Página 1 dos resultados de 31 itens digitais encontrados em 0.003 segundos

Estudo eletromiográfico do músculo masseter durante o apertamento dentário e mastigação habitual em adultos com oclusão dentária normal; Electromyographic study of the masseter muscle during maximal voluntary clenching and habitual chewing in adults with normal occlusion

RAHAL, Adriana; GOFFI-GOMEZ, Maria Valéria Schmidt
Fonte: Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia Publicador: Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
36.79%
OBJETIVO: Analisar a diferença entre os lados na atividade eletromiográfica do masseter em indivíduos adultos com oclusão dentária normal. MÉTODOS: Foram avaliados 30 indivíduos saudáveis entre 21 e 30 anos e realizou-se eletromiografia de superfície nos músculos masseteres direito e esquerdo, durante apertamento em máxima intercuspidação e mastigação habitual com uva passa. Foram computados os valores médios dos três apertamentos dentários e dos 15 segundos da mastigação habitual para cada indivíduo. Foram considerados para a análise: o lado de maior valor e o de menor valor eletromiográfico. RESULTADOS: Durante o apertamento dentário, a diferença média entre os dois lados foi de 20,0 microvolts (μV) com intervalo de confiança (95%) entre 14,0 e 26,0 μV e durante a mastigação habitual, a diferença média entre os dois lados foi de 10,3 μV com intervalo de confiança (95%) entre 6,7 e 13,8 μV. CONCLUSÃO: Houve diferença estatisticamente significante entre os lados, com relação entre eles de 24% para o apertamento dentário e de 27% para a mastigação habitual, em indiv duos adultos saudáveis.; PURPOSE: To analyze the difference between both sides of the face during the electromyographic activity of the masseter muscle in adults with normal occlusion. METHODS: Thirty healthy individuals with ages ranging from 21 to 30 years old were selected. Surface electromyography was performed on right and left masseter muscles during maximal voluntary clenching and habitual chewing with raisins. The mean values of three teeth clenching and fifteen seconds of habitual chewing were calculated for each subject. The analysis considered the sides with higher and lower electromyographic activity. RESULTS: During maximal voluntary clenching...

Freqüência de relatos de parafunções nos subgrupos diagnósticos de DTM de acordo com os critérios diagnósticos para pesquisa em disfunções temporomandibulares (RDC/TMD); Frequency of relates of parafunctions in the diagnostic subgroups of TMD according to research diagnostic criteria for temporomandibular disorders (RDC/TMD)

BRANCO, Raquel Stumpf; BRANCO, Carla Stumpf; TESCH, Ricardo de Souza; RAPOPORT, Abrão
Fonte: Dental Press Editora Publicador: Dental Press Editora
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
36.53%
INTRODUÇÃO: as disfunções temporomandibulares (DTM) podem ser definidas como um conjunto de condições dolorosas e/ou disfuncionais, que envolvem os músculos da mastigação e/ou as articulações temporomandibulares (ATM). Um dos meios usados para o diagnóstico é o "Critério Diagnóstico para Pesquisa em Disfunções Temporomandibulares" (RDC/TMD). Hábitos parafuncionais são aqueles não relacionados à execução das funções normais do sistema estomatognático. O bruxismo é caracterizado por atividade parafuncional noturna involuntária dos músculos mastigatórios, enquanto o apertamento dentário é considerado uma parafunção diurna envolvendo esta musculatura, embora possa ocorrer também à noite. OBJETIVOS: o objetivo do presente estudo foi avaliar a freqüência do relato de parafunções orais diurna e/ou noturna em pacientes com DTM nos diferentes subgrupos diagnósticos do RDC/TMD. METODOLOGIA: foram utilizados dados provenientes de 217 pacientes que procuraram tratamento na Clínica de DTM e Dor Orofacial da Faculdade de Medicina de Petrópolis, sendo avaliados através do questionário e exame físico que compõem o RDC/TMD. RESULTADOS: dos 182 pacientes com DTM estudados, 76,9% relataram algum tipo de parafunção...

