Página 1 dos resultados de 3653 itens digitais encontrados em 0.005 segundos

Associação da atividade de Lp-PLA2 e de antioxidantes lipossolúveis com marcadores cardiometabólicos em adolescentes; Association of Lp-PLA activity and fat-soluble antioxidants with cardiometabolic markers in adolescents

Silva, Isis Tande da
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 14/10/2011 PT
Relevância na Pesquisa
37.16%
Introdução: A obesidade se caracteriza como um processo oxidativo e inflamatório, que predispõe adolescentes, de modo precoce, a eventos até recentemente pouco frequentes nessa faixa etária. Assim, a ação da enzima Fosfolipase A associada às lipoproteínas (Lp-PLA ), que reduz fosfolipídios oxidados e gera lisofosfolipídios, bem como a disponibilidade de antioxidantes plasmáticos, representam um importante tema de pesquisa no contexto cardiovascular. Objetivo: Verificar se a atividade da LP-PLA 2 2 e a concentração de antioxidantes lipossolúveis se associam com os principais marcadores de risco cardiovascular em adolescentes. Métodos: Duzentos e quarenta e dois adolescentes (10 a 19 anos), de ambos os sexos foram distribuídos, segundo o índice de massa corporal (IMC), em três grupos: Eutróficos (n=77), Sobrepeso (n=82) e Obesos (n=83). A amostra foi caracterizada através de parâmetros sócio-econômicos, estado de saúde, uso de medicamentos, antedecentes familiares de doenças crônicas e prática de atividade física. Foram avaliados ainda os dados antropométricos (peso, altura e composição corporal - bioimpedância), e o consumo alimentar por meio de três recordatórios 24 h. A partir de uma amostra de sangue coletada após jejum (12h)...

Análise dos níveis relativos de transcrição de genes antioxidantes e da cadeia de transporte de elétrons de Aspergillus fumigatus; Transcription relative levels analysis of Aspergillus fumigatus antioxidant and electrons transport chain genes

Rodrigues, Renata Vilela
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 11/01/2013 PT
Relevância na Pesquisa
37.01%
Aspergillus fumigatus é um fungo oportunista, sendo uma importante causa de morbidade e mortalidade entre os pacientes imunossuprimidos, acometidos com aspergilose invasiva. O sistema de defesa antioxidante do fungo atua como fator primordial de sua patogenicidade, mitigando os efeitos deletérios de espécies reativas produzidas pelo hospedeiro. Este trabalho teve o objetivo de avaliar o nível de transcrição relativo dos genes associados às proteínas mitocondriais e antioxidantes na presença de diferentes agentes pró-oxidantes para hifas e germinantes de cepas controle (CEA17) e nocaute para oxidase alternativa (?aoxA) de A. fumigatus. Utilizando qPCR, foram analisados 23 genes para as cepas CEA17 e mutante, dentre os quais, 5 associados à cadeia de transporte de elétrons (CTE), 4 relacionados aos componentes alternativos mitocondriais e 14 associados às proteínas antioxidantes. Os resultados foram obtidos através da normalização com o gene constitutivo gapdh utilizando a cepa CEA17 sem tratamento de cada fase de desenvolvimento celular como calibrador. As diferenças de transcrição da maioria dos genes estudados variaram com o pró-oxidante utilizado e com a fase de desenvolvimento celular (germinantes e hifas). A CTE em germinantes apresentou maiores níveis de transcritos dos complexos II e III em CEA17 do que em ?aoxA tratadas com menadiona. Com os demais complexos e atpase não foram observadas diferenças significativas quando comparados os resultados de ambas as cepas. Entretanto...

Determinação simultanea de antioxidantes sinteticos em oleos vegetais, margarinas e gorduras hidrogenadas por cromatografia liquida de alta eficiencia.; Simultaneous synthetic antirust substance determination in vegetal, margarinas oils and fats hidrogenadas for liquid chromatography of high efficiency.

