Página 1 dos resultados de 2480 itens digitais encontrados em 0.077 segundos

Análise de redes sociais de colaboração científica no ambiente de uma federação de bibliotecas digitais; Social network analysis of scientific collaboration in the environment of a digital libraries federation.

Martins, Dalton Lopes
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 29/10/2012 PT
Relevância na Pesquisa
135.96%
A produção científica de uma área do conhecimento aparece em diferentes formatos e é disponibilizada de forma essencialmente distribuída por entre revistas, anais, teses, dissertações e outros formatos característicos utilizados pela comunidade científica para a sistematização de seu discurso. Uma federação de bibliotecas digitais oferece uma arquitetura da informação que tem por finalidade facilitar a agregação de diferentes tipos de documentos disponibilizados, facilitando termos acesso a esses documentos, bem como a seus metadados descritores, formando, desse modo, verdadeiras estruturas de apoio ao desenvolvimento de pesquisas e análises científicas dos documentos que por ali circulam. Já a análise de redes sociais vem se mostrando um importante objeto de pesquisa da área da Ciência da Informação nas últimas décadas, tendo sido apropriada ainda de forma preliminar pela comunidade científica brasileira. Como forma de ampliar o conhecimento e experimentações com o uso da análise de redes sociais e identificar seu potencial analítico em relação ao que poderíamos coletar de informações de uma federação de bibliotecas digitais, tivemos por objetivo neste trabalho utilizar a análise de rede para mapear os padrões...

Redes complexas e ações para compartilhamento de conhecimento: uma análise de redes sociais em um ambiente web para apoio à aprendizagem; Complex networks and actions to knowledge sharing: a social network analysis in a support learning web environment

Campos, Ronaldo Ribeiro de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 30/04/2014 PT
Relevância na Pesquisa
145.88%
A Gestão do Conhecimento pode ser definida como um conjunto de processos para coletar, armazenar, compartilhar e utilizar o conhecimento. No contexto deste trabalho, o processo de compartilhamento do conhecimento é aceito como um elemento fundamental para a realização da Gestão do Conhecimento, pois representa a interação entre os indivíduos que compõem uma rede de relacionamentos da qual o conhecimento emerge. A Análise de Redes Sociais (ARS) apresenta métricas que permitem identicar os relacionamentos da rede e analisálos, porém ainda existem necessidades de identificar ações que possam refletir em uma estrutura de rede que permita maiores possibilidades de compartilhamento do conhecimento. Neste trabalho, as técnicas da ARS foram aplicadas para analisar as características da estrutura de uma rede de estudantes formada a partir de um ambiente web representado pelo uso do Facebook©. A metodologia utilizada foi baseada em um estudo qualiquantitativo, classificado como uma pesquisa descritiva e exploratória. Foram analisados dezoito períodos semanais de comportamento da rede. As análises permitiram entender melhor a representatividade das métricas da ARS no contexto do compartilhamento do conhecimento e uma nova métrica foi proposta (degree-weight). Também foram propostas ações relacionadas às métricas. Um conjunto diferente de ações foi aplicado em duas outras redes. Os resultados indicaram diferentes comportamentos da rede para cada um dos conjuntos de ações. Foi possível ainda identificar maiores possibilidades de compartilhamento de conhecimento para uma das estruturas de rede.; Knowledge Management can be defined as a set of processes to capture...

Métricas de análise de redes sociais e sua aplicação em redes de interação biológicas: metodologia de aplicação e estudos de caso. ; Social network analysis metrics and their application in biological interaction networks: application methodology and case studies.

Silva, Juliana Saragiotto
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 08/09/2014 PT
Relevância na Pesquisa
135.97%
Diversos pesquisadores têm se utilizado do recurso de Redes de Interação na área de Biodiversidade para analisar o papel das espécies na estrutura da uma rede cujos fundamentos conceituais são os mesmos das Redes Sociais (como Facebook, LinkedIn, entre outras). Nesse sentido, algoritmos, métricas e recursos computacionais e estatísticos provenientes da área de Análise de Redes Sociais (Social Network Analysis SNA) são ferramentas importantes para endereçar/apoiar estudos com interações. Assim sendo, o objetivo desta tese é propor uma metodologia para aplicação das métricas de SNA em estudos com Redes de Interação biológicas no domínio da Informática para a Biodiversidade. A metodologia está formalizada por meio da Notação para Modelagem de Processos de Negócio (BPMN - Business Process Model and Notation) e estruturada em quatro etapas: (i) mapeamento dos tipos de dados e de interação disponíveis; (ii) definição das perguntas-chave a serem respondidas e das variáveis de análise; (iii) escolha das métricas de SNA adequadas ao contexto da pesquisa; e (iv) realização de análises biológicas com o apoio de SNA. Como recursos materiais foram utilizadas as métricas de SNA, bem como um conjunto de ferramentas computacionais (como os pacotes do R e os programas Dieta...

