Página 1 dos resultados de 253 itens digitais encontrados em 0.002 segundos

Análise qualitativa da arborização urbana em bairros de diferentes classes sociais

Huther, Márcia Cristina
Fonte: Edições Universitárias Lusófonas Publicador: Edições Universitárias Lusófonas
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
57%
A arborização urbana pode contribuir com a paisagem urbana e interagir com a população através de benefícios físicos e climáticos. A valorização de áreas urbanas é uma das características da arborização planejada. Outras características são referentes aos fatores climáticos como, a diminuição da insolação, do ruído, da poluição e a redução do consumo de energia em regiões quentes. O presente estudo visa analisar qualitativamente as redes arbóreas urbanas em bairros residenciais. Para as análises foram selecionados bairros de diferentes classes sociais, localizados nas cidades de Passo Fundo-RS e Lages-SC, sobre as quais não existem estudos que abordem o tema pesquisado. Foram realizados questionários que indicaram o nível de satisfação dos moradores. Após esta abordagem foi realizada uma análise comparativa entre os bairros das cidades analisadas. A pesquisa evidenciou a necessidade de buscar a adaptação de projetos conforme as necessidades dos usuários, relacionadas com a rede arbórea urbana, buscando uma melhor qualificação dos bairros. Verificou-se a inexistência de rede arbórea nos bairros analisados. Nos bairros de baixa renda quando esta arborização existe, ela tem a intenção de proporcionar sombreamento...

Árvores e arborização urbana na cidade de Piracicaba/SP: um olhar sobre a questão à luz da educação ambiental.; Trees and aborization in Piracicaba/SP: a view on the issue under the environmental education.

Monico, Ilza Maria
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 14/01/2002 PT
Relevância na Pesquisa
57.09%
Este estudo foi realizado com o objetivo de investigar o estado da arborização viária em Piracicaba/SP, em termos de administração pública e gerenciamento, legislação e ações educativas, procurando conhecer a opinião da equipe técnica envolvida na questão. Paralelamente buscou-se através de pesquisa participante, compreender os anseios e necessidades de um segmento de sua população, os motivos que a levam a enxergar o elemento "árvore" com preconceito ou de maneira negativa, motivando-a a desejar e solicitar os cortes sucessivos atualmente praticados. Procurou-se identificar os fatores que poderiam estimular mudanças de atitude e elementos que possam ser utilizados em campanhas educativas visado o resgate de um relacionamento melhor entre a população e as árvores viárias. A pesquisa conclui que a arborização viária da cidade está comprometida pela inexistência de uma política pública favorável e definida para a questão da arborização urbana na cidade. As mudanças de gestão política têm influenciado negativamente o quadro desta arborização, que não foi implantada de maneira planejada. Por isso, árvores de grande porte estão sendo suprimidas sistematicamente das ruas, sendo substituídas em sua maioria por espécies de pequeno e médio portes...

Gestão de resíduos da arborização urbana; Management of residues of the urban arborization

Meira, Ana Maria de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 11/03/2010 PT
Relevância na Pesquisa
57.07%
A falta de modelos eficientes para a gestão dos resíduos da arborização urbana tem contribuído para agravar os problemas ambientais, sociais e econômicos resultantes da disposição inadequada desses materiais. Por suas características, esses materiais apresentam potencial para serem aproveitados em pequenos objetos de madeira (POM), composto orgânico, lenha, carvão vegetal, entre outros. Este estudo teve por objetivo quantificar, caracterizar e elaborar um modelo de gestão para os resíduos da arborização urbana, utilizando como estudo de caso a cidade de Piracicaba - SP. Para quantificação realizou-se o acompanhamento da poda de 10 espécies de maior freqüência na arborização: espirradeira (Nerium oleander L); ficus-benjamim (Ficus benjamina L); ipê (Tabebuia sp).; canelinha (Nectandra megapotamica (Spreng.) Mez); oiti (Licania tomentosa Benth.); chapéu de sol (Terminalia catappa L).; quaresmeira (Tibouchina granulosa Cogn.); resedá (Lagerstroemia indica); falsochorão (Schinus molle L).; sibipiruna (Caesalpinia peltophoroides), com medições de CAP, área de copa, altura, intensidade de poda, motivo da poda e foram pesados os resíduos conforme a classe diamétrica (0 a 8 cm; 8,1 a 15 cm; 15,1 a 25 cm e acima de 25 cm). Foram testados modelos empíricos para predição de biomassa de resíduos - Spurr...

