Página 1 dos resultados de 2638 itens digitais encontrados em 0.004 segundos

Erros de administração de antimicrobianos identificados em estudo multicêntrico brasileiro; Antimicrobial drug administration errors identified in Brazilian multicentric study

MARQUES, Tatiane Cristina; REIS, Adriano Max Moreira; SILVA, Ana Elisa Bauer de Camargo; GIMENES, Fernanda Raphael Escobar; OPITZ, Simone Perufo; TEIXEIRA, Thalyta Cardoso Alux; LIMA, Rhanna Emanuela Fontenele; CASSIANI, Silvia Helena De Bortoli
Fonte: Divisão de Biblioteca e Documentação do Conjunto das Químicas da Universidade de São Paulo Publicador: Divisão de Biblioteca e Documentação do Conjunto das Químicas da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
37.22%
Erros de administração de antimicrobianos são relevantes, pois podem interferir na segurança do paciente e no desenvolvimento de resistência microbiana. O objetivo desse estudo foi identificar os antimicrobianos associados a erros de administração de medicamentos. Estudo multicêntrico, descritivo e exploratório, realizado em unidades de clínica médica de cinco hospitais por meio de técnica observacional, durante 30 dias. Os erros foram classificados em categorias: dose, medicamento não prescrito, via, paciente e horário. A classificação farmacológica dos antimicrobianos foi realizada segundo o Sistema Anatômico Terapêutico Químico (ATC). Os fármacos de intervalo terapêutico estreito foram identificados. A análise estatística descritiva foi realizada no software SPSS 11.5. Foram identificados 1500 erros, sendo 277 (18,5%) com antimicrobianos. Os tipos de erros foram: de horário 87,7%; de dose 6,9%; de medicamento não autorizado 3,2%, de via 1,5% e de paciente 0,7%. Foram identificados 36 antimicrobianos e as classes ATC mais freqüentes foram: fluorquinolonas 13,9%, combinações de penicilinas 13,9%, macrolídeos 8,3% e cefalosporina de terceira geração 5,6%. Os fármacos de intervalo terapêutico estreito corresponderam a 16...

Influência da mastite na ocorrência de resíduos de antimicrobianos no leite; Mastitis influence on the occurence of antimicrobial agents residues in milk

Raia Junior, Roberto Bellizia
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 28/08/2001 PT
Relevância na Pesquisa
37.22%
A presença de resíduos de antimicrobianos no leite representa um problema de saúde pública, podendo causar reações alérgicas e a seleção de bactérias resistentes aos antimicrobianos. É também um problema econômico interferindo nas culturas lácteas utilizadas na fabricação de derivados. A mastite é a causa mais freqüente para o tratamento de bovinos leiteiros com antimicrobianos. Foram objetivos deste trabalho estudar a influência do processo inflamatório no tempo de eliminação de diferentes antimicrobianos, administrados por via sistêmica ou intramamária em vacas em lactação e avaliar a presença de resíduos detectáveis em tanques resfriadores de propriedades leiteiras, correlacionando com os níveis de mastite nos rebanhos. Foi utilizado teste microbiológico comercial (Delvotest) para a avaliação da corrência de resíduos de antimicrobianos em 60 amostras de leite de tanques resfriadores de propriedades leiteiras e individualmente de 135 vacas em lactação com e sem processo inflamatório na glândula mamária. Foi verificada correlação entre a ocorrência de resíduo de antimicrobiano no tanque resfriador e o aumento da freqüência de mastite clínica (r= 1,0; teste de Spearman).O aumento do período de carência...

Presença de cepas de Salmonella spp resistentes aos antimicrobianos criticamente importantes usados na produção de aves comerciais no Brasil; Presence of Salmonella spp strains resistant to the critically important antimicrobials used in the commercial poultry production in Brazil

