Página 1 dos resultados de 167 itens digitais encontrados em 0.004 segundos

Avaliação da diversidade microbiana e degradabilidade in situ em animais tratados com preparado de anticorpos policlonais contra bactérias produtoras de lactato e bactérias proteolíticas; Evaluation of microbial diversity and in situ degradability in animals treated with polyclonal antibody preparation against lactate-producer and proteolytic bacteria

Otero, Walter Guimarães
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 15/12/2008 PT
Relevância na Pesquisa
67.21%
A imunidade passiva surge como uma alternativa para a manipulação da fermentação ruminal e anticorpos de origem aviária contra bactérias específicas começam a ser pesquisados. Objetivou-se com este trabalho avaliar um preparado de anticorpos policlonais contra Streptococus bovis, Fusobacterium necrophorum e algumas cepas de bactérias proteolíticas (Peptostreptococcus anacrobius, Clostridium aminophilum e Clostridium sticklandii) sobre a diversidade microbiana ruminal e degradabilidade in situ de alguns alimentos. Foram utilizadas nove vacas mestiças portadoras de cânula ruminal. O delineamento experimental foi o quadrado latino 3 x 3 replicado 3 vezes, com arranjo fatorial de tratamentos 3 x 3 referente a 2 modificadores ruminais representados pela monensina (MON) e pelo preparado de anticorpos policlonais (PAP) mais o grupo controle e 3 fontes energéticas suplementadas na dieta, representadas pelo milho seco moído (MSM), silagem de grão úmido de milho (SGUM) e polpa cítrica (PC). Cada subperíodo experimental foi composto de 21 dias, sendo 16 dias para adaptação aos tratamentos e 5 para coleta de dados. A degradabilidade in situ dos alimentos testados foi mensurada através da técnica de saco de náilon. A coleta de amostras para a análise quantitativa de protozoários ocorreu no 21° dia de cada período...

Avaliação de anticorpos policlonais em bovinos adaptados ou não à dietas com alta proporção de carboidratos prontamente fermentescíveis.; Evaluation of polyclonal antibodies in cattle adapted or not to highly fermentable carbohydrates diets.

Barros, Tarley Araujo
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 13/12/2011 PT
Relevância na Pesquisa
47.17%
O objetivo com o presente trabalho foi avaliar o efeito do preparado de anticorpos policlonais (PAP) contra bactérias ruminais específicas (Streptococcus bovis e Fusobacterium necrophorum) sobre o consumo de matéria seca, digestibilidade aparente total da dieta, parâmetros de fermentação ruminal e contagem ruminal de protozoários, em animais adaptados ou não a dietas com alta proporção de carboidratos fermentescíveis. Foram utilizadas 6 vacas fistuladas no rúmen em dois quadrados latinos 3x3, em arranjo fatorial de tratamentos 3x2 referentes a dois aditivos PAP pó (PAPP) e PAP líquido (PAPP), mais o grupo controle e 2 tipos de manejo de adaptação à dieta. O primeiro quadrado latino recebeu uma adaptação gradual à dieta: do D0 ao D4 100% forragem; D5 ao D9 30% de concentrado e do D10 ao D14 60% de concentrado. O segundo quadrado latino recebeu 100% de forragem do D0 ao D14. Nos dias D15 e D16, todos os animais receberam uma dieta com 80% de concentrado. Para as análises, amostras de líquido ruminal foram coletadas diariamente às 3 h após a alimentação matinal. Os dados foram analisados pelo procedimento MIXED do SAS com nível de significância de 0,05. A variável consumo de matéria seca apresentou efeito de interação entre tempo e adaptação à dieta com alta proporção de carboidratos prontamente fermentescíveis (P<0...

