Página 1 dos resultados de 248636 itens digitais encontrados em 0.083 segundos

Os conceitos de perímetro e área em alunos do 6.º ano de escolaridade: concepções e processos de resolução de problemas

Pires, Manuel Vara
Fonte: Associação de Professores de Matemática Publicador: Associação de Professores de Matemática
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
36%
O presente estudo incide sobre as concepções de perímetro e de área e os processos de resolução de problemas desenvolvidos por alunos do 6.º ano, num contexto de utilização de materiais manipulativos. O estudo foi orientado por três questões principais: (a) Como encaram alunos do 6.º ano de escolaridade a utilização de materiais concretos na sua aprendizagem matemática?; (b) Que concepções acerca dos conceitos de área e perímetro são reveladas por alunos do 6.º ano de escolaridade?; e (c) Que processos/abordagens de resolução são utilizados por alunos do 6.º ano de escolaridade em tarefas que envolvam os conceitos de área ou perímetro?. Atendendo à natureza do problema em estudo, optou-se por uma abordagem essencialmente interpretativa. O investigador assistiu como observador participantes à totalidade das aulas de uma unidade didáctica sobre o perímetro e a área decorrente do desenvolvimento habitual do programa da disciplina de Matemática. Para além do registo de notas e comentários efectuados durante a observação, os dados foram recolhidos através de: (a) um teste de papel e lápis, referido a um domínio; (b) um questionário; e (c) entrevistas. Relativamente à utilização de materiais manipulativos na aprendizagem matemática...

A área de projecto do 12º ano e a biblioteca escolar num contexto de mudança

Silva, Maria Teresa Castanheira e
Fonte: Universidade Aberta de Portugal Publicador: Universidade Aberta de Portugal
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2009 POR
Relevância na Pesquisa
36%
Dissertação de Mestrado em Gestão da Informação e Bibliotecas Escolares apresentada à Universidade Aberta; O presente estudo incide sobre a colaboração entre a Biblioteca Escolar e a Área de Projecto do 12.º ano num contexto de mudança. Esta última é aqui vista não apenas numa vertente societal, mas também no que esta área curricular não disciplinar contém de intrinsecamente inovador. Analisa-se, no enquadramento teórico, aspectos referentes à cultura das escolas, sobretudo no que diz respeito às resistências relativamente à mudança, e as características inerentes à Área de Projecto do 12.º ano, tendo em conta as suas especificidades no conjunto do currículo deste ano terminal. Na parte de estudo empírico, optou-se por uma investigação qualitativa, alicerçada fundamentalmente na observação de aulas da Área de Projecto, de três turmas do 12.º ano. Utilizámos como instrumentos de recolha de dados, para além da observação, o questionário, notas de campo e um diário. Pretendeu-se, a partir de um contexto e situação concretos, fazer um levantamento de problemas e procurar soluções, orientadoras de práticas futuras. O coordenador da Biblioteca Escolar terá uma função privilegiada...

Influência da delimitação da área adesiva no ensaio mecânico de microcisalhamento; Evaluation of adhesive area delimitation on microshear test

Shimaoka, Angela Mayumi
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 26/06/2007 PT
Relevância na Pesquisa
36.02%
Este estudo teve como objetivos avaliar se a delimitação da área adesiva a ser testada no ensaio mecânico de microcisalhamento é capaz de alterar os resultados de resistência de união obtidos; determinar se a delimitação da área adesiva do ensaio mecânico de microcisalhamento pode alterar o ranqueamento dos sistemas adesivos analisados e correlacionar os tipos de fratura encontrados com valores de resistência adesiva obtidos em cada um dos grupos experimentais. As unidades experimentais foram confeccionadas sobre 18 superfícies de dentina obtidas a partir de incisivos bovinos distribuídas aleatoriamente em 3 grupos, segundo o sistema adesivo a ser utilizado (Adper Single Bond 2, Clearfil Se Bond, Clearfil S3 Bond). Desta forma foram compostos 6 grupos experimentais segundo os dois fatores de variação a serem estudados: sistema adesivo e delimitação da área adesiva. Sobre cada superfície dentinária foram confeccionados 4 cilindros em resina composta, sendo 2 com delimitação da área adesiva e 2 sem a delimitação desta área, totalizando n=12. Após 24 horas de armazenamento os espécimes foram submetidos ao ensaio mecânico de microcisalhamento. O teste estatístico ANOVA (p<0,01) e o teste auxiliar de Tukey determinaram que todos os grupos experimentais em que a delimitação da área adesiva foi realizada apresentaram menores valores de resistência adesiva quando comparados aos seus respectivos grupos controle (sem delimitação da área adesiva). Para os grupos em que não foi realizada a delimitação da área não foram observadas diferenças estatisticamente significantes entre os adesivos empregados. Em contrapartida...