Camargo, Jaci Clea de Carvalho
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 04/10/2013 PT
Relevância na Pesquisa
37.19%
O Brasil é hoje um dos maiores produtores e exportadores de alimento no mundo, destacando-se no cenário de produção de proteína animal como o 1º país exportador em volume de carne de frango, dentre tantas conquistas recentes do agronegócio brasileiro. Essas conquistas foram alcançadas pelo país graças à sua inegável vocação agropecuária, resultado de uma série de fatores, como extensão territorial e áreas agricultáveis, clima, disponibilidade de água e ambiente regulatório favorável à adoção de tecnologias. Dentre as tecnologias existentes e disponíveis que tornam possível um país de vocação agrícola se tornar um dos maiores produtores mundiais de alimentos estão os aditivos zootécnicos melhoradores do desempenho e, dentre eles, os antimicrobianos. Na posição de um dos atores principais no cenário internacional de produção de alimentos, o Brasil vem-se deparando com questões relacionadas à preocupação global com relação à segurança do alimento e aos escândalos de contaminação de alimentos ocorridos em diversos países, inclusive na Europa. A preocupação com a segurança do alimento tem levado os diversos organismos internacionais, dentre eles, a Organização Mundial da Saúde e a Organização Mundial de Saúde Animal a estabelecerem critérios de análise de risco com relação aos principais patógenos envolvidos em surtos de toxinfecções alimentares e ao risco de transmissão de resistência bacteriana através dos alimentos. Sendo assim...

Correlação entre concentração inibitória mínima e níveis urinários de antimicrobianos para o tratamento de infecções no trato urinário; Correlation between minimum inhibitory concentration and urinary levels of antimicrobials for treatment of infections in urinary tract

Remonatto, Gabriela
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
37.25%
Introdução: As Infecções no trato urinário (ITU) estão entre as doenças infecciosas mais comumente diagnosticadas e são responsáveis por uma grande proporção do consumo de agentes antimicrobianos, sendo a Escherichia coli o microorganismo mais freqüentemente envolvido. Os antimicrobianos utilizados no tratamento das ITU sofrem concentração no processo de eliminação, ocasionando altos níveis de antimicrobiano na urina. No entanto, os testes que avaliam a susceptibilidade aos antimicrobianos são baseados em concentrações séricas. Assim, é de interesse a padronização de um teste que utilize níveis urinários (discos de alta potência) dos antimicrobianos frente aos uropatógenos. Objetivo: padronizar teste de susceptibilidade aos antimicrobianos para E. coli de ITU, com concentrações de antimicrobianos atingidas na urina. Métodos: foram utilizados 204 isolados bacterianos resistentes a pelo menos um dos seguintes antimicrobianos: ampicilina, cefalotina, ciprofloxacino, gentamicina, sulfametoxazol-trimetoprima(cotrimoxazol) para os quais foi determinada a MIC através de diluição em agar. Através da análise das MIC obtidas e das concentrações que os antimicrobianos atingem na urina, foram estabelecidas as concentrações dos discos de alta concentração. As seguintes concentrações de disco foram utilizadas: ampicilina (500...

Caracterização patotípica de isolados de Escherichia coli obtidos de suínos : presença de plasmídeos e perfil de resistência aos antimicrobianos

Costa, Mateus Matiuzzi da
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
37.19%
A disseminação dos patógenos na criação dos suínos tem estimulado o uso de drogas antimicrobianas na prevenção das enfermidades. Entretanto, essa prática está associada à seleção de bactérias resistentes, além da presença de resíduos de antimicrobianos nos alimentos de consumo humano. Particularmente para E. coli, esse problema agrava-se, em face do curto intervalo entre gerações e a capacidade de troca da informação genética entre as bactérias, que ocorre, principalmente, pela presença de elementos genéticos móveis como os plasmídeos. Os objetivos da presente tese experimento foram realizar o isolamento, identificação, determinação do perfil de sensibilidade aos antimicrobianos, bem como a caracterização patotipica e da presença de DNA plasmidial em isolados de E. coli obtidos de criatórios suínos dos Estados do Rio Grande do Sul e Santa Catarina. As amostras foram identificadas de acordo com suas características morfológicas e bioquímicas, sendo então genotipificadas por PCR para determinação dos patotipos ETEC (F4, F5, F6, F18, ST e LT), STEC (eae, Bfp e STx) e UPEC (sfa, pap, cnf, hly, iha e usp).Em seguida, o perfil de resistência aos antimicrobianos foi realizado pelo método de difusão em disco Kirby-Bauer modificado. A presença de DNA plasmidial foi avaliada pela técnica de lise alcalina. Foram obtidos 64 isolados clínicos de suínos com diarréia...

