Página 1 dos resultados de 1383 itens digitais encontrados em 0.002 segundos

Gestão ambiental no agronegócio da aqüicultura da Região Metropolitana de São Paulo

Tiago, Glaucio Gonçalves
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 16/11/2005 PT
Relevância na Pesquisa
37.27%
aqüicultura tem se desenvolvido em todas as regiões do Estado de São Paulo, inclusive nas regiões metropolitanas. A região metropolitana de São Paulo (RMSP), com área de 8051 Km2, responsável por grande parte do produto interno bruto (PIB) nacional, também experimentou nos últimos anos um acelerado desenvolvimento nas atividades de aqüicultura voltadas à produção e ao lazer. Os espaços metropolitanos, pela multiplicidade de atividades produtivas que abriga e pela alta competição no uso de recursos naturais apresentada, evidenciam-se como interessantes objetos de análise científica interdisciplinar. Este estudo, entendendo a aqüicultura como atividade antrópica merecedora de especial atenção no que diz respeito ao uso de recursos naturais, e em função dos riscos e possibilidades ambientais, sociais e econômicas que representa, analisa a instituição da gestão ambiental nos empreendimentos do agronegócio da aqüicultura da região metropolitana de São Paulo, com a finalidade de auxiliar ações e políticas que possibilitem a racionalização do uso da água, a proteção da biodiversidade, e a certificação e agregação de valores ambientais e sociais aos produtos aqüícolas.; Aquaculture has been developed in all the regions of the São Paulo State...

Uso de sistemas com recirculação em aquicultura

Corso, Maira Nesello
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
37.27%
A aquicultura mundial tem crescido intensamente nos últimos cinquenta anos (FAO, 2009). A aquicultura moderna envolve três componentes: a produção lucrativa, a preservação do meio ambiente e o desenvolvimento social (VALENTI, 2002). O intenso desenvolvimento da aquicultura tem gerado um aumento nos impactos ambientais (TACON; FOSTER, 2003). As razões para iniciar a reutilização da água decorreram da falta de água, controle da poluição, riscos à saúde e prováveis ganhos econômicos. (EDING et al., 2006). A recirculação é uma forma de cultivo na qual a água após passar pelos tanques de produção, segue para o tratamento em filtros mecânico e biológico, retornando ao sistema (CREPALDI et al., 2006). A única água nova que entra é quantidade necessária para repor a que se perde durante os processos de tratamento e por evaporação. Essas perdas devem ser em torno de 5% do volume total do sistema por dia (CREPALDI et al., 2006). Através dos sistemas de recirculação aqüícolas possibilita-se uma produtividade maior embora exija-se custos operacionais e de instalação maiores quando comparados aos outros sistemas de cultivo. (PAZ; DE LUCA; SINMA, 2005).; Aquaculture worldwide has increased dramatically over the past fifty years (FAO...

Certificação orgânica: uma alternativa para a aquicultura no Brasil

Rodrigues, Simone Corrêa Becker
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
37.19%
A base legal sobre a produção de orgânicos no Brasil tem amparo na lei Federal Nº 10.831, de 23 de dezembro de 2003. Na Instrução Normativa N° 64, de 18 de dezembro de 2008 que foi substituida pela Instrução Normativa N° 46, de 6 de outubro de 2011 encontram-se definições das normas técnicas para produção de bovinos, bubalinos, ovinos, caprinos, equinos, suínos, aves, coelhos e abelhas, mas não existem especificações sobre normas técnicas para o setor da aquicultura deixando, portanto uma grande lacuna para este setor até mesmo em nível de certificação. O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), juntamente com o Ministério da Pesca e Aquicultura (MPA) publicaram no dia 8 de junho de 2011, a Instrução Normativa Interministerial nº 28, que estabelece as normas técnicas e requisitos gerais para as questões ambientais, econômicas, sociais, o bem estar animal, uso de insumos, entre outros critérios para produção orgânica de organismos aquáticos em unidades de produção em conversão ou por sistemas orgânicos aquícolas de produção. Esta inovação na legislação brasileira é relevante para os sistemas de produção aquícolas e para o país que além de produzir alimentos de melhor qualidade...

