Página 1 dos resultados de 106 itens digitais encontrados em 0.001 segundos

Identidade indígena: palestra sobre arqueologia ao curso de Licenciatura para Professores Indígenas do Alto Solimões; Indian identity: archeology lecture on the Degree course for Indigenous Teachers of the Upper Solimões

Neves, Eduardo Goes
Fonte: Universidade Estadual do Amazonas; Manaus Publicador: Universidade Estadual do Amazonas; Manaus
Tipo: Aula
POR
Relevância na Pesquisa
36.41%
A palestra tratou de noções básicas de arqueologia, da relação entre arqueologia e história oral, de como na Amazônia o meio ambiente foi modificado pelas ações humanas no passado e sobre o potencial de pesquisas arqueológicas em terras indígenas.

Arqueologia Guarani no litoral sul-catarinense: história e território; Guarani archaeology in the southern coast of Santa Catarina: history and territory

Milheira, Rafael Guedes
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 04/08/2010 PT
Relevância na Pesquisa
36.55%
Esta tese buscou a composição de um modelo regional de ocupação Guarani no litoral de Jaguaruna, sul de Santa Catarina, em vias de entender os processos histórico-culturais que compõem o sistema de assentamento. Através de uma abordagem intra/intersítio articulamos questões que envolvem os espaços habitacionais e problemas regionais que engloba diferentes estratégias de assentamento dos grupos Guarani na paisagem e a articulação entre as diferentes áreas de assentamento. Com isto, é possível abordar discussões sobre a organização social, economia regional, função de sítio, território e estratégias de assentamento. Do ponto de vista metodológico, a pesquisa envolve a articulação de dados arqueológicos, etnohistóricos e etnográficos sobre as ocupações Guarani no período pré e pós colonial, assim como trabalhos exaustivos de caracterização tipológica dos vestígios materiais. Neste sentido, buscamos uma arqueologia Guarani que articula diferentes fontes para compor uma narrativa sobre a história e a organização social em diferentes escalas culturais. Inferimos também sobre os aspectos de abandono do território de domínio Guarani, fator causado, em parte, pelas ações de violência, escravização e etnocídio indígena...

Levantamento arqueológico e etnoarqueologia na aldeia Lalima, Miranda/MS: um estudo sobre a trajetória histórica da ocupação indígena regional; Archaeological survey and ethnoarchaeology at Lalima Village: a study about hitorical trajectories from regional indigenous occupation

Bespalez, Eduardo
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 17/03/2009 PT
Relevância na Pesquisa
36.34%
Esta dissertação apresenta os resultados obtidos com a pesquisa de levantamento arqueológico realizado na TI Lalima, uma aldeia de índios Terena localizada no município de Miranda, Pantanal de Mato Grosso do Sul. A pesquisa foi realizada com o objetivo de contribuir com a História Cultural da ocupação indígena regional, desde o período pré-colonial até o presente. As pesquisas arqueológicas, históricas e etnográficas indicam que a região deve ser entendida como área de mosaico cultural, formado por populações distintas, originárias das áreas adjacentes, desde antes da chegada dos europeus e do início do colonialismo. Os resultados sustentam que a Aldeia Lalima pode ser compreendida como um palimpsesto da História Indígena regional, pois foram detectados sítios e ocorrências arqueológicas constituídos por correlatos materiais relativos à trajetória de ocupação Guarani, da Tradição Pantanal e do contexto etnográfico atual.; This account shows the results obtained with the archaeological survey developed in Lalima Indigenous Land, a Terena Indians village situated at Miranda city, Pantanal from Mato Grosso do Sul. The survey was developed with the aim to contribute with the Cultural History from regional indigenous occupation...