Produção e eficácia de anticorpos gerados contra glicolipídios de Paracoccidioides brasiliensis; Production and efficacy of antibodies generated against glycolipids of P. brasiliensis

Bueno, Renata Amelia
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 10/10/2012 PT
Relevância na Pesquisa
47.17%
A paracoccidioidomicose (PCM) é a infecção fúngica sistêmica de maior prevalência na América Latina, cujo agente etiológico, Paracoccidioides brasiliensis, é um fungo com estrutura de parede celular complexa constituída de proteínas, glicoproteínas, polissacarídeos, lipídeos, polipeptídios e melanina que reúnem condições físico-químicas e biológicas para atuarem como antígenos. Anticorpos direcionados contra antígenos presentes na parede de P. brasiliensis podem interferir no curso da doença. Os mecanismos com os quais anticorpos específicos medeiam à proteção contra fungos estão em processo de elucidação por vários grupos de pesquisadores. No entanto, estas moléculas podem ser protetoras, proporcionando o aumento da eficácia de células efetoras do hospedeiro contra o fungo e modular a produção de citocinas, entre outros processos. O tratamento da PCM é relativamente eficiente, porém, é muito longo, por isso alguns pacientes desistem ou não seguem adequadamente o tratamento, resultando em reativação do foco infeccioso. Nesse sentido, avaliamos o efeito da transferência passiva de anticorpos policlonais contra glicolipídios acídicos por meio de protocolos profiláticos e terapêuticos em animais infectados com P. brasiliensis. Nos ensaios in vivo...

Avaliação de anticorpos policlonais em bovinos adaptados ou não à dietas com alta proporção de carboidratos prontamente fermentescíveis após indução à acidose; Evaluation of polyclonal antibodies in cattle adapted or not to diets with a high proportion of readily fermentable carbohydrates after induction of acidosis

Cassiano, Eduardo Cuelar Orlandi
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 17/12/2012 PT
Relevância na Pesquisa
47.01%
O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito de um preparado de anticorpos policlonais (PAP) contra bactérias ruminais específicas, Streptococcus bovis e Fusobacterium necrophorum, em parâmetros ruminais da fermentação, em vacas canuladas, adaptadas ou não a uma dieta de alta proporção de carboidratos prontamente fermentescíveis, após indução à acidose. O delineamento experimental utilizado foi o quadrado latino 3X3 replicado em arranjo fatorial de tratamentos 3X2, sendo 2 aditivos alimentares (PAP na apresentação em pó - PAPP e PAP na apresentação líquida - PAPL) mais um grupo controle (CON) e dois manejos de adaptação à dieta, resultando em seis tratamentos. O primeiro quadrado latino foi submetido a um protocolo de adaptação à dieta do tipo gradual ou step-up: dos dias D0 a D4 os animais receberam 100% de forragem; do D5 ao D9, 30% de concentrados e do D10 ao D14, 60% de concentrados. O segundo quadrado latino recebeu 100% de forragem do D0 ao D14 (sem adaptação). Nos D15 e D16, todos os animais receberam dieta com 80% de concentrados. Para as análises foram coletadas amostras de líquido ruminal a cada 3 horas a partir da 0h antes da alimentação até as 36h (D15 e D16) durante o desafio com uma dieta de 80% de concentrados. Os dados foram analisados pelo procedimento Mixed do SAS com nível de significância de 0...

Efeito da suplementação com anticorpos policlonais e/ou monensina sódica sobre a saúde ruminal de bovinos jovens confinados

Sarti, Luís Marcelo Nave
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: vi, 94 f. : il. color., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
47.27%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP); Pós-graduação em Zootecnia - FMVZ; O objetivo deste estudo foi avaliar os efeitos dos anticorpos policlonais, preparados contra as bactérias ruminais Streptococcus bovis, Fusobacterium necrophorum, Lactobacillus e endotoxina, ou monensina sódica sobre perfil metabólico sanguíneo e variações na ingestão diária de matéria seca de bovinos jovens confinados com diferentes níveis de concentrado. Foram utilizados 72 animais Brangus, machos, não castrados, desmamados com nove meses de idade, com peso vivo médio inicial de 261,04 ± 34,73 kg divididos em 24 baias (3 animais/baia), com 6 repetições (baias) em cada tratamento. Todos os animais foram submetidos à mesma dieta (ad libitum), tipo de alojamento e manejo. As dietas apenas foram diferentes no tocante aos aditivos alimentares utilizados: controle (sem aditivo), monensina sódica - MON, anticorpos policlonais – PAP ou mistura de monensina sódica com anticorpos policlonais – MIX, estes, na forma de pó. O delineamento experimental foi inteiramente casualizado em arranjo fatorial 2 x 2 com medidas repetidas no tempo, sendo os fatores: inclusão ou não de monensina sódica e inclusão ou não de anticorpos policlonais. Medidas de tempo foram tomadas de acordo com o período: adaptação...

