Página 1 dos resultados de 618 itens digitais encontrados em 0.016 segundos

Diplomática contemporânea como fundamento metodológico da identificação de tipologia documental em arquivos; Contemporary diplomatics as methodological fundament for the identification of documentary typology in archives

Rodrigues, Ana Célia
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 07/06/2008 PT
Relevância na Pesquisa
46.36%
Estudo dos processos de identificação arquivística, especialmente da identificação de documentos desenvolvidos nos parâmetros da tipologia documental. A identificação é uma tarefa de pesquisa de natureza intelectual, que versa sobre o documento de arquivo e o seu órgão produtor. É desenvolvida no início do tratamento documental para fundamentar as análises para fins de produção, avaliação, classificação e descrição documental. Apresenta-se a evolução histórica do termo e do conceito de identificação no campo da arquivística. Aborda a trajetória de utilização da diplomática na identificação de tipologias documentais, uma das etapas da identificação arquivística, discutindo a relação estabelecida entre a diplomática e arquivística e a origem da formulação do método de análise preconizado pela tipologia documental, campo de estudos próprio da arquivística. Descrevem-se as experiências sobre a aplicabilidade desta metodologia e as tradições arquivísticas, tais como elas vêm ocorrendo em países ibero-americanos, assim como os modelos de processos e instrumentos publicados pela Espanha e Brasil. Como resultado, apresenta-se uma proposta de sistematização de procedimentos de identificação de tipologias documentais...

Modelagem e status científico na descrição arquivística no campo dos arquivos pessoais; Modeling and scientific status of archival description in the field of personal files

Oliveira, Lucia Maria Velloso de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 02/02/2011 PT
Relevância na Pesquisa
56.24%
O crescente uso das tecnologias de informação e comunicação a partir dos anos oitenta impulsionou no cenário arquivístico novas discussões em torno das questões de preservação e acesso aos arquivos, dentre outras. Neste contexto, a comunidade arquivística investiu no desenvolvimento de padrões e modelos para a descrição arquivística apresentando dentre os objetivos centrais a possibilidade de intercâmbio entre os arquivos e a ampliação do uso dos acervos. Contudo, este processo modelizador destituiu da descrição arquivística sua natureza de pesquisa, na medida em que não foi criado o devido espaço para a discussão teórico-metodológica pertinente a sua natureza. O problema atinge os arquivos em geral. Em nosso trabalho vamos analisar o impacto deste efeito modelizador e suas implicações no âmbito dos arquivos pessoais, uma vez que suas características mais específicas exigem do arquivista um trabalho de pesquisa detalhado em busca da reconstrução dos vínculos arquivísticos.; The increasing use of information and communication technologies since the 1980s has given an impulse to new discussions in the archival science field concerning digital preservation and access to archives, among other themes. In this context the community of archivists developed standards and models for archival description declaring as some of its aims the encouragement of the interchange between archives and the possibility of increasing the use of archive collections. However...

Arquivologia e Ciência da Informação : uma análise da produção da área no Encontro Nacional de Ciência da Informação (ENANCIB)

Rodrigues, Vander Luis Duarte
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
46.29%
Este estudo tem por objetivo identificar como se configura no Brasil a interação da Arquivologia com a Ciência da Informação. Para tal busca-se análisar as comunicações referentes à temática da Arquivologia apresentadas no Encontro Nacional de Pesquisa em Ciência da Informação entre os anos de 2003 a 2012. Dentre os objetivos específicos estão Identificar a relação entre a Arquivologia e Ciência da Informação nos trabalhos apresentados no ENANCIB; Analisar a proximidade dos trabalhos apresentados com as correntes teóricas da Ciência da Informação; Analisar a proximidade dos trabalhos apresentados com os campos de pesquisa em Arquivística. . Como referencial teórico apresenta-se teóricos da Arquivologia e a Ciência da Informação e autores que discutem a Interdisciplinaridade entre as áreas. A metodologia utilizada consistiu em fazer um levantamento bibliográfico de acordo com os temas teoricamente empregados e a tabulação dos trabalhos publicados nos anais do ENANCIB para análise.; The present study aims at identifying how to set up the Archivology Science and Information Science within Brazil. To this purpose there was an analysis search for the communications relating to the theme of Archival Science presented at the National Meeting of Research in Information Science (ENANCIB) from 2003 to 2012. Identifying the relationship between Archival Science and Information Science in the papers presented in ENANCIB are some of the present study specific goals ; analyzing the similarity of the papers presented with the theoretical currents of Information Science; analyzing the closeness of the presented papers to the researching fields in Archival . Archival Science theorists and Information Science theorists together with authors that go through Interdisciplinarity between those areas were used as theoretical reference. The methodology consisted in a literature selection according to themes theoretically used and tabulation of papers published in the ENANCIB data for analysis.

