Página 1 dos resultados de 220 itens digitais encontrados em 0.001 segundos

Limitação natural em fitopatologia

Gouveia, Eugénia
Fonte: IPVC - Escola Superior Agrária de Ponte de Lima Publicador: IPVC - Escola Superior Agrária de Ponte de Lima
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
POR
Relevância na Pesquisa
27.06%
Os factores naturais que limitam o desenvolvimento das doenças das plantas estão relaciona- dos com o antagonismo microbiano e a indução, no hospedeiro, de mecanismos de resistência. O antagonismo microbiano implica interacção directa entre os microrganismos que partilham o mesmo nicho ecológico estando bem caracterizados em fitopatologia os mecanismos baseados no hiperparasitismo, antibiose e competição por nutrientes.

Biology of Bemisia tabaci (Genn.) B biotype (Hemiptera, Aleyrodidae) on tomato genotypes; Biologia de Bemisia tabaci (Genn.) Biótipo B (Hemiptera, Aleyrodidae) em genótipos de tomateiro

ORIANI, Maria Auxiliadora de Godoy; VENDRAMIM, José Djair; VASCONCELOS, Cristina Jensen
Fonte: São Paulo - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz Publicador: São Paulo - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz
Tipo: Artigo de Revista Científica
ENG
Relevância na Pesquisa
27.06%
Brazil is one of the main tomato (Solanum lycopersicum) producers worldwide. Nevertheless, considerable part of the production is lost due to Bemisia tabaci (Genn.) B biotype attacks. Resistant plants can be an important method for controlling this pest in an integrated pest management. Tests for evaluating some biological aspects of B. tabaci were carried out on 18 tomato genotypes, in controlled laboratory greenhouse conditions. Thirty-day-old plants placed in plastic cages were infested with 20 whitefly pairs each, for 24 h. The development of at least 30 eggs in three leaflets per plant (repetition) was observed until adult emergence. The development period of insects grown in LA1335, PI365928 and LA722 genotypes took three days longer when compared to the ones grown in PI134418 (20.3 days). The highest mortality rate of whitefly nymphs occurred in PI365928, LA1335 and LA722 genotypes (63.8, 54.5 and 53.3%, respectively), and the smallest ones in IAC294 and IAC68F-22-2 genotypes (4.9 e 6.2%, respectively). LA1335, PI365928 and LA722 genotypes presented moderate feeding nonpreference and/or antibiosis-based resistance to B. tabaci B biotype.; O Brasil é um dos maiores produtores mundiais de tomate (Solanum lycopersicum), porém grande parte da produção é perdida devido ao ataque de Bemisia tabaci (Genn.) biótipo B. Entre as táticas de controle dessa praga num manejo integrado de pragas...

Avaliação de tipos de resistência de gramíneas forrageiras à cigarrinha das-raízes Mahanarva fimbriolata (Stål, 1854) (Hemiptera: Cercopidae); Evaluation of types of resistance of grasses to the spittlebug Mahanarva fimbriolata (Stål, 1854) (Hemiptera: Cercopidae)

Grisoto, Eliane
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 12/04/2013 PT
Relevância na Pesquisa
27.36%
Os objetivos deste trabalho foram selecionar gramíneas forrageiras com potencial de resistência a Mahanarva fimbriolata, bem como determinar tipos de resistência presentes, por meio da avaliação do efeito sobre a biologia do inseto e de testes de tolerância. Nas gramíneas mais promissoras foi também aplicado o fungo Metarhizium anisopliae (Metsch.) Sorokin para avaliar um possível efeito associado deste com a resistência vegetal. Os ensaios foram realizados sem chance de escolha, com insetos provenientes de criação estoque. No ensaio de biologia, realizado em laboratório com 12 genótipos, os seguintes parâmetros foram avaliados: mortalidade e duração da fase ninfal; peso e longevidade dos adultos; período de pré-oviposição e número de ovos/fêmea; e viabilidade e a duração do período embrionário. No ensaio de tolerância realizado com três gramíneas, em casa de vegetação, foram utilizadas duas densidades de cigarrinhas (dois e quatro casais), avaliando-se o dano causado (com base em escala de notas) aos 3º e 7º dias após a infestação e o crescimento e rebrote das gramíneas ao 14º dia após a desinfestação. Para verificar a associação de plantas resistentes com o fungo M. anisopliae, foram utilizadas...