Desempenho, avaliação ruminal e perfil metabólico sanguíneo de bovinos jovens confinados suplementados com monensina sódica ou anticorpos policlonais

Millen, Danilo Domingues
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: iv, 131 f. : grafs., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
67.07%
Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq); Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP); Pós-graduação em Zootecnia - FMVZ; Esse estudo, conduzido no confinamento experimental da UNESP – Botucatu, foi realizado para testar anticorpos contra as bactérias ruminais S. bovis e F. necrophorum e várias cepas de bactérias proteolíticas sobre o desempenho e incidências de paraqueratose ruminal (IPR) e abscesso hepático em bovinos jovens com diferentes graus de sangue Zebu. O delineamento experimental foi inteiramente casualizado em arranjo fatorial 3X2 em parcelas subdivididas com três repetições (4 animais/baia), aonde três grupos genéticos (24 Tri-Cross (TC) - ½ Brangus, ¼ Angus, ¼ Nelore; 24 Canchim (CC) - ⅝ Charolais, ⅜ Nelore e 24 Nelores (NE)) e dois aditivos alimentares (anticorpos policlonais – 10 ml/cabeça/dia (AP) e monensina sódica – 30 mg/kg de dieta (MN)) foram as variáveis estudadas em três períodos de coleta de dados, correspondentes as três dietas com níveis crescentes de concentrado (73, 82 e 85%). Não houve interação (P>0,05) entre os grupos genéticos e os aditivos alimentares estudados. Animais suplementados com AP apresentaram similares (P>0...

Características físicas e químicas da carcaça de bovinos jovens suplementados com monensina sódica ou anticorpos policlonais aviários

Pacheco, Rodrigo Dias Lauritano
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: v., 82 f. : graf., , tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
67.12%
Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP); Pós-graduação em Zootecnia - FMVZ; O presente estudo teve por objetivo avaliar os possíveis impactos causados pela suplementação de anticorpos policlonais Y contra Streptococcus bovis, Fusobacterium necrophorum e algumas cepas de bacterias proteolíticas, ou monensina sódica na carcaça e qualidade de carne de bovinos jovens. Foram usados 72 animais, sendo 24 nelores puros, NE, 24 canchins (3/8 Nelore e 5/8 Charolês, CC) e 24 Tri-cross (½ sangue Brangus, ¼ Nelore e ¼ Angus, TC), desmamados com sete meses de idade. Os animais foram alimentados com dieta de alta proporção de concentrado duas vezes ao dia, no período da manhã e tarde e monitorados a cada 28 dias com ultra-som em tempo real. Não houve interação (P>0,05) aditivo x grupo genético. NE apresentaram menor (P<0,05) peso inicial, final, área de olho de lombo e quantidade de ácidos graxos saturados e maior CLA (P<0,01) quando comparados aos outros grupos genéticos. CC apresentou maior (P<0,05) área de olho de lombo e menor (P<0,05) espessura de gordura subcutânea, comparando TC e NE. TC obteve menor (P<0,05) rendimento de carcaça e força de cisalhamento. O grupo suplementado com anticorpos obteve menor rendimento de carcaça...

