Página 1 dos resultados de 1136 itens digitais encontrados em 0.052 segundos

Newsletter - MeIntegra; Aprendizagem ao longo da vida

Marques, Ana Paula
Fonte: Centro de Investigação em Ciências Sociais da Universidade do Minho (CICS-UM) Publicador: Centro de Investigação em Ciências Sociais da Universidade do Minho (CICS-UM)
Tipo: Outros
Publicado em /09/2007 POR
Relevância na Pesquisa
165.94%
O tema da presente Newsletter inspira-se no sugestivo título Adult learning: It is never too late to learn, que a Comissão da União Europeia apresenta em comunicado oficial (COM, 2006), visando enquadrar os desafios actuais dos Estados-membros relacionados com a necessária reforma dos respectivos sistemas educativos e formativos no sentido de cumprirem os compromissos da Agenda de Lisboa (2000). Com efeito, a Europa debate-se com fenómenos que persistem, tais como: i) baixo ritmo de produtividade e crescimento económico; ii) insuficiente inovação e investimento no conhecimento, em particular nas tecnologias de informação e de comunicação; iii) envelhecimento demográfico; iv) elevada taxa de desemprego estrutural; v) generalização de práticas de desregulamentação laboral; vi) crescente vulnerabilidade socio-económica de diferentes grupos sociais (info-excluídos, imigrantes, mulheres e trabalhadores idosos com baixas qualificações). A aposta em sistemas educativos e formativos diversificados e diferenciados segundo os grupos alvo a que se destinam – não só exclusivamente restritos aos jovens –, contribuirá para reforçar o modelo de coesão e de integração social europeu. A crescente importância assumida pelo conhecimento e pela informação em todas as esferas da vida e do trabalho sustentam aquela crença de base. O paradigma de uma formação linear e finalizada com a obtenção da licenciatura ou de um certificado escolar-profissional é ultrapassado por outros paradigmas assentes na Aprendizagem ao Longo da Vida e na necessidade de cada um...

Aprendizagem ao longo da vida : os desafios na mobilização de competências do ser professor e do ser aluno

Machado, Vítor Manuel Venâncio
Fonte: Universidade Católica Portuguesa Publicador: Universidade Católica Portuguesa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em 18/06/2013 POR
Relevância na Pesquisa
156.03%
O presente relatório foi elaborado para a disciplina de Prática de Ensino Supervisionado e Relatório (PESR) do Mestrado em Ensino de Informática da Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Católica Portuguesa – Centro Regional de Braga. Neste trabalho de investigação e de análise das práticas pedagógicas desenvolvidas, apresenta-se uma reflexão pessoal sobre a aprendizagem realizada, bem como as potencialidades e os constrangimentos inerentes à profissão docente. Este trabalho de introspeção tem como base pressupostos teóricos que assentam na problemática da aprendizagem ao longo da vida na Sociedade do Conhecimento e da Informação, as potencialidades das tecnologias da informação e comunicação (TIC)/Informática como suporte para a aprendizagem no contexto de sala de aula, ou fora dele, bem como a transversalidade das competências adquiridas nesta área, e a valorização das aprendizagens não-formal e informal no contexto da formação/educação. Neste sentido, refletem-se as Metas de Aprendizagem TIC, uma referência numa perspetiva transversal da aprendizagem que ultrapassa as paredes da sala de aula, contribuindo para reforçar o conceito de aprendizagem ao longo da vida e uma oportunidade de concretizar a transformação das práticas...

Os Desafios da Aprendizagem ao Longo da Vida

Nico, Bravo; Nico, Lurdes; Ferreira, Fátima
Fonte: Universidade de Évora Publicador: Universidade de Évora
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
POR
Relevância na Pesquisa
155.94%
O seminário abordou questões relacionadas com a Aprendizagem ao Longo da Vida,no Alentejo. Destacando os desafios, os contributos da investigação científica,as Práticas e Programas de Aprendizagem aplicados ao Longo da Vida nas Escolas do Alentejo.

