Página 1 dos resultados de 487 itens digitais encontrados em 0.002 segundos

Análise de diferentes medidas antropométricas na identificação de síndrome metabólica, com ou sem alteração do metabolismo glicídico; Analysis of several anthropometric measurements for the identification of metabolic syndrome, with or without disturbance of glucose metabolism

ROCHA, Natália Pereira da; SIQUEIRA-CATANIA, Antonela; BARROS, Camila Risso; PIRES, Milena Monfort; FOLCHETTI, Luciana D.; FERREIRA, Sandra Roberta G.
Fonte: Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia Publicador: Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
17.35%
OBJETIVO: Este estudo comparou parâmetros antropométricos e de resistência à insulina de indivíduos sem e com síndrome metabólica (SM), subestratificados pela presença de anormalidades glicêmicas. SUJEITOS E MÉTODOS: Foram incluídos 454 indivíduos (66% mulheres, 54% brancos), sendo 155 alocados para o grupo 1 (sem SM, sem anormalidade glicêmica), 32 para o grupo 2 (sem SM, com anormalidade glicêmica), 104 no grupo 3 (com SM, sem anormalidade glicêmica) e 163 no grupo 4 (com SM e anormalidade glicêmica). Os grupos foram comparados por ANOVA. RESULTADOS: Os grupos com SM (3 e 4) apresentaram os piores perfis antropométrico e lipídico; no grupo 2, apesar de glicemias significantemente mais elevadas, as médias das variáveis antropométricas e lipídicas não diferiram do grupo 1. Os maiores valores médios de HOMA-IR foram encontrados nos grupos com SM, enquanto o grupo 2 apresentou o menor HOMA-β. A trigliceridemia foi a variável metabólica com coeficientes de correlação mais elevados com a antropometria. Porém, as correlações mais fortes foram da circunferência da cintura (r = 0,503) e da razão cintura-altura (r = 0,513) com o HOMA-IR (p < 0,01). CONCLUSÃO: Nossos achados revelam que, em amostra da população brasileira...

Avaliação do tendão quadríceps e ligamento patelar pela ultrassonografia e ressonância magnética em jogadores de futebol assintomáticos; Ultrasonography and magnetic resonance imaging for assessment of the quadriceps tendon and patellar ligament in asymptomatic soccer players

Tornin, Olger de Souza
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 07/02/2013 PT
Relevância na Pesquisa
17.46%
INTRODUÇÃO: A ultrassonografia (US) e a ressonância magnética (RM) representam os principais métodos de diagnósticos por imagem na avaliação do mecanismo extensor do joelho. Há carência de trabalhos que avaliem por US e RM a presença de alterações no mecanismo extensor de jogadores de futebol assintomáticos. OBJETIVO: Avaliar, por meio de RM e US, o tendão quadríceps e o ligamento patelar de jogadores de futebol assintomáticos e dos participantes do grupo-controle. Identificar se há alterações de imagens ou lesões. Determinar se essas sofrem influências pelos seguintes critérios: canhoto ou destro, quanto à dominância ao chute, posição em campo, idade do atleta e tempo de prática esportiva. MÉTODO: Foram avaliados um total de 248 joelhos: 112 eram de 56 de jogadores de futebol assintomáticos e 136 eram do grupo-controle. O grupo composto por jogadores de futebol apresentava idades entre 14 e 34 anos. Já o grupo-controle era composto por indivíduos com idade também entre 14 e 34 anos, principalmente, universitários e funcionários do hospital, com gênero igual aos dos jogadores selecionados, mas sem atividades físicas de impacto, como vôlei, futebol e salto, por exemplo. RESULTADO: Constatou-se a presença de alterações de imagens ou de lesões em nove ligamentos patelares e apenas duas nos tendões quadríceps de jogadores de futebol assintomáticos...