Avaliação da área de contato dos dentes artificiais em função da forma oclusal e da forma das arcadas na posição de máxima intercuspidação e nos movimentos excursivos; Measurement of occlusal area in prosthetic teeth according to tooth form, arch form and during maximum voluntary clenching and excursive movements

Mazini Neto, Paulo
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 08/08/2007 PT
Relevância na Pesquisa
36%
Nesta pesquisa, foi analisada a área dos contatos oclusais, em posição de máxima intercuspidação e nos movimentos excursivos de protrusão e lateralidades direita e esquerda. Para tanto, foram utilizados dentes artificiais anatômicos e funcionais, nacionais e importados, montados em arcadas de formas triangular, quadrada e oval. Após o devido ajuste oclusal e, a partir das imagens digitalizadas das próteses em cera, foi realizada a mensuração das áreas demarcadas pelo papel carbono, empregando-se o software Leica Qwin® 550. Os resultados, em milímetros quadrados, foram submetidos à análise estatística (ANOVA e Teste de Tukey). A partir das relações estabelecidas entre os fatores, pode-se concluir que, tanto para o modelo superior quanto para o modelo inferior, as áreas totais em MIC foram maiores que as áreas totais em protrusão. Ainda em protrusão, os segmentos posterior direito, anterior e posterior esquerdo apresentaram áreas iguais. Nos movimentos de lateralidade direita e esquerda, as áreas totais foram menores ou iguais às áreas totais obtidas em MIC. Nas lateralidades, as áreas no lado de trabalho foram maiores que as áreas no lado de balanceio. Na lateralidade direita, a área no lado de trabalho foi maior que a área direita do registro obtido em MIC. Na lateralidade esquerda...

Controle de gramíneas exóticas invasoras em área de restauração ecológica com plantio total, floresta estacional semidecidual, Itu-SP; Control of Urochloa decumbens Stapf. in ecological restoration area by planting in total area, Semideciduous Forest, Itu SP.

Martins, Adriana Ferrer
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 10/03/2011 PT
Relevância na Pesquisa
36.01%
A atividade de restauração florestal é freqüentemente realizada em áreas degradadas, ocupadas por gramíneas exóticas invasoras, e o controle destas plantas é fator determinante no sucesso da restauração. Esta pesquisa tem o objetivo de testar intervenções para controle da gramínea exótica invasora Urochloa decumbens Stapf. em área de restauração florestal, com plantio de mudas nativas em área total. O delineamento utilizado foi o de blocos com parcelas subdivididas. Os tratamentos aplicados nas parcelas foram: 1. Não inversão de solo (R) e 2. Com inversão de solo por gradagem (G). Os tratamentos aplicados nas subparcelas foram: 1. Aplicação de herbicida na instalação e nas manutenções (H), 2. Plantio de feijão de porco (Canavalia ensiformes DC.) com aplicação de herbicida na instalação e nas manutenções só roçagem (H+FP), 3. Plantio de feijão de guandu (Cajanus cajan L.) com aplicação de herbicida na instalação e nas manutenções só roçagem (H+FG), 4. Plantio de feijão de porco (Canavalia ensiformes DC.) na instalação e nas manutenções só roçagem (FP), 5. Plantio de feijão de guandu (Cajanus cajan L.) na instalação e nas manutenções só roçagem (FG), 6. Roçagem na instalação e nas manutenções (sem aplicação de herbicida e sem plantio de adubos verdes) (s/Hs/AV). O desenvolvimento da gramínea foi avaliado pela altura e porcentagem de cobertura no solo e o desenvolvimento das mudas pela altura...

