Página 1 dos resultados de 2284 itens digitais encontrados em 0.003 segundos

Regulation of apoptosis and differentiation by P53 in human embryonic stem cells; Regulação da apoptose e diferenciação pelo P53 em células estaminais embrionárias humanas

Grandela, Ana Catarina Martins
Fonte: Universidade de Coimbra Publicador: Universidade de Coimbra
Tipo: Tese de Doutorado
ENG
Relevância na Pesquisa
37.31%
Human embryonic stem cells (hESC) display pluripotency and unlimited self-renewal while retaining a normal karyotype, suggesting they possess mechanisms to minimize the consequences of DNA damage. The molecular mechanisms controlling DNA-damage induced apoptosis of hESC are poorly understood. This study investigates the role of p53 in DNA damaged-induced apoptosis and cell differentiation. hESC are extremely sensitive to spontaneous apoptosis, as well as gamma irradiation-, hydrogen peroxide- and etoposideinduced apoptosis. Indeed, early passage hESC appear to be far more sensitive to etoposideinduced apoptosis than adapted hESC and cancer cell lines. The data further show that undifferentiated hESC that express Oct4 are much more sensitive to etoposide-induced apoptosis than their more differentiated progeny. It is shown that p53 is constitutively expressed at high levels in the cytoplasm of hESC. Etoposide treatment results in rapid and extensive induction of apoptosis and leads to a further increase in p53 and PUMA expression as well as Bax processing. p53 both translocates to the nucleus and associates with the mitochondria, accompanied by colocalisation of Bax with Mcl1. hESC stably transduced with p53 shRNA, display 80 % reduction of endogenous p53 and exhibit an 80 % reduction in etoposide-induced apoptosis accompanied by constitutive downregulation of Bax and an attenuated upregulation of PUMA. Furthermore...

Avaliação da apoptose de leucócitos polimorfonucleares CH138+ em leite bovino de alta e baixa contagem de células somáticas : dados preliminares; Polymorphonuclear leukocytes CH138+ apoptosis evaluation in milk with high and low somatic cell count - preliminary data

Pessoa, R.B; Blagitz, M.G.; Batista, C.F.; Santos, B.P.; Parra, A.C; Souza, F.N.; Libera, A.M.M.P. Della
Fonte: Universidade Federal de Minas Gerais, Escola de Veterinária Publicador: Universidade Federal de Minas Gerais, Escola de Veterinária
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
37.26%
A apoptose de leucócitos polimorfonucleares (PMN) é um evento central no processo de resolução da inflamação. Sendo a contagem de células somáticas (CCS) um indicador da situação imunológica da glândula mamária, o presente estudo buscou esclarecer a influência que esses fatores têm um sobre o outro e sobre a evolução do processo inflamatório. Marcaram-se as amostras de leite com anexina-V, iodeto de propídeo (PI), anticorpo anti-CH138A. Encontrou-se correlação negativa entre apoptose de PMN e CCS, além de diferença estatística entre um grupo de alta CCS e um grupo de baixa CCS quanto à taxa de PMN viáveis, em apoptose, em necrose e em necrose e/ou apoptose. De modo geral, o grupo de alta celularidade apresentou menos CH138+ em apoptose e mais células em necrose ou viáveis do que o grupo de baixa celularidade. Conclui-se que apoptose de PMN e CCS estão relacionados, e que em mamas com CCS elevada este evento está diminuído. Apesar de haver maior disponibilidade de fagócitos para a defesa nessa situação, os efeitos anti-inflamatórios da apoptose também estão diminuídos, enquanto os efeitos pró-inflamatórios da necrose estão aumentados, o que pode colaborar com a cronificação da inflamação.

Vias de inibição da apoptose em macrófagos J774 infectados com Leishmania (Leishmania) chagasi; Apoptosis inhibition pathways in J774 macrophages infected by Leishmania (L.) chagasi