Estudo da dinâmica de contração do ventrículo esquerdo pela técnica de speckle tracking em doença de Chagas; Study of left ventricular contraction dynamics by speckle tracking technique in Chagas disease

Lima, Márcio Silva Miguel
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 13/12/2013 PT
Relevância na Pesquisa
26.9%
INTRODUÇÃO: A doença de Chagas tem uma alta prevalência no Brasil e América Latina. Dentre as miocardiopatias (MCP), é a que evolui com pior prognóstico. A identificação precoce de disfunção sistólica de uma MCP é fundamental para o início do tratamento, assim como sua definição etiológica, sendo o ecocardiograma um dos métodos diagnósticos mais importantes na prática clínica. No entanto, mesmo que a análise da função sistólica global do ventrículo esquerdo (VE) demonstre fração de ejeção preservada, é possível já estar ocorrendo alguma anormalidade contrátil, não detectada pelos exames de rotina. A nova ferramenta ecocardiográfica denominada speckle tracking permite a análise de múltiplos parâmetros que compõem a dinâmica de contração do VE (deslocamento, velocidade de deslocamento, strain, strain rate, rotação e torção), caracterizando de forma integral a função sistólica. Trata-se de um método sensível com potencial para se detectar lesão miocárdica incipiente e auxiliar na definição etiológica de uma MCP dilatada. Um estudo detalhado da mecânica de contração do VE em doença de Chagas, ao longo de toda sua evolução, nunca foi realizado antes. OBJETIVO: Comparar os múltiplos parâmetros obtidos por speckle tracking da dinâmica de contração do VE com controles...

A produção da anormalidade surda nos discursos da educação especial

Lunardi, Marcia Lise
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
37.46%
A presente tese, A Produção da Anormalidade Surda nos Discursos da Educação Especial, insere-se no terreno das discussões que pretendem examinar as relações entre normalidade/anormalidade e poder/saber. Tendo como foco principal a Política Nacional de Educação Especial (PNEE), ela aponta para as formas como um dispositivo pedagógico torna possível a produção de um aparato de verdades que, ao dizer coisas sobre os sujeitos deficientes e ao definir modelos para conduzir a ação pedagógica a eles dirigida, operam na constituição de subjetividades anormais. Tal empreendimento analítico foi constituído a partir de um conjunto de ferramentas extraídas do campo dos Estudos Culturais, principalmente aqueles que estão próximos a uma perspectiva pós-estruturalista; entre elas, destaco as noções foucaultianas de poder disciplinar, biopoder e normalização. Tais ferramentas possibilitaram-me operar sobre as formas como os discursos instituídos pelas práticas da Educação Especial colocam em funcionamento estratégias de normalização para os sujeitos surdos. Mostrei, por meio da análise desses discursos, como os surdos são constituídos como sujeitos patológicos e como se incide sobre eles uma terapêutica que é capaz de acionar mecanismos de correção...

A ultra-sonografia obstétrica e suas implicações na relação mãe-feto : impressões e sentimentos de gestantes com e sem diagnóstico de anormalidade fetal

Gomes, Aline Grill
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
27.35%
O objetivo desta pesquisa foi investigar as impressões e sentimentos das gestantes sobre a ultra-sonografia obstétrica e suas implicações na relação mãe-feto, no contexto de normalidade e anormalidade fetal. Para tanto, foram realizados dois estudos. Participaram do primeiro estudo onze gestantes primíparas, com idades entre 18 e 35 anos e idades gestacional entre 11 e 24 semanas, que estavam sendo submetidas pela primeira vez à ultra-sonografia. Elas responderam a uma entrevista semi-estruturada e à Escala de Apego Materno-Fetal, antes e depois do exame. Análise de conteúdo qualitativa das entrevistas, mostrou que a ultra-sonografia foi vista com satisfação, além de tornar o bebê mais real e concreto, o que, em geral, intensificou os comportamentos de interação mãe-bebê e os sentimentos maternos. O Teste Wilcoxon revelou um aumento significativo no apego materno fetal após o exame. O segundo estudo contou com três gestantes com diagnóstico confirmado de anormalidade fetal, com idades entre 21 e 30 anos, e idades gestacionais entre 28 e 35 semanas. As participantes foram entrevistadas três meses depois da notícia do diagnóstico. Análise de conteúdo qualitativa das entrevistas revelou que a ultra-sonografia foi vista com ambivalência pelas gestantes que reconheceram tanto aspectos positivos como negativos do exame. Os resultados dos dois estudos indicam que a ultra-sonografia exerceu um impacto emocional importante nas gestantes influenciando a relação mãe-bebê...