Utilização de redes neurais artificiais para a classificação da resistência a antimicrobianos e sua relação com a presença de 38 genes associados a virulência isolados de amostras de Escherichia coli provenientes de frangos de corte

Rocha, Daniela Tonini da
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
37.19%
A Escherichia coli patogênica aviária (APEC), pertence à família Enterobacteriacea, é responsável por vários processos patológicos nas aves, atuando como agente primário ou secundário na aerossaculite, pericardite, perihepatite, peritonite, salpingite, onfalite, celulite, entre outros. O presente estudo aborda a resistência a antimicrobianos de amostras de E. coli (APEC) de uma forma inovadora, utilizando como ferramenta as redes neurais artificiais, metodologia inserida na linha de pesquisa do CDPA (Centro de Diagnóstico e Pesquisa em Patologia Aviária). A utilização de inteligência artificial, especificamente, as redes neurais artificiais (RNAs), está sendo crescentemente empregada como ferramenta para a análise de dados não lineares e multivariados, característica comum em fenômenos biológicos. O objetivo do presente trabalho foi demonstrar que é possível predizer o uso de antimicrobianos, utilizando trinta e oito genes responsáveis por distintos fatores de virulência, oriundos das amostras de Escherichia coli isoladas de frango de corte, através das redes neurais artificiais (RNAs). Além disso, verificou-se a relação entre o índice de patogenicidade (IP) e a resistência aos quatorze antimicrobianos que fazem parte do banco de dados usado para o desenvolvimento deste estudo. Neste trabalho foram utilizados os dados disponíveis referentes a 256 amostras de E. coli isoladas de camas de aviários...

Tendências na utilização de antimicrobianos em um hospital universitário, 1990-1996; Trends in antimicrobial utilization in a university hospital, 1990-1996

Castro, Mauro Silveira de; Pilger, Diogo Andre; Ferreira, Maria Beatriz Cardoso; Kopittke, Luciane
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
37.19%
Objetivo: Uma das principais preocupações mundiais quanto ao uso de medicamentos está relacionada à utilização de antimicrobianos. Nos países em desenvolvimento, poucos recursos são empregados na monitorização de ações sobre o uso racional de medicamentos. São, também, limitados os dados sobre o uso daqueles agentes em hospitais. Assim realizou-se estudo para determinar os padrões de uso de antimicrobianos em hospital num período de sete anos (1990 a 1996). Métodos: O estudo foi realizado em um hospital universitário, terciário, com 690 leitos, localizado em Porto Alegre, RS. Os registros hospitalares foram revisados visando identificar o consumo de antimicrobianos por pacientes internados, sendo os resultados expressos em dose diária definida (DDD) por 100 leitos-dia. A análise de conglomerados foi realizada para determinar as tendências de consumo dos agentes individuais. Resultados: O consumo de antimicrobianos aumentou com o correr dos anos, passando de 83,8 DDD por 100 leitos-dia, em 1990, a 124,58 DDD por 100 leitos-dia em 1996. O grupo de medicamentos mais utilizado foi de penicilinas (39,6%), seguido por cefalosporinas (15,0%), aminoglicosídeos (14,4%), sulfonamidas (12,8%), glicopeptídeos (3,6%) e lincosaminas (3...

Uma saúde global : princípios da estratégia global de contenção de resistências a agentes antimicrobianos : sua percepção e implementação pelos produtores de bovinos de carne do Ribatejo Norte

Matos, Ana Catarina Lopes Vieira Godinho de
Fonte: Universidade Técnica de Lisboa. Faculdade de Medicina Veterinária Publicador: Universidade Técnica de Lisboa. Faculdade de Medicina Veterinária
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
Publicado em 27/04/2011 POR
Relevância na Pesquisa
37.25%
Dissertação de Mestrado Integrado em Medicina Veterinária; A utilização de antimicrobianos na produção animal tem sido motivo de intenso debate, pelas preocupações sobre possibilidade de transferência de bactérias a eles resistentes dos animais para o Homem. Foram desenvolvidos programas de monitorização de resistências e consumo de antimicrobianos, que demonstram que o desenvolvimento de resistências pode ser minimizado pela implementação de estratégias para uma utilização prudente e racional dos antimicrobianos nas explorações pecuárias. O presente estudo constitui uma primeira abordagem para avaliar diversos parâmetros importantes para a utilização prudente e racional dos antimicrobianos, como os conhecimentos, grau de percepção e práticas dos produtores, para o que foram realizados 185 questionários presenciais em explorações de bovinos de carne da DIV Ribatejo Norte. Os resultados alertam para a necessidade de formação nas áreas da Biossegurança/Biocontenção e de manutenção de registos de utilização de antimicrobianos nas explorações. Os médicos veterinários têm um papel importante, por serem a principal fonte de informação dos produtores. A informação obtida não nos permitiu avaliar o consumo de antimicrobianos; apenas 11% dos produtores mantinham registos...