Uso da voltametria cíclica e da espectroscopia de impedância eletroquímica na determinação da área superficial ativa de eletrodos modificados à base de carbono; Use of cyclic voltammetry and electrochemical impedance spectroscopy for the determination of active surface area of modified carbon-based electrodes

Souza, Leticia Lopes de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 28/07/2011 PT
Relevância na Pesquisa
36.01%
Eletrodos à base de carbono, como os eletrodos de troca iônica, entre outros, têm aplicação principalmente no tratamento de efluentes industriais e rejeitos radioativos. Carbono é também amplamente utilizado em células a combustível como substrato para os eletrocatalisadores, por possuir elevada área superficial, que supera a sua área geométrica. O conhecimento desta superfície ativa total é importante na determinação das condições de operação de uma célula eletroquímica no que diz respeito às correntes a serem aplicadas (densidade de corrente). No presente estudo foram utilizadas duas técnicas eletroquímicas na determinação da área superficial ativa de eletrodos de carbono vítreo e poroso e eletrodos de troca iônica: espectroscopia de impedância eletroquímica (EIE) e voltametria cíclica (VC). Os experimentos foram realizados com soluções de KNO3 0,1 mol.L-1 em célula eletroquímica de três eletrodos: eletrodo de trabalho à base de carbono, eletrodo auxiliar de platina e eletrodo de referência de Ag/AgCl. Os eletrodos de carbono vítreo e de carbono poroso utilizado possuíam uma área geométrica de 3,14 x 10-2 cm2 e 2,83 10-1 cm2, respectivamente. O eletrodo de troca iônica foi preparado misturando-se grafite...

A área urbana e as áreas naturais da Região Metropolitana de São Paulo: de compartimentos fisiográficos a categorias geográficas; The urban area and natural areas of the Metropolitan Region of São Paulo: from physiographic subdivisions to geographic categories

Bueno, Eduardo Silva
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 04/10/2013 PT
Relevância na Pesquisa
36.02%
O objetivo desta pesquisa foi investigar a relação entre a urbanização e os terrenos sedimentares e cristalinos na Região Metropolitana de São Paulo (RMSP). Para isso se intentou identificar uma área de caráter urbano e demais áreas de caráter natural. A primeira devendo ser aquela que abriga toda ou grande parte de uma forma espacial, a mancha urbana, ocorrendo sobre a maior parte dos terrenos sedimentares e cristalinos associados (de aplainamento generalizado). Já as segundas seriam as caracterizadas pelo predomínio do cinturão verde que envolve a mancha urbana, ocorrendo sobre os terrenos cristalinos não associados aos sedimentares, que não possuem aplainamento generalizado, nem abrigam pacotes sedimentares que poderiam facilitar a urbanização nos mesmos. Outro objetivo foi demonstrar que tal organização é reproduzida por ações de cunho espacial, estabelecimento e proposições de unidades espaciais ao longo do tempo. Identificada e demonstrada tal organização, intentou-se também utilizar a mesma para sugerir a divisão da RMSP em setores com diferentes prioridades para a conservação do cinturão verde. Para isso se articulou o Método Regional de Richard Hartshorne (1978), que propõe uma relação entre a Geografia Idiográfica e Nomotética...

Análise e caracterização da dinâmica geomórfica erosiva da área urbana de Alfenas, sul de Minas Gerais; Analysis and characteristics of erosive geomorphic dynamic of the urban area of Alfenas, south of Minas Gerais, Brazil