Arqueologia na região dos interflúvios Xingu-Tocantins: a ocupação tupi no Cateté.; Archaeology in the watershed Xingu-Tocantins region: the ocupation of Tupi in the Cateté River

Garcia, Lorena Luana Wanessa Gomes
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 07/03/2012 PT
Relevância na Pesquisa
36.38%
A região do rio Cateté, situada nos interflúvios Xingu-Araguaia-Tocantins, possui um longo histórico de ocupação indígena, registrado através dos sítios arqueológicos datados de 190 d.C com cerâmica associada às tradições Borda Incisa/Barrancoide - relacionadas à expansão dos povos Aruak -, e também através do estabelecimento de grupos Kaiapó, povos de língua Jê, que ocupam a região desde o século XIX. No longo intervalo temporal que distancia essas sociedades, registram-se, nessa mesma região, ocupações Tupi que datam de 280 d.C. até ao final do século XIX. Parte desse quadro é sustentado pelos resultados do estudo da variabilidade formal da cerâmica dos sítios arqueológicos Mutuca e Ourilândia 2 e pela revisão das fases arqueológicas regionais - fases Itacaiunas e Carapanã. A cerâmica relacionada à ocupação Tupi, no sítio Mutuca, é contextualizada regionalmente dentro da fase Itacaiunas. Para a fase Carapanã, propõe-se uma reformulação, em que essa fase passa a ser uma variação espaço-temporal das tradições Borda Incisa/Barrancoide, identificada localmente no sítio Ourilândia 2 e nos registros de ocupação mais antiga no sítio Mutuca. Essa reformulação sustenta a hipótese de que há correspondência entre o estilo tecnológico da cerâmica das fases Carapanã (médio Xingu e Itacaiúnas) e Ipavu (alto Xingu)...

Arqueologia do Estado do Espírito Santo: subsídios para gestão do patrimônio arqueológico no período de investigação acadêmica de 1966 a 1975; Archaeology of the state of Espirito Santo: subsidies for management the archaeological heritage of academic research during 1966-1975

Costa, Henrique Antônio Valadares
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 13/03/2014 PT
Relevância na Pesquisa
36.41%
Esse mestrado trata da reorganização e recuperação informativa de parte do acervo arqueológico do Estado do Espírito Santo que se encontra atualmente na reserva técnica da Superintendência do IPHAN/ES. Tendo como recorte o acervo acumulado entre os anos de 1966 até 1975 pelos arqueólogos Adam Orssich e Celso Perota, pensando como o acervo não somente o material arqueológico em si, mas também toda a documentação relacionada a ele. Além do resgate informativo foi discutida a formação desse acervo entendo a arqueologia pré-colonial como história indígena.; This master's degree is the reorganization and recovery informative part of the archaeological collections of the State of the Espírito Santo that is currently in technical reserves the Superintendence of IPHAN / ES. Having cut the acquis as accumulated between the years 1966 to 1975 by archaeologists Adam Orssich and Celso Perota, thinking as the collection not only the archaeological material itself, but also all the documentation related to it. In addition to the information of this acquis rescue training understand the pre-colonial archeology as indigenous history was discussed.

A Arqueologia e os indígenas na escola: um estudo de público em Londrina-PR; The archaeology and the indigenous in the school: a study of public in Londrina-Parana

Lima, Leilane Patricia de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 03/10/2014 PT
Relevância na Pesquisa
36.59%
Esta pesquisa pretende analisar, a partir de um estudo de público com alunos de séries iniciais, a relação dos sujeitos com a Arqueologia e com o passado arqueológico, aquele que se refere à ocupação indígena (pré-colonial e histórica) na cidade de Londrina-Paraná estritamente. A formação deste município deu-se por meio de um projeto de colonização estrangeira, articulado pela Companhia de Terras Norte do Paraná, o que gerou exclusão e/ou negação da presença indígena. Ainda, pretende-se refletir sobre os alcances e os limites das propostas educativas de Arqueologia desenvolvidas no ambiente formal de ensino. Para alcançar estes objetivos, a metodologia utilizada está relacionada à "ação arqueológica educativa" constituída pelo estudo das ideias prévias do público, intervenção pedagógica e estudo das ideias pós-intervenção. Somada à investigação desenvolvida com os alunos, o trabalho tem como objetivo discutir as relações entre a Arqueologia Pública e a Educação Patrimonial e o papel da escola no que se refere à comunicação do conhecimento arqueológico.; This research aims to analyze, from a study of public with primary students, the relationship of people with the archeology and the archaeological past...