A INCORPORAÇAO DO DESIGN NA AQUICULTURA FAMILIAR COM FOCO NA SUSTENTABILIDADE

Merino, Giselle Schmidt Alves Díaz; Garcia, Lucas José; Merino, Eugenio; Vieira, Milton Luis Horn
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Artigo de Revista Científica
Relevância na Pesquisa
37.09%
O Design pode contribuir clara e consistentemente para o crescimento econômico e social de comunidades com carência de recursos e informações, especialmente nas questões relativas à identificação e competitividade. Este artigo vem destacar as principais contribuições que o Design pode oferecer às agrupações de produtores familiares, através de um processo global, denominado gestão de design, considerando os aspectos sustentabilidade, competitividade e diferenciação. Através da ativa participação de todos os envolvidos no processo, pode-se atingir estabilidade mercadológica, bem como ampliar as possibilidades de crescimento e desenvolvimento, podendo ser a gestão de design um importante elemento propulsor. Através da Gestão de Design aplicada, está sendo desenvolvida uma pesquisa aplicada junto à Aqüicultura Familiar de Santa Catarina, com vistas a potencializar a melhoria da competitividade dos seus produtos e conseqüentemente os aspectos de sustentabilidade. A partir do seu apelo cultural, étnico e regional, visualizar-se-á a inovação dos produtos atentando a sua identificação de origem como forma de reconhecer e valorizar as regiões produtoras. Este projeto pretende criar condições mais favoráveis de competitividade para as regiões consideradas menos privilegiadas no contato e investimento...

Avaliação do crescimento de microalgas importantes para aquicultura cultivadas com diferentes concentrações de nutrientes

Portugal, Isabel Campos
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 46 p.| grafs., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
37.09%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências Agrárias, Programa de Pós-Graduação em Aquicultura, Florianópolis, 2010; Dentre as numerosas aplicações comerciais do uso de microalgas podemos destacar sua importância na aqüicultura onde podem ser empregadas como fonte primária de alimento para larvas, organismos jovens e até de adultos de moluscos, camarões e peixes marinhos, uma vez que, o elevado valor nutricional das microalgas justifica sua necessidade na alimentação destes organismos. Muitos fatores influenciam o crescimento das microalgas, sendo que, a disponibilidade de nutrientes é bastante relevante nesse aspecto. Para determinar o crescimento das culturas das microalgas Thalassiosira weissflogii, Chaetoceros muelleri, Isochrysis sp. e Pavlova sp. quando cultivadas com diferentes concentrações de nitrogênio e fósforo durante todo o cultivo, foram desenvolvidos cultivos experimentais com essas espécies. As espécies foram cultivadas em meio de cultura Guillard (1975) e a diferença dos tratamentos foi a quantidade de nitrogênio e fósforo utilizada nas soluções estoques para compor o meio de cultivo. Os parâmetros de crescimento analisados foram a densidade celular máxima...

Aquicultura integrada multitrófica: biofiltros de macroalgas no cultivo do robalo flecha.

Fialho, Fabio Augusto do Nascimento
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: 42 f.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
37.09%
TCC (graduação) - Universidade Federal de Santa Catarina. Centro de Ciências Agrárias. Curso de Engenharia de Aquicultura.; Nos meses de abril e maio/2013 foram realizados dois experimentos para testar o potencial biofiltrador das macroalgas Acanthophora spicifera, Spyridia filamentosa e Ulva rigida em sistemas de recirculação de água (SRA) com Centropomus undecimalis, no Laboratório de Piscicultura Marinha da UFSC. No Experimento 1, 0,5kg de biomassa úmida drenada (WWD) de A. spicifera removeu 19,6% do Nitrogênio Amoniacal Total (NAT) e 54,0% do PO4, enquanto 0,5kg de S. filamentosa removeu 36,3% do NAT e 19,8% do PO4, em SRA com robalo flecha a uma densidade de 1,708kg por m³. No Experimento 2, 1kg de WWD de U. rigida obteve médias de 0,61mg.L-¹ de NAT, 0,01mg.L-¹ de NO2, 0,08mg.L-¹ de NO3 e 0,94mg.L-¹ de PO4, 1kg de WWD de A. spicifera obteve médias de 0,90mg.L-¹ de NAT, 0,01mg.L-¹ de NO2, 0,08mg.L-¹ de NO3 e 1,07mg.L-¹ de PO4, e 2kg de WWD de A. spicifera obtiveram médias de 0,62mg.L-¹ de NAT, 0,01mg.L-¹ de NO2, 0,06mg.L-¹ de NO3 e 0,92mg.L-¹ de PO4, enquanto o biofiltro de bactérias nitrificantes obteve médias de 0,73mg.L-¹ de NAT, 0,44mg.L-¹ de NO2, 2,61mg.L-¹ de NO3 e 1,21mg.L-¹ de PO4, em SRA com robalo flecha a uma densidade de 1...

