Página 1 dos resultados de 223 itens digitais encontrados em 0.009 segundos

Estudo sobre a capacidade gliconeogênica da aranha caranguejeira (Grammostola sp - Mygalomorphae) durante o inverno e o verão

Porcher, Rogério Daniel
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
35.59%
Estudos sobre metabolismo de invertebrados fornecem subsídios para o entendimento da capacidade que estes animais tem de interagir com o ambiente e neste realizar seu desenvolvimento e reprodução. Poucos são os trabalhos que avaliam o metabolismo de carboidratos, proteínas e lipídios nos diferentes tecidos de aracnídeos. O presente trabalho teve como objetivo avaliar a capacidade gliconeogênica da aranha caranguejeira ( Grammostola sp – Migalomorphae) durante o inverno e o verão. Foram utilizados exemplares de Grammostola sp. coletados na região geográfica conhecida como Vale do Taquari, localizada no Rio Grande do Sul. Os animais coletados permaneceram em biotério, acondicionados em caixas plásticas onde foram alimentados ad Libitum. A temperatura e o fotoperíodo foram mantidos naturais de acordo com o período do ano. Os animais foram coletados nos períodos de Verão, correspondendo aos meses entre setembro e março, e Inverno para os meses correspondentes ao período entre abril e agosto. Para os procedimentos experimentais foram removidos o hepatopâncreas, e hemolínfa. Foram realizadas medidas das concentrações de glicose na hemolínfa, glicogênio no hepatopâncreas, bem como a atividade gliconeogênica no hepatopâncreas incubados com L-alanina...

Passeata Estudantil

Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Fotografia Formato: Contato; image/jpeg; Réplica; Preto e branco
POR
Relevância na Pesquisa
35.54%
- Porto Alegre - Ufrgs - Osvaldo Aranha - Rua Conceição - Colégio Rui Barbosa

Planejamento biorregional : uso da terra e política de gestão em unidades de conservação estaduais da Mata Atlântica, Rio Grande do Sul, Brasil

Ramos, Ricardo Aranha
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
55.53%
A Mata Atlântica é um dos ecossistemas mais ameaçados do planeta, estando hoje reduzida a menos de 8% de sua extensão original, segundo dados desenvolvidos pela Fundação SOS Mata Atlântica e o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais. Este bioma, considerado um dos ecossistemas com maior biodiversidade do mundo, está parcialmente protegido em algumas unidades de conservação ao longo da costa brasileira. Este trabalho visa discutir alguns dos conflitos existentes entre a política de conservação e a preservação da Mata Atlântica no entorno de três unidades de conservação estaduais no Rio Grande do Sul: Reserva Biológica Estadual da Serra Geral, Estação Ecológica Estadual Aratinga e Parque Estadual do Tainhas. Através de ferramentas do sensoriamento remoto e geoprocessamento, foi elaborada uma classificação da cobertura vegetal e dos diferentes tipos de uso da terra, utilizando imagens de satélite, fotografias aéreas de pequeno formato, trabalhos de campo e análises espaciais. O mapeamento de uso e cobertura da terra abrangeu uma área total de 350.137,68 ha, gerando 36 classes divididas em três categorias: cobertura vegetal, uso da terra e hidrografia. A cobertura vegetal totalizou 259.197,71 ha., representando 74...

Araneofauna de pomares de laranja Valência nos Vales do Caí e Taquari, Rio Grande do Sul, Brasil; Araneofauna of valência orange orchards at the Caí and Taquari Valleys, Rio Grande do Sul, Brazil

