Página 1 dos resultados de 1565 itens digitais encontrados em 0.006 segundos

Baixos níveis de aptidão física relacionada à saúde em universitários

Corseuil,Maruí Weber; Petroski,Edio Luiz
Fonte: Escola de Educação Física e Esporte da Universidade de São Paulo Publicador: Escola de Educação Física e Esporte da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2010 PT
Relevância na Pesquisa
76.7%
Este estudo teve por objetivo identificar a prevalência de baixos níveis de aptidão física relacionada à saúde em universitários, quanto aos componentes músculo-esqueléticos (motores). Participaram da amostra 234 estudantes (112 moças e 122 rapazes, entre 17 e 29 anos), matriculados em diversos cursos da Universidade Federal de Santa Catarina. Foi utilizada uma bateria de testes proposta pela Sociedade Canadense de Fisiologia do Exercício. Os testes propostos foram: força de preensão manual; extensão dos braços; flexão do tronco; impulsão vertical; resistência abdominal e força dorsal. Os resultados apontam uma prevalência de aptidão física abaixo dos indicadores recomendados à saúde de 16,6% (13,4% feminino e 19,6% masculino). Especificamente, observaram-se os seguintes índices de prevalência de universitários que não atingiram os critérios recomendados: 69,2% para a potência de membros inferiores, 62% para extensão de braços, 38,4% para a preensão manual, 13,2% para flexão de tronco, 11,1% para força dorsal e 10,7% para força abdominal. Em se tratando de indivíduos jovens, observou-se que boa parte dos universitários encontra-se com baixos níveis de aptidão física, sugerindo a importância da implantação de programas para o desenvolvimento e/ou manutenção da aptidão física destes estudantes...

Semelhança fraterna nos níveis de aptidão física: um estudo na população rural de Calanga, Moçambique

Saranga,Silvio; Nhantumbo,Leonardo; Fermino,Rogério César; Prista,António; Seabra,André; Maia,José António Ribeiro
Fonte: Escola de Educação Física e Esporte da Universidade de São Paulo Publicador: Escola de Educação Física e Esporte da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2010 PT
Relevância na Pesquisa
76.7%
Este estudo teve dois propósitos: 1) determinar agregação familiar em diferentes indicadores da aptidão física, e 2) a sua componente genética (h²). A amostra foi constituída por 330 sujeitos (174 meninos e 156 meninas) dos sete aos 17 anos de idade, pertencentes a 132 famílias de Calanga, uma localidade rural de Moçambique. A aptidão física foi avaliada com os seguintes testes: sentar e alcançar, impulsão horizontal, tempo de suspensão na barra, dinamometria manual, corrida da milha, abdominais e corrida vaivém (10 x 5 m). Para estimar semelhança entre irmãos foram calculadas correlações e a sua contribuição genética foi realizada pelo método da máxima verosimilhança para estimar componentes de variância. Todos os cálculos foram ajustados para a idade, sexo, idade², idade³, idade*sexo, idade²*sexo, bem como um "score" de atividade física. A análise de dados foi realizada no programa de Epidemiologia Genética SAGE. As correlações foram baixas em cada indicador de aptidão física: irmãos (entre 0,01 e 0,25), irmãs (entre -0,19 e 0,45) irmão-irmã (entre -0,02 e 0,39). A componente genética em cada item de aptidão foi a seguinte: sentar e alcançar h² = 0,41 ± 0,16, p = 0,01; impulsão horizontal h² = 0...

Aptidão física e polimorfismo do gene B2-Adrenérgico em crianças e adolescentes com excesso de peso, asmáticos e não asmáticos

Lazarotto, Leilane
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
76.75%
Resumo: O objetivo deste trabalho foi avaliar a frequência dos alelos Arg16Gly e Gln27Glu do gene do receptor ?2-adrenérgico em crianças e adolescentes com excesso de peso asmáticos e não asmáticos, bem como comparar as condições metabólicas em crianças e adolescentes portadoras das mutações com aptidão física adequada e inadequada. Participaram deste estudo 220 crianças e adolescentes, de ambos os sexos, com idade entre 10 e 16 anos, avaliados quanto a frequência dos alelos do gene ADBR2, estatura, peso, índice de massa corporal (IMC), IMC-escore Z, circunferência abdominal (CA), estágio puberal, frequência cardíaca de repouso (FCrep) e pressão arterial (PA). Considerou-se excesso de peso o IMC acima do percentil 85 do CDC. O diagnóstico de asma foi realizado em 206 participantes, por meio do questionário International Study of Asthma and Allergies Childhood (ISAAC), os quais foram divididos em quatro grupos: excesso de peso asmáticos (G1; n=39), excesso de peso não asmáticos (G2; n=115), eutróficos asmáticos (G3; n=12) e eutróficos não asmáticos (G4; n=40). Foram dosados glicemia, insulinemia, colesterol total (CT), lipoproteína de alta densidade (HDL-C), lipoproteína de baixa densidade (LDL-C) e triacilglicerol (TG). O Homeostasis Metabolic Assessment (HOMA2-IR) e o Quantitative Insulin Sensitivity Check Index (QUICKI) foram determinados. O consumo máximo de oxigênio (VO2máx) foi avaliado em 150 participantes...