A dinâmica das relações na produção científica de gestão de serviços: um estudo sob a perspectiva da análise de redes sociais

Martins, Michele Esteves
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Dissertação
Relevância na Pesquisa
125.95%
Na última década, ocorreu um crescimento do interesse e da pesquisa em gestão de serviços. A crescente literatura que lida com este assunto está imbricada com disciplinas mais tradicionais do campo da administração, sendo elas: operações, marketing e gestão de recursos humanos. Esta tendência ilustra a necessidade de compreender a pesquisa sobre gestão de serviços como relacional, um entendimento que altera a concepção tradicional de ciência como atomista e individualista para um entendimento mais contextual e sistemático sobre como a ciência é produzida. Este trabalho possui o objetivo de descrever a dinâmica estrutural de relacionamento (co-autorias) entre pesquisadores e instituições em Gestão de Serviços, entre 1995 e 2008. Realizou-se uma pesquisa do tipo descritiva e exploratória, em que a Análise de Redes Sociais foi utilizada para identificar a estrutura da rede de colaboração entre autores. A Análise de Redes Sociais é uma perspectiva de pesquisa dentro das ciências sociais e comportamentais que se sustenta no pressuposto da importância das relações entre os atores para explicar os fenômenos sociais. Assim, dados foram coletados nos mais relevantes periódicos de Operações (IJOPM, JOM e POM); Marketing (JM...

Análise da mediação em educação online sob a ótica da Análise de Redes Sociais : o caso do curso de Especialização em Gestão da Segurança da Informação e Comunicações

Sacerdote, Helena Célia de Souza
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
125.93%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ciência da Informação, Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação, 2013.; O estudo identifica papéis assumidos por professores e alunos, no processo de mediação, no contexto de um ambiente de educação online. A identificação se dá por intermédio de análise das interações sociais ocorridas em fóruns de discussão ao longo das 18 disciplinas de um curso de pós-graduação lato sensu, o Curso Especialização em Gestão da Segurança da Informação e Comunicações, da Universidade de Brasília, em sua edição 2009/2011. Analisa também a interação dos indivíduos com os objetos de aprendizagem disponibilizados no ambiente. Propõe um modelo de mediação em educação online baseado no mapa do conhecimento da Ciência da Informação, no modelo de suporte concêntrico para educação a distância e no modelo transacional de educação a distância. Com base no modelo proposto, formula uma metodologia para análise do processo de mediação, a qual é baseada na metodologia de Análise de Redes Sociais, com emprego de métricas de coesão (k-núcleos) e centralidade (grau, proximidade e intermediação). As análises demonstram que o papel de principal mediador em educação online no ambiente foi desempenhado pelo professor tutor...

Análise de redes sociais e sociologia da ação. Pressupostos teórico-metodológicos

Silva, Carlos; Fialho, Joaquim; Saragoça, José
Fonte: Sociedade Angolana de Sociologia Publicador: Sociedade Angolana de Sociologia
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
135.91%
Este artigo tem uma natureza estritamente teórica, através do qual se dão a conhecer os conceitos e a linguagem da construção científica da análise de redes sociais (ARS). Partindo da sua génese, é feita uma caminhada sobre a origem e as influências que esta teoria-metodologia foi recolhendo nas várias etapas por que passou até aos nossos dias. A sociometria de Moreno, as Escolas de Harvard e Chicago, a Escola de Manchester e os mais recentes avanços em metodológicos são pontos em análise. Depois do relato da génese e evolução da análise de redes sociais, são traçados alguns dilemas da consolidação da ARS, os pressupostos que sustentam a sua operacionalização, bem como alguns dos principais cenários da consolidação teorico-metodológica.