Licenciamento ambiental e arborização urbana: estudos de caso do Município de São Paulo; Licensing of trees suppression and urban arborization: case study in São Paulo city.

Ferreira, Laurita Bravo
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 28/04/2011 PT
Relevância na Pesquisa
67.01%
Este trabalho tem por objetivo analisar como o licenciamento de supressão de árvores contribui para a implantação da arborização urbana no município de São Paulo e salienta a importância do planejamento para a identificação das áreas com prioridade para sua implantação. Abordam-se as diferentes contribuições da arborização e suas funções como determinantes para a área de escolha da implantação de espécies arbóreas. Por fim, é realizado um estudo de caso no distrito de Santo Amaro onde o mapeamento da distribuição existente da arborização, associado aos mapas de temperatura aparente, espaços livres intraquadras, uso do solo e sistema viário, auxiliam a analisar as áreas com déficits de arborização através da identificação do sistema de áreas arborizadas. O entendimento desse sistema permite a implantação de arborização nas áreas mais deficitárias das funções proporcionadas pela arborização, como amenização da temperatura, filtragem do ar e diminuição das enchentes.; This study aims to examine how the licensing of trees suppression contributes to the settlement of urban arborization in São Paulo city, it also reinforces the importance of planning, identifying priority areas for adequate arborization implementation. It addresses the different contributions of trees and their uses...

Políticas de apoio a gestão da arborização urbana: uma análise do programa município verde azul

Konrad, Eliana Cristina Generoso
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 161 f. : il.
POR
Relevância na Pesquisa
57.03%
Pós-graduação em Agronomia - FEIS; O presente estudo teve por objetivo identificar as premissas que envolvem a política pública ambiental, do Estado de São Paulo, acerca da arborização urbana, inserida no Programa Município Verde Azul (PMVA). Um conjunto de municípios serviu como objeto de estudo sobre a gestão da arborização, na aplicação da metodologia baseada no Sistema Ambitec (Embrapa), de Avaliação de Impacto Ambiental de inovação de tecnologia. Os municípios, que também foram caracterizados em relação á população, Região Administrativa, aspectos de urbanização e PIB (Produto Interno Bruto), são: Angatuba, Guaraçaí, Guararapes, Ibirarema, Lins, Martinópolis, Mira Estrela, Pontalinda, Quadra, São Manuel, Teodoro Sampaio, Rubinéia e Serrana. Deste conjunto, apenas Rubinéia e Serrana, não foram certificados no PMVA (2013). Para tanto 11 indicadores de eficiência da gestão da arborização urbana foram selecionados e organizados em uma plataforma operacional, para medida, ponderação e expressão de resultados, são eles, Uso de Espécies Arbóreas; Condições do Calçamento; Orientação das Podas; Dedicação e Perfil do Gestor; Estrutura Municipal e Relacionamento Institucional; Divulgação e Conhecimento Popular; Criação de Novos Empregos; Campanhas Educativas Transversais; Existência de Estratégia de Ação; Diagnóstico Quali-Quantitativo e Estratégias de Crescimento. O coeficiente de impacto gerado pela plataforma operacional indicou o desempenho dos municípios...

Proposta para planejamento da arborização viária do bairro do Alvinópolis, município de Atibaia - SP

Bagdonas, Natasha Fayer Calegario
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: 51 f.
POR
Relevância na Pesquisa
57.03%
The urban arborization planning must consider technical criteria, to avoid future conflicts between trees and the urban space, and sociocultural criteria, to satisfy the local population necessities. Considering this principle, the present work proposes an arborization plan for a pilot area enclosing three of the principal streets from Alvinopolis District, county of Atibaia – SP. In order to tackle this objective, requests of tree removal were analyzed to get a panorama of how the subject takes place in the county. After that, promising sites for tree planting were selected in the enclosing area, and urban arborization of the three (3) main streets were retake, proposing necessary substitutions. Finally, 238 residents all over Alvinopolis County have been interviewed, with the objective of appraising their subject sense and focus on environmental education. Then three maps were made: the first one representing characteristics that influence in arborization, the second representing the present arborization and the nine (9) necessary substitutions, and the third representing the plan for the arborization of the pilot area. From the interviewed people, 79% shown themselves favorable to urban arborization, otherwise it does not discard the necessity to inform population about adequate species...