Vibração de corpo inteiro em motoristas de ônibus : associação com variáveis de aptidão física e dor lombar

Portela, Bruno Sergio
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 114p. : il., algumas color., grafs., tabs.; application/pdf
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
76.77%
Orientador : Prof. Dr. Paulo Henrique Trombetta Zannin; Tese (doutorado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Biológicas, Programa de Pós-Graduação em Educação Física. Defesa: Curitiba, 27/03/2014; Inclui referências; Área de concentração: Exercício e esporte; Resumo: Um fator de risco para dor lombar é a exposição à vibração de corpo inteiro em motoristas de ônibus e o nível de aptidão física é entendido como fator de proteção para trabalhar na posição sentada. Portanto, o presente estudo tem o objetivo de investigar a relação entre a exposição à vibração de corpo inteiro, prevalência de dor lombar e nível de aptidão física em motoristas de ônibus urbanos da cidade de Curitiba – PR. A medição da vibração de corpo inteiro, transmitida pelo assento, foi medida em 100 ônibus urbanos com diferentes características: convencionais, micro-ônibus, ligeirinhos, articulados e biarticulados. O método de avaliação de vibração foi executado de acordo com a ISO 2631-1 (1997) e ISO 2631-5 (2004). A prevalência de dor na coluna lombar foi avaliada em 200 motoristas com a utilização de questionário de dor e nível de aptidão física obtido com os testes de tração lombar (kgf)...

Aptidão física, fatores de risco metabólicos e presença de polimorfismo nos receptores adrenérgicos em crianças e adolescentes

Titski, Ana Claudia Kapp
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 110p. : il., tabs., grafs., algumas color.; application/pdf
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
76.72%
Orientadora : Profª. Drª. Neiva Leite; Dissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Biológicas, Programa de Pós-Graduação em Educação Física. Defesa: Curitiba, 19/03/2014; Inclui referências; Área de concentração: Exercício e esporte; Resumo: O objetivo deste trabalho foi avaliar a influencia das mutacoes Arg16Gly e Gln27Glu do gene do receptor ƒÀ2-adrenergico (ADRB2), e da mutacao Trp64Arg do gene receptor do ƒÀ3-adrenergico (ADRB3) sobre os fatores de risco para a sindrome metabolica (SMet) em criancas e adolescentes com excesso de peso e comparar suas condicoes metabolicas com aptidao fisica. Foram avaliadas 320 criancas e adolescentes (210 meninos e 110 meninas), de ambos os sexos, com idade entre 10 e 16 anos. Os participantes foram divididos em tres grupos: eutroficos (n=110), excesso de peso (n=110) e excesso de peso com SMet (n=100). Avaliou-se estatura, massa corporal, indice de massa corporal (IMC), IMC-escore Z, circunferencia abdominal (CA), estagio puberal, pressao arterial sistolica (PAS) e diastolica (PAD). O consumo maximo de oxigenio direto (VO2 maximo) foi avaliado pelo metodo de Rampa. Foram dosados glicemia, colesterol total (CT), lipoproteina de alta densidade (HDL-C) e triglicerideos (TG). A SMet foi caracterizada pela presenca de tres ou mais dos seguintes criterios...

