Página 1 dos resultados de 1125 itens digitais encontrados em 0.004 segundos

O saguão na habitação urbana : o interior da casa en torno de um vazio vertical nuclear

Reis, Nuno Miguel Arenga
Fonte: Faculdade de Arquitectura de Lisboa Publicador: Faculdade de Arquitectura de Lisboa
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em //2009 POR
Relevância na Pesquisa
46.42%
Doutoramento em Arquitectura; O saguão foi duramente criticado na arquitectura moderna e o seu uso é raro na arquitectura doméstica contemporânea: geralmente, não se reconhece valor arquitectónico próprio e é considerado um espaço insalubre. No entanto, a sua presença no interior da casa revela ainda importantes qualidades: constroi a poética de uma interioridade profunda, a sua estruturação e diferenciação espacial; promove o controlo ambiental doméstico, da temperatura, ventilação, iluminação e sombreamento. Esta investigação reabilita o saguão como protagonista positivo na organização espacial do interior doméstico, como elemento agregador e qualificador de compartimentos interiores, e como definidor de núcleos domésticos de serviços e infra-estruturas. Procuramos a natureza arquitectónica específica do saguão, entender a sua utilização, avaliar a sua utilidade e o seu potencial arquitectónico. Percorrenos a sua evolução e participação na história da casa urbana, discutimos as razões da sua avaliação negativa, discutimos finalmente as potencialidades da sua utilização. Desenvolvemos uma abordagem sincrónica e sintética à discussão do pensamento da casa, dos diversos modos de a conceber. Concluímos com a defesa da integração positiva do saguão na conceptualização da casa contemporânea.; The light-shaft was strongly criticized by modern architecture and its use is rare on contemporary domestic architecture: generally...

Da urbanidade à territorialidade das margens do Sado : contributos e desafios para uma regeneração urbana da frente ribeirinha, portuária e industrial de Setúbal

Santos, João Rafael Marques
Fonte: Faculdade de Arquitectura de Lisboa Publicador: Faculdade de Arquitectura de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /07/2005 POR
Relevância na Pesquisa
46.25%
Mestrado em Regeneração Urbana e Ambiental; A história da interface urbano-portuária remete-nos para um espaço onde se reflectiam e intersectavam tecidos urbanos com infraestruturas pesadas, dinâmicas económicas locais com redes internacionais de comércio, vivências sociais burguesas com a azáfama popular, memórias, simbologias e imaginários diversificados. Neste ambiente, a complexidade era indissociável da notável unidade e simbiose entre o mundo citadino e o mundo marítimo que distinguia as cidades portuárias. A recomposição desta interface, e da sua secular centralidade, entretanto marginalizadas pelas dinâmicas divergentes do porto e da cidade e pelo confronto com novas formas de organização económica e territorial pós-fordismo, metropolização, metapolização requer uma cuidada cicatrização das fracturas morfológicas, sociais, identitárias e institucionais que caracterizam a realidade actual. A regeneração urbana destas áreas oferece uma oportunidade de revalorização daquela centralidade, contribuindo para uma optimização de recursos, sob uma óptica de desenvolvimento sustentável, em que o porto e a rede industrial e logística a que está associado, desempenham um papel fundamental. Para isso...

Da urbanidade à territorialidade das margens do Sado. Contributos e desafios para uma regeneração urbana da frente ribeirinha, portuária e industrial de Setúbal