A arqueologia Guarani : construção e desconstrução da identidade indigena

Solange Nunes de Oliveira
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 07/02/2002 PT
Relevância na Pesquisa
36.68%
A Arqueologia Brasileira voltada para os povos ceramistas tem prevalecido, desde a implementação do PRONAPA, nos anos 1960,como uma metodologia voltada para o apefeiçoamento do trabalho de campo, fortemente influenciada por teorias advindas dos E.U.A, nas figuras de Betty Meggers e Clifford Evans. Com uma grande atenção voltada para as escavações,a partir daquela data houve um considerável crescimento no número de sítios prospectados e escavados. A enorme quantidade de material arqueológico depositado em acervos passou a ser sistematizada e, a partir de então, surgiram as fases e tradições na Arqueologia Brasileira. Este tratamento metodológico dado ao material arqueológico tem prevalecido até nossos dias e, no decorrer de sua história, tem obedecido a um ideal de neutralidade e objetividade, que veio contribuir para o conturbado cenário político brasileiro. Àquela época, os cientistas julgavam-se desvinculados das questões políticas e, conseqüentemente, da sociedade e seus problemas. Atualmente, inseridos em épocas mais engajadas, os cientistas sociais, e arqueólogos, em particular, não devem negligenciar o seu papel na sociedade e a força de suas disciplinas na construção de discursos sobre o social. É neste contexto de reivindicação de mudanças e busca pela auto-consciência...

Arqueologia e história indígena no Pantanal

Bespalez,Eduardo
Fonte: Instituto de Estudos Avançados da Universidade de São Paulo Publicador: Instituto de Estudos Avançados da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2015 PT
Relevância na Pesquisa
36.49%
O artigo apresenta uma síntese dos dados arqueológicos sobre o Pantanal e o seu entorno, principalmente em Mato Grosso e Mato Grosso do Sul. Elaborado com base na noção de arqueologia como história indígena de longa duração, o artigo considera as trajetórias de estabelecimento e consolidação territorial da ocupação indígena regional, os processos de formação da configuração etnográfica encontrada pelos europeus e os impactos do colonialismo. O principal objetivo consiste em mostrar que a diversidade cultural característica do cenário etnográfico pantaneiro está associada à dinâmica histórica e cultural da ocupação indígena desde períodos anteriores à chegada dos conquistadores e colonizadores de origem europeia.

A persistência da teoria da degeneração indígena e do colonialismo nos fundamentos da arqueologia brasileira

Noelli,Francisco Silva; Ferreira,Lúcio Menezes
Fonte: Casa de Oswaldo Cruz, Fundação Oswaldo Cruz Publicador: Casa de Oswaldo Cruz, Fundação Oswaldo Cruz
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2007 PT
Relevância na Pesquisa
36.49%
Examina a persistência de certos fundamentos teóricos da arqueologia brasileira e do pensamento americanista. Por meio da comparação entre alguns temas da obra de personagens seminais como Karl Friedrich Philipp von Martius, Francisco Adolfo de Varnhagen e Betty Jane Meggers, analisam-se traços temáticos e políticos comuns que marcam uma secular continuidade da teoria da degeneração indígena e do argumento colonialista.