Aptidão física relacionada à saúde de adolescentes rurais e urbanos em relação a critérios de referência; Health-related physical fitness of rural and urban adolescents in relation to the reference criteria

Glaner, Maria Fátima
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Educação Física e Esporte Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Educação Física e Esporte
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/03/2005 POR
Relevância na Pesquisa
76.64%
O objetivo deste estudo foi comparar a aptidão física relacionada à saúde (AFRS) entre adolescentes masculinos, residentes nos meios rural e urbano, e analisá-la em relação aos critérios-referenciado estabelecidos pela AAHPERD (1988). Para tanto, compuseram a amostra 286 adolescentes rurais e 435 urbanos, com idades entre 10,50 a 17,49 anos. Os componentes da AFRS foram mensurados pelos respectivos testes, conforme padronização da AAHPERD: gordura corporal (somatório das dobras cutâneas tricipital (TR) + panturrilha (PA)); aptidão cardiorrespiratória (teste de 1600 m); flexibilidade (teste de sentar e alcançar); força/resistência muscular (teste abdominal - 1 min). As variáveis com distribuição normal foram analisadas através da estatística F e as sem distribuição normal através do teste Kruskal-Wallis. Os resultados obtidos possibilitam concluir que os rapazes rurais possuem a AFRS significativamente (p ≤ 0,05) melhor que os urbanos. No entanto, somente 12,94% dos rurais e 6,67% dos urbanos atendem concomitantemente, em todos componentes da AFRS, os critérios-referenciado. Por outro lado, 88,81% dos adolescentes rurais e 43,68% dos urbanos, apresentam uma aptidão cardiorrespiratória satisfatória em relação à saúde.; This study aimed at comparing the health-related physical fitness (HRPF) between adolescent males...

Um esforço de interpretação empírica da variação nos níveis de aptidão física a partir da modelação hierárquica: um estudo em crianças dos seis aos 10 anos de idade da região de Amarante - Portugal; Empirical interpretation of variation in physical fitness levels based on hierarchical modelling: a study in children from six to 10 years of age from the Amarante region - Portugal

Maia, José António Ribeiro; Carneiro, Maria; Silva, Rui Garganta da; Pereira, Simonete; Seabra, André; Bustamante, Alcibíades; Fermino, Rogério César
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Educação Física e Esporte Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Educação Física e Esporte
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/03/2006 POR
Relevância na Pesquisa
76.58%
O objetivo deste estudo foi identificar e interpretar o significado da influência de determinantes que expliquem a heterogeneidade da aptidão física relacionada à saúde (AptFS) com base na abordagem da modelação hierárquica. Foram amostradas 1779 crianças dos seis aos 10 anos de idade da região de Amarante no norte de Portugal. Os determinantes considerados foram as condições ambientais de implantação das escolas, aspectos sócio-geográficos, recursos materiais e humanos. A AptFS foi avaliada com a bateria Fitnessgram e a atividade física (ActF) foi estimada com base no questionário de GODIN & SHEPHARD (1985). A análise dos dados foi feita com “software” HLM 6.02. Constatou-se a presença de uma hierarquia informacional atribuindo às escolas uma parte da explicação (0,05 < rho < 0,31). A maior variabilidade interindividual ocorreu na prova da milha sendo a idade, o sexo, os níveis de ActF e o índice de massa corporal (IMC) os maiores preditores. As condições ambientais do meio escolar e as estruturas humanas e escolares não foram incluídas nos modelos por ausência de significado estatístico. As conclusões remetem-nos: 1) para a necessidade do uso da modelação hierárquica no estudo da complexidade informacional da AptFS; 2) para a forte presença de variabilidade interindividual nos níveis de aptidão; 3) na forte influência da idade...

Baixos níveis de aptidão física relacionada à saúde em universitários; Low levels of health-related physical fitness among university students

Corseuil, Maruí Weber; Petroski, Edio Luiz
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Educação Física e Esporte Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Educação Física e Esporte
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/03/2010 POR
Relevância na Pesquisa
76.7%
Este estudo teve por objetivo identificar a prevalência de baixos níveis de aptidão física relacionada à saúde em universitários, quanto aos componentes músculo-esqueléticos (motores). Participaram da amostra 234 estudantes (112 moças e 122 rapazes, entre 17 e 29 anos), matriculados em diversos cursos da Universidade Federal de Santa Catarina. Foi utilizada uma bateria de testes proposta pela Sociedade Canadense de Fisiologia do Exercício. Os testes propostos foram: força de preensão manual; extensão dos braços; flexão do tronco; impulsão vertical; resistência abdominal e força dorsal. Os resultados apontam uma prevalência de aptidão física abaixo dos indicadores recomendados à saúde de 16,6% (13,4% feminino e 19,6% masculino). Especificamente, observaram-se os seguintes índices de prevalência de universitários que não atingiram os critérios recomendados: 69,2% para a potência de membros inferiores, 62% para extensão de braços, 38,4% para a preensão manual, 13,2% para flexão de tronco, 11,1% para força dorsal e 10,7% para força abdominal. Em se tratando de indivíduos jovens, observou-se que boa parte dos universitários encontra-se com baixos níveis de aptidão física, sugerindo a importância da implantação de programas para o desenvolvimento e/ou manutenção da aptidão física destes estudantes...