Santos, João Rafael Marques
Fonte: Faculdade de Arquitectura de Lisboa Publicador: Faculdade de Arquitectura de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /07/2005 POR
Relevância na Pesquisa
46.25%
Tese de Mestrado em Regeneração Urbana e Ambiental,; A história da interface urbano-portuária remete-nos para um espaço onde se reflectiam e intersectavam tecidos urbanos com infraestruturas pesadas, dinâmicas económicas locais com redes internacionais de comércio, vivências sociais burguesas com a azáfama popular, memórias, simbologias e imaginários diversificados. Neste ambiente, a complexidade era indissociável da notável unidade e simbiose entre o mundo citadino e o mundo marítimo que distinguia as cidades portuárias. A recomposição desta interface, e da sua secular centralidade, entretanto marginalizadas pelas dinâmicas divergentes do porto e da cidade e pelo confronto com novas formas de organização económica e territorial pós-fordismo, metropolização, metapolização requer uma cuidada cicatrização das fracturas morfológicas, sociais, identitárias e institucionais que caracterizam a realidade actual. A regeneração urbana destas áreas oferece uma oportunidade de revalorização daquela centralidade, contribuindo para uma optimização de recursos, sob uma óptica de desenvolvimento sustentável, em que o porto e a rede industrial e logística a que está associado, desempenham um papel fundamental. Para isso...

Densidade e forma urbana, densificação como valor de projecto e estratégia de desenvolvimento urbano. Baixa altura. Alta densidade.

Almeida, Gonçalo, Miguel Pires de
Fonte: Faculdade de Arquitectura de Lisboa Publicador: Faculdade de Arquitectura de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /01/2011 POR
Relevância na Pesquisa
46.43%
Tese de Mestrado em Arquitectura de Planeamento Urbano e Territorial; Na investigação desenvolvida, procura-se explorar a problemática entre Densidade e Forma Urbana. Neste seguimento, e uma vez que actualmente nos deparamos com diversos fenómenos de dispersão urbanística e que, ao mesmo tempo, questionamos modelos e formas urbanísticas relacionadas com o desenvolvimento em altura, o binómio Baixa Altura - Alta Densidade surge como hipótese de trabalho ao nível do projecto, com o intuito de procurar novos argumentos e soluções, quer no âmbito do projecto urbano, quer no âmbito dos processos de planeamento. Em concreto, os objectivos principais passam por testar a aplicação ao projecto desta reflexão teórica, bem como identificar os indicadores urbanísticos que ajudam essa mesma aplicação ao território e equacionar a densidade do ponto de vista morfológico e tipológico. Esta investigação é composta por duas fases: uma em que é fundamentada uma reflexão teórica que pretende transpor para a prática, estudos, investigações e exemplos relacionados com a problemática em causa; uma segunda fase onde se transpõem ideias e conceitos para uma fase de execução na área de intervenção localizada em Almada Nascente. A passagem da investigação para o território deve...

O contributo da arquitectura na apreensão do saber

Rodrigues, Ricardo Miguel
Fonte: Faculdade de Arquitectura de Lisboa Publicador: Faculdade de Arquitectura de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /12/2010 POR
Relevância na Pesquisa
46.26%
Tese de Mestrado em Arquitectura; Os espaços para a aprendizagem educam e a sua dimensão educativa transmite-se por formas. Isto faz com que o espaço e o homem se aproximem um do outro, estabelecendo-se uma troca. Entender que a arquitectura, enquanto disciplina, possui uma dimensão artística, onde a capacidade de determinar o meio do homem, se transforma numa responsabilidade, a de inscrever nos espaços onde actua: um caractér colectivo e comunitário, de modo a que estes se tornem significantes enquanto lugar antropológico, que se tece de uma perspectiva sistémica. A arquitectura Universitária, constitui-se deste modo, como, um agente físico de expressão cultural no processo de construção de uma identidade humana através de uma articulação entre educação e arte. É desde logo a forma, que dá corpo aos mundos do saber e estudo do homem, interligando pela sua dimensão artística outras formas de saber, dentro de uma prática comum, a da aprendizagem.; Spaces for learning educate and education is transmitted by forms. Understanding this makes the space and the man approach one another, establishing an exchange. Understanding architecture as a discipline, has a dimension of art, where the ability to determine the meaning of man becomes a liability...