Electromyographic activity of masticatory muscles in women with osteoporosis

SIÉSSERE, Selma; SOUSA, Luiz Gustavo de; LIMA, Naira de Albuquerque; SEMPRINI, Marisa; VASCONCELOS, Paulo Batista de; WATANABE, Plauto Christopher Aranha; RANCAN, Sandra Valéria; REGALO, Simone Cecilio Hallak
Fonte: Fundação Odontológica de Ribeirão Preto Publicador: Fundação Odontológica de Ribeirão Preto
Tipo: Artigo de Revista Científica
ENG
Relevância na Pesquisa
26.81%
The purpose of this study was to analyze the electromyographic (EMG) activity and the maximal molar bite force in women diagnosed with osteoporosis in the maxillary and mandibular regions, considering the habits and conditions that lead to development of generalized skeletal bone loss, including on face bones, can disturb the functional harmony of the stomatognathic system. Twenty-seven women with mandibular and maxillary osteoporosis and 27 healthy controls volunteered to participate in the study. A 5-channel electromyographer was used. Muscle activity was evaluated by means of EMG recordings of the masticatory musculature (masseter and temporalis muscles, bilaterally) during the following clinical conditions: rest (5 s); right and left lateral excursions (5 s); protrusion (5 s); maximal dental clenching on Parafilm™ (4 s) and maximal voluntary contraction (4 s). This latter clinical condition was used as the normalization factor of the sample data. It was observed that individuals with osteoporosis presented greater EMG activity when maintaining mandible posture conditions and less activity during dental clenching and when obtaining maximal molar bite force. It may be concluded that facial osteoporosis can interfere on the patterns of masticatory muscle activation and maximal bite force of the stomatognathic system.; Este estudo teve como objetivo analisar a atividade eletromiográfica e a força de mordida molar máxima de indivíduos diagnosticados com osteoporose na região maxilar e mandibular...

"Um estudo da etiologia das alterações dos ligamentos estilohióide (síndrome de Eagle) e estilomandibular ( síndrome de Ernest) e suas relações com as DCMs" ; An etiological study of the alterations of stylohyoid ligament (Eagle’ s syndrome) and stylomandibular ligament (Ernest syndrome); and the relationship between them and the TMJD

Yamaguchi, Claudio Akira
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 15/09/2005 PT
Relevância na Pesquisa
26.45%
Esta pesquisa teve como objetivo geral aprofundar os conhecimentos sobre a Síndrome de Eagle e a Síndrome de Ernest, a fim de obter dados clínicos e científicos que permitissem ao clínico um diagnóstico mais efetivo destas, suas relações com as desordens craniomandibulares (DCMs) e a possível conduta clínica frente a essas síndromes. Por se tratarem de patologias que apresentam sintomatologia dolorosa e sinais e sintomas semelhantes àqueles da disfunção temporomandibular, tornam-se fatores complicadores do diagnóstico e do tratamento em si. Fatores etiológicos como estresse, traumas na região de cabeça, injúrias mandibulares, acidentes automobilísticos, cirurgias ou tratamentos dentais, entubação, amidalectomia e bruxismo ou apertamento dental foram estudados e desenvolvidos no presente trabalho, que contribuiu ainda com a apresentação de um recurso semiotécnico simples e importante para avaliação de tais anormalidades, através da análise de radiografias panorâmicas. Das 1063 radiografias panorâmicas analisadas, constatou-se a presença de alterações na cadeia estilohióidea em 86 delas, as quais foram reavaliadas e os respectivos pacientes submetidos a um questionário de avaliação médica. Os resultados nos levaram à conclusão de que fatores como injúrias mandibulares e traumas na região de cabeça e pescoço podem ser os prováveis fatores causadores das alterações na cadeia estilohióidea...