Produção científica dos pesquisadores dos programas de pós-graduação em aquicultura no Brasil

Alegria, Giani Kurtz
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
37.09%
Dissertação [mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Educação, Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação, Florianópolis, 2013.; A produção científica pode ser considerada um indicador do status quo de uma área do conhecimento, e em um nível macro, da ciência e tecnologia de um país. Esta pesquisa teve como objetivo analisar a produção periódica científica dos pesquisadores dos cursos de pós-graduação em Aquicultura no Brasil. A abordagem da pesquisa é quantitativa e a natureza das fontes utilizadas para compor este estudo, pode ser classificada como documental. Quanto aos objetivos, é exploratória e explicativa. A pesquisa realizada mapeou a produção de artigos científicos dos professores dos programas de pós-graduação em Aquicultura no Brasil, no período de 2009 a 2011. Ao total foram pesquisados 8 programas, dos quais 5 pertencem a instituições federais, 2 são estaduais e 1 pertence a uma instituição particular. Constam como professores permanentes dos programas 136 pesquisadores, e com base nas informações do currículo Lattes de cada um deles, foram extraídas as informações que deram origem a este estudo. As conclusões mostraram que a publicação de artigos apresentou-se bem distribuída entre os pesquisadores...

Atividades de aquicultura desenvolvidas pela CTA - Centro de tecnologia em aquicultura e meio ambiente - Espírito Santo

Oliveira, Luiz Augusto Altenburg de
Fonte: Florianópolis Publicador: Florianópolis
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: 29 f.| il.
Relevância na Pesquisa
37.19%
Trabalho de Conclusão de Curso - Universidade Federal de Santa Catarina. Curso de Engenharia de Aquicultura. Departamento de Aquicultura.

Aqüicultura em Santa Catarina: a influência do clima nos diferentes tipos de cultivos

Harakawa, Marianna Tiemi
Fonte: Florianópolis Publicador: Florianópolis
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
Relevância na Pesquisa
37.32%
TCC (graduação em Engenharia de Aquicultura) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências Agrárias, 2009; A aqüicultura, isto é, o cultivo de organismos aquáticos, vem evoluindo ao longo dos anos, de modo que hoje se tornou responsável por uma significativa parte dos produtos alimentícios de origem aquática consumidos pela população. Também possuem grande importância no âmbito da sustentabilidade, na medida em que estes organismos são oriundos de cultivo e não de atividade extrativista, contribuindo na preservação daqueles que se encontram no ambiente natural. A otimização da produção na aqüicultura envolve, além de conhecimentos específicos a respeito da reprodução e desenvolvimento dos animais, a influência dos aspectos ambientais sobre o cultivo, tal como o aspecto climático. A influência climática está diretamente relacionada ao sistema de produção nesta atividade, pois atua no desenvolvimento dos organismos, influenciando o seu metabolismo, encontrando em determinadas faixas de condições consideradas ótimas, um melhor crescimento. Neste sentido, este estudo visa colaborar na ampliação das informações para o desenvolvimento da atividade aqüícola, a fim de obter maior segurança nos cultivos...

Estudo da reatividade e do poder neutralizante de distintas fontes do carbonato de cálcio para fins de aquicultura

Taque, Manuel
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 53 p.| il., grafs.
POR
Relevância na Pesquisa
37.19%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências Agrárias, Programa de Pós-Graduação em Aquicultura, Florianópolis, 2014.; O presente trabalho teve por objetivo avaliar a reatividade e o poder neutralizante de diferentes fontes de carbonato de cálcio comercializados no Estado de Santa Catarina (SC) para o aumento da alcalinidade da água doce e para a correção da acidez dos solos em aquicultura. Foram testadas três marcas de calcário durante 48 dias com três repetições cada, incubados em solos com baixos valores pH obtidos na cidade de Lages no Estado de SC, usando a metodologia SMP, sendo que a eficiência dos corretivos foi determinada com base no Poder Neutralizante (PN), Reatividade (RE) e Poder Relativo de Neutralização Total (PRNT). A alcalinidade foi determinada através do processo de neutralização acido/base usando ácido sulfúrico (H2SO4) 0.01 mol/L, e com o uso de indicadores ácido-base. Foram observadas diferenças significativas (P<0,05) no PN, RE e PRNT entre os corretivos, ou seja, os corretivos apresentaram diferenças na capacidade potencial de neutralizar a acidez dos solos e na velocidade de ação quando em contato com o solo. O pH do solo incubado com estes corretivos teve diferenças significativas (P<0...