Memórias e histórias no sudoeste amazônico: o Museu Regional de Arqueologia de Rondônia; Memories and history in the Amazonia southwest: the Regional Archeology Museum of Rondônia

Silva, Maurício André da
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 06/03/2015 PT
Relevância na Pesquisa
36.44%
Esta dissertação aborda diferentes relações estabelecidas pelos migrantes no contexto do sudoeste amazônico, especificamente em Rondônia, com o patrimônio arqueológico e com o Centro de Pesquisas e Museu Regional de Arqueologia de Rondônia (CPMRARO), inaugurado em 2008. Diversas pesquisas têm colocado esta região em evidência para o entendimento de questões mais amplas da arqueologia amazônica. A chegada de migrantes a partir de 1960, suas aproximações e conflitos com as populações indígenas, seringueiros, ribeirinhos, entre outros, têm posto desafios para a interpretação de diferentes passados no presente. Foi utilizada a abordagem da história oral para o levantamento de impressões sobre o processo de migração, as relações com os objetos e sítios arqueológicos, a percepção da diversidade cultural e a criação do Museu. As narrativas produzidas revelam memórias individuais e coletivas que fornecem elementos para discussão sobre o patrimônio local. O Museu possui potencial para conjugar passado e presente, projetando um futuro, dessa forma a área da museologia passa a ser fundamental para a preservação e utilização do patrimônio como recurso para a população. Do mesmo modo, as histórias construídas pela arqueologia podem contribuir para a produção de memórias e identidades a partir da atuação do Museu. Procurou-se contribuir com o trabalho desenvolvido por essa instituição por meio da proposição de ações educativas e expográficas...

A ocupação humana no espaço da Serra dos Tapes, o caso dos distritos de Cerrito Alegre e Quilombo/Pelotas – RS.; Human occupation in the Serra dos Tapes space, the case of districts Cerrito Alegre and Quilombo / Pelotas - RS.

Neves, Cristian Costa das
Fonte: Universidade Federal de Pelotas; Instituto de Ciências Humanas. Departamento de Antropologia e Arqueologia; Programa de Pós-Graduação em Antropologia; UFPel; Brasil Publicador: Universidade Federal de Pelotas; Instituto de Ciências Humanas. Departamento de Antropologia e Arqueologia; Programa de Pós-Graduação em Antropologia; UFPel; Brasil
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
36.37%
The present study is the result of a shared archeology work realized with a community of European descendants living on Cerrito Alegre and Quilombo districts, on the city of Pelotas, Rio Grande do Sul. The archeological research unveiled a study of a long-time occupation of these areas. The text runs through the many archeological strata detected in the region with the help of local residents. We centered the investigation in a small working area that enabled to identify a Guarani site during the field stages, as well as a colonial succession by area of Portuguese occupation, and on the third moment investigated, the presence of a modern occupation of Germanic groups. The field methodology was developed from the local dynamic, marked by the area‘s actual resident‘s interests, being monitored by the researcher, which enabled that their speeches composed the final text here presented. The presence of immobile goods and the occupation of the specific area of research made possible to identify specific strata of occupation of the area that are explained on this work. The Guarani presence, widely studied by other researchers, was labeled by the archeological finding made by a local resident that served as a foundation to the investigation of existing data about the area. This new light enabled...

The Emberá, tourism and indigenous archaeology: “rediscovering” the past in Eastern Panama; Los Emberá, el turismo y arqueología indígena: redescubriendo el pasado en el Panamá Oriental / The Emberá, tourism and indigenous archaeology: rediscovering the past in Eastern Panama

Tomas Enrique Mendizabal; Dimitrios Theodossopoulos; Universidad de Kent
Fonte: Universidad del Norte Publicador: Universidad del Norte
Tipo: article; publishedVersion Formato: application/pdf
SPA
Relevância na Pesquisa
56.68%
In this article we discuss the interest of the Emberá (an Amerindian indigenous group) in collecting knowledge about material remains of the past—such as colonial and pre-colonial ceramic fragments – that are easily found in Eastern Panama. We situate this interest of the Emberá (and their desire to learn more about the past) within the context of indigenous tourism, which has inspired the articulation of new narratives about Emberá history and identity. In addition, the accidental discovery by the Emberá of ceramic fragments from past periods has instigated and facilitated archaeological investigation, a process that resulted in a reciprocal exchange of knowledge between the Emberá and the academic investigators. Such a reciprocal relationship, we argue, can contribute towards the decolonisation of archaeology, create synergies between anthropology and archaeology, and enhance indigenous representation in tourism.; Resumen: En este reporte nos referimos al interés de los Emberá (un grupo indígena Amerindio) en adquirir conocimiento de los restos materiales del pasado – como fragmentos cerámicos coloniales y prehispánicos – que se encuentran fácilmente en el Panamá Oriental. Situamos el interés de los Emberá (y su deseo de aprender más del pasado) en el contexto del turismo indígena...