Avaliação da sensibilidade a antimicrobianos de 87 amostras clínicas de enterococos resistentes à vancomicina

Saraiva,I.H.; Jones,R.N.; Erwin,M.; Sader,H.S.
Fonte: Associação Médica Brasileira Publicador: Associação Médica Brasileira
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/1997 PT
Relevância na Pesquisa
37.19%
OBJETIVOS. 1) Avaliar o padrão de sensibilidade in vitro de amostras clínicas de enterococos resistentes à vancomicina (ERV), aos antimicrobianos comumente utilizados no seu tratamento, bem como a antimicrobianos alternativos. 2) Avaliar a acurácia do E test, em comparação aos outros testes de sensibilidade a antimicrobianos (microdiluição em caldo e difusão em disco). MATERIAL E MÉTODOS. Foram analisadas 87 amostras clínicas de ERVs selecionadas de 1.936 isolados de enterococos coletados em 97 hospitais norte-americanos, no último trimestre de 1992. A identificação em nível de espécie foi feita pelos sistemas API 20S, Vitek e uma versão modificada do método convencional proposto por Facklam e Collins. A avaliação da sensibilidade in vitro aos antimicrobianos foi realizada pela técnica de microdiluição em caldo, E test e métodos de difusão em disco. As amostras foram testadas, tanto para antimicrobianos normalmente utilizados no tratamento de infecções enterocócicas (vancomicina, teicoplanina, ampicilina, penicilina, gentamicina e estreptomicina), como também para drogas alternativas potencialmente úteis (cloranfenicol, doxiciclina, esparfloxacina, ciprofloxacina, clinafloxacina, eritromicina, espectinomicina...

Uso de antimicrobianos pela população da cidade de Jataí (GO), Brasil

Braoios,Alexandre; Pereira,Ana Cláudia Souza; Bizerra,Adaís Alves; Policarpo,Olmeny Ferreira; Soares,Nayana Carvalho; Barbosa,Adriano de Souza
Fonte: ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva Publicador: ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/10/2013 PT
Relevância na Pesquisa
37.22%
Um dos fatores que contribui para a emergência de microrganismos multirresistentes é a utilização inadequada de antimicrobianos. Neste estudo foram visitados 192 domicílios para aplicação de um questionário a respeito dos hábitos de consumo de antimicrobianos de todos os moradores. Os dados revelaram que 6,8% dos participantes utilizaram antimicrobianos nos últimos meses. Os usuários eram predominantemente do sexo feminino, idade entre 20 e 59 anos e renda de 1 a 3 salário mínimos. Do total, 9,1% fizeram uso de antimicrobianos sem prescrição e 4,6% não concluíram o tratamento, alegando melhora dos sintomas ou devido aos efeitos colaterais. O motivo mais relatado para o tratamento foi infecção de orofaringe. Foi constatado também o uso de antimicrobianos de forma desnecessária, como para o tratamento de febre, gripe e alergia. Entre os entrevistados, 20,5% possuem o hábito de indicar antimicrobianos para familiares e amigos. Este trabalho foi conduzido antes da proibição legal da venda de antimicrobianos sem receita médica. Grande parte dos entrevistados desconhece os riscos da utilização inadequada e foi observado um percentual considerável de indivíduos que indicam estas drogas a outros. Com a implantação da lei que proíbe a venda sem prescrição é esperado que este problema seja minimizado.