Souza, Edna Barbosa de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 17/08/2006 PT
Relevância na Pesquisa
37.29%
Macrófagos infectados com Leishmania são protegidos de apoptose, entretanto não se conhece o mecanismo de transdução de sinal intracelular que interfere neste processo de morte. Neste trabalho, células J 774 em cultura, com privação de nutrientes, sofrem apoptose, a qual aumenta na presença dos indutores camptotecina (CPT) ou fator de necrose tumoral recombinante (rTNF). Estas células quando infectadas com amastigotas ou promastigotas de Leishmania (L.) chagasi (5 parasitos/uma célula) são protegidas de apoptose. Avaliando as possíveis vias intracelulares envolvidas nesse processo, observamos que a privação de nutrientes altera o potencial de membrana da mitocôndria, havendo reversão com a infecção tanto com promastigotas e amastigotas, entretanto a reversão da alteração do potencial de membrana induzida por rTNF só foi observada com infecção com promastigotas. Tanto a atividade de caspase 3, como a detecção de caspase 3 clivada induzidas por H202 são revertidas com a infecção com promastigotas ou amastigotas. Quando analisamos a expressão de poli (ADP ribose) polimerase (PARP), em relação às células sem indução, a indução por CPT não levou ao aumento da PARP de 116 kDa, mas, aumento da banda de 24 kDA. Por outro lado...

Apoptose e proliferação na placenta de búfalas; Apoptosis and proliferation in the buffalo placenta

Benetone, Maria Zilah
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 21/12/2005 PT
Relevância na Pesquisa
37.31%
A apoptose é um processo fisiológico que desempenha papel crucial no desenvolvimento, remodelagem e senescência teciduais, inclusive placentários. A placenta, enquanto órgão temporário, atravessa todas estas fases em aproximadamente 10 meses, na espécie bubalina. O crescimento da placenta e a nutrição fetal requerem altas taxas de renovação e diferenciação celulares, e a maturação placentária está relacionada à redução das células epiteliais das criptas carunculares maternas. As modificações morfológicas celulares decorrentes do processo de apoptose são fruto de eventos bioquímicos complexos promovidos por uma família de cisteína-proteases, as caspases, especialmente as caspases executoras, dentre as quais se destaca a caspase-3, capaz de degradar várias proteínas citoplasmáticas e nucleares. Durante a apoptose, ocorre a clivagem caspase-mediada da citoqueratina 18, proteína dos filamentos intermediários do citoesqueleto, e com isso a formação de um neoepítopo específico. Por meio de métodos imunoistoquímicos pode-se detectar a presença tanto deste neoepítopo, quanto da forma ativa da caspase-3, o que demonstra que a célula entrou em estágio irreversível de morte celular. Morfologicamente...

Efeito da pioglitazona sobre a viabilidade funcional e o índice de apoptose de ilhotas pancreáticas murídeas em cultura; Effect of pioglitazone on the functional viability and apoptosis rate of culture murine pancreatic islets.

Coimbra, Cassio Negro
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 01/08/2008 PT
Relevância na Pesquisa
37.35%
Acredita-se que a diminuição progressiva da massa de células observada durante a evolução do diabetes mellitus tipo 2 (DM 2) ocorra por apoptose deste tipo celular. As tiazolidinedionas (TZDs), uma classe de medicamentos utilizada no tratamento do DM 2, atuam como ligantes dos receptores ativados por proliferadores de peroxissomos (PPAR) e e promovem diminuição da resistência periférica à insulina. Embora existam estudos controversos, tem se especulado que as TZDs possam exercer efeitos diretos sobre as células pancreáticas, prevenindo a perda por apoptose e melhorando a sua viabilidade. O objetivo deste estudo foi avaliar os efeitos diretos da Pioglitazona (PIO) na concentração de 10 M sobre a viabilidade funcional e o índice de apoptose de ilhotas pancreáticas isoladas de ratos Wistar expostas a concentrações fisiológica (5,6 mM) e suprafisiológica (23 mM) de glicose durante 24, 48 e 72 horas. A viabilidade funcional foi avaliada pela análise da secreção de insulina estimulada por glicose e do conteúdo total de insulina nas ilhotas. O índice de apoptose foi avaliado pela medida da fragmentação do DNA, da expressão do RNAm dos genes Bcl2 (anti-apoptótico) e Bax (pró-apoptótico) e da atividade proteolítica da caspase-3 em ilhotas tratadas e não tratadas com a PIO. Em 5...