Impactos da formação modular certificada: contributos para a aprendizagem ao longo da vida

Cardoso, Sandra Maria Sias
Fonte: Repositório Comum de Portugal Publicador: Repositório Comum de Portugal
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Publicado em /12/2012 POR
Relevância na Pesquisa
155.89%
O presente trabalho de investigação enquadra-se na Dissertação do Mestrado em Formação de Adultos e Desenvolvimento Local (ainda não concluída) e centra-se no impacto da Formação Modular Certificada, como um contributo para a Aprendizagem ao Longo da Vida, sob diferentes perspetivas, nomeadamente, a dos destinatários (adultos ativos empregados e desempregados, com idade superior a 18 anos, que frequentaram ações no IEFP, IP, no Distrito de Portalegre, entre 2011 e Março de 2012), a das entidades empregadoras e a dos interlocutores-chave especializados. Tendo em conta o tipo e os objetivos definidos para cada um destes sub-universos, utilizou-se um conjunto de métodos e técnicas de investigação social, nomeadamente: o inquérito por questionário (aplicado aos destinatários), a entrevista (dirigida às entidades empregadoras e aos interlocutores-chaves especializados) e a análise documental. Com este trabalho, pretende-se reunir um conjunto de considerações, com recurso a vários focos e contributos teóricos e empíricos, e demonstrar se os dados recolhidos corroboram ou não os pressupostos teóricos considerados, realizando uma análise reflexiva face ao objeto de estudo.

O contributo dos processos RVCC nos adultos certificados para fomentar a aprendizagem ao longo da vida (ALV)

Morais, Soraia Santos, 1983-
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2011 POR
Relevância na Pesquisa
155.88%
Trabalho de Projecto de Mestrado, Ciências da Educação (Formação de Adultos), Universidade de Lisboa, Instituto de Educação, 2011; Um convite a uma incursão empírica, que tem como ponto de partida o balanço reflexivo e crítico sobre a minha experiência enquanto formadora de adultos, este trabalho de projecto encontra-se teoricamente fundamentado no que toca à Educação e Formação de Adultos. Este projecto permite a reflexão sobre o lugar em que me situo no panorama da Educação e Formação de Jovens e Adultos Pouco Escolarizados, na realidade portuguesa, na qual ousadamente questiono o que a minha percepção académica e de terreno me permite. Nessa diversidade, apresento na dimensão de um CNO, uma análise empírica comprovada, sobre o contributo dos processos de reconhecimento de adquiridos para fomentar, nos adultos certificados, uma postura activa no que toca à Aprendizagem ao Longo da Vida. É evidenciado o lado positivo destes processos e da Iniciativa Novas Oportunidades, aqui encarada como uma “rampa de lançamento” para o aprender a aprender.; This project is an invitation to an empiric incursion, which has got as a starting point the reflection and critical balance about my experience as an adult educator. This project work is theoretically grounded in Adult Education and Training. This project allows the reflection about the place in which I’m standing in scenery of Education and Training of Young People and Adults with low instruction...

A aprendizagem ao longo da vida e a educação parental como factor de empowerment e estratégia de luta contra a exclusão social: o projecto de capacitação familiar “A PAR”

