Página 1 dos resultados de 2824 itens digitais encontrados em 0.073 segundos

Análise de sobrevivência com o R

Borges, Alexandra Isabel Monteiro
Fonte: Universidade da Madeira Publicador: Universidade da Madeira
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /09/2014 POR
Relevância na Pesquisa
95.97%
O principal objectivo desta dissertação é dar a conhecer as potencialidades da linguagem R pois ainda existem algumas reservas quanto à sua utilização. E nada melhor que a análise de sobrevivência, por ser um tema da estatística com grande impacto no mundo das doenças e novas curas, para mostrar como este programa apresenta grandes vantagens. Esta dissertação é então composta por quatro capítulos. No primeiro capítulo introduzimos alguns conceitos fundamentais da análise de sobrevivência, os quais servirão de suporte para o terceiro capítulo. Assim sendo, apresentamos um pouco da sua história, conceitos básicos, conceitos novos numa perspectiva de regressão diferente da que estamos habituados, tendo como objectivo a construção de modelos de regressão tendo sempre em conta métodos para averiguar se o modelo é o mais adequado ou não. No segundo capítulo apresentamos o R, o package R Commander (que já tem um interface mais amigável), o package survival (talvez o mais importante na análise de sobrevivência clássica), bem como outros packages que poderão ser úteis para quem quiser aprofundar o seu uso nesta área. O terceiro capítulo é o que aplica os conhecimentos dos dois anteriores e no qual pretendemos dar a conhecer algumas das muitas possibilidades de utilização deste software nesta área da Estatística. Este é dividido em três...

Um estudo de métodos bayesianos para dados de sobrevivência com omissão nas covariáveis; A study of Bayesian methods for survival data with missing covariates.

Polli, Demerson Andre
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 14/03/2007 PT
Relevância na Pesquisa
105.91%
O desenvolvimento de métodos para o tratamento de omissões nos dados é recente na estatística e tem sido alvo de muitas pesquisas. A presença de omissões em covariáveis é um problema comum na análise estatística e, em particular nos modelos de análise de sobrevivência, ocorrendo com freqüência em pesquisas clínicas, epidemiológicas e ambientais. Este trabalho apresenta propostas bayesianas para a análise de dados de sobrevivência com omissões nas covariáveis considerando modelos paramétricos da família Weibull e o modelo semi-paramétrico de Cox. Os métodos estudados foram avaliados tanto sob o enfoque paramétrico quanto o semiparamétrico considerando um conjunto de dados de portadores de insuficiência cardíaca. Além disso, é desenvolvido um estudo para avaliar o impacto de diferentes proporções de omissão.; The development of methods dealing with missing data is recent in Statistics and is the target of many researchers. The presence of missing values in the covariates is very common in statistical analysis and, in particular, in clinical, epidemiological and enviromental studies for survival data. This work considers a bayesian approach to analise data with missing covariates for parametric models in the Weibull family and for the Cox semiparametric model. The studied methods are evaluated for the parametric and semiparametric approaches considering a dataset of patients with heart insufficiency. Also...

Comparação de modelos com censura intervalar em análise de sobrevivência; Comparison of interval-censored models in survival analysis

Strapasson, Elizabeth
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 20/04/2007 PT
Relevância na Pesquisa
105.97%
Censura intervalar resulta quando os tempos de sobrevivência não são exatamente conhecidos, sabe-se apenas que eles ocorreram dentro de um intervalo. Dados de sobrevivência agrupados são casos particulares de censura intervalar quando os indivíduos são avaliados nos mesmos intervalos de tempo, ocasionando um grande número de empates. Um procedimento comum para a análise desse tipo de dados é ignorar a natureza de censura intervalar dos dados, ou seja, tratar a variável aleatória tempo como contínua e assumir que o evento ocorreu no início, no ponto médio ou no final do intervalo e, então, usar um método padrão de análise de sobrevivência. Neste estudo, simulações de Monte Carlo, com o modelo de Weibull, foram realizadas para comparar esses três procedimentos e um método novo proposto que é uma combinação desses três métodos e é orientado pela observação do histograma do tempo versus a freqüência de cada intervalo para a decisão de qual valor a ser usado. Considera-se também a análise dos dados como censura intervalar. Os resultados mostram que analisar os dados exatamente como censura intervalar é a forma correta. Entretanto, quando a taxa de falha aumenta o ponto médio poderia ser usado. A natureza discreta dos tempos de falha deve ser reconhecida quando existe um grande número de empates. Métodos de regressão para tratar dados agrupados são apresentados por Lawless (2003) e Collett (2003)...