A organização do conhecimento arquivístico: perspectivas de renovação a partir das abordagens científicas canadenses

Tognoli, Natália Bolfarini; Guimarães, José Augusto Chaves
Fonte: Escola de Ciência da Informação da UFMG Publicador: Escola de Ciência da Informação da UFMG
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 21-44
POR
Relevância na Pesquisa
46.41%
Desde o final do século XX, as novas formas de produção documental e as novas tecnologias de informação apresentadas à Arquivística têm levado os profissionais da informação a repensar os conceitos e princípios arquivísticos postulados nos antigos manuais da área. Nesse contexto, destaca-se a produção arquivística canadense, que transformou o país em solo fértil para as discussões que circundam a disciplina na contemporaneidade, representando muito bem as necessidades colocadas pelos novos meios de produção documental aos arquivistas na sociedade da informação, redescobrindo princípios e (re) definindo conceitos, métodos e critérios para a criação, manutenção e uso de documentos em meio tradicional e eletrônico. Foi notadamente na década de 1980, que um novo paradigma se enunciou na área e, a partir dele, três correntes emergiram: a Arquivística Integrada - enunciada pela Escola de Québec - que propõe a reintegração da disciplina por meio do ciclo vital dos documentos e uma possível aproximação com a Ciência da Informação, graças à incorporação do termo informação orgânica registrada, como substituição ao termo documento de arquivo; a Arquivística Funcional ou Pós-Moderna, enunciada por Terry Cook - que propõe uma renovação e reformulação dos princípios e conceitos originais da disciplina...

A construção discursiva em arquivística: uma análise do percurso histórico e conceitual da disciplina por meio dos conceitos de classificação e descrição

Barros, Thiago Henrique Bragato
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 132 f.
POR
Relevância na Pesquisa
46.3%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Pós-graduação em Ciência da Informação - FFC; Discourse Analysis is a discipline that has theoretical and methodological characteristics that may contribute to the theory growth of the Archival Science. The study of discourse helps to understand how its construct certain linguistic formations, concerned mainly with the context in which the text was produced. As the Archival Science a product of historically constructed knowledge, the conceptual context of production ultimately reflected in different streams of thought and approach. Thus contributes to the discourse analysis and Archival Science, since it has a theoretical approach in this regard relating the discourse produced by Archival Science manuals . We discussed the basic concepts of archival organization: Description and Organization divided into two complementary phases Classification and Arrangement. These concepts were discussed by means of its historical and conceptual in a series of works. We analyzed a total of six manuals / books, divided into before and after the development of the assumptions of Appraisal. They are: The Manual for the Arrangement and Description of Archives, (Handleiding voor het ordenen em beschreijven van Archieven) by Muller...

A contribuição epistemológica canadense para a construção da arquivística contemporânea

Tognoli, Natália Bolfarini
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 119 f.
POR
Relevância na Pesquisa
46.4%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP); Pós-graduação em Ciência da Informação - FFC; The Archival Science has its development based on practice, and rises as discipline from the publication of the first archival manuals, at the end of the nineteenth century. However, new form of document production and new information technologies introduced to the discipline by the end of the twentieth century and beginning of the twenty-first century have led the archivists to rethink the archival concepts and principles that were stated by these old manuals. In this sense, in the last 30 years Canada has been fertile ground to the discussions that surround the discipline in contemporaneity and the Canadian Archival Science has played a very important role regarding the needs presented by the new forms of document production to the archivists, rediscovering principles and (re) defining concepts, methods and criteria to the creation, maintenance and use of traditional and electronic records. It was especially by the 80’s that a new paradigm was enunciated in the area, and from it, three approaches have emerged: Integrated Archival Science, enunciated by the Québec current; Functional Archival Science or Postmodern Archival Science...