Arborização urbana no centro de Florianópolis - Santa Catarina

Báez, Maria Teresa Casco
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: U Formato: xviii, 142 f.| il., grafs., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
57.12%
Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico. Programa de Pós-Graduação em Arquitetura e Urbanismo; Com a finalidade de verificar a importância da arborização urbana na área central Florianópolis, a pesquisa através da avaliação de Florianópolis como estudo de caso, especificamente no triângulo central, descreve a área, desenvolve métodos e técnicas e fornece subsídios para adequabilidade espacial por meio de arborização e infra - estrutura urbana. A verificação foi feita por meio de teste de atributos urbanos e de análises de quadros fotográficos, utilizando os conceitos de percepção ambiental de Lynch. Pelo teste de atributos foram selecionadas três áreas utilizando padrões de densidade populacional: área de baixa densidade, área de média densidade e área de alta densidade. Essas áreas foram analisadas quanto à qualidade ambiental. Para a avaliação foi aplicado um teste de atributos em dois contextos: ordem espacial e ordem ambiental. A ordem espacial avaliou o aspecto visual das construções, o conjunto arquitetônico, a dimensão de calçadas, quantificação de arborização em calçadas, acessos, mobiliário e infra-estrutura urbana. A ordem ambiental avaliou a proximidade de áreas verdes...

Arborização urbana com espécies nativas

Rohr, Hyhago Ramão Stuelp
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: 20 f.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
66.91%
Projeto acadêmico (graduação) - Universidade Federal de Santa Catarina. Campus Curitibanos. Ciências Rurais.; A arborização urbana é um tema importante no planejamento dos centros urbanos, melhorando a qualidade de vida e trazendo diversos benefícios ao ambiente. A utilização de espécies nativas de Santa Catarina para este fim é uma forma de valorizar os recursos vegetais disponíveis no estado, além de aproveitar as características favoráveis destas espécies. Este trabalho teve como objetivo a seleção de 30 espécies arbóreas nativas de formações florestais do estado com potencial para utilização na arborização de ruas, avenidas e praças. Além da seleção das espécies, estabelecer alguns parâmetros para implantação da arborização nestes locais.

Avaliação da arborização urbana do Plano Piloto; Assesment of urban arborization in Plano Piloto

Lima, Roberta Maria Costa e
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
57.09%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Tecnologia, Departamento de Engenharia Florestal, 2009.; A avaliação da arborização urbana nas cidades auxilia no planejamento e administração das áreas verdes urbanas, na busca de melhores condições de vida para a população citadina. A arborização urbana em Brasília foi inventariada com a condução de censo das árvores, DAP ≥ 5 cm, em 10 áreas arborizadas em cada uma das décadas de 60, 70 e 80 e nove áreas na década de 90, visando avaliar a composição e a similaridade florística, assim como a utilização de espécies nativas na arborização urbana ao longo deste período. Foram amostradas ao todo 15.187 árvores, distribuídas em 45 famílias, 126 gêneros e 162 espécies, demonstrando que a arborização apresenta-se bastante diversificada. As espécies mais freqüentes foram Mangifera indica L. (Mangueira), Peltophorum dubium (Spreng.) Taub. (Cambuí), Syzygium jambolanum (Lam.) DC. (Jambolão), Sapindus saponaria L. (Saboneteira), Ficus benjamina L. (Ficus), Caesalpinia peltophoroides Benth. (Sibipiruna), Spatodea campanulata Beauv. (Espatódea), Persea americana Mill. (Abacateiro), Pterogyne nitens Tul. (Amendoim bravo) e Tabebuia ipê Lor. Ex Griseb. (Ipê rosa). Para a avaliação das relações florísticas entre as décadas optou-se pela classificação por UPGMA disponível no programa FITOPAC através do índice de Sørensen. O estudo revelou que a arborização seguiu padrões na década de 60 que se modificaram ao longo do período avaliado...