Avaliação eletromiográfica dos músculos masseter e temporal e cefalométrica em norma lateral de crianças submetidas à expansão maxilar com o aparelho quadri-hélice; Electromyographic evaluation of masseter and temporal muscles and cephalometric study in children submitted to maxillary expansion with quad-helix appliance

Monteiro, Patricia Maria
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 14/11/2007 PT
Relevância na Pesquisa
26.88%
O objetivo do presente estudo foi avaliar a atividade eletromiográfica dos músculos masseter e temporal e o comportamento esquelético e dental de crianças submetidas à expansão maxilar com o aparelho quadri-hélice. A amostra foi composta por doze crianças (10 meninas e 2 meninos), com idade média de 7 anos e 4 meses, portadoras de mordida cruzada posterior unilateral. Foram realizados traçados cefalométricos laterais antes do início do tratamento (T1) e após a remoção do aparelho (T2). A atividade eletromiográfica dos músculos masseter e temporal foi analisada nas situações clínicas de repouso muscular, apertamento dental máximo e mastigação não habitual e habitual, antes do início do tratamento (T1) e um mês após a remoção do aparelho quadri-hélice (T2). As medidas cefalométricas e eletromiográficas foram submetidas à análise estatística utilizando os programas GraphPad Prism e SPSS for Windows, respectivamente. A diferença das médias T1 e T2 foi avaliada pelo teste-t para medidas repetidas. Os resultados da análise cefalométrica mostraram que a expansão maxilar com o aparelho quadri-hélice não promoveu alterações esqueléticas ântero-posteriores e verticais significantes. Apenas a medida 1-PP apresentou aumento significante dentre as avaliadas no padrão dental. Na condição clínica de repouso...

Efeito da perda dental na atividade eletromiográfica da musculatura da mastigação e na força de mordida máxima; Effect of dental loss in electromyography activity in masticatory muscles and maximal bite force

Rosa, Lâner Botrel
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 10/12/2007 PT
Relevância na Pesquisa
46.61%
A perda dental promove alterações no sistema mastigatório, que podem afetar a parte óssea, a mucosa bucal e o controle muscular. O objetivo deste trabalho foi verificar a força de mordida máxima, a atividade eletromiográfica em diversas situações clínicas e a força de mordida máxima correlacionada com atividade eletromiográfica em 28 indivíduos, sendo 14 parcialmente desdentados e 14 indivíduos dentados. A eletromiografia foi realizada com o Myosystem-Br1, com os eletrodos posicionados nos músculos masseter e temporal, direito e esquerdo e um eletrodo de referência no osso frontal. Os registros da força de mordida foram realizados após os testes eletromiográficos utilizando um dinamômetro com capacidade até 100Kgf, adaptado às condições bucais. O maior valor entre três registros executados foi considerado a força máxima da mordida do indivíduo. Realizou-se a análise estatística dos dados eletromiográficos por meio do teste t com o programa SPSS 12.0. Para a análise entre força de mordida e atividade eletromiográfica foi utilizado o teste de correlação bivariada de Pearson. Verificou-se que a atividade eletromiográfica dos músculos masseter e temporal nos indivíduos parcialmente desdentados foi maior nas condições clínicas de repouso...

Análise eletromiográfica dos músculos temporal e masseter e força de mordida em indivíduos com disfunção temporomandibular muscular antes e após tratamento com acupuntura; Electromyographic analysis of masseter and temporal muscles in individuals with temporomandibular disorders before and after acupuncture treatment

Rancan, Sandra Valéria
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 07/05/2008 PT
Relevância na Pesquisa
26.68%
O protocolo de atendimento aos indivíduos com dor orofacial, incluindo as disfunções temporomandibulares (DTMs), varia de acordo com o nível de comprometimento das estruturas, com a sintomatologia clínica e o tempo de instalação do problema. Tratamentos conservadores e reversíveis, tais como modificação de comportamento, terapia física, medicações e aparelhos ortopédicos funcionais são indicados para o cuidado inicial de quase todas as disfunções. As opções conservadoras de tratamento incluem: educação do paciente e autocuidados, agentes farmacológicos, terapia física e agentes físicos como a eletroterapia, o ultra-som e a acupuntura. Nos últimos anos, o interesse pelo uso da acupuntura na Odontologia tem aumentado, pois, a teoria do portão para controle da dor e o sistema de liberação de endorfinas, mecanismos fisiológicos envolvidos na acupuntura, têm sido demonstrados em pesquisas com animais e humanos. Com esta proposta de investigação científica pode-se comparar o que ocorre no processo da atividade elétrica dos músculos mastigadores em indivíduos portadores de disfunção temporomandibular muscular submetidos a tratamento com acupuntura. O objetivo deste trabalho é analisar e descrever as características funcionais dos músculos temporais e masseteres de pacientes portadores de disfunções temporomandibulares musculares e realizar um estudo comparativo da atividade eletromiográfica desses músculos e da força de mordida máxima...