Arte na minha rua. Estratégia de reabilitação urbana para o bairro da Cova da Moura

Batalha, Ana Elisabete Carvalhinho
Fonte: Faculdade de Arquitectura de Lisboa Publicador: Faculdade de Arquitectura de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /11/2010 POR
Relevância na Pesquisa
46.46%
Tese de Mestrado em Arquitectura com especialização em Planeamento Urbano e Territorial; Na procura de uma nova imagem para o estigmatizado bairro da Cova da Moura, apresenta-se uma estratégia de reabilitação urbana que se baseia em algumas especificidades deste território para o tornar um bairro mais permeável e seguro. Num bairro onde abundam os fenómenos criativos e culturais, a Arte Urbana e as Hortas Urbanas manifestam-se como duas utilizações comuns do espaço público, que neste projecto serão exploradas, buscando a manutenção da identidade do local e uma maior legibilidade da sua estrutura urbana. A Arte Urbana faz já parte da cultura visual contemporânea, tendo evoluído e alastrado por todo o mundo, afastando-se cada vez mais da sua conotação com o vandalismo. É esta ascensão, “das ruas para os museus”, que justifica a criação de um novo espaço criativo, inovador e multicultural, uma Escola de Arte Urbana. Um equipamento que surge como o catalisador para o desenvolvimento socioeconómico do bairro, associando-se aos espaços comerciais pré-existentes e fornecendo um conjunto serviços profissionais para o exterior. Pretende-se assim, à semelhança daquilo que aconteceu com o fenómeno da Arte Urbana...

Densidade e forma urbana. A densidade enquanto factor potenciador de urbanidade

Baptista, José Filipe dos Santos
Fonte: Faculdade de Arquitectura de Lisboa Publicador: Faculdade de Arquitectura de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /06/2011 POR
Relevância na Pesquisa
46.37%
Mestrado integrado em Arquitectura, com a especialização em Planeamento Urbano e Territorial; No contexto da problemática que relaciona densidade e forma urbana, esta investigação tem como principal objectivo discutir o valor e as valências da densidade enquanto factor potenciador de urbanidade. Mais concretamente o estudo pretende perceber o modo como uma maior densidade pode ser condição relevante ou catalisadora para desencadear uma vida urbana mais intensa. Neste âmbito, procurase desenvolver a temática da densidade conjugando-a com conceitos como sejam a mistura de usos, a questão das centralidades e da mobilidade. Em paralelo com a reflexão teórica pretende desenvolver-se uma investigação aplicada, ou seja, procurando traduzir num quadro territorial específico – a área de Almada nascente – a problemática anteriormente apresentada. Admite-se como caso de estudo o eixo central da cidade de Almada, no sentido em que podemos qualificá-lo como uma centralidade axial existente na cidade. Este revela valências e qualidades (nomeadamente enquanto espaço de concentração e mistura de usos e enquanto eixo de mobilidades) que servem de referência ao projecto e à hipótese de trabalho aqui levantada: a criação de um segundo eixo de centralidade e densidade ao longo da actual via Aliança Povo M.F.A...

Escola INJAZZ. Arquitectura de integração numa perspectiva sustentável

Santos, Joana Rita da Cruz Ribeiro
Fonte: Faculdade de Arquitectura de Lisboa Publicador: Faculdade de Arquitectura de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /10/2011 POR
Relevância na Pesquisa
46.26%
Tese de Mestrado em Arquitectura, com a especialização em Arquitectura de Interiores.; A arquitetura contemporânea passa pelo aproveitamento de recursos e pela criação de espaços dinamizadores das cidades, que contribuam para a regeneração urbana e coesão social. O presente trabalho pretende analisar a arquitetura de integração numa perspetiva sustentável, através da intervenção num objeto arquitetónico, no sentido de permitir a sua conversão para uma escola de jazz e clube noturno. Pretende-se abordar e compreender as necessidades funcionais de um espaço deste tipo, propondo uma metodologia de intervenção que respeita o valor histórico e cultural da pré-existência. Procura-se também demonstrar que a reabilitação e o aproveitamento de recursos naturais e históricos são, por si só, uma forma de intervir promovendo o desenvolvimento sustentável. Desta forma, este trabalho, que procura uma atualização na resposta aos problemas do desenvolvimento urbano, serve para o enriquecimento de uma metodologia atual de intervenção em edifícios e zonas urbanas históricas. Assim, serve este estudo para o acompanhamento da leitura de uma proposta de projeto para o antigo Picadeiro da Escola Politécnica de Lisboa...