Ott, Ana Paula; Ott, Ricardo; Wolff, Vera Regina dos Santos
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
45.52%
Assembléias de aranhas da vegetação herbácea foram amostradas com rede-de-varredura em dois pomares de laranja doce (Citrus sinensis) no sul do Brasil. Cada pomar amostrado é caracterizado por receber um diferente tipo de manejo: “tradicional” ou “ecológico”. Adicionalmente, foi amostrada a assembléia de aranhas das laranjeiras do pomar com manejo “ecológico” através do uso de guarda-chuva japonês. No total foram coletadas 3.876 aranhas, 2.379 nas laranjeiras do pomar de manejo “ecológico” e 1.497 junto à vegetação herbácea de ambos pomares; foram registradas 99 espécies de 17 famílias de aranhas; Oxyopes salticus Hentz, 1845 (Oxyopidae) foi a aranha mais abundante na vegetação herbácea e Sphecozone cristata Millidge, 1991 (Linyphiidae) a mais abundante nas laranjeiras. Aranhas errantes foram mais abundantes em ambos tipos de vegetação. A araneofauna da vegetação herbácea nos pomares com diferentes manejos não apresentou diferenças significativas na diversidade (H’= 2,13 – “ecológico”; 2,24 – “tradicional”); a diversidade foi menor nas laranjeiras (H’=1,95). Em razão de terem sido utilizados diferentes métodos de coleta nas amostragens entre os microhabitats, o índice de Jaccard (17...

Monitoramento geotécnico da obra de ampliação dos molhes do Rio Grande, Brasil; Geotechnical monitoring of the breakwaters enlargement work from Rio Grande, Brazil

Rabassa, Camila Mendonça
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
45.54%
O presente trabalho apresenta um estudo das condições geotécnicas e do monitoramento da obra de ampliação dos molhes, proteção da entrada do canal de navegação do Porto de Rio Grande-RS/ Brasil, assente em solos moles. Atenção é dada a problemas associados à capacidade de carga e recalque das fundações. Investigações indicaram que o solo de fundação é constituído de uma camada de areia com 3 a 5 m de espessura abaixo do piso marinho, seguida de camada de argila mole, com índice NSPT de 2 a 4 e espessura média de 15 m. Somente abaixo dessa profundidade ocorrem solos de maior resistência. Deste modo, antecipou-se no projeto que as camadas do subsolo marinho iriam sofrer recalques e deslocamentos significativos quando submetidas às cargas decorrentes do alteamento dos molhes, havendo a necessidade de garantir as condições de estabilidade a partir da construção de bermas de equilibrio. Devido aos riscos, a obra foi concebida como observacional, sendo acompanhada de instrumentação de controle do processo construtivo, incluindo a observação das poro-pressões, recalques e deslocamentos horizontais na camada de argila mole, compressível e de baixa resistência. A instrumentação implantada na obra inclui inclinômetros...

Castelinho

Manoella de Vargas Van Meegen
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Fotografia Formato: Foto; image/jpeg; Original; Colorida
POR
Relevância na Pesquisa
35.54%
Prédio do Castelinho Quarteirão 2 - Campus Centro Praça Argentina s/nº Localizada na Avenida Osvaldo Aranha, foi disposta de maneira simétrica ao prédio maior, o Château.

Castelinho

Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Fotografia Formato: Foto; image/jpeg; Digital; Colorida
POR
Relevância na Pesquisa
35.54%
Porto Alegre, UFRGS, Campus Centro quarteirão 1 Fachada do prédio e Av. Oswaldo Aranha entorno

Castelinho

Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Fotografia Formato: Foto; image/jpeg; Digital; Colorida
POR
Relevância na Pesquisa
35.54%
Porto Alegre, UFRGS, Campus Centro quarteirão 1 Entorno, Av. Oswaldo Aranha

Frequências alélicas, parâmetros estatísticos de natureza forense e caracterização étnica da população do Rio de Janeiro, através de polimorfismos do tipo STR

Aranha, Tatiana Hessab de Castro
Fonte: Instituto Oswaldo Cruz Publicador: Instituto Oswaldo Cruz
Tipo: Dissertação
PT_BR
Relevância na Pesquisa
35.54%
A Genética Forense é um ramo da Ciência que está se expandindo a cada dia. O aprimoramento das técnicas moleculares vem trazendo uma constante renovação e relevantes discussões para a consolidação dessa área de estudo. Na identificação humana pelo perfil de DNA, além da comparação de perfis genéticos, usam-se métodos estatísticos a fim de estimar a probabilidade de um determinado perfil ser encontrado apenas a partir do doador em comparação ao de outro indivíduo qualquer da população. Essa análise é baseada em frequências obtidas de estudos feitos previamente na população. Para a realização dos casos criminais de identificação genética, o estado do Rio de Janeiro conta com o Instituto de Pesquisa e Perícias em Genética Forense (IPPGF), que é o órgão Pericial da Polícia Civil. Esse órgão recebe amostras de todo o estado, agregando um estoque representativo de amostras da população Rio de Janeiro. Dessa forma, um estudo empregando amostras do IPPGF é de grande importância na solução de casos de identificação genética criminal. Nesse contexto, o presente trabalho tem por finalidade caracterizar a população de Rio de Janeiro através das frequências alélicas de marcadores utilizados na genética forense a partir da análise de amostras de 505 indivíduos não aparentados...