DIAGNÓSTICO DOS EGRESSOS DO CURSO DE ENGENHARIA DE AQUICULTURA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA

Silva, Cibeli da; Bach, Jussara; Lapa, Katt Regina
Fonte: INPEAU Publicador: INPEAU
Tipo: Artigo de Revista Científica
PT_BR
Relevância na Pesquisa
37.27%
O estudo teve como objetivo a busca de informações sobre o perfil dos egressos do curso de Engenharia de Aquicultura da UFSC, criado em 1999/1. Devido ao grande número de formados (460), a técnica utilizada para a coleta dos dados foi a aplicação de um questionário online, com 20 perguntas, sendo estas objetivas e de múltipla escolha. O link do questionário foi enviado, através das redes sociais e alguns por telefone. Dos 460 egressos do curso de Engenharia de Aquicultura da UFSC, 304 responderam ao questionário. De modo geral, 90,46% dos egressos estão empregados (275 egressos), 9,21% desempregados (28 egressos) e 0,33% aposentado (1 egresso). O objetivo do trabalho foi atingido uma vez que 66% dos alunos formados em Engenharia de Aquicultura responderam o questionário, sendo possível realizar um diagnóstico e visualizar de maneira clara onde os profissoinais formados estão trabalhando. Por ser um curso novo tanto na instituição de ensino como no Brasil foi gratificante constatar que mais de 43% dos egressos do curso de Engenharia de Aquicultura da UFSC, está atuando diretamente no setor aquícola do estado e do país.

Aquicultura em Portugal : produção intensiva de pregado (Psetta maxima)

Cassamo, Ana Isabel Xarepe
Fonte: Universidade Técnica de Lisboa. Faculdade de Medicina Veterinária Publicador: Universidade Técnica de Lisboa. Faculdade de Medicina Veterinária
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em 23/07/2012 POR
Relevância na Pesquisa
37.27%
Dissertação de Mestrado Integrado em Medicina Veterinária; Face ao crescimento da população mundial e à consequente sobrexploração dos recursos marinhos, tornando-os cada vez mais um produto que se destina a ser consumido por determinadas elites, há que encontrar uma alternativa viável para combater esta lacuna no fornecimento de proteína animal, tornando-a acessível a toda a população. É neste contexto que a aquicultura assume um papel fulcral, apresentando-se como uma solução complementar para colmatar a escassez de proteína de origem marinha. Assim, e no âmbito do curso de medicina veterinária, pretende-se com este trabalho desenvolver o tema, da aquicultura, tendo como referência a produção intensiva de pregado na maior unidade de produção desta espécie do mundo, pertencente à Pescanova. Ao longo do desenvolvimento do trabalho surgiu a necessidade de investigar os obstáculos à implementação dos produtos de aquicultura num país com uma forte tradição de pescas e com uma das maiores taxas de consumo per capita de pescado do mundo. Optou-se também por valorizar a perspectiva do consumidor, realizando-se um inquérito de forma a reflectir de forma mais fidedigna esta realidade em Portugal. A aquicultura é uma área de estudo cada vez mais desafiante para os médicos veterinários...

A aquicultura marinha offshore: desafios e oportunidades para a inovação e sustentabilidade do negócio

