Página 1 dos resultados de 940 itens digitais encontrados em 0.011 segundos

Condições socioeconômicas em saúde: discussão de dois paradigmas; Socioeconomic status and health: a discussion of two paradigms

ANTUNES, José Leopoldo Ferreira
Fonte: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
36.2%
Condição socioeconômica e seu impacto em saúde são objeto de grande interesse para pesquisadores e gestores de saúde. O artigo discute dois paradigmas de aferição da condição socioeconômica e revisa estudos epidemiológicos em que eles foram aplicados. Um dos paradigmas é referenciado por medidas de prestígio e diferenciação positiva entre os estratos sociais, como classificações baseadas em capital social e no acesso a bens e serviços. O outro é referenciado por classificações envolvendo privação material e diferenciação negativa entre os estratos sociais, e envolve a proposta de reposição aos segmentos populacionais mais afetados pela privação pelo Estado. A reflexão sobre opções metodológicas para se aferir condição socioeconômica em estudos epidemiológicos pode contribuir para a promoção de saúde e justiça social.; Socioeconomic status and its impact on health are in the mainstream of public health thinking. This text discusses two paradigms utilized in assessing socioeconomic status in epidemiologic studies. One paradigm refers to prestige-based measurements and positive differentiation among social strata. This paradigm is characterized by classifications assessing social capital and the access to goods and services. The other paradigm refers to the classification of social deprivation and negative differentiation among social strata. The proposal of State-funded reposition to the mostly deprived social strata is acknowledged as characteristic of this paradigm. The contrast between these paradigms...

Análise dos fatores associados às perdas dentárias em adultos da zona leste do município de São Paulo; Analysis of the factors related to dental losses in adults of the eastern area of the City of São Paulo, Brazil

Martins, Julie Silvia
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 09/09/2009 PT
Relevância na Pesquisa
45.95%
Introdução - As perdas dentárias em adultos, configuram-se em um problema de saúde pública. Dada a relevância da problemática a Organização Mundial de Saúde propôs como meta para o ano 2000, que 75% dos adultos entre 35 e 44 anos de idade apresentassem 20 dentes ou mais funcionais. Objetivo Estudar a influência das variáveis de nível individual, familiar e de contexto na ocorrência de perdas dentárias superiores a 12 dentes em adultos de 40 anos de idade. Métodos Utilizando-se dados obtidos de um levantamento epidemiológico de saúde bucal realizado em 9 Unidades Básicas de Saúde, que desenvolvem a estratégia Saúde da Família, localizadas na zona leste do município de São Paulo, associados aos dados do Sistema de Informação da Atenção Básica (SIAB), foram desenvolvidas análises estatísticas pelo teste de associação do qui-quadrado, e análise multinível, tendo como variável dependente a ausência de mais de 12 dentes, baseando-se no componente P (perdido) do índice CPO-D (P 12 e P>12). As variáveis independentes foram obtidas de 3 níveis. As relativas ao nível I envolvem aspectos demográficos; socioeconômicos; características da família, dos domicílios, da ocupação, da saúde geral dos indivíduos e do núcleo familiar; hábitos e cuidados com a saúde bucal; autopercepção da saúde bucal; acesso a serviços odontológicos...

Avaliação socioeconômica de uma rede ferroviária regional para o transporte de passageiros; Socioeconomic assessment of a regional railway network for passenger transport