Modelos de análise de sobrevivência aplicados ao estudo do comportamento de retorno do doador de sangue; Survival Analysis Models applied to the Study of Blood Donor Return Behavior.

Lourençon, Adriana de Fatima
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 20/09/2007 PT
Relevância na Pesquisa
105.81%
Notícias de escassez no mundo inteiro, dada a crescente demanda e o rigor na triagem clínica, levaram a necessidade de investigar métodos que mensurem o comportamento de retorno do doador de sangue, sobretudo o indivíduo que manifesta a intenção voluntária em doar. Curvas de Sobrevivência entre outros métodos estatísticos são amplamente estudados na literatura com o intuito de obter uma estimativa da chance de um doador vir a realizar uma subseqüente doação, associado ao seu perfil. O objetivo do presente estudo é identificar modelos estatísticos capazes de descrever esse comportamento utilizan do os registros do Centro Regional de Hemoterapia de Ribeirão Preto. A cons trução de modelos de longa-duração, por exemplo, pode ser um meio de evidenciar possíveis subgrupos mais propensos a retornar, além de estimar a proporção de doadores que jamais retornarão. Entre os resultados, obser vamos que apenas 40% dos doadores voluntários retornaram após um ano decorrido da primeira doação, e 20% destes jamais retornarão. O ajuste do modelo longaduração possibilitou ainda indicar alguns subgrupos de doadores prováveis e improváveis de retornar, porém tais resultados reforçam as evidências de que a motivação intrínseca é o que leva o individuo a retornar.; Reports of worldwide shortages due the increased demand and rigor of clinical screening have led to the necessity to investigate methods that measure blood donor return behavior...

Análise de sobrevivência de bancos privados no Brasil; Survival analysis of private banks in Brazil

Alves, Karina Lumena de Freitas
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 16/09/2009 PT
Relevância na Pesquisa
115.84%
Diante da importância do sistema financeiro para a economia de um país, faz-se necessária sua constante fiscalização. Nesse sentido, a identificação de problemas existentes no cenário bancário apresenta-se fundamental, visto que as crises bancárias ocorridas mundialmente ao longo da história mostraram que a falta de credibilidade bancária e a instabilidade do sistema financeiro geram enormes custos financeiros e sociais. Os modelos de previsão de insolvência bancária são capazes de identificar a condição financeira de um banco devido ao valor correspondente da sua probabilidade de insolvência. Dessa forma, o presente trabalho teve como objetivo identificar os principais indicadores característicos da insolvência de bancos privados no Brasil. Para isso, foi utilizada a técnica de análise de sobrevivência em uma amostra de 70 bancos privados no Brasil, sendo 33 bancos insolventes e 37 bancos solventes. Foi possível identificar os principais indicadores financeiros que apresentaram-se significativos para explicar a insolvência de bancos privados no Brasil e analisar a relação existente entre estes indicador e esta probabilidade. O resultado deste trabalho permitiu a realização de importantes constatações para explicar o fenômeno da insolvência de bancos privados no Brasil...

Modelos de regressão com e sem fração de cura para dados bivariados em análise de sobrevivência; Models with and without fraction of cure for bivariate data in survival analysis