Freitas, António José Carneiro de
Fonte: Instituto Universitário de Lisboa Publicador: Instituto Universitário de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2013 POR
Relevância na Pesquisa
37.27%
Mestrado em Gestão; A Aquicultura é um sector da economia global em franca expansão, com uma taxa média de crescimento de 8,8% ao ano desde 1970, já representa hoje 2/3 da produção total mundial de peixes, moluscos e crustáceos, ainda que a produção Europeia só represente 4% daquela. Este consistente aumento na produção resulta da expansão e globalização do acesso ao mercado e da procura crescente de produtos do mar, durante um período em que a captura proveniente das pescas está estagnada ou em franco declínio, dado o esgotamento dos stocks selvagens pelo seu sobre esforço. É assim natural esperar-se que a aquicultura continue a ser altamente responsável pela satisfação do consumo crescente de espécies marinhas, mas por outro lado a sustentabilidade deste negócio ainda é motivo de preocupação e forte discussão. Pretende-se com este trabalho estudar a situação actual da aquicultura marinha em Portugal, e tentar compreender os motivos para o reduzido sucesso empresarial dos projectos de investimento aprovados e altamente financiados pelos Fundos Comunitários. Será esta a causa para a estagnação da produção nacional à volta das 7.000 Ton/ano, continuando a representar somente 5% dos desembarques de pescado fresco e refrigerado no continente e 3% do total Nacional? Outro objectivo importante é a desmitificação da percepção da opinião pública da fraca qualidade dos produtos de origem aquícola...

Políticas de desenvolvimento da pesca e aquicultura: Conflitos e resistências nos territórios dos pescadores e pescadoras artesanais da vila do Superagüi, Paraná, Brasil.

Pérez,Mercedes Solá; Gómez,Jorge Ramón Montenegro
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia, Instituto de Geografia, Programa de Pós-Graduação em Geografia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia, Instituto de Geografia, Programa de Pós-Graduação em Geografia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2014 PT
Relevância na Pesquisa
37.19%
O trabalho trata sobre os conflitos e as resistências provocados pela aplicação de políticas públicas de desenvolvimento no território de vida dos pescadores e pescadoras artesanais da Vila do Superagüi. São especificamente, políticas de desenvolvimento referidas à pesca e à aquicultura. Estes pescadores artesanais que já se viram atingidos nos seus territórios pela política de desenvolvimento sustentável através da instalação do Parque Nacional do Superagüi que limita o uso que podem fazer da natureza em terra, sofrem também com as imposições da política de pesca e aquicultura. Os pescadores/as artesanais hoje empurrados a especializar-se na pesca têm conflitos nos seus territórios de vida devido à política de modernização da pesca e da aquicultura que incentiva a pesca industrial, a incorporação de equipamentos modernos e estabelece áreas aquícolas. A leitura da realidade em campo junto a uma leitura do desenvolvimento através de referências do pós-desenvolvimento permite identificar que essa política responde a interesses externos, excluindo os pescadores artesanais...

Indicadores socioambientais para gestão da aquicultura em múltiplas escalas.

QUEIROZ, J. F. de; SAMPAIO, F. G.; FRIGHETTO, R. T. S.; LOSEKANN, M. E.; SCORVO, C. M. D. F.; SCORVO FILHO, J. D.; RODRIGUES, G. S.
Fonte: In: CONGRESSO DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE AQUICULTURA E BIOLOGIA AQUÁTICA, 5., 2012, Palmas. Unir, consolidar e avançar: anais. Palmas: AQUABIO, 2012. Publicador: In: CONGRESSO DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE AQUICULTURA E BIOLOGIA AQUÁTICA, 5., 2012, Palmas. Unir, consolidar e avançar: anais. Palmas: AQUABIO, 2012.
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE) Formato: 1 CD-ROM.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
47.19%
O presente trabalho traz resultados da Rede de pesquisa do Projeto Aquabrasil, com apoio institucional da Embrapa, e do Projeto ?Desenvolvimento de Sistema de Monitoramento para Gestão Ambiental da Aquicultura no Reservatório de Furnas (MG)?, subvencionado pelo Ministério de Pesca e Aquicultura; 2012; Organizado por: Sílvio Ricardo Maurano; AQUACIÊNCIA 2012.

A aqüicultura como alternativa de reabilitação ambiental para áreas mineradas na Região Metropolitana do Recife RMR e Goiana-PE