Análise comparativa do processo de invasão de hepatócitos de rato por Listeria monocytogenes e Salmonella Typhimurium: caracterização morfológica, quantificação da liberação de TNF-alfa e da morte celular por apoptose; Comparative analysis of rat hepatocytes invasion process by Listeria monocytogenes and Salmonella Typhimurium: Morphological characterization, quantification of TNF-alpha release and cellular death by apoptosis

Santos, Sânia Alves dos
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 16/02/2009 PT
Relevância na Pesquisa
37.35%
INTRODUÇÃO: Os hepatócitos apresentam papel potencial em iniciar e amplificar a resposta inflamatória aguda no fígado, através da liberação de citocinas pró-inflamatórias, em papel complementar ao exercido pelas células de Kupffer e endoteliais. A invasão bacteriana da célula hepática é um estímulo para que o hepatócito produza citocinas como o TNF-alfa, capaz de induzir sua própria morte por apoptose. O TNF-alfa pode ser tanto um agente citotóxico (induzindo a morte celular), quanto um agente protetor (através da ativação de NF-kB). A morte por apoptose do hepatócito libertaria as bactérias que seriam destruídas pelo sistema imunológico hepático ativado. Salmonella Typhimurium (ST) e Listeria monocytogenes (LM) são patógenos responsáveis por importantes doenças de origem alimentar. O hepatócito é o maior local de replicação bacteriana no fígado. As conseqüências da invasão bacteriana dos hepatócitos e sua repercussão na produção de TNF-alfa e na morte celular necessitam ser melhor xxix avaliadas. MÉTODOS: Nesse estudo procuramos investigar o comportamento dos hepatócitos invadidos por ST e LM sorogrupos 4a, 4b e 1/2a, analisando os seguintes parâmetros: a) morfologia = por microscopia óptica (MO) (hematoxilina e eosina) e por microscopia eletrônica (ME); b) dosagem do TNF-alfa liberado pelos hepatócitos invadidos = o TNF-alfa liberado foi detectado por técnica ELISA no sobrenadante das culturas; c) pesquisa da morte celular por apoptose = avaliada através das técnicas TUNEL e anexina (citometria de fluxo). Para todos os parâmetros foi realizada análise comparativa estatística entre os quatro tipos de bactéria. RESULTADOS: As monocamadas de hepatócitos agredidas por Listeria monocytogenes e Salmonella Typhimurium apresentam ruptura em sua distribuição...

O papel do miR-100 na proliferação, indução da apoptose e instabilidade cromossômica em linhagens celulares de câncer de bexiga e próstata; The role of miR-100 on proliferation, induction of apoptosis and chromosomal instability in bladder and prostate cancer cell lines

Morais, Denis Reis
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 11/10/2013 PT
Relevância na Pesquisa
37.26%
Introdução: O câncer de próstata (CaP) é o tumor sólido mais diagnosticado no homem atualmente, e a sexta ocorrência mais frequente de casos novos de neoplasia maligna no mundo, sendo a segunda causa de óbito por câncer. O câncer de bexiga (CaB) é a segunda neoplasia maligna mais comum e a segunda em causa de óbito entre os tumores genito-urinários. Mundialmente o CaB é responsável por aproximadamente 386.000 novos casos e 150.000 óbitos por ano. O conhecimento das alterações em processos celulares envolvidos na sua carcinogênese nos permite melhor compreensão da patogênese dessas neoplasias, subsidiando, assim, mais efetivamente, o planejamento de estratégias de prevenção, diagnóstico e tratamento. Micro RNA (miRNA) são pequenas sequências não codificantes de RNA que possuem grande papel no controle da expressão dos genes, inibindo a tradução da proteína ou promovendo a degradação do RNA mensageiro (RNAm). Os miRNA estão envolvidos em vários processos celulares fisiológicos e patológicos, incluindo o câncer, onde podem atuar como oncogenes (oncomiR) ou como supressores de tumor (tsmiR). Previamente demonstramos que níveis elevados de miR-100 estão relacionados a recidiva bioquímica pós-prostatectomia radical enquanto no carcinoma urotelial de bexiga de baixo grau ocorre subexpressão desse miRNA. Objetivo: O estudo pretende analisar o papel do miR-100 na regulação de seus supostos genes alvo SMARCA5...