Erros de administração de antimicrobianos identificados em estudo multicêntrico brasileiro

Marques,Tatiane Cristina; Reis,Adriano Max Moreira; Silva,Ana Elisa Bauer de Camargo; Gimenes,Fernanda Raphael Escobar; Opitz,Simone Perufo; Teixeira,Thalyta Cardoso Alux; Lima,Rhanna Emanuela Fontenele; Cassiani,Silvia Helena De Bortoli
Fonte: Divisão de Biblioteca e Documentação do Conjunto das Químicas da Universidade de São Paulo Publicador: Divisão de Biblioteca e Documentação do Conjunto das Químicas da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2008 PT
Relevância na Pesquisa
37.22%
Erros de administração de antimicrobianos são relevantes, pois podem interferir na segurança do paciente e no desenvolvimento de resistência microbiana. O objetivo desse estudo foi identificar os antimicrobianos associados a erros de administração de medicamentos. Estudo multicêntrico, descritivo e exploratório, realizado em unidades de clínica médica de cinco hospitais por meio de técnica observacional, durante 30 dias. Os erros foram classificados em categorias: dose, medicamento não prescrito, via, paciente e horário. A classificação farmacológica dos antimicrobianos foi realizada segundo o Sistema Anatômico Terapêutico Químico (ATC). Os fármacos de intervalo terapêutico estreito foram identificados. A análise estatística descritiva foi realizada no software SPSS 11.5. Foram identificados 1500 erros, sendo 277 (18,5%) com antimicrobianos. Os tipos de erros foram: de horário 87,7%; de dose 6,9%; de medicamento não autorizado 3,2%, de via 1,5% e de paciente 0,7%. Foram identificados 36 antimicrobianos e as classes ATC mais freqüentes foram: fluorquinolonas 13,9%, combinações de penicilinas 13,9%, macrolídeos 8,3% e cefalosporina de terceira geração 5,6%. Os fármacos de intervalo terapêutico estreito corresponderam a 16...

Associação entre o uso de antimicrobianos, estadio anátomo-patológico e infecção de sítio cirúrgico após apendicectomia

Amaral, Luana Mesquita
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
37.19%
A maioria das infecções intra-abdominais, como apendicite aguda, necessita de intervenção cirúrgica. O uso de antimicrobianos, entretanto, é fundamental na complementação do tratamento e redução de infecção do sítio cirúrgico (ISC). O presente estudo tem como objetivo fazer uma análise crítica entre o uso de antimicrobianos, o estádio anátomo-patológico e infecção do sítio cirúrgico após apendicectomia. Foram analisados os dados demográficos, esquema de antimicrobiano escolhido, início do antimicrobiano, tempo de uso e evolução quanto a ISC associada com o estádio anátomo-patológico dos apêndices ressecados. Foram avaliados 233 pacientes entre 14 anos e 78 anos, com predominância do sexo masculino (135 / 57,94%) e na terceira década de vida (72 / 30,90%). Em 139 pacientes (59,63%) o tempo cirúrgico foi de uma a duas horas, com predominância da Apendicite Aguda Flegmonosa (91 / 39,05%) e Apendicite Aguda Necrosante, (88 / 37,76%). O esquema antimicrobiano mais utilizado foi a associação de Ampicilina /Sulbactam, totalizando 127 (54,50%) pacientes. A maioria dos pacientes teve o início do esquema antimicrobiano à indução anestésica, (212 / 90,94%). Em relação ao tempo de uso do antimicrobiano...

Mecanismos de interação molecular de polieletrólitos antimicrobianos em membranas modelo por espectroscopia vibracional não linear; Mechanisms of molecular interaction between antimicrobial polyelectrolytes and membrane models by nonlinear vibrational spectroscopy

Rimoli, Caio Vaz
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 04/08/2015 PT
Relevância na Pesquisa
37.25%
Pesquisa em novas moléculas e estratégias antimicrobianas é crucial devido ao aumento de resistência a antibióticos pelos microrganismos. Polímeros antimicrobianos tem várias vantagens quando comparados a outros biocidas pequenos: maiores tempo de vida, potência, especificidade e baixa toxicidade residual. Logo, outras aplicações tecnológicas como recobrimentos, embalagens ou produtos têxteis antimicrobianos poderem ser exploradas. Em particular, derivados hidrossolúveis de quitosana, como os oligômeros de quitosana (OQ), são biopolímeros catiônicos extraídos de fontes renováveis que são candidatos promissores a serem agentes antimicrobianos de amplo espectro (fungos, bactérias gram-positivas e bactérias gram-negativas). Diferentemente da quitosana, que é sobretudo bioativa em pHs ácidos, OQ permanece catiônico – e portanto ativo – em pH fisiológico. Não obstante, o mecanismo exato pelo qual o polímero age nas membranas celulares permanece desconhecido em nível molecular. Este trabalho visa investigar o mecanismo de interação entre os OQ e modelos de membrana biomiméticos (Filmes de Langmuir). Para comparação, outro polieletrólito catiônico sintético com propriedades antibacterianas...