Challenges of Knowledge Representation in Contemporary Archival Science

Tognoli, Natália Bolfarini; Chaves Guimaraes, Jose Augusto; Neelameghan, A.; Raghavan, K. S.
Fonte: Ergon-verlag Gmbh Publicador: Ergon-verlag Gmbh
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência Formato: 267-271
ENG
Relevância na Pesquisa
46.33%
Since its emergence as a discipline, in the nineteenth century (1889), the theory and practice of Archival Science have focused on the arrangement and description of archival materials as complementary and inseparable nuclear processes that aim to classify, to order, to describe and to give access to records. These processes have their specific goals sharing one in common: the representation of archival knowledge. In the late 1980 a paradigm shift was announced in Archival Science, especially after the appearance of the new forms of document production and information technologies. The discipline was then invited to rethink its theoretical and methodological bases founded in the nineteenth century so it could handle the contemporary archival knowledge production, organization and representation. In this sense, the present paper aims to discuss, under a theoretical perspective, the archival representation, more specifically the archival description facing these changes and proposals, in order to illustrate the challenges faced by Contemporary Archival Science in a new context of production, organization and representation of archival knowledge.

A ciência arquivística e o pós-modernismo: novas formulações para conceitos antigos; Archival science and postmodernism: new formulations for old concepts

Cook, Terry
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 20/12/2012 POR
Relevância na Pesquisa
66.36%
Processo em vez de produto, tornando-se em vez de ser, dinâmico em vez de estático, contexto em vez de texto, refletindo tempo e lugar em vez de absolutos universais—estas têm se tornado as palavras de ordem pós-moderna para analisar e compreender ciência, sociedade, organizações e atividade empresarial, entre outros. Estas devem igualmente ser as palavras de ordem para a ciência arquivística no novo século, e, assim, as bases para um novo paradigma conceitual para a profissão. O pós-modernismo não é a única razão para reformular os principais preceitos da ciência arquivística. Mudanças significativas no propósito dos arquivos como as instituições e a natureza dos documentos, são outros fatores que, combinados com insights pós-modernos, formam a base da nova percepção de arquivos como documentos, instituições e profissão na sociedade.Este ensaio explora a natureza do pós-modernismo e da ciência arquivística, e sugere ligações entre os dois. Também descreve duas grandes mudanças no pensamento arquivístico, que servem de base para a mudança de paradigma arquivístico, antes de sugerir novas formulações para conceitos arquivísticos mais tradicionais.; Process rather than product, becoming rather than being...

Internet e Arquivologia: instituições arquivísticas, usuários e lei de acesso à informação; Internet and Archival Science: archival institutions, users and Access to Information Act

Mariz, Anna Carla Almeida
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 13/12/2012 POR
Relevância na Pesquisa
56.26%
Breve abordagem sobre aspectos teóricos e técnicos que caracterizam os processos de transferência da informação difundida pelas instituições arquivísticas públicas brasileiras na internet. Para tal, foram empreendidas pesquisas empíricas com o objetivo de verificar as relações da internet com os arquivos públicos, com seus usuários e com a Lei de Acesso à Informação. Foram utilizadas consultas aos sites de instituições arquivísticas públicas brasileiras na internet e entrevistas com usuários de arquivos públicos. A transformação que a internet impõe à transferência da informação arquivística permite uma maior possibilidade de acesso pelos usuários, bem como uma maior visibilidade institucional e social da instituição arquivística. Porém, implica também em novos desafios na gestão da informação arquivística. Assim, a internet pode vir a reposicionar a instituição arquivística como espaço público de acesso e legitimação, mesmo com seus problemas e limites. A disponibilização dos acervos arquivísticos na rede redefine os horizontes de acesso à informação, amplia as possibilidades de transferência da informação arquivística, e consequentemente os direitos civis e políticos do cidadão.; This study concerns the various theoretical and technical aspects that characterize the processes of transference of information disseminated by Brazilian public archival institutions on the internet. Empirical research was undertaken in order to assess the relations of the internet with the public archives...