Fachini, Juliana Betini
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 19/08/2011 PT
Relevância na Pesquisa
105.86%
Neste trabalho são reunidos diferentes modelos e técnicas para representar situações experimentais ou observacionais de análise de sobrevivência. Para modelar respostas bivariadas e covariáveis foi proposto o modelo de regressão Kumaraswamy-Weibull bivariado. A presen»ca de indivíduos curados foi considerada sob duas diferentes abordagens, originando o modelo de regressão com fração de cura para dados bivariados por meio de cópulas e o modelo de regressão log-linear bivariado com fração de cura. Os parâmetros dos modelos foram esti- mados pelo método de máxima verossimilhança sujeito a restriçãoo nos parâmetros por meio da função barreira adaptada. Adaptou-se uma análise de sensibilidade de forma a considerar as metodologias de Influência Global, Influência Local e Influência Local Total para verificar vários aspectos que envolvem a formulação e ajuste dos modelos propostos. Utilizou-se um conjunto de dados de insuficiência renal e retinopatia diabética são utilizados para exemplificar a aplicação dos modelos propostos.; This work brought together di®erent models and techniques to represent expe- rimental or observational situations in survival analysis. To model bivariate responses and covariates was proposed Kumaraswamy Weibull bivariate regression model. The presence of cured individuals was considered under two di®erent approaches originating the regression model with a cured fraction for bivariate data through copulas and the log-linear bivariate regression model with cured fraction. The parameters of the models were estimated by ma- ximum likelihood method subject to the restriction on the parameters through the adapted barrier function. A sensitivity analysis was adapted considering the methodologies of Global In°uence...

Modelo de regressão gama-G em análise de sobrevivência ; Gama-G regression model in survival analysis

Hashimoto, Elizabeth Mie
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 15/03/2013 PT
Relevância na Pesquisa
105.86%
Dados de tempo de falha são caracterizados pela presença de censuras, que são observações que não foram acompanhadas até a ocorrência de um evento de interesse. Para estudar o comportamento de dados com essa natureza, distribuições de probabilidade são utilizadas. Além disso, é comum se ter uma ou mais variáveis explicativas associadas aos tempos de falha. Dessa forma, o objetivo geral do presente trabalho é propor duas novas distribuições utilizando a função geradora de distribuições gama, no contexto de modelos de regressão em análise de sobrevivência. Essa função possui um parâmetro de forma que permite criar famílias paramétricas de distribuições que sejam flexíveis para capturar uma ampla variedade de comportamentos simétricos e assimétricos. Assim, a distribuição Weibull e a distribuição log-logística foram modificadas, dando origem a duas novas distribuições de probabilidade, denominadas de gama-Weibull e gama-log-logística, respectivamente. Consequentemente, os modelos de regressão locação-escala, de longa-duração e com efeito aleatório foram estudados, considerando as novas distribuições de probabilidade. Para cada um dos modelos propostos, foi utilizado o método da máxima verossimilhança para estimar os parâmetros e algumas medidas de diagnóstico de influência global e local foram calculadas para encontrar possíveis pontos influentes. No entanto...

Avaliação do desempenho de modelos preditivos no contexto de análise de sobrevivência; Evaluation of predictive models in survival analysis.

Santos, Tiago Mendonça dos
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 17/05/2013 PT
Relevância na Pesquisa
105.93%
Modelos estatísticos com objetivos preditivos são frequentemente aplicados como ferramentas no processo de tomadas de decisão em diversas áreas. Uma classe importante de modelos estatísticos é composta por modelos de análise de sobrevivência. Duas quantidades são de interesse nessa classe: o tempo até o instante do evento de interesse ou o status para um determinado instante de tempo fixado. Aplicações importantes desses modelos incluem a identificação de novos marcadores para certas doenças e definição de qual terapia será mais adequada de acordo com o paciente. Os marcadores utilizados podem ser dados por biomarcadores, assim como por marcadores baseados em modelos de regressão. Um exemplo de marcador baseado em modelos de regressão é dado pelo preditor linear. Ainda que a utilização de modelos de sobrevivência com objetivos preditivos seja de suma importância, a literatura nesse assunto é muito esparsa e não há consenso na forma de se avaliar o desempenho preditivo desses. Esse trabalho pretende reunir e comparar diferentes abordagens de se avaliar o desempenho preditivo de modelos de sobrevivência. Essa avaliação é feita principalmente utilizando-se funções de perda para o tempo de sobrevivência e quantidades associadas a diferentes definições de curva ROC para o status. Para a comparação dessas diferentes metodologias foi feito um estudo de simulação e no final aplicou-se essas técnicas em um conjunto de dados de um estudo do Instituto do Câncer de São Paulo.; In many fields...