Análise de redes sociais: princípios, linguagem e estratégias de ação na gestão do conheciment

Fialho, Joaquim
Fonte: Perspectivas em Gestão & Conhecimento Publicador: Perspectivas em Gestão & Conhecimento
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
125.93%
Este artigo parte duma discussão sobre a evolução da Teoria das Redes Sociais e o seu enfoque na análise estrutural de relações sociais nos mais diversos campos das ciências socais e humanas. A linguagem técnica peculiar que sustenta a análise de redes sociais e os vários enfoques para a utilização da metodologia fazem parte duma reflexão e explicitação que procura elucidar o leitor menos familiarizado com esta perspetiva de mapeamento da realidade social. No último ponto é elaborada uma reflexão sobre as possibilidades de aplicação da análise de redes sociais na gestão do conhecimento.

Coautoria na produção científica do PPGGeo/UFRGS: uma análise de redes sociais

Lima,Maycke Young de
Fonte: IBICT Publicador: IBICT
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2011 PT
Relevância na Pesquisa
135.9%
Neste artigo realizou-se o estudo das redes de colaboração científica formadas a partir de um grupo de pesquisadores ligados ao Programa de Pós-Graduação em Geociências da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (PPGGeo/UFRGS), com base na abordagem teórico-metodológica conhecida como análise de redes sociais (ARS), dialogando com conceitos oriundos da Teoria da Prática de Pierre Bourdieu, focando a identificação, caracterização e evolução estrutural das redes de coautoria científica. Três redes foram construídas com base nos dados oriundos dos Cadernos de Indicadores da Capes referentes aos intervalos de 1998-2000, 2001-2003 e 2004-2006. As redes de 1998-2000, 2001-2003 e 2004-2006 apresentaram, respectivamente, 524 atores e 11.296 laços; 576 atores e 14.674 laços; 741 atores e 14.188 laços. Verificou-se que o conjunto dos atores centrais/dominantes nas redes é formado majoritariamente pelos docentes e, em geral, esse conjunto tende a se manter em destaque ao longo dos anos; verificou-se também que há uma reincidência de parcerias na produção do conhecimento científico nas três redes, culminando em uma reprodução social da estrutura da rede de coautoria.

Análise de redes sociais e migração: dois aspectos fundamentais do "retorno"

Fazito,Dimitri
Fonte: Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Ciências Sociais - ANPOCS Publicador: Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Ciências Sociais - ANPOCS
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/02/2010 PT
Relevância na Pesquisa
135.88%
Os movimentos migratórios, entendidos como processos de deslocamento no espaço físico e social, de indivíduos e coletividades, encontram na condição do "retorno" seu princípio instrumental fundamental. Contudo, este princípio operativo desenvolve dois aspectos determinantes para a natureza e a viabilidade dos projetos migratórios em qualquer contexto histórico-social: o aspecto simbólico e o aspecto formal dos padrões relacionais das redes sociais. Neste trabalho, pretende-se analisar o fenômeno migratório a partir da Análise de Redes Sociais aplicada a quatro sistemas empíricos de migração como estudos de caso.

Análise de redes sociais, classes sociais e marxismo

Minella,Ary Cesar
Fonte: Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Ciências Sociais - ANPOCS Publicador: Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Ciências Sociais - ANPOCS
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/10/2013 PT
Relevância na Pesquisa
135.94%
A perspectiva da Análise de Redes Sociais, também conhecida como análise estrutural, constitui atualmente um espaço para o qual confluem várias disciplinas e tradições intelectuais com diferentes enfoques teóricos e reúne autores e instituições com interesses muito diversos. Avaliada como uma metodologia específica para o estudo das relações sociais, este trabalho examina os alcances e os limites desta perspectiva para analisar as classes sociais e a pertinência de sua relação com a tradição teórica marxista. A partir de revisão bibliográfica e dos resultados de pesquisas empíricas próprias sobre os banqueiros na América Latina, considera-se que existe um caminho promissor na relação entre a análise ancorada no marxismo e o enfoque de redes sociais, concebida especialmente como uma metodologia para o exame de dados relacionais, tradição tão cara à concepção marxista.