Primeiro registro sinantrópico de Loxosceles laeta (Nicolet, 1849) (Araneae, Sicariidae) no Município do Rio de Janeiro, Estado do Rio de Janeiro

Silveira,Adriano Lima
Fonte: Sociedade Brasileira de Medicina Tropical - SBMT Publicador: Sociedade Brasileira de Medicina Tropical - SBMT
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2009 PT
Relevância na Pesquisa
35.54%
Loxosceles laeta é a espécie de aranha-marrom de maior importância médica, causando acidentes de maior gravidade, além de apresentar hábito sinantrópico. No presente trabalho, é apresentado o primeiro registro sinantrópico de Loxosceles laeta no Município do Rio de Janeiro, RJ, Brasil, a partir de encontro e coleta ocasional de espécimes, no período de agosto de 2005 a junho de 2009. A espécie foi registrada em um prédio do Museu Nacional/UFRJ, localizado no parque da Quinta da Boa Vista, área urbana na Zona Norte da Cidade do Rio de Janeiro. O foco foi considerado localizado e restrito. Loxosceles laeta é adaptável às condições climáticas da região metropolitana do Rio de Janeiro, o que torna possível o estabelecimento de novos focos da espécie e a ocorrência de loxoscelismo na região.

Macroepizoísmo em Libinia ferreirae (Crustacea, Brachyura, Majidae)

Winter,Vanessa C.; Masunari,Setuko
Fonte: Fundação Zoobotânica do Rio Grande do Sul Publicador: Fundação Zoobotânica do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2006 PT
Relevância na Pesquisa
35.54%
Um estudo de distribuição dos macroepizóicos foi realizado numa população do caranguejo-aranha Libinia ferreirae Brito Capello, 1871 proveniente do litoral dos estados do Paraná e de Santa Catarina. O material biológico foi obtido junto aos pescadores, e faz parte do rejeito de pesca. Os caranguejos foram mensurados e os macroepizóicos identificados e contados. Os seguintes macroepizóicos sésseis foram registrados: Calliactis tricolor (Lesueur, 1817) (Cnidaria); Actiniaria (Cnidaria); Arca sp. (Mollusca); Ostreidae (Mollusca); Acanthodesia tenuis (Desor, 1848) (Bryozoa); Cirripedia e duas espécies tubícolas de Gammaridea (Crustacea). Além destes organismos ocorreram dois tubos desabitados e quatro animais vágeis. A anêmona C. tricolor foi a espécie mais abundante e freqüente, sendo, provavelmente, utilizada como mecanismo de camuflagem pelo caranguejo. O macroepizoísmo em L. ferreirae está relacionado com a idade ou tamanho do caranguejo, tendo maior incidência naqueles mais velhos ou de maior porte. Entretanto, a densidade dos macroepizóicos por caranguejo se mantém em torno de três. Não há relação entre o macroepizoísmo e o sexo do hospedeiro; somente fêmeas ovígeras utilizam desse recurso mais freqüentemente do que as não-ovígeras. Devido à maior área de fixação...

Symplocos dasyphylla (Symplocaceae): revised description and lectotypification

Aranha Filho,João Luiz M.; Fritsch,Peter W.; Almeda,Frank; Martins,Angela B.
Fonte: Instituto de Pesquisas Jardim Botânico do Rio de Janeiro Publicador: Instituto de Pesquisas Jardim Botânico do Rio de Janeiro
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2013 EN
Relevância na Pesquisa
45.52%
Symplocos dasyphylla Brand is one of the most poorly known species of Symplocos occurring in Rio de Janeiro. This species has been erroneously considered a synonym of S. itatiaiae Wawra, and the original description of S. dasyphylla does not contain the characters needed to diagnose the species. Here we provide a revised augmented description of S. dasyphylla, lectotypification, illustration, citations of material examined, data for assessing its conservation status, and a key to the species of Symplocos section Hopea occurring in Rio de Janeiro.