Rosa, Ester Almeida dos Santos
Fonte: Instituto Universitário de Lisboa Publicador: Instituto Universitário de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2009 POR
Relevância na Pesquisa
155.9%
Mestrado em Desenvolvimento, Diversidades Locais e Desafios Mundiais: Análise e Gestão; Esta dissertação pretende contribuir para um maior conhecimento acerca dos conceitos da Aprendizagem ao Longo da Vida, Empowerment e Exclusão Social e compreender de que forma estes se interrelacionam. Apresenta uma visão globalizante da Aprendizagem (Pires, 2005) e do Empowerment como estratégia alternativa de Desenvolvimento (Friedmann, 1992) e de superação da Exclusão nas suas diferentes dimensões (Amaro, 1999; Estivill, 2003). A reflexão teórica foi acompanhada por um estudo observacional e transversal sobre o Projecto A PAR, uma iniciativa recente de educação não-formal que trabalha com crianças até aos seis anos e seus cuidadores, visando promover a Capacitação Familiar. Para a recolha de dados criaram-se instrumentos próprios, nomeadamente uma Escala de Empowerment Geral e uma Escala de Empowerment A PAR. Através do estudo de caso procurou-se saber se: 1) as várias dimensões da Escala de Empowerment estão correlacionadas; 2) as várias dimensões da Escala de Empowerment A PAR estão correlacionadas; 3) o Empowerment Geral varia significativamente em função de categorias demográficas; 4) o Empowerment A PAR varia significativamente em função de categorias demográficas; 5) a participação no Projecto A PAR contribui para aumentar o nível de Empowerment Geral dos cuidadores e...

Da educação permanente à aprendizagem ao longo da vida e à Validação das aprendizagens informais e não formais: recomendações e práticas

Aníbal, Alexandra
Fonte: CIES-IUL Publicador: CIES-IUL
Tipo: Trabalho em Andamento
Publicado em //2013 POR
Relevância na Pesquisa
155.89%
No presente working paper viaja-se pela história da educação de adultos a partir da intervenção de entidades como a UNESCO, a OCDE e a União Europeia. Caraterizam-se os dois principais paradigmas neste campo, nomeadamente a Educação Permanente e a Aprendizagem ao longo da Vida, e as suas consequências ao nível das políticas públicas. Emergindo do segundo destes paradigmas, o processo de validação de aprendizagens não formais e informais, forma inovadora de encarar o ato de aprender e a certificação, encontra-se em expansão na União Europeia, concretizando-se em diferentes dispositivos de validação, que apresentam denominadores comuns (decorrentes das orientações europeias) mas também especificidades locais (fruto das diferenças na organização dos sistemas políticos e educativos de cada Estado). Analisam-se alguns desses dispositivos e apresentam-se algumas das caraterísticas do sistema português que o tornam singular e um dos mais desenvolvidos da Europa.; In this working paper we travel in the history of adult education, focusing in the intervention of organizations such as UNESCO, OECD and the European Union. We characterize the two main paradigms in this field, Adult Continuing Education and Lifelong Learning and its consequences in terms of public policies. Emerging from the second of these paradigms...

Universidade e aprendizagem ao longo da vida: efeitos da licenciatura em indivíduos com prévia experiência profissional

Sousa, Cláudia Marisa de Oliveira e
Fonte: Instituto Universitário de Lisboa Publicador: Instituto Universitário de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2012 POR
Relevância na Pesquisa
155.93%
Mestrado em Educação e Sociedade; A presente investigação procurou contribuir para o avanço do conhecimento sobre uma temática pouco estudada até ao momento, a saber, os efeitos do diploma de Licenciatura na vida dos indivíduos que ingressaram no Ensino Superior, com mais de 23 anos, já tendo prévia experiência profissional. A partir da articulação de referências teóricas no âmbito da sociedade do conhecimento, aprendizagem ao longo da vida, novos públicos no Ensino Superiore mercado laboral, este estudo pretendeu conhecer a trajetória destes indivíduos após a conclusão da Licenciatura. A análise incidiu na identificação de efeitos pessoais e profissionais eda relação entre os mesmos, e ainda no conhecimento das principais perceções associadas àsmudanças ocorridas e da relação entre formação académica e desempenho profissional. Salienta-se que, neste trabalho, a abordagem das repercussões da qualificação académica foi entendida como sendo indissociável do percurso de vida que estes indivíduos vivenciaram até à decisão de ingressaremna Universidade. A metodologia utilizada baseou-se numa estratégia de investigação qualitativa, no âmbito da qual se procurou recolher informação...