Emy Takemoto
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 20/01/2004 PT
Relevância na Pesquisa
37.06%
De todas as substâncias empregadas como antioxidantes sintéticos em alimentos, as mais utilizadas são o butil hidroxianisol (BHA), butil hidroxitolueno (BHT), galato de propila (PG) e o terc-butil hidroquinona (TBHQ). São substâncias que tiveram seu uso aprovado em alimentos após investigações que comprovaram sua segurança dentro de um limite de ingestão diária. Sendo assim, estão sujeitas a legislações específicas de cada país ou por normas internacionais, necessitando de análises para garantir que estejam sendo usadas dentro dos limites estabelecidos por lei. Neste trabalho foi otimizada e validada uma metodologia para a separação e determinação simultânea dos antioxidantes sintéticos, mais empregados pela indústria brasileira (BHA, BHT, OG, PG e TBHQ), utilizando a técnica de cromatografia líquida de alta eficiência (CLAE) com detector UV. A utilização de coluna C18 com fase móvel constituída por metanol e água acidificada permitiu a separação dos 5 antioxidantes em uma corrida cromatográfica de 20 minutos. A metodologia mostrou-se eficiente com taxas de recuperação superiores a 90% para todos os antioxidantes estudados. Além da boa linearidade, os limites de detecção determinados foram de 3...

Compostos antioxidantes em polpa de tomte : efeito do processamento e da estocagem; Antioxidant compounds in tomato paste : effect of processing and storage

Adriana Barreto Alves
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 28/08/2009 PT
Relevância na Pesquisa
37.13%
Estudos epidemiológicos têm demonstrado que o consumo de frutas e vegetais tem um efeito benéfico na redução da incidência de várias doenças como o câncer e doenças cardiovasculares. Esse efeito tem sido relacionado com a presença de compostos antioxidantes nesses alimentos, sobretudo os flavonóides. O tomate (Lycopersicum esculentum Mill.) é um dos vegetais mais consumidos no mundo, in natura ou processado, e também é rico em compostos antioxidantes como carotenóides, vitaminas e flavonóides. Os alimentos processados, frequentemente, são tidos como menos nutritivos que os alimentos in natura, devido, principalmente, ao fato de que alguns nutrientes são degradados pelas altas temperaturas empregadas. Assim, torna-se importante avaliar o efeito do processamento e da estocagem sobre os compostos antioxidantes do tomate e também sobre sua atividade antioxidante. Um planejamento experimental foi realizado para otimizar as condições de extração dos compostos fenólicos e concentração dos flavonóides em polpa de tomate concentrada. O método otimizado foi validado para as determinações de compostos fenólicos totais e flavonóides totais por espectrofotometria e também para a determinação de flavonóides por cromatografia líquida de alta eficiência (CLAE). Os métodos espectrofotométricos foram validados nos parâmetros repetibilidade e exatidão. A determinação de flavonóides por CLAE foi validada nos parâmetros seletividade...

Consumo alimentar e níveis de antioxidantes plasmáticos em mulheres com câncer de mama

Medeiros, Neiva Inez
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: xviii, 108 f.| grafs., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
37.06%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Saúde. Programa de Pós-Graduação em Nutrição.; Estima-se que o câncer de mama manter-se-á a primeira causa de morte de mulheres no Brasil, sendo que é o segundo principal câncer a acometer a população brasileira, com uma previsão para 2003 de 41.610 novos casos diagnosticados e com o registro de 9.335 mortes. Esta pesquisa é considerada um estudo de associação, modelo observacional de desenho caso controle e tem como objetivo avaliar o consumo de alimentos fontes de antioxidantes da dieta de pacientes com câncer de mama correlacionando com os níveis de antioxidantes do plasma. O primeiro grupo 34 mulheres com recém diagnóstico de câncer de mama (grupo de caso) e o segundo grupo de 35 mulheres comparáveis que não possuíam esta doença (grupo controle). Foram ajustados os fatores de riscos, índice de massa corporal, dados sócio econômicos e medidas preventivas. Para a avaliação da ingestão alimentar foi utilizado um Questionário de Freqüência Consumo Alimentar (QFCA) pregresso qualitativo dos últimos quatro anos e quali-quantitativo do momento atual, com informações específicas sobre o consumo de alimentos fontes de antioxidantes e de ácidos graxos...