Isler, Cassiano Augusto
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 15/05/2015 PT
Relevância na Pesquisa
46.38%
A utilização majoritária da malha ferroviária brasileira para o transporte de cargas e a sua incompatibilidade para desenvolvimento de altas velocidades inviabiliza a oferta de serviços competitivos para o transporte intermunicipal de passageiros. A questão explorada nesta tese é sobre qual tecnologia ferroviária provê melhores resultados socioeconômicos no contexto de uma nova rede para o transporte intermunicipal de passageiros com operação exclusiva de Trens de Alto Desempenho (High Performance Trains - HPTs) ou Trens de Alta Velocidade (High Speed Trains - HSTs), caracterizados por velocidades médias de 150 km/h e 300 km/h respectivamente. Nesse sentido, a hipótese é que a diferença entre benefícios e custos socioeconômicos da oferta de serviços de HSTs resultam em valores positivos e maiores do que aquelas decorrentes da operação de HPTs, mediante parâmetros específicos de avaliação socioeconômica e uma configuração hipotética de rede na Região Sudeste do Brasil. Assim, o objetivo principal da tese é estimar e comparar os custos e benefícios socioeconômicos de uma rede ferroviária pela estimativa dos investimentos para a construção de novos traçados ferroviários, estimativa do número de viagens intermunicipais na Região Sudeste em um horizonte de planejamento estratégico e a propensão à escolha modal...

Análise socioeconômica das qualidades de cotas para negros na Universidade de Brasília

Araújo, Ionete Eunice de
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
46.11%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Administração, Ciências Contábeis e Economia, Programa de Pós-Graduação em Economia, Mestrado Profissional em Economia do Setor Público, 2013.; Neste estudo analisa-se o Sistema de Cotas Raciais como uma forma de democratizar o acesso às Instituições Federais do Ensino Superior do Brasil – IFES, com ênfase na Universidade de Brasília – UnB, primeira universidade pública federal a aderir ao Sistema de Cotas Raciais. Aborda-se a relevância de uma análise socioeconômica (TANURI-PIANTO et alii, 2010) que discuta a qualidade das cotas para negros na Universidade de Brasília com base, por um lado, no contexto histórico de exclusão social desses indivíduos; e, por outro, nas expectativas advindas dessa ação afirmativa. O objetivo deste estudo é, portanto, o de oferecer elementos que possam contribuir para uma avaliação do Sistema de Cotas para Negros nos dez anos de sua implementação na UnB. Conclui-se que esta é uma ação afirmativa bem-sucedida, a qual vem, paulatinamente, alcançando um dos objetivos iniciais do Sistema, que é o de acelerar o processo de miscigenação dos estudantes da UnB (CARVALHO...

Condições socioeconômicas em saúde: discussão de dois paradigmas

Antunes,José Leopoldo Ferreira
Fonte: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2008 PT
Relevância na Pesquisa
36.2%
Condição socioeconômica e seu impacto em saúde são objeto de grande interesse para pesquisadores e gestores de saúde. O artigo discute dois paradigmas de aferição da condição socioeconômica e revisa estudos epidemiológicos em que eles foram aplicados. Um dos paradigmas é referenciado por medidas de prestígio e diferenciação positiva entre os estratos sociais, como classificações baseadas em capital social e no acesso a bens e serviços. O outro é referenciado por classificações envolvendo privação material e diferenciação negativa entre os estratos sociais, e envolve a proposta de reposição aos segmentos populacionais mais afetados pela privação pelo Estado. A reflexão sobre opções metodológicas para se aferir condição socioeconômica em estudos epidemiológicos pode contribuir para a promoção de saúde e justiça social.

Retrato da realidade socioeconômica e sexual de mulheres presidiárias

Nicolau,Ana Izabel Oliveira; Ribeiro,Samila Gomes; Lessa,Paula Renata Amorim; Monte,Alana Santos; Ferreira,Rita de Cássia do Nascimento; Pinheiro,Ana Karina Bezerra
Fonte: Escola Paulista de Enfermagem, Universidade Federal de São Paulo Publicador: Escola Paulista de Enfermagem, Universidade Federal de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2012 PT
Relevância na Pesquisa
46.13%
OBJETIVO: Investigar o perfil socioeconômico e sexual de presidiárias. MÉTODOS: Estudo com abordagem quantitativa, transversal, descritivo, quantitativa envolvendo 155 presidiárias. A coleta de dados realizou-se de janeiro a março de 2010 na penitenciária feminina do Estado do Ceará, e contemplou dados de caracterização socioeconômica e sexual. RESULTADOS: a maioria das jovens brasileiras era solteira com baixa escolaridade e renda familiar mensal, reclusas por tráfico de drogas. Coitarca precoce, estabilidade e pouca variedade de parceiros sexuais. Ser presidiário(a), usar drogas e possuir tatuagens/piercings representaram aspectos comuns às participantes e suas parcerias. A homo/bissexualidade e a prostituição estiveram fortemente presentes. As DST antes ou após a prisão apresentaram pouca expressividade. A garantia da visita íntima e a realização do exame preventivo ainda enfrenta grandes entraves. CONCLUSÃO: Diante das vulnerabilidades encontradas concluiu-se que as estratégias de promoção da saúde sexual em ambiente prisional devem englobar a complexidade das peculiaridades vivenciadas pelas presidiárias.