Parâmetros biológicos de Bemisia Tabaci (genn.) biótipo B (hemiptera: aleyrodidae) em genótipos de algodoeiro

Campos, Zeneide Ribeiro; Boiça Júnior, Arlindo Leal; Lourenção, André Luiz; Campos, Alcebiades Ribeiro
Fonte: Instituto Agronômico de Campinas Publicador: Instituto Agronômico de Campinas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 1003-1007
POR
Relevância na Pesquisa
27.36%
A mosca-branca Bemisia tabaci biótipo B é uma praga de grande importância econômica para muitas culturas em todo o mundo. No Brasil, especialmente no Estado da Bahia, essa praga causou perdas que variam entre 30% e 70% em cultura de algodão. Essa pesquisa foi desenvolvida com o objetivo de avaliar parâmetros biológicos de B. tabaci biótipo B em genótipos de algodoeiro para verificar a possível ocorrência de antibiose como mecanismo de resistência sob condições de casa de vegetação. Os genótipos estudados foram IAC-23, Coodetec 406, BRS Aroeira, Fabrika, Coodetec 407, IAC-24, Makina, IAC 20-233, Coodetec 401 e CNPA Acala I. Foram avaliados os períodos de incubação e ninfal, o desenvolvimento total e a longevidade. Dos genótipos avaliados observou-se em Coodetec 406 maior período ninfal (14,7 dias) e IAC-23 a menor viabilidade de ninfas (30,7%), indicando a ocorrência de resistência do tipo antibiose contra essa mosca-branca.; The silverleaf whitefly Bemisia tabaci B biotype is an important pest of many crops throughout the world. In Brazil, specifically in the Bahia State, this insect caused losses estimated to 30-70% on cotton crops. The purpose of this research was to investigate biological parameters of the silverleaf whitefly biotype B in genotype of cotton bush to verify a possible occurrence of antibiosis as resistance mechanism cotton...

Resistência de genótipos de tomateiro ao ataque de Tuta absoluta (Meyrick, 1917) (Lepidoptera: Gelechiidae)

Bottega, Daline Benites
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: vi, 48 f. : il.
POR
Relevância na Pesquisa
27.36%
Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq); Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Pós-graduação em Agronomia (Entomologia Agrícola) - FCAV; Objetivou-se com este trabalho avaliar possíveis fontes de resistência de genótipos de tomateiro a Tuta absoluta (Meyrick, 1917) (Lepidoptera: Gelechiidae), dos tipos não preferência, para oviposição, alimentação e antibiose, em avaliações de parâmetros biológicos das fases jovem e adulta do inseto. Os experimentos foram realizados no Laboratório de Resistência de Plantas a Insetos, do Departamento de Fitossanidade da Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias, Câmpus de Jaboticabal-SP. As espécies de tomateiro utilizadas foram Lycopersicon esculentum (Mill.) (cv. Santa Clara, cinco híbridos: Saladete Italiano Ty Tyna, Santa Cruz Débora Ty, Salada Lumi, Saladete Italiano Andrea Victory e Santa Cruz Ty Carina Ty), Lycopersicon hirsutum f. glabratum (C.H. Mull.) (linhagens PI 134418 e PI 134417) e Lycopersicon pimpinellifolium (Just) (linhagens NAV 1062 e PI 126931), para os testes de não preferência para oviposição e alimentação, e todos esses materiais, menos Santa Cruz Ty Carina Ty, para o teste de antibiose. Para os testes de não preferência para oviposição...

Resistência de genótipos de amendoim (Arachis hypogaea L.) de hábitos de crescimento ereto e rasteiro a Anticarsia gemmatalis Hübner, 1818 (Lepidoptera: Noctuidae)