Efeito do uso da placa oclusal resiliente em indivíduos portadores de disfunção temporomandibular - avaliação clínica e eletromiográfica; The effects of the resilient occlusal splint use in individuals with temporomandibular dysfunction clinical evaluation and electromyographic

Silva, Ana Maria Bettoni Rodrigues da
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 30/04/2009 PT
Relevância na Pesquisa
26.84%
Para melhor compreender a fisiopatologia que afeta a musculatura do sistema estomatognático, a análise eletromiográfica dos músculos da mastigação tem sido incluída em muitos estudos. A eletromiografia (EMG) permite verificar e avaliar a eficácia muscular, entre os músculos de ambos os lados do corpo (simetria) e entre pares de músculos, com um possível efeito de desvio lateral da mandíbula (torque) (Ferrario et al., 1999, 2002). O objetivo desse trabalho foi estudar por meio da EMG de superfície os músculos masseter (porção superficial) e temporal (porção anterior) bilateralmente, e verificar o efeito do uso da placa oclusal resiliente, como um dos recursos para o tratamento das desordens temporomandibulares (DTMs), e comparar com um grupo controle. Foram envolvidos 23 indivíduos com sinais e sintomas de DTM, avaliados clinicamente, que receberam depois tratamento com placas oclusais resilientes. Para estabelecer a presença ou ausência de DTM, foi utilizado o Research Diagnostic Criteria for Temporomandibular Disorders (RDC/TMD); além de registrar a atividade EMG dos músculos masseter e temporal, bilateralmente, antes (inicial Etapa 1), 30 (Etapa 2) e 60 dias após o uso da placa oclusal resiliente (Etapa 3) (Pettengill et al....

Eletromiografia dos músculos temporais e masseteres em pacientes com disfunção temporomandibular tratados com placa interoclusal; Electromyography of the temporal and masseter muscles in patients with temporomandibular disorders treated with interocclusal splint

Crosio, Daniel Mazzetto
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 05/03/2010 PT
Relevância na Pesquisa
26.53%
Os objetivos do presente estudo foram analisar os efeitos do tratamento de pacientes com Desordem temporomandibular (DTM) articular crônica com a placa interoclusal estabilizadora modelo Michigan por meio dos índices eletromiográficos POC dos temporais, POC dos masseteres, TORS, ASSIM, Ativação, Ativação absoluta, TORQUE, Impacto, em máximo apertamento dental voluntário (MCV) em máxima intercuspidação habitual (MIH) e máximo apertamento voluntário com algodão entre os dentes (MAA). Foram também analisados os sinais e sintomas de DTM. Participaram do estudo 20 sujeitos, jovens e adultos, sendo 10 com DTM articular crônica, que receberão tratamento com placa oclusal modelo Michigan (Grupo DTM) e 10 sujeitos sem sinais e sintomas de DTM (Grupo Controle). Os sujeitos passarão por exame clínico e responderão ao Protocolo para Determinação dos Sinais e Sintomas de DTM para Centros Multiprofissionais (Felício et al., 2006). Os registros e cálculos dos índices eletromiográficos serão realizados com o Eletromiógrafo Freely de oito canais (De Götzen srl; Legano, Milano, Italy). Foram comparados os dados do grupo DTM na fase de diagnóstico (FD) e na fase final (FF) de tratamento, bem como os dados deste grupo com os do grupo controle. Para os dados expressos em nível intervalar de mensuração...