Avaliação qualitativa de mudas destinadas à arborização urbana no Estado de Minas Gerais

Gonçalves,Elzimar de Oliveira; Paiva,Haroldo Nogueira de; Gonçalves,Wantuelfer; Jacovine,Laércio Antônio Gonçalves
Fonte: Sociedade de Investigações Florestais Publicador: Sociedade de Investigações Florestais
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2004 PT
Relevância na Pesquisa
66.77%
Este estudo, realizado em diversos viveiros do Estado de Minas Gerais, objetivou avaliar a qualidade das mudas destinadas à arborização urbana. A avaliação foi feita através de visitas a 12 viveiros no estado, sendo seis de instituições públicas e seis de particulares. Os resultados indicaram que, de maneira geral, não há uma preocupação com a qualidade das mudas, fato comprovado pelas altas porcentagens daquelas fora do padrão. Somente as injúrias mecânicas e as raízes expostas estavam com baixas porcentagens fora do ideal. Os problemas que mais contribuem para a baixa qualidade das mudas, tanto em viveiros públicos quanto particulares, são a altura abaixo da recomendada e a ausência de podas de condução e de formação. Portanto, os primeiros esforços para a melhoria da qualidade devem ser sobre essas características. A análise indicou ainda que grande parte dos problemas se deve à falta de treinamento dos funcionários e domínio das técnicas silviculturais necessárias à produção das mudas, principalmente em se tratando de viveiros particulares, onde as mudas estão com qualidade inferior às dos viveiros públicos.

Avaliação dos riscos de acidentes em atividades de poda de árvores na arborização urbana do distrito federal

Fiedler,Nilton César; Sone,Eduardo Hideki; Vale,Ailton Teixeira do; Juvêncio,José de Fátima; Minette,Luciano José
Fonte: Sociedade de Investigações Florestais Publicador: Sociedade de Investigações Florestais
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2006 PT
Relevância na Pesquisa
66.77%
Esta pesquisa teve por objetivo avaliar os riscos de acidentes em atividades de poda de árvores na arborização urbana do Distrito Federal. A coleta de dados foi feita com a aplicação de um questionário em forma de entrevista individual. Responderam ao questionário 94% dos funcionários, sendo 92% do total dos operadores de motosserra e 95% do total de auxiliares. Além disso, foi realizada uma avaliação qualitativa do risco de acidentes nas máquinas e equipamentos de poda e nos veículos de transporte dos trabalhadores, com a aplicação de um "checklist". De acordo com os resultados, para a maioria dos operadores de motosserra (78,3%), os equipamentos de proteção individual eram importantes e já os protegeram contra acidentes. Com relação ao índice de acidentes, 56,5% dos operadores de motosserra afirmaram que sofreram algum tipo de acidente na empresa, e 65,2% desses já presenciaram acidente no trabalho. Entre os auxiliares, 87,2% responderam que o uso de equipamentos de proteção individual já evitou a ocorrência de acidentes no trabalho, 30,8% disseram que sofreram acidente decorrente da atividade de poda e 48,7% presenciaram acidentes no trabalho. Quanto aos equipamentos avaliados, todas as motosserras estavam em bom estado de conservação e possuíam sistema de segurança adequado. A maioria dos baús adaptados para o transporte dos trabalhadores sobre os caminhões apresentava má distribuição e insuficiência de janelas de ventilação. Os assentos tinham pouca inclinação para a coluna...