Efeito de diferentes dosagens do preparado de anticorpos policlonais específicos sobre as variáveis ruminais, degradabilidade in situ e digestibilidade in vivo de bovinos alimentados com dieta de alto concentrado

Bastos, João Paulo Sigolo Teixeira
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: xiii, 111 f. : gráfs., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
67.01%
Pós-graduação em Zootecnia - FMVZ; O objetivo do presente estudo foi avaliar os efeitos de diferentes doses do preparado de anticorpos policlonais (PAP) produzido contra diferentes cepas de bactérias ruminais sobre parâmetros de fermentação ruminal (pH, AGCC, nitrogênio amoniacal e lactato) em bovinos recebendo dieta de alto concentrado. Foram utilizadas oito fêmeas bovinas, canuladas no rúmen, alimentadas (ad libitum) duas vezes ao dia com dieta de alto concentrado. O delineamento experimental utilizado foi o quadrado latino 4 x 4, replicado duas vezes. Os quatro tratamentos foram estruturados de acordo com as diferentes doses do produto (T1: 0,0 g/animal/dia, “controle”; T2: 1,5 g/animal/dia; T3: 3,0 g/animal/dia e T4: 4,5 g/animal/dia) e em diferentes períodos experimentais. Cada período experimental foi constituído de 21 dias, sendo que as colheitas de líquido ruminal foram realizadas a cada duas horas nos tempos de 0 a 12 horas, após a alimentação, no último dia de cada período e posteriormente analisadas. Não foi observado efeito de interação entre tempo e tratamento (p > 0,05) para os dados de pH. Independentemente do tempo de amostragem, não foi observado efeito linear ou quadrático dos níveis de administração do PAP sobre o pH ruminal. Não foram observados efeitos significativos (p > 0...

Suplementação de monensina sódica e/ou anticorpos policlonais em dietas de bovinos jovens confinados

Barducci, Robson Sfaciotti
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: vii, 51 f. : il., color., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
67.01%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP); Pós-graduação em Zootecnia - FMVZ; Esse estudo foi realizado para avaliar o efeito do preparado de anticorpos policlonais (PAP) e/ou da monensina sódica (MON) sobre o desempenho, características e perfil de ácidos graxos da carcaça em bovinos Brangus Jovens confinados. O delineamento experimental foi inteiramente casualizado em arranjo fatorial 2 x 2 com medidas repetidas no tempo, sendo os fatores a inclusão ou não de MON e de PAP, avaliados em dois períodos (crescimento e terminação), totalizando 24 baias, sendo 6 repetições (baia) por tratamento (3 animais/baia), com 72 Brangus machos não castrados (285.9 ± 38.7 kg). As dietas dos tratamentos foram diferentes apenas no tocante aos aditivos utilizados: controle (sem aditivo), MON, PAP ou MON + PAP (MIX). Não foi observado efeito (P>0,05) da inclusão do PAP (+) em relação a não inclusão do PAP (-) para nenhuma das variáveis do desempenho. Também não foi encontrada interação (P>0,05) entre os aditivos, nem como para aditivos e período para as variáveis de desempenho. No entanto, foi observado efeito (P < 0,05) da inclusão de MON (+) em relação a não inclusão de MON (-) para as variáveis ganho de peso diário (GPD)...

Monensina sódica ou anticorpos policlonais contra bactérias precursoras de distúrbios nutricionais em bovinos induzidos à acidose ruminal

Pacheco, Rodrigo Dias Lauritano
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Tese de Doutorado Formato: Vii, 118 f. il. color. , grafs., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
67.17%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP); Pós-graduação em Zootecnia - FMVZ; O presente ensaio de pesquisa objetivou avaliar o preparado de anticorpos policlonais contra as bactérias ruminais precursoras de distúrbios nutricionais (Streptococccus bovis, Lactobacillus ssp. e Fusobacterium necrophorum) na forma sólida, como aditivo alimentar preventivo à acidose ruminal em bovinos e substituto à monensina. Nove vacas canuladas no rúmen com 677±98 kg de peso vivo médio foram agrupadas em baias individuais através de delineamento inteiramente casualizado com dois períodos de 20 dias. Separaram-se os animais em três tratamentos: controle (CTL), preparado de anticorpos policlonais (PAP) e monensina sódica (MON). Nos primeiros cinco dias de cada período, os animais receberam apenas cana e úreia como alimento. Em seguida, foi fornecida a dieta desafio com aproximadamente 74% de concentrado por 15 dias, com o intuito de causar acidose ruminal. Houve um tempo de 15 dias entre cada período para a readaptação dos animais à dieta de volumoso. As variáveis experimentais foram: ingestão de matéria seca (em kg, IMKG; % do peso vivo...