Características ecomorfológicas relacionadas ŕ alimentaçăo e ao uso do micro-hábitat em quatro espécies de Characiformes no Rio Morato - Guaraqueçaba - PR /

Barreto, Almir Petersen
Fonte: Curitiba, Publicador: Curitiba,
Formato: text
PO
Relevância na Pesquisa
35.54%
Orientador: José Marcelo Rocha Aranha; Tese (doutorado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Cięncias Biológicas, Programa de Pós-Graduaçăo em Cięncias Biológicas - Zoologia. Defesa: Curitiba, 14/12/05/2005; Inclui bibliografia e anexos; Área de concentraçăo: Zoologia

Diagnóstico da pesca artesanal e amadora no Rio Araguaia - TO/PA

Zacarkim, Carlos Eduardo
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
45.52%
Resumo: Alterações sazonais na composição das comunidades de peixes podem ocorrer devido as flutuações naturais no regime hidrológico afetando a composição, distribuição e abundância de espécies de água doce. Tais variações, implicam em alterações nos padrões da pesca comercial de pequena escala entre os regimes de cheias e secas, podendo afetar no recrutamento, tamanho e distribuição do esforço de pesca. No Brasil, a pesca comercial de pequena escala corresponde por mais de 60% dos desembarques continentais, sendo a região norte responsável por 55,7% da produção pesqueira de água doce. A crescente pressão sobre os estoques pesqueiros sugere que uma gestão baseada apenas em dados e estatísticas da pesca comercial, podem ser insuficientes para evitar a sobrepesca e consequentemente, depleção dos estoques, sendo necessário integrar informações sobre avaliação de estoques, capturas e esforço, para ambas as modalidades de pesca. Neste sentido, o presente trabalho pretende realizar o diagnóstico da pesca artesanal e amadora na região que compreende o baixo rio Araguaia, testando as hipóteses de que o ciclo hidrológico do rio Araguaia influencia na atividade pesqueira artesanal e amadora, na composição das espécies e seu impacto sobre os estoques naturais.

Estrutura populacional, Biologia reprodutiva e alimentar de espécies de Astyanax Baird & Girard, 1854 (Teleostei : Characidae) na Bacia do Rio São João, Carambeí, Paraná.

Silveira, Estevan Luiz da
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Dissertação Formato: 166f. : il. algumas color., tabs., grafs., maps.; application/pdf
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
35.65%
Orientador : Prof. Dr. José Marcelo Rocha Aranha; Dissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Biológicas, Programa de Pós-Graduação em Zoologia. Defesa: Curitiba, 27/02/2014; Inclui referências; Area de concentração: Zoologia; Resumo: A reprodução e a alimentação constituem um dos mais importantes aspectos da bionomia das espécies de peixes e seu conhecimento em ambientes naturais é imprescindível à compreensão da biologia e ecologia desses animais. Este trabalho teve por objetivo fornecer informações acerca da estrutura populacional, biologia reprodutiva e estrutura trófica das espécies de Astyanax que ocorrem na bacia do rio São João, Paraná, e compreender as suas relações com as variáveis ambientais locais. As capturas foram realizadas mensalmente entre julho de 2010 e junho de 2011. Foram avaliadas a proporção sexual por classes de comprimento, as proporções entre jovens e adultos, o comprimento médio da primeira maturação gonadal, a relação peso total/comprimento padrão, o fator de condição alométrico (K) e somático (K’), a frequência espacial e temporal dos estádios de desenvolvimento gonadal, a relação gônada-somática, a fecundidade, o tipo da desova e o Índice de Atividade Reprodutiva (IAR). Na análise da estrutura trófica...