Construir no construído. O objecto-cidade como desenho da superficie urbana.

Teiga, Filipa Camacho Sacramento
Fonte: Faculdade de Arquitectura de Lisboa Publicador: Faculdade de Arquitectura de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /01/2012 POR
Relevância na Pesquisa
46.52%
Tese de Mestrado em Arquitectura; A temática do objecto-cidade é resumida num princípio organizacional de resolução de problemas concretos no meio urbano envolvente. A sua interacção base entre forma, programa e organização permite uma boa resposta a imperativos actuais bastante exigentes: eficiência na afectação do solo urbano, condições incertas de dimensão ou forma, flexibilidade espacial, complexidade programática e relacionamento com o contexto. O objecto-cidade vive da activação de múltiplos núcleos, da sua agregação parte-a-parte e dos espaços entre si, constituindo-se positivamente enquanto operador urbano. Confere na possibilidade de desenhar o espaço relacional, os limites da cidade e as zonas de dispersão urbana, acarretando uma directa conotação com a noção de fronteira. Expressa deste modo a aproximação da arquitectura à dimensão da cidade e da paisagem e a progressiva indistinção entre estrutura (edifício) e infraestrutura (contexto). O legado da arquitectura brutalista brasileira permite complementar esta questão por meio da visão que focaliza a diluição das barreiras entre edifício e desenho urbano, através da expressão de uma superfície densa urbana. No caso brutalista, esta visão está patente no desenho das suas superfícies...

Casas para um planeta pequeno. Regeneração urbana na cidade (in)formal. O Centro Histórico do Porto Princípe / Haiti

Figueiredo, André Freitas Logrado de
Fonte: Faculdade de Arquitectura de Lisboa Publicador: Faculdade de Arquitectura de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /12/2011 POR
Relevância na Pesquisa
46.32%
Tese de Mestrado em Arquitectura com a especialização em Gestão Urbanística.; O estudo desenvolvido pretende explorar várias escalas na abordagem do tema da cidade informal, desde as suas características gerais ao caso específico do centro histórico de Porto Príncipe, onde será desenvolvida uma caracterização e análise da realidade informal da capital do Haiti, explorando a escala da cidade, do bairro e do espaço habitacional. À escala da cidade o objectivo é compreender a evolução dos territórios informais, a dimensão que actualmente adquiriram e a sua função no limite entre formal e informal. À escala do bairro, é elaborado um levantamento de alguns casos de territórios informais, definindo as principais características destas áreas, principalmente da estrutura urbana e construção informal (escala da habitação) e das dinâmicas sociais criadas pelo mesmo ambiente urbano, na relação entre comunidade e dicotomia público e privado. Consequentemente, estes parâmetros são reflectidos para o projecto proposto, no centro histórico de Porto Príncipe, que está inserido numa malha ortogonal e bastante formal, onde o interior dos quarteirões é ocupado por bolsas de habitação informal, desiquilibrando o sistema urbano. Consciente da problemática deste fenómeno...