Modelo dinâmico de crédito utilizando análise de sobrevivência

Pereira, Karen Correia
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Dissertação
PT_BR
Relevância na Pesquisa
105.84%
Dado a importância da gestão de risco associada às operações de crédito, modelos estatísticos que avaliam o risco de inadimplência tornaram-se fundamentais na mensuração do risco associado a um cliente. Neste contexto, foi desenvolvido um modelo dinâmico de crédito utilizando variáveis características dos clientes, comportamentais e macroeconômicas através da Análise de Sobrevivência aplicada a dados discretos. Os resultados obtidos indicam que a inclusão de variáveis macroeconômicas provoca um efeito significativo, porém baixo, no ajuste do modelo. Entretanto, nota-se uma melhora expressiva no poder de previsão da taxa de inadimplência do portfólio quando aplicado a um conjunto de dados de validação.

Estudo da idade da vaca ao último parto para avaliar longevidade em rebanhos da raça nelore por análise de sobrevivência

Caetano, Sabrina Luzia
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Tese de Doutorado Formato: xviii, 111 f. : gráfs., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
95.95%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP); Pós-graduação em Genética e Melhoramento Animal - FCAV; No Brasil, existem poucos estudos sobre longevidade de vacas de corte, principalmente utilizando ferramentas de análise de sobrevivência na estimação de parâmetros genéticos. Todavia, os critérios para avaliar esta característica são vários, tal que em alguns destes nem todos os registros das vacas nos rebanhos podem ser levados em consideração, devido à metodologia de análise utilizada. Uma variável que é de fácil mensuração e já faz parte da maioria dos controles zootécnicos das fazendas é a idade da vaca ao último parto (IVUP). Neste trabalho, objetivo foi avaliar a longevidade das vacas nos rebanhos utilizando a variável IVUP, por meio da metodologia de análise de sobrevivência. Esta variável foi utilizada mediante um critério para analisar a longevidade produtiva de vacas nos rebanhos. O critério adotado foi a diferença entre a data em relação ao último parto de cada vaca e a data do último parto de cada fazenda. Se esta diferença foi superior a 36 meses, a vaca falhou e foi considerada descartada. Caso contrário...

Atenção domiciliar da Regional de Saúde de Sobradinho/DF : perfil clínico-epidemiológico de pacientes, análise de sobrevivência e fatores associados com doenças infecciosas e óbito, no período de 2003 a 2010

Barros, Leny Nunes de
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
105.97%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Medicina, Núcleo de Medicina Tropical, 2012.; O Programa de Atenção Domiciliar da Regional de Saúde de Sobradinho do Distrito Federal foi criado em 1994 e atende a uma população adstrita da Região Administrativa V. A clientela é composta por pacientes com diagnóstico firmado e portadores de doenças crônicas. O estudo teve o objetivo de caracterizar clínico-epidemiologicamente os pacientes atendidos pelo Programa e estimar a probabilidade de sobrevivência acumulada e a frequência de doenças infecciosas e de óbito e fatores associados, no período de junho de 2003 a junho de 2010. Foi realizado um estudo epidemiológico com três componentes - estudo descritivo do tipo coorte clínica; análise de sobrevivência tendo como desfecho o óbito; e estudo analítico transversal de fatores associados a dois desfechos - doenças infecciosas e óbito. As fontes dos dados foram os prontuários médicos dos pacientes e os registros estatísticos do Programa; os pacientes admitidos no Núcleo Regional de Atenção Domiciliar de 01 de junho de 2003 a 30 de junho de 2010 foram a população de estudo. Foram coletadas e estimadas as frequências das variáveis - sexo...