Projeto de um serviço de orientação e encaminhamento para a aprendizagem ao longo da vida

Castro, Ana Filipa Guerra de Morais e
Fonte: Instituto Universitário de Lisboa Publicador: Instituto Universitário de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2013 POR
Relevância na Pesquisa
155.99%
Trabalho de Projeto submetido como requisito parcial para a obtenção do grau de Mestre em Educação e Sociedade; O presente Trabalho de Projeto, pretende ser uma proposta, devidamente justificada, de constituição de um serviço de orientação e de encaminhamento para a aprendizagem ao longo da vida que apoie os adultos portugueses possuidores de menores qualificações no sentido da prossecução de um percurso formativo e qualificante. Através da metodologia de projeto, ambiciona-se desenhar um serviço que permita adequar o encaminhamento para processos educativos e formativos às necessidades dos adultos, sobretudo direcionado para a expansão das suas reais potencialidades. A estratégia que fundamenta este projeto apoia-se, assim, na convicção de que a realização de parcerias e a mobilização da população adulta para a importância da aprendizagem ao longo da vida é essencial para todos os intervenientes, tentando dar um passo importante para o planeamento do que deve ser feito como evolução dos Centros Novas Oportunidades e colmatando uma necessidade que se sentiu no terreno e que foi também identificada nos estudos realizados acerca das dinâmicas de funcionamento desses centros.; This Project Work is intended as a proposal...

Aprendizagem ao longo da vida: Um conceito utópico?

Sitoe, Reginaldo Manuel
Fonte: Instituto Superior de Psicologia Aplicada Publicador: Instituto Superior de Psicologia Aplicada
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2006 POR
Relevância na Pesquisa
155.9%
A visão da evolução das sociedades europeias, apresentada pelo Livro Branco da União Europeia “Aprender e ensinar: rumo à sociedade cognitiva”, dá especial primazia às aprendizagens,ao acesso à aquisição de competências e ao conhecimento, enquanto factores determinantes de uma adaptação do conjunto europeu à globalização das economias, às mudanças tecnológicas e sociais. Esta visão resulta de uma determinada orientação política: a Aprendizagem ao Longo da Vida. No entanto, esta ideia está longe de ser nova, o presente artigo pretende analisar a evolução deste conceito nas suas diversas configurações principais, em particular a sua realidade na actual prática educativa e empresarial.

Reconhecimento de aprendizagens ao longo da vida e empowerment

Miguel, Marta Cristina Trindade
Fonte: Instituto Universitário de Ciências Psicológicas, Sociais e da Vida Publicador: Instituto Universitário de Ciências Psicológicas, Sociais e da Vida
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em //2015 POR
Relevância na Pesquisa
165.96%
A narrativa atual de aprendizagem ao longo da vida apela à necessidade constante de aquisição de conhecimentos e competências para fazer face às constantes mudanças da sociedade moderna, reconhecendo que essas aprendizagens vão além da educação e formação formal, incluindo a aprendizagem decorrente da experiência de vida em diferentes contextos. O reconhecimento de aprendizagens prévias é um processo de avaliação dos conhecimentos e competências adquiridos ao longo da vida, permitindo que sejam formalmente reconhecidos pelos sistemas de qualificação. Este estudo procurou perceber as mudanças promovidas pelo processo de Reconhecimento, Validação e Certificação de Competências nas pessoas que obtiveram por este meio uma certificação escolar, nomeadamente em termos de empowerment psicológico, e contribuir para a validação de um instrumento de medida e de um modelo de empowerment psicológico na população portuguesa. Numa primeira fase, realizaram-se entrevistas com 21 participantes no processo de reconhecimento de competências, nas quais se exploraram as suas motivações e perspetivas, e a partir das quais foi construída uma escala para avaliação das mudanças nos participantes. Numa segunda fase...