Arquitectura e imaginarios en la percepción y configuración del espacio turístico. México como paradigma

Zamudio Vega, Laura Susana
Fonte: Universidade de Alcalá Publicador: Universidade de Alcalá
Tipo: info:eu-repo/semantics/doctoralThesis; info:eu-repo/semantics/acceptedVersion Formato: application/pdf
SPA
Relevância na Pesquisa
46.47%
Desde principios del s. XX los imaginarios "entendidos como los constructos mentales producto de la interpretación que hacemos de las cosas" han sido objeto de atención principalmente en las ciencias sociales. Su importancia e influencia como instrumento para comprender los fenómenos sociales ha ido en aumento, al punto de que en las últimas décadas otras áreas del conocimiento han comenzado a emplearlos en diferentes disciplinas. Esta investigación se enmarca en este contexto, ofreciendo una aproximación arquitectónica al estudio de los imaginarios, concretamente los turísticos. El turismo, tal como hoy se desarrolla, es una de las más importantes fuentes de producción de imaginarios sociales y la arquitectura tiene aquí una participación significativa, englobando desde sus manifestaciones formales y urbanas hasta los aspectos más subjetivos de su capacidad expresiva. A través de estos imaginarios, que a su vez ofrecen pistas de la valoración arquitectónica, la arquitectura tiene una acusada influencia en la percepción, configuración y gestión de los lugares turísticos. Utilizando como caso de estudio a México, uno de los países con mayor vocación y diversidad turística del mundo, la investigación se desarrolló prestando atención a diversos aspectos que al final terminaron constituyéndose en los cinco capítulos de la Tesis. Al tratarse de un estudio interdisciplinar...

La sustentabilidad en la arquitectura y tecnología de la construcción

Universidad Finis Terrae; Mónica Pérez y Asociados Ltda.; CDT; Urbe y Gestión Urbana Ltda.; Rodríguez Rufín Arquitectos Ltda.; Elton Leniz Arquitectos Asociados; Asesorías e Inversiones Perima Ltda.; Soc. Comercial y De Inversiones Pavo Real Ltda.;
Fonte: Corporação de Fomento da Produção Publicador: Corporação de Fomento da Produção
Tipo: Proyecto
Publicado em 24/09/2007
Relevância na Pesquisa
46.41%
El objetivo central de la misión es poder apoyar la transferencia de conocimientos y de tecnología desde profesionales e investigadores ingleses y holandeses a profesionales de arquitectura chilenos sobre el tema eficiencia energética y construcción sustentable complementando éste con una visión vanguardista e innovadora en materia de diseño arquitectónico y planificación urbana.; La misión a Reino Unido y Holanda 2007 tiene dentro de sus principales finalidades conocer la experiencia de estos países en lo que respecta a la generación y ejecución de proyectos de arquitectura, que asocien el concepto de sustentabilidad y de eficiencia energética tanto en edificaciones como en urbanismo.; Corporación de Fomento de la Producción

Modelos urbanos: ciudades de la información: Malasia - Singapur, 16 de mayo - 01 junio 2008

Leonardo Valdés arquitectura ltda; German del Rio y Guillermo Tapia arquitectos ltda; Mónica Pérez y asociados ltda.; Uriarte arquitectos asoc. Ltda; Izquierdo y Lehmann; Desarrolla arquitectura S A; Comercializadora AO ltda; MN Asesorías y desarrollo
Fonte: Corporação de Fomento da Produção Publicador: Corporação de Fomento da Produção
Tipo: Proyecto
Publicado em 24/03/2008
Relevância na Pesquisa
46.26%
Esta misión tiene por objetivo conocer la innovaciones y nuevas tendencias en el ámbito de la construcción; Misión tecnológica del sector arquitectura y diseño con destino a Malasia y Singapur cuyo objetivo es tomar conocimiento del desarrollo de las últimas tendencias en cuanto a tecnologías y sustentabilidad en la construcción; Corporación de Fomento de la Producción

Capital social y regeneración urbana: una construcción de ciudadanía para la ciudad del siglo XXI