Revista Educação, 1927, v. I, n. 1, out., SP.

Doria, Sampaio
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
26.9%
Revista Educação. Vol. I, nº 1, Outubro de 1927. 12 páginas.; Artigo A finalidade educativa. Trata dos objetivos da escola primária, abordando temas como normalidade e anormalidade, educação intelectual e moral, física, profissional, econômica e cívica. Este documento é uma cópia autorizada obtida no Centro do Professorado Paulista - CPP Sud Mennucci.

Neurodesenvolvimento em pr??-termos nascidos com Idade gestacional inferior a 33 semanas avaliados pela Escala bayley 3 [terceira] edi????o

G??es , Fernanda Veiga de
Fonte: Instituto Fernandes Figueira Publicador: Instituto Fernandes Figueira
Tipo: Dissertação
PT_BR
Relevância na Pesquisa
17.35%
Objetivo do estudo ?? descrever sobre o neurodesenvolvimento de crian??as nascidas pr??-termo com idade gestacional inferior a 33 semanas nos primeiros dois anos de idade corrigida, avaliadas entre 18 e 24 meses de idade corrigida, atrav??s da Escala Bayley III. Estudo transversal realizado entre dezembro de 2010 e julho de 2011 em uma coorte de crian??as nascidas pr??-termo e acompanhadas no Ambulat??rio de Seguimento de Rec??m-nascidos de Risco do Departamento de Neonatologia do Instituto Fernandes Figueira. A coorte foi iniciada em 2005 com o objetivo de avaliar o desenvolvimento e o crescimento de prematuros nascidos com idade gestacional inferior a 33 semanas. Foram registradas informa????es sobre a hist??ria gestacional, do parto, dados antropom??tricos do rec??m-nascido, hist??ria neonatal, alimentar, s??cio-econ??mica e familiar, evolu????o ap??s a alta da Unidade Neonatal e os resultados obtidos na avalia????o da Escala Bayley III. Foram avaliadas 104 crian??as, sendo 45,2 % do sexo masculino e 21,2% pequenos para a idade gestacional, com a idade gestacional m??dia de 29 semanas e 5 dias. A m??dia do escore de linguagem (81,9) foi abaixo de -1 DP diferentemente da m??dia dos escores cognitivo (93...

Análise de diferentes medidas antropométricas na identificação de síndrome metabólica, com ou sem alteração do metabolismo glicídico

Rocha,Natália Pereira da; Siqueira-Catania,Antonela; Barros,Camila Risso; Pires,Milena Monfort; Folchetti,Luciana D.; Ferreira,Sandra Roberta G.
Fonte: Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia Publicador: Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/10/2010 PT
Relevância na Pesquisa
17.35%
OBJETIVO: Este estudo comparou parâmetros antropométricos e de resistência à insulina de indivíduos sem e com síndrome metabólica (SM), subestratificados pela presença de anormalidades glicêmicas. SUJEITOS E MÉTODOS: Foram incluídos 454 indivíduos (66% mulheres, 54% brancos), sendo 155 alocados para o grupo 1 (sem SM, sem anormalidade glicêmica), 32 para o grupo 2 (sem SM, com anormalidade glicêmica), 104 no grupo 3 (com SM, sem anormalidade glicêmica) e 163 no grupo 4 (com SM e anormalidade glicêmica). Os grupos foram comparados por ANOVA. RESULTADOS: Os grupos com SM (3 e 4) apresentaram os piores perfis antropométrico e lipídico; no grupo 2, apesar de glicemias significantemente mais elevadas, as médias das variáveis antropométricas e lipídicas não diferiram do grupo 1. Os maiores valores médios de HOMA-IR foram encontrados nos grupos com SM, enquanto o grupo 2 apresentou o menor HOMA-β. A trigliceridemia foi a variável metabólica com coeficientes de correlação mais elevados com a antropometria. Porém, as correlações mais fortes foram da circunferência da cintura (r = 0,503) e da razão cintura-altura (r = 0,513) com o HOMA-IR (p < 0,01). CONCLUSÃO: Nossos achados revelam que, em amostra da população brasileira...