Avaliação de citotoxicidade e indução de diferenciação e apoptose em celulas de leucemia (HL60) pela dimetilamida-crotonina

Maristella Conte Anazetti
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 07/07/2003 PT
Relevância na Pesquisa
37.26%
Atualmente, morte celular por apoptose é objeto de intensa pesquisa devido à susceptibilidade de células tumorais, incluindo linhagens de células de leucemia e de linfoma, a sofrerem este tipo de morte celular em resposta a determinados agentes anti tumorais. O estresse oxidativo induzido, entre outros fatores, pela diminuição dos níveis de glutationa intracelular, está envolvido no mecanismo de ação de vários compostos, sinalizando as células ao processo apoptótico, envolvendo eventos mediados por cisteino proteases (caspases). Neste estudo, nós examinamos a indução de diferenciação morfológica e morte celular por apoptose pela dimetilamida-crotonina (DCR) em células da leucemia promielocítica humana HL60. A DCR é um derivado sintético da desidrocrotonina (DHC), uma diterpeno lactona extraída das cascas de Croton cajucara, uma planta da região amazônica. A DCR apresentou um efeito inibitório similar ao composto original conforme avaliado por diferentes parâmetros de citotoxicidade e ambos os compostos induziram diferenciação fenotípica em células HL60. Em contraste, não foram observadas citotoxicidade ou alterações morfológicas associadas com apoptose em linfócitos de sangue periférico humano após tratamento com os compostos em estudo nas concentrações utilizadas (O - 400flM). Com base nas alterações morfológicas...

Estudos morfologicos do processo infeccioso e ocorrencia de apoptose em cultura de celulas de inseto infectadas por baculovirus mutantes

Eni Braga da Silveira
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 27/09/1999 PT
Relevância na Pesquisa
37.35%
Nestes últimos anos, evidências levaram à percepção de uma estreita associação e coevolução entre a resposta apoptótica de células hospedeiras, que pode prevenir disseminação viral, e estratégias virais de bloqueio ou evasão à apoptose, capazes de garantir a replicação, o que tem feito do estudo dos vírus importante área para a compreensão de aspectos relacionados à regulação da apoptose. Neste sentido, o estudo dos baculovírus tem trazido importantes contribuições. Durante a construção e isolamento de um vírus Anticarsia gemmatalis nucleopolyhedrovirus (AgMNPV) recombinante obtivemos um mutante (vApAg) que induz morte prematura em uma linhagem celular derivada de Anticarsia gemmatalis (UFL-AG-286), permissiva a AgMNPV, e que replica normalmente em outra linhagem celular, derivada de Trichoplusia ni (BTI- Tn5B-4) (Tn-5B). Estudos em microscopia de luz e eletrônica foram feitos para descrever comparativamente o processo infeccioso e a indução de apoptose por vApAg em células UFL-AG-286 e Tn-5B e pelo vírus vP3Sdel, derivado de Autographa californica nucleopolyhedrovirus (AcMNPV), em células UFL-AG-286. Foi demonstrado que células UFL-AG-286 morrem por apoptose quando infectadas por v ApAg e vP35del...

Estudo citoquimico, imunocitoquimico e de analise de imagem de celulas fibroblasticas em proliferação e apoptose na ausencia e presença de colageno tipo I hiperpolimerizado

Silvya Stuchi Maria
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 15/10/1998 PT
Relevância na Pesquisa
37.29%
o presente trabalho é composto de dois estudos, o primeiro que trata a respeito da análise da morte celular por apoptose em células fibroblásticasem culturas confluentes e o segundo, sobre a influênciado substrato à base de colágeno tipo I hiperpolimerizado no crescimento e apoptose de células fibroblásticascultivadas por longo período. As células BHK21 em apoptose, submetidas à reação de Feulgen e a seguir à análise de imagem, demonstraram menor conteúdo de DNA, representado pela diminuição dos valores de IOD (densidade óptica integrada). Após a reação de ConcanavalinaA (Com A), os núcleos apoptóticos exibiram uma maior positividade de reação que os núcleos normais, o que demonstra a presença de glicoproteínas, possivelmente da matriz nuclear, rearranjadas e complexadas ao DNA do núcleo apoptótico. O arranjo ordenado da complexação de glicoproteínas ao DNA foi confirmado através de coloração com ATCEC (azul de toluidina-concentração crítica de eletrólitos), a qual diferencia DNA de RNA, seguida por observação em microscopia de polarização. Células fibroblásticasV79, submetidas à reação de Feulgen e estudadas por análise de imagem, mostraram em culturas confluentes três fenótipos diferentes classificados como normal...