Caracterização dos cuidadores de crianças HIV+/AIDS abordando a qualidade de vida, a classificação socioeconômica e temas relacionados à saúde bucal

Balbo,Patrícia Lima; Rodrigues-Júnior,Antonio Luiz; Cervi,Maria Célia
Fonte: ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva Publicador: ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/10/2007 PT
Relevância na Pesquisa
36.22%
OBJETIVO: O estudo pretende caracterizar a percepção, os conhecimentos sobre promoção e sobre os cuidados com a saúde bucal de cuidadores de crianças com HIV+/AIDS. MÉTODOS: Um questionário foi aplicado aos cuidadores de crianças HIV+/AIDS, abordando a qualidade de vida, a classificação socioeconômica (CCEB) e temas sobre a saúde bucal, através de um conjunto de perguntas fechadas, envolvendo percepção, cuidados e promoção da saúde bucal. A consistência interna foi avaliada através dos domínios do WHOQoL-bref dos componentes do CCEB e dos temas de saúde bucal; uma análise de agrupamento foi realizada com os escores dos domínios do WHOQoL-bref. RESULTADOS: A estatística de alfa-Crombach quantificou a consistência interna: 0,9101, 0,8027 e 0,6355, respectivamente, para os domínios do WHOQoL, para as questões do CCEB e para os temas de saúde bucal. A análise de agrupamento gerou dois grupos de informantes. Houve relações entre os níveis de qualidade de vida, os estratos do CCEB e as respostas observadas nos temas sobre a saúde bucal; foram relatadas dificuldades de acesso à atenção odontológica. CONCLUSÕES: A metodologia e os instrumentos utilizados mostraram consistência e coerência com o referencial teórico...

Associação entre prevalência de inatividade física e indicadores de condição socioeconômica em adolescentes

Farias Júnior,José Cazuza de
Fonte: Sociedade Brasileira de Medicina do Exercício e do Esporte Publicador: Sociedade Brasileira de Medicina do Exercício e do Esporte
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2008 PT
Relevância na Pesquisa
36.2%
OBJETIVO: A redução nos níveis de atividade física na população jovem tem sido amplamente descrita em vários países, sobretudo em alguns subgrupos dessa população. O objetivo deste estudo foi determinar a prevalência de inatividade física em adolescentes escolares do ensino médio do município de João Pessoa - PB, e analisar sua associação com indicadores de condição socioeconômica. METODOLOGIA: Participaram do estudo 2.566 adolescentes (1.132 rapazes e 1.434 moças), de 14 a 18 anos de idade (16,5±1,17). Foram levantadas informações demográficas (sexo e idade), socioeconômicas (trabalho, tipo de escola, classe econômica, escolaridade dos pais), e mediu-se o nível de atividade física (kcal/kg/dia), mediante utilização de um diário de atividade física. Foram classificados como fisicamente inativos os adolescentes com demanda energética diária <37kcal/kg/dia. Na análise multivariável recorreu-se à regressão de Poisson, tendo a razão de prevalência como medida de associação. RESULTADOS: Cerca de seis em cada dez adolescentes foram classificados como fisicamente inativos (55,9%, n=1.435), com prevalência estatisticamente mais elevada nas moças (64,2%) do que nos rapazes (45,5%; p<0,001). A prevalência de inatividade física se associou positivamente com a condição socioeconômica...