Oliveira, Rodolfo Lopes de Souza
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 06/10/2014 PT
Relevância na Pesquisa
36%
Os processos relativos à urbanização promovem alterações nas dinâmicas naturais, inclusive, sobre o relevo. Assim, a Geomorfologia apresenta-se como uma área de conhecimento importante para orientar a ocupação, estudando a evolução das formas e como estas passam a ser definidas na paisagem. Por essa premissa, este trabalho objetiva analisar o grau de suscetibilidade dos materiais superficiais e da morfologia do relevo da área urbana de Alfenas MG a processos erosivos, justificando-se pela sua proposta de direcionamento para entender as respostas e as reações do relevo e do uso do solo às precipitações, ao comportamento da hidrologia (superficial e subsuperficial) e às interferências antrópicas, tendo por base informações detalhadas sobre esses elementos, pois há modificações nos fluxos de matéria e de energia operantes. Isso ajuda a explicar as ocorrências de processos erosivos da área, além de prever estados da morfologia onde estão operando esses processos ou seja, até mesmo para compreender a antropogeomorfologia da área. A área de estudo corresponde à sede do município de Alfenas, localizada entre as coordenadas de 21º15 e 21º35 de latitude S e 46º00 e 46º50 de longitude W, incluída na carta topográfica de Alfenas...

Perímetro e área : uma proposta didática para o ensino fundamental

Centenaro, Grasciele
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.01%
Este trabalho tem como foco o ensino de perímetro e área de algumas figuras planas através do ladrilhamento, composição e decomposição de figuras em outras, tendo como objetivo principal investigar como os conceitos de perímetro e área de figuras planas podem ser apresentados aos alunos da 6ª série do Ensino Fundamental de maneira significativa e motivadora, de tal forma que estes conceitos não sejam apenas memorizados, mas sim compreendidos e incorporados aos seus conhecimentos. Por isso, esse trabalho foi norteado pelas seguintes questões: 1) O estudo de perímetro e área de figuras poligonais torna-­‐se mais fácil quando se faz uso de ladrilhamento, composição e decomposição de figuras?; 2) Uma sequência de atividades que trabalhe detalhadamente a diferença entre os conceitos de perímetro e área apresenta resultados significativos no aprendizado desses conceitos?; 3) A generalização e o uso de fórmulas são favorecidos pelo trabalho empírico realizado inicialmente como, por exemplo, para o cálculo da área do retângulo? Através da metodologia de Engenharia Didática, desenvolvemos uma sequência de atividades com uso de material concreto, sendo que todos os resultados foram obtidos de forma empírica. Na primeira etapa das atividades...

Estimativa da área foliar de Sida cordifolia e Sida rhombifolia usando dimensões lineares do limbo foliar

Bianco, S.; Carvalho, L. B.; Bianco, M. S.
Fonte: Sociedade Brasileira da Ciência das Plantas Daninhas Publicador: Sociedade Brasileira da Ciência das Plantas Daninhas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 807-813
POR
Relevância na Pesquisa
36%
A estimativa da área foliar pode auxiliar na compreensão de relações de interferência entre plantas daninhas e cultivadas. Com o objetivo de obter uma equação que, por meio de parâmetros lineares dimensionais das folhas, permita a estimativa da área foliar de Sida cordifolia e Sida rhombifolia, estudaram-se as correlações entre área foliar real (Af) e parâmetros dimensionais do limbo foliar, como o comprimento (C) ao longo da nervura principal e a largura máxima (L) perpendicular à nervura principal. Foram analisados 200 limbos foliares de cada espécie, coletados em diferentes agroecossistemas na Universidade Estadual Paulista, campus de Jaboticabal. Os modelos estatísticos utilizados foram linear: Y = a + bx; linear simples: Y = bx; geométrico: Y = ax b; e exponencial: Y = ab x. Todos os modelos analisados podem ser empregados para estimação da área foliar de S. cordifolia e S. rhombifolia. Sugere-se optar pela equação linear simples, envolvendo o produto C*L, considerando-se o coeficiente linear igual a zero, em função da praticidade desta. Desse modo, a estimativa da área foliar de S. cordifolia pode ser obtida pela fórmula Af = 0,7878*(C*L), com coeficiente de determinação de 0,9307, enquanto para S. rhombifolia a estimativa da área foliar pode ser obtida pela fórmula Af = 0...