Efeitos da idade, do sexo e da área geográfica no crescimento somático e aptidão física nas crianças e jovens rurais de Calanga, Moçambique; Somatic growth and physical fitness in rural children and youth of Calanga, Mozambique: effects of age, gender and geographical area

Nhantumbo, Leonardo; Maia, José; Saranga, Sílvio; Fermino, Rogério; Prista, António
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Educação Física e Esporte Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Educação Física e Esporte
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/12/2007 POR
Relevância na Pesquisa
76.69%
Os objetivos deste estudo foram: 1) avaliar aspectos do crescimento somático e da aptidão funcional (AptF) em crianças e jovens rurais de Calanga; 2) examinar a influência da idade, do sexo e da área geográfica (AG) na variabilidade da aptidão funcional no seio desta amostra rural; 3) contrastar os seus valores médios com os de crianças e jovens da mesma coorte etária provenientes da área urbana (AU); e 4) situar e interpretar os resultados de altura e peso e da AptF de crianças e jovens rurais de Calanga em relação às referências percentílicas internacionais. Foram amostradas 3172 sujeitos de ambos os sexos dos seis aos 16 anos, sendo 818 sujeitos da área rural (AR) e 2354 da área urbana. Altura e peso foram medidos segundo a padronização descrita por Lohman et al. (1988). A AptF foi avaliada através dos protocolos de AAHPERD (1980): corrida da milha; EUROFIT (1988): sentar e alcançar, impulsão horizontal, dinamometria manual, suspensão na barra e velocidade 10 x 5 metros e FITNESSGRAM (1994): força abdominal. A análise foi feita com o programa SPSS 14.0, recorrendo à ANOVA II e ANCOVA. Constatou-se um padrão incremental nas médias de AptF dos dois sexos, com valores mais elevados dos meninos; um efeito principal e uma interação da idade...

Semelhança fraterna nos níveis de aptidão física: um estudo na população rural de Calanga, Moçambique; Sibling clustering in physical fitness: a study in Calanga, a rural region of Mozambique

Saranga, Silvio; Nhantumbo, Leonardo; Fermino, Rogério César; Prista, António; Seabra, André; Maia, José António Ribeiro
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Educação Física e Esporte Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Educação Física e Esporte
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/09/2010 POR
Relevância na Pesquisa
76.7%
Este estudo teve dois propósitos: 1) determinar agregação familiar em diferentes indicadores da aptidão física, e 2) a sua componente genética (h²). A amostra foi constituída por 330 sujeitos (174 meninos e 156 meninas) dos sete aos 17 anos de idade, pertencentes a 132 famílias de Calanga, uma localidade rural de Moçambique. A aptidão física foi avaliada com os seguintes testes: sentar e alcançar, impulsão horizontal, tempo de suspensão na barra, dinamometria manual, corrida da milha, abdominais e corrida vaivém (10 x 5 m). Para estimar semelhança entre irmãos foram calculadas correlações e a sua contribuição genética foi realizada pelo método da máxima verosimilhança para estimar componentes de variância. Todos os cálculos foram ajustados para a idade, sexo, idade², idade³, idade*sexo, idade²*sexo, bem como um "score" de atividade física. A análise de dados foi realizada no programa de Epidemiologia Genética SAGE. As correlações foram baixas em cada indicador de aptidão física: irmãos (entre 0,01 e 0,25), irmãs (entre -0,19 e 0,45) irmão-irmã (entre -0,02 e 0,39). A componente genética em cada item de aptidão foi a seguinte: sentar e alcançar h² = 0,41 ± 0,16, p = 0,01; impulsão horizontal h² = 0...