Anticorpos policlonais em dietas com alta inclusão de concentrado para bovinos confinados

Millen, Danilo Domingues; Ronchesel, João Ricardo; Parra, Fernando Salvador; Pacheco, Rodrigo Dias Lauritano; Martins, Cyntia Ludovico; Arrigoni, Mário De Beni
Fonte: Universidade Federal de Santa Maria Publicador: Universidade Federal de Santa Maria
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 1660-1667
POR
Relevância na Pesquisa
47.01%
Among alternatives to replace ionophores, which are classified as antibiotics by some committees, the feeding of polyclonal antibodies have shown an interesting and economically efficient alternative. Recent studies have demonstrated some advantages of adding polyclonal antibodies into high-concentrate diets for feedlot cattle, showed by increased performance and ruminal health, in some cases similar to sodium monensin. However, there are blind spots of this innovated technology that still need to be elucidated, as example, if the dry form of the preparation is inactivated and decreased carcass-dressing percentage. All in all, this review demonstrates the possibility of replacing sodium monensin by this feed additive without negatively impacting animal performance and profit of cattle feeders in Brazil.; Dentre as alternativas para substituir o uso de ionóforos classificados como antibiótico por alguns comitês, a utilização de anticorpos policlonais classificados como promotores de crescimento naturais tem se mostrado alternativa interessante e economicamente eficiente. Recentes estudos demonstraram pontos positivos na utilização desse aditivo em dietas com alta inclusão de ingredientes concentrados para bovinos confinados...

Produção e caracterização de anticorpos policlonais contra Xanthomonas campestris pv. viticola

Araujo,João Sebastião de Paula; Reis Junior,Fábio Bueno dos; Cruz,Geraldo Baeta; Oliveira,Bruno Cardoso de; Robbs,Charles Frederick; Ribeiro,Raul de Lucena Duarte; Polidoro,José Carlos
Fonte: Embrapa Informação Tecnológica; Pesquisa Agropecuária Brasileira Publicador: Embrapa Informação Tecnológica; Pesquisa Agropecuária Brasileira
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2005 PT
Relevância na Pesquisa
47.01%
O objetivo deste trabalho foi a produção de anticorpos policlonais contra Xanthomonas campestris pv. viticola e sua caracterização pelo método Elisa indireto. Os resultados apontaram a qualidade dos anticorpos policlonais produzidos, os quais mostraram-se altamente reativos e específicos para o patovar com potencial para ser empregado no diagnóstico da doença e em programas de certificação.

Avaliação de atividade inflamatória na osteomielite crônica. Contribuição da cintilografia com anticorpos policlonais

Sapienza,M.T.; Hironaka,F.; Lima,A.L.L.M.; Yamaga,L.Y.I; Hamada,E.; Watanabe,T.; Costa,P.A.; Buchpiguel,C.A.
Fonte: Associação Médica Brasileira Publicador: Associação Médica Brasileira
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2000 PT
Relevância na Pesquisa
56.86%
OBJETIVO: O diagnóstico de osteomielite crônica em atividade ou sobreposta a outras patologias é difícil, pois estas situações mascaram os achados radiológicos de infecção. A especificidade da cintilografia do esqueleto ou com gálio-67 também é reduzida pela influência da remodelação óssea na captação destes radiofármacos. Anticorpos policlonais marcados com tecnécio-99m (Tc-99m-IgG) apresentam captação independente do metabolismo ósseo, sendo um dos radiofármacos em investigação para avaliação mais específica de infecção. CASUÍSTICA E MÉTODO: Neste estudo comparou-se a cintilografia com Tc-99m-IgG, cintilografia óssea trifásica e cintilografia com gálio-67 no diagnóstico da osteomielite crônica em atividade em 23 segmentos ósseos; correlacionando-as com dados clínico-laboratoriais e radiológicos. RESULTADOS: Oito dos 23 segmentos foram classificados como infectados, 11 não infectados e quatro inconclusivos. A sensibilidade e especificidade encontradas para cintilografia óssea, com gálio-67 e com Tc-99m-IgG foram, respectivamente, 88 e 36%, 75 e 73%, 88 e 82%. CONCLUSÃO: Os resultados sugerem que a Tc-99m-IgG possa ser utilizada no diagnóstico da osteomielite crônica em atividade.