A ativação da mTOR em resposta à sobrecarga de nutrientes, e sua correlação com a apoptose e o estresse de retículo endoplasmático em células HepG2; The mTOR activation in response to overload of nutrients and their relationship with apoptosis and endoplasmic reticulum stress in HepG2 cell line

Thiago Matos Ferreira de Araujo
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 31/07/2014 PT
Relevância na Pesquisa
37.29%
A obesidade é caracterizada pela deposição ectópica de gordura no fígado. Este acúmulo de gordura hepática (NAFLD) pode gerar consequências graves, como a hepatite não alcoólica (NASH), fator de ricos para carcino hepatocelular (HCC). A morte de hepatócitos, evento chave na evolução da NAFLD para NASH, é causada pelo excesso de nutrientes e é dependente do estresse de retículo endoplasmático (RE). O estresse no RE resulta no acúmulo de proteínas não processadas desencadeia a "unfolded protein response" (UPR), podendo gerar apoptose. A mTOR é formada basicamente por dois complexos: mTOR1 e mTOR2; ambos são sensíveis a nutrientes, a insulina e a rapamicina. O complexo mTOR2/Rictor catalisa a fosforilação da AKT, aumentando a sinalização da insulina. Deste modo, o objetivo deste trabalho foi avaliar a relação entre ativação da mTOR, do estresse de RE e da apoptose em hepatócito expostos a ácidos graxos livres. Observamos que a apoptose causada pelo palmitato ativa o estresse de RE de maneira tempo dependente. Não observamos alterações na fosforilação de proteínas alvo específicas para o complexo mTOR1. No entanto, a fosforilação geral da mTOR foi estimulada pelo palmitato. Altas doses de rapamicina inibiram a apoptose e do estresse de RE causado pelo palmitato...

Efeito do sulfeto de hidrogênio (H2S) na apoptose e nos níveis de citocinas na inflamação alérgica pulmonar em camundongos; Effect of hydrogen sulfide (H2S) in apoptosis and the levels of cytokines in allergic pulmonary inflammation in mice

Jackeline Amaral Mendes
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 27/08/2014 PT
Relevância na Pesquisa
37.26%
Estudos mostram que o sulfeto de hidrogênio (H2S) possui um papel relevante na fisiopatologia de doenças pulmonares. O objetivo deste trabalho foi investigar os mecanismos pelos quais o H2S influência a apoptose, o infiltrado de células inflamatórias, e o remodelamento das vias respiratórias na inflamação alérgica pulmonar. Para isso, camundongos BALB-C foram sensibilizados e desafiados com ovalbunina (OVA). Os camundongos tratados receberam o hidrosulfeto de sódio (NaHS) 30 minutos antes do desafio com OVA (OVA/NaHS). Alguns camundongos sensibilizados receberam salina estéril sem a OVA na ocasião do desafio (grupo salina). A eutanásia dos animais foi realizada 48 horas após o desafio, quando foi coletado o lavado broncoalveolar, para separação imunomagnética de eosinófilos para verificação da apoptose desta célula, e retirados os pulmões. O lobo direito dos pulmões foram homogeneizados para verificação da expressão das proteínas Caspase 3, Caspase 9, Bax, Fas-L e TGF-β1 e para dosagem dos níveis de citocinas. O lobo esquerdo foi fixado no formol para alguns procedimentos de análise histológica. Verificamos o infiltrado inflamatório no parênquima pulmonar pela coloração HE (hematoxilina/eosina) e o colágeno no pulmão utilizando a coloração TM (tricômico de masson). Observamos...

Avaliação da apoptose na mucosa intestinal e tecido adiposo mesenterial de pacientes com doença de Crohn = : Apoptosis evaluation in mucosa intestinal and mesenteric adipose tissue of Crohn disease patients; Apoptosis evaluation in mucosa intestinal and mesenteric adipose tissue of Crohn disease patients

Cilene Bicca Dias
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 08/10/2014 PT
Relevância na Pesquisa
37.29%
A doença de Crohn (DC) está associada com as vias patogênicas complexas envolvendo alterações nos mecanismos de apoptose. Recentemente, o tecido adiposo mesenterial (TAM) tem sido associado com a etiopatogenia DC, uma vez que é verificado um aumento da espessura do tecido adiposo mesenterial e envolvimento circunferencial da alça intestinal próximo à área intestinal afetada. Entretanto, não há estudos do mecanismo de apoptose no TAM na DC. Desta forma, o objetivo desse estudo foi avaliar apoptose na mucosa intestinal e no TAM de pacientes com DC, além de correlacionar estes achados com o estudo morfométrico dos adipócitos neste tecido. Casuística e Métodos: Foram estudadas amostras de mucosa intestinal e TAM de 10 pacientes com DC ileocecal e de 8 pacientes sem doenças inflamatórias intestinais (controles). A apoptose foi avaliada pelo ensaio de TUNEL e correlacionada com a análise histológica e morfométrica dos adipócitos. Determinou-se a análise transcripcional e proteica de uma seleção de genes e proteínas relacionadas com o mecanismo de apoptose. Resultados: O ensaio de TUNEL mostrou menor número de células em apoptose na DC, quando comparado com os grupos controles, tanto na mucosa intestinal quanto no TAM. Além disso...