Handgrip strength as a predictor of physical fitness in children and adolescents; Força de preensão manual como preditor de aptidão física em crianças e adolescentes

Matsudo, Victor Keihan Rodrigues; Centro de Estudos do Laboratório de Aptidão Física de São Caetano do Sul.; Matsudo, Sandra Mahecha; Centro de Estudos do Laboratório de Aptidão Física de São Caetano do Sul.; Rezende, Leandro Fornias Machado de; U
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis, SC. Brasil Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis, SC. Brasil
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; "Avaliado por Pares",; Original paper; Avaliado por Pares; Artigos Originais Formato: application/pdf
Publicado em 28/12/2014 ENG
Relevância na Pesquisa
86.83%
DOI: http://dx.doi.org/10.5007/1980-0037.2015v17n1p1 The objective of this study was to examine the association between hangrip strength and physical fitness in children and adolescents at different stages of sexual maturation. We measured body composition and handgrip strength in 233 children and adolescents (10 - 17 years-old), who varied in terms of pubertal status. The subjects also performed the vertical jump test, standing long jump and sit-ups, as well as tests of flexibility, agility and speed. The level of energy expenditure was assessed with the international physical activity questionnaire. Handgrip strength differed by pubertal status, regardless of gender, whereas other parameters of physical fitness differed by gender and in the sample as a whole. Handgrip strength was consistently and independently associated with all other physical fitness variables, regardless of gender; some of those were mediated by energy expenditure (i.e., speed in seconds and in meters per second for the sample as a whole). The strength of the association between handgrip strength and physical fitness ranged from 20% (vertical jump test: R2=.20; P=.001) to 47% (speed in meters per second: R2=.47; P=.001). Our results support the idea that handgrip strength is consistently associated with several distinct parameters of physical fitness...

Which is the impact of sedentary behavior on the physical fitness of women older than 50? DOI:10.5007/1980-0037.2012v14n2p154; Qual é o impacto do comportamento sedentário na aptidão física de mulheres a partir de 50 anos de idade? DOI:10.5007/1980-0037.2012v14n2p154

Silva, Diego Augusto Santos; Universidade Federal de Sergipe. Centro de Ciências Biológicas e da Saúde/Núcleo de Pesquisa em Aptidão Física e Olimpismo de Sergipe. Departamento de Educação Física. Aracaju, SE, Brasil.; Mendonça, Braulio Cesar de
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis, SC. Brasil Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis, SC. Brasil
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; "Avaliado por Pares",; Descriptive; Avaliado por Pares; Descritiva Transversal Formato: application/pdf; application/pdf
Publicado em 14/02/2012 ENG
Relevância na Pesquisa
76.7%
The purpose of this study was to verify the association between sedentary behavior and physical fitness of women aged 50 and older. A cross-sectional study was carried out with 298 women in this age range (mean, 59.8±7.2 years), divided into an at-risk group (n=103) and a non-risk group (n=195) according to sedentary behavior. Anthropometric variables were collected (body mass [kg], height [cm], triceps skinfold thickness [mm] and waist circumference [cm]), and body fat percentage was measured by bioelectrical impedance. Analysis of covariance (ANCOVA) was used to compare performance on physical tests in relation to sedentary behavior, adopting a significance level of 5%. Physical activity level was measured and physical fitness tests (flexibility, abdominal resistance, upper body strength, and aerobic fitness) were administered. At-risk women who exhibited sedentary behavior performed worst on upper body strength (12.0±0.7 repetitions) and aerobic fitness (23.3±0.5 ml/kg/min) when compared to those who had no risky behavior (p<0.05). Physical activity can be encouraged in this age group in order to minimize the effects of aging.; Objetivou-se verificar o impacto do comportamento sedentário na aptidão física de mulheres a partir de 50 anos de idade. Para tanto...

Health-related fitness profile of college students attending physical education classes; Perfil da aptidão física relacionada à saúde de universitários da Educação Física Curricular

Loch, Mathias Roberto; Núcleo de Pesquisa em Atividade Física & Saúde - NuPAF - Centro de Desportos; Konrad, Lisandra Maria; Núcleo de Pesquisa em Atividade Física & Saúde - NuPAF - Centro de Desportos; Santos, Patricia Domingos dos; Núcleo de Pesq
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis, SC. Brasil Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis, SC. Brasil
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; "Avaliado por Pares",; Avaliado por Pares; Descritiva Formato: application/pdf; application/pdf
Publicado em 12/06/2006 POR; ENG
Relevância na Pesquisa
76.63%
The objective of this study was to assess health-related fitness (HRPF) of college students at Federal University of Santa Catarina. Subjects were 438 students (249 males and 189 females), with ages ranging from 17 to 29 years. The test battery included measures of body mass index, muscular endurance and strength, flexibility and cardiorespiratory fitness. The analyses were performed with the SPSS statistical package (version 11.5). Descriptive statistics and the tests Kolmogorov-Smirnov, U-Mann-Whitney and Chi-square(χ²). The level of significance was set at p; O objetivo deste estudo foi verificar o perfil da aptidão física relacionada à saúde (AFRS) dos universitários que freqüentam as aulas de Educação Física Curricular (EFC), da Universidade Federal de Santa Catarina. Participaram da amostra 438 alunos (249 homens e 189 mulheres), com idade entre 17 e 29 anos. A bateria de testes incluiu a medida do Índice de Massa Corporal, flexibilidade, resistência e força muscular e de aptidão cardiorrespiratória. A análise foi realizada no programa Statiscal Package for the Social Science versão 11.5, e incluiu estatística descritiva, os testes de Kolmogorov Smirnov, U-Mann-Whitney e do Qui-quadrado (χ²). O nível de significância adotado foi de p