Obtenção de anticorpos policlonais contra proteínas presentes em plantas afetadas pela anomalia declínio dos citros

Barrios,Sanzio Carvalho Lima; Teixeira,Juliana Erika; Azevedo,Sebastião Márcio de; Campos,Magnólia de Araújo; Paiva,Luciano Vilela
Fonte: Editora da Universidade Federal de Lavras Publicador: Editora da Universidade Federal de Lavras
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/10/2006 PT
Relevância na Pesquisa
57%
O declínio dos citros, uma anomalia de etiologia desconhecida, continua sendo um dos entraves para o setor citrícola, uma vez que não existem medidas de prevenção e controle para as plantas acometidas pela anomalia. Para a caracterização e estudo da anomalia, muita ênfase tem sido dada à mudança na expressão gênica de plantas afetadas, que culmina no acúmulo de proteínas. Proteínas totais extraídas dos vasos do xilema de raízes de plantas afetadas pela anomalia, quando separadas por eletroforese no sistema SDS-PAGE 12,5%, apresentam um perfil eletroforético contendo proteínas com massas moleculares de cerca de 21, 23, 31 e 42 kDa, sendo que plantas consideradas sadias apresentam proteínas de 21, 31 e 42 kDa. Com este trabalho objetivou-se obter anticorpos contra essas proteínas, bem como a titulação adequada para os mesmos. Duas inoculações subcutâneas foram realizadas em coelhos, espaçadas de 15 dias, ambas usando cerca de 120 µg de proteína isolada, sendo que cada coelho recebeu uma proteína específica, visando à produção de anticorpos. A primeira sangria foi realizada aos 21 dias após a primeira inoculação e as demais semanalmente. A técnica Western Blotting foi realizada para a confirmação da especificidade dos anticorpos...

Produção de anticorpos policlonais anti-ricina

Furtado,Roselayne Ferro; Guedes,Maria Izabel Florindo; Alves,Carlucio Roberto; Moreira,Ana Cristina de Oliveira Monteiro; Felix,Wagner Pereira; Dutra,Rosa Amália Fireman
Fonte: Editora da Universidade Federal de Lavras Publicador: Editora da Universidade Federal de Lavras
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/02/2011 PT
Relevância na Pesquisa
47.12%
A ricina é uma proteína bastante tóxica presente nas sementes de mamona que impossibilita o uso da torta de mamona "in natura", como ração. A torta de mamona destoxificada necessita ainda de métodos de análise que garantam a ausência de traços dessa proteína. Objetivou-se, neste trabalho, produzir e avaliar a sensibilidade e especificidade de anticorpos policlonais anti-ricina, para serem empregados como possíveis componentes de métodos sorológicos na detecção de ricina em torta de mamona destoxificada. Foram avaliadas três doses da proteína: 400, 180 e 100 µg cada uma dividida em duas aplicações em coelhos. A primeira dose foi injetada no animal no início do experimento e a segunda após 21 dias. O método de ELISA indicou que as duas doses menores (100 e 180 µg) induziram respostas imunológicas primária e secundária com produção de anticorpos específicos. Enquanto a dose maior (400 µg) de ricina apresentou uma resposta primária com elevação dos títulos de anticorpos, seguida de uma supressão da resposta. Esse perfil é sugestivo de tolerância imunológica. Pela técnica de Western blotting verificou-se que os anticorpos policlonais produzidos são bastante específicos para a ricina, no entanto...