Características socioeconômicas dos criadores de ovinos no estado do Ceará.

SOUSA NETO, J. M. de; SELAIVE VILLARROEL, A. B.; HOLANDA JUNIOR, E. V.; FACO, O.
Fonte: In: CONGRESSO NORDESTINO DE PRODUÇÃO ANIMAL, 6.; SIMPÓSIO NORDESTINO DE ALIMENTAÇÃO DE RUMINANTES, 7.; FÓRUM DE COORDENADORES DE PÓS GRADUAÇÃO EM PRODUÇÃO ANIMAL DO NORDESTE, 1.; FÓRUM DE AGROECOLOGIA RO RIO GRANDE DO NORTE, 1., 2010, Mossoró. Anais... Mossoró: Sociedade Nordestina de Producao Animal; UFERSA, 2010. 5 f. 1 CD-ROM. Publicador: In: CONGRESSO NORDESTINO DE PRODUÇÃO ANIMAL, 6.; SIMPÓSIO NORDESTINO DE ALIMENTAÇÃO DE RUMINANTES, 7.; FÓRUM DE COORDENADORES DE PÓS GRADUAÇÃO EM PRODUÇÃO ANIMAL DO NORDESTE, 1.; FÓRUM DE AGROECOLOGIA RO RIO GRANDE DO NORTE, 1., 2010, Mossoró. Anais... Mossoró: Sociedade Nordestina de Producao Animal; UFERSA, 2010. 5 f. 1 CD-ROM.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
46.22%
O presente trabalho teve por objetivo principal a análise socioeconômica da produção de ovinos para carne visando ao desenvolvimento sustentável do semiárido cearense. Dados sobre as características socioeconômicas dos produtores foram obtidos mediante a aplicação de questionários junto aos produtores de ovinos do Município de Morada Nova, Estado do Ceará. Para a caracterização socioeconômica dos produtores, foram analisados cinco fatores, a saber: infraestrutura e produção de volumosos, rebanhos e manejo da produção, produção e aspectos ambientais, mão-de-obra e crédito rural e administração do empreendimento. As principais dificuldades observadas pelos produtores estão ligadas ao roubo, alimentação dos animais no período seco e a falta de capital para investir na atividade.; 2010

Análise socioecônomica da exploração de caprinos e ovinos no Estado do Piauí.

SOUZA NETO, J. de; BAKER, G. A.; SOUSA, F. B. de.
Fonte: Pesquisa Agropecuária Brasileira, Brasília, DF, v. 30, n. 8, p. 1017-1030, 1995. Publicador: Pesquisa Agropecuária Brasileira, Brasília, DF, v. 30, n. 8, p. 1017-1030, 1995.
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
46.02%
Resumo: O estudo teve como objetivos caracterizar, a partir de descritores agro-socioeconômicos, os atuais sistemas de produção de caprinos e ovinos, identificar os fatores responsáveis pela adoção ou não de tecnologias e estimar os principais fatores responsáveis pelo aumento da produção desses animais no Estado do Piaui. A metodologia utilizada foi dividida em duas partes: análise tabular e análise fatorial. 0 estudo de caracterização da produção revelou que os fatores inibidores ao processo de desenvolvimento da atividade estão de alguma forma relacionados ao tamanho das propriedades, ao baixo nível tecnológico, ao crédito, à dissociação entre pesquisa e extensão, à educação formal e ao ambiente adverso. Os resultados da análise fatorial serviram para mostrar que os cinco principais fatores são responsáveis por 56,6% da variação total dos dados das 118 unidades produtivas e das 22 variáveis ativas. Na análise, o primeiro fator explica 24,5% da variação total, e seus elevados coeficientes de saturação relativos às variáveis efetivo caprino (0,90060) e ovino (0,8946) são indicadores de que são eles os principais responsáveis pelo aumento da produção desses animais no Estado do Piauí. [Socioeconomical analysis of goats and sheep exploitation in Piaui state...