Avaliação preliminar de perdas na produção devidas a nova anormalidade do algodoeiro no Brasil

Chiavegato,Ederaldo José; Fuzatto,Milton Geraldo; Cia,Edivaldo; Pettinelli Júnior,Armando
Fonte: Instituto Agronômico de Campinas Publicador: Instituto Agronômico de Campinas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/1994 PT
Relevância na Pesquisa
26.9%
Foram determinadas, em condições de campo, as perdas na produção do algodoeiro devidas a nova anormalidade, de causa desconhecida, à qual os autores se referem como "murchamento avermelhado". Mediante marcação de plantas afetadas - excluídas as que já se encontravam secas ou mortas - realizadas aos cem dias de idade, estabeleceram-se três grupos, de acordo com a intensidade crescente de sintomas, cujas produções foram comparadas com a do grupo de plantas aparentemente normais. Diferenças altamente significativas foram verificadas entre os grupos e, mediante análise de regressão (r² = 0,996), perdas esperadas de 16, 33 e 49% foram estimadas na produção média das plantas, à medida que crescia a severidade dos sintomas. Embora rebrotas ou aparente normalização da folhagem tenham sido observadas, sobretudo nas plantas com sintomas menos graves, os resultados indicam que isso não pode ser considerado, do ponto de vista da produção de algodão, uma efetiva recuperação das plantas afetadas. Os dados sugerem uma estabilidade do potencial de dano, ao nível de planta - uma vez manifestado o problema - em cada uma das categorias de sintomas analisadas.

Prevalência de anormalidades genitais em recém-nascidos

Monlleó,Isabella L.; Zanotti,Susane V.; Araújo,Bárbara Priscila B. de; Cavalcante Júnior,Erisvaldo F.; Pereira,Paula D.; Barros,Paulo M. de; Araújo,Maria Deysiane P.; Mendonça,Ana Thaysa V. S. de; Santos,Catarina R. S.; Santos,Ylana R. dos; Michelat
Fonte: Sociedade Brasileira de Pediatria Publicador: Sociedade Brasileira de Pediatria
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2012 PT
Relevância na Pesquisa
27.35%
OBJETIVOS: Avaliar a prevalência e descrever alterações da morfologia genital em recém-nascidos em duas maternidades-escola de gestão pública. MÉTODOS: Estudo caso/controle, descritivo, transversal. Utilizou-se protocolo clínico para avaliação da morfologia genital de 2.916 recém-nascidos entre 19/04/2010 e 18/04/2011. O grupo controle foi formado pelos nascimentos sem anormalidades morfológicas ocorridos no dia e na maternidade em que o caso foi detectado. Teste exato de Fisher foi utilizado para análises de variáveis categóricas, e de Kruskal-Wallis, para igualdade de médias. RESULTADOS: Foram detectados 29 recém-nascidos com anormalidade genital (1:100). A maioria (93,2%) foi examinada nos três primeiros dias de vida e apresentava apenas uma anormalidade. Os defeitos morfológicos compreenderam: ambiguidade genital evidente (1/29), fusão posterior de grandes lábios (1/29), micropênis (2/29), clitoromegalia (6/29), criptorquidia bilateral (6/29), hipospádia (9/29) e defeitos combinados (4/29) casos. Em apenas um caso os campos da Declaração de Nascido Vivo foram preenchidos corretamente. Prematuridade foi observada em 13/29, sendo esta a única variável estatisticamente associada à presença de anormalidade genital. Oito casos aderiram à proposta de investigação complementar...