Aprendizagem ao longo da vida: dinâmicas socioculturais e associativismo

Malta, Carla Maria Sousa
Fonte: Universidade do Algarve Publicador: Universidade do Algarve
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2010 POR
Relevância na Pesquisa
155.91%
Dissertação de mest., Ciências da Educação (Educação e Formação de Adultos), Faculdade de Ciências Humanas e Sociais, Univ. do Algarve, 2010; Este trabalho de investigação, desenvolvido no âmbito da educação e formação de adultos, tem o seu enfoque no estudo das intencionalidades e efeitos educativos, decorrentes das iniciativas socioculturais promovidas pelas associações locais de um concelho do Baixo Alentejo – o concelho de Ourique. O objectivo é contribuir para a valorização e aprofundamento da educação não formal e informal na educação de adultos, numa perspectiva de aprendizagem ao longo da vida. Inserido no paradigma construtivo interpretativo, o cenário teórico de referência invocado, através de uma abordagem multidisciplinar, visa fornecer um quadro compreensivo, que engloba a complexidade de fenómenos em interacção na temática em análise. Para a concretização do estudo empírico foram construídos pela investigadora, instrumentos de recolha, análise e interpretação de dados, com a finalidade de efectuar uma leitura compreensiva e problematizante baseada no referencial teórico. Conclui-se com a evidência de que nas experiências de vida de educação não formal e informal...

Aprendizagem ao longo da vida: «Boas práticas e inserção social»

Mendes Covita, Horácio; ISPA-IU
Fonte: ISPA - Instituto Universitário Publicador: ISPA - Instituto Universitário
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
Publicado em 22/11/2012 POR
Relevância na Pesquisa
155.94%
A aprendizagem ao longo da vida pode considerar-se como um dos pilares básicos da cidadania activa e da empregabilidade, tornando-se urgente aprofundar o conhecimento sobre novos contextos de aprendizageme proporcionar dispositivos adequados aos ritmos e disponibilidades dos cidadãos, reconhecendo que as competências também se adquirem em ambientes não formais. Neste trabalho discutem-se iniciativas que podem contribuir activamente para a identificação, transferência e apropriação de práticas bem sucedidas pelas equipas de trabalho e organizações, enquanto acções de renovação organizacional, com consequências na produtividade, na competitividade e na qualidade da inclusão de públicos vulneráveis.Por outro lado, analisam-se os Centros de Recursos em Conhecimento (CRC), dispositivos de apoio aos cidadãos e em particular às entidades formadoras e aos profissionais de formação, mobilizados e comprometidos com projectos de desenvolvimento de competênciase de aprendizagem ao longo da vida, importando realçar o valor destas abordagens junto dos cidadãos que apresentam vulnerabilidades específicas.

Aprendizagem ao longo da vida e avaliação do desempenho profissional

Cunha,Maria Isabel da
Fonte: Universidade de Sorocaba Publicador: Universidade de Sorocaba
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/11/2011 PT
Relevância na Pesquisa
165.94%
O tema da aprendizagem ao longo da vida é analisado numa perspectiva crítica, tencionando os discursos produzidos em sua concepção e formas de produção. Analisa-se a condição histórica e política que contextualiza esse dispositivo e se questiona os pressupostos que os ancoram. Tomam-se os conceitos de experiência em Dewey e Anísio Teixeira e, posteriormente em Larrosa, para contrapor a idéia de aprendizagem ao longo da vida, no sentido da acumulação de informações e de competências generalizadoras. Reforça-se a concepção de experiência na sua condição subjetiva como fundante da formação e do desempenho profissional. Em torno de cinco questões geradoras organizam-se argumentos para relacionar aprendizagens, concepção de avaliação, compreensão de formação e desempenho profissional.