de Tarso da Fonseca Albuquerque, Paulo; Magnos Muniz e Silva, Carlos (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
37.32%
Atualmente, a Indústria Mineral, em virtude de políticas conservacionistas e das crescentes exigências sociais, busca enquadrar o setor nos modelos de sustentabilidade sócioambiental. Para tal, conta com complexos sistemas de gestão ambiental que possibilitam a criação de condições adequadas (recuperação) ao uso futuro (reabilitação) da área explotada (degradada). Entre as diversas alternativas de reabilitação ambiental para as cavas inundadas resultantes da lavra a céu aberto, a aqüicultura vem destacando-se no Brasil e no mundo. Para as áreas de estudo (Região Metropolitana do Recife RMR e o município de Goiana/PE) tal realidade pode ser comprovada mediante o levantamento acerca dos planejamentos de recuperação ambiental previstos em PRADs (Plano de Recuperação de Áreas Degradadas) mineiros, onde a aqüicultura é contemplada em 19% dos PRADs mineiros da RMR e 43% dos PRADs do município de Goiana/PE, entre os anos de 2003 e 2007. Assim, o presente trabalho (Dissertação) consiste de uma análise preliminar das alternativas viáveis de aqüicultura voltadas para a reabilitação das áreas mineradas de agregados (areia, argila e brita) localizadas nas áreas de estudo, através da reutilização sustentável das cavas...

Avaliação do risco potencial de invasões biológicas por espécies de peixes não nativas em um afluente do rio Piquiri, bacia hidrográfica do alto do rio Paraná

Forneck, Sandra Carla
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Dissertação Formato: 42f. : il., maps., tabs., grafs.; application/pdf
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
37.27%
Orientador : Prof. Dr. Almir Manoel Cunico; Co-orientador: Prof. Dr. Carlos Eduardo Zacarkim; Dissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Palotina, Programa de Pós-Graduação em Aquicultura e Desenvolvimento Sustentável. Defesa: Palotina, 29/07/2014; Inclui referências; Área de concentração: Impactos ambientais da atividade de aquicultura; Resumo: A invasão de espécies não nativas é uma das principais ameaças à biodiversidade e um desafio para a conservação da ictiofauna continental. A aquicultura destaca-se como a principal responsável pela introdução de espécies de peixes causando efeitos adversos sobre os ecossistemas aquáticos. Assim, o presente trabalho objetivou identificar as espécies de peixes cultivadas na microbacia do rio São Camilo, detectar a ocorrência de escapes de espécies não nativas dos tanques de cultivo e avaliar o risco potencial de invasões biológicas por estas espécies. Foram entrevistados piscicultores na área de abrangência da microbacia para a obtenção de informações acerca das espécies cultivadas. Coletas trimestrais foram feitas no rio São Camilo para a caracterização da ictiofauna e as avaliações de risco ecológico foram realizadas através do protocolo Fish Invasiveness Screening Kit - FISK. Nas 59 pisciculturas identificadas são produzidas 19 espécies de peixes...

Aquicultura : projeto camarão

Maurente, Leandro Pêgas de Brito, 2014-
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Livro Formato: 31 f. : il.; application/pdf
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
47.09%
Orientador: Eduardo Luis Cupertino Ballester; Monografia (graduação) - Universidade Federal do Paraná, Setor Palotina, Curso de Graduação em Tecnologia em Aquicultura

Aquicultura : subtítulo

Conto, João Paulo de, 2014-
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Monografia Graduação Formato: 25 f. : il.; application/pdf
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
47.09%
Orientador: Leandro Portz; Monografia (graduação) - Universidade Federal do Paraná, Setor Palotina, Curso de Graduação em Aquicultura

Diagnóstico dos egressos do Curso De Engenharia de Aquicultura da Universidade Federal De Santa Catarina

Silva, Cibeli da
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: 46 f.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
37.51%
TCC (graduação) - Universidade Federal de Santa Catarina. Centro de Ciências Agrárias. Curso de Engenharia de Aquicultura.; A Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO) define textualmente aquicultura como “O cultivo de organismos aquáticos, incluindo peixes, moluscos, crustáceos e plantas aquáticas”. Nos últimos anos, a aquicultura vem se desenvolvendo rapidamente, em resposta à crescente demanda por pescado e derivados, atingindo um nível de desenvolvimento muito além do que se poderia imaginar tempos atrás, quando a piscicultura começou a desenvolver-se. O curso de Engenharia de Aquicultura, foi criado em 1999/1 devido a necessidade de formar profissionais capacitados nesta área. O estudo se justifica em razão da necessidade de se buscar conhecimento sobre o perfil dos egressos do curso de Engenharia de Aquicultura da UFSC. Este diagnóstico, trata-se de um estudo no qual utilizou-se métodos de pesquisa bibliográfica, documental e de campo. Devido ao grande número de formados (460) a técnica utilizada para a coleta dos dados foi a aplicação de um questionário online, com 20 perguntas, sendo estas objetivas e de múltipla escolha. O link do questionário foi enviado...