autor nesta entidade, junto à cadeia regional produtiva do turismo. Utilizou-se também, de uma revisão bibliográfica contemplando a teoria do desenvolvimento econômico esteada no pensamento de Joseph Schumpeter (1911), tendo como foco a figura do empresário inovador, bem como, acerca do arranjo institucional decorrente deste APL, um dos elementos catalisadores do desenvolvimento do turismo e facilitador do desenvolvimento regional, e ainda de uma pesquisa documental junto ao APL.; This paper analyzes the evolution of regional development from themodel of industrial organization structured like Local Productive Arrangement (LPA)among firms and other institutions, aimed at increasing their competitive abilities. Thisarticle is based on a case study of the Tourism LPA Rota da Amizade...

Fluxos de informações e conhecimentos para inovações no arranjo produtivo local de confecções em Salvador, Bahia

Pereira, Hernane Borges de Barros; Freitas, Mario Cezar; Sampaio, Renelson Ribeiro
Fonte: Pesquisa Brasileira em Ciência da Informação e Biblioteconomia Publicador: Pesquisa Brasileira em Ciência da Informação e Biblioteconomia
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion;
Publicado em 14/05/2008
Relevância na Pesquisa
96.49%
O presente trabalho estuda os fluxos de informações e conhecimentos e a estrutura da rede de interações em um aglomerado de empresas. Foi adotada a análise de rede sociais para identificar propriedades estruturais da rede de empresas pertencentes ao arranjo produtivo de confecções de Salvador, Bahia, Brasil. Tomou-se por base os fluxos de informações e conhecimentos envolvidos nas diversas interações, internas e externas do aglomerado, decorrentes da necessidade de desenvolver e aprimorar a competitividade, tanto coletiva quanto individual. Os dados obtidos possibilitaram avaliar a estrutura da rede de interações e a influência que tem em relação aos fluxos de informações e conhecimentos envolvidos com a melhoria da competitividade, particularmente por fatores tecnológicos. No final, são apontados possíveis referenciais que podem caracterizar a intensidade das interações e cooperação entre empresas do arranjo produtivo. A contribuição principal deste trabalho consiste em um diagnóstico estrutural do arranjo produtivo local de confecções de Salvador. Acesso ao texto completo (PDF)

PROCESSO INOVATIVO DAS MICRO EMPRESAS DO ARRANJO PRODUTIVO LOCAL DO AGRONEGÓCIO LEITE EM JARU - RO

Dércio Bernardes-de-Souza; UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA; Mariluce Paes-de-Souza; UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA - UNIR, Porto Velho/RO
Fonte: Revista de Administração e Negócios da Amazônia Publicador: Revista de Administração e Negócios da Amazônia
Tipo: Artigo Avaliado por Pares; Formato: application/stream
Publicado em 30/09/2009 PT
Relevância na Pesquisa
96.42%
O objetivo deste artigo é analisar o processo de inovação das micro empresas do arranjo produtivo local do agronegócio leite no Município de Jaru, região central do Estado de Rondônia. Este arranjo é composto quase que exclusivamente de micro empresas, cujas atividades são de baixa complexidade tecnológica, apresentando, também, outros agentes, cuja concentração espacial e atuação em atividades do agronegócio leite podem estar contribuindo ou não para o processo inovativo destas. Para sua caracterização, foi reaplicada a metodologia, instrumento de pesquisa e estrutura analítica da Rede de Sistemas Produtivos e Inovativos Locais – RedeSist, do Instituto de Economia da UFRJ a 12 micro empresas. Assim, observou-se que as empresas do arranjo apresentam um processo inovativo pouco estruturado, indicando inovações incipientes estando mais voltadas para imitação de produtos e processos já disseminados no mercado.