A ultra-sonografia obstétrica e a relação materno-fetal em situações de normalidade e anormalidade fetal

Gomes,Aline Grill; Piccinini,Cesar Augusto
Fonte: Programa de Pós-Graduação em Psicologia, Pontifícia Universidade Católica de Campinas Publicador: Programa de Pós-Graduação em Psicologia, Pontifícia Universidade Católica de Campinas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2005 PT
Relevância na Pesquisa
37.46%
A ultra-sonografia obstétrica já é considerada um exame de rotina no pré-natal. Esse procedimento inaugurou uma nova forma de contato com o universo intra-uterino, além de ter passado a antecipar dados reais do bebê que antes só eram conhecidos após o seu nascimento. Hoje é possível saber o sexo do bebê, visualizar suas características físicas e maneiras de se movimentar, bem como fazer um diagnóstico de anormalidade fetal. Assim, a crescente utilização da ultra-sonografia parece afetar a relação pais-feto. Diversos estudos têm sido realizados a respeito das repercussões psicológicas da ultra-sonografia obstétrica na relação materno-fetal. O presente artigo revisa os principais achados desses estudos destacando tanto as situações de normalidade quanto de anormalidade fetal. Embora não haja consenso quanto ao impacto da ultra-sonografia para a relação materno-fetal, os estudos são unânimes em reconhecer o impacto emocional desse momento em situações de normalidade e, especialmente, nos casos de anormalidade fetal. Assim sendo, é necessário atentar também para os aspectos psicológicos desse exame e para seu potencial de afetar a relação pais-bebê.

As fronteiras da ‘anormalidade’: psiquiatria e controle social

Engel,Magali Gouveia
Fonte: Casa de Oswaldo Cruz, Fundação Oswaldo Cruz Publicador: Casa de Oswaldo Cruz, Fundação Oswaldo Cruz
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/02/1999 PT
Relevância na Pesquisa
26.9%
O artigo trata de alguns dos principais aspectos que nortearam a inserção política e social da psiquiatria na sociedade brasileira de fins do século XIX e início do século XX, através da análise de certas temáticas - civilização, raça, trabalho, fanatismo, contestação política, sexualidade - privilegiadas pelos especialistas na construção da noção de ‘doença mental’, conferindo-lhe limites extremamente amplos e difusos. A partir da análise de textos produzidos por psiquiatras e legistas - tais como teses da Faculdade de Medicina do Rio de Janeiro, relatórios do Serviço de Assistência a Alienados, obras e artigos de especialistas -, busca-se estabelecer e discutir a relação entre a definição psiquiátrica das fronteiras da ‘anormalidade’ e as tentativas de implementação de novas estratégias de controle social.

O Homem Elefante: reflexões sobre saúde, doença e anormalidade

Meneghel,Stela Nazareth
Fonte: UNESP Publicador: UNESP
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2008 PT
Relevância na Pesquisa
27.18%
Este é um ensaio sobre o filme o Homem Elefante (David Lynch, 1980), escrito para uma atividade de extensão sobre Cinema e Saúde Coletiva realizada na Unisinos (Universidade do Vale do Rio dos Sinos, São Leopoldo, Brasil). Busca contribuir para o debate sobre saúde, doença e anormalidade. O filme narra a história de um homem, na Inglaterra vitoriana, acometido de uma doença que produzia extensas deformidades físicas e que o levou a ser exibido em um circo como uma aberração. A discussão, inspirada em Foucault, aborda três questões principais: o conceito de anormalidade que se consolida no campo da medicina durante o século XIX, definindo os limites para a saúde/doença; a transformação do hospital em espaço normatizado de cura; e o cuidado como prática de caráter ético e político.