Arborização urbana em quadras de diferentes padrões construtivos na cidade de Jataí

Barros,Elaine Franciely Santos; Guilherme,Frederico Augusto Guimarães; Carvalho,Raquel dos Santos
Fonte: Sociedade de Investigações Florestais Publicador: Sociedade de Investigações Florestais
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2010 PT
Relevância na Pesquisa
67%
O objetivo deste trabalho foi avaliar comparativamente a qualidade e quantidade de árvores plantadas no perímetro urbano da cidade de Jataí, GO. Para possibilitar as comparações foi utilizado um mapa georreferenciado de todas as quadras da cidade de Jataí, as quais foram subdividas em três categorias, de acordo com o padrão de construção civil adotado: 1. alto/médio, 2. simples e 3. precário. Em cada categoria foi avaliada a arborização urbana de 60 quadras, escolhidas aleatoriamente no mapa, independentemente do bairro. Foram encontrados 1.953 indivíduos, sendo 1.853 de espécies exóticas e 100 de espécies nativas, totalizando 114 espécies, sendo a mais utilizada na arborização o oiti (Licania tomentosa), com 31% de todos os indivíduos. O número médio de árvores foi significativamente maior nos padrões alto/médio e simples do que no padrão precário. Com relação à posição na calçada, o padrão alto/médio apresentou melhor adequação de plantio. Espécies de médio e pequeno portes, bem como palmeiras, foram encontradas em maior quantidade no padrão alto/médio. Este estudo mostrou claras discrepâncias na arborização urbana da cidade em relação aos padrões construtivos. Dessa forma, os resultados podem subsidiar técnicos da Prefeitura Municipal de Jataí...

Arborização urbana do centro de Petrolina-PE.

OLIVEIRA, U. R.; SILVA, M. P. da; VASCONCELOS, V. A. F. de; ALVAREZ, I. A.
Fonte: In: CONGRESSO BRASILEIRO DE ARBORIZAÇÃO URBANA, 13., 2009, Rio Branco. Diversidade na floresta e na cidade: coletânea de trabalhos. Rio Branco: Sociedade Brasileira de Arborização Urbana, 2009. Publicador: In: CONGRESSO BRASILEIRO DE ARBORIZAÇÃO URBANA, 13., 2009, Rio Branco. Diversidade na floresta e na cidade: coletânea de trabalhos. Rio Branco: Sociedade Brasileira de Arborização Urbana, 2009.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Formato: 1 CD-ROM.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
66.94%
2009

Arborização das ruas do bairro São Gonçalo em Petrolina-PE.

OLIVEIRA, U. R.; COLICHINI, C. DE A.; ALVAREZ, I. A.; AMORIM, M. C. C. DE
Fonte: In: CONGRESSO BRASILEIRO, 1.; CONGRESSO IBERO-AMERICANO DE ARBORIZAÇÃO URBANA, 15., Recife, 2011. Anais... Recife: CBAU, 2011. Publicador: In: CONGRESSO BRASILEIRO, 1.; CONGRESSO IBERO-AMERICANO DE ARBORIZAÇÃO URBANA, 15., Recife, 2011. Anais... Recife: CBAU, 2011.
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE) Formato: 3 p.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
76.95%
A arborização urbana é, basicamente, toda cobertura vegetal arbórea existente nas cidades, constituinte dos espaços verdes; pode fazer parte de espaços livres de uso público e potencialmente coletivo, de espaços livres particulares e de sistemas viários (MILLER, 1998). Entre os sistemas que compõe os espaços verdes urbanos, a arborização viária é o que está mais próxima do convívio com a população, influenciando significativamente nas condições microclimáticas (ALVAREZ et. al., 2009). Do ponto de vista ecológico propicia maior conforto térmico ao ambiente urbano por meio da capacidade de produzir sombra; filtra ruídos, amenizando a poluição sonora; eleva a qualidade do ar, aumentando o teor de oxigênio e de umidade, e absorvendo o gás carbônico; ameniza a temperatura, entre outros aspectos (PLATT, 1994). O presente trabalho teve como objetivo realizar o levantamento florístico das espécies presentes na arborização das ruas do bairro São Gonçalo da cidade de Petrolina, Pernambuco.; 2011

A percepção dos moradores de Parintins - Am, sobre arborização urbana.