Perfil da utilização de antimicrobianos em um hospital privado

Rodrigues,Fernanda d'Athayde; Bertoldi,Andréa Dâmaso
Fonte: ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva Publicador: ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2010 PT
Relevância na Pesquisa
37.27%
Os antimicrobianos são um dos grupos de medicamentos mais prescritos nos hospitais e que causam uma grande preocupação quanto à adequação do seu uso. Descreveu-se o perfil dos antimicrobianos utilizados num hospital privado do interior do Rio Grande do Sul, analisando a quantidade consumida de cada antimicrobiano. Foram analisadas todas as prescrições de pacientes que utilizaram antimicrobianos enquanto internados no período de março a junho de 2006. O consumo dos antimicrobianos foi expresso em dose diária definida (DDD) por 100 leitos-dia. As análises de utilização de antimicrobianos foram feitas em geral e estratificadas por grupos de idade e por clínicas médicas. Durante o período em estudo, a prevalência do uso de antimicrobianos foi de 52,4% (IC95% 49,2-55,7). As cefalosporinas foram as mais utilizadas (43,4%), seguidas das penicilinas (16,3%), fluorquinolonas (13,0%) e aminoglicosídeos (9,7%). O alto consumo de antimicrobianos durante o período em estudo é resultado da ausência de uma política de controle dos medicamentos prescritos no hospital e da falta de protocolos de uso de antimicrobianos. Para que haja um controle do consumo de antimicrobianos, os hospitais devem assumir uma política de vigilância sobre as prescrições deste grupo de medicamentos.

Antimicrobial drug administration errors identified in Brazilian multicentric study; Erros de administração de antimicrobianos identificados em estudo multicêntrico brasileiro

Marques, Tatiane Cristina; Reis, Adriano Max Moreira; Silva, Ana Elisa Bauer de Camargo; Gimenes, Fernanda Raphael Escobar; Opitz, Simone Perufo; Teixeira, Thalyta Cardoso Alux; Lima, Rhanna Emanuela Fontenele; Cassiani, Silvia Helena De Bortoli
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Ciências Farmacêuticas Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Ciências Farmacêuticas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares Formato: application/pdf
Publicado em 01/06/2008 POR
Relevância na Pesquisa
37.22%
Medication administration errors (MAE) are the most frequent kind of medication errors. Errors with antimicrobial drugs (AD) are relevant because they may interfere in patient safety and in the development of microbial resistance. The aim of this study is to analyze the AD errors detected in a Brazilian multicentric study of MAE. It was a descriptive and exploratory study carried out in clinical units in five Brazilian teaching hospitals. The hospitals were investigated during 30 days. MAE were detected by observation technique. MAE were classified in categories: wrong route(WR), wrong patient(WP), wrong dose(WD) wrong time (WT) and unordered drug (UD). AD with MAE were classified by Anatomical-Therapeutical-Chemical Classification System. AD with narrow therapeutic index (NTI) were identified. A descriptive statistical analysis was performed using SPSS version 11.5 software. A total of 1500 errors were observed, 277 (18.5%) of them were errors with AD. The types of AD error were: WT 87.7%, WD 6.9%, WR 1.5%, UD 3.2% and WP 0.7%. The number of AD found was 36. The mostly ATC class were fluoroquinolones 13.9%, combinations of penicillin 13.9%, macrolides 8.3% and third-generation cephalosporins 5.6%. The parenteral drug dosage form was associated with 55.6% of AD. 16.7% of AD were NTI. 47.4% of WD and 21.8% WT were with NTI drugs. This study shows that these errors should be considered potential areas for improvement in the medication process and patient safety plus there is requirement to develop rational drug use of AD.; Erros de administração de antimicrobianos são relevantes...