Efeito do carvedilol e monitoramento de terapias antioxidantes ao longo de 7 anos em pacientes cardiopatas chagásicos crônicos

Budni, Patrícia
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 212 p.| il., grafs., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
37.06%
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Saúde. Programa de Pós-Graduação em Farmácia; Introdução: A cardiopatia chagásica crônica (CCC) é considerada a causa mais comum de insuficiência cardíaca congestiva (ICC) com arritmias e morte súbita em adultos jovens nas áreas endêmicas. A progressão da severidade da CCC está associada ao aumento do dano oxidativo, conforme já demonstrado em trabalhos anteriores de nosso laboratório. Objetivos: a) Verificar o efeito antioxidante do carvedilol isoladamente, na dose de 37,5 mg/dia, e na sua associação às vitaminas antioxidantes E e C, nas doses diárias de 800 UI e 500 mg, respectivamente, ambas intervenções administradas por 6 meses; b) Verificar a eventual persistência da atenuação no quadro sistêmico de estresse oxidativo e do processo inflamatório após as sucessivas suplementações ao longo de 7 anos de monitoramento. Materiais e Métodos: Os pacientes foram classificados e divididos em quatro grupos, de acordo com a classificação clínica e hemodinâmica de Los Andes modificada, em grupos IA (n=10); IB (n=20); II (n=8) e III (n=4). Foram determinados os marcadores de estresse oxidativo, como as substâncias reagentes ao ácido tiobarbitúrico (TBARS) e proteína carbonilada (PC)...

Perspectivas para o uso de biomarcadores de estresse oxidativo e estratégias antioxidantes no traumatismo cranioencefálico

Arent, André Mendes
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 162 p.| il.
POR
Relevância na Pesquisa
37.06%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências Biológicas, Programa de Pós-Graduação em Neurociências, Florianópolis, 2013.; O trauma cranioencefálico (TCE) é uma patologia de grande impacto social e econômico. O TCE é a principal causa de mortalidade em pessoas com menos de 40 anos de idade. Desde os anos noventa do século 20, houve poucos avanços no tratamento e diagnóstico do TCE. Sabe-se que uma cadeia de eventos danosos, incluindo neuroinflamação, excitotoxicidade, disfunção do metabolismo mitocondrial e estresse oxidativo contribuem para a morte celular no TCE. O entendimento destes processos é essencial para projetarmos novas perspectivas de abordagem diagnóstica e terapêutica. Esta revisão tem por objetivo revisar a literatura e esclarecer qual é a correlação entre os dados envolvendo o estresse oxidativo e o traumatismo cranioencefálico, visando contribuir com novas perspectivas para a área. Esta revisão visa responder as seguintes perguntas: a) O estresse oxidativo está relacionado com o TCE? b) Marcadores de peroxidação lipídica são efetivos na avaliação e prognose no TCE? c) Quais estratégias antioxidantes estão sendo investigadas no TCE e qual é sua eficácia? e d) Quais as perspectivas para o uso de marcadores relacionados ao estresse oxidativo e de antioxidantes na prognose e tratamento do TCE? Desta forma...

Avaliação dos efeitos antigenotóxicos, antioxidantes e farmacológicos de extratos da polpa do fruto do pequi (Caryocar brasiliense CAMB)

Miranda-Vilela, Ana Luisa
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Tese
PT_BR
Relevância na Pesquisa
37.13%
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Biológicas, Programa de Pós-Graduação em Biologia Animal, 2009.; O consumo diário de antioxidantes naturais protege contra danos oxidativos causados por espécies reativas de oxigênio (ERO) e pode reduzir o risco de câncer, aterosclerose e outras doenças degenerativas. O treinamento físico induz adaptações benéficas, mas exercícios extenuantes ou com frequência de treinamento muito elevada aumentam a geração de ERO, resultando em danos oxidativos no DNA e nos tecidos. O pequi (Caryocar brasiliense Camb.) é uma fruta típica do Cerrado Brasileiro, bem conhecida na culinária regional e usada na medicina popular para tratar várias enfermidades. Sua polpa contém diversos antioxidantes como carotenóides, vitamina C e compostos fenólicos, e sua composição de ácidos graxos é representada principalmente pelos ácidos oléico (51,37 a 55,87%) e palmítico (35,17 a 46,79%). O objetivo deste estudo foi investigar os efeitos antigenotóxicos, antioxidantes e farmacológicos de extratos da polpa do pequi, através de estudos in vivo em camundongos e atletas humanos (corredores de rua). Os testes pré-clínicos e toxicológicos em camundongos mostraram que os extratos não tiveram efeito clastogênico ou genotóxico sobre as células e ambos protegeram os animais contra danos oxidativos no DNA induzidos por bleomicina ou ciclofosfamida...