Produção de hibridomas secretores de anticorpos anti-Neospora caninum para uso em imunodiagnóstico

Devens,Bruna Alves; Viloria,Marlene Isabel Vargas; Silva,Carlos Henryque de Souza e; Salcedo,Joaquin Hernán Patarroyo
Fonte: Universidade Federal de Goiás Publicador: Universidade Federal de Goiás
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2014 PT
Relevância na Pesquisa
47.02%
O Neospora caninum é um protozoário apicomplexa com maior implicação em abortamentos em muitos países do mundo. As perdas econômicas determinadas pela neosporose incluem além dos abortamentos também o descarte precoce de vacas, os custos de reposição de novos animais no rebanho, a queda na produção leiteira, bem como na produção da gordura no leite. O diagnóstico imunológico envolve a aquisição de kits diagnósticos existentes no mercado os quais apresentam alto custo. Portanto, o objetivo do presente trabalho foi à produção de hibridomas secretores de anticorpos policlonais com afinidade ao Neospora caninum (cepa Nc-1) para utilização em imunodiagnósticos. Para a produção dos anticorpos usou-se o protozoário sonicado, proveniente da cultura em células VERO, que foi purificado por filtração. Esses taquizoítos foram utilizados na imunização dos camundongos BALB/c, usando-se como adjuvante a saponina, o que permitiu a obtenção de anticorpos policlonais capazes de revelar a fluoresceína na reação da imunofluorescência indireta. A fusão das células esplênicas, provenientes dos camundongos imunizados com as células de mieloma SP2/0 resultou na obtenção de 72,4% de hibridomas secretores de anticorpos anti-Nc-1. Esses hibridomas secretaram anticorpos positivos ao N. caninum e negativos ao Toxoplasma gondii.

Estudo da interação da metaloprotease BmooMPα-I, isolada da peçonha de Bothrops moojeni (HOGE, 1965; Viperidae),com a citocina pró-inflamatória TNF-α.

Silva, Maraisa Cristina
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
47.17%
A inflamação é um processo essencial para manutenção da homeostase, envolvendo eventos vasculares, migração e ativação de leucócitos. No entanto, suas manifestações exacerbadas, geralmente mediadas pelo aumento do nível de citocinas pró-inflamatórias como o fator de necrose tumoral (TNF-α), podem resultar em doenças crônicas, como artrite reumatoíde, fibrose pulmonar e reações de hipersensibilidade. O presente estudo teve por objeto avaliar se a enzima BmooMPα-I, uma metaloprotease isolada da peçonha de Bothrops moojeni, apresenta algum papel na resposta inflamatória em modelos experimentais in vitro e in vivo. Foi realizado o isolamento da enzima BmooMPα-I, a partir da peçonha bruta da serpente Bothrops moojeni, utilizando colunas de cromatografia DEAE Sephacel, Sephadex G-75 e Benzamidina-Sepharose. A eletroforese bidimensional (2D) demonstrou grau de pureza, massa molecular (Mr) e ponto isoelétrico (pI) de um trímero proteíco em condições redutoras (~23,6 kDa; ~21,2 kDa e ~18,7 kDa; pI na faixa de 7,24 a 7,33) e em condições não redutoras somente um spot protéico pode ser evidenciado (~23,0 kDa; pI 6,82). Foi realizado a imunização de coelhos da raça nova Zelândia para obtenção de anticorpos policlonais da classe IgG anti-BmooMPα-I. O ensaio imunoenzimático indireto (iELISA) confirmou a presença dos anticorpos IgG policlonais anti-BmooMPα-I no soro dos animais imunizados. Suas especificidade e reatividade cruzada com os antígenos (enzima BmooMPα-I e peçonha bruta de B. moojeni) foram confirmadas por Immunoblot 1D. Os anticorpos policlonais anti-BmooMPα-I neutralizaram a atividade azoproteolítica induzida pela peçonha bruta de B. moojeni e enzima pura (BmooMPα-I) em 27% e 100%...

Obtenção de anticorpos policlonais contra proteínas presentes em plantas afetadas pela anomalia declínio dos citros