ERROS DE DOSE RELACIONADOS A PROCEDIMENTOS DE ENFERMAGEM NA INFUSÃO ENDOVENOSA DE ANTIMICROBIANOS; DOSE ERRORS RELATED WITH NURSING PROCEDURES IN INTRAVENOUS INFUSION OF ANTIMICROBIALS; ERRORES DE DOSIS RELACIONADOS A PROCEDIMIENTOS EN ENFERMERÍA EN LA INFUSIÓN INTRAVENOSA DE ANTIMICROBIANOS

Mota, Maria Lurdemiler Sabóia; Vasconcelos, Francisquinha Mota; Lins, Luiz Eduardo Rodrigues; Andrade, Ítalo Rigoberto Cavalcante
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 14/12/2009 POR
Relevância na Pesquisa
37.27%
La infusión de subdosis de antimicrobianos puede ser extremamente importante, pues interfiere en el desarrollode resistencia microbiana. El objetivo de este estudio fue analizar los errores de dosis relacionados con la infusión deantimicrobianos por vía intravenosa. Se trata de un estudio exploratorio, realizado en una unidad clínico-quirúrgica de unhospital público en Fortaleza- Ceará. Fueron realizadas 174 observaciones de infusión de antimicrobianos con detecciónde 59 errores relacionados a la dosis menor de la prescrita. Del total (59) predominaron administraciones de dosis menorespor residuo en los dispositivos de infusión en 47,5% (28). Los antimicrobianos más frecuentemente envueltos en loserrores fueron: ceftriaxona 12 prescripciones, ciprofloxacina 11 prescripciones y vancomicina 08 prescripciones. Los datosdespiertan la necesidad de acción conjunta del equipo de salud en la elaboración de rutinas para la infusión de losantimicrobianos y para la educación continuada de técnicos y auxiliares en la obediencia a infusiones completas de lassoluciones para mayor seguridad terapéutica del paciente.; The infusion of subdoses of antimicrobials may be extremely important...

Utilización de antimicrobianos en el Hogar materno Doña Leonor Pérez durante el período 2007-2009

Pavón Pérez,Jessy; Diaz Molina,Milena; Mateu López,Liliana; Rojas García,Jesahel
Fonte: Revista Cubana de Farmacia Publicador: Revista Cubana de Farmacia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2013 ES
Relevância na Pesquisa
37.25%
Introducción: el uso inadecuado de los medicamentos supone un importante problema sanitario y económico, más sensible en el caso de los niños, ancianos y las embarazadas. Existen una gran diversidad de medicamentos y sobre muchos de ellos no se tiene un criterio definitivo de su inocuidad, por lo que la información disponible para la prescripción de fármacos en mujeres embarazadas, es muy escasa. Objetivo: evaluar la calidad en el uso racional de antimicrobianos en las gestantes ingresadas en el Hogar materno «Doña Leonor Pérez Cabrera» durante el período 2007- 2009. Métodos: este trabajo constituye un estudio de utilización de medicamento del tipo indicación prescripción, retrospectivo y descriptivo. Se revisaron las historias clínicas y se obtuvieron las variables biosociales edad materna, edad gestacional al ingreso, ocupación, diagnóstico que precisó el uso de antimicrobianos, forma de diagnóstico más utilizado así como los antimicrobianos más prescritos. Resultados: a través del análisis de las variables y de los esquemas terapéuticos se pudo evaluar la calidad de la prescripción de los antimicrobianos. Los resultados obtenidos permitieron constatar que predominaron las gestantes con edades entre 21 y 30 años...

Prevención de la resistencia bacteriana a antimicrobianos. aspectos farmacológicos.