Aprender no ensino superior: relações com a predisposição dos estudantes para o envolvimento na aprendizagem ao longo da vida

Barros,Rita Manuela A.; Monteiro,Angélica Maria Reis; Moreira,José António Marques
Fonte: Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira Publicador: Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2014 PT
Relevância na Pesquisa
155.97%
Pretende analisar a relação entre a aprendizagem, com base na apropriação que os estudantes fazem das diferentes formas de aprender e de estudar, e a disposição que apresentam para se envolver em atividades de aprendizagem ao longo da vida (ALV). O rationale teórico inscreve-se na Teoria de Biggs (1987), no que concerne às abordagens de aprendizagem por parte do estudante, e no princípio orientador da ALV. Procedemos a um estudo comparativo-correlacional, com uma amostra constituída por 163 estudantes do ensino superior. As abordagens de aprendizagem foram avaliadas por meio da tradução luso-portuguesa da validação brasileira da escala Revised Two-factor Study Process Questionnaire (R-SPQ-2F). Os resultados obtidos permitem-nos associar a abordagem profunda a algumas características do aprendiz ao longo da vida.

An??lise de Discursos Europeus sobre Educa????o e Forma????o de Adultos e Aprendizagem ao Longo da Vida

Terras??ca, Manuela; Caramelo, Jo??o; Medina, Teresa
Fonte: Universidad de Granada, Facultad de Ciencias de la Educaci??n, Consorcio Mundusfor Publicador: Universidad de Granada, Facultad de Ciencias de la Educaci??n, Consorcio Mundusfor
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
155.89%
Nos anos mais recentes, tem sido produzido e divulgado, pela Uni??o Europeia, um conjunto diversificado de documentos com estatutos m??ltiplos que v??m marcando a agenda da designada ???dimens??o europeia da educa????o???, em particular no que respeita ?? educa????o, forma????o e aprendizagem ao longo da vida. Estes discursos europeus v??m sendo objecto de an??lise destacando-se as cr??ticas: i) ao seu pragmatismo pol??tico (Can??rio, R., 2003), ii) ?? tend??ncia vocacionalista, iii) ?? transforma????o das rela????es entre Estado, trabalho e cidad??o(Lima, L., 2003, Medina, T., 2002). A partir da an??lise dos discursos presentes em documentos oficiais da Uni??o Europeia, este texto procura identificar e caracterizar as ???figuras??? de Cidad??o, Estado e Trabalho que deles emergem, procurando real??ar o modo como constroem uma determinada configura????o e sentido para as pol??ticas de educa????o e forma????o de adultos.; In the most recent years, the European Union published a set of documents with diverse statutes that have been setting the agenda of the so-called "European dimension of education", in particular concerning to education, training and lifelong learning. Several analyses are being produced on these European discourses with emphasis on the criticism about: i) its political pragmatism (Can??rio...

Aprendizagem dos enfermeiros ao longo da vida : adaptação e validação da escala de Jefferson

Rodrigues, Sofia Vistas
Fonte: Universidade Católica Portuguesa Publicador: Universidade Católica Portuguesa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em 13/03/2013 POR
Relevância na Pesquisa
156.02%
A formação contínua do enfermeiro, constitui não só uma forma de desenvolvimento pessoal e profissional com vista à melhoria da qualidade dos cuidados, mas também um dever para com a profissão. Embora se defina como um dever, a formação contínua não assume um carácter obrigatório, sendo o enfermeiro autónomo na sua autoformação após o término do Curso de Licenciatura em Enfermagem. Dos estudos realizados em Portugal, não foi encontrado um instrumento que avalie a forma como os enfermeiros investem na sua aprendizagem ao longo da vida. A pertinência da sua utilização é corroborada na definição dos eixos prioritários de investigação em Enfermagem, ”Estudos na área da Formação e Educação em Enfermagem e aquisição de competências, quer na formação inicial, quer no contexto da aprendizagem ao longo da vida” (Ordem dos Enfermeiros, 2006). Desta forma, o objectivo deste estudo consiste em adaptar e validar a Escala de Jefferson, de aprendizagem ao longo da vida, para o contexto formativo dos enfermeiros. A versão original da Escala de Jefferson é constituída por uma subescala de 19 itens. A escala foi adaptada para uma amostra de 262 enfermeiros, de uma Instituição Hospitalar e de uma entidade académica...