Métodos não paramétricos para análise de dados de sobrevivência

Anchisi, Mario
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2011 POR
Relevância na Pesquisa
95.97%
Tese de mestrado em Bioestatística, apresentada à Universidade de Lisboa, através da Faculdade de Ciências, 2011; A Análise de Sobrevivência é um ramo da Estatística que estuda o tempo de vida, ou seja, o tempo que decorre entre um instante inicial bem definido até um acontecimento de interesse. A necessidade de desenvolver uma nova área e novas metodologias estatísticas tem a ver principalmente com duas motivações. A primeira é que raramente os dados de sobrevivência se distribuem simetricamente, aliás, na maioria das vezes, são assimétricos positivos; por isso, não é razoável admitir que sejam normalmente distribuídos. Um outro problema tem a ver com a possível presença de dados censurados, ou seja, quando para alguns indivíduos não se pode observar a realização do acontecimento de interesse durante o estudo; isto pode acontecer, por exemplo, quando o indivíduo ainda estiver vivo no final do estudo ou quando for perdido para o follow up. Neste caso apenas se dispõe de uma informação parcial sobre o tempo de vida desses indivíduos. O objetivo principal desta tese é descrever os principais métodos não paramétricos que se encontram nesta área da estatística, ou seja, técnicas que foram desenvolvidas sem fazer nenhuma hipótese sobre a distribuição do tempo de vida. No primeiro capítulo desta dissertação apresentam-se os conceitos básicos relacionados com o tempo de vida: função de sobrevivência...

Métodos bayesianos aplicados à modelagem conjunta de dados longitudinais e de sobrevivência

Martins, Rui Manuel da Costa, 1979-
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em //2013 POR
Relevância na Pesquisa
95.97%
Tese de doutoramento, Estatística e Investigação Operacional (Probabilidades e Estatística), Universidade de Lisboa, Faculdade de Ciências, 2013; Joint modeling of longitudinal and survival data has received increasing attention in the recent years, especially related to AIDS and cancer studies. Generally, these data have been analyzed considering survival (time-to-event) outcome and longitudinal (repeated measures) outcome separately. The existence of individual speci c processes which vary over time and contribute both to the longitudinal and survival result justify the joint modeling of that information. This approach allows to consider simultaneously the correlation between the repeated measures for the individual and its survival time. The motivation of the work was to provide a survival analysis considering the in uence of a longitudinal biomarker in the survival time of HIV/AIDS patients who are residents in Brazil. We employed a bayesian methodology for jointly modelling the two types of data, making inferences for the parameters of interest via Markov chain Monte Carlo (MCMC) methods. We proposed several joint models, namely models with spatial random e ects (to account for the unobserved heterogeneity amongst individuals from the same region)...

Demora desde o aparecimento dos primeiros sintomas até ao diagnóstico da tuberculose pulmonar em Portugal : análise de sobrevivência

Silva, Marília Bettencourt
Fonte: Universidade Nova de Lisboa. Escola Nacional de Saúde Pública Publicador: Universidade Nova de Lisboa. Escola Nacional de Saúde Pública
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2012 POR
Relevância na Pesquisa
105.84%
RESUMO - O presente estudo tem como objetivo contribuir para a Saúde Pública no controlo da tuberculose pulmonar (TBP), estudando a demora desde o aparecimento dos primeiros sintomas até ao diagnóstico da doença. As consequências da demora no diagnóstico podem ser fatais para os doentes e intensificar a proliferação do bacilo, influenciando a incidência da doença. Este estudo analisou os casos notificados com TBP pelo SVIG-TB, em Portugal Continental, no período de 2000 a 2009, com demora no diagnóstico de 1 a 365 dias. Foram utilizadas técnicas de estatística clássica para caracterização da base de dados e de análise de sobrevivência para caracterizar a demora até ao diagnóstico e modelar o risco de diagnóstico. As variáveis incluídas no estudo foram: género, idade, grupo etário, distrito de residência, área crítica de incidência da tuberculose, presença ou ausência da infeção pelo VIH, caso novo e reincidência, número de tratamentos anteriores, presença ou ausência de fatores de risco (álcool, tabaco, outras drogas, reclusão e sem-abrigo) e número de fatores de risco. Verificou-se que nos 35 711 casos notificados a mediana da demora até ao diagnóstico foi de 55 dias. Todas as variáveis referidas anteriormente demostraram estar correlacionadas com a demora...