The exploration of mineral resources in the Area

Madureira, Pedro
Fonte: Universidade de Évora Publicador: Universidade de Évora
Tipo: Aula
ENG
Relevância na Pesquisa
36%
The International Seabed Authority (ISA) is the organization through which States Parties to the 1982 Convention on the Law of the Sea organize and control activities in the Area . The ISA was created in 1994, upon the entry into force of the Convention and following the adoption of the so-called “1994 Agreement”. The set of activities in the Area are governed by the provisions settled in Part XI and Annex III of the Convention, particularly to administer the resources of the Area . The Area itself corresponds to “the seabed and the ocean floor and subsoil thereof, beyond the limits of national jurisdiction” (Article 1.1 (1)). Spatially, it is constrained by the outer limits of the continental shelf of coastal states as defined in Article 76 and Annex II of the Convention . “Resources” under the Area regime means “all solid, liquid or gaseous mineral resources in situ in the Area at or beneath the seabed (…)” (Article 133 (a)) and these are considered as the common heritage of mankind . In the Area, the most promising mineral resources are polymetallic nodules, polymetallic sulphides and ferromanganese crusts. The former were first discovered in the second half of the XIX century and were recognized as a potential source of nickel...

Salinity-induced effects on transpiration rate, stomatal conductance and leaf area of three olive (Olea europaea L.) varieties

Coelho, Renato; Moitas, Mário; Rato, Ana; Vaz, Margarida
Fonte: Actas XII Congresso Luso-Espanhol de Fisiologia Vegetal, Lisboa Publicador: Actas XII Congresso Luso-Espanhol de Fisiologia Vegetal, Lisboa
Tipo: Aula
ENG
Relevância na Pesquisa
36%
Transpiration of two year-old olive trees of three different varieties, Arbequina, Cobrançosa and Galega (18 trees per variety), irrigated with three levels of salt (0, 80 or 200 mM NaCl) for about 90 days, was measured by a gravimetric method. To determine leaf area, each tree was photographed from the side against a white background and the total area of each projected image was determined with ImageJ software. To calibrate these area determinations, one tree of each variety was subsequently stripped of all its leaves and its total leaf area was accurately measured. A correlation was then obtained between the area on the photograph of this particular tree and the total area of the detached leaves of the same tree. Using the leaf area determined by this procedure, transpiration rates of the trees could be calculated. Knowing leaf and air temperatures and RH, it was possible to determine the difference in molar fraction of water between the leaf and the air. Using this and the values of the transpiration rate, stomatal conductance could be calculated (gs calc) and compared with the conductance measured on the same trees with a porometer (gs). Actual leaf area of a plant was 1,40 (Arbequina), 1,42 (Cobrançosa) or 1,24 (Galega) times the area measured with ImageJ on the photograph of the same plant. Leaf area of the trees...

Testing four methods to assess leaf area in young olive trees

Coelho, Renato; Dambiro, José; Carlos, Rui; Pirata, Madalena; Campos, Tiago; Queirós, Rui; Carrilho, João; Barreto, Sérgio; Tufik, Camila; Mestre, Teresa
Fonte: Book of Proceedings of the XII Portuguese-Spanish Symposium on Plant Water Relations (2014) ISBN 978-989-8096-52-4 Publicador: Book of Proceedings of the XII Portuguese-Spanish Symposium on Plant Water Relations (2014) ISBN 978-989-8096-52-4
Tipo: Artigo de Revista Científica
ENG
Relevância na Pesquisa
36.01%
Assessment of leaf area is of fundamental importance to calculate diverse physiological parameters such as the total rate of transpiration or photosynthesis of a plant or its leaf area index (LAI). This paper reports the determination of total leaf area in 3 year-old olive trees of two varieties using four different methods and leaf counting as the control method. Leaf area was determined on 7 plants of each variety, Arbequina and Cobrançosa, by thoroughly counting the total number of leaves on each plant and then multiplying by the average leaf area for each variety Leaf area of the same plants was then estimated by (1) the analysis, with software ImageJ, of a photo of each plant from a side or from the top, (2) the crown light scattering measured with a ceptometer (AccuPAR Model LP-80) in the ground at 10 and 20 cm from the trunk, (3) the analysis with software Hemisfer of a photo of the plant from the top, and finally (4) by the determination of the transpiration (mmol s-1) of each plant over a 2 hour period by a weighing method and dividing this value by the mean transpiration rate (E) of each plant, calculated from the measurement of stomatal conductance (gs) on 10 leaves with a porometer and mean air RH and leaf and air temperature over the same period. Both the ceptometer and the Hemisfer software give a value of leaf area index (LAI). In order to obtain the leaf area...