Análise histórica sobre o desenvolvimento da Arquivologia na antiga União Soviética (1918-1985); Historical analysis about the development of the Archival Science in the Former Soviet Union (1918-1985)

Santos Junior, Roberto Lopes dos
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 13/12/2012 POR
Relevância na Pesquisa
66.33%
Estudo histórico identificando a evolução da Arquivologia na antiga União Soviética entre a revolução bolchevique de 1917 até meados dos anos 1980. Inicialmente, a pesquisa analisará o desenvolvimento e constituição da Arquivologia russa, da idade média até os últimos anos do czarismo no país. Posteriormente, será discutida a consolidação da Arquivística russa nas primeiras décadas da URSS, passando pelas primeiras legislações, congressos e cursos instituídos no país, além de um longo período de fechamento e repressão promovido pelo líder Josef Stalin entre os anos 1930 e 1940. Por fim será estudado o período de parcial reestruturação da Arquivologia no país entre as décadas de 1950 e 1980, analisando as iniciativas do governo comunista em tentar reorganizar e institucionalizar as práticas arquivísticas e os acervos documentais existentes na União Soviética, além da identificação de alguns problemas e impasses em que a Arquivologia soviética sofria nesse período.; Historical study identifying the evolution of the Archival Science in the former Soviet Union, between the Bolshevik revolution in 1917 until 1985. Initially, the research will examine the development and establishment of the Archival Science in Russia...

O ato colecionador: uma visão a partir das disciplinas de Arquivologia, Biblioteconomia e Museologia; The collector's act: a view through the disciplines of Archival Science, Library Science and Museum Studies

Renault, Leonardo Vasconcelos; Araújo, Carlos Alberto Ávila
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 10/04/2015 POR
Relevância na Pesquisa
56.06%
In this article discusses the relationship of the concept of collectionism with the areas of Archivology, Library Science and Museology. Problematizes this way, issues specific to each of them, and the same time, similarities in the matter of the collector’s act. Accordingly view a possibility of dialogue that transpose the purpose of the professional practices of the areas and propose a cross debate. Thus, introduced the concept of categorization of collectionism in three historical periods: Renaissance, Enlightenment and Contemporary, seeking to relate them to the subjects presented in this article. This way, what you propose is the incorporation of the concept of collecting as a topic fundamental to the constitution of the fields discussed in this work. Finally, argues about the relevance of considering the dimension of the collector's aspects in addition to access studies, because the themes are not in a relationship of superposition (or overcoming temporal) and can be taken from contemporary and original approach without disrespecting one of the original perspectives.; Neste artigo se analisa a relação do conceito de colecionismo com as áreas de Arquivologia, Biblioteconomia e Museologia. Problematiza dessa forma, questões específicas para cada uma delas e ao mesmo tempo similitudes sob a questão do ato colecionador. Nesse sentido visualiza uma possibilidade de diálogo que transponha o escopo das práticas profissionais das áreas e proponha um debate transversal. Assim...

Critical perspective in Archival Science, Library Science and Museum Studies; O pensamento crítico na Arquivologia, na Biblioteconomia e na Museologia

Araújo, Carlos Alberto Avila
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 25/03/2014 POR
Relevância na Pesquisa
66.17%
Archival Science, Library Science and Museum Studies was constituted, as scientific disciplines, in the late nineteenth century, from the consolidation of a hetitage and custody centered model and  then, a functionalist perspective. It was with the emergence of theories and critical reflections that this three areas have broadened their scope of studies, and were inserted in a wider dialogue with other human and social sciences. This expansion also been felt favorable conditions for greater dialogue and mutual reinforcement between the three areas.; Arquivologia, Biblioteconomia e Museologia se constituíram, como disciplinas científicas, no final do século XIX, a partir da consolidação de um modelo custodial patrimonialista e, depois, de uma perspectiva funcionalista. Foi com o surgimento de teorias e reflexões críticas que as três áreas ampliaram seu escopo de estudos e problematizações, bem como inseriram-se num diálogo mais amplo com as demais ciências humanas e sociais. Nesta ampliação, também se fizeram sentir condições propícias para um maior diálogo e fortalecimento mútuo entre as três áreas.

