Página 1 dos resultados de 3 itens digitais encontrados em 0.000 segundos

A social-democracia do MAS boliviano

Reis,Guilherme Simões
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2013 PT
Relevância na Pesquisa
17.11%
O partido MAS, que governa a Bolívia e é liderado pelo presidente Evo Morales, geralmente é classificado como populista ou como revolucionário. Este artigo contesta ambos os diagnósticos, e sustenta que o MAS é um partido social-democrata. Tanto em sua gênese, como em seu comportamento na oposição, como em suas políticas no governo, o MAS apresenta todas as características necessárias para ser classificado como um representante da social-democracia. Para contestar os diagnósticos predominantes na literatura, o argumento desenvolve-se aplicando três distintas abordagens sobre a social-democracia. Uma comparação histórico-ideológica com os partidos tradicionalmente apontados como social-democratas mostra que o MAS assemelha-se a eles tanto em sua origem fortemente sindical como no tipo de mudança que introduziu na política do país. Uma análise institucional mostra que não procedem as acusações de que é antissistema e contrário à democracia, características associadas tanto aos "populistas", de acordo com "teóricos das duas esquerdas latino-americanas", como aos partidos adeptos da "revolução violenta". Por fim, uma análise das políticas adotadas pelo MAS no governo indica que estão alinhadas com aquelas consideradas como social-democráticas no contexto de integração dos mercados globais. Argumenta-se no texto que o MAS não é em geral classificado como social-democrata...

A Gestão Pública danificada: uma análise pelo pensamento organizacional crítico à luz da dialética negativa; The damaged public management: an analysis through critical organizational thinking lighted by negative dialectic

Zwick, Elisa
Fonte: Programa de Pós-Graduação em Administração; UFLA; brasil; Departamento de Administração e Economia Publicador: Programa de Pós-Graduação em Administração; UFLA; brasil; Departamento de Administração e Economia
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em 02/10/2015 POR
Relevância na Pesquisa
27.9%
The aim of this thesis is to critically analyze the theoretical grounds that govern the Brazilian Public Management. Based on the negative dialectic method proposed by Adorno (2009), we argue that the historical and ideological processes that support the theoretical assumptions which guide the practices of the Brazilian Public Management are the source and expression of his damaged character, therefore requiring denaturalization. Our critical perspective, related to the Public Management, is based on an interdisciplinary approach. Moreover our analyses mediated by a critical organizational thinking, associated with the Critical Theory, and are sustained by a sociological critic of the public management. The intent of the second chapter is to establish the theoretical and methodological approach of this work. In this way we choose to begin its explanation with a critical bases research following the lead up to the negative dialectic as the method to criticize the Brazilian public management. The primordial elements in Adorno’s method - nonidentical, anti-system, semi-formation, object primacy, instrumental rationality, mimesis and expression, immanent critique - all of them fundamental for subsequent analysis are introduced and enlightened in the third chapter. At the end of this chapter the constellations that are important to this work are presented: colonialism...

A social-democracia do MAS boliviano

Reis, Guilherme Simões; Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (Unirio)
Fonte: UFPR Publicador: UFPR
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/12/2013 POR
Relevância na Pesquisa
17.11%
O partido MAS, que governa a Bolívia e é liderado pelo presidente Evo Morales, geralmente é classificado como populista ou como revolucionário. Este artigo contesta ambos os diagnósticos, e sustenta que o MAS é um partido social-democrata. Tanto em sua gênese, como em seu comportamento na oposição, como em suas políticas no governo, o MAS apresenta todas as características necessárias para ser classificado como um representante da social-democracia. Para contestar os diagnósticos predominantes na literatura, o argumento desenvolve-se aplicando três distintas abordagens sobre a social-democracia. Uma comparação histórico-ideológica com os partidos tradicionalmente apontados como social-democratas mostra que o MAS assemelha-se a eles tanto em sua origem fortemente sindical como no tipo de mudança que introduziu na política do país. Uma análise institucional mostra que não procedem as acusações de que é antissistema e contrário à democracia, características associadas tanto aos "populistas", de acordo com "teóricos das duas esquerdas latino-americanas", como aos partidos adeptos da "revolução violenta". Por fim, uma análise das políticas adotadas pelo MAS no governo indica que estão alinhadas com aquelas consideradas como social-democráticas no contexto de integração dos mercados globais. Argumenta-se no texto que o MAS não é em geral classificado como social-democrata...