Estudo do efeito dos derivados de imidas cíclicas sobre os mecanismos de resistência tumoral e apoptose em células de linhagens tumorais

Machado, Karina Elisa
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 170 p.| il., grafs., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
37.29%
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Farmácia, Florianópolis, 2013.; O câncer foi considerado uma das principais causas de morte no mundo, no ano de 2013, sendo responsável por 7,6 milhões de mortes (cerca de 13% de todas as causas de mortes). Para 2030 estima-se 27 milhões de novos casos. Embora a quimioterapia ainda seja a principal terapia utilizada para o tratamento da doença, a morbidade associada aos quimioterápicos ainda é um obstáculo a ser superado. Dessa forma, a busca por compostos antineoplásicos, que tenham maior eficiência em induzir apoptose nas células tumorais e com insignificantes efeitos colaterais, tornou-se alvo de investigação acadêmica e da indústria farmacêutica. Os compostos derivados de imidas cíclicas vêm sendo descritos como promissores agentes antitumorais. Assim, o objetivo deste estudo foi investigar o efeito dos derivados de imidas cíclicas sobre os mecanismos de resistência tumoral e apoptose sobre células de linhagem de melanoma murino (B16F10), de leucemia mieloide aguda humana (K562) e de leucemia linfoide aguda humana (Jurkat). Inicialmente, foi investigado o efeito citotóxico de nove derivados de imidas cíclicas sobre células de linhagem de melanoma murino (B16F10)...

Apoptose na modulação da resposta inflamatória aos ovos do Schistosoma mansoni

Tristão,A.R.; Melo,A.L.; Vasconcelos,A.C.; Grossi,F.M.
Fonte: Universidade Federal de Minas Gerais, Escola de Veterinária Publicador: Universidade Federal de Minas Gerais, Escola de Veterinária
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2000 PT
Relevância na Pesquisa
37.29%
Foram estudadas 42 amostras de fígado de camundongos inoculados com cercárias do Schistosoma mansoni, obtidas 40, 60, 80 e 120 dias após a infecção e processadas rotineiramente. As lâminas obtidas foram coradas pela HE para análise qualitativa e morfométrica do número e área dos granulomas e pelo MGP para quantificação de células apoptóticas. Os animais com 40 dias de inoculação possuíam menos granulomas/lâmina (a06img01.gif (532 bytes) ou = 11,78±4,01), com áreas pequenas (a06img01.gif (532 bytes) ou = 52.713,88±5.244,34mm²) e as menores médias de apoptose (a06img01.gif (532 bytes) ou = 7,50±0.99). Os animais com 60 dias de inoculação tiveram os maiores granulomas (a06img01.gif (532 bytes) ou = 114.851,20±5.517,20mim²), em maior número (a06img01.gif (532 bytes) ou = 92,88±10,62) e freqüente apoptose (a06img01.gif (532 bytes) ou = 18...

Apoptose e proliferação celular em células trofoblásticas (linhagem BeWo) são diferentemente moduladas pelas cepas de Toxoplasma gondii

Angeloni, Mariana Bodini
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
37.31%
A transmissão transplacentária de Toxoplasma gondii causa uma das formas mais graves da infecção pelo protozoário. A habilidade do parasito em sobreviver no interior da célula hospedeira depende da capacidade do mesmo de manipular diversas vias intracelulares, entre elas, a apoptose e a proliferação celular. T. gondii é capaz de bloquear a apoptose da célula hospedeira através da interação com vias de sinalização anti-apoptótica da célula. Entretanto a desregulação na incidência de apoptose, durante a gestação, está associada com alterações na morfologia e nos processos fisiológicos da placenta. Dessa forma, realizou-se reações imunohistoquímica para analisar a incidência de apoptose e proliferação celular em células trofoblásticas (linhagem BeWo) infectadas com a cepa de alta virulência RH e de baixa virulência ME49, de T. gondii. Analisou-se também em células infectadas e não infectadas a presença de caspase 3 ativa. Células infectadas com a cepa RH apresentaram índices de apoptose menores do que o controle, enquanto que, em células infectadas com a cepa ME49 o índice de apoptose foi maior do que o observado em células não infectadas. Além disso, detectou-se caspase 3 ativa tanto em células infectadas com ambas as cepas...