Extraction of antioxidants with aqueous biphasic systems; Extração de antioxidantes com sistemas aquosos bifásicos

Vaz, Tatiana Sofia Marçalo
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
ENG
Relevância na Pesquisa
37.16%
Nowadays, antioxidants present a great relevance in a variety of applications used by the pharmaceutical and the cosmetic industries. The antioxidants are able to inhibit or to retard the oxidation of other compounds, and mainly the oxidation caused by free radicals, and that is the reason of their importance in the industry and their incorporation into a variety of products. For the utilization of antioxidants in effective quantities, it is necessary to either chemically synthesize them, what is expensive and may causes problems due to their non-natural origin, or to extract them from their natural sources (biomass). Conventional methods for the extraction of antioxidants and the following purification are normally expensive and time-consuming. Therefore, other extraction methods, like the liquid-liquid extraction using aqueous biphasic systems (ABS), have been studied. In this work, the use of ABS based on ionic liquids (ILs) and polymers is proposed as an alternative for the conventional systems that are mostly composed of polymers and inorganic salts. The use of ILs allows the tuning of the properties of the extraction systems by variation of their ions and so to increase the extraction efficiencies. In this work, it is shown, for the first time...

Avaliação dos antioxidantes presentes nas águas de processo da indústria corticeira

Silva, Telma da Piedade
Fonte: Faculdade de Ciências e Tecnologia Publicador: Faculdade de Ciências e Tecnologia
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2011 POR
Relevância na Pesquisa
37.06%
Dissertação apresentada na Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa para obtenção do grau de Mestre em Tecnologia e Segurança Alimentar; Os antioxidantes são largamente utilizados pelas indústrias alimentares, farmacêuticas, cosméticas, curtumes, entre outras. Nestas aplicações é frequente o recurso aos antioxidantes artificiais. A possibilidade de reutilização de antioxidantes naturais (nomeadamente compostos fenólicos), com vantagens económicas e qualitativas, nestes processos industriais representa uma importante área de estudo. Este trabalho pretendeu estudar o conteúdo em compostos fenólicos e a actividade antioxidante das águas de processo (água de cozedura e efluente bruto) de uma indústria corticeira, para avaliar o seu potencial uso como fonte de antioxidantes naturais. Os resultados obtidos apontam para uma maior biodegradabilidade do efluente bruto relativamente à água de cozedura. A actividade antioxidante é superior na água de cozedura, quando avaliada pelo método de fotoquimioluminescência (sequestração do anião radical superóxido), idêntica pelo método de DPPH (sequestração do radical 2,2-difenil-1-picrilhidrazilo), e inferior na água de cozedura na metodologia de FRAP (actividade redutora férrica). Relativamente ao conteúdo fenólico (reacção de Folin-Ciocalteu) e concentração de ácido gálico nas amostras...