Pitta, Rafael Major
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: vi, 55 f. : il.
POR
Relevância na Pesquisa
27.54%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Pós-graduação em Agronomia (Entomologia Agrícola) - FCAV; Objetivou-se com este trabalho avaliar possíveis fontes de resistência de genótipos de amendoinzeiro a Anticarsia gemmatalis Hübner, 1818 dos tipos não-preferência para alimentação, oviposição e antibiose, em avaliações de parâmetros biológicos das fases jovem e adulta do inseto, tendo como objetivo secundário demonstrar a viabilidade do emprego de análises multivariadas para interpretação de dados em testes de antibiose. Os experimentos foram realizados sob condições controladas (temperatura: 26 ± 2ºC, U.R. 60 ± 10% e fotofase de 12 horas) no Laboratório de Resistência de Plantas a Insetos, pertencente ao Departamento de Fitossanidade da Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias, Campus de Jaboticabal/SP. Os genótipos utilizados foram: IAC 5; IAC 8112; IAC 22 e IAC Tatu st de hábito de crescimento ereto, e IAC 147; IAC 125; IAC Caiapó e IAC Runner 886 de hábito crescimento rasteiro. Os testes de não-preferência para alimentação foram realizados com e sem chance de escolha, utilizando lagartas de 3º ínstar. As avaliações foram realizadas aos 3; 5; 10; 15; 30; 60; 120; 360 e 480 minutos após a liberação...

Cigarrinha-das-raízes em cana-de-açúcar: resistência genotípica e interação planta-praga

Guimarães, Eduardo Rossini
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Tese de Doutorado Formato: iii, 53 f. : il.
POR
Relevância na Pesquisa
27.36%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP); Pós-graduação em Agronomia (Produção Vegetal) - FCAV; A cigarrinha-das-raízes Mahanarva fimbriolata (Stål, 1854) (Hemiptera: Cercopidae) tem causado prejuízos significativos aos canaviais da região Centro- Sul do Brasil. No entanto a interação desta praga com a cana-de-açúcar é pouco caracterizada e existem poucas pesquisas sobre resistência varietal. Neste trabalho comparamos a reação de genótipos de cana-de-açúcar à infestação dessa praga e estudamos a interação através de análises de crescimento de plantas, acúmulo de biomoléculas relacionadas a estresses e biologia do inseto. Os resultados obtidos representam evidência de resistência do tipo antibiose a cigarrinha na variedade SP83-5073, tendo sido identificado um fragmento de DNA possivelmente relacionado com a resistência. Os genótipos SP80-1816 e RB72454 mostraram-se mais suscetíveis à praga. Também verificamos que existem mecanismos distintos para a percepção do estresse hídrico e do estresse promovido pela praga, indicando que os teores de prolina livre não podem ser utilizados para quantificar o estresse promovido por M. fimbriolata em cana-deaçúcar. A cultivar RB72454 é mais tolerante ao déficit hídrico do que a cultivar SP80-1816. O aumento na concentração de compostos fenólicos nos genótipos suscetíveis SP80-1816 e RB 72454 indicam que o acúmulo pode ser decorrente da morte e apodrecimento das raízes. Não foi observada variação nos níveis de fenóis totais na variedade SP 85-5073 submetida à infestação de M. fimbriolata. A mortalidade da cigarrinha-das-raízes e a duração da fase de ninfas foram significativamente maiores nesse genótipo...

Tipos de resistência a Alabama argillacea (Huebner, 1818) (Lepidoptera: Noctuidae) envolvidos em genótipos de algodoeiro: II. Antibiose

FERREIRA,ALVEMAR; LARA,FERNANDO MESQUITA
Fonte: Instituto Agronômico de Campinas Publicador: Instituto Agronômico de Campinas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/1999 PT
Relevância na Pesquisa
27.36%
Objetivou-se verificar a ocorrência do tipo de resistência antibiose em genótipos de algodoeiro (Gossypium hirsutum L.) em relação a Alabama argillacea (Huebner, 1818), em experimentos de laboratório (27 ± 2oC, 70 ± 10% de U.R. e fotofase de 14 horas). Folhas dos genótipos T 1122-13-1, STO 285 N, JPM 157, T 953-13-4-2, CNPA 9211-21 e CNPA 9211-31 foram fornecidas às larvas, diariamente, verificando-se a duração de cada fase do inseto, avaliando-se a massa de larvas aos 3 e aos 8 dias de idade, a massa de pupas e as porcentagens de mortalidade larval, pré-pupal e pupal. O delineamento utilizado foi inteiramente casualizado, com dez repetições, cada uma com dez larvas/genótipo. Em comparação com STO 285 N, todos os genótipos provocaram períodos mais longos de larva a adulto em A. argillacea; entretanto, os menores valores de massa de larvas com 3 dias e de massa média de pupas, e os maiores valores de duração do período larval e de mortalidade de larva a adulto foram verificados em CNPA 9211-31 e CNPA 9211-21, evidenciando que antibiose é um dos tipos de resistência presentes em ambos os genótipos.