Optimierung der Strahlentherapie durch zielgerichtete Modulation von Apoptose-Signalwegen; Optimization of radiation therapy by targeted modulation of apoptosis signaling pathways

Rübel, Amelie
Fonte: Universidade de Tubinga Publicador: Universidade de Tubinga
Tipo: Dissertação
DE_DE
Relevância na Pesquisa
37.33%
Strahlentherapie ist ein wesentlicher Bestandteil kurativer Behandlungsverfahren in der Therapie maligner Tumore. Allerdings zeigen einige Tumore (wie das Glioblastom) ein schlechtes Ansprechen auf Bestrahlung. Ursache hierfür sind u.a. Mutationen in Apoptose- und Überlebenssignalwegen, die während der Tumorentwicklung entstanden sind und zur Therapie-Resistenz der Tumorzellen beitragen können. Da die Induktion der Apoptose zur zytotoxischen Wirksamkeit der Bestrahlung beiträgt eröffnen Behandlungsansätze mit Substanzen, die direkt auf die gestörten Signalwege einwirken, die Möglichkeit die Strahlenresistenz zu überwinden. Ziel der vorliegenden Arbeit war daher zum einen, die Effizienz einer kombinierten Behandlung aus Bestrahlung und den membrangerichteten Alkylphosphocholinen ErPC bzw. ErPC3 in schwer therapierbaren malignen Gliomen zu beurteilen. Des weiteren sollte der molekulare Mechanismus der erhöhten Zytotoxizität nach kombinierter Behandlung im Gliomzell- sowie im Jurkat-Lymphomzellmodell analysiert werden. Außerdem sollten weitere Details zum Wirkmechanismus der Kombinationsbehandlung aus Bestrahlung und Stimulation des Zelltodrezeptorwegs im Jurkat-Modell untersucht werden. Dazu wurden der native Ligand TRAIL bzw. der gegen den TRAIL-Rezeptor 2 gerichtete agonistische Antikörper ETR-2 eingesetzt. Abschließend sollte an Jurkatzellen getestet werden...

Regulation und Funktion von Mitgliedern der TNFĄ-Familie bei Doxorubicin-induzierter Apoptose und bei einem Patienten mit einem lymphoproliferativen Syndrom; Regulation and function of members of the TNFĄ-family in Doxorubicin-induced apoptosis and in a patient with a lymphoproliferative syndrome

Pfister, Stefan
Fonte: Universidade de Tubinga Publicador: Universidade de Tubinga
Tipo: Dissertação
DE_DE
Relevância na Pesquisa
37.29%
Apoptose ist ein physiologischer Prozeß, der unter anderem für die embryonale Entwicklung, das Gleichgewicht von Zellwachstum und Zelluntergang, die Immunregulation und die Tumorregression von zentraler Bedeutung ist. Bei der Induktion von Apoptose spielen diverse Mitglieder der TNFa-Familie eine zentrale Rolle. Fünf der bisher bekannten Rezeptoren (TNF-R, TRAIL-R1, TRAIL R2, TRAMP und CD95/Apo-1) sind durch eine intrazelluläre „Todes-Domäne“ charakterisiert, welche für die Weiterleitung des Apoptose-Signals notwendig ist. Zwei weitere Rezeptoren (TRAIL-R3 und TRAIL-R4) weisen keine derartige intrazelluläre Domäne auf, so daß ihnen eine protektive Funktion zugeschrieben wird. RANK, der membrangebundene Rezeptor für RANKL, besitzt keine Todesdomäne, aktiviert jedoch NF-kB. Die bisher bekannten zytotoxischen Liganden (TNF a, CD95-L, TRAIL) binden an den jeweiligen Rezeptor und aktivieren über eine Rezeptor-Trimerisierung den intrazellulären Apoptose-Effektor-Weg. Mutationen in einigen der genannten Moleküle wurden als pathoäthiologischer Mechanismus für verschiedene lymphoproliferative Syndrome identifiziert. Die Ergebnisse der vorliegenden Arbeit zeigen, dass RANKL eine Schlüsselrolle bei der Doxorubicin-induzierten Apoptose spielt. Für die in vitro-Untersuchungen wurden CEM und PBMC mit 1 mM Doxorubicin inkubiert. Die funktionelle Analyse mittels FACS zeigte...