Consumo de antioxidantes durante tratamento quimioterápico

Rohenkohl,Caroline Cavali; Carniel,Ana Paula; Colpo,Elisângela
Fonte: Colégio Brasileiro de Cirurgia Digestiva Publicador: Colégio Brasileiro de Cirurgia Digestiva
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2011 PT
Relevância na Pesquisa
37.06%
RACIONAL: O câncer é definido como enfermidade multicausal crônica, em que as células possuem crescimento descontrolado. Resulta de vários fatores, sendo um dos principais, a dieta inadequada. As fases de iniciação, promoção e progressão de carcinogênese têm sido frequentemente relacionadas ao estresse oxidativo. OBJETIVO: Verificar o consumo de antioxidantes em pacientes com câncer durante os diferentes ciclos de quimioterapia. MÉTODOS: Estudo descritivo exploratório, incluindo pacientes em tratamento quimioterápico em ambulatório de quimioterapia. Para investigar o consumo de antioxidantes foi elaborado um questionário de frequência alimentar semi-quantitativo (QFASQ) e uma ficha de anamnese clinica - nutricional. RESULTADOS: Amostra foi composta por 30 pacientes com idade média de 56,4±2,3 anos. De acordo com o consumo diário representado pelos ciclos, houve adequado consumo de vitamina C, vitamina E e Zinco e inadequado consumo de vitamina A e Selênio. Ao dividir a tabela estudada segundo os quatro quartis de consumo diário de antioxidantes, houve consumo adequado de vitamina A em 25% da amostra e inadequado de vitamina C, vitamina E, zinco em 25% da amostra e de também selênio em todos os ciclos. Entre as fontes alimentares consideradas ricas nos antioxidantes estudados...

Antioxidantes da dieta como inibidores da nefrotoxicidade induzida pelo antitumoral cisplatina

Antunes,Lusânia Maria Greggi; Bianchi,Maria de Lourdes Pires
Fonte: Pontifícia Universidade Católica de Campinas Publicador: Pontifícia Universidade Católica de Campinas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2004 PT
Relevância na Pesquisa
37.06%
A cisplatina é uma droga antineoplásica altamente efetiva contra vários tipos de cânceres humanos, tais como tumores do testículo e ovário, câncer da cabeça e pescoço e câncer do pulmão. Entretanto, a nefrotoxicidade é um dos principais efeitos colaterais da terapia com a cisplatina. A gravidade da nefrotoxicidade induzida pela cisplatina está relacionada com a concentração de platina nos rins. As evidências mostram que a nefrotoxicidade induzida pela cisplatina é atribuída ao dano oxidativo resultante da geração de radicais livres, e que a administração de antioxidantes é eficiente na inibição destes efeitos colaterais. Uma abordagem alternativa para proteger os roedores dos efeitos colaterais da cisplatina é o uso de conhecidos antioxidantes da dieta. Alguns estudos têm sido realizados para diminuir a peroxidação lipídica e os efeitos citotóxicos induzidos pela cisplatina, com o emprego de antioxidantes da dieta, tais como, selenito de sódio, vitaminas C e E, curcumina e o carotenóide bixina. Nós sugerimos que aqueles antioxidantes da dieta têm efeito nefroprotetor, e que os mecanismos antioxidantes destes compostos deveriam ser explorados durante a quimioterapia com a cisplatina.

Estudio del comportamiento de antioxidantes naturales adicionados a poliolefinas en aplicaciones industriales

Castro López, María del Mar
Fonte: Universidade da Corunha Publicador: Universidade da Corunha
Tipo: Tese de Doutorado
SPA
Relevância na Pesquisa
37.2%
[Resumen] En esta tesis doctoral se ha abordado el uso de antioxidantes naturales como agentes activos para su uso tanto en la protección de polímeros frente a su degradación oxidativa, como en envases activos con el objetivo de proteger tanto al polímero como al alimento envasado. Se han desarrollado varios sistemas cromatográficos y electroforéticos para la identificación y cuantificación de catequinas y quercetina tanto en muestras naturales como en los simulantes alimentarios, y sistemas de purificación y preconcentración de catequinas mediante el uso de polímeros impresos molecularmente. Derivado de su alto uso en el sector del envase y embalaje, se ha empleado polipropileno como material base para el desarrollo de los sistemas activos por extrusión, incorporando catequinas, quercetina, tocoferoles y extractos de té verde como antioxidantes naturales con el objetivo de retrasar el deterioro causado por los procesos oxidativos. La escasa o nula capacidad de liberación de los antioxidantes desde la matriz de polipropileno limita su uso en envases activos, por lo que en esta tesis se propone el uso de dos sistemas como modificadores de la matriz polimérica: extensores de cadena/plastificantes y polipropileno modificado superficialmente mediante extrusión reactiva. Se han caracterizado las propiedades físico-químicas de interés de los materiales desarrollados...