Parâmetros biológicos de Bemisia Tabaci (genn.) biótipo B (hemiptera: aleyrodidae) em genótipos de algodoeiro

Campos,Zeneide Ribeiro; Boiça Júnior,Arlindo Leal; Lourenção,André Luiz; Campos,Alcebíades Ribeiro
Fonte: Instituto Agronômico de Campinas Publicador: Instituto Agronômico de Campinas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2009 PT
Relevância na Pesquisa
27.36%
A mosca-branca Bemisia tabaci biótipo B é uma praga de grande importância econômica para muitas culturas em todo o mundo. No Brasil, especialmente no Estado da Bahia, essa praga causou perdas que variam entre 30% e 70% em cultura de algodão. Essa pesquisa foi desenvolvida com o objetivo de avaliar parâmetros biológicos de B. tabaci biótipo B em genótipos de algodoeiro para verificar a possível ocorrência de antibiose como mecanismo de resistência sob condições de casa de vegetação. Os genótipos estudados foram IAC-23, Coodetec 406, BRS Aroeira, Fabrika, Coodetec 407, IAC-24, Makina, IAC 20-233, Coodetec 401 e CNPA Acala I. Foram avaliados os períodos de incubação e ninfal, o desenvolvimento total e a longevidade. Dos genótipos avaliados observou-se em Coodetec 406 maior período ninfal (14,7 dias) e IAC-23 a menor viabilidade de ninfas (30,7%), indicando a ocorrência de resistência do tipo antibiose contra essa mosca-branca.

Seleção de genótipos de capim-elefante quanto à resistência à cigarrinha-das-pastagens

Auad,Alexander Machado; Simões,Amanda Daniela; Pereira,Antônio Vander; Braga,André Luiz Furtado; Souza Sobrinho,Fausto; Lédo,Francisco José da Silva; Paula-Moraes,Silvana Viera; Oliveira,Simone Alves; Ferreira,Roberta Botelho
Fonte: Embrapa Informação Tecnológica; Pesquisa Agropecuária Brasileira Publicador: Embrapa Informação Tecnológica; Pesquisa Agropecuária Brasileira
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2007 PT
Relevância na Pesquisa
27.54%
O objetivo deste trabalho foi avaliar genótipos de capim-elefante (Pennisetum purpureum Schum.) quanto à resistência à cigarrinha-das-pastagens (Mahanarva spectabilis). Para avaliação da antibiose, aos trinta dias após o plantio, cada planta foi infestada com seis ovos próximos à eclosão, em delineamento inteiramente casualizado, com 30 genótipos e dez repetições. Quarenta e cinco dias após a eclosão das ninfas, avaliou-se a porcentagem de sobrevivência do inseto-praga nos diferentes genótipos. Para avaliação da não-preferência, foram quantificados, quinzenalmente, o número e tamanho de ninfas por vaso, em plantas mantidas em casa de vegetação, onde adultos de M. spectabilis eram periodicamente liberados, em delineamento inteiramente casualizado, com três repetições por genótipo, em dois períodos de amostragem. Os genótipos Cameroon de Piracicaba, Pioneiro, Cuba 169, Santa Rita, Mineiro Ipeaco, Mercker Comum de Pinda e CNPGL 96-27-3 foram selecionados quanto à resistência, pelo mecanismo de antibiose. O número e o tamanho médio das ninfas variaram significativamente em razão do genótipo de capim-elefante, no estudo da não-preferência. Os genótipos Roxo de Botucatu e Pioneiro são candidatos à testemunha suscetível e resistente...