Aspectos socioeconômicos do Projeto de Reflorestamento Econômico Consorciado e Adensado (RECA) em Rondônia, Brasil.

SA, C. P. de; SANTOS, J. C. dos; MUNIZ, P. S. B.; LUNZ, A. M. P.; FRANKE, I. L.
Fonte: In: CONGRESSO MUNDIAL DE SOCIOLOGIA RURAL, 10.; CONGRESSO BRASILEIRO DE ECONOMIA E SOCIOLOGIA RURAL, 38., 2000, Rio de Janeiro. Anais... Campinas: Unicamp; Brasília, DF: SOBER, 2000. Publicador: In: CONGRESSO MUNDIAL DE SOCIOLOGIA RURAL, 10.; CONGRESSO BRASILEIRO DE ECONOMIA E SOCIOLOGIA RURAL, 38., 2000, Rio de Janeiro. Anais... Campinas: Unicamp; Brasília, DF: SOBER, 2000.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Formato: 1 CD-ROM.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
46.11%
Buscando alternativas aos sistemas tradicionais de uso da terra, um grupo de agricultores assentados pelo Incra, organizaram-se em uma associação, o Projeto Reca, que tem como principal objetivo a melhoria da qualidade de vida dos pequenos agricultores, garantindo a sua permanência no campo, por meio do fortalecimento do associativismo e adoção de um modelo de produção agroflorestal que respeita o meio ambiente e as peculiaridades da Amazônia. Este estudo objetivou fazer uma análise socioeconômica do Projeto Reca. Os dados foram coletados através de entrevistas com questões socioeconômicas, com 122 produtores, representando 45% dos associados. Os associados do Reca são, na maioria (55%), migrantes da região centro-sul do país, podendo ser caracterizados como pequenos agricultores que praticam agricultura de subsistência e comercial, com propriedades de 90 ha, em média. O cultivo de espécies perenes tem contribuído para a fixação dos produtores no campo, uma vez que a venda de lotes é baixa, 90% destes residem na propriedade há mais de seis anos. O crédito subsidiado de instituições estrangeiras, funcionou como fator de agregação da comunidade, favorecendo o desenvolvimento do espírito de associativismo...

Um modelo para análise socioeconômica da criminalidade no município de Aracaju

Lemos, Alan Alexander Mendes; Santos Filho, Eurílio Pereira; Jorge, Marco Antonio
Fonte: Instituto de Pesquisas Econômicas da FEA-USP Publicador: Instituto de Pesquisas Econômicas da FEA-USP
Tipo: Artigo de Revista Científica
PT_BR
Relevância na Pesquisa
56.19%
Este trabalho tem por objetivo investigar as razões socioeconômicas da criminalidade em Aracaju, a partir de fontes primárias e secundárias de informação. Para tanto, parte-se de uma análise teórica, na qual foram identificadas quatro hipóteses explicativas para a criminalidade: (i) ato racional deliberado; (ii) relacionada com o ciclo econômico; (iii) decorrente da maior desigualdade social existente na economia contemporânea e; (iv) não diretamente relacionada com variáveis socioeconômicas. A seção seguinte descreve a metodologia empregada para a construção do banco de dados e para a análise por meio de regressão do tipo stepwise. Na última seção são apresentados os resultados: o modelo explica 90% do comportamento dos crimes contra o patrimônio, e as variáveis responsáveis por tal comportamento são: a concentração de renda, características da infra-estrutura existente nos bairros, a baixa densidade demográfica e a menor participação dos jovens no total da população.________________________________________________________________________________________ ABSTRACT: This paper aims to investigate the socioeconomic reasons of criminality in Aracaju/SE, using primary and secondary sources of information. Beginning with a theoretical analysis...