Fonte: Editora da Universidade Federal de Lavras Publicador: Editora da Universidade Federal de Lavras
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
PT
Relevância na Pesquisa
57%
O declínio dos citros, uma anomalia de etiologia desconhecida, continua sendo um dos entraves para o setor citrícola, uma vez que não existem medidas de prevenção e controle para as plantas acometidas pela anomalia. Para a caracterização e estudo da anomalia, muita ênfase tem sido dada à mudança na expressão gênica de plantas afetadas, que culmina no acúmulo de proteínas. Proteínas totais extraídas dos vasos do xilema de raízes de plantas afetadas pela anomalia, quando separadas por eletroforese no sistema SDS-PAGE 12,5%, apresentam um perfil eletroforético contendo proteínas com massas moleculares de cerca de 21, 23, 31 e 42 kDa, sendo que plantas consideradas sadias apresentam proteínas de 21, 31 e 42 kDa. Com este trabalho objetivou-se obter anticorpos contra essas proteínas, bem como a titulação adequada para os mesmos. Duas inoculações subcutâneas foram realizadas em coelhos, espaçadas de 15 dias, ambas usando cerca de 120 µg de proteína isolada, sendo que cada coelho recebeu uma proteína específica, visando à produção de anticorpos. A primeira sangria foi realizada aos 21 dias após a primeira inoculação e as demais semanalmente. A técnica Western Blotting foi realizada para a confirmação da especificidade dos anticorpos...

Produção de anticorpos policlonais anti-ricina

Fonte: Editora da Universidade Federal de Lavras Publicador: Editora da Universidade Federal de Lavras
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
PT
Relevância na Pesquisa
47.12%
A ricina é uma proteína bastante tóxica presente nas sementes de mamona que impossibilita o uso da torta de mamona "in natura", como ração. A torta de mamona destoxificada necessita ainda de métodos de análise que garantam a ausência de traços dessa proteína. Objetivou-se, neste trabalho, produzir e avaliar a sensibilidade e especificidade de anticorpos policlonais anti-ricina, para serem empregados como possíveis componentes de métodos sorológicos na detecção de ricina em torta de mamona destoxificada. Foram avaliadas três doses da proteína: 400, 180 e 100 µg cada uma dividida em duas aplicações em coelhos. A primeira dose foi injetada no animal no início do experimento e a segunda após 21 dias. O método de ELISA indicou que as duas doses menores (100 e 180 µg) induziram respostas imunológicas primária e secundária com produção de anticorpos específicos. Enquanto a dose maior (400 µg) de ricina apresentou uma resposta primária com elevação dos títulos de anticorpos, seguida de uma supressão da resposta. Esse perfil é sugestivo de tolerância imunológica. Pela técnica de Western blotting verificou-se que os anticorpos policlonais produzidos são bastante específicos para a ricina, no entanto...

Clonagem, expressão da proteína capsidial de Grapevine vírus B (GVB) e produção de anticorpos policlonais e monoclonais

Dall'Onder, Leonara Patrícia
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
56.92%
GVB é um patógeno agrícola composto por RNA de fita simples de senso positivo, com extremidades 3’ poliadeniladas e tem seu diagnóstico feito por testes biológicos, imunológicos e moleculares. Juntamente com outros vírus, causa a síndrome do “complexo rugoso”, que impede a pega da enxertia, destruindo o floema e matando a planta precocemente. A produção de anticorpos contra uma proteína do capsídeo e o desenvolvimento de teste imunológico são os objetivos deste trabalho. A clonagem da região codificante da proteína do capsídeo do Grapevine Virus B foi obtida por PCR, utilizando primers específicos para região codificante e com sítios de restrição para endonucleases BamHI e NdeI, obtendo-se um amplicon de 594 pb. Este fragmento foi clonado no vetor de expressão pET19b e transformado em Escherichia coli BL21 Codon Plus (DE3) RP (Stratagene). Para a expressão da proteína rGVB1a (24 kDa com cauda de histidina), estabeleceu-se uma indução de 1 mM de IPTG (isopropyl-beta-Dthiogalactopyranoside), mantida sob agitação a 250C por 18 horas. A expressão foi analisada por SDS-PAGE 13% e a presença da rGVB1a foi confirmada por Western blot, usando anticorpo monoclonal anti-histidina. A rGVB1a expressada foi purificada por cromatografia de afinidade a cauda de histidina em resina sepharose-Ni2+. A proteína purificada foi utilizada para imunizar um coelho e sete lotes de três camundongos para obtenção de soro policlonal e monoclonal contra a proteína recombinante. A fusão de células de linfócitos B com mielomas SP2/0 foi realizada...