Antibiose e não preferência para oviposição de Bemisia tabaci (Genn.) biótipo B (Hemiptera: Aleyrodidae) por cultivares de Vigna unguiculata (L.) Walp

Rodrigues,N.E.L.; Boiça Júnior,A.L.; Farias,P.R. da S.
Fonte: Instituto Biológico Publicador: Instituto Biológico
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2012 PT
Relevância na Pesquisa
27.54%
O objetivo deste trabalho foi identificar cultivares de caupi resistentes a B. tabaci biótipo B e os respectivos tipos de resistência envolvidos. Os experimentos foram conduzidos em casa de vegetação no Departamento de Fitossanidade da Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias, UNESP/Campus de Jaboticabal, SP, no período de novembro de 2009 a abril de 2010. Realizaram-se testes de não preferência para oviposição e antibiose. O delineamento experimental utilizado foi de blocos casualizados para o teste com chance de escolha e inteiramente casualizado para os testes sem chance de escolha e teste de antibiose. Conclui-se que os cultivares BRS Urubuquara, IPA-206 e BR17 Gurgueia apresentaram resistência do tipo não preferência para oviposição da mosca-branca; a cultivar BRS Urubuquara apresenta resistência de tipo antibiose; a cultivar Sempre Verde é suscetível; e, mosca-branca prefere ovipositar na posição superior das plantas.

Mecanismos de controle da murcha-de-esclerócio e promoção de crescimento em tomateiro mediados por rizobactérias

Pelzer,Gabriela Queiroz; Halfeld-Vieira,Bernardo A.; Nechet,Kátia de Lima; Souza,Giovanni Ribeiro de; Zilli,Jerri Édson; Perin,Liamara
Fonte: Sociedade Brasileira de Fitopatologia Publicador: Sociedade Brasileira de Fitopatologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2011 PT
Relevância na Pesquisa
27.36%
Este trabalho teve por objetivo caracterizar os possíveis mecanismos de antagonismo responsáveis pelo biocontrole da murchade-esclerócio e os fatores envolvidos na promoção de crescimento de tomateiro por rizobactérias selecionadas. As rizobactérias foram caracterizadas por meio da utilização de fontes de carbono, perfil de ácidos graxos e sequenciamento do 16S rDNA amplificado, enquanto os mecanismos de biocontrole e promoção do crescimento analisados através de indicadores bioquímicos e bioensaios. As rizobactérias agruparam-se com os gêneros Agrobacterium e Kluyvera. Os resultados indicam que a competição por ferro e antibiose são os possíveis mecanismos responsáveis pela capacidade de biocontrole da murcha-de-esclerócio exercida por essas rizobactérias, assim como a produção de auxinas e a fixação biológica de nitrogênio podem explicar a promoção do crescimento das plantas. Também foram demonstradas limitações do controle biológico, em função da capacidade de competição depender do isolado de Sclerotium rolfsii e, da antibiose, da composição nutricional do meio de crescimento.

Controle químico da brusone em arroz de terras altas: efeitos nos fungos não alvos do filoplano

Gonçalves,Fábio José; Araújo,Leila Garcês de; Silva,Gisele Barata da; Filippi,Marta Cristina Corsi de
Fonte: Escola de Agronomia e Engenharia de Alimentos/UFG Publicador: Escola de Agronomia e Engenharia de Alimentos/UFG
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2012 PT
Relevância na Pesquisa
27.36%
A brusone em arroz de terras altas causa danos significa-tivos, necessitando de uma a duas aplicações de fungicidas, para o controle da doença. No entanto, o efeito de fungicidas sobre fungos não alvos do filoplano do arroz e benéficos são desconhecidos. Este trabalho objetivou avaliar o efeito de fungicidas no controle da brusone nas panículas, sobre fungos não alvos do filoplano de arroz, e estudar a antibiose de fungos não alvos para M. oryzae. Foi realizado um experimento em campo, utilizando-se duas cultivares (Primavera e Bonança), quatro fungicidas (trifloxistrobina + propiconazol, azoxistrobina, tebuconazol e triciclazol) e testemunha, com delineamento experimental em blocos ao acaso, em esquema de parcelas subdivididas, e quatro repetições. Foram avaliados a severidade da brusone nas panículas, o teor de clorofila nas folhas, o número de unidades formadoras de colônia cm-² de folha e a antibiose. A cultivar Primavera apresentou maior severidade de brusone nas panículas do que a Bonança. Os fungicidas azoxistrobina e trifloxistrobina + propiconazol diferiram significativamente da testemunha, com menores severidades de brusone nas panículas. O teor de clorofila não foi influenciado pelo tratamento com fungicida...