Gajardo Martínez, Paula Natalia
Fonte: Universidad de Chile Publicador: Universidad de Chile
Tipo: Tesis
ES
Relevância na Pesquisa
46.4%
Seminario de investigación para optar al grado de Licenciada en Arquitectura; El presente documento busca contribuir al análisis reflexivo en torno al proceso de Regeneración Urbana desde la dimensión socio-cultural. Por ello, se ha escogido como foco de estudio, el Capital Social, intentando aportar al campo de investigación sobre la materia expuesta. Está investigación, postula que los procesos de desarrollo urbano deben abocar a los principales cimientos del urbanismo, que definen como objetivo último y/o misión; la construcción y fortaleza de la ciudadanía, dando validez a conceptos que son parte de la Constitución política, el Bien Común. Así, se desplega un análisis reflexivo en ambos conceptos, reconociendo dimensiones que logren identificar y conceptualizar el Capital Social y la Regeneración Urbana. Uniendo dos materias - sociales y urbanas - que para esta investigación, deben estar completamente enlazadas para el desarrollo de la praxis. De este modo, se concluye como principio fundamental del proceso de Regeneración Urbana, la construcción del Capital Social, volviendo a retomar como objeto de anhelo los valores sociales que la ciudad debe construir y velar por ellos. En la medida...

CCC: Centro de Creación Contemporánea: Chatillon Montrouge, Paris, Francia: Arquitectura en reconquista

Videla C., Angélica
Fonte: Universidad de Chile Publicador: Universidad de Chile
Tipo: Tesis
ES
Relevância na Pesquisa
46.38%
Memoria (arquitecto); El presente proyecto de título, propone de manera personal y crítica trabajar con el tema de la regeneración urbana, a partir de la reutilización de espacios e infraestructuras ferroviarias abandonadas. Este tema se materializa a través del diseño de un espacio destinado a la cultura y la creación contemporánea en la periferia de Paris, Francia, el cual permita conectar los barrios separados históricamente por una herida ferroviaria, entre las Comunas de Châtillo, Bagneux, Montrouge y Malakoff.

CCDAU La Pintana: centro capacitación desarrollo agricultura urbana

Gutiérrez, Raimundo
Fonte: Universidad de Chile; CyberDocs Publicador: Universidad de Chile; CyberDocs
Tipo: Tesis
ES
Relevância na Pesquisa
46.37%
“El trabajo del arquitecto se confunde con el del jardinero: desbrozar, preparar el terreno, escoger las especies y sembrarlas de forma organizada, cuidando después de que el paso del tiempo haga bien su trabajo” (Ábalos&Herreros). Según la Organización de las Naciones Unidas, para el año 2030, más del 60 por ciento de la población mundial vivirá en las ciudades, casi el doble de la cantidad actual y el triple de la de 19501. Se estima que los nuevos habitantes se localizarán principalmente en los centros urbanos de países en desarrollo donde se ha presentado un crecimiento veloz y poco controlado, subrayando la importancia de que las ciudades implementen estrategias para proteger el entorno natural. Conforme crecen las ciudades aumentan las necesidades de alimentos de las familias urbanas. En la mayor parte de las ciudades el índice de pobreza asciende al 30% y está aumentando, en consecuencia, cada vez más personas tienen dificultades para tener acceso a los alimentos que necesitan. En su histórico arraigo con la vida rural, los campesinos trasladan sus costumbres y tradiciones al ambiente urbano, desarrollando, entre otras actividades, prácticas derivadas de la agricultura, similares a las que realizaban en su lugar de origen. Éstas...