Análise de sobrevivência aplicada ao estudo do fluxo escolar nos cursos de graduação em física: um exemplo de uma universidade brasileira

Lima Junior,Paulo; Silveira,Fernando Lang da; Ostermann,Fernanda
Fonte: Sociedade Brasileira de Física Publicador: Sociedade Brasileira de Física
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2012 PT
Relevância na Pesquisa
105.94%
A análise de sobrevivência e um método estatístico muito utilizado nas ciências da saúde, possuindo aplicações em outras áreas do conhecimento. Seu objeto de estudo é o tempo entre eventos, geralmente chamado "tempo de vida". Neste trabalho, investiga-se a possibilidade de aplicação da análise de sobrevivência ao estudo do tempo de permanência de estudantes diplomados, evadidos e desligados de um curso de graduação em física. Como resultado, percebe-se que este método é adequado, permitindo descrever quando a evasão e a diplomação ocorrem e quais fatores estão relacionados à permanência prolongada no curso. O objetivo deste trabalho é o de fazer uma breve introducto ao tema, exemplificando sua aplicação ao estudo do fluxo escolar de alunos de física de uma universidade brasileira. Acreditamos que este trabalho representa uma contribuição metodológica relevante para pesquisadores interessados no tema da evasão e da retenção nos cursos de formação científica na medida em que a análise de sobrevivência constitui um instrumento eficiente de descrição e compreensão do fluxo escolar.

Estimação clássica e Bayesiana em modelos de sobrevida com fração de cura

Almeida, Josemir Ramos de
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Matemática Aplicada e Estatística; Probabilidade e Estatística; Modelagem Matemática Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Matemática Aplicada e Estatística; Probabilidade e Estatística; Modelagem Matemática
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
105.75%
In Survival Analysis, long duration models allow for the estimation of the healing fraction, which represents a portion of the population immune to the event of interest. Here we address classical and Bayesian estimation based on mixture models and promotion time models, using different distributions (exponential, Weibull and Pareto) to model failure time. The database used to illustrate the implementations is described in Kersey et al. (1987) and it consists of a group of leukemia patients who underwent a certain type of transplant. The specific implementations used were numeric optimization by BFGS as implemented in R (base::optim), Laplace approximation (own implementation) and Gibbs sampling as implemented in Winbugs. We describe the main features of the models used, the estimation methods and the computational aspects. We also discuss how different prior information can affect the Bayesian estimates; Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Em Análise de Sobrevivência, os modelos de longa duração permitem a estimação da fração de cura, que representa uma parcela da população imune ao evento de interesse. No referido trabalho abordamos os enfoques clássico e Bayesiano com base nos modelos de mistura padrão e de tempo de promoção...

Testes de hipóteses em modelos de sobrevivência com Fração de cura

Carneiro, Hérica Priscila de Araújo
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Matemática Aplicada e Estatística; Probabilidade e Estatística; Modelagem Matemática Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Matemática Aplicada e Estatística; Probabilidade e Estatística; Modelagem Matemática
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
105.75%
Survival models deals with the modeling of time to event data. However in some situations part of the population may be no longer subject to the event. Models that take this fact into account are called cure rate models. There are few studies about hypothesis tests in cure rate models. Recently a new test statistic, the gradient statistic, has been proposed. It shares the same asymptotic properties with the classic large sample tests, the likelihood ratio, score and Wald tests. Some simulation studies have been carried out to explore the behavior of the gradient statistic in fi nite samples and compare it with the classic statistics in diff erent models. The main objective of this work is to study and compare the performance of gradient test and likelihood ratio test in cure rate models. We first describe the models and present the main asymptotic properties of the tests. We perform a simulation study based on the promotion time model with Weibull distribution to assess the performance of the tests in finite samples. An application is presented to illustrate the studied concepts; Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Modelos de sobrevivência tratam do estudo do tempo até a ocorrência de um evento. Contudo em algumas situações...

