Página 1 dos resultados de 9 itens digitais encontrados em 0.000 segundos

Cruzando lugares, percorrendo tempos : mudanças recentes nas relações de género em Angoche

Casimiro, Isabel Maria Alçada Padez Cortesão
Fonte: Universidade de Coimbra Publicador: Universidade de Coimbra
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
16.95%
Tese de doutoramento em Sociologia (Sociologia do Desenvolvimento) apresentada à Fac. de Economia da Univ. de Coimbra

Narrativas de resistência contra as "promessas sem destino" : crise da indústria do Caju e lutas do quotidiano em Angoche

José, André Cristiano
Fonte: FEUC Publicador: FEUC
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
16.95%
Dissertação de mestrado em Sociologia especialização Pós-colonialismos e Cidadania Global pela Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra, 2010.

"Donde o ouro vem": Uma história política do reino do Monomotapa a partir das fontes portuguesas (século XVI); "Where the gold comes from": a political history of the kingdom of Monomotapa from portuguese sources (sixteenth Century)

Muscalu, Ivana Pansera de Oliveira
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 09/02/2012 PT
Relevância na Pesquisa
17.69%
Após a viagem inaugural de Vasco da Gama, os portugueses traçaram um projeto ambicioso de controle das rotas e dos entrepostos comerciais do oceano Índico, que previa a instalação de feitorias nas cidades africanas costeiras de Quiloa e Sofala. A importância dessa última residia na sua proximidade com os centros produtores de ouro do interior do continente, principalmente o reino do Monomotapa, identificado pelos contemporâneos como o mais rico e poderoso da região. Se no início de sua presença na costa índica os lusitanos aguardaram os mercadores africanos dentro da fortaleza, a partir da queda do volume nos negócios os comerciantes particulares e representantes da Coroa passaram a prospectar o sertão em busca das fontes de riqueza que escapavam da feitoria, desviadas pelas redes mercantis muçulmanas para a cidade de Angoche. Em duas fases distintas, o movimento português em direção ao sertão do continente africano se desenrolou ao longo de todo o século XVI e seus atores produziram grande volume de documentos sobre as diversas características das sociedades com que travaram contato. A partir do vasto conjunto documental, e partindo do pressuposto de que a aplicação de uma metodologia de leitura crítica das fontes nos permitiria acessar...

As dimensões da resistência em Angoche: da expansão política do sultanato à política colonialista portuguesa no norte de Moçambique (1842-1910); The dimentions of the resistance in Angoche: the political expansion of the sultanate to the Portuguese colonialist policy in Northern Mozambique (1842-1910)

Mattos, Regiane Augusto de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 06/03/2012 PT
Relevância na Pesquisa
38.59%
A presente tese tem por objetivo examinar a formação da coligação de resistência organizada, no final do século XIX, por chefes de Angoche, Sangage, Sancul e Quitangonha, dos grupos macua-imbamela e namarrais, às interferências da política colonialista portuguesa no norte de Moçambique. Esses chefes efetuaram vários ataques aos postos administrativos e militares portugueses, postergando a ocupação efetiva daquele território até 1910. O principal objetivo da coligação era a preservação da autonomia política, ameaçada pelas iniciativas de ocupação territorial e pela instituição de mecanismos coloniais, como o controle do comércio e da produção de gêneros agrícolas, a cobrança de impostos e o trabalho compulsório. Os participantes da coligação estavam inseridos num complexo de interconexões gerado pelas múltiplas relações estabelecidas por meio dos espaços políticos, culturais, religiosos e de trocas comerciais, que envolviam não apenas as sociedades islâmicas da costa, as do interior e as do mundo suaíli, como o sultanato de Zanzibar, as ilhas Comores e Madagascar, mas também indianos, portugueses, ingleses e franceses. Essas relações eram definidas pelo parentesco, pela doação de terra...

Possibilidades e limites dos conselhos consultivos como fatores de democratização e de controle social de políticas públicas em Moçambique

Muxanga, Paulo Fernando Chiveia
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 172 p.| il.
POR
Relevância na Pesquisa
17.69%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Filosofia e Ciências Humanas, Programa de Pós-Graduação em Sociologia Política, Florianópolis, 2013.; Hoje em dia, a democracia tem estado cada vez mais associada à necessidade de os governos abrirem as suas atividades ao escrutínio público, envolvendo a sociedade na gestão pública. Esta é uma exigência cujo argumento repousa na ideia de que esse envolvimento da sociedade potencializa a democratização e controle social das políticas públicas, contribuindo para que os governos sejam mais efetivos, responsivos, transparentes e accountable (s). Tendo como base este pano de fundo, muitos países têm experimentado espaços participativos dos mais diversos formatos, como é o caso dos OPs e Conselhos Gestores, no Brasil, e dos Conselhos Consultivos (CCs), em Moçambique. Embora se reconheçam as potencialidades destas experiências, também são lhes apontados vários limites. Assim sendo, este estudo, analisa as possibilidades e limites dos CCs como fatores de democratização e controle social das políticas públicas. Este é um caso de estudo, pelo que seu foco é o distrito de Angoche. Nossa análise é baseada em três variáveis explicativas...