Estudo in vivo da etiologia das lesões cervicais não cariosas; In vivo study of the etiology of noncarious cervical lesions

Aguiar, Livia Maria Dante
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 13/09/2012 PT
Relevância na Pesquisa
36.57%
As lesões cervicais não cariosas (LCNCs) são caracterizadas pela perda de estrutura dental no terço cervical dos dentes, que se origina a partir de mecanismos não relacionados com o processo de cárie. Este trabalho buscou investigar a correlação das LCNCs (severidade e acometimento), com os seguintes fatores: idade, sexo, dieta, hábitos parafuncionais, hábitos de higiene dental, distúrbios gástricos e aspectos oclusais. Foram estudados cinquenta pacientes (36 mulheres e 14 homens), com idades entre 20 e 62 anos (média de 40.9 anos). A avaliação consistiu na aplicação de questionários e exame clínico intraoral. Um índice de desgaste dental foi utilizado para classificação da severidade das LCNCs e do desgaste da borda incisal/face oclusal. Os resultados mostraram que os primeiros pré-molares (20,5%), segundos pré-molares (19,5%), caninos (14%), primeiros molares (13,9%) e segundos molares (11,6%) foram os dentes mais acometidos pelas LCNCs. Foi constatada correlação positiva entre idade e o percentual de dentes acometidos, ou seja, quanto maior a idade do paciente, maior foi o percentual de dentes acometidos com LCNC (p=0,003). Foi constatado que os pacientes com ingestão diária de alimentos e bebidas ácidas apresentaram relação significante com a severidade das LCNCs (p=0...

O efeito da espessura da placa interoclusal sobre a atividade elétrica e a temperatura dos músculos temporal anterior e masseter durante o repouso e o apertamento dental

Pita, Murillo Sucena
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 189 f. : il. + 1 CD-ROM
POR
Relevância na Pesquisa
47.14%
Pós-graduação em Odontologia - FOA; O aumento da atividade muscular, induzido pelo apertamento dental, pode ser considerado como fator etiológico ou agravante das desordens temporomandibulares (DTMs), e essa atividade tem sido explorada de maneira direta através da eletromiografia e indiretamente pela variação da temperatura superficial cutânea sobre os músculos mastigatórios. As placas oclusais são os métodos não-invasivos mais utilizados para o tratamento das DTMs, particularmente as que afetam os músculos mastigatórios, objetivando a redução dessa hiperatividade muscular. Entretanto, há controvérsias em relação ao estabelecimento da sua espessura ideal. O objetivo do presente estudo, foi determinar o efeito da espessura de placas miorrelaxantes (3 mm e 6 mm) sobre a atividade elétrica e a temperatura dos músculos temporal anterior e masseter durante o repouso e o apertamento dental, considerando-se a condição assintomática de 20 indivíduos (10 homens e 10 mulheres) selecionados através do questionário Research Diagnostic Criteria (RDC). Os registros eletromiográficos foram realizados por meio do software “Bio EMG” (Biopack – System Bio-Research) e a temperatura das superfícies musculares realizada com o auxílio de um termômetro digital infravermelho (ICEL TD-971)...

Estudo da prevalencia e etiologia de disturbios da ATM em adultos jovens

Paulo Antonio de Oliveira
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 10/12/2001 PT
Relevância na Pesquisa
26.76%
Foi propósito deste trabalho avaliar a prevalência de distúrbios da Articulação Têmporo Mandibular (DATM), em jovens universitários em uma amostra padronizada (n = 178) e relacionar prováveis agentes etiológicos. A metodologia utilizada para obtenção de dados foi questionário, exame clínico e eletrovibratografia computadorizada. A prevalência de distúrbios de ATM foi de 42,70% (76) sendo 31,46% (56) do sexo feminino e 11,24% (20) do sexo masculino; para dor 16,29% (29) sendo 9,55% (17) do sexo feminino e 6,74% (12) do sexo masculino; ruídos articulares 17,98% (32) sendo 14,61% (26) do sexo feminino e 3,37% (6) do sexo masculino; dor e ruído articular foi de 8,43% (15) sendo 7,30% (13) do sexo feminino e 1,12% (2) do sexo masculino. Para a etiologia dos distúrbios foram encontrados hipermobilidade articular sistêmica, apertamento dental, correção ortodôntica anterior e tensão emocional. A prevalência de portadores de hipermobilidade na amostra foi de 44,94% (80) sendo 31,46% (56) do sexo feminino e 13,48% (24) do sexo masculino. Destes apresentaram DATM 21,91% (39) sendo 17,42% (31) do sexo feminino e 4,49% (8) do sexo masculino; quanto ao apertamento 44,94% (80) apertavam dentes sendo 35,96% (64) do sexo feminino e 8...