LOURENCO, J. N. de P.; JANUÁRIO, N. S.; FEIO, E. F.; OLIVEIRA, N. M. V. de; OLIVEIRA, C. F. de; RAMOS, K. da S.; SOUSA, S. G. A. de; LOURENÇO, F. de S.
Fonte: In: CONGRESSO BRASILEIRO DE ARBORIZAÇÃO URBANA, 12., 2008, Manaus. Conservação e expansão dos espaços verdes: um desafio ao gerenciamento urbano: palestras, resumos e relatos de experiências. Manaus: Sociedade Brasileira de Arborização Urbana: International Society Arboriculture: Secretaria Municipal de Meio Ambiente, 2008. Publicador: In: CONGRESSO BRASILEIRO DE ARBORIZAÇÃO URBANA, 12., 2008, Manaus. Conservação e expansão dos espaços verdes: um desafio ao gerenciamento urbano: palestras, resumos e relatos de experiências. Manaus: Sociedade Brasileira de Arborização Urbana: International Society Arboriculture: Secretaria Municipal de Meio Ambiente, 2008.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
87.07%
Com objetivo de avaliar o que pensam os moradores de Parintins a respeito da arborização urbana, vantagens e desvantagens, as espécies e suas preferências e formas de apoio, colaboração e manutenção a arborização da cidade. Espera-se que este estudo possa contribuir para a elaboração de um plano de arborização da cidade de Parintins.; 2008

Pau-pretinho (Cenostigma tocantinum Ducke) uma espécie com potencial para arborização urbana em Manaus-AM.

SOUSA, S. G. A. de; MORAES, R. P.; GARCIA, L. C.
Fonte: In: CONGRESSO BRASILEIRO DE ARBORIZAÇÃO URBANA, 12., 2008, Manaus. Conservação e expansão dos espaços verdes: um desafio ao gerenciamento urbano: palestras, resumos e relatos de experiências. Manaus: Sociedade Brasileira de Arborização Urbana: International Society Arboriculture: Secretaria Municipal de Meio Ambiente, 2008. Publicador: In: CONGRESSO BRASILEIRO DE ARBORIZAÇÃO URBANA, 12., 2008, Manaus. Conservação e expansão dos espaços verdes: um desafio ao gerenciamento urbano: palestras, resumos e relatos de experiências. Manaus: Sociedade Brasileira de Arborização Urbana: International Society Arboriculture: Secretaria Municipal de Meio Ambiente, 2008.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
76.96%
Este trabalho é uma contribuição ao conhecimento silvicultural de Cenostigma tocantinum, e foi levantado em um plantio de arborização e paisagismo, em diferentes ambientes, semelhante às vias públicas.; 2008

Estudo dos impactos ambientais da interação da rede de distribuição de energia elétrica com a arborização urbana nos municípios da Região Metropolitana do Recife

de Fátima, Maria; do Carmo Martins Sobral, Maria (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
66.94%
A ausência de um planejamento adequado do processo de crescimento urbano, nas grandes cidades, tem provocado problemas de interferência da arborização com a infra-estrutura urbana e redes de serviços localizadas nas vias públicas. Ressaltam-se as redes aéreas de distribuição de energia elétrica, telecomunicação, gasoduto, água e esgoto que, na maioria das vezes são implantadas após o desenvolvimento da espécie arbórea no local. Podas sucessivas e mal executadas aumentam o número de desligamentos da rede e comprometem o estado vegetativo dos elementos arbóreos. Esta pesquisa objetiva o estudo da quantificação e qualificação dos impactos ambientais da atividade de distribuição de energia elétrica relacionados ao manejo da arborização urbana nas vias públicas dos 14 municípios que compõem a Região Metropolitana do Recife. Foram estudadas 1572 árvores, dentre essas, 764 foram diagnosticadas na cidade do Recife e o restante nos outros municípios. Foram feitas análises estatísticas descritivas e análise dos índices ecológicos dos municípios que alcançaram o quantitativo de 100 árvores sob as redes de energia.Os maiores impactos registrados foram das redes de energia elétrica, telecomunicações e gasoduto...