Seleção de genótipos de capim-elefante quanto à resistência à cigarrinha-das-pastagens

AUAD, A.M.; SIMÕES, A.D.; PEREIRA, A.V.; BRAGA, A.L.F.; SOBRINHO, F.S.; LÉDO, F.J. da S.; PAULA-MORAES, S.V.; OLIVEIRA, S.A.; FERREIRA, R.B.
Fonte: Pesquisa Agropecuária Brasileira, Brasília, v. 42, n.8, p. 1077-1081, ago. 2007 Publicador: Pesquisa Agropecuária Brasileira, Brasília, v. 42, n.8, p. 1077-1081, ago. 2007
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
27.54%
O objetivo deste trabalho foi avaliar genótipos de capim-elefante (Pennisetum purpureum Schum.) quanto à resistência à cigarrinha-das-pastagens (Mahanarva spectabilis). Para avaliação da antibiose, aos trinta dias após o plantio, cada planta foi infestada com seis ovos próximos à eclosão, em delineamento inteiramente casualizado, com 30 genótipos e dez repetições. Quarenta e cinco dias após a eclosão das ninfas, avaliou-se a porcentagem de sobrevivência do inseto-praga nos diferentes genótipos. Para avaliação da não-preferência, foram quantificados, quinzenalmente, o número e tamanho de ninfas por vaso, em plantas mantidas em casa de vegetação, onde adultos de M. spectabilis eram periodicamente liberados, em delineamento inteiramente casualizado, com três repetições por genótipo, em dois períodos de amostragem. Os genótipos Cameroon de Piracicaba, Pioneiro, Cuba 169, Santa Rita, Mineiro Ipeaco, Mercker Comum de Pinda e CNPGL 96-27-3 foram selecionados quanto à resistência, pelo mecanismo de antibiose. O número e o tamanho médio das ninfas variaram significativamente em razão do genótipo de capim-elefante, no estudo da não-preferência. Os genótipos Roxo de Botucatu e Pioneiro são candidatos à testemunha suscetível e resistente...

Resistência do tipo antibiose a ninfas de Tibraca limbativentris (Stal, 1860) (Heteroptera: Pentatomidae) em variedades de arroz.

SOUZA, J. R. de; FERREIRA, E.; CHAGAS, E. F. das; MONDEGO, J. M.; MACIEL, A. A. S.; SARDINHA, D. H. S.; GONÇALVES, K. K. M.; CARVALHO FILHO, J. A.
Fonte: Arquivos do Instituto Biológico, São Paulo, v. 75, n. 3, p. 321-325, jul./set. 2008. Publicador: Arquivos do Instituto Biológico, São Paulo, v. 75, n. 3, p. 321-325, jul./set. 2008.
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
27.54%
O percevejo-do-colmo (Tibraca limbativentris Stal, 1860) é uma importante praga do arroz no Brasil. O uso de variedades resistentes a esse inseto é uma ferramenta importante para o seu controle. O experimento foi conduzido em casa de vegetação na Embrapa Arroz e Feijão. Foi avaliada resistência tipo antibiose em ninfas de T. limbativentris em 16 variedades de arroz em delineamento experimental de blocos casualizados em oito repetições. Os caracteres utilizados para detectar indícios de resistência do tipo antibiose foram: número de ninfas vivas, massa seca (mg)/ninfas, superfície corporal/mm2, índice de sobrevivência e desenvolvimento e dias de vida das ninfas. Realizaram-se três tipos de análises: a) considerando somente os dados obtidos nas repetições avaliadas aos 7, 13, 21 e 26 dias após a infestação; b) considerando somente os dados das quatro repetições avaliadas aos 35 dias após a infestação e c) considerando os dados obtidos conjuntamente nas oito repetições. Conclui-se que as variedades Arroz Comum e Desconhecido Branco, principalmente a primeira, evidenciam possuir características que lhes confere determinado grau de resistência do tipo antibiose a ninfas de T. limbativentris.; 2008

Seleção de rizobactérias autóctones de feijoeiro para controle biológico da mela ou teia micélica (Thanatephorus cucumeris).