Avaliação das perdas de solos por erosão laminar na área de influência da UHE Amador Aguiar I

Pereira, Juliana Sousa
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
36%
A erosão do solo é um processo natural de morfogênese das vertentes e acontece continuamente sobre a superfície terrestre. O desencadeamento dos processos erosivos depende da interação das variáveis influentes no processo, como a erosividade da chuva, propriedade do solo, cobertura vegetal, característica da encosta e manejo do solo. A erosão laminar é originada quando a energia do escoamento superficial é maior que as forças de coesão que mantêm as partículas do solo juntas. Esse tipo de erosão ocorre de forma difusa, sem o desenvolvimento de fluxos canalizados visíveis, entretanto, pode ocasionar perdas significativas de solos durante um único evento pluviométrico. O presente trabalho teve como objetivo estimar a perda de solo por erosão laminar na área de influência da UHE Amador Aguiar I, inserida na Bacia do Rio Araguari-MG, através do modelo Universal Soil Loss Equation (USLE). Os modelos matemáticos de erosão têm se mostrado eficazes na avaliação quantitativa e qualitativa de perdas de solos, apresentando relevância na modelagem preditiva de áreas agrícolas e também de áreas com reservatórios para exploração hídrica. Neste contexto, a utilização desses modelos, juntamente com a averiguação em campo das variáveis avaliadas...

Fitossociologia de um Cerrado denso em área de influência de torre de fluxo de carbono, Pé-de-Gigante, Parque Estadual de Vassununga, SP; Phytossociology of a dense Cerrado on the footprint of a carbon flux tower, Pé-de-Gigante, Vassununga State Park, SP

LATANSIO-AIDAR, Sabrina Ribeiro; OLIVEIRA, Ana Claudia Pereira de; ROCHA, Humberto Ribeiro da; AIDAR, Marcos Pereira Marinho
Fonte: Instituto Virtual da Biodiversidade | BIOTA - FAPESP Publicador: Instituto Virtual da Biodiversidade | BIOTA - FAPESP
Tipo: Relatório
POR
Relevância na Pesquisa
36%
O domínio do Cerrado compreende uma área contínua nos estados centrais do Brasil e áreas disjuntas em outros estados, incluindo São Paulo. Essa vegetação ocupava originalmente 21% do território brasileiro, restando atualmente apenas 21,6% de sua extensão original. A área recoberta por essa vegetação em São Paulo cobria 14% de sua área total e seus remanescentes recobrem menos de 1% da ocorrência original dessa vegetação. Estudos recentes indicam que o valor da produtividade líquida no Cerrado Pé-de-Gigante (SP) constitui um pequeno dreno de carbono e indicou que a sazonalidade foi o fator determinante do valor observado. Os estudos dos fluxos de carbono em ecossistemas terrestres são raramente acompanhados de abordagens ecofisiológicas de modo a explorar a relação funcional das espécies que compõem o ecossistema e os valores líquidos obtidos para o mesmo. Assim, o objetivo deste trabalho foi caracterizar estruturalmente a vegetação presente na área de maior influência da torre de fluxo instalada no Cerrado Pé-de-Gigante, visando possibilitar estudos relacionados à quantificação em longo prazo da dinâmica dos fluxos de água, energia e CO2 na vegetação de Cerrado. Para isso foram levantadas 20 parcelas (10 x 10 m) em 0...