Dimorfismo sexual em esp?cies de macacos-aranha, g?nero Ateles ?. Geoffroy, 1806 (Atelidae), com distribui??o amaz?nica

MONTEIRO, Dijane Pantoja
Fonte: Universidade Federal do Pará Publicador: Universidade Federal do Pará
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
35.65%
O estudo das diferen?as sexuais secund?rias em macacos-aranha (g?nero Ateles ?. Geoffroy, 1806) tem apresentado resultados controversos, principalmente em rela??o ao peso do corpo. Os resultados v?o desde positivamente dim?rficos, onde os machos s?o maiores que as f?meas, at? negativamente dim?rficos, com f?meas maiores que os machos. No entanto, sabe-se que o grupo apresenta o menor grau de dimorfismo entre os Atel?deos. Considerando que diferen?as sexuais em rela??o ? massa do corpo influenciam diretamente nas medidas cranianas do indiv?duo, foram realizadas compara??es de 25 medidas cranianas e tr?s medidas corp?reas de tr?s esp?cies de primatas do g?nero Ateles com distribui??o amaz?nica, A. paniscus, A. marginatus e A. chamek. Foram utilizadas amostras de exemplares adultos depositados em tr?s museus brasileiros. N?o havia amostras suficientes da esp?cie A. belzebuth para a realiza??o da an?lise. Al?m das an?lises morfom?tricas, foi realizada uma compara??o et?ria para o tamanho da faixa de p?los brancos da face dos exemplares de A. marginatus. As medidas cranianas foram comparadas entre os sexos atrav?s de an?lises multivariadas, (an?lise de componentes principais-ACP e an?lise discriminante-AD), enquanto que as medidas do corpo e da mancha frontal foram comparadas atrav?s da ANOVA. A esp?cie A. marginatus n?o apresentou diferen?as sexuais no padr?o de distribui??o dos p?los brancos da face...

Transgressão do Bom Fim

Pedroso, Lucio Fernandes
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
35.59%
O Bom Fim mudou muito nos últimos anos. A vida noturna, que era tida como sua característica principal nas décadas de 1980 e 1990, não está mais lá. O cinema e os bares também não fazem mais parte daquela paisagem. A intenção da presente dissertação é compreender este momento do bairro que acabou. Para isso, foram utilizados os conceitos de espaço e lugar de Michel de Certeau. Segundo este autor, o lugar é constituído a partir da ação disciplinadora que organiza cada coisa em uma localidade específica, uma separada da outra. O espaço é o lugar praticado. Nos grandes centros urbanos se impõe a disciplina, enquanto seus habitantes se apropriam dos limites impostos, criando brechas. O lugar é a ordem e busca a permanência no tempo, o espaço muda constantemente. Práticas criativas cotidianas transformaram a vida do Bom Fim desde o seu começo. Durante as duas últimas décadas do século XX, as práticas noturnas ocuparam o bairro, modificando ele e as representações dele. A porta de entrada para este novo Bom Fim foi um conjunto de bares próximo a UFRGS, conhecido como Esquina Maldita. Desde a década de 1970 tem ocorrido um intenso crescimento urbano e populacional na cidade de Porto Alegre. Durante esse processo...

Interação mãe-filhote em macacos-aranha (Ateles paniscus); Mother-pup in spider monkeys (Ateles paniscus)

de Carvalho, Luciane Bizari Coin; Otta, Emma
Fonte: UFPR Publicador: UFPR
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; avaliado por pares; Formato: application/pdf
Publicado em 09/12/2005 POR
Relevância na Pesquisa
35.64%
As teorias sobre a relação mãe-filhote em primatas não-humanos atribuem à mãe um papel importante e decisivo no desenvolvimento do filhote. Aos poucos, com seu desenvolvimento motor e o aumento da curiosidade pelo ambiente e pelos outros membros do grupo, o filhote vai se afastando da mãe e aprendendo a sobreviver sozinho, embora continue demandando seus cuidados. Com isso, o investimento parental vai tornando-se progressivamente menos necessário, e a mãe redireciona sua energia para outras atividades. O conflito surge no momento em que mãe e filhote passam a ter interesses diferentes em relação ao cuidado que ela deve dedicar a ele. O presente trabalho tem o objetivo de analisar o processo de independência do filhote de macacos-aranha (AteIes paniscus), uma espécie de macaco-do-Novo Mundo pouco estudada. Foram observados quatro filhotes machos e quatro fêmeas, durante os dois primeiros anos de vida. As observações, totalizando 327 horas, foram feitas no Parque Zoológico de São Paulo. Constatou-se uma diminuição gradativa no contato mãe-filhote. A posição Em Contato passou de 100%-91% no primeiro semestre de vida para 50% ao final do primeiro ano. Este é um ritmo lento de desenvolvimento em comparação com  macacos-do-Velho-Mundo. Macacos rhesus...