Efeito da estimulação eletrica nervosa transcutanea sobre a atividade eletromiografica dos musculos da mastigação em individuos portadores de desordem temporomandibular

Delaine Rodrigues Bigaton
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 25/10/2002 PT
Relevância na Pesquisa
27.07%
A desordem temporomandibular (DTM) é caracterizada por diversos sinais e sintomas, dentre eles a dor e alteração na atividade eletromiográfica dos músculos mastigatórios. Assim sendo, esse trabalho composto por dois artigos, teve como objetivo: 1) identificar as alterações do sinal eletromiográfico presentes nos indivíduos portadores de DTM nas situações de repouso e contração voluntária de máximo apertamento dental e avaliar o efeito da estimulação elétrica nervosa transcutânea (TENS) sobre a dor e a atividade eletromiográfica colhida nas situações anteriormente citadas; 2) detectar as alterações no padrão de ativação dos músculos mastigatórios dos indivíduos portadores de DTM e avaliar o efeito da TENS nesta situação. Para tal, foram selecionados 40 voluntários do sexo feminino, sendo 20 portadores de DTM - grupo experimental (x=23,04 :t 3,5) - e 20 normais - grupo controle (x=23,3 :t 3). A TENS (pulso quadrático bifásico simétrico, 150 Hz, 20 _s, intensidade agradável, modulação em freqüência-50%) foi aplicada uma vez em ambos os grupos, por 45 mino O exame eletromiográfico (EMG) colhido por meio de um sistema de aquisição de sinais (Condicionador de sinais, MCS-V2 Lynx Tecnologia Eletrônica Ltda)...

Estudo eletromiografico das partes anterior media e posterior do musculo temporal na cinetica mandibular; Electromyographic study of anterior, medium and posterior parts in mandibular cinetic

Mirian Hideko Nagae
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 18/02/2007 PT
Relevância na Pesquisa
26.37%
Este estudo teve por finalidade investigar por meio da eletromiografia de superfície a atividade elétrica, unilateral direita das partes anterior, média e posterior do músculo temporal, na situação postural de repouso mandibular, durante a contração voluntária máxima (CVM) e nos movimentos de abaixamento leve e máximo mandibular, propulsão, retropulsão, protrusão, retrusão, lateralidade homolateral direita e lateralidade contralateral. Foram investigados 21 sujeitos, gênero masculino, Classe I de Angle, com faixa etária entre 18 e 40 anos, tricotomizados, sem história de Disfunção Temporomandibular, bruxismo e/ou apertamento dental. O equipamento utilizado foi o eletromiógrafo Myosystem I da DataHominis Tecnologia Ltda, 12 canais, 12 bites de resolução, CMRR de 112dB @ 60Hz com módulo de conexão para eletrodos passivos, ajuste para ganho entre 1 a 16.000 vezes, filtro Butterworth, passa alta de 15Hz e passa baixa de 1KHz, placa conversora A/D, modelo PCI-DAS 1200, Myosystem da Prosecon Ltda. O eletrodo de referência foi fixado junto ao osso externo do voluntário e para a captação dos sinais foi utilizado eletrodo de superfície passivo, descartável, bipolar da NoraxonÒ USA Inc, modelo 272, formato circular...

Mordida cruzada posterior e expansão rapida da maxila na fase da dentição mista : avaliação eletromiografica, ultrassonografica e cefalometrica; Posterior crossbite and rapid maxillary expansion in mixed dentition stage : electromyographic, ultrassonographic and cephalometric