Concepción del concepto de área en estudiantes de grado sexto

Sánchez López, Nela Del Rocío
Fonte: Ibagué : Universidad del Tolima, 2013. Publicador: Ibagué : Universidad del Tolima, 2013.
Tipo: BachelorThesis; Trabajo de grado - Monografía; Text Formato: application/pdf
SPA
Relevância na Pesquisa
36%
196 Páginas; En este Trabajo se presenta un estudio de las concepciones que tienen algunos estudiantes de grado sexto de la Institución Educativa Leonidas Rubio Villegas de la ciudad de Ibagué (Tolima), acerca del concepto de área, con el propósito de poner de manifiesto algunas estrategias, razonamientos, destrezas y errores de los estudiantes al abordar el concepto de área. Las actividades propuestas en este estudio fueron tomadas y adaptadas de un trabajo realizado por Carbó, Mántica y Saucedo, (2007) sobre una secuencia didáctica para abordar la noción del concepto de área, destinada a alumnos de 6° año de la educación básica, con lo que se pretende que los estudiantes comiencen a construir los elementos básicos de este concepto mediante actividades y procesos de enseñanza con sentido para ellos. Para este estudio se aplicó una metodología cualitativa analizando las concepciones de los estudiantes sobre el concepto de área, entendiéndose el término concepciones como los conocimientos que poseen los estudiantes sobre un concepto Artigue, (1990), este conocimiento se manifiesta en la forma como un estudiante, por ejemplo, simboliza, aplica procedimientos o propiedades y justifica las soluciones dadas a los diferentes problemas propuestos.; ABSTRACT This document is a study about sixth graders students’ conceptions of Leonidas Rubio Villegas School located in Ibagué – Tolima...

Identification of incompatibility legal in special area of conservation of natural sandstone Aquifer Basal Santa Maria, Santa Maria-RS; Identificação de incompatibilidade legal na área especial de conservação natural do Aquífero Arenito Basal Santa Maria, Santa Maria-RS

Follmann, Fernanda Maria; Foleto, Eliane Maria
Fonte: Programa de Pós-Graduação em Geografia Humana. Universidade de São Paulo. Publicador: Programa de Pós-Graduação em Geografia Humana. Universidade de São Paulo.
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 20/09/2014 POR
Relevância na Pesquisa
36%
The most effective way to protect this underground water sources of possible pollution is by following the laws that deal with the protection of aquifer recharge areas. We highlight the Special Area of Conservation of Natural Sandstone Aquifer Basal Santa Maria, in Santa Maria-RS. Among the research aims are the law verification regarding what are the restrictions of soil use for the area, and as generating a map of legal conflict of this protected area. As results we have the diagnose of areas with use of potentially water polluting in the recharge area of the aquifer and spatialization the areas of legal conflict existent in the Natural Conservation Area AC8 ; A forma mais eficaz de proteger os mananciais hídricos subterrâneos da possível poluição é através do cumprimento das legislações que dispõem sobre a proteção das áreas de recargas dos aquíferos. Destaca-se assim a Área Especial de Conservação Natural do Aquífero Arenito Basal Santa Maria, localizada em Santa Maria/RS. Dentre os objetivos da pesquisa estão a verificação nas legislações sobre quais as restrições de uso do solo para a área, e a geração de um mapa de incompatibilidade legal desta área protegida. Como resultados têm-se o diagnóstico das áreas com usos potenciais de poluição da água na área de recarga do aquífero e a espacialização das áreas de incompatibilidade legal existentes na Área de Conservação Natural do Aquífero Arenito Basal Santa Maria.

A área da casinha na creche e no jardim-de-infância

Jordão, Maria de Fátima Ferreira Joaquim
Fonte: Repositório Comum de Portugal Publicador: Repositório Comum de Portugal
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /12/2015 POR
Relevância na Pesquisa
36.01%
Este projeto de investigação tem como temática a área da casinha na sala de creche e jardim-de-infância. A investigação partiu das vivências experienciadas, em duas instituições distintas: creche e jardim-de-infância, onde estagiei no âmbito do Mestrado em Educação Pré-escolar. Este estudo teve como finalidade compreender como dinamizar a área da casinha de forma a potencializar as brincadeiras de faz-de-conta, compreender e interpretar as conceções e as práticas desenvolvidas pelas educadoras cooperantes sobre esta área. Foi também uma forma de contribuir para a implementação de melhorias na área da casinha nas duas salas. Na realização desta investigação foi adotada a metodologia qualitativa e o paradigma interpretativo particularizando-se na abordagem da investigação-ação, por ser a metodologia que melhor se enquadra na área da educação. Neste estudo podemos inferir que a dinamização da área da casinha passa pela integração de materiais interessantes e desafiadores, adequados à faixa etária, e que promovam brincadeiras de faz-de-conta e pela organização do espaço. Também inferimos que as conceções das educadoras de infância sobre a organização da área da casinha são fundamentais para promover o brincar faz-de-conta.; This research project's has as thematic the area of the house in the nursery room and Kindergarten. The investigation started with the experienced experiences...