Impactos dos nomes nas propriedades de redes sociais: um estudo em rede de coautoria sobre sustentabilidade

Barbastefano,Rafael Garcia; Souza,Cristina; Costa,Juliana de Sousa; Teixeira,Patrícia Mattos
Fonte: Escola de Ciência da Informação da UFMG Publicador: Escola de Ciência da Informação da UFMG
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2013 PT
Relevância na Pesquisa
135.89%
A identificação correta dos autores é fator crítico em estudos de Análise de Redes Sociais (ARS) que envolvem redes de coautoria. O objetivo do trabalho é apresentar as diferenças de propriedades entre três redes de coautoria geradas com formas distintas de considerar o nome dos autores. Foi adotado o método bibliométrico. As redes foram construídas com base em 28.916 artigos sobre sustentabilidade, indexados no ISI/Web of Science, fazendo uso do software Pajek. Na análise, foram comparadas as seguintes propriedades: densidade, grau médio, componente gigante, distribuição dos graus, distância média, diâmetro da rede e coeficiente de clusterização de Watts-Strogatz. Os resultados indicaram grandes diferenças entre as redes, sugerindo que estudos de coautoria, fazendo uso de ARS, podem ter resultados comprometidos, caso não haja o tratamento adequado dos nomes dos autores. Diante do crescimento das aplicações de ARS, faz-se necessário o desenvolvimento de estudos e ferramentas voltados para mitigar a ocorrência desses erros.

Análise de redes sociais informais: aplicação na realidade da escola inclusiva

Mesquita,Rafael Barreto de; Landim,Fátima Luna Pinheiro; Collares,Patrícia Moreira; Luna,Cícera Gilvaní de
Fonte: UNESP Publicador: UNESP
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2008 PT
Relevância na Pesquisa
135.9%
No campo educacional, a idéia de inclusão social está associada ao desenvolvimento de uma educação comunitária, compulsória e universal, considerando-se a realidade das pessoas com necessidades especiais. As estratégias de inclusão ganham reforços na valorização dos elos informais e das relações proporcionadas pelas redes de apoio social que visam incentivar a participação de todos e a redução das pressões excludentes. O presente estudo, que teve como base empírica os intentos de um grupo de educadores envolvidos em ações de inclusão de pessoas com necessidades especiais, emprega a metodologia de análise de redes sociais para estudar o potencial de organização e ação em rede desse grupo. A metodologia apresentou-se válida nesse tipo de aplicação, permitindo compreender o papel de cada ator na rede de inclusão socioeducacional de pessoas com necessidades especiais, assim como daqueles que se destacam em posições favoráveis para a constituição, sustentação e expansão dessa rede.

A análise de redes sociais no mundo lusófono : contributos para o conhecimento de uma comunidade científica em desenvolvimento

Varanda, Marta; Rego, Raquel; Fontes, Breno; Eichner, Klaus
Fonte: Universidade Autônoma de Barcelona Publicador: Universidade Autônoma de Barcelona
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf; text/html
Publicado em //2012 POR
Relevância na Pesquisa
135.86%
Neste artigo visamos caraterizar um conjunto de investigadores da área das ciências sociais que se distinguem pela utilização da análise de redes sociais (ars) como perspetiva teórico-metodológica e que circunscrevemos à partilha da língua portuguesa. A partir da caraterização sociográfica e da medição do sistema de interdependências entre estes investigadores (colaboração, aconselhamento e coautoria) pretendemos contribuir para a compreensão do desenvolvimento da ars no mundo lusófono, esboçando hipóteses explicativas dos fatores inibidores e estimulantes do seu desenvolvimento neste contexto linguístico.; This article intends to characterize a group of social scientists we have distinguished by its use of social network analysis (SNA) as a theoretical and methodological perspective, and which we circumscribe to the lusophone’s world. Through the characterization of their social profile and the measurement of these actors interdependencies (collaboration, advice and co-authorship), we wish to contribute to the explanation of the development of SNA in the lusophony. We elaborate hypothesis concerning the inhibitors and motivators of its development in this linguistic context.

Investigando as Interações em um Ambiente Virtual de Aprendizagem por meio da Análise de Redes Sociais; Investigating Interactions in a Virtual Learning Environment through Social Network Analysis

Sacerdote, Helena Célia de Souza; Fernandes, Jorge Henrique Cabral
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 17/06/2013 POR
Relevância na Pesquisa
135.82%
Este artigo analisa as interações entre os indivíduos participantes do Ambiente Virtual de Aprendizagem, utilizado como apoio às aulas presenciais de graduação, o Sistema Aprender da Universidade de Brasília. Analisa também o uso dos recursos disponibilizados no ambiente. A análise utilizou os dados das atividades dos usuários na troca de mensagens nos fóruns de discussões por meio do método exploratórios de Análise de Redes Sociais e utilizou também, os arquivos de registros de atividades individuais gerados pelo ambiente. Os resultados demonstram que as interações nos fóruns de discussão ocorreram somente entre os alunos, o que se atribui à modalidade de ensino. Os alunos mais centrais permaneceram nessa posição ao longo da disciplina. Houve similaridade nas interações dos indivíduos proeminentes. O uso dos recursos do ambiente pelos alunos mais proeminentes foi superior aos demais da turma, embora o aluno que mais utilizou os recursos não tenha sido o mais proeminente. O emprego da análise das interações e do uso de recursos no AVA como informações estratégicas para a avaliação de classes e indivíduos pode favorecer a projeto de ambientes adequados para o atendimento da necessidade do usuário no processo de ensino e aprendizagem em ambientes apoiados pelas tecnologias de informação e comunicação.; This paper analyzes the interactions between individuals in the Virtual Learning Environment...