Conjunto de viviendas económicas en el pericentro de Santiago : — renovación urbana de integración

Terreros Arellano, Graciela
Fonte: Universidad de Chile; CyberDocs Publicador: Universidad de Chile; CyberDocs
Tipo: Tesis
ES
Relevância na Pesquisa
46.52%
El proyecto espera desarrollar un ejercicio académico en un ámbito poco explotado por la arquitectura nacional, en el que el factor económico es determinante para la toma de decisiones a lo largo de todo el proyecto coontribuyendo a la discusión académica sobre la ciudad y las políticas habitacionales desde la arquitectura. Así es como se espera crear una pequeña instancia personal de repensar la intervención en la ciudad, de plantear una propuesta en un escenario rígido que le es desfavorable, pero reuniendo al mismo tiempo, oportunidades que en conjunto permitan su factibilidad enfocando la intervención de renovación urbana como canal para la recuperación de las áreas consolidadas, pero desde el reconocimiento del entorno, su imagen urbana y su tejido social. Aprovechando un escenario concreto (proyecto de “vivienda social” para la comuna de Santiago), que presenta condiciones favorables y adversas, y que demuestra la iniciativa de otros sectores de la sociedad, necesarios para este tipo de intervenciones.

Estación de intercambio cruce Colón: Arquitectura, paisaje y movimiento

Santander González, Angela
Fonte: Universidad de Chile; Programa Cybertesis Publicador: Universidad de Chile; Programa Cybertesis
Tipo: Tesis
ES
Relevância na Pesquisa
46.38%
En atención a la extensión urbana y el desarrollo de nuevas estrategias que facilitan la movilidad de la metrópoli, y espacios que se relacionan directamente con la condición nómade que adquiere el habitante actual, unido en el aumento de la población y el parque automotriz, se plantea la necesidad de infraestructura de transporte para la zona sur de la ciudad.

"La Casa de las Flores": arquitectura urbana-manifiesto de Secundino Zuazo en el barrio de Argüelles, Madrid

Gurovich, Alberto; Pavez Reyes, María Isabel; Duarte, Patricio
Fonte: Revista Electrónica del Departamento de Urbanismo - Facultad de Arquitectura y Urbanismo - Universidad de Chile Publicador: Revista Electrónica del Departamento de Urbanismo - Facultad de Arquitectura y Urbanismo - Universidad de Chile
Tipo: Artículo de revista
ES
Relevância na Pesquisa
56.32%
La "Casa de las Flores" es un interesante proyecto de arquitectura urbana residencial -bloques de departamentos de alquiler- del arquitecto bilbaíno Secundino Zuazo Ugalde (tit. 1912, m. en 1970). Realizado entre 1930 y 1932, es uno de los tres conjuntos más representativos del Movimiento Moderno en Madrid, y fue declarado Monumento Nacional en 1981. En uno de los pisos de este conjunto residió el Premio Nobel de literatura Pablo Neruda

Estrategia de renovación urbana entrecerros Recoleta

Zamorano, Juan Carlos
Fonte: Universidad de Chile Publicador: Universidad de Chile
Tipo: Tesis
ES
Relevância na Pesquisa
46.49%
Arquitecto; No autorizada por el autor para ser publicada a texto completo; La vivienda ha sido desde siempre nuestra necesidad primera de arquitectura, independiente de nuestras actividades diarias es a la “casa” al lugar al cual todos regresamos diariamente. Si a nivel de sociedad se considera a la familia como su célula base, a nivel arquitectónico podría ser considerada la vivienda. Mediante su estudio es posible obtener una radiografía de nuestra sociedad, En la cual muchos de los problemas sociales en ultima instancia decantan o se manifiestan en un cierto diseño de vivienda, de su entorno y su emplazamiento. En la ciudad de Santiago problemas urbanos como el hacinamiento, segregación y fragmentación, son fácilmente localizables dentro de la ciudad por el común de la gente, muchos barrios e incluso comunas enteras cargan con estos estigmas, los que a su vez son traspasados a sus habitantes. Arquitecturas como los museos son hechas para el placer y el goce de los usuarios, en cambio muchas veces y para mucha gente la vivienda es una arquitectura que se sufre; se llueve, esta mal localizada etc. Dentro de todo el espectro de problemas de la vivienda factibles de investigar, es que yo me centro primero en el despoblamiento de las comunas céntricas. Este fenómeno es común en muchas ciudades y conlleva una subutilización de recursos y equipamiento de estas zonas...