Condições teóricas para a integração epistemológica da Arquivologia, Biblioteconomia e Museologia na Ciência da Informação; Theoretical conditions for epistemological integration of Archival Science, Library Science and Museum Studies in Information Science

Araújo, Carlos Alberto Avila
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/save-as
Publicado em 09/12/2011 POR
Relevância na Pesquisa
66.18%
Neste artigo são apresentadas as condições teóricas que possibilitam a integração epistemológica da Arquivologia, da Biblioteconomia e da Museologia no escopo da Ciência da Informação. Para isso, são apresentadas primeiramente as conformações históricas que propiciaram essas três áreas e o estabelecimento de um primeiro modelo de cientificidade. A seguir, são apresentadas diversas teorias formuladas ao longo do século XX, agrupadas em cinco eixos, que apontam para superações do modelo inicial. Por fim, esse quadro é confrontado com os desenvolvimentos teóricos da Ciência da Informação. Argumenta-se que o conceito de informação tal como estudado recentemente pode favorecer o avanço das perspectivas teóricas nas três áreas e aponta para a possibilidade de sua integração epistemológica.; In this article are presented the theoretical conditions for epistemological integration of Archival Science, Library Science and Museum Studies in the scope of Information Science. For that, first, are presented the historical conformations that led these three areas, until the establishment of a first scientific model. Following, are presented several theories formulated during the twentieth century grouped into five axes...

O arquivo e o lugar: a custódia arquivística como responsabilidade pela proteção aos arquivos; The archives and the place: archival custody as responsability for the protection to the archives

Silva, Margareth da
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 25/09/2015 PT
Relevância na Pesquisa
56.2%
A discussão sobre a custódia, que polarizou a comunidade arquivística a respeito de como seria realizada a preservação dos documentos arquivísticos digitais, suscitou diversos questionamentos sobre os fundamentos da Arquivologia e do papel das instituições arquivísticas para desempenharem suas funções de guarda, preservação e acesso. Os arquivos historicamente foram concebidos como lugar de conservação de documentos autênticos e vinculados à administração. Essa ligação foi rompida no século XIX, quando os arquivos se tornaram históricos, voltados para a preservação das fontes do passado. A discussão sobre a preservação digital está possibilitando que os teóricos contemporâneos reflitam sobre os arquivos do ponto de vista do produtor, pois a preservação de materiais digitais é contínua e começa no momento da criação dos documentos. Esta religação com a administração significa a possibilidade de os arquivos se tornarem instituições do presente estreitamente ligadas ao exercício da cidadania.; The discussion about custody that polarized the archival community regarding how to implement the preservation of digital records raised diverse issues related to Archival Science fundamentals and about how archival institutions would develop their functions of guardianship...

O ensino da arquivologia no Brasil: fases e influências; The teaching of archival science in Brazil: phases and influences

Tanus, Gabrielle Francinne S. C.; Universidade Federal de Minas Gerais; Araújo, Carlos Alberto Ávila; Universidade Federal de Minas Gerais
Fonte: Departamento de Ciência da Informação – UFSC Publicador: Departamento de Ciência da Informação – UFSC
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; revisão de literatura; Formato: application/pdf
Publicado em 13/08/2013 POR
Relevância na Pesquisa
66.32%
http://dx.doi.org/10.5007/1518-2924.2013v18n37p83 O campo científico da Arquivologia apresentou, nos últimos anos, um significativo crescimento de cursos em todo o país. Assim, esta revisão de literatura tem como objetivo resgatar a trajetória histórica do ensino da Arquivologia, com ênfase no delineamento das influências e das fases de seu ensino, desde a implantação do primeiro curso até os dias atuais. Esta nova fase em que se encontra o ensino da Arquivologia, denominada fase acadêmico-institucional, provém da diversidade de locais (departamentos/escolas/institutos) onde os cursos de Arquivologia estão abrigados e também pela proximidade com outros cursos de graduação, sobretudo de Biblioteconomia e Museologia, e de pós-graduação em Ciência da Informação. Acredita-se, portanto, que a construção da história do ensino desse campo possibilita discussões mais fecundas tanto para o seu campo epistemológico quanto para o campo curricular.; The scientific field of Archival Science presented a significant increase of the courses in the country in the last years. Thus, this literature review aims to rescue the historical trajectory of the Archival Science education, with an emphasis on design influences and on the phases of its teaching...