GEOFÍSICA E SEDIMENTOLOGIA APLICADAS À AVALIAÇÃO DO GRAU DE ASSOREAMENTO DE TRECHO DO RIO DAS VELHAS EM RIO ACIMA, MINAS GERAIS

Parizzi, Maria Giovana; Aranha, Paulo Roberto Antunes; Costa, Ricardo Diniz da; Filho, Jadir Alves da Silva; Tupinambás, Moara Melo; Cajazeiro, Joana Maria Drumond
Fonte: Centro de Pesquisa Professor Manoel Teixeira da Costa - IGC - UFMG Publicador: Centro de Pesquisa Professor Manoel Teixeira da Costa - IGC - UFMG
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares Formato: application/pdf
Publicado em 13/02/2013 POR
Relevância na Pesquisa
35.55%
O trabalho investiga o assoreamento de um trecho do Rio das Velhas a fim de subsidiar estudo de renaturalização fluvial. A bacia do Rio das Velhas é, em grande parte de sua área, ocupada por minerações, áreas urbanas e rurais, loteamentos e condomínios. O crescimento local e a explotação dos recursos naturais têm sido considerados a causa do assoreamento dos rios. Entretanto, faltam estudos detalhados para comprovar o ritmo de assoreamento e avaliar a real contribuição de cada atividade para o desencadeamento do processo. Prospecções geofísicas utilizando o GPR foram utilizadas para a execução de batimetria do rio e reconstrução do perfil do canal, indicando a espessura da camada de sedimentos, seu contato com o substrato rochoso e a forma do canal do rio. O estudo também inclui análises sedimentológicas, datações de termoluminescência, caracterização geológica e geomorfológica da bacia e investigação do uso e ocupação do solo para verificação das principais fontes de sedimentos. Os sedimentos são formados principalmente por grãos de quartzo, mica e hematita e fragmentos de rochas. A morfologia do vale fluvial é variada, ora com canal fechado, ora com canal aberto. Com base nos resultados foi possível reproduzir o grau de assoreamento do rio das Velhas. O método geofísico aplicado...

Bats in cobwebs of the giant-spider Nephilingis cruentata (Fabricius, 1775) (Araneae: Nephilidae) in Brazil; Morcegos em teias da aranha-gigante Nephilingis cruentata (Fabricius, 1775) (Araneae: Nephilidae) no Brasil

Jacomassa, Fábio André Facco; Programa de Pós-Graduação em Zoologia, Universidade Estadual Paulista, Campus de Rio Claro, SP; Guzman, Marcela Benavides; Programa de Pós-Graduação em Zoologia, Universidade Estadual Paulista, Campus de Rio Claro, SP
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/09/2015 POR
Relevância na Pesquisa
35.65%
http://dx.doi.org/10.5007/2175-7925.2015v28n4p169Bats throughout the world are preyed upon primarily by vertebrates, but some are also attacked by invertebrates. We report two cases of bats entangled in webs of the giant-spider Nephilingis cruentata in southeastern Brazil. The first incidence occurred in December 2012, on which a female Eptesicus diminutus was found dead. The second occurred in March 2013, in which a male Tadarida brasiliensis was removed from the web alive, and later released. The animals showed no predation marks on the body, and both events were recorded after heavy rains. We suspect that the bats may have become entangled in the webs while seeking shelter from rain, or while foraging for insects. Even though the bats were not preyed upon, this spider cannot be ruled out as an opportunistic predator of small bats, as has been observed outside of Brazil.; http://dx.doi.org/10.5007/2175-7925.2015v28n4p169Em todo o mundo morcegos são vítimas principalmente de vertebrados, mas também são atacados por invertebrados. Relatamos aqui dois casos de morcegos enredados em teias da aranha-gigante Nephilingis cruentata, no sudeste do Brasil. No primeiro, ocorrido em dezembro de 2012, uma fêmea de Eptesicus diminutus foi encontrada morta...