A procura de produtos de lotaria em Portugal : uma análise socioeconómica

Kaizeler, Maria João Pagarim Ribeiro
Fonte: Instituto Superior de Economia e Gestão Publicador: Instituto Superior de Economia e Gestão
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em /07/2015 POR
Relevância na Pesquisa
46.19%
Doutoramento em Sociologia Económica e das Organizações; A procura de produtos de lotaria em Portugal: Uma análise socioeconómica. Este projecto de investigação tem duas componentes. Uma, em que se fez uma análise internacional (de 1994 até ao presente), com dados em painel, para cerca de 100 países. Outra, que consistiu numa análise efectuada nacionalmente, com dados da SCML, para 5 anos e 22 distritos. Os nossos resultados sugerem que os países mais ricos, com menor índice educacional e com maior percentagem de idosos consomem mais produtos de lotaria. Os resultados sugerem também que os homens jogam mais que as mulheres e que existe uma relação positiva entre a religião e o jogo de lotaria. Nacionalmente, as despesas no jogo apresentam uma correlação positiva com o rendimento médio por distrito, mas esta relação apresenta-se como um U invertido. Em Portugal a despesa no jogo decresce quando o nível de escolaridade aumenta e os católicos casados jogam, em média, mais que os que não são casados pela Igreja ou não são católicos. No confronto dos resultados obtidos a nível internacional com os dados de Portugal, verificou-se que em Portugal consome-se mais este tipo de produtos do que se consome em média quer na Europa quer no Mundo inteiro...

Intersections between socio-economic position, psychological mechanisms, and adherence behaviors in HIV/SIDA: a qualitative approximation from a lifetime perspective; Intersecciones entre posición socioeconómica, mecanismos psicológicos y comportamientos de adherencia en VIH/SIDA: aproximación cualitativa desde la perspectiva del curso de vida; Intersecções entre a posição socioeconômica, mecanismos psicológicos e comportamentos de aderência em HIV/AIDS: aproximação qualitativa desde a perspectiva do curso da vida.

Arrivillaga Quintero, Marcela; Pontificia Universidad Javeriana, Cali; Salcedo, Juan Pablo
Fonte: Pontificia Universidad Javeriana Cali Publicador: Pontificia Universidad Javeriana Cali
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; "Artículo revisado por pares"; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artículo Formato: application/pdf; application/pdf; application/pdf
SPA; ENG; POR
Relevância na Pesquisa
36.4%
Objective. The purpose of  this  study was  to  explore, determine and analyze  the  intersections which  exist between  socio-economic positions, psychological mechanisms and behaviors    resulting  from adherence in cases of HIV/AIDS  in women diagnosed with HIV. Method.  A qualitative  study with content analysis was carried out.  Using a stratified sample for convenience, 36 women from Cali, Colombia, were selected to take part  in  in-depth  interviews.   Two groups were made up based on  the official  socio-economic  stratification of the country,  and interviews were carried out with 18 women of low socio-economic position, and 18 of medium and high socio-economic positions. Results. It was posible to identify macrocontextual environments associated with each level of socio-economic position, psychological mechanisms, and adherence behaviors. Exposure accumulated during the lifetime  could explain the relationship between these two levels. Conclusion. The  findings  clearly  show  that  the  lifetime  perspective  stems  from  the  fact  that  it  can  help  to  understandand explain the results in biological...

People's security survey in Brazil, Argentina and Chile: a regional comparative analysis; Texto para Discussão (TD) 1049: People's security survey in Brazil, Argentina and Chile: a regional comparative analysis; Pesquisa de segurança socioeconômica no Brasil, Argentina e Chile: uma análise regional comparativa