Avaliação dos efeitos da cisplatina com e sem uso de antioxidantes sobre a espermatogenese de ratos adultos

Marcos Antonio Santana Castro
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 16/12/2005 PT
Relevância na Pesquisa
37.18%
INTRODUÇÃO: A cisplatina é uma droga amplamente utilizada no tratamento do câncer e seu efeito antineoplásico deve-se à habilidade de inibir a síntese de ácido desoxirribonucléico (DNA). O grau de lesão testicular induzido por este quimioterápico é variável, podendo afetar tanto o epitélio seminífero como as estruturas do tecido intertubular. Sabe-se ainda, que a cisplatina induz à queda dos níveis de antioxidantes séricos, que pode resultar em falência do mecanismo de defesa contra a lesão oxidativa ocorrida. OBJETIVO: Verificar os efeitos da administração isolada da cisplatina ou associada a superóxido de dismutase (SOD) e catalase na quantificação da produção espermática através de contagens das células da linhagem espermatogênica e das reservas espermáticas testicular e epididimária, e nas proporções volumétricas dos componentes testiculares de ratos adultos. MATERIAL E MÉTODOS: Vinte e quatro ratos Wistar adultos foram divididos casualmente em três grupos: Grupo I - Controle: submetidos à injeção intraperitoneal (IP) de soro fisiológico (SF) a 0,9% e também, através da veia femoral (n = 8); Grupo II: submetidos à injeção IP de cisplatina na dose de 4 mg/kg de peso corporal e a SF 0...

Avaliação da ingestão potencial dos antioxidantes butil hidroxianisol, butil hidroxitolueno e terc-butil hidroquinona

Gisele Cristina Maziero de Campos Bannwart
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 19/07/2000 PT
Relevância na Pesquisa
37.13%
A ingestão potencial dos antioxidantes fenólicos butil hidroxianisol (BHA), butil hidroxitolueno (BHT) e terc-butil hidroquinona (TBHO) foi estimada com base em dados de consumo nacional de alimentos e nos níveis máximos destes aditivos permitidos pela legislação brasileira. Em uma primeira etapa, a segurança dos limites máximos de cada antioxidante, estabelecidos pela legislação vigente na época do estudo, foi avaliada através do Método de "Budget". Os resultados obtidos indicaram a necessidade de um estudo de ingestão mais detalhado, principalmente para o BHA e o BHT. Foi então estimada a ingestão diária máxima teórica (lDMT) para os três compostos, que resultou em valores inferiores à Ingestão Diária Aceitável (IDA) recomendada pelo JECFA para cada um dos antioxidantes. Com base nos resultados obtidos e no fato de que ambos os métodos utilizados geralmente conduzem a superestimativas, concluiu-se que a ingestão dos antioxidantes BHA, BHT e TBHO pelo consumidor brasileiro médio não evidencia preocupação. Com o objetivo de verificar se os níveis reais de uso dos antioxidantes BHA, BHT e TBHO estão de acordo com a legislação brasileira, algumas categorias de alimentos foram selecionadas para análise. Os alimentos analisados foram: óleos de soja e milho...

Influência dos antioxidantes na qualidade do sémen de homens em tratamento de fertilidade

Barbosa, Filipa Ferreira da Silva
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em //2009 POR
Relevância na Pesquisa
37.06%
Tese de mestrado, Biologia (Biologia Humana e Ambiente), 2009, Universidade de Lisboa, Faculdade de Ciências; O presente trabalho visa estudar a influência do tratamento oral de antioxidantes (vitamina E, L-carnitina e pentoxifilina) na qualidade seminal de homens inférteis numa clínica de reprodução em Portugal (IVI Lisboa). O stress oxidativo (SO) é o resultado do desequilíbrio entre as espécies reactivas de oxigénio e os antioxidantes no corpo, o que pode levar ao dano e disfunção dos espermatozóides e eventualmente à infertilidade masculina. Todos os componentes celulares, incluindo lípidos, proteínas, ácidos nucleicos e açúcares, são potenciais alvos do SO. Neste estudo foram incluídos 30 homens inférteis com idade inferior a 45 anos, índice de massa corporal (IMC) menor que 30, concentração espermática de 5 - 19 x 106 espermatozóides/ml e mobilidade espermática progressiva entre 10 - 49%. Cada paciente realizou três espermogramas; dois antes e um depois do tratamento com antioxidantes (n = 10) ou sem qualquer tratamento (n = 20), sendo o intervalo mínimo entre o segundo e o terceiro espermograma de 72 dias. Todas as amostras de sémen cumpriram abstinência sexual entre 2 e 7 dias. Ao fim deste intervalo...