Pesquisas com temáticas arquivísticas na Ciência da Informação: mapeamento das principais tendências; Researches with archival themes in information science in Brazil: mapping of mains trends

Marques, Angélica Alves da Cunha; UnB
Fonte: Departamento de Ciência da Informação – UFSC Publicador: Departamento de Ciência da Informação – UFSC
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/2011 POR
Relevância na Pesquisa
56.38%
http://dx.doi.org/10.5007/1518-2924.2011v16nesp1p1Este trabalho apresenta parte dos resultados de uma pesquisa de doutoramento, cujo objetivo é identificar as interlocuções entre a Arquivologia mundial e a nacional a partir das tendências internacionais presentes no desenvolvimento da área no Brasil. Nesse sentido, mapeia, nas dissertações e teses com temáticas arquivísticas produzidas nos vários programas de pós-graduação em Ciência da Informação, as referências bibliográficas arquivísticas, os autores e as obras de interesse direto da área, os países, períodos e idiomas de publicação. O universo da pesquisa aqui apresentado contempla cinquenta dissertações e teses desenvolvidas em oito programas de pós-graduação em Ciência da Informação de universidades brasileiras identificadas no Banco de Teses da CAPES. A partir da análise das referências bibliográficas arquivísticas dessas pesquisas, observa-se: a sua concentração nos programas de pós-graduação em Ciência da Informação da UFMG e UnB; a predominância da sua publicação no Brasil nos anos 1990 e em português (inclusive traduções). Há uma aproximação entre o número total de autores internacionais e nacionais mapeados, embora esses últimos sutilmente se destaquem. As trinta maiores frequências de referências arquivísticas por autor corroboram esse resultado...

Ciência da Informação, Biblioteconomia, Arquivologia e Museologia: relações teóricas e institucionais; Information Science, Library Science, Archival Science and Museology: institutional and theoretical relations

Araújo, Carlos Alberto Ávila; UFMG
Fonte: Departamento de Ciência da Informação – UFSC Publicador: Departamento de Ciência da Informação – UFSC
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Pesquisa bibliográfica e histórica; Formato: application/pdf
Publicado em 03/05/2011 POR
Relevância na Pesquisa
66.2%
http://dx.doi.org/10.5007/1518-2924.2011v16n31p110Discute-se as relações entre a Ciência da Informação e os campos da Biblioteconomia, Arquivologia e Museologia, a partir de dois critérios: as relações teórico-científicas e as questões de legitimação institucionais. Aponta-se para a característica interdisciplinar da Ciência da Informação como um dos elementos a potencializar a integração destes três campos em seu escopo.; In this article we discuss the relationship between Information Science and the fields of Library Science, Archival Science and Museology, based on two criteria: the issues of institutional legitimacy and the theoretical and scientific relations. We points to the interdisciplinary character of Information Science and the scientific concept of information as components of enhancing the integration of these three fields.