Moara De Rossi
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 05/02/2010 PT
Relevância na Pesquisa
26.76%
O objetivo dessa tese, composta por três artigos, foi avaliar a musculatura mastigatória de crianças com mordida cruzada posterior (MCP) antes e após a expansão rápida maxila (ERM); bem como verificar se há diferenças esqueléticas, verticais e sagitais, com o uso do aparelho disjuntor bandado ou colado com cobertura oclusal de acrílico. Nos artigos 1 e 2, 55 crianças (entre 6 e 10 anos de idade, de ambos os gêneros) foram divididas em três grupos: grupo controle (normoclusão, n=24), grupo MCP unilateral (n=18) e grupo MCP bilateral (n=13). As crianças com MCP foram submetidas à ERM com o uso do disjuntor do tipo Hyrax modificado. Exames de ultrassonografia (US) e eletromiografia (EMG) de superfície foram realizados inicialmente (T1) nos três grupos. Nas crianças com MCP, a avaliação foi repetida aproximadamente quatro meses após a ERM (T2). Os dados foram comparados intragrupos (entre lados e entre T1 e T2) e intergrupos (em T1 e T2). No artigo 1, a espessura US e a atividade EMG dos músculos mastigatórios foram analisadas durante o repouso e apertamento dental. Uma possível correlação entre EMG e US também foi analisada. Os resultados mostraram que: a espessura muscular dos grupos MCP, em T1 e T2, foi semelhante a do controle; a atividade EMG do grupo MCP bilateral apresentou algumas diferenças em relação aos outros dois grupos durante o repouso...

Freqüência de relatos de parafunções nos subgrupos diagnósticos de DTM de acordo com os critérios diagnósticos para pesquisa em disfunções temporomandibulares (RDC/TMD)

Branco,Raquel Stumpf; Branco,Carla Stumpf; Tesch,Ricardo de Souza; Rapoport,Abrão
Fonte: Dental Press Editora Publicador: Dental Press Editora
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2008 PT
Relevância na Pesquisa
36.53%
INTRODUÇÃO: as disfunções temporomandibulares (DTM) podem ser definidas como um conjunto de condições dolorosas e/ou disfuncionais, que envolvem os músculos da mastigação e/ou as articulações temporomandibulares (ATM). Um dos meios usados para o diagnóstico é o "Critério Diagnóstico para Pesquisa em Disfunções Temporomandibulares" (RDC/TMD). Hábitos parafuncionais são aqueles não relacionados à execução das funções normais do sistema estomatognático. O bruxismo é caracterizado por atividade parafuncional noturna involuntária dos músculos mastigatórios, enquanto o apertamento dentário é considerado uma parafunção diurna envolvendo esta musculatura, embora possa ocorrer também à noite. OBJETIVOS: o objetivo do presente estudo foi avaliar a freqüência do relato de parafunções orais diurna e/ou noturna em pacientes com DTM nos diferentes subgrupos diagnósticos do RDC/TMD. METODOLOGIA: foram utilizados dados provenientes de 217 pacientes que procuraram tratamento na Clínica de DTM e Dor Orofacial da Faculdade de Medicina de Petrópolis, sendo avaliados através do questionário e exame físico que compõem o RDC/TMD. RESULTADOS: dos 182 pacientes com DTM estudados, 76,9% relataram algum tipo de parafunção...

Efeito da reabilitação dental por meio de próteses totais na atividade eletromiográfica dos músculos masseter e supra-hióideos

Calado, Taciana Figueirêdo de Luna; Amorim Júnior, Adelmar Afonso de (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
36.37%
A eletromiografia envolve a detecção e o registro de potenciais elétricos de fibras musculares esqueléticas, sendo então o exame padrão ouro na avaliação do funcionamento muscular. Somando a utilidade da eletromiografia ao fato de existirem estudos que relatam alterações musculares em indivíduos desdentados totais, e ainda, de que poucas pesquisas foram realizadas para verificar as mudanças no funcionamento muscular devido à reabilitação com próteses totais, o objetivo desse trabalho foi analisar o efeito dessa reabilitação na atividade eletromiográfica do masseter e supra-hióideos durante o repouso, o apertamento dental máximo, a máxima abertura de boca e a mastigação habitual. As avaliações foram feitas antes e após três meses da adaptação das próteses bimaxilares totais. Este trabalho teve como população de estudo 25 edentulos totais, sendo 6 do sexo masculino e 19 do sexo feminino, com média de idade de 63,28 anos, os quais estavam vinculados a clínicas de próteses totais para confecção e adaptação de próteses bimaxilares totais. Após a reabilitação protética, os resultados mostraram que, em relação aos músculos masseteres, houve mudanças na atividade eletromiográfica nas provas de repouso e na mastigação habitual. Na posição de repouso...