"DIZ-ME COM QUEM ANDAS, QUE TE DIREI QUEM ÉS": UMA - BREVE - INTRODUÇÃO À ANÁLISE DE REDES SOCIAIS; "TELL ME WITH WHOM YOU WALK, WILL TELL YOU WHO YOU ARE" A - SHORT - INTRODUCTION TO THE ANALYSIS OF NETWORKS

SILVA, MARCELO KUNRATH; ZANATA JUNIOR, RUI
Fonte: Universidade de São Paulo. Superintendência de Comunicação Social Publicador: Universidade de São Paulo. Superintendência de Comunicação Social
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 28/02/2012 POR
Relevância na Pesquisa
135.84%
This article aims at making an introductory presentation on the methodology of Social Network Analysis (SNA). Thus, it deals with the main features of said methodology and its theoretical and epistemological foundations; and it also highlights where SNA is most prominently applied in Brazilian social sciences. Finally, it puts forward and example of how SNA is employed when investigating the relation between homophily and inequality in associations, based on an empirical research conducted by the authors.; O presente artigo tem por objetivo fazer uma apresentação introdutória da metodologia de análise de redes sociais (ARS). Nesse sentido, o artigo aborda as características básicas dessa metodologia e seus fundamentos teórico-epistemológicos, salienta alguns dos empregos mais destacados da ARS nas ciências sociais brasileiras e, por fim, apresenta um exemplo de uso da ARS na investigação da relação entre homofilia e desigualdade no associativismo, tendo por base uma pesquisa empírica realizada pelos autores.

Aplicação de Análise de Redes Sociais em uma Cadeia de Suprimentos de uma Epresa do Setor Elétrico Brasileiro

Cerqueira, Carlos Henrique Zuim; Centro Federal de Educação Tecnológica (CEFET-RJ) – Rio de Janeiro, RJ, Brasil – Programa de Mestrado em Tecnologia; Costa, Juliana Maria de Souza; Centro Federal de Educação Tecnológica (CEFET-RJ) – Rio de Jan
Fonte: Universidade Federal Fluminense - LATEC Publicador: Universidade Federal Fluminense - LATEC
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 03/12/2014 POR
Relevância na Pesquisa
135.9%
A Análise de Redes Sociais aplicada à Logística e redes de suprimentos tem contribuído e facilitadoaos gestores de planejamento e de logística a identificação de métodos de avaliação de redes de parcerias. A relação entre fornecedor e comprador se estende a outras disciplinas, sendo a relação social uma delas. Diversos autores escreveram sobre o tema, porém a falta de dados quantitativos ainda é uma necessidade para estudos futuros. Neste artigo, foram analisadas a utilização e aplicação de métricas de redes sociais na cadeia de suprimentos(supply chain). Asmedidas de centralidade de rede, de intermediação (betweenness) e proximidade (closeness) auxiliam na percepção de informações que não são captadas em métodos ou teorias específicas à logística. Desse modo, avaliou-se a rede de suprimentos em uma empresa do setor elétrico brasileiro na tentativa de identificar um método de seleção e compreensão do comportamento entre fornecedores e compradores em um estudo de caso real.A Social Network Analysis applied to logistics and supply networks has contributed and assisted planning and logistics managers to identify methods for evaluating partnership networks. The relationship between supplier and buyer extends to other disciplines...