Caracterização de nove genótipos de milho (Zea mays L.) en relação à área foliar e coeficiente de extinção de luz; Caracterizacion de nueve genotipos de maiz (Zea mays L.) en relacion a area foliar y coeficiente de extincion de luz; Evaluation of nine corn (Zea mays L.) genotypes in relation to leaf area and light extinction coefficient

Camacho, R.G.; Garrido, O.; Lima, M.G.
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz Publicador: Universidade de São Paulo. Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/08/1995 SPA
Relevância na Pesquisa
36.02%
Foram caracterizados nove materiais genéticos de milho (Arichuna, Baraure, Braquítico, Experimental-2, Foremaíz PB, FM-6, Obregón, Proseca-71 y Tocorón) com relação a área foliar média de folhas por planta(AF), área foliar total por planta (AFT), índice de área foliar (IAF) e coeficiente de extinção de luz (K) a 0,50m, 1,00m, 1,50m, 2,00m e 2,50m de altura (a partir do solo). Foram encontrados os seguintes intervalos de variação para as diversas variáveis: área média de folhas por planta (471 cm² para Foremaíz PB e 606 cm² Baraure); área foliar total por planta: 5 327 cm² (Foremaiz PB) e 8 411 cm² (Braquítico), índice de área foliar: 4,26 (Foremaiz PB) e 6,67 (Braquítico); coeficiente de extinção de luz: 0,23 (Braquítico) e 0,42 (Arichuna); rendimento: 2 877 kg.ha-1 (Braquítico) e 4 784 kg.ha-1 (Tocorón). Não foi encontrada relação entre o rendimento e o IAF (r = 0,07), e a associação do IAF e K foi muito bem explicada pela lei de Beer.; Se caracterizaron nueve materiales genéticos de maíz (Arichuna, Baraure, Braquítico, Experimental-2, Foremaíz PB, FM-6, Obregón, Proscca-71 y Tocorón), en relación con área promedio de hoja por planta, área foliar total por planta (AFT), índice de área foliar (IAF)...

Um estudo sobre a área do retângulo em livros didáticos de matemáticaA study on the area of the rectangle in mathematics textbooks; MATHEMATICS TEXTBOOKS APPROACH TO AREA OF A RETANGLE

Teles, Rosinalda Aurora de Melo; UFPE
Fonte: MTM/PPGECT/CFM/UFSC Publicador: MTM/PPGECT/CFM/UFSC
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 28/03/2011 POR
Relevância na Pesquisa
36%
http://dx.doi.org/10.5007/1981-1322.2010v5n1p48Sem a pretensão de sermos exaustivos, mapeamos e analisamos situações que envolvem área do retângulo, como recurso para outras temáticas e como objeto de estudo, em livros didáticos de Matemática para os anos iniciais do Ensino Fundamental. A representação da área do retângulo na malha quadriculada, com figuras em posição prototípica: lado de maior comprimento apoiado na horizontal e a figura sem inclinação, predomina nas situações analisadas. Os dados numéricos nas situações analisadas resultam da contagem dos quadradinhos, principal unidade de medida de área. Os dados confirmam que o cálculo da área do retângulo é freqüentemente usado para dar sentido à multiplicação. Por outro lado, alimentam a reflexão sobre a necessidade de estudar relações (imbricações) entre campos conceituais, bem como a influência dos contextos do cotidiano na resolução de problemas envolvendo área do retângulo.; <!-- /* Font Definitions */ @font-face {font-family:"Cambria Math"; panose-1:2 4 5 3 5 4 6 3 2 4; mso-font-charset:0; mso-generic-font-family:roman; mso-font-pitch:variable; mso-font-signature:-1610611985 1107304683 0 0 159 0;} @font-face {font-family:Calibri; panose-1:2 15 5 2 2 2 4 3 2 4; mso-font-charset:0; mso-generic-font-family:swiss; mso-font-pitch:variable; mso-font-signature:-1610611985 1073750139 0 0 159 0;} /* Style Definitions */ p.MsoNormal...