A DINÂMICA DAS RELAÇÕES NO NORTE DE MOÇAMBIQUE NO FINAL DO SÉCULO XIX E INÍCIO DO SÉCULO XX

Mattos,Regiane Augusto de
Fonte: Universidade de São Paulo, Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Departamento de História Publicador: Universidade de São Paulo, Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Departamento de História
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2014 PT
Relevância na Pesquisa
16.95%
O artigo tem por objetivo apresentar os principais fatores desencadeadores e as formas de mobilização dos agentes envolvidos na “coligação de resistência” organizada, no final do século XIX, por chefes de Angoche, Sangage, Sancul, Quitangonha e dos grupos macua-imbamela e namarrais, às interferências da política colonialista portuguesa no norte de Moçambique, dando destaque para as dimensões das relações entre os diversos agentes históricos na região.

A produção de caju e a dinâmica socioespacial no distrito de Angoche, Nampula - Moçambique; Cashew production and sociospatial dynamic in Angoche District, Nampula - Mozambique

Frei, Vanito Viriato Marcelino
Fonte: Universidade Federal de Goiás; Brasil; UFG; Programa de Pós-graduação em Geografia (RJ); Regional de Jataí (RJ) Publicador: Universidade Federal de Goiás; Brasil; UFG; Programa de Pós-graduação em Geografia (RJ); Regional de Jataí (RJ)
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
39%
This work which defines itself as a qualitative, descriptive and exploratory research, is the result of the bibliographic and documental review and of the systematization of the data collected in the field, being that the evidence of the results was based on a sample of 60 aggregate familiars (AF) selected in the district of Angoche (DA). The work provides information about the historical process of organization of the cashew production (Anacardium occidentale, L) in Mozambique and its relation with the local productive space organization, particularly in the DA. This way, the work has as general objective to analyze the socio spatial dynamic in the DA, by the comprehension of the constitution and organization of the cashew nut production process. In specific terms the work aims: 1) to characterize and analyze the socio spatial organization of the cashew production, in the different stages of the Mozambican history, 2) to examine the established policies in the development ambit of the cashew sector and the impacts upon the socio spatial organization of the production, 3) to analyze how the socio spatial transformations unchained by the cashew production in Angoche participate in its spatial configuration. Aiming to reach those goals...

Os municípios dos “outros”: alternância do poder local em Moçambique? O caso de Angoche

Rosário, Domingos Manuel do
Fonte: CEI-IUL Publicador: CEI-IUL
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em 15/12/2015 POR
Relevância na Pesquisa
38.31%
As eleições municipais de 2003 marcaram o início do exercício do poder local pela Renamo no município de Angoche. Quais são os factores explicativos desta situação eleitoral local? A partir de uma perspectiva sócio-histórica, este artigo procura compreender como é que a evolução política e administrativa destes territórios influenciou a lógica do poder local. São as relações estabelecidas entre as populações e o Estado e a forma como a municipalizarão foi desenhada e implementada desde 1994 pela Frelimo que não proporcionam condições favoráveis à criação de um pluralismo político, na medida em que o partido dominante consegue, através do controlo que exerce sobre o Estado central, instrumentalizar os recursos e fortificar suas bases políticas e eleitorais.; The 2003 local elections are the beginning of the exercise of local power by Renamo in Angoche. Which are the drivers behind this electoral outcome? Adopting a sociohistorical perspective, this article seeks to understand how the political and administrative evolution of these territories influenced the exercise of local power. It argues that the relationship between the people and the State and the design and implementation of the ‘municipalization’ process led by Frelimo...

The dynamics of relationships in northern Mozambique at the end of the nineteenth century and at the early twentieth century; A dinâmica das relações no norte de Moçambique no final do século XIX e início do século XX

Mattos, Regiane Augusto de
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, D. História Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, D. História
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 18/12/2014 POR
Relevância na Pesquisa
17.69%
O artigo tem por objetivo apresentar os principais fatores desencadeadores e as formas de mobilização dos agentes envolvidos na “coligação de resistência” organizada, no final do século XIX, por chefes de Angoche, Sangage, Sancul, Quitangonha e dos grupos macua-imbamela e namarrais, às interferências da política colonialista portuguesa no norte de Moçambique, dando destaque para as dimensões das relações entre os diversos agentes históricos na região.; The article has as objective to present the main triggering factors and ways of mobilizing agents of the “coalition resistance” organized at the end of the nineteenth century, by the leaderships of Angoche, Sangage, Sancul, Quitangonha and the groups macua-imbamela and namarrais, to the interference of the Portuguese colonialist policy in Northern Mozambique, giving prominence to the dimensions of the relations between the various historical actors in the region.