Arqueologia e ensino superior indígena; uma experiência na Universidade do estado de Mato Grosso, campus de Barra do Bugres 2006-2007

Silva, Luciano Pereira da
Fonte: Universidade Federal da Grande Dourados Publicador: Universidade Federal da Grande Dourados
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
46.9%
RESUMO - Esta dissertação tem como objetivo geral analisar o protagonismo indígena na produção do conhecimento sobre a arqueologia. O material analisado foi produzido por cem professores indígenas de vinte e duas etnias do Estado do Mato Grosso, os quais cursam as licenciaturas nas áreas de Línguas, Artes e Literaturas; Ciências Matemáticas e da Natureza; e Ciências Sociais do “Ensino Superior Indígena”, integrado ao “Programa de Educação Superior Indígena Intercultural” (PROESI) da Universidade do Estado do Mato Grosso. A dissertação tem como procedência dois cursos realizados em 2006 para esses professores indígenas: “Arqueologia e Habitação Indígena” e “Arqueologia”. Além disso, o presente estudo também discute a construção histórica sobre o índio em dois aspectos: o estereótipo e a afirmação étnica. A educação escolar indígena e o “Ensino Superior Indígena” em Mato Grosso refletem um quadro político reivindicatório das sociedades indígenas. Os professores (as) indígenas inseridos como protagonistas no contexto do processo de formação acadêmica, investigação e produção do conhecimento, demonstram formas plurais de refletir e agir sobre o seu patrimônio histórico-cultural. A importância sobre a pesquisa desenvolvida pelos professores ressalta dois pontos: o registro da pesquisa e o retorno do conhecimento para a comunidade. Concluiu-se que...

Actuaciones de la justicia eclesiástica y población indígena en la diócesis de Asunción ( Paraguay). Matrimonio, impedimentos y dispensas. Fuentes y estado de la cuestión

Brezzo, Liliana Maria; Salinas, Maria Laura; Quiñonez, María Gabriela
Fonte: Universidad Católica Nuestra Señora de la Asunción Publicador: Universidad Católica Nuestra Señora de la Asunción
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:ar-repo/semantics/artículo; info:eu-repo/semantics/publishedVersion Formato: application/pdf
SPA
Relevância na Pesquisa
36.61%
No obstante la importancia que tuvo la población indígena como factor de poblamiento y de mestizaje en el Paraguay colonial, la historiografía paraguaya no ha alcanzado a beneficiarse aún de producciones suscitadas por el interés sobre la actuación de la justicia eclesiástica con respecto a la población indígena. Ciertamente uno de los principales escollos para la realización de ese tipo de investigaciones consiste en la imposibilidad que tuvieron los habitantes de los pueblos de indios en Paraguay de presentarse ante la justicia eclesiástica durante los siglos XVI y XVII para hacer valer sus derechos y deberes. Otras dificultades se vinculan con la invisibilidad de las fuentes -falta de organización y catálogos- provenientes de repositorios paraguayos, sobre todo en lo que respecta a determinados rangos cronológicos. Estas dos circunstancias explican, en parte, su disparidad historiográfica respecto a avances que, aunque incipientes, han sido producidos en otros espacios rioplatenses . A este panorama hay que añadir los condicionantes que han intervenido en la práctica de la historia en Paraguay, como la guerra contra la Triple Alianza (1864-1870), la del Chaco (1932-1935) y el régimen dictatorial de Alfredo Stroessner (1954-1989) que supusieron una tardía profesionalización y un aislamiento disciplinar...