Abordagem ergonômica e aptidão física de trabalhadores do setor informal em Florianópolis: estudo multicasos dos fabricantes de pranchas de surfe; Abordagem ergonômica e aptidão física de trabalhadores do setor informal em Florianópolis: estudo multicasos dos fabricantes de pranchas de surfe

de Fátima Juvêncio, José; Departamento de Educação Física - Universidade Federal de Viçosa
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis, SC. Brasil Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis, SC. Brasil
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; "Artigo Não Avaliado por Pares"; Descritiva Formato: application/pdf; application/pdf
Publicado em 01/01/2003 POR; ENG
Relevância na Pesquisa
76.61%
O trabalho informal tem sido uma saída para milhares de brasileiros, que buscam alternativas para continuar a garantir seu sustento e o de sua família. Estes quando migram para o setor informal geralmente o fazem sem conhecer os riscos físicos e ergonômicos desta atividade. São condições de trabalho, algumas posturas inadequadas exigidas pelas tarefas, a regulação na intensidade e duração para o cumprimento destas tarefas e, principalmente porque este setor, por ser informal, não é fiscalizado. O objetivo deste estudo foi analisar a relação entre os fatores presentes nas condições de trabalho e a qualidade de vida relacionada à saúde dos fabricantes de pranchas de surfe (“shapers”) da cidade de Florianópolis. Este estudo classificou-se como descritivo multicasos, possuindo características exploratórias. A amostra considerou fabricantes de pranchas de surfe que eram “proprietários do negócio”; e que estavam na informalidade há pelo menos dois anos. As variáveis estudadas foram: fatores humanos gerais, condições de trabalho; morfologia; e esforço percebido. Os seguintes procedimentos foram adotados: análise ergonômica do trabalho, questionários, entrevista, “checklist”, antropometria e composição corporal...

Indicadores de aptidão física relacionada à saúde de crianças e adolescentes do município de Marechal Cândido Rondon - Paraná, Brasil

Hobold, Edilson; Mestrado em Educação Física/CDS/UFSC
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis, SC. Brasil Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis, SC. Brasil
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; "Artigo Não Avaliado por Pares"; Descritiva Formato: application/pdf; application/pdf
Publicado em 01/01/2003 POR; ENG
Relevância na Pesquisa
76.67%
Este estudo teve como objetivo analisar, através de uma abordagem transversal, as variáveis da aptidão física relacionada à saúde de crianças e adolescentes do município de Marechal Cândido Rondon, PR. A amostra foi composta por 2.337 escolares dos níveis de ensino fundamental e médio de 7 a 17 anos de idade. Para obtenção da amostra, em um primeiro momento, o município foi dividido em três regiões: centro, bairros e zona rural. O passo seguinte foi selecionar de forma aleatória as escolas que participaram deste estudo considerando a proporção de alunos em cada região. Por fim, os alunos foram selecionados também de forma aleatória por conglomerados. Os dados foram coletados através de medidas de crescimento, composição corporal e desempenho nos testes de aptidão física relacionada à saúde, propostos pela bateria FITNESSGRAM do Cooper Institute for Aerobics Research (1999), sendo que foram selecionados quatro testes. Na análise dos dados utilizou-se a estatística descritiva, correlação linear de Pearson, regressão múltipla e teste "t" de Student para amostras independentes. Os resultados apontaram que os valores de massa corporal, estatura e índice de massa corporal investigados apresentaram índices semelhantes aos observados em outros estudos desenvolvidos com populações similares no Brasil. Em relação à composição corporal...