A distribuição F generalizada para selecionar modelos de sobrevivência com fração de cura

Liandro, Allyson Fernandes
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Matemática Aplicada e Estatística; Probabilidade e Estatística; Modelagem Matemática Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Matemática Aplicada e Estatística; Probabilidade e Estatística; Modelagem Matemática
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
105.85%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; A análise de sobrevivência paramétrica estuda o tempo até a ocorrência de um evento com base no ajuste de modelos probabilísticos fazendo uso frequente de modelos flexíveis para a escolha de um modelo mais simples e fácil de interpretar. Nesse sentido, a distribuição F generalizada tem a vantagem de incluir várias distribuições importantes como casos especiais, com Weibull, Log-normal, log-logstica entre outras. Modelos de sobrevivência que tratam de estudos em que um percentual dos indivduos não apresentam a ocorrência do evento de interesse, mesmo acompanhados por um longo período de tempo, são chamados de modelos de longa duração ou modelos de fração de cura e vem sendo estudados nos últimos anos por diversos autores. Neste contexto, este trabalho tem como objetivo o estudo de características teóricas e computacionais associadas ao ajuste do modelo F generalizado com fração de cura

Análise de sobrevivência aplicada ao estudo da infecção VIH/SIDA em Portugal

Alves, Marta Susana Ferreira Leitão
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2009 POR
Relevância na Pesquisa
105.98%
Tese de mestrado, Bioestatística, Universidade de Lisboa, Faculdade de Ciências, 2009; Desde finais dos anos 80 do século XX que a infecção VIH/SIDA constitui uma pandemia e, a nível mundial, um dos maiores problemas de saúde pública. A infecção pelo vírus da imunodeficiência humana (VIH) leva a uma progressiva destruição do sistema imunitário, originando o aparecimento de algumas doenças graves e a consequente evolução para o estadio de SIDA (Síndrome da Imunodeficiência Adquirida). Este trabalho teve como objectivos a análise estatística do tempo de evolução dos casos diagnosticados como Portador Assintomático (PA) ou como Complexo Relacionado com SIDA (CRS) até ao momento que desenvolvem uma doença indicadora de SIDA, bem como a análise estatística do tempo de sobrevivência dos casos desde que foi diagnosticada a infecção por VIH e cuja evolução clínica já os classificava no estadio de SIDA até ao momento que ocorre o óbito. Analisaram-se os dados do sistema de vigilância nacional de notificação dos casos de infecção VIH/SIDA, registados desde Janeiro de 1993 a Março de 2008. Foram considerados factores demográficos, epidemiológicos, clínicos e virológicos dos casos de infecçãoo VIH/SIDA notificados em Portugal. Procedeu-se a uma análise descritiva dos dados...

Análise de sobrevivência com acontecimentos múltiplos: aplicação ao estudo do tempo até à ocorrência de enfarte do miocárdio

Cabete, Adriana Branco de Andrade e Belo
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2012 POR
Relevância na Pesquisa
105.81%
Tese de mestrado em Bioestatística, apresentada à Universidade de Lisboa, através da Faculdade de Ciências, 2012; O enfarte agudo do miocárdio constitui atualmente uma das principais causas de morte em todo o mundo. Este trabalho tem como objetivo a modelação do tempo até à ocorrência de múltiplos enfartes como complicações de uma síndrome coronária aguda e a determinação dos seus fatores de risco de entre as variáveis registadas na admissão hospitalar. Podendo existir várias ocorrências do mesmo acontecimento para o mesmo indivíduo, a utilização do modelo de Cox para tempos independentes não é adequada. De entre os diversos modelos de sobrevivência para acontecimentos múltiplos, optou-se por considerar o modelo de regressão PWP desenvolvido por Prentice, Williams e Peterson (1981) para a avaliação da influência dos diversos fatores no tempo de vida dos indivíduos. Este modelo revelou-se o mais adequado nesta situação de acontecimentos ordenados com risco condicional, uma vez que o risco de sofrer cada novo enfarte é diferente do risco associado ao enfarte anterior, sendo assumido que o doente apenas está em risco de sofrer o enfarte de ordem k quando tiver sofrido o enfarte de ordem k-1. O modelo será aplicado a dados reais respeitantes a um estudo envolvendo doentes hospitalizados com síndrome coronária aguda na Unidade de Cuidados Intensivos de Cardiologia dos Hospitais da Universidade de Coimbra.; Nowadays...