Eficiência de antioxidantes na estabilização do Biodiesel

Alves, Ricardo Nuno Quesado
Fonte: Instituto Politécnico do Porto Publicador: Instituto Politécnico do Porto
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2012 POR
Relevância na Pesquisa
37.06%
O Biodiesel é uma fonte de energia renovável que actualmente se encontra em expansão. O Biodiesel é constituído por uma mistura de ésteres alquílicos de ácidos gordos. A existência de ácidos gordos insaturados torna o Biodiesel quimicamente menos estável, podendo ocorrer oxidação, degradação e polimerização do combustível, se este for inadequadamente armazenado ou transportado. O objectivo deste trabalho consistiu em avaliar a eficiência da utilização de antioxidantes fenólicos (ácido protocatecuico, ácido gálico, ácido 3,4 di-hidroxifenilacético, ácido cafeico, ácido hidrocafeico, ácido 3,4,5-tri-hidroxicinâmico, ácido m-coumárico e ácido p-coumárico), na estabilização do Biodiesel. O estudo envolveu a análise da influência do uso de cada um dos antioxidantes na inibição da peroxidação lipídica do ácido linoleico um dos principais ácidos gordos insaturados presentes na matéria-prima utilizada na produção de Biodiesel. A avaliação do efeito de inibição dos antioxidantes na peroxidação do ácido linoleico foi efetuada usando o método do tiocianato de ferro (III). Os resultados obtidos demonstraram, que todos os ácidos fenólicos estudados, apresentam uma elevada capacidade para inibir a peroxidação lipídica do ácido linoleico. As percentagens de inibição da peroxidação do ácido linoleico variaram entre os 72%...

Evolución de la rancidez oxidativa y la frescura del músculo de salmón coho (Oncorhynchus kisutch) alimentado con dietas adicionadas de antioxidantes naturales y conservado al estado congelado (-18[grados]C)

Concha Moya, Gabriela Carolina; Vivanco Lovazzano, Juan Pablo
Fonte: Universidad de Chile; Programa Cybertesis Publicador: Universidad de Chile; Programa Cybertesis
Tipo: Tesis
ES
Relevância na Pesquisa
37.06%
Memoria para optar al título de Ingeniero en Alimentos; En la actualidad, Chile se ubica en el segundo lugar de los rankings de producción de salmónidos a nivel mundial, lo que convierte al salmón en el producto alimenticio más importante de nuestras exportaciones pesqueras y en el principal motor económico de las regiones X y XI del país. Por ello, cada vez se hace más importante contar con nueva información basada en investigación, que sea capaz de responder y adelantarse a potenciales problemas, que posibilite el mejoramiento de la calidad de los salmónidos y de los productos derivados de ellos. El empleo de antioxidantes en las dietas para salmónidos es fundamental para retardar su deterioro, puesto que las materias primas principales que se emplean para elaborarlas son harina y aceite de pescado, insumos muy susceptibles a sufrir los ataques de la peroxidación lipídica. Los antioxidantes que se emplean actualmente para elaborarlas son, en su mayoría, compuestos de origen sintético cuya inocuidad está siendo cada vez más cuestionada a nivel internacional. Este estudio trata acerca del reemplazo de antioxidantes sintéticos por dos productos antioxidantes naturales inocuos (tocoferoles y extracto de romero (Rosmarinus officinalis)) en la dieta de Salmón coho (Oncorhynchus kisutch) de exportación y su efecto en la calidad del producto congelado durante 12 mese. Se consideró el empleo de 3 jaulas con salmones en cultivo de la Región X de Chile: los individuos de la primera jaula se alimentaron con la dieta control que contenía etoxiquina y BHT (Dieta I); los de la segunda se alimentaron con una dieta experimental que contenía un exceso de tocoferoles libre (Dieta II); y los de la tercera con otra dieta experimental que contenía una mezcla antioxidante de tocoferoles libres con extracto de romero (Dieta III)...