Pueblos Originarios y arqueología argentina. Construyendo un diálogo intercultural y reconstruyendo a la arqueología; Indigenous Peoples and argentine archaeology: Building an intercultural dialogue and reconstructing archaeology

Acuto, Felix Alejandro; Flores, Carlos
Fonte: Universidad Nacional del Centro de la Provincia de Buenos Aires. Facultad de Ciencias Sociales Publicador: Universidad Nacional del Centro de la Provincia de Buenos Aires. Facultad de Ciencias Sociales
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:ar-repo/semantics/artículo; info:eu-repo/semantics/publishedVersion Formato: application/pdf
SPA
Relevância na Pesquisa
36.59%
Este trabajo es el producto de un diálogo intercultural entre un equipo de arqueólogos que investigan el pasado indígena del valle Calchaquí (provincia de Salta, Argentina) y referentes de Pueblos Originarios de Argentina. El artículo combina la perspectiva crítica y reclamos de los Pueblos sobre la práctica arqueológica con un acercamiento académico reflexivo. De manera conjunta, ambas perspectivas buscan ir más allá de la crítica para proponer una praxis específica, entendida ésta como una acción política teóricamente informada. A partir de un contrapunto entre la voz académica y la voz indígena, este artículo propone un trabajo colaborativo y en diálogo, una forma distinta de producir conocimiento sobre el pasado y una praxis arqueológica que ponga a disposición herramientas que fortalezcan las demandas y derechos de los Pueblos Originarios, los procesos de consolidación identitaria y los reclamos patrimoniales.; This paper is the product of an intercultural dialogue between an archaeological research team studying the indigenous past of the Calchaquí Valley (Salta, Argentina) and representatives of Argentine Indigenous people. The paper combines the critical perspective and claims of Indigenous peoples concerning archaeological practice with a reflexive academic perspective. Together these perspectives seek to go beyond critique to put forward a specific praxis...

La pura opinión de Vladimiro Weisser y la población indígena de Antofalla en la Colonia temprana

Haber,Alejandro F.; Lema,Carolina
Fonte: Intersecciones en antropología Publicador: Intersecciones en antropología
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2006 ES
Relevância na Pesquisa
36.38%
El objetivo de este texto es mostrar las evidencias de ocupación indígena del área del Salar de Antofalla durante los siglos XVI y XVII. Se delinea el contexto histórico colonial en el que dichas ocupaciones se habrían desenvuelto, y se exploran algunas posibles formas de inserción de las poblaciones locales en ese contexto. Se contrapone este panorama con el reiterado mutismo de la arqueología y la historiografía documental para con las poblaciones indígenas del área durante la colonia temprana. También se sugieren algunas contextualizaciones intelectuales para comprender esos silencios.

Pueblos originarios y arqueología argentina: Construyendo un diálogo intercultural y reconstruyendo la arqueología

Flores,Carlos; Acuto,Félix A
Fonte: Intersecciones en antropología Publicador: Intersecciones en antropología
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2015 ES
Relevância na Pesquisa
36.49%
Este trabajo es el producto de un diálogo intercultural entre un equipo de arqueólogos que investigan el pasado indígena del valle Calchaquí (provincia de Salta, Argentina) y referentes de pueblos originarios de la Argentina. El artículo combina la perspectiva crítica y los reclamos de los pueblos sobre la práctica arqueológica con un acercamiento académico reflexivo. De manera conjunta, ambas perspectivas buscan ir más allá de la crítica para proponer una praxis específica, entendida esta como una acción política teóricamente informada. A partir de un contrapunto entre la voz académica y la voz indígena, este artículo propone un trabajo colaborativo y en diálogo, una forma distinta de producir conocimiento sobre el pasado y una praxis arqueológica que ponga a disposición herramientas que fortalezcan las demandas y derechos de los pueblos originarios, los procesos de consolidación identitaria y los reclamos patrimoniales.