Health related physical fitness of school children (6 to 10 years) from Azores Islands, Portugal; Aptidão física associada à saúde da populção escolar (6 a 10 anos de idade) do Arquipélago dos Açores, Portugal

Lopes, Vítor Pires; Departamento de Ciências do Desporto e Educação Física/ Instituto Politécni; Maia, José Antônio Ribeiro; Faculdade de Ciências do Desporto e Educação Física da Universidade do Porto; Silva, Rui Garganta da; Faculdade de Ci
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis, SC. Brasil Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis, SC. Brasil
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; "Avaliado por Pares",; Avaliado por Pares; Descritiva Formato: application/pdf; application/pdf
Publicado em 20/06/2006 POR; ENG
Relevância na Pesquisa
76.54%
The purposes of this research were: (1) to investigate health related physical fitness (HPF) of school children (6 to 10 years) from Azores islands, Portugal, and to (2) analyse sex differences in each age. The sample comprised 3742 children of both sexes, residents in Azores islands, Portugal. Twenty-five percent of the children in each gender and age in each island were evaluated with FITNESSGRAM: 1-mile run/walk, curl-ups, push-ups, trunk lift and body mass index (BMI) (kg/m-2). Data were analysed as follow: χ2 to test the differences in ratio of success/failure in each age group; factorial ANOVA gender*age) to test the differences between age groups and gender; discriminant function to test the presence of multivariate profiles of HPF in age natural groups. The ratios of success in both boys and girls were low. In girls there was a substantial decrease of ratio of success between 6 and 10 years of age. Among 10-year-old girls the global ratio of success was only 18%. In boys, the ratios of success had also a tendency to decrease along age. Among 10-years-old boys the global ratio of success was 39%. Boys had better performance in all tests than girls of all ages. Discriminant function analyses indicated that there were a low percentage of children classified in their natural age groups. Although there were children with HPF level advanced for their natural age groups...

Diagnosis of health-related physical fitness in office workers of the Federal University of Viçosa; Diagnóstico da aptidão física relacionada à saúde em trabalhadores de escritório da Universidade Federal de Viçosa

Silva, Cristiano Diniz da; Bacharel e Licenciado em Educação Física/U.F.V.; Juvêncio, José de Fátima; Professor Adjunto da U.F.V. Laboratório de Ergonomia e Ginástica Laboral Depar
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis, SC. Brasil Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis, SC. Brasil
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; "Avaliado por Pares",; Avaliado por Pares; Descritiva Formato: application/pdf; application/pdf
Publicado em 20/06/2006 POR; ENG
Relevância na Pesquisa
76.62%
The behavioral demands and the particularities of the activities performed by the employees from offices at the Federal University of Viçosa can offer a series of negative factors for health. The interface with the computer and task characteristics give a great body and also cognitive demands, that allied to several factors can represent the appearance or worsening repetitive lesions and/or work related problems in the skeletal muscle (Cumulative Trauma Disorders) . This study aimed to diagnose the workers’ situation in relation to General Human Factors (GHF) and level of Health-Related Fitness (HRF)components: cardiorrespiratory; flexibility; strength and percent of body fat. The sample was composed by 46 workers. For both sexes, the GHF variables of higher significance were: “posture perception”; “sensation of local pains and those from some movement or task” in the back, shoulders and arms areas. Referring to HRF, both sexes presented unsatisfactory levels for trunk-hip flexibility “ and great part of men were classified as” below average “ in the push-up test” which are risk factors for CTD. Significant portion of them presented high percent of body fat (25,0%) or were “obese” (14,2%). In general terms of HFR...

Intervenção interdisciplinar na composição corporal e em testes de aptidão física de crianças obesas. DOI:10.5007/1980-0037.2012v14n2p134; Interdisciplinary intervention on body composition and physical fitness tests in obese children. DOI:10.5007/1980-0037.2012v14n2p134

Poeta, Lisiane Schilling; Universidade Federal de Santa Catarina. Programa de Pós-Graduação em Educação Física. Florianópolis, SC. Brasil; Duarte, Maria de Fátima da Silva; Universidade Federal de Santa Catarina. Programa de Pós-Graduação em Ed
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis, SC. Brasil Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis, SC. Brasil
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; "Avaliado por Pares",; Experimental; Avaliado por Pares; Experimental Formato: application/pdf; application/pdf
Publicado em 14/02/2012 ENG
Relevância na Pesquisa
76.63%
A mudança no estilo de vida é um importante fator de tratamento e prevenção da obesidade infantil. O objetivo deste estudo foi analisar os efeitos de um programa de exercício físico baseado em atividades lúdicas e orientação nutricional na composição corporal e no desempenho em testes de aptidão física de crianças obesas. Fizeram parte do estudo 44 crianças com idades entre 8 e 11 anos divididas em dois grupos: grupo intervenção (n=22) e grupo controle (n=22) pareados por sexo e idade. Mensuraram-se antes e após 12 semanas do programa: massa corporal, estatura, dobras cutâneas (bíceps, tríceps, subescapular, supra-ilíaca, abdominal e de panturrilha medial), perímetros (abdominal, de braço, de panturrilha e de quadril) e desempenho em testes de flexibilidade, flexão abdominal e preensão manual. O grupo controle não participou da intervenção. Trinta e duas crianças completaram o estudo (16 em cada grupo). O grupo intervenção apresentou redução significativa do índice de massa corporal, das dobras cutâneas do tríceps, subescapular, abdominal, do perímetro do braço e da soma das dobras do tronco. Houve aumento significativo da força de preensão manual direita e abdominal. O grupo controle apresentou aumento significativo da massa corporal...