Entre a clausura do desatino e a "inclusão" da anormalidade: vicissitudes da loucura na obra de Michel Foucault

Oliveira,Daniella Coelho de
Fonte: Universidade Federal Fluminense, Departamento de Psicologia Publicador: Universidade Federal Fluminense, Departamento de Psicologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2010 PT
Relevância na Pesquisa
26.9%
O presente estudo percorre o exercício investigativo conduzido por Michel Foucault acerca da loucura, demarcando o laço inextricável que dito estatuto mantém com uma determinada configuração cultural e apontando para seus desdobramentos na contemporaneidade; nesse sentido, segue a trajetória foucaultiana em seus momentos arqueológico e genealógico: da percepção de uma loucura errante e quase romanciada àquela que se vai configurando em função de um imperativo da razão; de uma categorização da loucura como próxima às regiões do crime e do castigo à sua aparente dispersão no amplo eixo classificatório da anormalidade descrito na cena moderna.

Mosaicismo cromossômico em bovinos com anormalidade de genitalia.

TAMBASCO, A. J.; BECKER, W. A. P.; SANTOS, O. L.; ARAUJO, M. L.
Fonte: In: REUNIAO DA SOCIEDADE BRASILEIRA PROGRESSO DA CIENCIA, 28., 1976, Brasilia. Anais...Brasilia: SCC, 1976. p.300. Publicador: In: REUNIAO DA SOCIEDADE BRASILEIRA PROGRESSO DA CIENCIA, 28., 1976, Brasilia. Anais...Brasilia: SCC, 1976. p.300.
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
26.9%
Estudo do cariotipo de um bovino. Dupla fertilização. Não disjunção no gameta paterno.; 1976

Dobraduras e desdobramentos do engenho literário em Machado de Assis: a representação do anormal

Cardoso, Jucelén Moraes
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
27.6%
Este trabalho investiga os elementos que constituem Quincas Borba, de Machado de Assis, enquanto crítica ao cientificismo do século XIX, especialmente engendrada na persona de Rubião. Por que Rubião enlouqueceu? Como se deu a inserção do discurso científico na literatura a ponto de suscitar a crítica e qual a relação dessa crítica com a construção do anormal? São questões que introduzem o problema e o localizam na esfera de relação entre discurso científico e discurso literário. Nesse sentido, focalizamos a representação da anormalidade e sua relação com um discurso científico no sentido de identificar o aspecto (engenho) por trás da fábula, ao que Foucault chamaria de ficção. Nossa hipótese é de que a representação da anormalidade sugira o atravessamento de vozes e uma dupla face do texto na medida em que justapõe o discurso científico à loucura. Isso acaba inserindo o discurso literário em uma atopia, caracterizada pela representação da representação, o que não nos impede de relacionarmos literatura e sociedade. Nesse sentido, são imprescindíveis os estudos de Michel Foucault a respeito da construção discursiva da loucura e da anormalidade, construção que explica historicamente uma prática de normalização caracterizada pela captura do louco a partir da destituição do sujeito. O contexto de emersão da sociedade burguesa nos auxilia na medida em que revela as condições de produção da obra. Procuramos demonstrar como o discurso burguês de normalização se engendra no texto literário e quais as implicações desse engenho na configuração da persona do louco em Rubião. Nesse sentido...

Validação de métodos para teste de germinação em sementes de espécies florestais da família Fabaceae

Pereira, Vanderley José
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
26.9%
CAPÍTULO II: A uniformização dos resultados inter laboratoriais de testes de germinação de sementes de espécies florestais exige que os métodos sejam robustos e sujeitos à baixa variabilidade. Assim, o objetivo foi comparar e discutir as diferentes formas de cálculo do coeficiente de variação para plântulas normais do processo de validação de métodos para teste de germinação de sementes de 20 espécies da família Fabaceae. Os experimentos de germinação de sementes para todas as espécies incluindo tratamentos pré-germinativos, tempos de contagem, substrato, temperatura e fotoperíodo foram validados com base no Manual de Validação da Associação Internacional para Teste de Sementes. Coeficientes de variação para o experimento, por lote e por laboratório para plântulas normais foram calculados, a partir das análises estatísticas previstas para a validação dos métodos, como exclusão de valores discrepantes, testes para as pressuposições do modelo e análise de variância. Para plântulas normais de 20 espécies florestais nativas, os coeficientes de variação foram de baixos (até 9,84%) a médios (até 17,66%), contrariando o esperado pela grande variabilidade genética dessas espécies pouco melhoradas. O aumento do coeficiente de variação não está relacionado ao tratamento de superação de dormência...