Avaliaçao quali-quantitativa e manejo da arborizaçao urbana

Milano, Miguel Serediuk, 1956-
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
57.08%
Resumo: Com objetivo de estabelecimento de metodologia de avaliação de arborização urbana e de princípios e métodos de manejo, foi analisada a situação da cidade de Maringá - PR, que conta com uma população atual estimada em 290.000 habitantes. Utilizando-se de inventários totais de áreas verdes públicas e de árvores de ruas, foi identificada a quantidade de áreas verdes da cidade e utilizando-se de inventário por amostragem foi estudada a qualidade da arborização de ruas. As áreas verdes públicas compreendem 85 unidades homogeneamente distribuídas pelo espaço urbano que totalizam 1.931.145 m2 e apresentam-se, em termos de superfície, 92,0% arborizadas, 5,4% em fase de arborização e 3,5% por arborizar. A arborização de ruas compreende 62.818 árvores oriundas de mais de 75 espécies e totaliza uma área arborizada de 3.877.745ma. 0 conjunto das áreas verdes mais a arborização de ruas soma 20,62m2/habitante, sendo esta ultima responsável por 67% desse total. A partir de um teste de amostragem, identificou-se como mais eficiente unidades amostrais de 200x500m, e a qualidade da arborização de ruas foi identificada através de inventário por amostragem com 95% de probabilidade e 10% de erro. Avaliadas 2.743 árvores provenientes de 15 amostras de um total de 307 amostras potenciais...

Arborização urbana de Catalão (GO): caracterização e proposta para a requalificação do sistema viário; Urban forestry Catalan (GO): characterization and proposal for the upgrading of the road system

ROCHA, Ione Soares da Silva
Fonte: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em Geografia - Campus Catalão; Ciências Humanas Publicador: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em Geografia - Campus Catalão; Ciências Humanas
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
57.13%
In this research, the main goal is to describe and understand the urban afforestation in the road space of Catalão (Go), specifically, a delimited and interesting space, which the main object is the tree. In this way, the research about afforestation in this profile for studies and analysis, and the works realized using this ideas could also allow another goal, that was to offer, according to the principles of the primitive nature in the place, and the intention to improve the ecodynamics in Catalão city, actions for the requalification of the afforestation in the road urban system. The theoretical discussion is done by the ecodynamic approach, using the specialized literature giving emphasis also to the perception of the landscape,using other ways, for better comprehension of the subject, like soil analysis, trees total inventory, questionnaires to obtain the population perceptions and opinion. Through approaches, like reviews literature, field and laboratory researches, searching to understand the problems that exist in the urban afforestation of monitoring road, like to check if the afforestation how is made today is according to the place ecodynamic, and presents a proposal for the problems that arose in this analysis of the afforestation. The afforestation can be improved by the observance of the laws that are legal and the ones that are academic and scientific...

Urban afforestation and qualification landscape; Arborização urbana e qualificação da paisagem

Basso, Jussara Maria; Corrêa, Rodrigo Studart
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Arquitetura e Urbanismo Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Arquitetura e Urbanismo
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 07/12/2014 POR
Relevância na Pesquisa
66.9%
This study quantified the role of different species of trees in mitigation the microclimate in the central area of Campo Grande - MS by evaluating the contribution of urban trees on the thermal comfort of the public space of the city. The city of Campo Grande presents a tropical climate with a dry season, characteristic of the Brazilian Cerrado, and point tree species able to qualify the landscape and soften the urban microclimate becomes important. This work aimed to evaluate the improvement of thermal comfort achieved with the mitigation of solar radiation characterized by differences presented in the surface temperatures of streets and sidewalks under the influence of mature trees of the species used in forestry over the downtown area. For so, measurements were made with a thermometer in the shade and near surroundings of twelve species existing on sidewalks. The results indicated the size, in relation to thermal comfort, a species is presenting to others and allowed a projection of the alleviation of heat in the urban enclosure, which can help in decision making for planning and landscape design in the city. ; Este trabalho quantificou o papel de diferentes espécies arbóreas na amenização do microclima na área central de Campo Grande (MS) por meio da avaliação da contribuição da arborização urbana sobre o conforto térmico do espaço público da cidade. A cidade de Campo Grande apresenta clima tropical com estação seca...