A relação dos adultos com a aprendizagem ao longo da vida

Amorim, Cristina Maria dos Santos Marques
Fonte: Instituto Universitário de Lisboa Publicador: Instituto Universitário de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2013 POR
Relevância na Pesquisa
156.02%
Dissertação submetida como requisito parcial para obtenção do grau de Mestre em Educação e Sociedade; No contexto da atuais sociedades do conhecimento e da informação, atravessadas pelo desenvolvimento tecnológico, pela mobilidade dos indivíduos e pela mudança das estruturas sociais, económicas, politicas e culturais, colocam-se desafios aos cidadãos nas suas trajetórias sociais. Este estudo procurou conhecer qual a relação dos adultos com aprendizagem ao longo da vida e contribuir deste modo para a compreensão dos fenómenos, que estruturam as representações e as práticas de aprendizagem ao longo da vida. A análise incidiu em três dimensões integrantes da participação dos adultos em atividades de aprendizagem, nomeadamente: (a) as práticas de aprendizagem; (b) os processos de aprendizagem vividos; e (c) os impactos percecionados da aprendizagem. A metodologia utilizada baseou-se numa estratégia de investigação qualitativa, no âmbito da mesma procurou-se recolher informação, através de entrevistas semiestruturadas em profundidade, que possibilitasse a emergência do fenómeno social em estudo, quer no plano factual quer no plano simbólico, de modo a captar a diversidade assumida pelo mesmo. Participaram neste estudo 12 pessoas com idades entre os 25 e os 63 anos...

Aprendizagem ao longo da vida: boas práticas e inserção social

Covita,Horácio Mendes
Fonte: Instituto Superior de Psicologia Aplicada Publicador: Instituto Superior de Psicologia Aplicada
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/07/2002 PT
Relevância na Pesquisa
155.96%
A aprendizagem ao longo da vida pode considerar-se como um dos pilares básicos da cidadania activa e da empregabilidade, tornando-se urgente aprofundar o conhecimento sobre novos contextos de aprendizagem e proporcionar dispositivos adequados aos ritmos e disponibilidades dos cidadãos, reconhecendo que as competências também se adquirem em ambientes não formais. Neste trabalho discutem-se iniciativas que podem contribuir activamente para a identificação, transferência e apropriação de práticas bem sucedidas pelas equipas de trabalho e organizações, enquanto acções de renovação organizacional, com consequências na produtividade, na competitividade e na qualidade da inclusão de públicos vulneráveis. Por outro lado, analisam-se os Centros de Recursos em Conhecimento (CRC), dispositivos de apoio aos cidadãos e em particular às entidades formadoras e aos profissionais de formação, mobilizados e comprometidos com projectos de desenvolvimento de competências e de aprendizagem ao longo da vida, importando realçar o valor destas abordagens junto dos cidadãos que apresentam vulnerabilidades específicas.

Aprendizagem ao Longo da Vida: Um conceito utópico?

Sitoe,Reginaldo Manuel
Fonte: ISPA - Instituto Superior de Psicologia Aplicada Publicador: ISPA - Instituto Superior de Psicologia Aplicada
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2006 PT
Relevância na Pesquisa
155.9%
A visão da evolução das sociedades europeias, apresentada pelo Livro Branco da União Europeia "Aprender e ensinar: rumo à sociedade cognitiva", dá especial primazia às aprendizagens, ao acesso à aquisição de competências e ao conhecimento, enquanto factores determinantes de uma adaptação do conjunto europeu à globalização das economias, às mudanças tecnológicas e sociais. Esta visão resulta de uma determinada orientação política: a Aprendizagem ao Longo da Vida. No entanto, esta ideia está longe de ser nova, o presente artigo pretende analisar a evolução deste conceito nas suas diversas configurações principais, em particular a sua realidade na actual prática educativa e empresarial.