Freie-Fettsäure-induzierte Apoptose und Proteinkinase C-Expressionsmuster in Endothel- und glatten Muskelzellen humaner Koronararterien; Free fatty acid-induced apoptosis and expression pattern of protein kinase C in endothelial (HCAEC) and smooth muscle cells (HCASMC) of human coronary arteries

Schatz, Ulrike
Fonte: Universidade de Tubinga Publicador: Universidade de Tubinga
Tipo: Dissertação
DE_DE
Relevância na Pesquisa
37.35%
Fragestellung - Apoptose von vaskulären Endothel- und glatten Muskelzellen spielt bei der Pathogenese der Atherosklerose eine entscheidende Rolle. Da freie Fettsäuren in verschiedenen Zelltypen Apoptose induzieren, wurden die Effekte gesättigter und ungesättigter Fettsäuren auf die Apoptose von Endothel- und glatten Muskelzellen humaner Koronararterien untersucht. - Statine entfalten auch Cholesterin-unabhängige gefäßprotektive Wirkungen und können die Apoptose von Gefäßzellen sowohl erhöhen als auch erniedrigen. Deshalb wurde der Einfluss des Statins Atorvastatin auf die Lipoapoptose von Endothel- und glatten Muskelzellen humaner Koronar-arterien geprüft. - Um die mögliche Rolle der multifunktionalen Proteinkinase C (PKC) bei der Apoptose von Endothel- und glatten Muskelzellen humaner Koronararterien abzuklären, wurden das PKC-Expressionsmuster und die Effekte ver-schiedener Proteinkinase C-Inhibitoren untersucht. Material und Methodik - Apoptoseraten wurden durch Analyse des Zellzyklus (subG1-DNA-Gehalt) bestimmt. - PKC-Expressionsmuster wurden mit Isoform-spezifischen Antikörpern und Western Blots sowie mit Light Cycler PCR analysiert. - Intrazelluläre PKC-Verteilung wurde mit konfokaler Lasermikroskopie und Isoform-spezifischen Antikörpern ermittelt. Ergebnisse - In beiden Zelltypen induzierten die gesättigten Fettsäuren Palmitat (16:0) und Stearat (18:0) Apoptose...

Identifizierung Apoptose-induzierender Alkaloide der Pflanze Chelidonium Majus und des Präparates Ukrain in einem Lymphom-Modell; Identification of apoptosis-inducing alkaloids of Chelidonium Majus and the drug preparation Ukrain in a lymphoma model

Habermehl, Daniel Frédéric
Fonte: Universidade de Tubinga Publicador: Universidade de Tubinga
Tipo: Dissertação
DE_DE
Relevância na Pesquisa
37.36%
Für das Krebsmedikament Ukrain, von Herstellerseite als semisynthetisches Derivat aus dem Schöllkraut-Alkaloid Chelidonin und dem Alkylanz Thiotepa beschrieben, wurde eine selektive zytotoxische Wirkung auf humane Tumor-Zelllinien in vitro beschrieben. Auch einige klinische Studien berichten über eine positive Wirkung des Präparates in der onkologischen Therapie. Allerdings werden Wirksamkeit und Zusammensetzung des Präparates kontrovers diskutiert. Ziel der vorliegenden Arbeit war die Analyse der Bedeutung der Apoptose-Induktion für die potentielle anti-neoplastische Aktivität von Ukrain sowie der zugrunde liegenden molekularen Mechanismen der Zelltodinduktion. Weiterhin sollten in Zusammenarbeit mit dem Institut für Klinische Pharmakologie des Universitätsklinikums Tübingen die chemischen Bestandteile des Präparates analysiert werden. Die Induktion der Apoptose wurde in einem Jurkat T-Lymphom-Modell mit Hilfe von Fluoreszenz-Mikroskopie (Chromatin-Kondensierung und nukleäre Fragmentierung), Durchflusszytometrie (Änderung der Zellmorphologie, Depolarisation des mitochondrialen Membranpotentials, Caspasen-Aktivierung) und Western-Blot-Analysen (Caspasen-Aktivierung, PARP-Spaltung) untersucht. Die chemische Analyse von Ukrain sowie eines nativen Schöllkrautextrakts erfolgte mittels Massenspektrometrie und LC-MS-Kopplung (Datenmaterial Dr. Bernd Kammerer...