Programa de zoneamento, monitoramento e pesquisas nos sítios pré – históricos do Litoral Central do Rio Grande do Sul.

Barão, Vanderlise Machado; Machado, Eduarda Lopes; Ferreoira, Denise Marques
Fonte: Revista Arqueologia Pública Publicador: Revista Arqueologia Pública
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares; Formato: application/pdf
Publicado em 23/10/2015 POR
Relevância na Pesquisa
36.63%
 memória coletiva de um povo é preservada no repasse de seus costumes, pensamento, escritos e construções. Quando há um consentimento entre a maioria da população herdeira dessas memórias de que é importante que esse passado permaneça vivo, chama-se isso de patrimônio. Dessa forma pode denominar-se patrimônio os bens culturais materiais e/ou imateriais de um povo, podendo estar ele extinto ou vivo. Este conceito de cuidado com a memória de um grupo, não é restrita a sociedade ocidental, existe desde o mundo clássico a sociedades tribais. A importância, assim, do pensamento de patrimônio em uma sociedade é de suma relevância, pois trata-se de uma parte constituinte da identidade sociocultural dos indivíduos. O Litoral Central do Rio Grande do Sul abriga uma grande quantidade de vestígios de um passado indígena de intensa integração com o meio ambiente referente ao bioma da restinga da Lagoa dos Patos. Esses registros arqueológicos encontram-se espalhados em toda a região costeira, porém nosso estudo foca-se no território de três municípios que estão passando por processos de expansão urbana e industrial, e que em consequência disso o risco de desaparecimento desses registros é cada vez mais eminente. Os municípios são Mostardas...

Narrativas arqueológicas públicas e identidades indígenas en Catamarca.

Quesada, Marcos; Moreno, Enrique; Gastaldi, Marcos
Fonte: Revista Arqueologia Pública Publicador: Revista Arqueologia Pública
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares Formato: application/pdf
Publicado em 12/06/2015 POR
Relevância na Pesquisa
36.38%
Nos interesa explorar aquí el rol que juegan las narrativas arqueológicas en la conformación del imaginario de lo indígena y su historia en la provincia de Catamarca, Argentina. Por medio de un análisis espacial y discursivo de la exhibición del “Museo Arqueológico Adán Quiroga”, sostendremos que estas narrativas relegan lo indígena al pasado prehispánico, al tiempo que afirman su desaparición durante los primeros tiempos de la colonia. Estas narrativas no sólo podrían erosionar las posibilidades de autoafirmación identitaria por parte de los mismos indígenas, sino que crean dudas en cuanto a la legitimidad de tales identidades y los derechos que le asisten.

Algumas considerações sobre as ideias prévias dos alunos em relação à temática arqueológica e indígena: um estudo de caso em Londrina-PR

Lima, Leilane Patricia de
Fonte: Revista Arqueologia Pública Publicador: Revista Arqueologia Pública
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares Formato: application/pdf
Publicado em 09/06/2015 POR
Relevância na Pesquisa
46.48%
As reflexões aqui apresentadas são frutos de uma experiência educativa desenvolvida com alunos do quinto ano do ensino fundamental em uma escola municipal de Londrina/PR. A formação deste município deu-se a partir de um projeto de colonização estrangeira, articulado pela Companhia de Terras Norte do Paraná, que ainda hoje gera exclusão e/ou negação da presença indígena. Assim, como elaborar, neste contexto, uma proposta educativa de sensibilização sobre esta presença, uma vez que a geração contemplada é descendente, direta ou indiretamente, dos colonizadores, exaltados como “pioneiros”? A partir disso, relata-se o primeiro passo do caminho metodológico percorrido: a investigação e a análise das ideias prévias dos alunos em relação à temática arqueológica e indígena.