Protocolo de Biofeedback para pacientes com dor muscular na região orofacial por apertamento dental parafuncional

Medeiros, Cyntia Galvão Gomes de
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
67.24%
O apertamento dental parafuncional ou bruxismo pode estar relacionado a quadros clínicos de Desordem Temporomandibular (DTM), representando um fator etiológico e de manutenção desta. O objetivo deste trabalho foi desenvolver um protocolo de terapia de miofeedback e avaliar a sua aplicação em portadores de dor orofacial de origem muscular desencadeada por apertamento dental parafuncional. Foram selecionados 10 pacientes do gênero feminino que foram submetidos à anamnese, exame clínico intra e extra-oral e preenchimento do Índice Clínico de Fonseca, que classificou 50% das pacientes com disfunção moderada e 50% severa. Foi aplicada a Escala Visual Analógica (EVA) e realizada a avaliação da atividade eletromiográfica do músculo masseter durante a contração voluntária máxima (CVM), contato dental e repouso, em um momento inicial, após a terapia de miofeedback e 30 dias de acompanhamento. Os resultados demonstraram que os pacientes apresentavam, no final do tratamento e após 30 dias de acompanhamento, redução dos níveis de dor em 100% dos casos, bem como aumento da atividade eletromiográfica do masseter, em 80% dos pacientes, em CVM. Pode-se concluir que a terapia por miofeedback desenvolvida é capaz de reduzir a sintomatologia dolorosa e interferir na atividade muscular...

Correlação entre prevalência de disfunção temporomandibular, variáveis oclusais, hábitos parafuncionais e tratamento ortodôntico em universitários

Ferreira, Fabiane Maria
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
26.92%
O objetivo deste estudo foi determinar prevalência de Disfunção Temporomandibular (DTM) entre alunos da Universidade Federal de Uberlândia, e ainda correlacionar tal prevalência com variáveis oclusais, hábitos parafuncionais, e tratamento ortodôntico prévio. Obteve-se amostra de 201 universitários após aplicação dos critérios de inclusão e exclusão. Foi realizado preenchimento do critério diagnóstico denominado Research Diagnostic Criteria (RDC), que possibilitou classificar os universitários em dois grupos: portadores de dor miofascial (G-DM) e/ou portadores de deslocamento de disco (G-DD). Durante análise oclusal, considerou-se alterações morfológicas: overjet e overbite acentuados, mordida cruzada e mordida aberta, enquanto discrepância entre posição de relação cêntrica (RC) e máxima intercuspidação habitual (MIH), interferências latero e mesiotrusivas, interferência durante protrusão e limitação de abertura bucal, foram considerados distúrbios funcionais. Bruxismo, apertamento dental, e realização de tratamento ortodôntico prévio foram considerados apenas pelo auto-relato de cada participante. Testes X2 e análise de regressão logística foram utilizados para tratamento estatístico dos dados. Dor miofascial estava presente em 18...

Influência do toro mandibular na atividade eletromiográfica dos músculos da mastigação; Influence of mandibular torus on electromyographic activity of the mastication muscles

Silva, José Mendes da
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 07/08/2014 PT
Relevância na Pesquisa
26.76%
O toro é uma excrescência óssea convexa, com crescimento lento, considerado de origem congênita, benigno, também denominado de exostose, com pouca significância clínica, sendo necessária sua remoção quando dificulta a confecção de prótese totais, parciais ou removíveis e a posição da língua, interferindo na fala ou ainda, dificultam a intubação cirúrgica. O objetivo deste trabalho foi analisar, por meio da eletromiografia, o padrão de comportamento (morfológico e funcional) da atividade dos músculos masseter e temporal nas condições posturais da mandíbula como o Repouso, Protrusão, Máxima Interscupidação Habitual (MIH), Apertamento Dental com Parafilme M®, Lateralidades Direita e Esquerda. O presente estudo também propôs analisar a eficiência dos ciclos mastigatórios e para tanto, foi utilizado a avaliação da mastigação habitual e não habitual por meio da integral da envoltória do sinal eletromiográfico obtido dos músculos masseter e temporal durante a mastigação habitual de uvas passas e amendoim e da mastigação não-habitual de Parafilme M®, considerando a presença ou não do toro mandibular. Diante dos resultados obtidos no presente trabalho foi possível concluir que, de um modo geral...