Ramos, Lauro
Fonte: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) Publicador: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea)
Tipo: Texto para Discussão (TD)
EN-US
Relevância na Pesquisa
36.22%
Este artigo apresenta os principais resultados obtidos nas pesquisas sobre segurança socioeconômica levadas a campo em 2001 na Argentina, Brasil e Chile. Uma análise comparativa entre os três países procura explicitar similaridades e contrastes de acordo com as noções de segurança subjacentes. Um traço comum entre eles é a existência de uma dicotomia clara no que se refere à noção de segurança associada ao mercado de trabalho e aos postos de trabalho em si: as pessoas que se encontravam desempregadas ou inativas no momento da pesquisa mostravam maior propensão à rotatividade e desalento; as que se encontravam ocupadas experimentavam, em geral, menor tendência à troca de emprego e menor duração dos períodos de desemprego. Por outro lado, algumas diferenças também são apontadas em respeito às noções de segurança associadas ao mercado de trabalho, com destaque para a Argentina, onde há um maior pessimismo, tanto em relação a questões objetivas quanto, de forma mais acentuada, no que tange às percepções dos agentes.; 46 p. : il.

People's Security Survey in Brazil, Argentina and Chile: a Regional Comparative Analysis; Discussion Paper 136 : People's Security Survey in Brazil, Argentina and Chile: a Regional Comparative Analysis; Pesquisa de segurança socioeconômica no Brasil, Argentina e Chile: uma análise regional comparativa

Ramos, Lauro
Fonte: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) Publicador: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea)
Tipo: Discussion Paper
EN-US
Relevância na Pesquisa
36.22%
Este artigo apresenta os principais resultados obtidos nas pesquisas sobre segurança socioeconômica levadas a campo em 2001 na Argentina, Brasil e Chile. Uma análise comparativa entre os três países procura explicitar similaridades e contrastes de acordo com as noções de segurança subjacentes. Um traço comum entre eles é a existência de uma dicotomia clara no que se refere à noção de segurança associada ao mercado de trabalho e aos postos de trabalho em si: as pessoas que se encontravam desempregadas ou inativas no momento da pesquisa mostravam maior propensão à rotatividade e desalento; as que se encontravam ocupadas experimentavam, em geral, menor tendência à troca de emprego e menor duração dos períodos de desemprego. Por outro lado, algumas diferenças também são apontadas em respeito às noções de segurança associadas ao mercado de trabalho, com destaque para a Argentina, onde há um maior pessimismo, tanto em relação a questões objetivas quanto, de forma mais acentuada, no que tange às percepções dos agentes.; 46 p. : il.

Condições socioeconômicas em saúde: discussão de dois paradigmas; Socioeconomic status and health: a discussion of two paradigms

Antunes, José Leopoldo Ferreira
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; Formato: application/pdf; application/pdf
Publicado em 01/06/2008 POR; ENG
Relevância na Pesquisa
36.2%
Condição socioeconômica e seu impacto em saúde são objeto de grande interesse para pesquisadores e gestores de saúde. O artigo discute dois paradigmas de aferição da condição socioeconômica e revisa estudos epidemiológicos em que eles foram aplicados. Um dos paradigmas é referenciado por medidas de prestígio e diferenciação positiva entre os estratos sociais, como classificações baseadas em capital social e no acesso a bens e serviços. O outro é referenciado por classificações envolvendo privação material e diferenciação negativa entre os estratos sociais, e envolve a proposta de reposição aos segmentos populacionais mais afetados pela privação pelo Estado. A reflexão sobre opções metodológicas para se aferir condição socioeconômica em estudos epidemiológicos pode contribuir para a promoção de saúde e justiça social.; Socioeconomic status and its impact on health are in the mainstream of public health thinking. This text discusses two paradigms utilized in assessing socioeconomic status in epidemiologic studies. One paradigm refers to prestige-based measurements and positive differentiation among social strata. This paradigm is characterized by classifications assessing social capital and the access to goods and services. The other paradigm refers to the classification of social deprivation and negative differentiation among social strata. The proposal of State-funded reposition to the mostly deprived social strata is acknowledged as characteristic of this paradigm. The contrast between these paradigms...