Estabilidad oxidativa de huevos enriquecidos con ácidos grasos poliinsaturados omega 3, frente a antioxidantes naturales; Estabilidade oxidativa de ovos enriquecidos com ácidos graxos poliinsaturados ômega 3, frente a antioxidantes naturais

Bernal Gómez, María Elena; Mendonça-Junior, Cássio Xavier de; Mancini-Filho, Jorge
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Ciências Farmacêuticas Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Ciências Farmacêuticas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares Formato: application/pdf
Publicado em 01/12/2003 SPA
Relevância na Pesquisa
37.16%
Fueron alimentadas 192 gallinas ponedoras de 22 semanas de edad, de linaje comercial Babcock, durante 30 días con dietas de 0 (cero) y 12,7% de semilla de linaza molida que corresponde a 0 y 5% de aceite de linaza, respectivamente. Fueron definidos 8 tratamientos: 4 grupos con 12,7% de semilla de linaza (control/sin antioxidante; BHA+BHT, 100+100 ppm; orégano, 200 ppm; romero, 200 ppm) y 4 grupos sin semilla de linaza, pero utilizando los mismos antioxidantes. Este estudio fue realizado con el objetivo de verificar la eficacia del uso de antioxidantes naturales provenientes del orégano y del romero en la protección contra el deterioro oxidativo de la fracción lipídica de las yemas de los huevos enriquecidos con ácidos grasos poliinsaturados omega 3 (PUFA É-3). El grado de oxidación lipídica fue determinado a través de la prueba TBARS (substancias reactivas con ácido tiobarbitúrico). Según los resultados obtenidos, fue verificada diferencia significativa en la reducción del grado de oxidación lipídica de las yemas de huevo en todos los tratamientos con antioxidantes, cuando se compara con el control. Por lo tanto, los extratos de los condimentos, romero y orégano, pueden ser utilizados satisfactoriamente para obtener huevos enriquecidos con PUFA É-3...

Efecto de la suplementación con antioxidantes sobre el estrés oxidativo y la calidad de vida durante el tratamiento oncológico en pacientes con cáncer cérvico uterino

Fuchs-Tarlovsky,V.; Bejarano-Rosales,M.; Gutiérrez-Salmeán,G.; Casillas,M.ª A.; López-Alvarenga,J. C.; Ceballos-Reyes,G. M.
Fonte: Nutrición Hospitalaria Publicador: Nutrición Hospitalaria
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; journal article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion Formato: text/html; application/pdf
Publicado em 01/08/2011 SPA
Relevância na Pesquisa
37.16%
Introducción: En México el cáncer cérvico uterino representa un grave problema de salud pública. El tratamiento depende de su extensión; para los estadios iniciales, cirugía y para los localmente avanzados combinación de quimioterapia con cisplatino y radioterapia. Ambas terapias producen estrés oxidativo a nivel celular. Todo este proceso afecta el consumo de antioxidantes naturales y la calidad de vida. Objetivo: Conocer el efecto que tiene la suplementación con antioxidantes (β-caroteno, vitamina C y vitamina E) sobre el estrés oxidativo y por ello, la calidad de vida en la paciente con cáncer cérvico uterino durante el tratamiento antineoplásico con cisplatino y radioterapia. Materiales y métodos: Se realizó un ensayo clínico aleatorizado, ciego, longitudinal y prospectivo con controles pasivos. Se consideraron las pacientes que ingresaron con cáncer cérvico-uterino cuyo tratamiento antineoplásico fuera radioterapia y quimioterapia con cisplatino. Se asignó aleatoriamente a las pacientes a recibir un suplemento antioxidante diariamente o bien un placebo. Se determinó la concentración plasmática de malondialdehído (MDA), carbonilos libres, ditirosinas y rango carbonilo/mg de proteína, antes del inicio del tratamiento y al término del tratamiento oncológico...