Infecção de sementes e anormalidade de plântulas de feijão, em função do condicionamento osmótico induzido por polietileno glicol-6000

Queiroz,Messias Firmino de; Fernandes,Pedro Dantas; Almeida,Francisco de Assis Cardoso
Fonte: Departamento de Engenharia Agrícola - UFCG Publicador: Departamento de Engenharia Agrícola - UFCG
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2000 PT
Relevância na Pesquisa
27.35%
Sementes de dez cultivares de feijão (Phaseolus vulgaris L.) foram submetidas a seis níveis de tensão osmótica (0, - 0,2, - 0,4, - 0,6, - 0,8 e - 1,0 MPa) induzidos por polietileno glicol-6000 (PEG-6000) com o objetivo de se estudar os seus efeitos sobre a percentagem de sementes infectadas e plântulas anormais, durante teste de germinação, identificando-se os genótipos mais tolerantes. O experimento foi conduzido em germinador com temperatura e umidade relativa controladas, utilizando-se como substrato o papel-toalha com pH neutro. O delineamento experimental foi inteiramente casualizado, em esquema fatorial 10 x 6, com 4 repetições contendo, cada uma, cinqüenta sementes, para o teste de germinação. Segundo os resultados obtidos, a percentagem de sementes infectadas aumenta à medida que se elevam os níveis de concentração do PEG-6000. Na maior parte dos genótipos aumenta a anormalidade com a concentração de PEG-6000 até a faixa de pressão osmótica entre - 0,6MPa e - 0,8MPa, com exceção das cultivares 'Goytacazes' e 'Onix', em que foi sempre crescente com a concentração de PEG-6000. A cultivar 'Corrente' teve sempre os menores índices de anormalidade e de infecção, podendo ser classificada como a mais tolerante. As cultivares 'Novo Jalo'...

Entre a clausura do desatino e a “inclusão” da anormalidade: vicissitudes da loucura na obra de Michel Foucault

Oliveira, Daniella Coelho de; Universidade Federal do Rio de Janeiro
Fonte: Eduff Publicador: Eduff
Tipo: Avaliador por Pares; ; ; Formato: application/pdf; application/pdf
Publicado em 30/08/2010 PT
Relevância na Pesquisa
26.9%
O presente estudo percorre o exercício investigativo conduzido por Michel Foucault acerca da loucura, demarcando o laço inextricável que dito estatuto mantém com uma determinada configuração cultural e apontando para seus desdobramentos na contemporaneidade; nesse sentido, segue a trajetória foucaultiana em seus momentos arqueológico e genealógico: da percepção de uma loucura errante e quase romanciada àquela que se vai configurando em função de um imperativo da razão; de uma categorização da loucura como próxima às regiões do crime e do castigo à sua aparente dispersão no amplo eixo classificatório da anormalidade descrito na cena moderna. 

O Homem Elefante: reflexões sobre saúde, doença e anormalidade

Meneghel,Stela Nazareth
Fonte: UNESP Publicador: UNESP
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2008 PT
Relevância na Pesquisa
27.18%
Este é um ensaio sobre o filme o Homem Elefante (David Lynch, 1980), escrito para uma atividade de extensão sobre Cinema e Saúde Coletiva realizada na Unisinos (Universidade do Vale do Rio dos Sinos, São Leopoldo, Brasil). Busca contribuir para o debate sobre saúde, doença e anormalidade. O filme narra a história de um homem, na Inglaterra vitoriana, acometido de uma doença que produzia extensas deformidades físicas e que o levou a ser exibido em um circo como uma aberração. A discussão, inspirada em Foucault, aborda três questões principais: o conceito de anormalidade que se consolida no campo da medicina durante o século XIX, definindo os limites para a saúde/doença; a transformação do hospital em espaço normatizado de cura; e o cuidado como prática de caráter ético e político.