Análise socioeconômica de produtores familiares de caprinos e ovinos no semiárido cearense, Brasil

Farias,J.L. de S.; Araújo,M.R.A. de; Lima,A.R.; Alves,F.S.F.; Oliveira,L.S.; Souza,H.A. de
Fonte: Archivos de Zootecnia Publicador: Archivos de Zootecnia
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; journal article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion Formato: text/html; application/pdf
Publicado em 01/03/2014 POR
Relevância na Pesquisa
45.98%
O objetivo deste estudo foi caracterizar e descrever sob o ponto de vista social e econômico os sistemas de produção das unidades familiares que utilizam a caprinocultura e a ovinocultura como atividades pecuárias no sistema de produção familiar no Estado do Ceará, Brasil. Os dados foram coletados a partir de 120 entrevistas com agricultores familiares produtores de caprinos e ovinos durante o ano de 2008, por meio de um questionário que apresentava aspectos sociais, econômicos, ambientais e produtivos. Para o estabelecimento da tipologia foram utilizadas técnicas estatísticas multivariadas (análise fatorial pelo método de componente principal) e, em seguida, utilizou-se a análise de agrupamento não hierárquico para a identificação de grupos homogêneos e caracterização da amostra das propriedades familiares. Foram identificados quatro grupos (I, II, III e IV) de famílias que utilizam os pequenos ruminantes como componentes em seus sistemas de produção. As famílias identificadas nos grupos II e III apresentaram como principal fonte de renda as atividades relacionadas ao uso da terra e as dos grupos I e IV demonstraram a fonte externa como componente central de suas finanças. O tamanho médio dos estabelecimentos familiares foi de 47...

Caracterização dos cuidadores de crianças HIV+/AIDS abordando a qualidade de vida, a classificação socioeconômica e temas relacionados à saúde bucal

Balbo,Patrícia Lima; Rodrigues-Júnior,Antonio Luiz; Cervi,Maria Célia
Fonte: ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva Publicador: ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/10/2007 PT
Relevância na Pesquisa
36.22%
OBJETIVO: O estudo pretende caracterizar a percepção, os conhecimentos sobre promoção e sobre os cuidados com a saúde bucal de cuidadores de crianças com HIV+/AIDS. MÉTODOS: Um questionário foi aplicado aos cuidadores de crianças HIV+/AIDS, abordando a qualidade de vida, a classificação socioeconômica (CCEB) e temas sobre a saúde bucal, através de um conjunto de perguntas fechadas, envolvendo percepção, cuidados e promoção da saúde bucal. A consistência interna foi avaliada através dos domínios do WHOQoL-bref dos componentes do CCEB e dos temas de saúde bucal; uma análise de agrupamento foi realizada com os escores dos domínios do WHOQoL-bref. RESULTADOS: A estatística de alfa-Crombach quantificou a consistência interna: 0,9101, 0,8027 e 0,6355, respectivamente, para os domínios do WHOQoL, para as questões do CCEB e para os temas de saúde bucal. A análise de agrupamento gerou dois grupos de informantes. Houve relações entre os níveis de qualidade de vida, os estratos do CCEB e as respostas observadas nos temas sobre a saúde bucal; foram relatadas dificuldades de acesso à atenção odontológica. CONCLUSÕES: A metodologia e os instrumentos utilizados mostraram consistência e coerência com o referencial teórico...

Condições socioeconômicas em saúde: discussão de dois paradigmas

Antunes,José Leopoldo Ferreira
Fonte: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2008 PT
Relevância na Pesquisa
36.2%
Condição socioeconômica e seu impacto em saúde são objeto de grande interesse para pesquisadores e gestores de saúde. O artigo discute dois paradigmas de aferição da condição socioeconômica e revisa estudos epidemiológicos em que eles foram aplicados. Um dos paradigmas é referenciado por medidas de prestígio e diferenciação positiva entre os estratos sociais, como classificações baseadas em capital social e no acesso a bens e serviços. O outro é referenciado por classificações envolvendo privação material e diferenciação negativa entre os estratos sociais, e envolve a proposta de reposição aos segmentos populacionais mais afetados pela privação pelo Estado. A reflexão sobre opções metodológicas para se aferir condição socioeconômica em estudos epidemiológicos pode contribuir para a promoção de saúde e justiça social.