Crescimento físico e aptidão física relacionada à saúde de adolescentes de diferentes níveis sócio-econômicos; Physical growth and health related physical fitness in adolescents of differents socio economic status

Silva, Milton César; Mestrado em Educação Física UCB-DF (2005)
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis, SC. Brasil Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis, SC. Brasil
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; "Artigo Não Avaliado por Pares"; Descritiva Formato: application/pdf; application/pdf
Publicado em 02/10/2006 POR; ENG
Relevância na Pesquisa
76.63%
Este estudo teve como objetivos comparar: o crescimento físico através da massa corporal (MC), estatura e índice de massa corporal (IMC) entre os gêneros e os níveis sócio-econômicos (NSE) por idade; a aptidão física relacionada à saúde (AFRS) entre os gêneros e os NSE; a AFRS por gênero e NSE com os critérios-referenciado propostos pela AAHPERD (1988). A amostra foi composta por 191 rapazes e 212 moças, com idades entre 14,49 e 17,50 anos, auto-avaliada nos estágios 4 ou 5 de TANNER (1962), estudantes das redes pública e particular de Luís Eduardo Magalhães - BA. A classificação sócio-econômica foi feita pelo questionário da ANEP (1996), adaptado para os NSE alto, médio e baixo. Os componentes da AFRS foram mensurados pelos respectivos testes: gordura corporal (somatório da dobras cutâneas tricipital e panturrilha); aptidão cardiorrespiratória (correr/caminhar 1600m); força/resistência muscular da parte inferior do tronco (abdominal em 1 min); força/resistência muscular da parte e superior do tronco e braços (barra modificada) e flexibilidade (sentar e alcançar). A análise dos dados foi feita através da estatística descritiva, análise de variância one-way e o teste de post-hoc de Scheffé (p < 0...

Estilo de vida, antropometria e aptidão física realcionada à saúde em escolares de Blumenau, SC; Lifestyle, anthropometry physical fitness realted to health among school children in Blumenau, SC

Reis, Luiz Francisco; Doutorado em Educação Física - Programa de Pós-Graduação em Ciência do Mo
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis, SC. Brasil Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis, SC. Brasil
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; "Artigo Não Avaliado por Pares"; Descritiva Formato: application/pdf; application/pdf
Publicado em 20/06/2006 POR; ENG
Relevância na Pesquisa
76.68%
Este estudo teve como objetivo verificar o estilo de vida, e relacionar este à antropometria e à Aptidão Física relacionada à Saúde (AFRS) em escolares do município de Blumenau, no estado de Santa Catarina, SC. A amostra foi composta de 1083 sujeitos, sendo 543 meninos e 540 meninas, com a idade centesimal, entre 6,50 a 17,49 anos de idade, matriculados nas escolas públicas e particulares de Blumenau. O crescimento físico foi analisado através da massa corporal, estatura, altura tronco-cefálica, comprimento de membros inferiores, perímetros: do braço, cintura, quadril e panturrilha, diâmetros ósseos: biestilóide do rádio, bicondiliano do úmero, bicondiliano do fêmur. O estilo de vida foi analisado através de um questionário, onde as respostas deste questionário foram relacionadas às variáveis antropométricas e de composição corporal, juntamente com as de aptidão física. A AFRS foi analisada através do uso da bateria de testes Physical Best. Todos os procedimentos estatísticos foram realizados através do pacote estatístico SPSS 6.0, exceto o procedimento da Análise de Correspondências Múltiplas (ACM) e a Análise de Clusters (AC), que foi executado no Software Statistica 6.0. Para comparar as variáveis de crescimento e de AFRS com distribuição normal...