Theoretical currents of Archival Science; Correntes teóricas da Arquivologia

Araújo, Carlos Alberto Ávila; Escola de Ciência da Informação da UFMG
Fonte: Departamento de Ciência da Informação – UFSC Publicador: Departamento de Ciência da Informação – UFSC
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Análise epistemológica; Formato: application/pdf
Publicado em 13/08/2013 POR
Relevância na Pesquisa
66.31%
Archival Science was formed, as a scientific discipline, in the late nineteenth century, from the consolidation of a custody and heritage model. In the twentieth century, several theories have been developed, systematized in this article in four axes. As a result, Archival Science has expanded its scope of studies. As a result of this expansion, there are contemporary perspectives with systemic models, covering different types of archives, concerned with the sociocultural context of the archives, and also insering digital technologies in the practice of archives.; http://dx.doi.org/10.5007/1518-2924.2013v18n37p61 A Arquivologia se constituiu, como disciplina científica, no final do século XIX, a partir da consolidação de um modelo custodial e patrimonialista. No século XX, desenvolveram-se diversas teorias, sistematizadas neste texto em quatro eixos, ampliou seu escopo de estudos e problematizações. Como efeito desta ampliação, desenham-se perspectivas contemporâneas com modelos sistêmicos, abarcando diferentes tipos de arquivos, preocupadas com o contexto sociocultural dos arquivos e também inserindo nas práticas as tecnologias digitais.

A representação na arquivística contemporânea; The Representation in Contemporary Archival Science

Tognoli, Natália Bolfarini; Unesp
Fonte: Revista Ibero-Americana de Ciência da Informação Publicador: Revista Ibero-Americana de Ciência da Informação
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 25/03/2013 POR
Relevância na Pesquisa
66.34%
O arranjo e a descrição dos documentos de arquivo podem ser considerados os dois processos nucleares da teoria e da prática arquivística que compartilham o mesmo objetivo: representar o conhecimento arquivístico. Esta representação está baseada fundamentalmente na aplicação do princípio da proveniência e no conceito de fundo documental. O presente artigo busca discutir especificamente a descrição arquivística, em face das mudanças e propostas de uma abordagem pós-moderna da disciplina que propõe o conceito de fundo e o princípio da proveniência como norteadores conceituais e não como entidades físicas – como até o momento se supunha – no processo de representação. Para tanto, são apresentadas as perspectivas teóricas dos estudos canadenses e australianos que se apresentam na vanguarda do movimento pós-moderno, discutindo as bases teóricas da Arquivística Moderna, face à realidade dinâmica da produção documental contemporânea. Ao final, concluí-se que a abordagem pós-moderna parece ser a mais capacitada para lidar com as questões contemporâneas, uma vez que vai mais fundo nas questões sobre a representação arquivística e sua relação entre o arquivista, o contexto de criação dos documentos e o usuário.; The arrangement and description of archival materials are the nuclear processes of Archival Science that share a common purpose: to represent the archival knowledge. This representation is fundamentally based on the application of the principle of provenance and on the concept of fonds. This paper aims to discuss de archival description facing the changes and ideas of an archival postmodern approach that proposes the concept of fonds and the principle of provenance as conceptual abstraction rather than a physical entity in the representation process. In that sense...

O conceito de memória na Ciência da Informação: análise das teses e dissertações dos programas de pós-graduação no Brasil | The concept of memory in information science: analysis of theses and dissertations of postgraduate programs in Brazil

Braga de Oliveira, Eliane; UnB; Medleg Rodrigues, Georgete; UnB
Fonte: Ibict Publicador: Ibict
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 31/03/2011 POR
Relevância na Pesquisa
56.08%
Resumo Apresenta resultados obtidos em pesquisa de doutorado cujo objetivo geral foi o de compreender como a Ciência da Informação (CI) se apropria de conceitos, partindo do caso específico da apropriação e da reformulação do conceito de memória na produção científica da área no Brasil. Adota como referencial teórico o modelo de construção do conhecimento proposto por Wersig, conforme o qual a Ciência da Informação deve tecer uma rede conceitual a partir da reformulação de modelos genéricos e interconceitos. Nos objetivos específicos, identificar os “atratores” do conceito de memória na Ciência da Informação; analisar suas apropriações e reformulações na produção dos programas de pós-graduação em CI no Brasil; verificar a existência de relações entre a produção de trabalhos sobre memória e a área de graduação dos autores e/ou ao programa de pós-graduação em CI nos quais os trabalhos foram produzidos. Como método...