ANTUNES JÚNIOR, H.; VIEIRA JUNIOR, J. R.; FERNANDES, C. de F.
Fonte: Revista Pesquisa & Criação, n. 9 , Suplemento Especial, p. 10-19, 2010. Edição especial do anais do XIX Seminário Final de Iniciação Científica. Publicador: Revista Pesquisa & Criação, n. 9 , Suplemento Especial, p. 10-19, 2010. Edição especial do anais do XIX Seminário Final de Iniciação Científica.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
27.36%
Neste trabalho, buscou-se selecionar in vitro, por teste de antibiose direta (AD) e por determinação de compostos voláteis (ComVo) e in vivo, em casa-de-vegetação 150 isolados de rizobactérias, obtidos de feijoeiros sadios, capazes de inibir o crescimento de T. cucumeris e, consequentemente, a severidade da doença nas plantas. Assim, nos testes in vitro, em antibiose Direta (AD), os isolados foram semeados em placa de Petri com meio Kado e Heskett, (cinco por placa). Após 24h/27 oC, estes foram mortos com luz ultra-violeta. No centro da placa, discos de micélio T. cucumeris foram depositados e quatro dias após, avaliou-se a presença de halos de inibição do fungo. Nos ensaios de compsotos voláteis (ComVo), o fungo foi depositado na tampa da placa contendo BDA e uma rizobactéria foi semeada no fundo da mesma contendo meio 523. A placa foi selada e levada para BOD por 72h/27oC. Avaliou-se a velocidade de crescimento e o diâmetro máximo de crescimento do fungo. Nos testes in vivo, sementes de feijoeiro foram microbiolizadas com suspensão de rizobactérias (A540nm=0,4) por 12h. Semeou-se estas em copos plásticos de 500 mL contendo solo de barranco e manteve-se estes em casa-de-vegetação. Como controle, sementes embebidas em água destilada estéril. Aos 21 após a emergência das plantas...

Controle químico da brusone em arroz de terras altas: efeitos nos fungos não alvos do filoplano; Chemical control of upland rice blast: effects on fungi not targeted by phylloplane

Gonçalves, Fábio José; Silva, Gisele Barata da; Filippi, Marta Cristina Corsi de; Araújo, Leila Garcês de
Fonte: Alexsander Seleguini Publicador: Alexsander Seleguini
Tipo: Artigo de Revista Científica
PT_BR
Relevância na Pesquisa
27.36%
v. 42, n. 1, p. 77-81, jan./mar. 2012.; Upland rice blast significantly affects yield, requiring one or two fungicides applications to control it. However, the effect of fungicides on beneficial fungi and on fungi not targeted by rice phylloplane are unknown. This study aimed to evaluate the effect of fungicides on panicle blast control, on fungi not targeted by rice phylloplane, and to study the antibiosis of fungi not targeted by M. oryzae. A field experiment was conducted by using two cultivars (Primavera and Bonança), four fungicides (trifloxistrobina + propiconazol, azoxistrobina, tebuconazol, and triciclazol) and a control, with a randomized blocks design, in a split-plot scheme, and four replications. The panicle blast severity, leaf chlorophyll content, number of colony-forming units cm-² of leaf area, and antibiosis were assessed. The Primavera cultivar showed higher panicle blast severity than Bonança. The fungicides azoxistrobina and trifloxistrobina + propiconazol significantly differed from the control, showing the lowest panicle blast severities. The fungicides did not affect the chlorophyll content, but differences were noticed between the cultivars. The fungicides tebuconazol, trifloxistrobina + propiconazol, and azoxistrobina significantly reduced the phylloplane fungi...

Não preferência para alimentação e antibiose em cultivares de amendoim a Stegasta bosquella (Chambers) (Lepidoptera: Gelechiidae)

Di Bello, Mirella Marconato; Sardinha de Souza, Bruno Henrique; Janini, Julio Cesar; Boica Junior, Arlindo Leal
Fonte: Univ Estadual Londrina Publicador: Univ Estadual Londrina
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 619-630
POR
Relevância na Pesquisa
27.66%
This work aimed to evaluate the attractiveness, non-preference for feeding and antibiosis in straight and runner growth habit peanut cultivars to Stegasta bosquella (Chambers). Eight cultivars were evaluated, four of straight growth habit (IAC Tatu, IAC 22, IAC 8112 and IAC 5) and four of runner growth habit (IAC Runner 886, IAC 147, IAC 125 and IAC 503). Free-choice and no-choice feeding tests were performed, using pairs of overlapped leaf discs with 1.0 cm diameter, which were placed in Petri dishes where third instar larvae of S. bosquella were released. The attractiveness to the larvae was assessed in predetermined times, in addition to the dry mass consumed. In the antibiosis assay, the biological parameters were evaluated: period and viability of larvae, pre-pupae, pupae, and total, weight of larvae and pupae, sex ratio and longevity. None of the runner growth habit cultivars exhibited non-preference for feeding-type resistance. Among the straight growth habit cultivars, IAC 5 and IAC 22 were the least attractive and consumed in the free-choice feeding test, and IAC 5 and IAC 8112 were the least attractive in the no-choice test. The runner growth habit cultivars IAC 147 and IAC Runner 886 affected the larval survival of S. bosquella...