Análise dinâmica de redes sociais de coparticipação em bancas de defesa de teses e dissertações: um estudo de caso a partir de múltiplos indicadores na área da Ciências da Comunicação

Martins, Dalton Lopes; Universidade Federal de Goiás
Fonte: Departamento de Ciência da Informação – UFSC Publicador: Departamento de Ciência da Informação – UFSC
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Pesquisa quantitativa Formato: application/pdf
Publicado em 02/08/2014 POR
Relevância na Pesquisa
135.93%
http://dx.doi.org/10.5007/1518-2924.2014v19n40p99A análise dinâmica de redes sociais é uma área ainda pouco explorada no campo da Análise de Redes Sociais, sobretudo no Brasil, trazendo a perspectiva de ampliar os estudos estruturais de rede para incorporar aspectos evolutivos e temporais de como a rede se desenvolvem. O artigo trabalha com um estudo de caso na área da Ciências da Comunicação através dos dados coletados do portal Univerciencia.org, aplicando um conjunto de 10 indicadores que serão analisados ao longo de um período de 26 anos num conjunto de 1953 documentos. O artigo mostra como a rede se desenvolve de forma fragmentada e dependente da ação de grupos locais ainda desarticulados entre si.

A Ciência da Informação e o pensamento de Bruno Latour: implicações para a análise de redes sociais

França, André Luiz Dias de; Pinho Neto, Júlio Afonso Sá de; Dias, Guilherme Ataíde
Fonte: UFPB Publicador: UFPB
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 09/04/2015 POR
Relevância na Pesquisa
135.93%
Trata-se de um trabalho realizado resultante da discussão entre um então mestrando e dois docentes doutores do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação da Universidade Federal da Paraíba. Nesse âmbito, analisou-se que contribuições a Teoria Ator-Rede, defendida por Bruno Latour e John Law, pode trazer, através de um diálogo com a Ciência da Informação, em particular, a abordagem metodológica de Análise de Redes Sociais. Por meio de análise bibliográfica das obras dos autores da referida teoria, foram observados três aspectos em comum mantidos com a Ciência da Informação: os conceitos de modernidade e pós-modernidade, a noção de informação e a perspectiva social de atores de uma rede. Assim, o estudo fez parte da revisão bibliografia em que se buscou analisar o fluxo de informações no Sistema Nacional de Transplantes no Brasil e que resultou em uma dissertação de mestrado intitulada: A Estrutura do Fluxo Informacional do Sistema Nacional de Transplantes: uma investigação sob a óptica da análise de redes sociais.

Análise de redes sociais como método para a Ciência da Informação

Matheus, Renato Fabiano; Silva, Antonio Braz de Oliveira e
Fonte: Pesquisa Brasileira em Ciência da Informação e Biblioteconomia Publicador: Pesquisa Brasileira em Ciência da Informação e Biblioteconomia
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion;
Publicado em 17/01/2007
Relevância na Pesquisa
135.89%
Este artigo apresenta a Análise de Redes Sociais (ARS) como um método a ser aplicado em estudos na Ciência da Informação (CI). O texto dá uma visão geral da fundamentação teórica da ARS, relacionando estudos que indicam ser uma metodologia originária das ciências sociais. Em seguida, são apresentadas pesquisas que mostram como a análise de redes, sociais ou não, é utilizada em diferentes áreas do conhecimento, como a Física e a Ciência da Computação. Finalmente, são apresentados estudos na área da CI que utilizaram a ARS indicando-se, ainda, os benefícios do seu uso como uma ferramenta metodológica na área. Acesso ao texto completo (HTM)

Análise de redes sociais informais: aplicação na realidade da escola inclusiva

Mesquita,Rafael Barreto de; Landim,Fátima Luna Pinheiro; Collares,Patrícia Moreira; Luna,Cícera Gilvaní de
Fonte: UNESP Publicador: UNESP
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2008 PT
Relevância na Pesquisa
135.9%
No campo educacional, a idéia de inclusão social está associada ao desenvolvimento de uma educação comunitária, compulsória e universal, considerando-se a realidade das pessoas com necessidades especiais. As estratégias de inclusão ganham reforços na valorização dos elos informais e das relações proporcionadas pelas redes de apoio social que visam incentivar a participação de todos e a redução das pressões excludentes. O presente estudo, que teve como base empírica os intentos de um grupo de educadores envolvidos em ações de inclusão de pessoas com necessidades especiais, emprega a metodologia de análise de redes sociais para estudar o potencial de organização e ação em rede desse grupo. A metodologia apresentou-se válida nesse tipo de aplicação, permitindo compreender o papel de cada ator na rede de inclusão socioeducacional de pessoas com necessidades especiais, assim como daqueles que se destacam em posições favoráveis para a constituição, sustentação e expansão dessa rede.