Martín,G; Carmona,O.
Fonte: Organo Oficial de la Sociedad Venezolana de Microbiología. Publicador: Organo Oficial de la Sociedad Venezolana de Microbiología.
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2003 ES
Relevância na Pesquisa
37.31%
Con la aparición de los antimicrobianos, hace más de 60 años, cambió el curso de la historia de las enfermedades infecciosas; es así como la tasa de mortalidad disminuyó de 797 por cada 100.000 habitantes en 1900 a 36 por cada 100.000 habitantes para 1980. Sin embargo, a pesar de los éxitos alcanzados por las medidas sanitarias preventivas y por el uso de fármacos antimicrobianos, siempre hubo preocupación, debido a que la introducción de un nuevo fármaco antimicrobiano iba seguida de resistencia bacteriana (RB) al mismo. De esta forma se plantean estrategias para la prevención de la RB, tanto en el ecosistema hospitalario como en el comunitario. Algunas de las estrategias que deben ser tomadas en consideración en la comunidad son: control sobre el libre expendio de antimicrobianos, políticas sanitarias gubernamentales relacionadas con las medidas higiénicas, control de epidemias, vacunaciones y control del uso de antimicrobianos en veterinaria, entre otros. En cuanto a las estrategias para el control de la RB en el medio hospitalario se hace énfasis en las medidas de asepsia y antisepsia que deben practicarse a diario en los hospitales por el equipo de salud. Además, se mencionan seis puntos importantes a tener en consideración en ambos ecosistemas. Por último...

Perfil da utilização de antimicrobianos em um hospital privado

Rodrigues,Fernanda d'Athayde; Bertoldi,Andréa Dâmaso
Fonte: ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva Publicador: ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2010 PT
Relevância na Pesquisa
37.27%
Os antimicrobianos são um dos grupos de medicamentos mais prescritos nos hospitais e que causam uma grande preocupação quanto à adequação do seu uso. Descreveu-se o perfil dos antimicrobianos utilizados num hospital privado do interior do Rio Grande do Sul, analisando a quantidade consumida de cada antimicrobiano. Foram analisadas todas as prescrições de pacientes que utilizaram antimicrobianos enquanto internados no período de março a junho de 2006. O consumo dos antimicrobianos foi expresso em dose diária definida (DDD) por 100 leitos-dia. As análises de utilização de antimicrobianos foram feitas em geral e estratificadas por grupos de idade e por clínicas médicas. Durante o período em estudo, a prevalência do uso de antimicrobianos foi de 52,4% (IC95% 49,2-55,7). As cefalosporinas foram as mais utilizadas (43,4%), seguidas das penicilinas (16,3%), fluorquinolonas (13,0%) e aminoglicosídeos (9,7%). O alto consumo de antimicrobianos durante o período em estudo é resultado da ausência de uma política de controle dos medicamentos prescritos no hospital e da falta de protocolos de uso de antimicrobianos. Para que haja um controle do consumo de antimicrobianos, os hospitais devem assumir uma política de vigilância sobre as prescrições deste grupo de medicamentos.

Uso de antimicrobianos pela população da cidade de Jataí (GO), Brasil

Braoios,Alexandre; Pereira,Ana Cláudia Souza; Bizerra,Adaís Alves; Policarpo,Olmeny Ferreira; Soares,Nayana Carvalho; Barbosa,Adriano de Souza
Fonte: ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva Publicador: ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/10/2013 PT
Relevância na Pesquisa
37.22%
Um dos fatores que contribui para a emergência de microrganismos multirresistentes é a utilização inadequada de antimicrobianos. Neste estudo foram visitados 192 domicílios para aplicação de um questionário a respeito dos hábitos de consumo de antimicrobianos de todos os moradores. Os dados revelaram que 6,8% dos participantes utilizaram antimicrobianos nos últimos meses. Os usuários eram predominantemente do sexo feminino, idade entre 20 e 59 anos e renda de 1 a 3 salário mínimos. Do total, 9,1% fizeram uso de antimicrobianos sem prescrição e 4,6% não concluíram o tratamento, alegando melhora dos sintomas ou devido aos efeitos colaterais. O motivo mais relatado para o tratamento foi infecção de orofaringe. Foi constatado também o uso de antimicrobianos de forma desnecessária, como para o tratamento de febre, gripe e alergia. Entre os entrevistados, 20,5% possuem o hábito de indicar antimicrobianos para familiares e amigos. Este trabalho foi conduzido antes da proibição legal da venda de antimicrobianos sem receita médica. Grande parte dos entrevistados desconhece os riscos da utilização inadequada e foi observado um percentual considerável de indivíduos que indicam estas drogas a outros. Com a implantação da lei que proíbe a venda sem prescrição é esperado que este problema seja minimizado.