Avaliação de antibiose e não-preferência em cultivares de milho selecionados com resistência à lagarta-do-cartucho

VIANA,PAULO AFONSO; POTENZA,MARCOS ROBERTO
Fonte: Instituto Agronômico de Campinas Publicador: Instituto Agronômico de Campinas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2000 PT
Relevância na Pesquisa
27.36%
Dentre os fatores que contribuem para reduzir a produtividade das lavouras de milho estão as pragas, destacando-se a lagarta-do-cartucho, Spodoptera frugiperda, a qual pode reduzir a produção em até 34%. Um dos métodos de controle de pragas, cujo custo é reduzido e não causa efeitos indesejáveis ao ambiente, é o desenvolvimento de cultivares resistentes. Diversas fontes de resistência foram identificadas, linhagens desenvolvidas, registradas e liberadas ao público; entretanto, pouca informação tem sido veiculada a respeito dos mecanismos e causas dessa resistência. O objetivo do presente trabalho foi estudar os mecanismos de resistência, não-preferência e antibiose em genótipos de milho selecionados, com resistência a S. frugiperda. Os ensaios foram conduzidos em laboratório e em casa de vegetação da EMBRAPA/CNPMS. O genótipo CMS 14C apresentou antibiose influindo negativamente na biologia de S. frugiperda. 'CMS 24' e 'CMS 23' apresentaram também esse mecanismo, porém em menor intensidade. Foi constatada não-preferência alimentar das lagartas para 'Zapalote Chico' e 'BR 201'. Não-preferência para oviposição foi constatada em 'CMS 14C' e 'Zapalote Chico'.

Resistência de genótipos de batata ao pulgão

Lara,Fernando M.; Corbo,Alexandre; Figueira,Liliane K.; Stein,César P.
Fonte: Associação Brasileira de Horticultura Publicador: Associação Brasileira de Horticultura
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2004 PT
Relevância na Pesquisa
27.36%
Avaliou-se a resistência (e antibiose) de genótipos de batata, comerciais e em fase de melhoramento, ao pulgão Myzus persicae, em ensaios efetuados com plantas em vasos, sem chance de escolha, em Jaboticabal (SP). Foram efetuados seis experimentos, utilizando-se um total de 16 genótipos, a saber: 'Achat', 'Apuã', 'Aracy', 'Aracy Ruiva', 'Bintje', 'Ibitu Açu', 'Itararé', 'N 140-201', 'NYL 235-4', '288.719-13', '288.764-26', '288.776-3', '288.776-6', '288.794-19', '288.801-6' e '288.814-7'. Em cada experimento foram utilizadas combinações variadas dos mesmos. Nos dois primeiros experimentos as plantas foram infestadas com 30 pulgões adultos por planta, distribuídos em três folhas, com três avaliações realizadas em semanas subseqüentes à infestação, contando-se o número de indivíduos por planta. O terceiro experimento foi conduzido aprisionando-se duas fêmeas adultas no interior de pequenas gaiolas fixadas na face abaxial dos folíolos, em número de dez por planta, avaliando-se a reprodução do pulgão após sete dias, em dois plantios. No quarto experimento efetuou-se a infestação da planta com 15 pulgões, avaliando-se o crescimento da população na planta toda durante três semanas consecutivas. No quinto experimento foi avaliada a descendência de uma única fêmea adulta por folíolo e no sexto experimento avaliou-se o peso dos pulgões aos sete dias de vida. Os tricomas glandulares presentes nos folíolos e a funcionalidade dos mesmos também foram avaliados. A cultivar 'Ibitu Açu' apresentou elevado grau de antibiose a M. persicae; os genótipos '288.776-3' e '288.794-19' também apresentaram esse tipo de resistência...